Aspectos físicos da europa

82 visualizações

Publicada em

AULAS DO PROFESSOR MARCIANO DANTAS: ASPECTOS FÍSICOS DA EUROPA

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
82
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aspectos físicos da europa

  1. 1. ASPECTOS GEOGRÁFICOS DA EUROPA PROFESSOR MARCIANO DANTAS
  2. 2. CONTINENTE EUROPEU – GEOGRAFICAMENTE REPRESENTA UMA PENÍNSULA DA ÁSIA; BERÇO DA CIVILIZAÇÃO OCIDENTAL E DA MODERNIZAÇÃO DA ECONOMIA; GRANDE DIVERSIDADE DE POVOS, LÍNGUAS, CULTURAS E RELIGIÃO; CULTURA BASEADA NO ALFABETO LATINO, NAS RELIGIÕES JUDAICO-CRISTÃS E NA IDEIA DE PROGRESSO OU DESENVOLVIMENTO MATERIAL.
  3. 3. GEOLOGIA DA EUROPA – AS ROCHAS DO CONTINENTE ESTÃO ENTRE AS MAIS ANTIGAS DO PLANETA, COM IDADE ENTRE 3 BILHÕES E 570 MILHÕES DE ANOS; O CONTINENTE SÓ TOMOU SUA FORMA ATUAL HÁ APROXIMADAMENTE 5 MILHÕES DE ANOS; OS TIPOS DE ROCHAS, ÁREAS TECTÔNICAS E BACIAS SEDIMENTARES TÊM ACENTUADA INFLUÊNCIA NAS ATIVIDADES HUMANAS ATUAIS.
  4. 4. RELEVO DA EUROPA – NA MAIOR PARTE DO CONTINENTE PREDOMINAM BAIXAS ALTITUDES; HÁ A PRESENÇA DE CADEIAS DE MONTANHAS RECENTES E ELEVADAS; OS PLANALTOS SÃO BASTANTE ANTIGOS, APRESENTAM ALTITUDES MODESTAS E UM GRANDE DESGASTE NATURAL.
  5. 5. PLANALTOS E MACIÇOS ANTIGOS – MONTANHAS MUITO ANTIGAS E BASTANTE DESGASTADAS, QUE SE SITUAM NO CENTRO-NORTE E NO LESTE DO CONTINENTE; CARACTERIZADO POR BAIXAS ALTITUDES E FORMAS ARREDONDADAS OU PLANAS (MESETAS); DESTACAM-SE OS MONTES URAIS, OS ALPES ESCANDINAVOS, A CADEIA PENINA, O MACIÇO CENTRAL DA FRANÇA, O PLANALTO DE VALDAI E O PLANALTO CENTRAL RUSSO.
  6. 6. PLANÍCIES DA EUROPA – LOCALIZAM-SE NA REGIÃO CENTRAL DO CONTINENTE; SÃO BASTANTE EXTENSAS E SEUS SOLOS SÃO MUITO FÉRTEIS; DESTACAM-SE AS PLANÍCIES GERMANO- POLONESA, A RUSSA E A HÚNGARA.
  7. 7. GRANDE PLANÍCIE HÚNGARA – É A PLANÍCIE QUE OCUPA O MAIOR NÚMERO DE PAÍSES DA EUROPA, ESTENDENDO-SE PELA HUNGRIA, ESLOVÁQUIA, UCRÂNIA, ROMÊNIA, SÉRVIA E CROÁCIA; SOLOS BASTANTE FÉRTEIS E MUITO UTILIZADOS PARA A PRÁTICA AGRÍCOLA.
  8. 8. PLANÍCIE GERMANO-POLONESA – TAMBÉM CHAMADA DE PLANÍCIE DO NORTE DA EUROPA, É FORMADA A PARTIR DA SEDIMENTAÇÃO DOS RIOS RENO, LOIRE E VÍSTULA, SENDO BASTANTE FÉRTIL; OCUPA ÁREAS DA ALEMANHA, POLÔNIA, HOLANDA E BÉLGICA.
  9. 9. RIO VÍSTULA - POLÔNIA
  10. 10. PLANÍCIE RUSSA – TAMBÉM CHAMADA DE PLANÍCIE EUROPEIA ORIENTAL, INCLUI UMA SÉRIE DE BACIAS HIDROGRÁFICAS DA EUROPA ORIENTAL, E É A MAIOR ÁREA PLANA DA EUROPA.
  11. 11. PLANÍCIE RUSSA – SIBÉRIA ORIENTAL - RÚSSIA
  12. 12. MONTANHAS EUROPEIAS – SÃO CADEIAS DE MONTANHAS RECENTES E QUE FORAM FORMADAS PELA AÇÃO DO TECTONISMO; DESTACAM-SE OS ALPES E OS CÁRPATOS.
  13. 13. ALPES – ABRANGE TERRAS DA FRANÇA, ITÁLIA, ALEMANHA, SUÍÇA, ÁUSTRIA, ESLOVÊNIA, LIECHTENSTEIN E MÔNACO; O PONTO CULMINANTE É O MONTE BLANCO, COM UMA ALTITUDE DE 4.810 METROS, SENDO TAMBÉM O PONTO MAIS ELEVADO DA EUROPA OCIDENTAL.
  14. 14. MONTE BRANCO
  15. 15. CÁRPATOS – GRANDE SISTEMA DE MONTANHAS DA EUROPA; ABRIGA TERRITÓRIOS DA REPÚBLICA TCHECA, POLÔNIA, ROMÊNIA E UCRÂNIA.
  16. 16. HIDROGRAFIA DA EUROPA – O CONTINENTE POSSUI UMA VASTA E DIVERSIFICADA REDE HIDROGRÁFICA; BASTANTE UTILIZADA NO TRANSPORTE, IRRIGAÇÃO, PRODUÇÃO DE ENERGIA, TURISMO E PISCICULTURA; DESTACAM- SE TRÊS RIOS: DANÚBIO (RIO INTERNACIONAL), VOLGA (RIO MAIS EXTENSO DA EUROPA) E RENO (RIO QUE CONCENTRA O MAIOR NÚMERO DE INDÚSTRIAS DO CONTINENTE).
  17. 17. RIO RENO – NASCE NOS ALPES SUÍÇOS E DESÁGUA NO MAR DO NORTE (PORTO DE ROTERDÃ); POSSUI UMA EXTENSÃO DE 1.326 QUILÔMETROS; BANHA A REGIÃO INDUSTRIAL MAIS IMPORTANTE DA EUROPA; É O PRINCIPAL EIXO DE INTEGRAÇÃO ECONÔMICA ENTRE SUÍÇA, ALEMANHA, FRANÇA E PAÍSES BAIXOS.
  18. 18. RIO VOLGA – NASCE NO PLANALTO DE VALDAI (RÚSSIA) E DESÁGUA NO MAR CÁSPIO; POSSUI UMA ÁREA DE 3.690 QUILÔMETROS; DURANTE O INVERNO, GRANDE PARTE DE SUAS ÁGUAS FICAM CONGELADAS.
  19. 19. RIO DANÚBIO – NASCE NOS ALPES ALEMÃES E DESÁGUA NO MAR NEGRO; POSSUI UMA EXTENSÃO DE 2.860 QUILÔMETROS; BANHA NOVE PAÍSES (ALEMANHA, ÁUSTRIA, ESLOVÁQUIA, HUNGRIA, CROÁCIA, SÉRVIA, BULGÁRIA, UCRÂNIA E ROMÊNIA) E QUATRO CAPITAIS (VIENA – ÁUSTRIA, BRATISLAVA – ESLOVÁQUIA, BELGRADO – SÉRVIA, E BUDAPESTE – HUNGRIA); POSSUI GRANDE IMPORTÂNCIA ECONÔMICA, PRINCIPALMENTE NA EUROPA ORIENTAL.
  20. 20. CLIMA E VEGETAÇÃO DA EUROPA – INFLUENCIADO POR VÁRIOS FATORES, COMO O RELEVO, AS CORRENTES MARINHAS, A ALTITUDE E A LATITUDE; PREDOMINAM OS CLIMAS: TEMPERADO, POLAR, FRIO DE MONTANHA, SEMIÁRIDO E MEDITERRÂNEO.
  21. 21. VEGETAÇÃO DA EUROPA – BASTANTE VARIADA DEVIDO AOS DIFERENTES TIPOS DE SOLO E DE CLIMAS; BASTANTE MODIFICADA PELA AÇÃO ANTRÓPICA; DESTACAM-SE A FLORESTA TEMPERADA, A TUNDRA, A TAIGA, A VEGETAÇÃO MEDITERRÂNEA, A VEGETAÇÃO DE ALTITUDE, AS ESTEPES E A LANDA.
  22. 22. CLIMA MEDITERRÂNEO – OCORRE PRINCIPALMENTE NO SUL DA EUROPA, EM ÁREAS BANHADAS PELO MAR MEDITERRÂNEO; APRESENTA VERÕES QUENTES E SECOS E INVERNOS AMENOS E CHUVOSOS; NO VERÃO HÁ A OCORRÊNCIA DAS CANÍCULAS (ONDAS FORTES DE CALOR); VEGETAÇÃO CONSTITUÍDA POR ÁRVORES DE PEQUENO PORTE E ARBUSTOS COM ESPINHOS, COM DESTAQUE PARA OS MAQUIS, OS GARRIGUES, A VINHA, A OLIVEIRA E A CORTIÇA.
  23. 23. CLIMA TEMPERADO – É DOMINANTE NA MAIOR PARTE DA EUROPA; SUBDIVIDE-SE EM OCEÂNICO E CONTINENTAL; APRESENTA AS QUATRO ESTAÇÕES BEM DEFINIDAS, COM VERÕES BASTANTE QUENTES E INVERNO BASTANTE FRIOS; A VEGETAÇÃO, QUE ANTES DOMINAVA A MAIOR PARTE DO CONTINENTE, É DO TIPO CADUCIFÓLIA, COM PREDOMÍNIO DE PLANTAS DE GRANDE PORTE, COMO O CARVALHO E A FAIA; NAS ÁREAS ONDE HAVIA A FLORESTA TEMPERADA ESTÁ SURGINDO A LANDA.
  24. 24. CLIMAS POLAR E SUBPOLAR – OCORRE NO NORTE DA EUROPA; AS TEMPERATURAS SÃO BAIXAS O ANO TODO; OCORRÊNCIA DA NOITE POLAR, DO SOL DA MEIA NOITE E DA AURORA BOREAL; DOMÍNIO DA VEGETAÇÃO DE TAIGA E DA TUNDRA.
  25. 25. CLIMA SEMIÁRIDO – OCORRE EM ÁREAS DA RÚSSIA, DA MOLDÁVIA E DA UCRÂNIA; AS CHUVAS SÃO ESCASSAS, PORÉM BEM DISTRIBUÍDAS DURANTE O ANO; DOMÍNIO DA VEGETAÇÃO DE ESTEPES.

×