SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 27
EEsscclleerrêênnqquuiimmaa ((ggrr.. sskklleerrooss == dduurroo)) 
CCoonncceeiittoo:: Tecido de sustentação, 
rrííggiiddoo, porém flexível, presente na 
periferia dos órgãos ou em camadas 
mais profundas, tanto no corpo 
primário, como no corpo secundário 
da planta. 
OOrriiggeemm:: Meristema Fundamental, 
como o Parênquima e o Colênquima. 
FFuunnççããoo:: Sustentação; 
Defesa. 
http://www.bio.txstate.edu/
CCaarraacctteerrííssttiiccaass 
• Células com paredes 
secundárias; 
• Regularmente espessadas; 
• Lignificadas ou não; 
• Geralmente, não apresentam 
protoplasto na maturidade; 
• Tecido rígido porém flexível. 
http://www.botany.hawaii.edu/faculty/
PPaarreeddee CCeelluullaarr SSeeccuunnddáárriiaa 
. Camada da parede celular que se forma após o 
crescimento da célula, internamente à parede primária; 
. A parede secundária apresenta aproximadamente: 
50-80 % de celulose; 
05-30 % de hemicelulose; 
15-35 % de ligninas. 
. A estrutura microfibrilar das fibrilas de celulose,geralmente, 
é organizada e disposta em camadas: S1, S2, S3, ...
LLiiggnniinnaa 
• Polímero fenólico, que confere rigidez à parede celular; 
• Resulta da polimerização de vários álcoois, principalmente: 
p-coumarílico; 
coniferílico e 
sinapílico. 
. A polimerização dos álcoois acontece na parede celular sob a ação 
de lacases (enzimas); 
. A lignina forma uma rede tridimensional envolvendo as microbibrilas 
de celulose; 
• A lignina é uma substância complexa e bastante variada: 
. entre as espécies; 
. entre os tecidos e 
. mesmo entres as diferentes camadas da parece celular.
PPaarreeddee SSeeccuunnddáárriiaa 
. Na parede secundária as substâncias pécticas podem 
ser substituídas pela Lignina que é impermeável à água; 
. A lignina confere força e 
resistência á parede;
PPaarreeddee CCeelluullaarr SSeeccuunnddáárriiaa 
• A parede secundária 
deposita-se após 
cessar o crescimento 
da célula e em 
diferentes camadas, 
internamente à parede 
primária.
PPaarreeddee CCeelluullaarr 
SSeeccuunnddáárriiaa 
• Cada camada que se 
forma reduz mais 
o lúmen da célula;
PPaarreeddee CCeelluullaarr PPrriimmáárriiaa 
• Fibrilas de celulose dispostas 
de maneira desorganizada.
PPaarreeddee CCeelluullaarr SSeeccuunnddáárriiaa 
Fibrilas de celulose 
apresentam orientação 
diferente em cada uma 
das camadas S1, S2, S3. 
http://users.rcn.com/jkimball.ma.ultranet/BiologyPa 
ges/C/Carbohydrates.html#cellulose 
LLaammeellaa MMeeddiiaannaa CCoommppoossttaa 
Lamela mediana + paredes primárias das 
células vizinhas.
PPoonnttooaaççõõeess ddaa PPaarreeddee SSeeccuunnddáárriiaa 
• Áreas da parede primária não recobertas 
pela parede secundária: 
• Simples 
• Areoladas 
• Areoladas com Torus
PPoonnttooaaççããoo SSiimmpplleess
PPoonnttooaaççããoo AArreeoollaaddaa 
http://www.uri.edu/cels/bio/plant_anatomy/9A.html
OOccoorrrrêênncciiaa 
• Células isoladas ou em pequenos 
grupos; 
• Fazendo parte de 
outros tecidos: 
fibras do xilema e 
do floema; 
www.botany.hawaii.edu/ 
http://www.bio.txstate.edu/
OOccoorrrrêênncciiaa 
• Feixes de fibras isoladas; 
• Fibras ao redor dos feixes 
vasculares. 
http://www.sbs.utexas.edu/mauseth/ 
http://www.sbs.utexas.edu/mauseth/ 
Castro, N.M.
Tipos ddee CCéélluullaass ddoo EEsscclleerrêênnqquuiimmaa 
• EEsscclleerreeííddeess –– células de formato variado, 
geralmente, isoladas ou em pequenos grupos; 
• FFiibbrraass –– células muito longas e estreitas e 
geralmente ocorrem em grupos.
EEsscclleerreeííddeess 
. Células de formato variado, 
geralmente ocorrem isoladas ou 
em pequenos grupos; 
. São classificados de acordo com 
a forma que apresentam. 
Pyrus sp.
Braquiesclereídes oouu CCéélluullaass ppééttrreeaass 
http://www.olympusconfocal.com/gallery/plants/ 
http://kentsimmons.uwinnipeg.ca/ 
Células aproximadamente 
isodiamétricas.
MMaaccrrooeesscclleerreeííddeess 
Células grandes, alongadas, 
ramificadas ou não. 
Fotos de Castro, N.M.
Macroesclereíde 
Osteoesclereíde 
MMaaccrrooeesscclleerreeííddeess 
OOsstteeooeesscclleerreeííddeess 
Folha de Camelia sp 
Tegumento de semente de leguminosa
AAssttrrooeesscclleerreeííddeess 
Células com várias ramificações partindo de um ponto central.
TTrriiccooeesscclleerreeííddeess 
Células bem alongadas, 
finas, semelhantes a pêlos. 
Folha de Musa sp (bananeira)
FFiibbrraass 
http://ciencies.udg.es/ciencies/depart/biologia/ 
• Células muito longas e 
estreitas e geralmente 
ocorrem em grupos. 
•XXiilleemmááttiiccaass ((sseerrããoo vviissttaass jjuunnttoo ccoomm oo xxiilleemmaa)) 
•EExxttrraa--xxiilleemmááttiiccaass:: Fibras de Floema 
Fibras Perivasculares 
Fibras de Folha
FFiibbrraass ddoo FFllooeemmaa ““ffiibbrraass mmaacciiaass”” 
Fotos de Castro, N.M. 
• Derivadas dos meristemas que produzem o floema; 
• Paredes pouco lignificadas.
FFiibbrraass PPeerriivvaassccuullaarreess 
Fotos de Castro, N.M. 
• Formam um cinturão ao 
redor dos feixes vasculares.
FFiibbrraass PPeerriivvaassccuullaarreess 
Caule de Asparagus sp Foto de Castro, N.M.
FFiibbrraass PPeerriivvaassccuullaarreess 
Fotos de Castro, N.M. 
Caule de Cucurbitaceae
FFiibbrraass ddee FFoollhhaa ““ffiibbrraass dduurraass”” 
• Apresentam a parede 
fortemente lignificada. 
Fotos de Castro, N.M. 
Folha de Phormium tenax

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

158525481 aula-9-parede-celular
158525481 aula-9-parede-celular158525481 aula-9-parede-celular
158525481 aula-9-parede-celular
Patrícia Brinati
 

Mais procurados (20)

A folha
A folhaA folha
A folha
 
Folha
FolhaFolha
Folha
 
Folhas
FolhasFolhas
Folhas
 
Angiospermas basais monocotiledoneas
Angiospermas basais monocotiledoneas Angiospermas basais monocotiledoneas
Angiospermas basais monocotiledoneas
 
Raízes e sementes
Raízes e sementesRaízes e sementes
Raízes e sementes
 
Anatomia vegetal
Anatomia vegetalAnatomia vegetal
Anatomia vegetal
 
Introdução a sistemática vegetal
Introdução a sistemática vegetalIntrodução a sistemática vegetal
Introdução a sistemática vegetal
 
Morfologia vegetal da inflorescência
Morfologia vegetal da inflorescênciaMorfologia vegetal da inflorescência
Morfologia vegetal da inflorescência
 
Aula flor
Aula florAula flor
Aula flor
 
Caule
CauleCaule
Caule
 
Anatomia e morfologia de folha
Anatomia e morfologia de folhaAnatomia e morfologia de folha
Anatomia e morfologia de folha
 
Folha agronomia
Folha  agronomiaFolha  agronomia
Folha agronomia
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Folha
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre FolhaSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Folha
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Folha
 
Tipos celulares da madeira
Tipos celulares da madeiraTipos celulares da madeira
Tipos celulares da madeira
 
Aula 6 Prof. Guth Berger
Aula 6 Prof. Guth BergerAula 6 Prof. Guth Berger
Aula 6 Prof. Guth Berger
 
ESTUDO DIRIGIDO BOTÂNICA
ESTUDO DIRIGIDO BOTÂNICAESTUDO DIRIGIDO BOTÂNICA
ESTUDO DIRIGIDO BOTÂNICA
 
Aula 5 Prof. Guth Berger
Aula 5 Prof. Guth BergerAula 5 Prof. Guth Berger
Aula 5 Prof. Guth Berger
 
Organografia
OrganografiaOrganografia
Organografia
 
158525481 aula-9-parede-celular
158525481 aula-9-parede-celular158525481 aula-9-parede-celular
158525481 aula-9-parede-celular
 
Caule
CauleCaule
Caule
 

Destaque (10)

7 colenquima
7   colenquima7   colenquima
7 colenquima
 
Colenquima y esclerenquima
Colenquima y esclerenquimaColenquima y esclerenquima
Colenquima y esclerenquima
 
TEJIDO FUNDAMENTA ESCLERENQUIMA
TEJIDO FUNDAMENTA ESCLERENQUIMATEJIDO FUNDAMENTA ESCLERENQUIMA
TEJIDO FUNDAMENTA ESCLERENQUIMA
 
Tejidos vegetales
Tejidos vegetalesTejidos vegetales
Tejidos vegetales
 
T E J I D O S Parenquima
T E J I D O S ParenquimaT E J I D O S Parenquima
T E J I D O S Parenquima
 
Frutos
FrutosFrutos
Frutos
 
Parénquimas
ParénquimasParénquimas
Parénquimas
 
Apostila anatomia vegetal ufu
Apostila anatomia vegetal ufuApostila anatomia vegetal ufu
Apostila anatomia vegetal ufu
 
Tejidos Vegetales
Tejidos VegetalesTejidos Vegetales
Tejidos Vegetales
 
Tejidos Vegetales
Tejidos Vegetales Tejidos Vegetales
Tejidos Vegetales
 

Semelhante a 8 esclerenquima

Histología vegetal
Histología vegetalHistología vegetal
Histología vegetal
txaux1
 
6_SISTEMA_DÉRMICO-bb438fea96164c63bacca931f2177827.pdf
6_SISTEMA_DÉRMICO-bb438fea96164c63bacca931f2177827.pdf6_SISTEMA_DÉRMICO-bb438fea96164c63bacca931f2177827.pdf
6_SISTEMA_DÉRMICO-bb438fea96164c63bacca931f2177827.pdf
EfraimAlmeida1
 
Citologia - introdução e visão geral dos componentes celulares.pdf
Citologia - introdução e visão geral dos componentes celulares.pdfCitologia - introdução e visão geral dos componentes celulares.pdf
Citologia - introdução e visão geral dos componentes celulares.pdf
CristianaLealSabel
 
envoltrioscelulares-100925205028-phpapp01.pptx
envoltrioscelulares-100925205028-phpapp01.pptxenvoltrioscelulares-100925205028-phpapp01.pptx
envoltrioscelulares-100925205028-phpapp01.pptx
RhuanPablo26
 
Célula vegetal parede celulósica
Célula vegetal parede celulósicaCélula vegetal parede celulósica
Célula vegetal parede celulósica
Marcos Albuquerque
 
Célula eucariótica
Célula eucarióticaCélula eucariótica
Célula eucariótica
CasiMedi.com
 
Celula eucariotica
Celula eucarioticaCelula eucariotica
Celula eucariotica
Pelo Siro
 
Célula eucariótica
Célula eucarióticaCélula eucariótica
Célula eucariótica
luam1969
 
14819 aula 03-cã©lulas_procariontes_e_eucariontes
14819 aula 03-cã©lulas_procariontes_e_eucariontes14819 aula 03-cã©lulas_procariontes_e_eucariontes
14819 aula 03-cã©lulas_procariontes_e_eucariontes
Hamilton Aguiar
 

Semelhante a 8 esclerenquima (20)

Histología vegetal
Histología vegetalHistología vegetal
Histología vegetal
 
Celula vegetal resumo estudo
Celula vegetal resumo estudoCelula vegetal resumo estudo
Celula vegetal resumo estudo
 
6_SISTEMA_DÉRMICO-bb438fea96164c63bacca931f2177827.pdf
6_SISTEMA_DÉRMICO-bb438fea96164c63bacca931f2177827.pdf6_SISTEMA_DÉRMICO-bb438fea96164c63bacca931f2177827.pdf
6_SISTEMA_DÉRMICO-bb438fea96164c63bacca931f2177827.pdf
 
Celula vegetal[1]
Celula vegetal[1]Celula vegetal[1]
Celula vegetal[1]
 
1. célula vegetal revisão
1. célula  vegetal revisão1. célula  vegetal revisão
1. célula vegetal revisão
 
Biologia Celular
Biologia CelularBiologia Celular
Biologia Celular
 
Citologia - introdução e visão geral dos componentes celulares.pdf
Citologia - introdução e visão geral dos componentes celulares.pdfCitologia - introdução e visão geral dos componentes celulares.pdf
Citologia - introdução e visão geral dos componentes celulares.pdf
 
envoltrioscelulares-100925205028-phpapp01.pptx
envoltrioscelulares-100925205028-phpapp01.pptxenvoltrioscelulares-100925205028-phpapp01.pptx
envoltrioscelulares-100925205028-phpapp01.pptx
 
Célula vegetal parede celulósica
Célula vegetal parede celulósicaCélula vegetal parede celulósica
Célula vegetal parede celulósica
 
Célula eucariótica
Célula eucarióticaCélula eucariótica
Célula eucariótica
 
Celula eucariotica
Celula eucarioticaCelula eucariotica
Celula eucariotica
 
Célula eucariótica
Célula eucarióticaCélula eucariótica
Célula eucariótica
 
Citologiabacteriana
CitologiabacterianaCitologiabacteriana
Citologiabacteriana
 
Tecido Conjuntivo
Tecido ConjuntivoTecido Conjuntivo
Tecido Conjuntivo
 
Tecido epitelial
Tecido epitelialTecido epitelial
Tecido epitelial
 
Histologia vegetal
Histologia vegetal  Histologia vegetal
Histologia vegetal
 
capítulo I - CITOLOGIA - PARTE 01 .pptx
capítulo I - CITOLOGIA - PARTE 01  .pptxcapítulo I - CITOLOGIA - PARTE 01  .pptx
capítulo I - CITOLOGIA - PARTE 01 .pptx
 
Célula vegetal
Célula vegetalCélula vegetal
Célula vegetal
 
celula vegetal
celula vegetalcelula vegetal
celula vegetal
 
14819 aula 03-cã©lulas_procariontes_e_eucariontes
14819 aula 03-cã©lulas_procariontes_e_eucariontes14819 aula 03-cã©lulas_procariontes_e_eucariontes
14819 aula 03-cã©lulas_procariontes_e_eucariontes
 

Mais de Manim Edições

Mais de Manim Edições (20)

Vps manager 2.0 documentação e intalação
Vps manager 2.0   documentação e intalaçãoVps manager 2.0   documentação e intalação
Vps manager 2.0 documentação e intalação
 
Tutorial open vpn_setup ssh tunel
Tutorial open vpn_setup ssh tunelTutorial open vpn_setup ssh tunel
Tutorial open vpn_setup ssh tunel
 
Tutorial open vpn_setup ssh tunel
Tutorial open vpn_setup ssh tunelTutorial open vpn_setup ssh tunel
Tutorial open vpn_setup ssh tunel
 
PCN-Livro10 2-orientação sexual
PCN-Livro10 2-orientação sexualPCN-Livro10 2-orientação sexual
PCN-Livro10 2-orientação sexual
 
pcn-Livro10 1-orientação sexual
pcn-Livro10 1-orientação sexualpcn-Livro10 1-orientação sexual
pcn-Livro10 1-orientação sexual
 
Livro09 2-meio ambiente saude
Livro09 2-meio ambiente saudeLivro09 2-meio ambiente saude
Livro09 2-meio ambiente saude
 
Livro09 1-meio ambiente saude
Livro09 1-meio ambiente saudeLivro09 1-meio ambiente saude
Livro09 1-meio ambiente saude
 
Livro08 1-etica
Livro08 1-eticaLivro08 1-etica
Livro08 1-etica
 
Livro07 educação fisica
Livro07 educação fisicaLivro07 educação fisica
Livro07 educação fisica
 
Livro06 arte (50 fls 10 reais)
Livro06 arte (50 fls 10 reais)Livro06 arte (50 fls 10 reais)
Livro06 arte (50 fls 10 reais)
 
Livro05 2-historia-geografia (30 fls 6 reais)
Livro05 2-historia-geografia (30 fls 6 reais)Livro05 2-historia-geografia (30 fls 6 reais)
Livro05 2-historia-geografia (30 fls 6 reais)
 
Livro05 1-historia-geografia (23 fls 5 reais)
Livro05 1-historia-geografia (23 fls 5 reais)Livro05 1-historia-geografia (23 fls 5 reais)
Livro05 1-historia-geografia (23 fls 5 reais)
 
Livro04 ciencias naturais (63 fls 13 reais)
Livro04 ciencias naturais (63 fls 13 reais)Livro04 ciencias naturais (63 fls 13 reais)
Livro04 ciencias naturais (63 fls 13 reais)
 
Livro03 matematica (35 fls 7 reais)
Livro03 matematica (35 fls 7 reais)Livro03 matematica (35 fls 7 reais)
Livro03 matematica (35 fls 7 reais)
 
Livro02 portugues (44 fls 6 reais)
Livro02 portugues (44 fls 6 reais)Livro02 portugues (44 fls 6 reais)
Livro02 portugues (44 fls 6 reais)
 
Ldb lei 9394 de 1996 - resumaoo 1
Ldb lei 9394 de 1996 - resumaoo 1Ldb lei 9394 de 1996 - resumaoo 1
Ldb lei 9394 de 1996 - resumaoo 1
 
Curso de pedreiro
Curso de pedreiroCurso de pedreiro
Curso de pedreiro
 
Curso caixas acusticas faca voce mesmo
Curso  caixas acusticas   faca voce mesmoCurso  caixas acusticas   faca voce mesmo
Curso caixas acusticas faca voce mesmo
 
Cartilha pedereiro
Cartilha pedereiroCartilha pedereiro
Cartilha pedereiro
 
Apostila curso-pedreiro-unilins-2
Apostila curso-pedreiro-unilins-2Apostila curso-pedreiro-unilins-2
Apostila curso-pedreiro-unilins-2
 

Último

Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Kelly Mendes
 

Último (20)

As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoasInsegurança nunca mais tem afeta pessoas
Insegurança nunca mais tem afeta pessoas
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
 
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdfAparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
Aparatologia na estética - Cavitação, radiofrequência e lipolaser.pdf
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdfo-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
o-homem-que-calculava-malba-tahan-1_123516.pdf
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdfGramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
Gramática - Texto - análise e construção de sentido - Moderna.pdf
 

8 esclerenquima