A economia gaúcha e o Plano Integrado de Transportes- A atividade comercial da região metropolitana é de alto significado ...
Desafios apontados pelo PIT- Navegação permanente e segura na Lagoa dos Patos com orientaçãopermanente através de sinaliza...
Ponte móvel do Guaíba- Qual é a prioridade? Navios ou veículos?- O que acontecerá se ela não funcionar?- Somente mudar os ...
- Riscos e conseqüência de uma falha maior no sistema(desvio de cerca de 300 kms para chegar a Eldorado do Sul.- Definição...
Movimentação de cargas e passageirossobre a ponte móvelVeículos Passantes no trecho Porto Alegre – Eldorado do Sul e Eldor...
Movimentação de cargas sobre a ponte móvel                                  BR-290/RS km 104 / CURVA DE SAZONALIDADE ANUAL...
Movimentação de passageiros sobre a ponte móvel                 BR-290/RS km 104 / CURVA DA SAZONALIDADE ANUAL (Leves)   1...
Içamentos na ponte móvel e tempos de interrupção dotráfego (dados de 2005):- De 1 a 4 içamentos/dia. Na média, 3 içamentos...
Custo econômico atual das interrupçõesresultantes dos içamentosLevando em conta a sazonabilidade, o tempo médio mensal de ...
Cálculo dos custos decorrentes dos içamentos cominterrupção do tráfego na atual ponte do Guaíba:No caso dos veículos de ca...
5. Os custos fixos destes 941 veículos (R$ 5.000 mensais para cada veículosegundo os dados da NTC) elevam-seR$ 4. 705.000,...
7. Custo total para a sociedade decorrente dos içamentos da ponte comrespeito exclusivamente aos veículos de cargaR$ 56.46...
Nova ponte
Características nova ponte:Extensão:Ponte: 2.500mAlças : 1.850mLarguras:Ponte: 20mAlças : 7,00m a 10,00mÁreas:66.500 m²Pis...
Faixas de trafego por pista:2 (3,10m + 3,40m)Faixas de segurança:0,40m junto a barreira central0,60m junto a defensa later...
Característica:Seções pré-moldadas em concreto protendido, com três vãos principaisde 120m + 240m +120m, estaidos em duas ...
Custo estimado: R$ 337.500.000,00Decisão de fazer: até o final de 2006Elaboração do Projeto Executivo e licença ambiental:...
Alternativas de financiamento da nova ponte do Guaíba- Trecho sob concessão.- Parceria público-privada.- Investimento do G...
Recomendações do PIT – médio e longo prazoLocalização do porto de Porto Alegre apósa implantação da segunda ponte- Nova lo...
- Redução do tráfego de passagem pela cidade de Porto Alegre eimplantação de Centro Multimodal de Logística - CML previsto...
- Implantação do Centro Multimodal de Logística nas cercanias da novalocalização do porto de Porto Alegre.- No longo prazo...
NOVA PONTE PORTO ALEGRE-GUAIBA - DADOS GERAIS
NOVA PONTE PORTO ALEGRE-GUAIBA - DADOS GERAIS
NOVA PONTE PORTO ALEGRE-GUAIBA - DADOS GERAIS
NOVA PONTE PORTO ALEGRE-GUAIBA - DADOS GERAIS
NOVA PONTE PORTO ALEGRE-GUAIBA - DADOS GERAIS
NOVA PONTE PORTO ALEGRE-GUAIBA - DADOS GERAIS
NOVA PONTE PORTO ALEGRE-GUAIBA - DADOS GERAIS
NOVA PONTE PORTO ALEGRE-GUAIBA - DADOS GERAIS
NOVA PONTE PORTO ALEGRE-GUAIBA - DADOS GERAIS
NOVA PONTE PORTO ALEGRE-GUAIBA - DADOS GERAIS
NOVA PONTE PORTO ALEGRE-GUAIBA - DADOS GERAIS
NOVA PONTE PORTO ALEGRE-GUAIBA - DADOS GERAIS
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

NOVA PONTE PORTO ALEGRE-GUAIBA - DADOS GERAIS

730 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
730
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

NOVA PONTE PORTO ALEGRE-GUAIBA - DADOS GERAIS

  1. 1. A economia gaúcha e o Plano Integrado de Transportes- A atividade comercial da região metropolitana é de alto significado para aeconomia gaúcha.- Necessidade de incrementar o desenvolvimento da Metade Sul do RS.Anúncio de grandes projetos florestais.- Proposta de ampliação do Pólo Petroquímico de Triunfo.- O PIT, elaborado entre 2001 e 2002, diagnosticou gargalos deinfra-estrutura e elaborou recomendações para superá-los a fim deimprimir maior dinamismo à economia do Estado e para sua maiorintegração com os países adjacentes e com os demais Estadosbrasileiros.
  2. 2. Desafios apontados pelo PIT- Navegação permanente e segura na Lagoa dos Patos com orientaçãopermanente através de sinalização visual e eletrônica, e com garantia decalado constante dentro dos padrões viáveis para seu canal de navegação.- Nova localização do porto de Porto Alegre.- Elevado tráfego de passagem e concentração urbana crescente no uso dosolo urbano com tendência à formação de uma megalópole com os seusgargalos.- Limitação da atual ponte de travessia do Guaíba, conectando Porto Alegreà Eldorado do Sul (BR-116 e BR-290). A Travessia Getúlio Vargas,conhecida como a Ponte do Guaíba, inaugurada em 1958 apresentaevidentes limitações
  3. 3. Ponte móvel do Guaíba- Qual é a prioridade? Navios ou veículos?- O que acontecerá se ela não funcionar?- Somente mudar os horários de içamento da ponte resolveria o problema?- A travessia do Guaíba entre Porto Alegre e Eldorado do Sul é crucial paraas conexões entre a Capital do Estado e o Porto do Rio Grande (BR-116) eNorte do Estado (BR-386); todo o Leste da metade Sul (BR-116); para aregião Oriental e Central do Uruguai e para o Nordeste Argentino (BR 116,BR-290, BR-153 e BR-158). Ademais ela é igualmente de relevância paraas ligações com resto do Brasil.
  4. 4. - Riscos e conseqüência de uma falha maior no sistema(desvio de cerca de 300 kms para chegar a Eldorado do Sul.- Definição da construção da Rodovia do Parque(ligação da BR-116 com a BR-386). Aumento do tráfego de veículos naponte móvel.-Duplicação da BR-101- Previsão de que em 5 anos estaremos diante de um esgotamento quasetotal da travessia.
  5. 5. Movimentação de cargas e passageirossobre a ponte móvelVeículos Passantes no trecho Porto Alegre – Eldorado do Sul e Eldorado doSul – Porto AlegreVeículo Tipo Média Diária Média Mensal Média AnualLeves 21.575 656.250 7.875.000Ônibus 1.696 51.600 619.000Caminhões 2.967 90.250 1.083.000Carretas 1.863 56.670 680.000Total 28.101 854.770 10.257.000Fonte: Concepa
  6. 6. Movimentação de cargas sobre a ponte móvel BR-290/RS km 104 / CURVA DE SAZONALIDADE ANUAL (Pesados) 1,15 Fator de Sazonalidade 1,10 1,05 1,00 0,95 0,90 0,85 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Meses do AnoFonte: Concepa
  7. 7. Movimentação de passageiros sobre a ponte móvel BR-290/RS km 104 / CURVA DA SAZONALIDADE ANUAL (Leves) 1,15 1,10 1,05 1,00 0,95 0,90 0,85 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 Meses do AnoFonte: Concepa
  8. 8. Içamentos na ponte móvel e tempos de interrupção dotráfego (dados de 2005):- De 1 a 4 içamentos/dia. Na média, 3 içamentos/dia.- Cada içamento interrompe o tráfego de 15 a 35 minutos.- Tempo médio/mês de interrupção do tráfego: 15 horas (mínimo 12h40min;máximo 18h03min)
  9. 9. Custo econômico atual das interrupçõesresultantes dos içamentosLevando em conta a sazonabilidade, o tempo médio mensal de interrupçãodo tráfego, a média mensal do número de carretas e caminhões quepassam na ponte móvel, o custo total das horas mensais ociosas da frotade carga que passa pela ponte, chega-se a um custo anual, estimado, deR$ 124.212.000,00 (somente para o transporte de carga).Não foram contabilizados os prejuízos resultantes do trânsito na pontemóvel/mês de:- 51.600 ônibus de transporte coletivo- 656.250 veículos leves.
  10. 10. Cálculo dos custos decorrentes dos içamentos cominterrupção do tráfego na atual ponte do Guaíba:No caso dos veículos de cargas (caminhões e carretas)1. Passam pela ponte 146.920 veículos de carga a cada mês.2. Cada veículo fica parado na ponte devido aos içamentos cerca de 100minutos por mês (1hora e quarenta minutos).3. A frota inteira de veículos de carga- que passa pela ponte – fica parada244.866 horas por mês4. Este número de horas paradas equivale à paralisação de941 veículos parados por um mês inteiro durante suas 260 horas úteismensais.
  11. 11. 5. Os custos fixos destes 941 veículos (R$ 5.000 mensais para cada veículosegundo os dados da NTC) elevam-seR$ 4. 705.000,00 por mês ouR$ 54.460.000,00 por ano6. Os custos equivalentes de armazenagem forçada ao mês(segundo a empresa Logservice, Logística de Serviços e armazenamentos)são da ordem de R$ 200,00 e atingem o montante deR$ 5. 646.000,00 por mês ouR$ 67. 752.000,00 por ano
  12. 12. 7. Custo total para a sociedade decorrente dos içamentos da ponte comrespeito exclusivamente aos veículos de cargaR$ 56.460.000,00+ R$ 67.752.000,00 =R$ 124.212.000,00 por ano
  13. 13. Nova ponte
  14. 14. Características nova ponte:Extensão:Ponte: 2.500mAlças : 1.850mLarguras:Ponte: 20mAlças : 7,00m a 10,00mÁreas:66.500 m²Pista de rolamentos:2 (uma por sentido)
  15. 15. Faixas de trafego por pista:2 (3,10m + 3,40m)Faixas de segurança:0,40m junto a barreira central0,60m junto a defensa lateralPasseio para pedestres:1,50m de largura em cada sentidoEspaço livre para os estais:0,70m por sentidoMaior altura livre:40m
  16. 16. Característica:Seções pré-moldadas em concreto protendido, com três vãos principaisde 120m + 240m +120m, estaidos em duas linhas em leque, suportadospor duas torres de concreto em cada lado; os demais vãos serão emvigas caixão com 40m, executados em aduelas pré- fabricadas de inérciaconstante em concreto protendido, montados em balanços sucessivoscom treliças.- Captação de todo escoamento pluvial superficial para bacias decontenção- Baias (refúgios) em determinados pontos para socorro e atendimentomecânico- 1.800m de alças de acesso elevados, interligando a 3ª perimetral (RuaD. Teodora) e a BR-290/BR-116 no Km 95,40 e o Km99,00 daBR-290/BR-116 (próximo ao Saco da Alemoa)Custo estimado: R$ 337.500.000,00
  17. 17. Custo estimado: R$ 337.500.000,00Decisão de fazer: até o final de 2006Elaboração do Projeto Executivo e licença ambiental: em 2007Construção: 2008, 2009 e 2010
  18. 18. Alternativas de financiamento da nova ponte do Guaíba- Trecho sob concessão.- Parceria público-privada.- Investimento do Governo Federal.
  19. 19. Recomendações do PIT – médio e longo prazoLocalização do porto de Porto Alegre apósa implantação da segunda ponte- Nova localização do Porto (10 metros de calado);- Navegação permanente na Lagoa dos Patos com dragagem periódica docanal.-Novos Serviços Portuários de apoio mais eficiente às atividades econômicasdesenvolvidas na região metropolitana de Porto Alegre e nos eixosPorto Alegre - Caxias do Sul e Porto Alegre - Osório.- Transformação da atual localização portuária em porto turístico e espaçocultural.
  20. 20. - Redução do tráfego de passagem pela cidade de Porto Alegre eimplantação de Centro Multimodal de Logística - CML previsto pelo PIT naregião de Eldorado do Sul, para conferir mais eficiência logística àmovimentação de cargas na conurbação Porto Alegre – Novo Hamburgo enos dois eixos econômicos Porto Alegre Caxias e Porto Alegre NovoHamburgo.- Construção de uma terceira ponte nas imediações à oeste do PóloPetroquímico lligando a margem esquerda do rio Jacuí com sua a margemdireita na área de influência direta de Eldorado do Sul e complementaçãodo anel viário Itapuã –Eldorado do Sul.
  21. 21. - Implantação do Centro Multimodal de Logística nas cercanias da novalocalização do porto de Porto Alegre.- No longo prazo: implantação de um ramal ferroviário atravessando o Jacuíaté o CML de Eldorado do Sul como primeiro passo para futura FerroviaGeneral Luz - Pelotas.

×