SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 9
Baixar para ler offline
Semana da Arte Modena de 
1922 – Frutuoso Vianna e 
Georg Przyrembel 
Trabalho de Português 
Asaph Vinicius 
Cesar Carneiro 
Felipe Barbato 
Gabriel Balthazar 
Gabriel Romão 
Jorge M. Abdalla 
Patrick Pierre
Semana da Arte Moderna de 1922 
• Ocorreu no Teatro Municipal de São Paulo 
entre os dias 11 a 17 de fevereiro de 1922; 
• Marcou o início do modernismo no Brasil; 
• Participaram da Semana nomes consagrados 
do modernismo brasileiro. 
2
Frutuoso Vianna - Biografia 
• Nasceu em 1896, Itajubá – MG; 
• Começou a tocar piano aos 8 anos; 
• Aos 18 foi estudar no Instituto Nacional da 
Música no Rio onde conheceu Henrique Oswald ; 
• Começou a compor em 1920 e a lecionar piano 
no ano seguinte. 
3
Frutuoso Vianna - Biografia 
• Depois, em 1923 Viana viaja para a Europa e volta ao Brasil em 
1926; 
• Foi regente do Coral Paulistano e professor do Instituto de Música e 
Teatro em 1930; 
• Casou com Júlia Maria Brasil e teve dois filhos; 
• 1941 vai morar no Rio de Janeiro. Recebe uma Medalha de Honra 
do Governo de Minas Gerais e passa a ser professor de piano do 
Colégio Bennet; 
• Faleceu no Rio de Janeiro, em 1976. 
4
Frutuoso Vianna e a Semana de 22 
• Escreveu músicas especialmente para piano e para 
canto; 
• Em 1912 Frutuoso conhece Villa- lobos que lhe pede 
para compor para a Semana da Arte Moderna. 
• Seu trabalho influenciou a musica brasileira. Algumas 
de suas musicas são: 
• Dança de negros 
• Corta-Jaca 
• Homenagem a Sinhô 
5
Georg Przyrembel – Biografia 
• Nasceu na Silésia, atual Polônia, em 1885 e estudou arquitetura na 
Alemanha; 
• 1912 - Mudou-se para o Brasil, onde se tornou um dos principais 
expoentes do estilo neocolonial; 
• Dirigiu a construção do novo mosteiro de São Bento, na capital 
paulista, e projetou a igreja de São Francisco de Paula, em Curitiba 
– PR; 
• 1916 – Viajou a Ouro Preto –MG para estudar a arquitetura colonial 
brasileira; 
• Projetou as residências de Odon Cardoso, na capital paulista, e 
Heládio Capote Valente, em Praia Grande - SP. 
6
Georg Przyrembel – Biografia 
• 1920 – Projetou a igreja do Imaculado Coração de Maria, em Santos 
- SP; 
• 1922 – Participou da Semana de Arte Moderna; 
• 1928 – Projetou o convento e a igreja do Carmo, no bairro 
paulistano da Liberdade, aproveitando as obras sacras da antiga 
igreja demolida e os parapeitos dos janelões; 
• 1936 – Executou o projeto da igreja do Monte Serrat, em Santos; 
• 1938 – Projetou o Palácio Boa Vista, residência de inverno dos 
governadores de São Paulo na cidade de Campos do Jordão. 
7
Georg Przyrembel - Estilo 
• Apresentava “um colonial bastante 
afrancesado”; 
• Após a Semana não manteria nenhuma 
relação com o grupo modernista; 
8
Georg Przyrembel e a Semana de 
22 
• Expôs o projeto de residência de veraneio de sua família, a 
Taperinha da Praia Grande; 
• A maquete de seu projeto e os desenhos do espanhol 
Antonio Garcia Moya tiveram lugar de destaque na 
exposição dos modernistas; 
• Compondo os únicos trabalhos apresentados na seção de 
arquitetura; 
• No mesmo ano, fez o projeto da nova estação da São Paulo 
Railway em Santos (não executado). 
9

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Tarsila do amaral slide
Tarsila do amaral slideTarsila do amaral slide
Tarsila do amaral slide
 
Cubismo
CubismoCubismo
Cubismo
 
Padre manuel da nóbrega/ Dicas para o Enem
Padre manuel da nóbrega/ Dicas para o EnemPadre manuel da nóbrega/ Dicas para o Enem
Padre manuel da nóbrega/ Dicas para o Enem
 
Movimento modernista e a semana da arte moferna de 1922
Movimento modernista e a semana da arte moferna de 1922Movimento modernista e a semana da arte moferna de 1922
Movimento modernista e a semana da arte moferna de 1922
 
Semana de Arte Moderna
Semana de Arte ModernaSemana de Arte Moderna
Semana de Arte Moderna
 
16 artistas conceituais
16 artistas conceituais16 artistas conceituais
16 artistas conceituais
 
Pop Art em Resumo
Pop Art em ResumoPop Art em Resumo
Pop Art em Resumo
 
Arte Renascentista
Arte RenascentistaArte Renascentista
Arte Renascentista
 
Tarsila do amaral
Tarsila do amaralTarsila do amaral
Tarsila do amaral
 
Arte urbana
Arte urbana Arte urbana
Arte urbana
 
Monteiro lobato power point
Monteiro lobato  power pointMonteiro lobato  power point
Monteiro lobato power point
 
Semana 2.0
Semana 2.0Semana 2.0
Semana 2.0
 
Modernismo no Brasil
Modernismo no BrasilModernismo no Brasil
Modernismo no Brasil
 
Body art/slide
Body art/slideBody art/slide
Body art/slide
 
Zumbi
ZumbiZumbi
Zumbi
 
Oscar Niemeyer
Oscar NiemeyerOscar Niemeyer
Oscar Niemeyer
 
Conto da escola;;;
Conto da escola;;;Conto da escola;;;
Conto da escola;;;
 
Arte Barroca
Arte BarrocaArte Barroca
Arte Barroca
 
Teatro brasileiro
Teatro brasileiroTeatro brasileiro
Teatro brasileiro
 
Surrealismo
SurrealismoSurrealismo
Surrealismo
 

Destaque

Semana de arte moderna brasileira de 1922
Semana de arte moderna brasileira de 1922Semana de arte moderna brasileira de 1922
Semana de arte moderna brasileira de 1922Jease Bernardo
 
Folheto heitor villa lobos
Folheto heitor villa lobosFolheto heitor villa lobos
Folheto heitor villa lobosCarla Fernandes
 
Semana de arte moderna 1922
Semana de arte moderna 1922Semana de arte moderna 1922
Semana de arte moderna 1922Dismael Sagás
 
Artistas modernistas
Artistas modernistasArtistas modernistas
Artistas modernistasGoreti Santos
 
A semana de arte moderna (1922) apresentação
A semana de arte moderna (1922) apresentaçãoA semana de arte moderna (1922) apresentação
A semana de arte moderna (1922) apresentaçãoZenia Ferreira
 
Semana de Arte Moderna 1922
Semana de Arte Moderna 1922Semana de Arte Moderna 1922
Semana de Arte Moderna 1922seixasmarianas
 

Destaque (7)

Semana de arte moderna brasileira de 1922
Semana de arte moderna brasileira de 1922Semana de arte moderna brasileira de 1922
Semana de arte moderna brasileira de 1922
 
Folheto heitor villa lobos
Folheto heitor villa lobosFolheto heitor villa lobos
Folheto heitor villa lobos
 
Semana de arte moderna
Semana de arte modernaSemana de arte moderna
Semana de arte moderna
 
Semana de arte moderna 1922
Semana de arte moderna 1922Semana de arte moderna 1922
Semana de arte moderna 1922
 
Artistas modernistas
Artistas modernistasArtistas modernistas
Artistas modernistas
 
A semana de arte moderna (1922) apresentação
A semana de arte moderna (1922) apresentaçãoA semana de arte moderna (1922) apresentação
A semana de arte moderna (1922) apresentação
 
Semana de Arte Moderna 1922
Semana de Arte Moderna 1922Semana de Arte Moderna 1922
Semana de Arte Moderna 1922
 

Semelhante a Semana da Arte Moderna de 1922 - Frutuoso Vianna e Georg Przyrembel

Semelhante a Semana da Arte Moderna de 1922 - Frutuoso Vianna e Georg Przyrembel (20)

Artes (7)
Artes (7)Artes (7)
Artes (7)
 
Oswald de andrade
Oswald de andrade Oswald de andrade
Oswald de andrade
 
Semana da arte moderna
Semana da arte modernaSemana da arte moderna
Semana da arte moderna
 
Artes rafaela camilo
Artes   rafaela camiloArtes   rafaela camilo
Artes rafaela camilo
 
Arte moderna no Brasil: pintura e escultura
Arte moderna no Brasil: pintura e esculturaArte moderna no Brasil: pintura e escultura
Arte moderna no Brasil: pintura e escultura
 
Centro de ensino edison lobão bruno
Centro de ensino edison lobão brunoCentro de ensino edison lobão bruno
Centro de ensino edison lobão bruno
 
Centro de ensino sâmela
Centro de ensino   sâmelaCentro de ensino   sâmela
Centro de ensino sâmela
 
Centro de ensino edison lobão1
Centro de ensino edison lobão1Centro de ensino edison lobão1
Centro de ensino edison lobão1
 
Artistas e Músicos República 8ºC
Artistas e Músicos República 8ºCArtistas e Músicos República 8ºC
Artistas e Músicos República 8ºC
 
1 séc, xx no brasil- o modernismo- lasar segall
1  séc, xx no brasil- o modernismo- lasar segall1  séc, xx no brasil- o modernismo- lasar segall
1 séc, xx no brasil- o modernismo- lasar segall
 
Seminários história da arte 1 b 10
Seminários história da arte 1 b   10Seminários história da arte 1 b   10
Seminários história da arte 1 b 10
 
Artistas plásticos brasileiros
Artistas plásticos brasileirosArtistas plásticos brasileiros
Artistas plásticos brasileiros
 
Superando o academicismo
Superando o academicismoSuperando o academicismo
Superando o academicismo
 
Thiago de carvalho caique xavier
Thiago de carvalho   caique xavierThiago de carvalho   caique xavier
Thiago de carvalho caique xavier
 
Artes (6)
Artes (6)Artes (6)
Artes (6)
 
Tarsila do amaral 2
Tarsila do amaral 2Tarsila do amaral 2
Tarsila do amaral 2
 
Centro de ensino milton
Centro de ensino    miltonCentro de ensino    milton
Centro de ensino milton
 
Scliar, carlos
Scliar, carlosScliar, carlos
Scliar, carlos
 
Representação do negro nas artes plásticas
Representação do negro nas artes plásticasRepresentação do negro nas artes plásticas
Representação do negro nas artes plásticas
 
Debussy & Villa-Lobos
Debussy & Villa-LobosDebussy & Villa-Lobos
Debussy & Villa-Lobos
 

Mais de Jorge Abdalla

Mais de Jorge Abdalla (12)

UTD - Trabalho de Inglês
UTD - Trabalho de Inglês UTD - Trabalho de Inglês
UTD - Trabalho de Inglês
 
Caetano Veloso
Caetano VelosoCaetano Veloso
Caetano Veloso
 
Parábola
ParábolaParábola
Parábola
 
ÍNdia
ÍNdiaÍNdia
ÍNdia
 
Exercicios de C#
Exercicios de C#Exercicios de C#
Exercicios de C#
 
Exercicios de JAVA
Exercicios de JAVAExercicios de JAVA
Exercicios de JAVA
 
Guia Rapido - Linux
Guia Rapido - LinuxGuia Rapido - Linux
Guia Rapido - Linux
 
Rede Cabeada
Rede CabeadaRede Cabeada
Rede Cabeada
 
Nat e Brigde
Nat e BrigdeNat e Brigde
Nat e Brigde
 
Gênero Textual de Ensaio e Entrevista
Gênero Textual de Ensaio e Entrevista Gênero Textual de Ensaio e Entrevista
Gênero Textual de Ensaio e Entrevista
 
A Industria na França
A Industria na FrançaA Industria na França
A Industria na França
 
Ditadura Militar Brasileira
Ditadura Militar BrasileiraDitadura Militar Brasileira
Ditadura Militar Brasileira
 

Último

HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfIedaGoethe
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptxErivaldoLima15
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxacaciocarmo1
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASEdinardo Aguiar
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?MrciaRocha48
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 

Último (20)

HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO3_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdfDIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
DIA DO INDIO - FLIPBOOK PARA IMPRIMIR.pdf
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
6°ano Uso de pontuação e acentuação.pptx
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptxBaladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
Baladão sobre Variação Linguistica para o spaece.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNASQUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
QUIZ DE MATEMATICA SHOW DO MILHÃO PREPARAÇÃO ÇPARA AVALIAÇÕES EXTERNAS
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
Empreendedorismo: O que é ser empreendedor?
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 

Semana da Arte Moderna de 1922 - Frutuoso Vianna e Georg Przyrembel

  • 1. Semana da Arte Modena de 1922 – Frutuoso Vianna e Georg Przyrembel Trabalho de Português Asaph Vinicius Cesar Carneiro Felipe Barbato Gabriel Balthazar Gabriel Romão Jorge M. Abdalla Patrick Pierre
  • 2. Semana da Arte Moderna de 1922 • Ocorreu no Teatro Municipal de São Paulo entre os dias 11 a 17 de fevereiro de 1922; • Marcou o início do modernismo no Brasil; • Participaram da Semana nomes consagrados do modernismo brasileiro. 2
  • 3. Frutuoso Vianna - Biografia • Nasceu em 1896, Itajubá – MG; • Começou a tocar piano aos 8 anos; • Aos 18 foi estudar no Instituto Nacional da Música no Rio onde conheceu Henrique Oswald ; • Começou a compor em 1920 e a lecionar piano no ano seguinte. 3
  • 4. Frutuoso Vianna - Biografia • Depois, em 1923 Viana viaja para a Europa e volta ao Brasil em 1926; • Foi regente do Coral Paulistano e professor do Instituto de Música e Teatro em 1930; • Casou com Júlia Maria Brasil e teve dois filhos; • 1941 vai morar no Rio de Janeiro. Recebe uma Medalha de Honra do Governo de Minas Gerais e passa a ser professor de piano do Colégio Bennet; • Faleceu no Rio de Janeiro, em 1976. 4
  • 5. Frutuoso Vianna e a Semana de 22 • Escreveu músicas especialmente para piano e para canto; • Em 1912 Frutuoso conhece Villa- lobos que lhe pede para compor para a Semana da Arte Moderna. • Seu trabalho influenciou a musica brasileira. Algumas de suas musicas são: • Dança de negros • Corta-Jaca • Homenagem a Sinhô 5
  • 6. Georg Przyrembel – Biografia • Nasceu na Silésia, atual Polônia, em 1885 e estudou arquitetura na Alemanha; • 1912 - Mudou-se para o Brasil, onde se tornou um dos principais expoentes do estilo neocolonial; • Dirigiu a construção do novo mosteiro de São Bento, na capital paulista, e projetou a igreja de São Francisco de Paula, em Curitiba – PR; • 1916 – Viajou a Ouro Preto –MG para estudar a arquitetura colonial brasileira; • Projetou as residências de Odon Cardoso, na capital paulista, e Heládio Capote Valente, em Praia Grande - SP. 6
  • 7. Georg Przyrembel – Biografia • 1920 – Projetou a igreja do Imaculado Coração de Maria, em Santos - SP; • 1922 – Participou da Semana de Arte Moderna; • 1928 – Projetou o convento e a igreja do Carmo, no bairro paulistano da Liberdade, aproveitando as obras sacras da antiga igreja demolida e os parapeitos dos janelões; • 1936 – Executou o projeto da igreja do Monte Serrat, em Santos; • 1938 – Projetou o Palácio Boa Vista, residência de inverno dos governadores de São Paulo na cidade de Campos do Jordão. 7
  • 8. Georg Przyrembel - Estilo • Apresentava “um colonial bastante afrancesado”; • Após a Semana não manteria nenhuma relação com o grupo modernista; 8
  • 9. Georg Przyrembel e a Semana de 22 • Expôs o projeto de residência de veraneio de sua família, a Taperinha da Praia Grande; • A maquete de seu projeto e os desenhos do espanhol Antonio Garcia Moya tiveram lugar de destaque na exposição dos modernistas; • Compondo os únicos trabalhos apresentados na seção de arquitetura; • No mesmo ano, fez o projeto da nova estação da São Paulo Railway em Santos (não executado). 9