Conflitos

68 visualizações

Publicada em

AULAS DO PROFESSOR MARCIANO DANTAS: CONFLITOS

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Conflitos

  1. 1. PROFESSOR MARCIANO DANTAS
  2. 2. CONFLITOS – ESTÃO PRESENTES EM TODAS AS FORMAÇÕES SOCIAIS AO LONGO DA HISTÓRIA. NA ATUALIDADE, ELES ASSUMEM DIFERENTES FEIÇÕES, AGRAVADAS COM A FALÊNCIA DO EXERCÍCIO DA SOBERANIA ESTATAL EM DIVERSAS REGIÕES DO MUNDO, PROVOCADOS PRINCIPALMENTE PELAS DISPUTAS ÉTNICAS E RELIGIOSAS, POR QUESTÕES ECONÔMICAS, PELA DISPUTA DE TERRITÓRIOS, ENTRE OUTROS.
  3. 3. TERRORISMO – AÇÃO PLANEJADA E REALIZADA POR DETERMINADOS GRUPOS, QUE UTILIZAM DE MÉTODOS VIOLENTOS COM O OBJETIVO DE ESPALHAR O PÂNICO E DESESTABILIZAR GOVERNOS.
  4. 4. GUERRILHA – GRUPO ARMADO INDEPENDENTE QUE TEM COMO OBJETIVO LUTAR CONTRA UM GOVERNO OU GRUPO DOMINANTE DE UM DETERMINADO LUGAR.
  5. 5. AL QAEDA – SEU NOME EM ÁRABE SIGNIFICA “A BASE”; É UMA DAS ORGANIZAÇÕES TERRORISTAS MAIS CONHECIDAS DO MUNDO DEVIDO PRINCIPALMENTE AOS ATENTADOS ÀS TORRES DO WORLD TRADE CENTER, EM 11 DE SETEMBRO DE 2001; MOVIMENTO FUNDAMENTALISTA ISLÂMICO, QUE LUTA CONTRA O MUNDO OCIDENTAL E A PRESERVAÇÃO DE CERTOS PRECEITOS DO ISLAMISMO POR MEIO DE ATENTADOS TERRORISTAS; FOI CRIADO EM 1980 PARA DEFENDER O TERRITÓRIO DO AFEGANISTÃO CONTRA AS TROPAS DA UNIÃO SOVIÉTICA, QUE BUSCAVA EXPANDIR O DOMÍNIO SOCIALISTA SOBRE O PAÍS; INICIALMENTE, ESSA ORGANIZAÇÃO CONTAVA COM O APOIO DOS ESTADOS UNIDOS, MAS ROMPEU AS RELAÇÕES DEVIDO À INVASÃO AO IRAQUE E A GUERRA DO GOLFO, PROMOVIDA PELOS NORTE-AMERICANOS.
  6. 6. BOKO HARAM – O SIGNIFICADO DO SEU NOME É “A EDUCAÇÃO NÃO ISLÂMICA É PECADO”. É UMA ORGANIZAÇÃO ANTIOCIDENTAL QUE OBJETIVA IMPLANTAR A SHARIA (LEI ISLÂMICA) NO TERRITÓRIO DA NIGÉRIA. FOI FUNDADA EM 2002, MAS GANHOU NOTORIEDADE EM 2014 COM O SEQUESTRO DE CENTENAS DE JOVENS, ALÉM DE UMA SÉRIE DE ATENTADOS QUE RESULTOU EM UMA GRANDE QUANTIDADE DE MORTES. OS ATENTADOS MAIS RADICAIS INICIARAM-SE EM 2009, QUANDO O ENTÃO LÍDER E FUNDADOR, MOHAMMED YUSUF, FOI ASSASSINADO PELA POLÍCIA NIGERIANA.
  7. 7. HAMAS – SIGLA EM ÁRABE QUE SIGNIFICA “MOVIMENTO DE RESISTÊNCIA ISLÂMICA”. APESAR DE NÃO SER CONSIDERADO COMO UM TÍPICO GRUPO TERRORISTA POR ALGUNS ANALISTAS, ESSE GRUPO É TEMIDO PELA MAIORIA DAS ORGANIZAÇÕES INTERNACIONAIS E ESTADOS. ATUA NOS TERRITÓRIOS DA PALESTINA, TENDO COMO PRINCIPAL OBJETIVO A DESTRUIÇÃO DO ESTADO DE ISRAEL E A CONSOLIDAÇÃO DO ESTADO DA PALESTINA. O SEU BRAÇO ARMADO É UMA FRENTE CHAMADA AL-QASSAM, ALÉM DE CONFIGURAR-SE TAMBÉM COMO UM PARTIDO POLÍTICO, QUE ATUALMENTE CONTROLA A FAIXA DE GAZA. SEUS APOIADORES, PRINCIPALMENTE A TURQUIA E O QATAR, O TRATAM COMO UMA FRENTE POLÍTICA LEGÍTIMA.
  8. 8. ESTADO ISLÂMICO (EI) – GRUPO DISSIDENTE DA AL-QAEDA, SEUS MILITANTES DEFENDEM O RESSURGIMENTO DO CALIFADO; ESTABELECEU ESTRUTURAS ADMINISTRATIVAS E PASSOU A EXPLORAR RECURSOS NATURAIS, PRINCIPALMENTE O PETRÓLEO; SEUS MILITANTES COBRAM TAXAS DA POPULAÇÃO LOCAL E COMERCIALIZAM ILEGALMENTE ANTIGUIDADES, SAQUEADAS DE MUSEUS E SÍTIOS HISTÓRICOS E ARQUEOLÓGICOS SOB SEU DOMÍNIO; NOTABILIZOU-SE PELA CRUELDADE DE SEUS MÉTODOS, PELO RADICALISMO DE SEU DISCURSO CONTRÁRIO AO OCIDENTE, E PELO USO SISTEMÁTICO DAS REDES SOCIAIS PARA DIVULGAR SEUS PROPÓSITOS; CONSEGUE MOBILIZAR INDIVÍDUOS NA EUROPA E NOS ESTADOS UNIDOS, INCITANDO A REALIZAÇÃO DE ATENTADOS TERRORISTAS.
  9. 9. TALIBÃ – É UM GRUPO FUNDAMENTALISTA E BANCADO FINANCEIRA E BELICAMENTE PELO PAQUISTÃO. EM SETEMBRO DE 1996, O TALIBÃ CONQUISTOU CABUL E ASSUMIU O CONTROLE DE 70% DO TERRITÓRIO DO AFEGANISTÃO. ESSA MILÍCIA IMPÔS REGRAS DURAS DE CONVIVÊNCIA E COMPORTAMENTO, E O CUMPRIMENTO À RISCA DA SHARIA. O GRUPO COMANDOU O AFEGANISTÃO DE 1996 A 2001, QUANDO OS ESTADOS UNIDOS INVADIRAM O PAÍS APÓS OS ATENTADOS DE 11 DE SETEMBRO, POIS ESSE GRUPO ABRIGAVA OS MEMBROS DA AL-QAEDA. COM A RETIRADA DAS TROPAS ESTRANGEIRAS DO AFEGANISTÃO, O GRUPO VEM FORTALECENDO-SE E RETOMANDO O CONTROLE DE BOA PARTE DO TERRITÓRIO AFEGÃO. OS ESTADOS UNIDOS ACUSAM TAMBÉM O TALIBÃ DE SUSTENTAR-SE COM UM IMPOSTO COBRADO DOS TRAFICANTES DE DROGAS.
  10. 10. FARC (FORÇAS ARMADAS REVOLUCIONÁRIAS DA COLÔMBIA) – GRUPO GUERRILHEIRO E TERRORISTA COLOMBIANO DE CARÁTER SOCIALISTA, QUE DEFENDE MUDANÇAS PROFUNDAS NA SOCIEDADE DO PAÍS. SURGIU EM 1964 COMO UM BRAÇO INFORMAL DO PARTIDO COMUNISTA DA COLÔMBIA. MUITOS PAÍSES NÃO O CONSIDERAM COMO UM GRUPO TERRORISTA. AS FARC LUTAM PELO CONTROLE DA COLÔMBIA, ALEGANDO COMBATER A HEGEMONIA IDEOLÓGICA DOS ESTADOS UNIDOS SOBRE O PAÍS, ATUANDO PRINCIPALMENTE EM GUERRILHAS, SEQUESTRO E CONTROLANDO O TRÁFICO DE DROGAS. ATUALMENTE, A ORGANIZAÇÃO VEM FIRMANDO COM O GOVERNO COLOMBIANO ALGUNS ACORDOS DE PAZ SOB A MEDIAÇÃO DIPLOMÁTICA DA VENEZUELA.
  11. 11. EXÉRCITO DE LIBERTAÇÃO NACIONAL (ELN) – MOVIMENTO GUERRILHEIRO DA COLÔMBIA DE ORIENTAÇÃO SOCIALISTA E QUE ATUA NA FRONTEIRA DO PAÍS COM A VENEZUELA, SE FINANCIA POR MEIO DO DINHEIRO GERADO PELOS SEQUESTROS E PELA COBRANÇA DO “IMPOSTO REVOLUCIONÁRIO” (IMPOSTO VINDO DOS NARCOTRAFICANTES).
  12. 12. AUTODEFESAS UNIDAS DA COLÔMBIA (AUC) – GRUPO PARAMILITAR DE EXTREMA DIREITA, FORMADO POR MEMBROS E EX-MEMBROS DO EXÉRCITO COLOMBIANO E DA POLÍCIA E QUE É FINANCIADO POR LATIFUNDIÁRIOS, GRANDES EMPRESÁRIOS E NARCOTRAFICANTES. LUTA CONTRA OS GRUPOS TERRORISTAS DO PAÍS.
  13. 13. VENEZUELA – VEM ENFRENTANDO CONSTANTES PROTESTOS, QUE TEVE INÍCIO EM JANEIRO DE 2014, EM RESPOSTA À CRIMINALIDADE DO PAÍS, APÓS O LATROCÍNIO DA ATRIZ E EX-MISS VENEZUELANA, MÓNICA SPEAR E DE SEU EX- MARIDO. OS PROTESTOS PASSARAM PARA A ESFERA POLÍTICA E ECONÔMICA, PRINCIPALMENTE PELOS OPOSITORES DO PRESIDENTE NICOLÁS MADURO CONTRA AS SUPOSTAS VIOLAÇÕES DOS DIREITOS HUMANOS, A ESCASSEZ DE PRODUTOS BÁSICOS, FRAUDES NAS ELEIÇÕES, NO AUTORITARISMO GOVERNAMENTAL, ENTRE OUTROS. ESSES PROTESTOS JÁ LEVOU À PRISÃO DE CENTENAS DE OPOSITORES DO PRESIDENTE E A MORTE DE DEZENAS DE PESSOAS.
  14. 14. EXÉRCITO ZAPATISTA DE LIBERTAÇÃO NACIONAL (EZLN) – GRUPO GUERRILHEIRO ARMADO DE CARÁTER POLÍTICO-MILITAR MEXICANO, FORMADO PRINCIPALMENTE POR AGRICULTORES E INDÍGENAS, QUE LUTA PELA INDEPENDÊNCIA DA REGIÃO DE CHIAPAS, LOCALIZADA NO SUL DO MÉXICO. SUA INSPIRAÇÃO POLÍTICA É O ANARCOSSINDICALISMO, CORRENTE PRINCIPAL DE EMILIANO ZAPATA E PANCHO VILLA (DO QUAL ESSA ORGANIZAÇÃO É INSPIRADA) E SUA ESTRATÉGIA MILITAR É A GUERRILHA. O GRUPO TEM COMO OBJETIVOS TAMBÉM INSTALAR UM REGIME SOCIALISTA NO PAÍS E CRIAR UMA SOCIEDADE MAIS JUSTA.
  15. 15. CONFLITO EM QUEBEC – CONFLITO POLÍTICO- RELIGIOSO PELA INDEPENDÊNCIA DA PROVÍNCIA CANADENSE DE QUEBEC, COLONIZADA PELOS FRANCESES - O RESTANTE DO CANADÁ FOI COLONIZADO PELOS INGLESES. CERCA DE 80% DA POPULAÇÃO DE QUEBEC É DESCENDENTE DE FRANCESES E, EM SUA MAIORIA, SEGUE A RELIGIÃO CATÓLICA, DIFERENTE DAS OUTRAS ÁREAS DO PAÍS, EM QUE A MAIORIA DA POPULAÇÃO É PROTESTANTE E TEM O INGLÊS COMO LÍNGUA OFICIAL. ALÉM DA LÍNGUA E DA RELIGIÃO, OUTRA FORTE INFLUÊNCIA FRANCESA EM QUEBEC É A ARQUITETURA. EM 1969, A LÍNGUA FRANCESA PASSOU A SER OFICIAL NA PROVÍNCIA E, EM 1997, OS SEPARATISTAS CONSEGUIRAM OBTER UMA CERTA AUTONOMIA POLÍTICA E ECONÔMICA EM QUEBEC, MAS JÁ FORAM DERROTADOS EM ALGUNS PLEBISCITOS.
  16. 16. MONTREALCIDADE DE QUEBEC
  17. 17. PAÍS BASCO – REGIÃO LOCALIZADA ENTRE O NORTE DA ESPANHA E O SUDOESTE DA FRANÇA, POSSUI UMA CULTURA PRÓPRIA E SUA POPULAÇÃO LUTA PELA INDEPEDÊNCIA DA REGIÃO E A CRIAÇÃO DE UM ESTADO INDEPENDENTE. ETA (PÁTRIA BASCA E LIBERDADE) – ORGANIZAÇÃO TERRORISTA QUE TEM COMO OBJETIVO LIBERTAR A REGIÃO DO PAÍS BASCO DA ESPANHA E ESTABELECER UM PAÍS COM REGIME SOCIALISTA.
  18. 18. MOVIMENTO SEPARATISTA DA CATALUNHA – A CATALUNHA É UMA REGIÃO LOCALIZADA NO NORDESTE DA ESPANHA, QUE POSSUI UMA LÍNGUA PRÓPRIA (O CATALÃO) E UMA CULTURA DIFERENTE DA ESPANHOLA. A CATALUNHA É A REGIÃO MAIS DESENVOLVIDA DA ESPANHA E A PRIMEIRA A SE INDUSTRIALIZAR NO PAÍS. POR TER SE TORNADO A LOCALIDADE MAIS ESTÁVEL DA ESPANHA, A CATALUNHA FOI PALCO DE UM MOVIMENTO INTELECTUAL EM SEUS DOMÍNIOS, NO SÉCULO XIX, CHAMADO “RENAIXENÇA” (RENASCIMENTO) EM QUE SE BUSCAVA RESGATAR A IDENTIDADE CULTURAL E O IDIOMA DOS CATALÃES. ESSE MOVIMENTO ESTEVE NA BASE DA BUSCA PELA INDEPENDÊNCIA DA CATALUNHA.
  19. 19. IRA (EXÉRCITO REPUBLICANO IRLANDÊS) – GRUPO RELIGIOSO DA IRLANDA DO NORTE QUE EMPREENDE A LUTA ARMADA PELA INDEPENDÊNCIA DO PAÍS DO REINO UNIDO E A UNIFICAÇÃO COM A REPÚBLICA DA IRLANDA. CONFLITO NA IRLANDA DO NORTE – CONFLITO RELIGIOSO ENTRE CATÓLICOS E PROTESTANTES QUE JÁ PROVOCOU A MORTE DE MILHARES DE PESSOAS.
  20. 20. SEPARATISMO NOS BALCÃS – REGIÃO LOCALIZADA NO SUDESTE DA EUROPA, ESTEVE SOB O DOMÍNIO DOS IMPÉRIOS AUSTRO- HÚNGARO E TURCO-OTOMANO; EM 1929 PASSOU A CONSTITUIR UM REINO DENOMINADO IUGOSLÁVIA, COM GRANDE DIVERSIDADE ÉTNICA E RELIGIOSA; A PARTIR DO INÍCIO DA DÉCADA DE 1990, A LUTA PELA INDEPENDÊNCIA DE ALGUMAS PROVÍNCIAS RESULTOU EM VÁRIOS CONFLITOS E NO SURGIMENTO DE VÁRIOS PAÍSES: SÉRVIA, MONTENEGRO, BÓSNIA-HERZEGOVINA, CROÁCIA, MACEDÔNIA, ESLOVÊNIA E KOSOVO.
  21. 21. GUERRA DA BÓSNIA – A BÓSNIA-HERZEGOVINA É FORMADA ETNICAMENTE POR 39,5% DE BÓSNIOS (QUE SEGUEM A RELIGIÃO ISLÂMICA), 32% DE SÉRVIOS (CATÓLICOS ORTODOXOS) E 18,4% DE CROATAS (CATÓLICOS ROMANOS). CROATAS, MUÇULMANOS E SÉRVIOS PASSARAM A DISPUTAR FATIAS DO TERRITÓRIO BÓSNIO EM MARÇO DE 1992, APÓS A DESINTEGRAÇÃO DA IUGOSLÁVIA. EMBORA A ONU JÁ TIVESSE RECONHECIDO A BÓSNIA-HERZEGOVINA COMO UM PAÍS INDEPENDENTE. ESSE CONFLITO PROVOCOU A MORTE DE MAIS DE 200 MIL PESSOAS E 2 MILHÕES DE REFUGIADOS MUÇULMANOS, ALÉM DA CARNIFICINA SÉRVIA SOBRE OS MUÇULMANOS, QUE FICOU CONHECIDA COMO “LIMPEZA ÉTNICA”.
  22. 22. GUERRA DE KOSOVO – A REGIÃO DE KOSOVO, HABITADA EM SUA MAIORIA POR MUÇULMANOS ALBANESES, VINHA ALIMENTANDO HÁ MUITO TEMPO UMA SEPARAÇÃO DO PODER CENTRAL SÉRVIO. A RETIRADA DE PARTE DA AUTONOMIA DESSA REGIÃO EM 1989, COM O DOMÍNIO DA POLÍCIA E O ENSINO EM LÍNGUA ALBANESA, ESTIMULOU O SEPARATISMO. EM 1998, DIANTE DO CRESCIMENTO DO MOVIMENTO SEPARATISTA ARMADO, LIDERADO PELO EXÉRCITO DE LIBERTAÇÃO DO KOSOVO (ELK), A SÉRVIA CONTRA-ATACOU COM VIOLÊNCIA, ALEGANDO COMBATER OS SEPARATISTAS E DEFENDER A INTEGRIDADE DO PAÍS. ACUSADO DE TER PRATICADO A “LIMPEZA ÉTNICA” CONTRA OS KOSOVARES, O EX-PRESIDENTE IUGOSLAVO, SLOBODAN MILOSEVIC, FOI CONDENADO À PRISÃO PERPÉTUA POR CRIMES DE GUERRA.
  23. 23. MOVIMENTO SEPARATISTA EM SZÉKELY – A ROMÊNIA É UM PAÍS DE MAIS DE 23 MILHÕES DE HABITANTES, POSSUI MAIS DE 1,7 MILHÃO DE HÚNGAROS OU MAGIARES E CENTENAS DE MILHARES DE CIGANOS. A UNIÃO DEMOCRÁTICA DOS HÚNGAROS NA ROMÊNIA (UDMR), POSSUI VÁRIAS CADEIRAS NO PARLAMENTO ROMENO, E EXIGE A RETIRADA DO TERMO “PAÍS UNIFICADO” DA CONSTITUIÇÃO ROMENA, FAZ CAMPANHA PARA MELHORES ESCOLAS PARA OS CIDADÃOS DE ETNIA HÚNGARA E EXIGE QUE O GOVERNO ROMENO DEVOLVA OS TESOUROS RELIGIOSOS HÚNGAROS QUE FORAM CONFISCADOS EM 1918, ALÉM DA AUTONOMIA DA REGIÃO DE SZÉKELY, LOCALIZADA A LESTE DA TRANSILVÂNIA E QUE É O LAR DE MAIS DE 800 MIL HÚNGAROS E O CORAÇÃO CULTURAL DOS MAGIARES, ALÉM DE JÁ TER SIDO UMA REGIÃO AUTÔNOMA DA HUNGRIA.
  24. 24. CONFLITO NA CHECHÊNIA – É UM CONFLITO POLÍTICO, ECONÔMICO E RELIGIOSO NESSA REGIÃO AUTÔNOMA DA RÚSSIA LOCALIZADA NO CÁUCASO, QUE SE DECLAROU INDEPENDENTE EM 1991 E TEVE SEU TERRITÓRIO INVADIDO PELAS TROPAS RUSSAS, QUE PROMOVEU UMA GRANDE DESTRUIÇÃO NA REGIÃO.
  25. 25. CONFLITO NA UCRÂNIA – CONFLITO ENVOLVENDO O PAÍS E A RÚSSIA, QUE VEM INCENTIVANDO OS RUSSOS QUE MORAM EM ALGUMAS REGIÕES UCRANIANAS A SE SEPARAREM E SE UNIFICAREM COM A RÚSSIA; DESTAQUE PARA AS REGIÕES DE DONBASS E DA CRIMEIA; A RÚSSIA, POR MEIO DE UM PLEBISCITO, ANEXOU A REGIÃO DA CRIMEIA AO SEU TERRITÓRIO.
  26. 26. CONFLITO ARMÊNIA X AZERBAIJÃO – CONFLITO PELA REGIÃO DE NAGORNO-KARABAKH, SITUADO NO AZERBAIJÃO, MAS COM POPULAÇÃO DE MAIORIA ARMÊNIA. A ARMÊNIA É UM PAÍS COM POPULAÇÃO MAJORITARIAMENTE CRISTÃ, O AZERBAIJÃO, MUÇULMANO. A ARMÊNIA CONTA COM O APOIO DA RÚSSIA E DO IRÃ, O AZERBAIJÃO RECEBE O APOIO DE ISRAEL E DA TURQUIA. OS ARMÊNIOS QUEREM A INDEPENDÊNCIA DA REGIÃO E A ANEXAÇÃO AO TERRITÓRIO ARMÊNIO, O QUE É NEGADO PELO AZERBAIJÃO.
  27. 27. CONFLITO NA OSSÉTIA DO SUL – CONFLITO ENVOLVENDO A OSSÉTIA DO SUL E A GEÓRGIA, EM 2008. COMO FRUTO DO CRESCENTE CLIMA DE TENSÃO NA REGIÃO DO CÁUCASO, A GEÓRGIA SE EMPENHOU EM RECONQUISTAR A SOBERANIA DA REGIÃO, SOBRETUDO PORQUE ESTA CRESCEU EM IMPORTÂNCIA ESTRATÉGICA NA ROTA DO TRANSPORTE ENERGÉTICO. COM A GUERRA EM VIGÊNCIA, A RÚSSIA PASSOU A APOIAR A OSSÉTIA DO SUL E OS ESTADOS UNIDOS APOIARAM A GEÓRGIA. A CAPITAL DA OSSÉTIA DO SUL, TSKHINVALI, FOI PALCO DE VÁRIOS BOMBARDEIOS EM AGOSTO DE 2008. NESSE MESMO MÊS, A RÚSSIA RECONHECEU A OSSÉTIA DO SUL E A ABKÁSIA COMO REGIÕES INDEPENDENTES. EM RESPOSTA, A GEÓRGIA ROMPEU RELAÇÕES DIPLOMÁTICAS COM MOSCOU E ANUNCIOU A SAÍDA DA CEI.
  28. 28. CONFLITO ÁRABE-ISRAELENSE – É UM DOS PRINCIPAIS FOCOS DE TENSÃO DO ORIENTE MÉDIO; CONFLITO HISTÓRICO E RELIGIOSO ENTRE JUDEUS (ISRALENSES) E MUÇULMANOS (PALESTINOS), QUE SE INTENSIFICOU COM A CRIAÇÃO DO ESTADO DE ISRAEL E A PARTILHA DA PALESTINA, EM 1948; JÁ HOUVE VÁRIAS GUERRAS, COMO A GUERRA DA INDEPENDÊNCIA (1948), GUERRA DOS SEIS DIAS (1967), GUERRA DO YOM KIPPUR (1973); VÁRIOS FATORES SERVEM COMO EMPECILHO PARA A PAZ, COMO A QUESTÃO DA ÁGUA, A ATUAÇÃO DOS GRUPOS RADICAIS, A CIDADE DE JERUSALÉM, A DEVOLUÇÃO DOS TERRITÓRIOS OCUPADOS, DENTRE OUTROS.
  29. 29. CONFLITOS NA ÁFRICA – MOTIVADOS PELO PROCESSO DE COLONIZAÇÃO EUROPEIA E PELA PARTILHA DO CONTINENTE REALIZADA PELOS EUROPEUS, QUE LEVOU EM CONTA APENAS OS INTERESSES DAS POTÊNCIAS COLONIZADORAS, DESPREZANDO AS QUESTÕES LOCAIS; UTILIZAÇÃO DA FIGURA DA CRIANÇA-SOLDADO; DISPUTA PELAS MINAS DE METAIS PRECIOSOS; AS GUERRAS SÃO OS PRINCIPAIS MOTIVOS DA FOME E DA MISÉRIA NO CONTINENTE.
  30. 30. CONFLITO NO SUDÃO – É UM DOS MAIS LONGOS DA ÁFRICA; CONFLITO POLÍTICO, RELIGIOSO E ECONÔMICO ENTRE OS MUÇULMANOS (NO PODER DESDE 1956) E REBELDES CRISTÃOS; O CONFLITO FOI A PRINCIPAL CAUSA DA SEPARAÇÃO DO SUL DO PAÍS E A CRIAÇÃO DO SUDÃO DO SUL E DO MAIOR CAMPO DE CONCENTRAÇÃO DE REFUGIADOS DO MUNDO, DARFUR.
  31. 31. CONFLITO EM RUANDA – CONFLITO ÉTNICO ENTRE TUTSIS E HUTUS; APESAR DE FALAREM O MESMO IDIOMA E DE SE RECONHECEREM A PARTIR DE UMA MESMA CULTURA, OS HUTUS SÃO DE ORIGEM BANTU, TÊM BAIXA ESTATURA E CARACTERÍSTICAS NEGROIDES; HABITAM A REGIÃO ONDE ATUALMENTE É RUANDA HÁ MUITOS SÉCULOS E ATUALMENTE CONSTITUEM CERCA DE 84% DA POPULAÇÃO RUANDESA. NO SÉCULO XV, O POVO TUTSI, ORIGINÁRIO DA ETIÓPIA, INVADIU E OCUPOU A REGIÃO; OS TUTSIS TÊM A PELE MAIS CLARA, TRAÇOS MAIS FINOS E ESTATURA MAIOR; ATUALMENTE REPRESENTAM CERCA DE 14% DA POPULAÇÃO DO PAÍS.
  32. 32. CONFLITO ENTRE TUTSIS E HUTUS – OS TUTSIS, APESAR DE SER MINORIA, SEMPRE TIVERAM O PODER NAS MÃOS PERANTE O IMPÉRIO BELGA. EM ABRIL DE 1994, O PRESIDENTE RUANDÊS, JUVENAL HABYARUMANA, UM HUTU, FOI MORTO EM UM ATENTADO CONTRA O SEU AVIÃO. SEM APRESENTAR PROVAS, AS LIDERANÇAS HUTUS ACUSARAM OS TUTSIS PELO ASSASSINATO E CONCLAMARAM A POPULAÇÃO A INICIAR A MATANÇA. HORAS DEPOIS, MILÍCIAS HUTUS AVANÇARAM CONTRA VILAREJOS E CIDADES POR TODO O PAÍS, MATANDO MILHARES DE PESSOAS; QUEM ERA IDENTIFICADA COMO MEMBRO DA MINORIA TUTSI ERA SUMARIAMENTE EXECUTADA.
  33. 33. CONFLITOS NO CHIFRE DA ÁFRICA – CONFLITOS ENVOLVENDO ERITREIA, ETIÓPIA, DJIBUTI E SOMÁLIA; MOTIVADOS PRINCIPALMENTE PELA AUSÊNCIA DE GOVERNOS QUE LEGITIMEM A EXISTÊNCIA DESSES ESTADOS NACIONAIS E DE GRUPOS ÉTNICOS; GRANDE ATUAÇÃO DE PIRATAS NA REGIÃO DO MAR VERMELHO E NO OCEANO ÍNDICO; OS CONFLITOS JÁ PROVOCARAM A MORTE DE MILHARES DE PESSOAS E GRANDE DEVASTAÇÃO NA REGIÃO.
  34. 34. CONFLITO NA NIGÉRIA – CONFLITO RELIGIOSO E ECONÔMICO ENTRE CRISTÃOS E MUÇULMANOS; VIOLÊNCIA RELIGIOSA DOMINADA PELA INSURGÊNCIA DO GRUPO JIHADISTA BOKO HARAM, QUE VISA IMPOR A SHARIA (DIREITO ISLÂMICO) NO PAÍS; ALÉM DA QUESTÃO RELIGIOSA, TEM A DISPUTA PELAS ÁREAS PRODUTORAS DE PETRÓLEO.
  35. 35. PRIMAVERA ÁRABE – GRANDES MOVIMENTAÇÕES PÚBLICAS EM ALGUNS PAÍSES DO ORIENTE MÉDIO E DO NORTE DA ÁFRICA, EM 2010, ORGANIZADAS POR GRUPOS ATRAVÉS DAS REDES SOCIAIS, QUE TINHA COMO OBJETIVO REIVINDICAR MAIOR LIBERDADE DEMOCRÁTICA E DESESTABILIZAR OS GOVERNOS DITATORIAIS DA REGIÃO; UTILIZAÇÃO DE TÉCNICAS DE RESISTÊNCIA CIVIL, COMO GREVES, MANIFESTAÇÕES E PASSEATAS, COM O OBJETIVO DE COMUNICAR E SENSIBILIZAR A POPULAÇÃO E A COMUNIDADE INTERNACIONAL. EM FACE DE TENTATIVAS DE REPRESSÃO E CENSURA NA INTERNET POR PARTE DOS ESTADOS AUTORITÁRIOS DA REGIÃO.
  36. 36. GUERRA CIVIL NA SÍRIA – CONFLITO INTERNO MOTIVADO POR DIFERENÇAS ÉTNICO-RELIGIOSAS; COMEÇOU COMO UMA SÉRIE DE GRANDES PROTESTOS POPULARES CONTRA O GOVERNO AUTORITÁRIO DE BASHAR AL-ASSAD, EM 2011; CONTRIBUI PARA AUMENTAR O CONFLITO, A EXPANSÃO DOS GRUPOS TERRORISTAS, COM DESTAQUE PARA O ESTADO ISLÂMICO (EI); ENVOLVE TAMBÉM UMA DISPUTA POLÍTICA ENTRE OS ESTADOS UNIDOS E A RÚSSIA; A GUERRA JÁ PROVOCOU A MORTE DE MILHARES DE PESSOAS E UM GRANDE NÚMERO DE REFUGIADOS, ALÉM DE DESTRUIÇÕES E A UTILIZAÇÃO DE ARMAS QUÍMICAS.
  37. 37. GUERRA CIVIL NO AFEGANISTÃO – APÓS OS ATENTADOS DE 11 DE SETEMBRO DE 2001, ATRIBUÍDO À REDE TERRORISTA AL-QAEDA, OS ESTADOS UNIDOS EXIGIU QUE O GRUPO TALIBÃ, QUE GOVERNAVA O AFEGANISTÃO, ENTREGASSE OS MEMBROS DA AL-QAEDA, QUE MANTINHA SUA BASE NO PAÍS. DIANTE DA NEGATIVA DO GOVERNO AFEGÃO, OS ESTADOS UNIDOS INVADIRAM O AFEGANISTÃO EM 2002, DEPUSERAM O GOVERNO TALIBÃ, ESTABELECERAM UM NOVO GOVERNO E INSTALARAM NOVAS BASES MILITARES NO ORIENTE MÉDIO.
  38. 38. GUERRA E OCUPAÇÃO DO IRAQUE – DEPOIS DA OCUPAÇÃO DO AFEGANISTÃO, O GOVERNO DOS ESTADOS UNIDOS E DO REINO UNIDO ARGUMENTARAM QUE O IRAQUE CONSTITUÍA UM RISCO À SEGURANÇA MUNDIAL, E ACUSAVA O GOVERNO IRAQUIANO DE DESENVOLVER PROGRAMAS DE ARMAS DE DESTRUIÇÃO EM MASSA, (ARMAS QUÍMICAS E BIOLÓGICAS). EM 2003, MESMO SEM O AVAL DA ONU, AS TROPAS NORTE-AMERICANAS E BRITÂNICAS RESOLVERAM INVADIR O PAÍS, DEPUSERAM O DITADOR SADDAM HUSSEIN E ESTABELECERAM UM GOVERNO ALIADO AOS ESTADOS UNIDOS.
  39. 39. O CURDISTÃO – CONFLITO ÉTNICO-NACIONALISTA E BASTANTE PECULIAR, POIS ENVOLVE UMA NAÇÃO CUJA POPULAÇÃO SE ENCONTRA DISTRIBUÍDA POR SEIS PAÍSES: IRAQUE, ARMÊNIA, AZERBAIJÃO, TURQUIA, SÍRIA E IRÃ. TRATA-SE DOS CURDOS, A MAIOR NAÇÃO SEM TERRITÓRIO DO MUNDO, CUJA POPULAÇÃO SOMA MAIS DE 26 MILHÕES DE PESSOAS, DAS QUAIS A GRANDE MAIORIA VIVE NA TURQUIA. OS CURDOS TÊM RAÍZES MUITO REMOTAS NO ORIENTE MÉDIO, NA ANTIGA MESOPOTÂMIA. APESAR DE SEREM UM POVO ISLÂMICO, MANTÊM SUAS PRÓPRIAS TRADIÇÕES E COSTUMES E HABITAM A REGIÃO DO CURDISTÃO HÁ MAIS DE 2.600 ANOS. O MOVIMENTO CURDO SOFRE UMA FORTE REPRESSÃO, PRINCIPALMENTE NA TURQUIA E NO IRAQUE, ONDE FORAM BASTANTE MASSACRADOS DURANTE A DITADURA DE SADDAN HUSSEIN.
  40. 40. COREIA DO NORTE – É UM PAÍS PEQUENO E POBRE, QUE ADOTA O REGIME SOCIALISTA E ENFRENTA ADVERSÁRIOS MUITO MAIS FORTES E A CONSTANTE AMEAÇA DE SEU PRÓPRIO COLAPSO; DURANTE A GUERRA FRIA ENVOLVEU- SE EM UM CONFLITO COM A COREIA DO SUL, TENDO SIDO O PRIMEIRO CONFLITO ARMADO DA GUERRA FRIA; APÓS A GUERRA DAS COREIAS, AMBAS PERMANECERAM DIVIDIDAS E CONTINUARAM OS CONFLITOS GEOPOLÍTICOS; ATUALMENTE VEM AMEAÇANDO O MUNDO POR MEIO DA CONSTRUÇÃO E DO LANÇAMENTO DE ARMAS NUCLEARES CONTRA OS PAÍSES CONSIDERADOS SEUS INIMIGOS (ESTADOS UNIDOS, JAPÃO E COREIA DO SUL).
  41. 41. CONFLITO NO TIBETE – ESSA É UMA DAS REGIÕES MAIS POBRES DA CHINA E OS CONFLITOS NA REGIÃO OCORREM POR UMA QUESTÃO HISTÓRICA. A CHINA DIZ QUE O TIBETE FAZ PARTE DE SEU TERRITÓRIO DESDE MEADOS DO SÉCULO XIII E DEVE FICAR SOB O COMANDO DE PEQUIM; JÁ OS TIBETANOS AFIRMAM QUE A REGIÃO FICOU INDEPENDENTE DURANTE VÁRIOS SÉCULOS E O DOMÍNIO CHINÊS NEM SEMPRE FOI UMA CONSTANTE. O TIBETE CHEGOU A MANTER O STATUS DE PAÍS INDEPENDENTE ENTRE 1911 E 1950, QUANDO OCORREU A REVOLUÇÃO CHINESA E A INCORPORAÇÃO DA REGIÃO AO TERRITÓRIO CHINÊS. A CHINA DIZ QUE OS TIBETANOS NO EXÍLIO, LIDERADOS PELO DALAI LAMA, SÓ ESTÃO INTERESSADOS EM SEPARAR O TIBETE DA TERRA MÃE; O DALAI LAMA DIZ QUERER APENAS A AUTONOMIA DA REGIÃO.
  42. 42. CONFLITO ENTRE ÍNDIA E PAQUISTÃO – OS DOIS PAÍSES SÃO EX-COLÔNIAS BRITÂNICAS QUE CONSEGUIRAM A INDEPENDÊNCIA EM 1947. OS INGLESES REPARTIRAM A REGIÃO DE ACORDO COM A RELIGIÃO DAS MAIORIAS: A ÍNDIA, DE MAIORIA HINDU, E O PAQUISTÃO, DE MAIORIA ISLÂMICA. A REGIÃO DA CAXEMIRA É UMA REGIÃO MONTANHOSA LOCALIZADA NO NORTE DOS DOIS PAÍSES (DOIS TERÇOS ESTÁ SOB O DOMÍNIO DA ÍNDIA E O RESTANTE DO PAQUISTÃO E DA CHINA) E GRANDE PARTE DE SUA POPULAÇÃO É MUÇULMANA E QUER A ANEXAÇÃO DO TERRITÓRIO AO PAQUISTÃO, QUE A ÍNDIA NEGA. O CONTROLE SOBRE A REGIÃO DA CAXEMIRA FOI A CAUSA DE TRÊS GUERRAS (1948-1949, 1965 E 1971). ESSE CONFLITO PREOCUPA O MUNDO, POIS AMBOS OS PAÍSES DETÊM ARMAS NUCLEARES.
  43. 43. CONFLITO EM PUNJAB – ESSA REGIÃO ESTÁ LOCALIZADA NO NORTE DA ÍNDIA, E OS CONFLITOS ÉTNICOS-RELIGIOSOS TÊM MARCADO A HISTÓRIA DESSA PORÇÃO DO TERRITÓRIO INDIANO. O CONFLITO OPÕE OS SIKHS (MINORIA ÉTNICA, SEGUIDORA DE UMA SEITA PRÓPRIA QUE DIFUNDE ELEMENTOS DO ISLAMISMO E HINDUÍSMO) AOS HINDUS. OS SIKHS LUTAM PELA INDEPENDÊNCIA E A FORMAÇÃO DO ESTADO DO KALISTÃO, IDEALIZADO PELOS SEPARATISTAS, QUE SOFREM UMA GRANDE REPRESSÃO PROMOVIDA PELO GOVERNO INDIANO. HÁ TAMBÉM GRUPOS NACIONALISTAS LIGADOS AO PARTIDO BHARATIYA JANATA (BJP), QUE DEFENDEM A SUPREMACIA HINDU E PROMOVE MASSACRES A MUÇULMANOS E CRISTÃOS EM OUTRAS REGIÕES DA ÍNDIA.
  44. 44. SRI LANKA – NO PAÍS HÁ UM FORTE MOVIMENTO SEPARATISTA REPRESENTADO PELA MINORIA TÂMIL. OS TÂMEIS CONCENTRAM-SE PRINCIPALMENTE NA PENÍNSULA DE JAFNA, NO NORTE DO PAÍS. UM IMPORTANTE MOVIMENTO GUERRILHEIRO DE ORIGEM TÂMIL VEM LUTANDO, DESDE 1983, CONTRA O EXÉRCITO DO SRI LANKA, OBTENDO SIGNIFICATIVAS VITÓRIAS NA PARTE NORTE DA ILHA. ESSE FATO – JUNTAMENTE COM A ATUAÇÃO DA ÍNDIA, FAVORÁVEL AO SEPARATISMO TÂMIL – VEM PROVOCANDO NO GOVERNO DO SRI LANKA UMA DISPOSIÇÃO DE NEGOCIAR E CONCEDER A AUTONOMIA A ESSE POVO, CRIANDO, ASSIM, A PÁTRIA TÂMIL.

×