SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
Transportes ferroviários
Trabalho realizado por:
António Tavares Nº3
Diogo Leite Nº7
Diogo Rodrigues Nº8
Índice
• 1ºCapa;
• 2ºIndice;
• 3ºIntrodução;
• 4ºIntrodução ( continuação);
• 5ºDistribuição geográfica;
• 6º Mapa rede ferroviária;
• 7ºUtilização dos transportes ferroviários;
• 8ºAspetos positivos e negativos dos transportes
ferroviários;
• 9ºImpactos ambientais sob influência dos transportes
ferroviários;
• 10ºQual a contribuição dos transportes ferroviários para
a economia e o seu desenvolvimento.
Introdução
• Ao longo deste trabalho
iremos abordar os
transportes ferroviários,
especificando as suas
características, a sua
distribuição geográfica,
vantagens e
desvantagens e os
impactos ambientais.
• A revolução industrial foi
impulsionadora do transporte
ferroviário, através da adaptação
da maquina a vapor à locomotiva.
• Nos últimos tempos, o
desenvolvimento das vias, das
carruagens e dos vagões permitiu
que as deslocações de pessoas e
mercadorias fossem mais rápidas
e acolhedoras.
Distribuição geografica
No mundo (…)
 Países desenvolvidos -a rede
ferroviária é densa e permite
a deslocação de milhões de
passageiros e mercadorias .A
maior parte move-se a
eletricidade.
 Países em desenvolvimento- o
comboio é utilizado a fim de
transportar matérias primas,
conectando as maiores áreas
do interior e os portes
marítimos.
Em Portugal (..)
A rede é pouco extensa tendo sido
desativadas algumas linhas do
interior.
Utilização dos transportes ferroviários
Passageiros:
O transporte ferroviário esta direcionado para ser alternativo ao modo como as pessoas se deslocam.
Relativamente ao transporte de pessoas, este tem um conjunto de funções que devem ser seguidas pelas
linhas ferroviárias, nomeadamente:
Distribuição no centro, ou seja, o transporte de pessoas a curtas distancias dentro da cidade.
Interligação da zona metropolitana ao centro da cidade.
Interligação regional, ligação de uma cidade a uma cidade metropolitana com maior importância.
Ligação interurbana, transporte de passageiros entre cidades e regiões metropolitanas.
Mercadorias:
O transporte ferroviário tem-se tornado cada vez mais rápido, eficaz e económico.
Existe uma tarifa, ou seja, uma tabela onde estão apresentados os preços e condições para tal transporte.
Na tarifa, os preços são implementados de acordo com o peso, a distância e a dimensão do objeto em si.
Vantagens:
 Seguro;
 Pouco poluente;
 Económico para o
transporte a médias
distâncias;
 Baixo consumo de energia;
 Vias de circulação
exclusivas, evitando o
congestionamento;
 Pouco dependente das
condições atmosféricas.
Desvantagens:
Inflexibilidade de
itinerários;
Horários fixos;
Necessidade de transbordo;
Elevados investimentos na
manutenção.
Os transportes ferroviários apresentam aspetos positivos e aspetos
negativos.
Impactos ambientais sob influência dos transportes
ferroviários
 Os transportes ferroviários são responsáveis por 0,6% das emissões, correspondente aos
comboios a diesel, e menos de 2% no total.
 Cerca de 85% da energia total gasta pelo sector ferroviário é utilizada diretamente para fazer
mover os comboios.
 Com o recurso à eletricidade, este apresenta-se como o único meio de transporte motorizado
que é capaz de mudar do recurso a combustíveis fósseis para a energia renovável.
 As infraestruturas ferroviárias ocupam 2 a 3 vezes menos terra por unidade de passageiros ou
de carga do que as infraestruturas necessárias aos outros sistemas de transporte.
As consequências negativas da ocupação de terrenos estão associadas a alguns fatores,
nomeadamente:
 Ao facto de a superfície do terreno utilizado para erguer uma infraestrutura se tornar
impermeável.
 Os distúrbios resultantes do ruído, a utilização dos recursos, os resíduos acumulados e a
poluição gerada são também consequências devidas à construção das infraestruturas.
 As redes de transporte que ligam as cidades aumentam a fragmentação e degradação da
paisagem natural ou urbana, devido ao efeito "barreira" das infraestruturas.
 A qualidade do ar, especialmente em zonas urbanas e nos centros das cidades, está a degradar-
se devido ao aumento da emissão de gases provenientes da combustão interna nos motores.
Qual a contribuição dos transportes ferroviários para a economia e o seu
desenvolvimento?
 No que respeita aos passageiros, o mercado português representa 15%, havendo uma ligeira
percentagem no que diz respeito á carga, que no mercado representa 18%.
 No período face ao ano de 2000-2005, o mercado de passageiros decresceu 6%, tando o
mercado de carga atingido os 10,9%.
 Em Portugal, para além da CP, opera ainda a Fertagus, empresa concessionária da ligação
suburbana Lisboa /Setúbal, a qual tem apenas 1% de quota de mercado.
 As explorações das empresas, tanto gestoras de infra - estruturas como prestadoras de
serviços de transportes, apresentam perdas financeiras elevadas e permanentes, o que acaba
por desequilibrar as suas operações e a sua situação financeira, deixando-as numa posição
de total dependência da ajuda financeira do Estado, para além de prejudicar os clientes em
termos da qualidade de serviço comercial oferecida.
 As empresas têm tido, assim, uma enorme dificuldade em modernizar a sua oferta e o nível
dos seus serviços.
 Até 2015, previa-se um crescimento de 10% no tráfego de passageiros e 70% no tráfego de
Conclusão
Houve um desenvolvimento positivo no que diz respeito aos
transportes ferroviários, contudo tem um impacto negativo,
significativo no meio ambiente, acabando por transformar as
paisagens, dando-lhes um ar pesado.
É de salientar ainda que se pretende aumentar os postos de
trabalho neste sector, o que favorece a economia do pais.
Bibliografia
• Manual de 8ºano
• https://pt.wikipedia.org/wiki/Transporte_ferrovi%C3%A1rio
• https://pt.wikipedia.org/wiki/Transporte_ferrovi%C3%A1rio#Impacto
• https://www.google.pt/search?q=comboios+portugal&biw=1280&bih=891&sourc
e=lnms&tbm=isch&sa=X&sqi=2&ved=0ahUKEwjE1JrTppzQAhUCtxQKHa15ARIQ_A
UIBygC#tbm=isch&q=transportes+ferroviarios&imgrc=SWRABoL8-ZNzDM%3A

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Os transportes rodoviários em portugal
Os transportes rodoviários em portugalOs transportes rodoviários em portugal
Os transportes rodoviários em portugal
Mayjö .
 
4 a competitividade dos diferentes modos de transporte (1)
4 a competitividade dos diferentes modos de transporte (1)4 a competitividade dos diferentes modos de transporte (1)
4 a competitividade dos diferentes modos de transporte (1)
InsMonteiro40
 
Transportes rodoviarios
Transportes rodoviariosTransportes rodoviarios
Transportes rodoviarios
Pedro Martins
 
Transportes rodoviários, 9º4, Inês
Transportes rodoviários, 9º4, InêsTransportes rodoviários, 9º4, Inês
Transportes rodoviários, 9º4, Inês
Mayjö .
 
Transportes ferroviários em portugal
Transportes ferroviários em portugalTransportes ferroviários em portugal
Transportes ferroviários em portugal
Mayjö .
 
Modal de transportes brasileiro
Modal de transportes brasileiroModal de transportes brasileiro
Modal de transportes brasileiro
Wesley Torres
 
Transportes Rodoviários
Transportes RodoviáriosTransportes Rodoviários
Transportes Rodoviários
Eduardo Batista
 
Trabalho transportes ferroviários, 9º2
Trabalho transportes ferroviários, 9º2Trabalho transportes ferroviários, 9º2
Trabalho transportes ferroviários, 9º2
Mayjö .
 
Tr abalho de geografia transportes[1]
Tr abalho de geografia   transportes[1]Tr abalho de geografia   transportes[1]
Tr abalho de geografia transportes[1]
dddjj
 
Trabalho grupo transportes 8º Ano
Trabalho grupo transportes 8º AnoTrabalho grupo transportes 8º Ano
Trabalho grupo transportes 8º Ano
SSSAV
 
Transportes 2013
Transportes 2013Transportes 2013
Transportes 2013
aroudus
 
Transportes rodoviários, 9º1
Transportes rodoviários, 9º1Transportes rodoviários, 9º1
Transportes rodoviários, 9º1
Mayjö .
 

Mais procurados (20)

Transportes Rodoviários em Portugal
Transportes Rodoviários em PortugalTransportes Rodoviários em Portugal
Transportes Rodoviários em Portugal
 
Os transportes rodoviários em portugal
Os transportes rodoviários em portugalOs transportes rodoviários em portugal
Os transportes rodoviários em portugal
 
4 a competitividade dos diferentes modos de transporte (1)
4 a competitividade dos diferentes modos de transporte (1)4 a competitividade dos diferentes modos de transporte (1)
4 a competitividade dos diferentes modos de transporte (1)
 
Transporte de cargas e sustentabilidade
Transporte de cargas e sustentabilidadeTransporte de cargas e sustentabilidade
Transporte de cargas e sustentabilidade
 
Transportes rodoviarios
Transportes rodoviariosTransportes rodoviarios
Transportes rodoviarios
 
Transportes rodoviários, 9º4, Inês
Transportes rodoviários, 9º4, InêsTransportes rodoviários, 9º4, Inês
Transportes rodoviários, 9º4, Inês
 
Transportes ferroviários em portugal
Transportes ferroviários em portugalTransportes ferroviários em portugal
Transportes ferroviários em portugal
 
Modal de transportes brasileiro
Modal de transportes brasileiroModal de transportes brasileiro
Modal de transportes brasileiro
 
Geografia A- Transportes Rodoviários
Geografia A- Transportes Rodoviários Geografia A- Transportes Rodoviários
Geografia A- Transportes Rodoviários
 
Transporte Ferroviário no Brasil
Transporte Ferroviário no BrasilTransporte Ferroviário no Brasil
Transporte Ferroviário no Brasil
 
Transporte rodoviário 12 7
Transporte rodoviário 12 7Transporte rodoviário 12 7
Transporte rodoviário 12 7
 
Transporte no brasil
Transporte no brasilTransporte no brasil
Transporte no brasil
 
Gestão de transporte 02
Gestão de transporte 02Gestão de transporte 02
Gestão de transporte 02
 
Transportes Rodoviários
Transportes RodoviáriosTransportes Rodoviários
Transportes Rodoviários
 
Trabalho transportes ferroviários, 9º2
Trabalho transportes ferroviários, 9º2Trabalho transportes ferroviários, 9º2
Trabalho transportes ferroviários, 9º2
 
Tr abalho de geografia transportes[1]
Tr abalho de geografia   transportes[1]Tr abalho de geografia   transportes[1]
Tr abalho de geografia transportes[1]
 
Transporte Ferroviário no Brasil - por Maísa da Silva Fernandes
Transporte Ferroviário no Brasil  - por  Maísa da Silva FernandesTransporte Ferroviário no Brasil  - por  Maísa da Silva Fernandes
Transporte Ferroviário no Brasil - por Maísa da Silva Fernandes
 
Trabalho grupo transportes 8º Ano
Trabalho grupo transportes 8º AnoTrabalho grupo transportes 8º Ano
Trabalho grupo transportes 8º Ano
 
Transportes 2013
Transportes 2013Transportes 2013
Transportes 2013
 
Transportes rodoviários, 9º1
Transportes rodoviários, 9º1Transportes rodoviários, 9º1
Transportes rodoviários, 9º1
 

Semelhante a Tranportes ferroviarios [guardado automaticamente] 11

Geografia A 11 ano - Transportes
Geografia A 11 ano - TransportesGeografia A 11 ano - Transportes
Geografia A 11 ano - Transportes
Raffaella Ergün
 
Fundamentos do transporte
Fundamentos do transporteFundamentos do transporte
Fundamentos do transporte
Jupira Silva
 
SITUAÇÃO DO TRANSPORTE EM PORTUGAL.pdf
SITUAÇÃO DO TRANSPORTE EM PORTUGAL.pdfSITUAÇÃO DO TRANSPORTE EM PORTUGAL.pdf
SITUAÇÃO DO TRANSPORTE EM PORTUGAL.pdf
adao18
 
Sustentabilidade e Transportes Coletivos Urbanos
Sustentabilidade e Transportes Coletivos UrbanosSustentabilidade e Transportes Coletivos Urbanos
Sustentabilidade e Transportes Coletivos Urbanos
Laercio Bruno Filho
 
Geografia - transportes
Geografia - transportesGeografia - transportes
Geografia - transportes
kyzinha
 

Semelhante a Tranportes ferroviarios [guardado automaticamente] 11 (20)

Geografia A 11 ano - Transportes
Geografia A 11 ano - TransportesGeografia A 11 ano - Transportes
Geografia A 11 ano - Transportes
 
Mobilidade e Transportes na Europa
Mobilidade e Transportes na EuropaMobilidade e Transportes na Europa
Mobilidade e Transportes na Europa
 
PIT - Construção Sustentável em Rodovias, por Marcelo Perrupato
PIT - Construção Sustentável em Rodovias, por Marcelo PerrupatoPIT - Construção Sustentável em Rodovias, por Marcelo Perrupato
PIT - Construção Sustentável em Rodovias, por Marcelo Perrupato
 
Transportes e telecomunicações
Transportes e telecomunicaçõesTransportes e telecomunicações
Transportes e telecomunicações
 
Transporte Ferroviário
Transporte FerroviárioTransporte Ferroviário
Transporte Ferroviário
 
Balanço Final do Governo Lula - livro 5 (cap.3)
Balanço Final do Governo Lula - livro 5 (cap.3)Balanço Final do Governo Lula - livro 5 (cap.3)
Balanço Final do Governo Lula - livro 5 (cap.3)
 
Modal Rodoviário
Modal RodoviárioModal Rodoviário
Modal Rodoviário
 
Fundamentos do transporte
Fundamentos do transporteFundamentos do transporte
Fundamentos do transporte
 
Modal rodovi rio (comex)
Modal rodovi rio (comex)Modal rodovi rio (comex)
Modal rodovi rio (comex)
 
A matriz de transporte requerida ao brasil
A matriz de transporte requerida ao brasilA matriz de transporte requerida ao brasil
A matriz de transporte requerida ao brasil
 
A matriz de transporte requerida ao brasil
A matriz de transporte requerida ao brasilA matriz de transporte requerida ao brasil
A matriz de transporte requerida ao brasil
 
Road Cargo Transport Externalities, will we be willing to internalize them?_R...
Road Cargo Transport Externalities, will we be willing to internalize them?_R...Road Cargo Transport Externalities, will we be willing to internalize them?_R...
Road Cargo Transport Externalities, will we be willing to internalize them?_R...
 
Integração modal - Expolog 2017
Integração modal - Expolog 2017Integração modal - Expolog 2017
Integração modal - Expolog 2017
 
Luiz cortez na III Semana Saude e Meio Ambiente Santa Marcelina
Luiz cortez na III Semana Saude e Meio Ambiente Santa MarcelinaLuiz cortez na III Semana Saude e Meio Ambiente Santa Marcelina
Luiz cortez na III Semana Saude e Meio Ambiente Santa Marcelina
 
SITUAÇÃO DO TRANSPORTE EM PORTUGAL.pdf
SITUAÇÃO DO TRANSPORTE EM PORTUGAL.pdfSITUAÇÃO DO TRANSPORTE EM PORTUGAL.pdf
SITUAÇÃO DO TRANSPORTE EM PORTUGAL.pdf
 
DIEESE - Nota Técnica 113 - Logística e Estradas
DIEESE - Nota Técnica 113 - Logística e EstradasDIEESE - Nota Técnica 113 - Logística e Estradas
DIEESE - Nota Técnica 113 - Logística e Estradas
 
Trabalho de geografia bis
Trabalho de geografia bisTrabalho de geografia bis
Trabalho de geografia bis
 
Projeto de HidroTrem como Transporte Público
Projeto de HidroTrem como Transporte PúblicoProjeto de HidroTrem como Transporte Público
Projeto de HidroTrem como Transporte Público
 
Sustentabilidade e Transportes Coletivos Urbanos
Sustentabilidade e Transportes Coletivos UrbanosSustentabilidade e Transportes Coletivos Urbanos
Sustentabilidade e Transportes Coletivos Urbanos
 
Geografia - transportes
Geografia - transportesGeografia - transportes
Geografia - transportes
 

Mais de Mayjö .

Mais de Mayjö . (20)

8
88
8
 
6
66
6
 
3
33
3
 
Rapaz de bronze
Rapaz de bronzeRapaz de bronze
Rapaz de bronze
 
Moçambique n2
Moçambique n2Moçambique n2
Moçambique n2
 
Reino unido
Reino unidoReino unido
Reino unido
 
México
MéxicoMéxico
México
 
Melissa e livia
Melissa e liviaMelissa e livia
Melissa e livia
 
Elementos do brasil
Elementos do brasilElementos do brasil
Elementos do brasil
 
China
ChinaChina
China
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Austrália
AustráliaAustrália
Austrália
 
Venezuela
VenezuelaVenezuela
Venezuela
 
Tunisia
Tunisia Tunisia
Tunisia
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
 
Trabalho de geografia
Trabalho de geografiaTrabalho de geografia
Trabalho de geografia
 
Geografia 7ªe
Geografia 7ªeGeografia 7ªe
Geografia 7ªe
 
Ferias em malta
Ferias em maltaFerias em malta
Ferias em malta
 
Butão
ButãoButão
Butão
 
Transportes fluviais
Transportes fluviaisTransportes fluviais
Transportes fluviais
 

Último

PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
carlaOliveira438
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 

Último (20)

bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
 
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 finalPPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
PPP6_ciencias final 6 ano ano de 23/24 final
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 

Tranportes ferroviarios [guardado automaticamente] 11

  • 1. Transportes ferroviários Trabalho realizado por: António Tavares Nº3 Diogo Leite Nº7 Diogo Rodrigues Nº8
  • 2. Índice • 1ºCapa; • 2ºIndice; • 3ºIntrodução; • 4ºIntrodução ( continuação); • 5ºDistribuição geográfica; • 6º Mapa rede ferroviária; • 7ºUtilização dos transportes ferroviários; • 8ºAspetos positivos e negativos dos transportes ferroviários; • 9ºImpactos ambientais sob influência dos transportes ferroviários; • 10ºQual a contribuição dos transportes ferroviários para a economia e o seu desenvolvimento.
  • 3. Introdução • Ao longo deste trabalho iremos abordar os transportes ferroviários, especificando as suas características, a sua distribuição geográfica, vantagens e desvantagens e os impactos ambientais.
  • 4. • A revolução industrial foi impulsionadora do transporte ferroviário, através da adaptação da maquina a vapor à locomotiva. • Nos últimos tempos, o desenvolvimento das vias, das carruagens e dos vagões permitiu que as deslocações de pessoas e mercadorias fossem mais rápidas e acolhedoras.
  • 5. Distribuição geografica No mundo (…)  Países desenvolvidos -a rede ferroviária é densa e permite a deslocação de milhões de passageiros e mercadorias .A maior parte move-se a eletricidade.  Países em desenvolvimento- o comboio é utilizado a fim de transportar matérias primas, conectando as maiores áreas do interior e os portes marítimos. Em Portugal (..) A rede é pouco extensa tendo sido desativadas algumas linhas do interior.
  • 6.
  • 7. Utilização dos transportes ferroviários Passageiros: O transporte ferroviário esta direcionado para ser alternativo ao modo como as pessoas se deslocam. Relativamente ao transporte de pessoas, este tem um conjunto de funções que devem ser seguidas pelas linhas ferroviárias, nomeadamente: Distribuição no centro, ou seja, o transporte de pessoas a curtas distancias dentro da cidade. Interligação da zona metropolitana ao centro da cidade. Interligação regional, ligação de uma cidade a uma cidade metropolitana com maior importância. Ligação interurbana, transporte de passageiros entre cidades e regiões metropolitanas. Mercadorias: O transporte ferroviário tem-se tornado cada vez mais rápido, eficaz e económico. Existe uma tarifa, ou seja, uma tabela onde estão apresentados os preços e condições para tal transporte. Na tarifa, os preços são implementados de acordo com o peso, a distância e a dimensão do objeto em si.
  • 8. Vantagens:  Seguro;  Pouco poluente;  Económico para o transporte a médias distâncias;  Baixo consumo de energia;  Vias de circulação exclusivas, evitando o congestionamento;  Pouco dependente das condições atmosféricas. Desvantagens: Inflexibilidade de itinerários; Horários fixos; Necessidade de transbordo; Elevados investimentos na manutenção. Os transportes ferroviários apresentam aspetos positivos e aspetos negativos.
  • 9. Impactos ambientais sob influência dos transportes ferroviários  Os transportes ferroviários são responsáveis por 0,6% das emissões, correspondente aos comboios a diesel, e menos de 2% no total.  Cerca de 85% da energia total gasta pelo sector ferroviário é utilizada diretamente para fazer mover os comboios.  Com o recurso à eletricidade, este apresenta-se como o único meio de transporte motorizado que é capaz de mudar do recurso a combustíveis fósseis para a energia renovável.  As infraestruturas ferroviárias ocupam 2 a 3 vezes menos terra por unidade de passageiros ou de carga do que as infraestruturas necessárias aos outros sistemas de transporte. As consequências negativas da ocupação de terrenos estão associadas a alguns fatores, nomeadamente:  Ao facto de a superfície do terreno utilizado para erguer uma infraestrutura se tornar impermeável.  Os distúrbios resultantes do ruído, a utilização dos recursos, os resíduos acumulados e a poluição gerada são também consequências devidas à construção das infraestruturas.  As redes de transporte que ligam as cidades aumentam a fragmentação e degradação da paisagem natural ou urbana, devido ao efeito "barreira" das infraestruturas.  A qualidade do ar, especialmente em zonas urbanas e nos centros das cidades, está a degradar- se devido ao aumento da emissão de gases provenientes da combustão interna nos motores.
  • 10. Qual a contribuição dos transportes ferroviários para a economia e o seu desenvolvimento?  No que respeita aos passageiros, o mercado português representa 15%, havendo uma ligeira percentagem no que diz respeito á carga, que no mercado representa 18%.  No período face ao ano de 2000-2005, o mercado de passageiros decresceu 6%, tando o mercado de carga atingido os 10,9%.  Em Portugal, para além da CP, opera ainda a Fertagus, empresa concessionária da ligação suburbana Lisboa /Setúbal, a qual tem apenas 1% de quota de mercado.  As explorações das empresas, tanto gestoras de infra - estruturas como prestadoras de serviços de transportes, apresentam perdas financeiras elevadas e permanentes, o que acaba por desequilibrar as suas operações e a sua situação financeira, deixando-as numa posição de total dependência da ajuda financeira do Estado, para além de prejudicar os clientes em termos da qualidade de serviço comercial oferecida.  As empresas têm tido, assim, uma enorme dificuldade em modernizar a sua oferta e o nível dos seus serviços.  Até 2015, previa-se um crescimento de 10% no tráfego de passageiros e 70% no tráfego de
  • 11. Conclusão Houve um desenvolvimento positivo no que diz respeito aos transportes ferroviários, contudo tem um impacto negativo, significativo no meio ambiente, acabando por transformar as paisagens, dando-lhes um ar pesado. É de salientar ainda que se pretende aumentar os postos de trabalho neste sector, o que favorece a economia do pais.
  • 12. Bibliografia • Manual de 8ºano • https://pt.wikipedia.org/wiki/Transporte_ferrovi%C3%A1rio • https://pt.wikipedia.org/wiki/Transporte_ferrovi%C3%A1rio#Impacto • https://www.google.pt/search?q=comboios+portugal&biw=1280&bih=891&sourc e=lnms&tbm=isch&sa=X&sqi=2&ved=0ahUKEwjE1JrTppzQAhUCtxQKHa15ARIQ_A UIBygC#tbm=isch&q=transportes+ferroviarios&imgrc=SWRABoL8-ZNzDM%3A