O sistema divino - eBook grátis

926 visualizações

Publicada em

A finalidade deste eBook é mostrar uma visão holística do universo.

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
926
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O sistema divino - eBook grátis

  1. 1. Jairo AlvesSumário1 Introdução................................................32 Premissas para a Visão.............................53 Uma Visão Holística do Universo...........74 A Evidência Sistêmica.............................85 O Sistema Divino...................................106 Considerações Finais..............................12 2
  2. 2. O Sistema Divino1 IntroduçãoO universo pode ser visto como fruto de alguma mágica, doacaso ou de um trabalho muito meticuloso, depende apenas doseu observador. Em outras palavras, o universo é visto por muitagente como algo sobrenatural, acidental ou intencional. A visãoacidental e a intencional diferem quanto à possibilidade depremeditação, mas ambas são lógicas.As visões da criação mágica ou sobrenatural e científica sãoincompatíveis, pois a primeira ignora as leis da naturezaintencionalmente. A visão acidental da criação do universodesconsidera a intencionalidade. A lógica da visão intencionalda criação do universo ainda é desconhecida. Em outraspalavras, as visões da criação que existem não conseguemapresentar uma visão holística consistente sobre a criação econsequentemente sobre o universo e o seu funcionamento.A visão holística do universo e da criação somente pode serobtida por meio de uma ciência que consiga respeitar as leis danatureza e integrar todos os fatos naturais simultaneamente. Emoutras palavras, para se entender a engenharia da criação énecessário a instituição de uma nova ciência que estude a lógica 3
  3. 3. Jairo Alvesda natureza de uma forma totalmente integrada. Como estaciência ainda não existe oficialmente, o autor deste eBookchama provisoriamente o estudo holístico da lógica natural deNaturalogia. Evidentemente, a palavra Naturalogia resulta daaglutinação das palavras “Natureza” e “lógica”. A Naturalogianão invade o domínio de nenhuma outra ciência, pois a sua áreade atuação ainda está vaga. Isto poderá ser constatado a partirdos próximos tópicos, pois eles mostrarão como a lógica danatureza pode ser integrada para fornecer uma visão holística darealidade sem conflitar com as ciências naturais. 4
  4. 4. O Sistema Divino2 Premissas para a VisãoA finalidade deste primeiro tópico é mostrar quais são as trêspremissas que devem ser observados para se validar uma visãoholística do universo.Primeira premissa: A magia e o sobrenatural devem serdescartados como meios para se justificar qualquer fato, poistodas as coisas estão sujeitas a ação da natureza que sempre serealiza por meio do trabalho lógico de alguma força. Em outraspalavras, até prova em contrário todas as coisas estãosubordinadas as leis da natureza, isto é, o sobrenatural e magianão existem porque nada escapa a lógica natural.Segundo premissa: O funcionamento da natureza do micro aomacrocosmo é totalmente organizado pela natureza e nãocaótico. Portanto, admitir-se o contrário é ignorar a ordemnatural e repudiar a estatística como ciência, pois a criaçãoacidental de um evento da magnitude do universo temprobabilidade de ocorrência igual à zero. O funcionamento douniverso também não deve ser taxado de caótico sem que antesseja possível observá-lo holisticamente. O motivo pelo qual avisão holística do universo exclui o funcionamento caótico será 5
  5. 5. Jairo Alvesapresentado um pouco mais a frente em um tópico maisadequado.Terceira premissa: Qualquer visão holística do universo deveráobrigatoriamente explicar toda a engenharia da natureza.Evidentemente, isto equivale a dizer que esta explicação deveráreconstituir a realidade inteira do micro ao macrocosmo semesquecer a matemática, as ciências, o homem, os sentimentos, aslínguas etc.Em suma, uma visão holística do universo somente poderá serconsiderada válida, se ao mesmo tempo respeitar as leis danatureza e integrar todas as entidades naturais, sem atribuirnenhum fato ao acaso. O próximo tópico vai apresentar umavisão do universo que não desrespeita estes premissas. 6
  6. 6. O Sistema Divino3 Uma Visão Holística do UniversoA finalidade deste tópico é mostrar que já existe uma visãoholística do universo que é realista e não o mostra como fruto doacaso. Esta visão é de que o universo é um gigantesco sistema.Um sistema pode ser genericamente conceituado como umaentidade cujo mecanismo é capaz de gerar ou suportar eventos,isto é, todo sistema pode ser visto como uma espécie demáquina. Exemplo: as plantas, os animais, a biosfera etc.Evidentemente, os sistemas naturais são máquinas muito maisflexíveis e poderosas que as demais, pois nada consegue igualara capacidade criativa da natureza.A visão sistêmica do universo é de Karl Ludwig VonBertalanffy autor da “Teoria Geral dos Sistemas” que éconsiderada por muitos a ciência das ciências. Para Bertalanffyo universo era um imenso sistema composto por sistemasmenores que deveriam ser estudados conjuntamente, porque asua integração gerava uma unidade funcional maior. Em outraspalavras, todas as entidades da natureza são complementaresporque integram o corpo de um imenso sistema que vai do microao macrocosmo. Esta visão respeita simultaneamente a todas aspremissas de validação, pois nela o universo é uma entidade 7
  7. 7. Jairo Alvesaderente as leis naturais que integra todas as coisasorganizadamente, isto é, nesta visão não há espaço para o acasosó para a lógica. O próximo tópico vai mostrar uma evidência deque a visão sistêmica do universo é mais do que uma merasuposição.4 A Evidência SistêmicaEste tópico vai mostrar porque o universo pode ser visto como omaior sistema ou entidade funcional natural organizada queexiste, isto é, ele via mostrar de onde vem a certeza de que ouniverso é uma macro entidade que gera e integra todos osdemais sistemas naturais.A maior evidência de que o universo é um sistema, que gera eorganiza todas as suas entidades, que também são sistemas,reside na certeza de que o universo é um sistema fechado. Umsistema é fechado quando não precisa captar insumos nemdevolver produtos para o exterior. O único sistema com estacaracterística é o universo, pois tudo acontece em seu interiorpor inexistência de exterior. 8
  8. 8. O Sistema DivinoA maior evidencia de que o universo não possui exterior, podeser encontrado na célebre frase de Lavoisier: “Na natureza nadase cria, nada se perde, tudo se transforma!” Há apenas um únicomotivo para que todas as coisas da natureza se transformemconstantemente: “a inexistência de exterior”. Em outraspalavras, a natureza é obrigada a comer a si mesma para poderfuncionar, porque ela não tem lado de fora para captar insumos edevolver produtos.A obrigatoriedade da transformação também é uma evidência deque o universo é o maior evento que existe. Por causa distopodemos afirmar que o universo que o universo é feito única eexclusivamente de tempo, pois todo evento é um movimentotemporal que é provocado por ações e reações de forças. Emoutras palavras, a única força que existe e que poderia criar osmovimentos temporais que suportam o universo é o tempo.Em suma, a transformação compulsória de todas as coisas é umaevidência de que o universo é um sistema temporal fechado. Opróximo tópico vai mostrar outra possibilidade de se ver estesistema 9
  9. 9. Jairo Alves5 O Sistema DivinoA finalidade deste tópico é mostrar porque o universo pode serconsiderado um sistema divino. Para isto, primeiro devemosconceituar Deus.O conceito de Deus pode variar de pessoa para pessoa, mas paraatingir a finalidade desta obra, Deus será conceituado como umaentidade, cujo poder lhe permite criar todas as coisas douniverso. Conforme já se mostrou a única entidade que detémeste poder é um sistema chamado universo, ou seja, Deus e ouniverso possuem corpos coincidentes.A coincidência entre os corpos de Deus e do universo pode sercomprovada através de duas características do universo quetambém são presumíveis para Deus. Primeira: Deus também nãopode ter lado de fora, pois neste caso a sua existência dever-se-ia a outro Deus. Segunda: Deus deve evoluir eternamente(transformar-se), caso contrário ele também morreria e não seriaDeus. Em outras palavras, ser um sistema fechado que evoluieternamente como faz o universo, é um pré-requisito para aexistência de um deus. 10
  10. 10. O Sistema DivinoPara se afirmar que o universo também é o corpo divino ainda énecessária a imposição de duas restrições lógicas a Deus.Primeira: Que toda mágica divina seja executada por meio dotrabalho, pois somente o trabalho consegue transformar ouniverso. Se considerarmos que a natureza é divina não háproblema algum, pois ela transforma tudo por meio do trabalho.Segunda: Que Deus não trata de maneira diferenciada nenhumadas entidades que cria, pois o universo não poupa nadatransforma absolutamente tudo. Aqui vale o mesmo raciocínio,isto é, se considerarmos que a natureza é divina, tambémseremos obrigados a admitir que Deus não poupe nada dastransformações. Em outras palavras, estas restrições sãoperfeitamente cabíveis se admitirmos a possibilidade de queDeus seja totalmente lógico.Em suma, o universo é um sistema que pode ser chamado dedivino ou Deus é um sistema chamado universo. O próximotópico vai mostrar algumas considerações essenciais para seassociar esta visão do universo à percepção coletiva. 11
  11. 11. Jairo Alves6 Considerações FinaisVer o universo como um sistema divino não alteraconhecimento empírico algum nem as qualidades básicas queum Deus deveria ter, apenas mostra que Deus também é lógico etem que trabalhar. Exemplos: Primeiro: Todos nós continuamossendo filhos de Deus, mesmo que ele seja visto como umsistema. Segundo: Deus é pai e filho simultaneamente, pois nóssomos parte dele vivendo dentro dele, mesmo que ele seja umsistema. Terceiro: Todos nós fomos criados a imagem de Deus,pois parte de Deus continua sendo Deus e um subsistematambém é um sistema.Em suma, o grande mérito desta obra é mostrar que Deus existee que nós somos filhos de Deus mesmo que ele seja visto deuma maneira lógica e não sobrenatural. 12
  12. 12. O Sistema DivinoA maneira melhor de comprovar a viabilidade desta visãoholística do universo, é conhecer passo a passo como funciona anatureza e a montagem da realidade do micro ao macro cosmo.“A Teoria do Big Brain” é a primeira e única obra que tem estasinformações e muitas outras hipóteses lógicas para as grandesdúvidas que atormentam ao ser humano. Para obtê-las o seuautor por mais de 35 anos, aplicou os seus conhecimentos naárea de sistemas de processamento de dados e detelecomunicações no estudo da engenharia da natureza. Parasaber mais sobre a “Teoria do Big Brain” visite:www.ateoriadobigbrain.blogspot.com “Somente a Verdade Liberta” Jairo Alves http://sites.google.com/site/jairoalvesbigbrain/ www.jairo-alves.blogspot.com 13

×