79360628 cabeleireiro-assistente

10.589 visualizações

Publicada em

0 comentários
6 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.589
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
395
Comentários
0
Gostaram
6
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

79360628 cabeleireiro-assistente

  1. 1. 1Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila Cabelereiro
  2. 2. 2Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroSUMÁRIOGESTÃO EM ESTÉTICA E ORGANIZAÇÃO NO HAMBIENTE DE TRABALHO1. Empreendedorismo ...........................................................................................................42. Teste de perfil empreendedor...........................................................................................53. Os Salões De Beleza...........................................................................................................74. Características e atribuições do empreendedor .............................................................95. Para Não Fracassar.........................................................................................................106. Plano De Negócio: O Que É? Como Elaborar?............................................................137. Investimento Inicial.........................................................................................................178. Preço De Venda ...............................................................................................................209. Lucro É O Que Sobra .....................................................................................................2110. Ponto De Equilíbrio.........................................................................................................2211. Atração De Clientes.........................................................................................................2312. Fluxo De Caixa ................................................................................................................2713. Empreendedor Individual (EI) ......................................................................................30DIAGNÓSTICO E ESTRUTURA CAPILAR ANATOMIA E SAÚDE14. Composição e crescimento do cabelo.............................................................................3415. Tipos de cabelo ................................................................................................................3616. Cor do cabelo...................................................................................................................3717. Cuidado com o cabelo .....................................................................................................3818. Composição do cabelo.....................................................................................................4019. Ciclos Biológicos Do Cabelo ...........................................................................................42LAVAGEM MASSAGEM E TRATAMENTO DO FIO20. Lavagem do cabelo..........................................................................................................4321. Hidratação Profunda ......................................................................................................4722. Cauterização ....................................................................................................................4823. Descongestionamento......................................................................................................49
  3. 3. 3Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroESCOVA E ENROLAMENTO24. Escovas .............................................................................................................................5025. Babyliss.............................................................................................................................5726. Cachos ..............................................................................................................................58CORTES E PENTEADOS28. Cortes De Cabelo.............................................................................................................6429. Descubra qual o seu corte ideal de cabelos ...................................................................7230. Cortes masculinos............................................................................................................9831. Penteados........................................................................................................................10632. Coloração .......................................................................................................................120Referências bibliográficas....................................................................................................124
  4. 4. 4Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila Cabelereiro1. EmpreendedorismoA palavra "empreendedorismo" vem de entrepreneur, palavra francesa usada noséculo XII para designar aquele que incentivava brigas. O grande economista Schumpeterdizia que é o empreendedor que movimenta a sociedade e a inova.Identificar oportunidades, agarrá-las e buscar os recursos para transformá-las emnegócio lucrativo. Esse é o papel do empreendedor. Não é necessário possuir os meiosnecessários à criação de sua empresa.O empreendedor é motivado pela liberdade de ação, automotivado. Significa que eletem consciência de que seus caminhos dependem muito do suor, trabalho redobrado eperspicácia nos negócios.Ele arregaça as mangas, colabora no trabalho dos outros e transforma o ambiente asua volta. Naquilo em que os outros enxergam crise, ele deve enxergar oportunidades.Podemos citar como características do empreendedor: Criatividade Capacidade de organização e planejamento Responsabilidade Capacidade de liderança Habilidade para trabalhar em equipe Gosto pela área em que atua Visão de futuro e coragem para assumir riscos Interesse em buscar novas informações, soluções e inovações para o seu negócio Persistência (não desistir nas primeiras dificuldadesencontradas) Saber ouvir as pessoas Facilidade de comunicação e expressão
  5. 5. 5Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila Cabelereiro2. Teste de perfil empreendedorPara cada uma das questões, atribua uma nota de 1 a 4, conforme a tabela abaixo:1 2 3 4DiscordoTotalmenteDiscordoParcialmenteConcordoParcialmenteConcordoTotalmenteNº QUESTÃO NOTA1 Entendo que alguns negócios não combinam com as minhas metas pessoais.2 Penso que problemas existem para ser resolvidos e são oportunidades deaprendizado. Sou persistente.3 Em todos os lugares a que vou, como consumidor ou cliente, procuro percebero que mais me agrada ou desagrada.4 Entendo que só conseguirei me aprimorar pessoal e profissionalmente se mepropuser metas cada vez mais ousadas.5 Sei que qualquer empreendimento envolve riscos. Sempre avalio o que podedar errado. Planejo-me para o sucesso, mas também me preparo para ostropeços.6 Tenho o hábito de ficar atento ao que acontece ao meu redor. Analiso osacontecimentos locais, nacionais e mundiais, e sempre procuro avaliar osdesdobramentos dos fatos para o meu negócio.7Acredito no ditado "qualquer caminho serve quando não sabemos aonde ir".Nos negócios, é tão importante definir os caminhos quanto os objetivos a serematingidos, uma vez que cada rota envolve um conjunto de exigênciasespecíficas.8Tento levar uma vida financeira pessoal equilibrada e não consigo desempenharbem meu trabalho se não souber como anda a saúde financeira do negócio.9Sei que todos os departamentos de uma empresa são importantes para atingir asmetas. Procuro compreender as necessidades de cada departamento ecompatibilizá-las com os objetivos do negócio a serem atingidos.10Tenho outros objetivos pessoais além do aspecto profissional. Mantenhorelacionamentos com uma ampla gama de pessoas, de diferentes áreas einteresses.11Costumo entender as razões da pessoa com a qual estou negociando. Sempredeixo claras minhas necessidades e me esforço para chegar a um acordo quesatisfaça a todos.12Acredito que todas as pessoas são competentes e capazes de se desenvolver setiverem oportunidade e forem incentivadas a isso.13Não me importo se alguém da minha equipe trabalha de uma forma diferente daminha. O que conta é saber se o resultado pactuado foi alcançado.
  6. 6. 6Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila Cabelereiro14Acredito que as pessoas em geral gostam de trabalhar e que assumirãoresponsabilidades sempre que tiverem oportunidade e forem incentivadas paraisso.15Gosto tanto de falar como de ouvir. Acredito que a troca de idéias eexperiências entre as pessoas que trabalham na mesma empresa é uma dasmelhores formas de aprender e de solucionar problemas.SOMA DAS NOTAS:Teste de perfil empreendedorAvaliação dos resultadosAcima de 50 pontos: realmente você reúne as características necessárias para empreendercom sucesso. O seu perfil indica que você possui um conjunto de conhecimentos ehabilidades pessoais e profissionais de alta qualidade. Não deixe de manter-se atualizado e deaprofundar seus conhecimentos e habilidades. Se, por acaso, você não está satisfeito(a) comsua atividade profissional atual, coloque seu espírito empreendedor em ação.Acima de 35 pontos: o seu perfil indica que você tem um bom potencial, mas que ainda nãoé suficiente para permitir-lhe se lançar em um novo empreendimento sem um elevado risco defracasso, e necessita de aprimoramento. Verifique através das questões e do texto abaixo asprincipais áreas em que você deve aprimorar seu desenvolvimento antes de lançar-se a umnovo empreendimento.Até 35 pontos: o ambiente de negócios atual exige o desenvolvimento de uma nova posturapessoal e profissional que muitas vezes é bloqueada por antigos hábitos e paradigmas. Vocêprecisa desenvolver um esforço adicional para romper com estes bloqueios e caminhar em seuaprimoramento profissional antes de pensar em empreender. Verifique através das questões edo texto abaixo as principais áreas em que você está defasado(a) e estabeleça objetivos dedesenvolvimento pessoal e profissional antes de iniciar a carreira de empreendedor(a).O perfil empreendedorAs questões foram divididas em três grupos:De 1 a 5, referem-se a habilidades e posturas pessoais que o empreendedor deve possuir,como postura diante dos problemas, capacidade de assumir riscos e espírito investigativo equestionador etc.;
  7. 7. 7Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroDe 6 a 10, são questões ligadas a competências gerenciais, como definir cenários, estabelecerestratégias, gerenciar finanças, estabelecer redes de relacionamento etc.;De 11 a 15, referem-se às habilidades de liderar pessoas, como delegação, negociação,motivação, estabelecimento de objetivos compartilhados etc.Faça a contagem dos pontos para cada um dos grupos e verifique onde estão suas maioresnecessidades de aprimoramento.3. Os Salões De BelezaPara alguns, eles são considerados supérfluos, para outros, eles são imprescindíveis àmanutenção da auto-estima.Os salões de beleza são considerados por esse último time, como um templo onde seoperam verdadeiros milagres, funcionam como verdadeiras fábricas de beleza, onde o"processo produtivo" pode envolver desde a lavagem, corte, ondulação, penteado e tintura doscabelos até outras operações de cuidado e arranjo dos mesmos.As ferramentas são os mais diversos materiais e técnicas, que adequadamenteempregados embelezam a clientela de acordo com a moda e as exigências dos clientesMercadoO mercado não é muito concorrido. A clientela geralmente é fixa e só procura aconcorrência caso os serviços não sejam satisfatórios. Pode acontecer que o cliente prefira osserviços de corte de cabelo em um salão, manicure em outro e pedicure em outro ainda.O ideal é que o empreendedor ofereça no seu salão qualidade e bons preços em todosos serviços disponíveis, dessa maneira ele manterá o cliente utilizando sempre o seu salão.Além disso, este é um ramo muito rentável, sobretudo à medida que o profissional setorna conhecido da clientela.EstruturaA estrutura básica deve contar com uma área de 20 m², que sera suficiente sãosuficientes para montar um salão pequeno porte. O ponto deve ter instalações elétricas ehidráulicas em boas condições, com um ambiente bem iluminado, paredes e pisos claros elaváveis, é imprescindível transmitir a impressão de limpeza.
  8. 8. 8Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroPara dar tratamento profissional ao negócio é fundamental oferecer facilidade paraestacionar e ter sala de espera - ou ao menos algumas cadeiras - com direito a cafezinho, águae TV ou música ambiente. É o mínimo de conforto a ser ofertado para público de quaisquerclasse social.EquipamentosOs equipamentos básicos são:Cadeiras e bancadas com espelhos;- Lavatórios, secadores;- Equipamentos para manicure, podólogo, depilador.Havendo disponibilidade financeira, é interessante adquirir outros equipamentos, taiscomo: Conjuntos para maquiagem, depilação e estética; Mesas e cadeiras para manicure;Aparelhos de TV; Equipamentos de hidratação; Estufas para esterilização, etc.PessoalA mão de obra básica de um salão de beleza consiste em: cabeleireiros, manicures eum especialista em depilação. O empreendedor pode cuidar do gerenciamento do salão. Éválido lembrar que o constante aperfeiçoamento e treinamento do pessoal é de fundamentalimportância.AtendimentoEvitar a evasão da clientela dependerá muito do tratamento dispensado à mesma,pelo proprietário e seus colaboradores. Os maiores riscos estão relacionados à conseqüênciade um atendimento inadequado e potencial perda do cliente. Lembramos a importância dorelacionamento entre profissional e cliente e a qualidade dos serviços oferecidos.ComeçandoO talento para cortar e pentear cabelos, reconhecido inicialmente pelos amigos efamiliares, costuma ser o primeiro sinal de vocação para o ramo.
  9. 9. 9Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila Cabelereiro4. Características e atribuições do empreendedorNeste ramo de negócios, o empreendedor atuará além de tudo como um consultor debeleza, orientando e sugerindo a melhor opção e não simplesmente cumprindo as solicitaçõesdos clientes. Muitas vezes, pelo desconhecimento efetivo do resultado final, as pessoassolicitam determinados serviços que o profissional já sabe que não se enquadram com o tipofísico dessas pessoas, então, caberá a ele estabelecer uma boa relação com o cliente parapoder esclarecê-lo e evitar um resultado não satisfatório. Um corte de cabelo, um penteado,uma tintura, devem compor um conjunto que agrade o cliente, se enquadre com suascaracterísticas físicas e que esteja de acordo com os ditames da moda.O empreendedor deverá ser muito bem informado sobre tendências da moda, novosprodutos e tecnologias, além de ter facilidade no relacionamento, ser dinâmico e inovador.HorárioPara dar tratamento profissional ao negócio é fundamental trabalhar com horamarcada.PreçosOs preços a serem cobrados devem estar de acordo com o perfil do público que sepretende atender e também obedecer a localização do estabelecimento.MaterialHigiene é a palavra-chave. Aliás, é fator do qual não se pode descuidar. É importanteestar atento à esterilização dos instrumentos (como tesouras, pentes e alicates), que pode serfeita com o uso de estufa ou por meio de produtos químicos. A boa impressão causada nosclientes é importantíssima para o sucesso do negócio.EstoqueA reposição de estoque de produtos utilizados é feita na medida da necessidade. Asperdas dos produtos não são consideradas como riscos, pois são relativamente pequenas.Normalmente, os fabricantes enviam representantes ao local para registrar os pedidosmensalmente.
  10. 10. 10Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroDiferenciando o empreendimentoO empreendedor poderá destacar-se da concorrência mantendo uma relação justaentre preço-qualidade, instalações agradáveis e cômodas, além de equipamentos, técnicasatualizadas e prestação de serviços diferenciados: Atendimento em domicílio. Em caso de festas, casamentos e outros eventos sociais, oempreendedor pode optar por deslocar uma equipe para atendimento em domicílio, visandomaior comodidade para os clientes. Hoje, é bastante freqüente a inclusão do chamado "Dia daNoiva". Este serviço inclui todo trabalho de estética que uma noiva procura, desde manicureaté massagem, passando por limpeza de pele, penteado, maquiagem e pedicure. Em dia com as novidades. O mercado é bastante exigente quanto aos aspectosprofissionais. Daí, a necessidade do empreendedor estar sempre buscando atualizar-se, sejano conhecimento de novas tecnologias ou de novas tendências. Por este motivo e,principalmente, em épocas recessivas, os profissionais da área devem utilizar sua criatividadee motivação para manter um público constante aos seus serviços. O uso da informática. Atualmente, a "informática" invade os Salões de Cabeleireiros ese orienta o desempenho das atividades dos profissionais da área estética. Há programasespecíficos onde o cliente pode visualizar como ficará com determinado corte, tintura oupenteado antes mesmo de executá-los. Computadores também auxiliam no gerenciamento deestoque de produtos, folha de pagamento, cadastro de clientes, etc..No cadastro de clientes o empreendedor pode manter todas as informações específicas dosserviços prestados: última tintura usada (cor, data), corte, produtos utilizados na limpeza depele , etc. e informações complementares do perfil do cliente: profissão, estilo de roupa, etc. Criatividade. Existem salões em que realizam-se exposições de quadros e chegam amudar a decoração de tempos em tempos, orientado pela opinião da clientela. Esse tipo deestratégia ajuda na conquista da clientela.5. Para Não FracassarSe você já atuou no ramo de ―Salão de Beleza‖ como empresário ou comoempregado, não pense que sabe tudo. Visite o maior número possível de Salões de Beleza,converse com os proprietários e empregados, faça amizade com o maior número possível de
  11. 11. 11Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila Cabelereiroempresários, troque idéias, confira as diferentes percepções sobre o mercado, sobre asdificuldades etc.Agora, se não for do ramo, terá de aprender muito e o melhor caminho é pesquisar,conversar com as pessoas do ramo e questionar até entender o melhor possível como se ganhadinheiro com ―Salão de Beleza‖. O objetivo é este mesmo, aprender como se ganha dinheirocom a exploração empresarial de ―Salão de Beleza‖.É normal pensar que fazer amizades ou interagir com empresários do ramo é difícil,pois estes não darão informações sobre as características do negócio para um ―futuroconcorrente‖. Não é verdade! As pessoas gostam de trocar idéias e falar das dificuldades;basta ser franco na conversa, se apresentando e explicando sua situação.Para começar busque empresas em bairros distantes ou até mesmo em cidadesvizinhas pois assim ninguém se sentirá ameaçado.O resultado desta fase de aprendizado epesquisas é você formar idéias e estar convicto sobre o projeto de sua empresa e como seráseu ―Salão de Beleza‖. Ao contatar outras empresas você deve buscar elementos pararesponder as seguintes questões:•Onde será localizada seu ―Salão de Beleza‖?•Como será o processo de ―Venda‖, isto é, como conseguir clientes na quantidade necessária?•Como será o processo para ocupação do espaço no mercado com clientes, concorrentes efornecedores?•Como será a operação do Salão de Beleza de forma a satisfazer e surpreender os clientes?•Como será sua equipe de funcionários?•Como será seu formato de gestão? (Isto inclui fixar metas, elaborar planejamento pararealizá-las, apurar resultados, corrigir rumo, obter a colaboração da equipe de funcionários edesenvolver capacidade para aproveitar as oportunidades do dia-a-dia).•Quando seu Salão de Beleza estiver funcionando você pretende ter férias regulares? Quemcuidará do negócio neste período? Você ficará tranqüilo durante as férias?•Você pretende montar outros negócios? Outras empresas?•Este realmente é um bom negócio para o tipo de pessoa que você é?Em resumo, responder a estas questões permitirá a você um mínimo de domínio sobre estenegócio e o ajudará a ter chances reais de viabilidade. Com pesquisas, estudo e identificaçãoda prática do diaa- dia você construirá suas próprias respostas.
  12. 12. 12Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroSobre OportunidadeEste realmente é um bom negócio? O primeiro ponto sobre o qual você precisa tercerteza, é quanto à oportunidade de negócio que identificou. Será que você realmente temuma oportunidade de negócio nas mãos ou apenas uma idéia na cabeça?Qual A Diferença?De maneira bem simples e direta, podemos dizer que se existe alguém querendocomprar os serviços de um ―Salão de Beleza‖, existe então uma oportunidade de negócio.Afinal de contas podemos resumir a atividade de ―Salão de Beleza‖ numa ação devender e lucrar. Se for comprovada a possibilidade de vender os serviços do ―Salão de Belezaque pretende montar‖ e de lucrar, então você encontrou uma oportunidade de negócio.Note bem, vender e lucrar. Não basta somente vender. O que realmente édeterminante de uma boa oportunidade é a quantidade de lucro. Não serve qualquer lucro.Mas somente um montante que compense toda a empreitada, isto é, que supere em ganhos oque poderia ser obtido em outros negócios e investimentos. Assim, uma questão puxa a outra.•Para começar, você precisa confirmar a existência de interessados em comprar os serviçosque pretende oferecer no ―Salão de Beleza‖.•Por um preço que compense todos os seus custos e dê lucro.•Em quantidade que acumule no final de um período de tempo um montante de lucro quecompense a empreitada.•E que estas condições durem por tempo que compense a montagem do negócio. Isto é, dê oretorno que você deseja.Atividade: Caros Alunos imaginem quevocês empreendedores, vão abrir seu salãode beleza. Respondam as questões acimaem seu caderno e após socializem com oscolegas e com o professor.
  13. 13. 13Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila Cabelereiro•E ainda, que você realmente esteja disposto a enfrentar e comandar o dia-a-dia destaoperação significa que você e sua família adaptarão o estilo de vida às condições que estenegócio necessitar, caso esteja no comando da operação do Salão de Beleza.Identificar estas questões, refletir sobre elas, obter resposta para cada uma delas e conseguiras condições necessárias para realizá-las é o que chamamos de planejamento prévio donegócio.Então, o próximo passo que recomendamos, após a leitura deste manual, é que você inicie apreparação de um ―Plano de Negócio‖.6. Plano De Negócio: O Que É? Como Elaborar?O ―Plano de Negócio‖ do seu empreendimento equivale a um projeto de suaempresa, no qual cada uma das questões anteriores deve ser esmiuçada, estudada,compreendida e dominada para que você seja hábil o suficiente para tomar decisões corretascomo empresário do ramo de ―Salão de Beleza‖.Um Plano de Negócio pode ser entendido, então, como um conjunto de respostas quedefine os serviços que serão oferecidos, o formato de ―Salão de Beleza‖ mais adequado, omodelo de operação do ―Salão de Beleza‖ que viabilize a disponibilização destes serviços e oconhecimento, as habilidades e atitudes que os responsáveis pelo ―Salão de Beleza‖ deverãopossuir e desenvolver.O Que Considerar Num Palno De NegócioPerguntas que devemser respondidas peloPNDefiniçõesQuais serviços o‖Salão de Beleza‖ vaioferecer?Esta é a primeira definição. Ela é a mais importante, poiscondicionará todas as demais. O fundamento aqui é que osserviços devem atender necessidades de pessoas ou empresas.No caso dos serviços que você pensa em oferecer, comodescobrir se existe interesse de pessoas ou de empresas? O
  14. 14. 14Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila Cabelereiroestudo do mercado, ou seja, da concorrência, dos fornecedores edos clientes em potencial será a parte principal do seu projeto deempresa, do seu Plano de Negócios.Como serão prestadosestes serviços?É necessário garantir o domínio tecnológico, contar comespecialistas nos serviços que oferecer, especialistas comhabilitação profissional, licenciados para tal, conforme alegislação exigir. Já dispõe destes profissionais? São os própriossócios? São empregados? São prestadores de serviços? Qualformato é mais adequado ao seu Salão de Beleza? Como agemseus futuros concorrentes?O que de melhor seráoferecido?Os trunfos da concorrência devem ser identificados. O que deveser oferecido aos clientes que seja um diferencial, que seja maisatrativo do que a concorrência já oferece? Qual vantagem seráoferecida aos clientes que supere a concorrência? E quanto aosnovos concorrentes, existe a possibilidade de surgir novos demaior capacidade? Observe que sempre é possível ser melhor ouse igualar aos melhores concorrentes. Se o nível tecnológicoigualar as empresas, supere em serviços agregados, isto é noatendimento ao cliente.Quem é e onde está ocliente?O mercado comprador deve ser estimado. Deve ser conhecido.Quem freqüentará seu Salão de Beleza? Por que freqüentará?Quantos serão estes clientes? Onde estão estes clientes? Comochegar até eles? Como influenciar na decisão de freqüentar seuSalão de Beleza? Como será sustentada a quantidade de clientesnecessária para viabilizar o Salão de Beleza?Onde será instalada aempresa?Quais aspectos de localização devem ser considerados parafacilitar a atração de clientes? Estacionamento para clientes érelevante? Existem restrições legais para instalação deste tipo de
  15. 15. 15Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila Cabelereiroempresa na localidade escolhida?Qual deve ser acompetência dosdirigentes da empresa?Que nível de conhecimento técnico é necessário para comandarum ―Salão de Beleza‖? Quais são as habilidades que devem serdesenvolvidas? Como adquirir experiência neste ramo denegócio (se já não possuir)? Qual deve ser o perfil de empresárioneste ramo de negócio? Como desenvolver este perfil?Como será a empresa? Para este tipo de negócio que estrutura de operação adotar?Quais responsabilidades de cada um? O que será exigido de cadafuncionário? Como estes serão treinados para cada função? Paraa administração geral do negócio? Para a função comercial? Paraprestação dos serviços? Para a gestão financeira? Comosistematizar estas funções para se integrarem num processo degestão ágil e econômico para um ―Salão de Beleza‖?Que preço serácobrado?Qual a necessidade de faturamento que a empresa projetada terá? Quais serão seus custos? Quais serão suas possibilidades depreço? Quais preços a concorrência pratica? Como superar ospreços da concorrência? É importante superar os preços daconcorrência? Qual lucro pode ser gerado?Que resultado seráobtido?O formato de empresa projetado gerará lucro? Compensará oinvestimento? Que alternativas de formato de ―Salão de Beleza‖podem ser adotadas?Qual investimento seránecessário? Quandovirão os resultados?Por quanto temposuportará movimentofraco?Qual previsão de gasto inicial? E nos primeiros meses defuncionamento? Já tem disponibilidade financeira?Necessitará de crédito adicional? Sócio é a opção escolhida paraaumentar o capital? Qual o perfil do sócioIdeal? Qual o papel de cada sócio?
  16. 16. 16Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroVeja quantas perguntas, quantas dúvidas aparecem no projeto de sua empresa. E istoé apenas uma amostra. Com certeza, ao se aprofundar no estudo das características do negócio―Salão de Beleza‖, muitas outras questões surgirão. Elaborar um plano de negócio é o passomais importante que você pode dar.Dentre todas as questões que você se dedicar em esclarecer, recomendamos atençãoespecial para as seguintes:•Gastos (investimento inicial, custos e despesas);•Preço de venda;•Ponto de equilíbrio•Retorno do investimento.Estas quatro questões são decisivamente importantes, pois elas refletirão asconseqüências do conjunto de respostas que obter para todas as questões que identificar.Todas as decisões que forem tomadas na formação da empresa terão impacto direto novolume de vendas, no volume de gastos, no preço, e principalmente na lucratividade daempresa e na rentabilidade do seu investimento. Isto é, quanto de lucro você obterá narealização de vendas e quanto você poderá obter de volta da empresa como pagamento doinvestimento que fará ao montar seu ―Salão de Beleza‖.Compreenda que a análise destas quatro questões é a forma direta de avaliartodas as respostas de todas as demais questões, e de projetar a viabilidade do Salão deBeleza.Não faça suposições e não seja otimista demais, trate esta questão com seriedade everacidade. Antes de seus sócios, antes das fontes de financiamento que por ventura vier autilizar, é você que precisa ter certeza da composição de gastos que resultará no ―Salão deBeleza‖ que vai montar.Atividade: Procurem responder asperguntas acima do plano de negócio comprecisão, pois assim você estarápraticando um planejamento bemestruturado do seu salão de beleza.
  17. 17. 17Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroInicialmente separe os gastos conforme três conceitos: Investimento, Custos eDespesas.Os valores despendidos para a montagem da empresa, até que ela esteja emcondições de funcionar, devem ser tratados como gastos de investimento inicial.Daí para frente tudo que for necessário para que a empresa possa funcionar, sãocustos de operação, ou para que possa comercializar os serviços, são despesas comerciais.Custos de operação e despesas comerciais repetem-se diariamente, mensalmente epermanentemente.A quantia que você aplicar como investimento inicial deverá, se a empresa der certo,ser recuperada após um período de tempo. Isto é, após alguns meses de funcionamento daempresa, ela devolverá para você em forma de lucro todo o valor que foi gasto para montá-la,e daí para frente deverá continuar a gerar lucro de forma adicional.Já a quantia que será aplicada na prestação de serviços do Salão de Beleza aosclientes e na sua manutenção, deverá ser recuperada em cada venda, correspondente a cadaunidade de venda. Por isso é decisivo que você saiba com antecedência quanto vai gastar emcustos e despesas em cada serviço que prestar aos clientes e durante um determinado períodode tempo.7. Investimento InicialNo caso do investimento inicial, muitas são as situações a considerar. Mas, antes dedesembolsar o primeiro Real, pesquise, estude e relacione todas as despesas que terá, porexemplo, com o imóvel, instalações, equipamentos, contratações de serviços, contratação deempregados, treinamento, documentação, legalização da empresa etc.Por mais minucioso que for na definição dos gastos que irá compor seu investimentoinicial, tenha certeza que, ao iniciar a montagem do Salão de Beleza, surgirão situações degastos que não foram imaginadas antes. Portanto, reserve uma boa quantia de dinheiro paraestes imprevistos. Lembre-se também do ―capital de giro‖, para os primeiros meses deoperação, isto é, do dinheiro que precisará para pagar empregados, aluguel e despesas comoluz, telefone etc.Além disso, será necessária uma reserva de capital para suportar períodos iniciaiscom baixo volume de clientes.
  18. 18. 18Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroÉ de fundamental importância ter certeza de quanto vai gastar para montar o ―Salãode Beleza‖ e quando terá de efetuar cada pagamento.Veja o exemplo do quadro abaixo:Investimento Inicial - Antes da inauguraçãoInvestimento eminstalaçõesDesembolsoNo 1º mês.DesembolsoNo 2º mês.DesembolsoNo 3º mês.SubtotalInvestimento emequipamentosInvestimento emveículosServiços de terceiroMat. de consumo eutensíliosGastos com a aberturada empresa einauguraçãoReserva para gastos nãoprevistosSubtotalReserva para capitalde giroTotalAtividade: Peaquise em salões de belezapróximos a sua casa ou de sua cidade,cada item da tabela acima, pois assim vocêterá uma noção dos investimentosnecessários para o começo do seu negócio!
  19. 19. 19Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroPense neste quadro como um grande mapa, quanto mais completo e detalhado for,mais acertado será seu planejamento, reduzindo chances de surpresas desagradáveis com faltade recursos. Saiba que erros no dimensionamento do investimento inicial, que provoquemfalta de recursos, costumam ser causas de insucesso de muitas iniciativas. Não caia nestaarmadilha.CustosEm seu salão de beleza quando começar a funcionar, você ainda terá 2 tipos degastos: custos variaves e despesas fixas. No entanto, como esta é uma fase de elaboração do―plano de negócio‖ a hora de avaliar se o negócio que se deseja montar será lucrativo ou não,se será viável ou não, é necessário realizar estimativas dos custos e despesas que ocorrerãocom o funcionamento do salão. Quando a empresa estiver funcionando será necessáriodesenvolver um processo seguro para apurar e manter estes gastos sob controle.Seu ―Salão de Beleza‖ será viável e compensador se for capaz de gerar lucro.Lembre-se do que afirmamos no início? Seu negócio precisa gerar um montante de lucro quevocê possa considerar compensador.O lucro acumulado em um período de tempo é um resgate do investimento que vocêfez na montagem do Salão de Beleza. Denomina- se ―Retorno do Investimento‖.Os ―Custos Variáveis‖ são gastos que ocorrerão em função da prestação dos serviçosdo Salão de Beleza aos clientes e você conseguirá (tem que conseguir), nesta fase de ―Planode Negócio‖, estimar o valor do custo variável para cada serviço. E quando a empresa estiverfuncionando você conseguirá apurar estes custos também por serviço. Ex.: pagamento deprofissionais especializados.Já as ―Despesas Fixas‖ são todos os gastos que o Salão de Beleza terá em suaoperação, não relacionados diretamente a nenhum serviço. Inclui aluguel, gastos commanutenção, custo da administração (como salários, materiais de consumo, luz, água, telefoneetc.).Seu maior inimigo agora é sua ―ansiedade‖ em ver o negócio que está na sua mentecomeçar a funcionar. Não caia nesta armadilha.
  20. 20. 20Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroReserve um tempo para este planejamento inicial e estabeleça uma meta de quandoseu projeto de empresa estará concluído.O tempo que você investir nesta fase de planejamento será seu melhor investimento.Três meses? Seis meses? Não importa. O que importa é você ter consciência de cada passo,ter uma direção certa a seguir, ter boa visão e compreensão do que virá e das condiçõesadversas que terá de resolver.Reforçando•Estude bem como funciona um ―Salão de Beleza‖ e que oportunidade de inovação vocêpoderá explorar no seu Salão de Beleza;•Descreva como irá funcionar o seu Salão de Beleza;•Monte uma primeira lista dos custos variáveis e das despesas fixas que poderão ocorrer noformato de empresa que imaginou;•Melhore esta lista na medida em que progredir seus conhecimentos sobre o negócio e sobre oformato de Salão de Beleza que você vai montar;•Faça cursos que abordem custos, não se contente apenas com um único curso. Lembre-se queseu objetivo é dominar os gastos de sua empresa, não apenas ter seus valores calculados umaúnica vez.8. Preço De VendaComo já dissemos, e vale a pena repetir, todo dinheiro que sua empresa precisarámensalmente e diariamente para pagar as contas (os custos variáveis, as despesas fixas) ou,em outras palavras, pagar os fornecedores, suprir a estrutura da empresa com pagamento defuncionários, das concessionárias de luz e energia, água, telefone, impostos, taxas econtribuições, além de garantir a recompensa dos sócios, você obterá do faturamento daempresa.Isso significa que é preciso garantir que o preço adotado para os serviços, seja, noacumulado, suficiente para pagar estas contas. Surgem, então, mais duas novas perguntas queseu ―Plano de Negócio‖ precisa responder:•qual o preço ideal que se deve cobrar para cada serviço?•qual deve ser o faturamento mínimo?
  21. 21. 21Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroO preço de venda costuma ser a chave do sucesso de muitos negócios. Portanto,recomendamos que não usasse fórmulas improvisadas para fixar o preço de venda do que suaempresa vender. É mais um item do Plano de Negócioo qual você precisa ter domíniocompleto. Recomendamos então:Custo do serviço (+produtos, caso tenha) + despesas fixas +despesas variáveis +lucro= Preço de venda.9. Lucro É O Que SobraO sentido da equação é que o preço poderá ser fixado por você como resultado dasomatória de seus custos, das despesas e do lucro que deseja ter. Assim, você terá certeza deque vendendo, obterá lucro na venda. Mas a questão é que seu preço, que é bom para você,poderá não ser aceito por muitos clientes. E para que você consiga pagar todas as despesasfixas e acumular o montante desejado de lucro, precisará vender um determinado volume econseguir certa quantidade de clientes. Este volume poderá ser tão grande, que somente seráalcançado se muitos clientes aceitarem seu preço. Então, como resolver este dilema?Certamente, quanto mais você dominar os aspectos do seu negócio, mais hábil serápara encontrar soluções. Enquanto isto, e em tempo de elaboração do seu ―Plano de Negócio‖,podemos sugerir o seguinte:•Aprenda com precisão calcular o preço de venda que ―seria‖ conveniente para seu Salão deBeleza, que possa cobrir todos os gastos e gerar lucro. Estude bem este assunto, faça cursos,inclusive procure o SEBRAE onde encontrará orientação segura, detalhada e gratuita, tantasvezes quanto você necessitar;•Descubra qual preço é praticado pelo mercado (pela concorrência), para serviços similaresaos seus;•Se o preço calculado for maior que o preço de mercado, então você saberá que precisaencontrar opções de redução de gastos.Isto é ruim, mas não impossível;•Se o preço calculado for menor que o preço de mercado, então sua empresa tem poder decompetição com a concorrência. Isto é ótimo.
  22. 22. 22Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila Cabelereiro10. Ponto De EquilíbrioPonto de equilíbrio representa a quantidade de venda que precisa ser realizadamensalmente para gerar receitas suficientes para pagar todo o custo variável gerado, todas asdespesas fixas que a empresa tiver no mês. Isto é, ―empatar‖. Não ter lucro acumulado nomês, mas também não ter prejuízo.•Significa que um volume de vendas inferior ao ―ponto de equilíbrio‖ levará a empresa a terprejuízo. Pois, no final do mês, não terá dinheiro suficiente para pagar as contas das despesasfixas.•Significa que um volume de vendas superior ao ―ponto de equilíbrio‖ permitirá acumularlucro. É este lucro que realmente importa, o lucro acumulado em um período, não somente o―lucro‖ proporcional de uma venda.Note que, mesmo que tenha sido calculado ―lucro‖ em cada venda, pode ser que opagamento das despesas fixas do mês consuma todo este ―lucro‖ e no final dele, o resultadoda empresa seja nulo ou prejuízo. Muitas empresas entram nesta situação, pois realizam vendacom ―lucro‖, mas nunca sobra dinheiro no final do mês. Por que?Porque as despesas fixas levam tudo. A quantidade vendida é inferior ao quenecessitaria vender. Para acumular lucro é necessário vender acima do ponto de equilíbrio.Exercite da seguinte maneira:Volume de vendas = despesas fixas + despesas variáveis + lucro.Qustionário para a pesquisa ( proprietário do salão)Em media quantos cortes de cabelos você faz no mês? Valor de cada serviço (+ produto sehouver) _______.Atividade: faça uma pesquisa em umsalão próximo de sua casa ou de suacidade, das despesas fixas, despesasvariáveis e da venda dos produtos .Elabore um ponto de equilobrio e quantoteria que vender. Veja o questionário a serseguido a ser seguido para a pesquisa.
  23. 23. 23Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroEm media quantas escovas de cabelo você faz no mês ou na semana? Valor de cada serviço(+ produto se houver) _______.Em media quantas hidratações? Valor de cada serviço (+ produto se houver)_______.Luzes? Valor de cada serviço (+ produto se houver)_______.Pinturas de cabelo? Valor de cada serviço (+ produto se houver)_______.Penteados? Valor de cada serviço (+ produto se houver)_______.Pesquise que tipos de produtos podem ser vendidos no salão para agregar no faturamento.Media mensal das despesas fixas __________.Media mensal das despesas variáveis____________.Agora multiplique a quantidade dos serviços pelos valores. Some para obter oresultado final da venda dos produtos e serviços do salão de beleza. Após Diminua desteresultado as despesas fixas e variáveisAssim, você poderá saber o lucro real mensal do salão pelos valores cobrados. Seas vendas deste estabelecimento precisa aumentar ou as vendas estão indo bem.11. Atração De ClientesComo dissemos no início, o negócio pode ser resumido em vender e lucrar. E istodepende da existência de interessados em comprar. Ou seja, clientes.Você já tem um ponto importante a seu favor, que é a certeza de que pessoasfreqüentam Salão de Belezas, portanto, já compram estes serviços. Isto é, o negócio quedeseja montar não é inédito. Não está sendo inventado por você justamente agora. Já existiaantes. Existem pessoas interessadas em comprar estes serviços.Mas onde estão estas pessoas? Então você acaba de receber mais um desafio: fazercom que as pessoas que já compram, que já freqüentam Salões de Beleza, passem a freqüentaro seu, e que outras pessoas que ainda não freqüentam nenhum, comecem a freqüentar o seuSalão de Beleza.Se você vai iniciar este negócio, antes de montar você precisa saber o que fazer paraque as pessoas sejam atraídas para o seu Salão de Beleza.•O que devo fazer para que freqüentem meu Salão de Beleza?
  24. 24. 24Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroA expressão que se usa para isto é estratégia de mercado. Você precisa ter a sua.Você não poderá escapar desta obrigação que tem para com sua empresa, ou seja, definir,aplicar, melhorar e evoluir uma estratégia de mercado.•O que você fará para informar aos interessados em Salão de Beleza que a sua empresaexiste?•O que você fará para despertar a atenção e interesse deles?•O que você fará para que um número suficiente destes clientes venha para o seu Salão deBeleza ou freqüente também o seu Salão de Beleza?•O que você fará para que um número suficiente de clientes deixe de freqüentar Salão deBelezas concorrentes, ou deixe de freqüentar somente seus concorrentes, isto é, use também oseu Salão de Beleza?Não será exagero dizer que nestas respostas está o segredo do sucesso deste negócio.Este segredo será desvendado aos poucos, na medida em que você obtiver maisconhecimentos e desenvoltura no negócio ―Salão de Beleza‖.Podemos arriscar dizendo que seus futuros clientes querem vantagem.Freqüentarãoseu Salão de Beleza se obtiverem maiores vantagens. Descobrir estas vantagens é fruto depercepção e de sensibilidade para com o mercado.Mas o que são vantagens? Geralmente, são pequenos detalhes.•Comodidade e beleza - quando dá prazer freqüentar o ambiente de seu Salão de Beleza;•Bom atendimento - o cliente fica sempre satisfeito mesmo quando seu Salão de Beleza nãodispõe do que ele deseja;•Interesse em satisfazer, resolver - o cliente é sempre ouvido e suas opiniões consideradas;•Diferenciação - o cliente percebe algo de especial no Salão deBeleza;•Personalização - a idéia de que este cliente é especial;•Confiança e credibilidade - você passa a idéia de que a satisfação dele é mais importante paravocê do que a venda;•Higiene - percebida em detalhes;•Exposição - o cliente percebe que para se satisfazer não depende de ação sua, mas do que elepercebe no seu Salão de Beleza, da forma como ele funciona;•Crédito e facilidade de pagamento - sua empresa se adapta ao nível de renda do seu público;
  25. 25. 25Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila Cabelereiro•Serviços adicionais - na prática você entrega satisfação, não somente produtos ou serviçospelos quais o cliente já paga;•Valorização do cliente, respeito e seriedade - os direitos do cliente você reconhece em todosos detalhes de sua operação;•Flexibilidade e adaptabilidade - de algum jeito seu Salão de Beleza deve satisfazer;•Inovação - seu Salão de Beleza é atualizado (esta imagem tem de ser constante);•Garantias - para o cliente ter certeza e confiar que não terá prejuízos.Tem também aquelas ―vantagens‖ tradicionais que muitos pensam que são decisivasmas não são, dependem de como você as utiliza:•Preço - nem sempre menor preço significa capacidade de atração de clientes;•Variedade - nem sempre investir em variedade de equipamentos, serviços e produtos éatrativo;•Localização - o ponto por si só não é fator de sucesso, um bom ponto pode ser feito.Deste modo, as questões abaixo são decisivas no momento da elaboração do seuplano de negócio:•O que você fará para atrair clientes?•O que você fará para tirar clientes de seus concorrentes?•O que você fará para compartilhar clientes com seus concorrentes?Você encontrará respostas para todas estas questões se observar empresas existentes,se aprender com quem já está fazendo, com quem está fracassando ou com quem está tendosucesso. Não pode, de maneira alguma, imaginar que basta ―abrir‖ que os clientes virão.Não virão! Você precisa ir buscá-los. Cada empresa descobre um jeito.Este é seu terceiro desafio. Sua terceira meta a ser alcançada.Então, de novo chamamos sua atenção:•Pesquisando e observando seus concorrentes, conhecendo bem o gosto de seus clientes vocêconseguirá desenvolver diferenciações em seu Salão de Beleza para maior atração de clientes.•É necessário estudar bem o assunto estratégia de mercado para poder desenvolversensibilidade e flexibilidade para rápida adaptação às necessidades e encantamento declientes. Faça cursos, inclusive, procure o Sebrae, onde encontrará orientação segura,detalhada e gratuita sempre que precisar. Então, nossa conclusão é que o negócio ―Salão deBeleza‖ que deseja montar, se resume na ação de vender e lucrar.
  26. 26. 26Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroAprenda: entender o “Dinheiro da Família” de forma diferente do “Dinheiro daEmpresa”.As micro e pequenas empresas geralmente são empresas familiares, isto é, sãoadministradas e operacionalizadas pelos membros de uma mesma família. Suaoperacionalização costuma ocupar todo o tempo das pessoas, exigindo delas, dedicaçãoexclusiva. Também é normal que a renda destas pessoas venha exclusivamente desta empresafamiliar. ―E ai é que mora o perigo‖. É muito comum as pessoas confundirem a necessidadefamiliar de renda com a possibilidade de remuneração da empresa para com as pessoas quetrabalham nela.Estas são duas coisas completamente diferentes.Então, cuidado! O fato da família sededicar à operação da empresa não significa que a empresa conseguirá sustentar a família.A empresa poderá apenas gerar recursos compatíveis com a natureza do negócio, compatíveiscom o investimento realizado.Uma empresa gera dois tipos de recursos para os proprietários (seu Salão de Belezatambém):•Salários - para os membros da família que forem empregados da empresa, e pró-labore paraos sócios que trabalharem na empresa.•Lucro - para ser distribuído aos sócios após apuração do resultado.Pois bem, os salários, necessariamente, nunca deverão ser superiores ao que sepagaria para empregados não familiares na mesma função. Além disso, a empresa não deveser utilizada para empregar familiares cujo trabalho que prestarem seja desnecessário.Da mesma forma, o pró-labore é o pagamento que o dono ou sócio recebe portrabalhar na empresa. Se o sócio não trabalhar, não deve receber pró-labore. E do mesmomodo, o valor do pró-labore não deve ser superior ao salário que seria pago a um funcionárioque desempenhasse a mesma função.
  27. 27. 27Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroAtençãoQualquer valor a mais que for retirado para pagar alguma conta da família, criará umdesfalque na empresa que resultará em dívidas. Se as dívidas acumularem, a empresa seráinviável e terá que fechar as portas.Em resumo, em tempo de elaboração do seu Plano de Negócio, você precisa decidirsobre a origem da renda familiar que você vai precisar, pois pode ser que não consiga retirar oque precisa dos resultados de seu Salão de Beleza, mesmo que ele seja viável e lucrativo.Se retirar da empresa mais do que ela pode dar, você quebrará a empresa em poucosmeses.12. Fluxo De Caixa―Fluxo de Caixa‖ surge como a ferramenta certa para equilibrar as saídas com asentradas. Muitas decisões você deverá tomar para equilibrar as saídas com as entradas dedinheiro.Se sua empresa for viável, nesta questão de dinheiro tudo se resumirá em datas. Istoé, primeiro entra dinheiro para depois sair dinheiro.Primeiro você recebe de clientes, depois você paga a seus fornecedores. Esta deve sera regra. Mas se o seu volume de negócios for muito grande, ou seja, muitas entradas commuitas saídas, muitas vendas a prazo, com muitas compras a prazo, muitos compromissosfuturos, então você conseguirá organizar as finanças da empresa somente sendo muito hábilno uso do ―Fluxo de Caixa‖.Dois formatos você precisará adotar:•A organização de recebimentos já compromissados com pagamentos já compromissados.Isto é, compromissos que sua empresa já assumiu que levará a desembolsos futuros, bemcomo recebimentos futuros referentes a vendas já realizadas.•E a organização de metas de recebimentos de vendas que sua empresa deve se empenhar pararealizar no futuro, bem como compromissos que sua empresa deverá assumir e que levarão adesembolsos no futuro.No primeiro caso, o formato de ―Fluxo de Caixa‖ demonstra a situação financeira desua empresa, como uma fotografia de fatos já ocorridos (por exemplo, as vendas e as comprasrealizadas). Você perceberá que este formato de ―Fluxo de Caixa‖ exigirá uma atualizaçãodiária, ou pelo menos semanal.
  28. 28. 28Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroNo segundo caso, o formato de ―Fluxo de Caixa‖ demonstrará a situação financeiraprojetada, com os compromissos que você sabe que poderão ocorrer no curto prazo, e quebem organizados favorecerão decisões acertadas. Este formato de ―Fluxo de Caixa Projetado‖pode ter uma atualização semanal ou até mesmo mensal.Na elaboração do seu ―Plano de Negócio‖ você terá de elaborar um fluxo de caixaprojetado, simulando a operação da empresa, já que ela ainda não está em operação. Mas eleservirá para você avaliar qual combinação de decisões financeiras (de receber e pagar), levaráa uma rotina de saúde financeira da empresa.Então, reforçando:•Aprenda a montar ―Fluxo de Caixa‖, por mais trabalhoso que pareça no início, entenda que éa mais importante ferramenta de decisão de todos os empresários. Desde já, na montagem doseu Salão de Beleza e também em todos os dias de sua operação.•Adote também o formato de ―Fluxo de Caixa Projetado‖, além de ser um importanteinstrumento de fixação de metas, permitirá antever desajustes financeiros futuros, em tempode tomar decisões preventivas. Desenvolva o hábito de fazer previsões de receitas, de volumede vendas e também previsões de gastos.•Faça cursos que abordem gestão financeira da empresa. Que abordem controle do fluxo decaixa. Não se contente com apenas um curso. Nem se contente em apenas dispor de―instrumentos computadorizados‖ que apenas ajudam a montar controles financeiros.Lembre-se que seu objetivo é dominar a situação financeira da empresa e garantir suaadequação. Portanto, desenvolver habilidade nesta questão e ser capaz de tomar decisõeseficazes, é uma prioridade. Comece a praticar a partir de agora!•Utilize-se dos programas do SEBRAE, das orientações específicas dos técnicos, gratuitas epermanentes.Demonstrativo de Resultado‖, isto é, a apuração de resultados equivale aosmomentos de parada para conferir e acertar o rumo, a direção.Na montagem do seu ―Plano de Negócio‖, bem como no diaa- dia da empresa, muitasestimativas você terá de fazer e duas são poderosas:•previsão de vendas;•previsão de lucro.
  29. 29. 29Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroPraticar estas duas previsões é saber para onde ir. Estas duas estimativasinfluenciarão todas as demais. Cumprir estas estimativas significa simplesmente viabilizar aempresa, viabilizar seu Salão de Beleza. Por isso, agora, no ―Plano de Negócio‖, você deverárealizar uma apuração de resultados para cada alternativa que você criar.A prática da apuração de resultados obrigará sua empresa a manter toda a operaçãobem organizada; muito bem documentada. No final do mês você confrontará as vendasrealizadas, com os custos variáveis, com as despesas comerciais, com as despesas fixas econferirá se obteve resultado positivo - lucro, ou negativo - prejuízo.Juntos, o ―Fluxo de Caixa‖ e o ―Demonstrativo de Resultados‖ são os doisinstrumentos mais importantes da gestão financeira da empresa. Por isso todo empresáriodeve dominar sua prática, interpretação e tomada de decisão.Então, reforçando:•Aprenda a apurar o resultado da empresa, por mais trabalhoso que pareça no início. Entendaque depois do fluxo de caixa, a apuração de resultado é a mais importante ferramenta dedecisão para empresários. É importante desde agora na elaboração do Plano de Negócio e portoda vida da empresa.•Você só saberá se a empresa é viável conhecendo o resultado de sua operação. Portanto, façacursos que abordem gestão financeira da empresa. Recorde o que dissemos antes, não secontente com apenas um curso, nem com ―instrumentos computadorizados‖ que apenasajudam a montar controles financeiros. Em tempo de elaboração do Plano de Negócio e nodia-a-dia da empresa, a gestão financeira será sua maior ocupação. Ser habilidoso no tratodestas questões é parte do ―segredo‖ do empresário competente.Procure se inteirar mais sobre oassunto, procure o SEBRAE, seinforme como abrir seu próprionegócio, microempresa.
  30. 30. 30Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila Cabelereiro13. Empreendedor Individual (EI)Empreendedor Individual é uma nova categoria para quem trabalha por conta própriaou tem um pequeno negócio. Essa categoria, aprovada por lei, garante benefícios daprevidência e muitas oportunidades de auxílio e benefícios ao empreendedor.O que é preciso para ser um Empreendedor Individual? Trabalhar por conta própria ou contar com o auxílio de no máximo um colaborador; Faturar no máximo R$ 36.000,00 por ano ou proporcional ao período a partir daformalização; Não participar como titular ou sócio de outra empresa.Benefícios para se tornar um Empreendedor Individual Cobertura previdenciária para o empreendedor e seus familiares; Isenção de taxas para a formalização; Redução da carga tributária com imposto fixo mensal; Imediato funcionamento pela concessão de alvará provisório; Redução da burocracia; Acesso ao crédito e aos serviços bancários com taxas diferenciadas; Possibilidade de fornecer para o governo e outras empresas; Segurança para exercer sua atividade de forma legal; Apoio técnico do Sebrae e demais entidades; Possibilidade de emitir nota fiscal.Que tipo de trabalhador pode se tornar um Empreendedor Individual?De acordo com a Lei Complementar nº 128/08 que criou o Empreendedor Individual,são mais de 440 atividades que podem se enquadrar. Consulte a relação completa no sitewww.portaldoempreendedor.gov.brPasso a passo para registrar um Empreendedor IndividualAtendendo aos requisitos da Lei Complementar nº 128, basta seguir os seguintespassos para formalização:1. Na Prefeitura Municipal - Secretaria Municipal da Indústria e Comércio - SMIC: Consultara viabilidade de estabelecer a(s) atividade(s) pretendida(s) no endereço desejado, através doBoletim Informativo do Imóvel;2. No Portal do Empreendedor www.portaldoempreendedor.gov.br:
  31. 31. 31Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroCLICAR EM FORMALIZE-SEEscolher uma das três opções: Nova inscrição; Consulta e emissão do Certificado da Condição de Microempreendedor Individual (sótem Acesso após envio da inscrição); Imprimir carnê de pagamento (só tem acesso após envio da inscrição).Tela Nova Inscrição - AcessoInformar número do CPF e data de nascimento.Formulário De Inscrição:Nova InscriçãoCPF - É automaticamente preenchido com o nº informado na tela anterior.Data de Nascimento - É preenchido com o a data de nascimento informada na tela anterior.Identificação: Nome Empresarial - É automaticamente preenchido com o Nome Civil acrescido do nºdo CPF. Nacionalidade, sexo e nome do empresário - São automaticamente preenchidos,conforme constam no cadastro do CPF. Nome da Mãe - É automaticamente preenchido com os dados do CPF, se houver. Casonão conste naquele cadastro, o sistema apresentará "nome da mãe não consta nocadastro do CPF" e o interessado deve preencher o campo. Nº da Identidade, órgão emissor e UF do órgão emissor - deverão ser preenchidos. Telefone para contato - Obrigatório (fixo ou celular) E-mail - opcional.Atividades Ocupação Principal Ocupação Secundária - podem ser escolhidas até 15 atividades. Ao selecionar aatividade constante da lista, clicar no botão ? , e a mesma será automaticamentepreenchida no campo ao lado. Caso queira retirar uma atividade selecionada, marcar a
  32. 32. 32Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila Cabelereiroatividade no quadro ao lado e clicar em ?, a mesma será excluída. Caso queira retirartodas as atividades secundárias selecionadas, marcar todas e clicar em Código CNAE Principal - será automaticamente preenchido conforme a atividadeprincipal selecionada. Código CNAE Secundária - será automaticamente preenchido, caso haja atividadesecundária selecionada. Objeto - será automaticamente preenchido com a(s) atividade(s) principal esecundária(s) selecionada(s), se houver. Forma de Atuação - deve ser selecionada uma ou mais forma(s) de atuação. Casohaja dúvida, passar o mouse sobre cada forma de atuação que aparecerá um textoexplicativo sobre cada uma delas.Endereço Comercial CEP - Caso não saiba, clicar no auxílio que está na tela. O sistema buscará ainformação do endereço do sitio dos Correios. Tipo de Logradouro - Ex.: Quadra, rua, avenida, etc.) Logradouro - é o endereço e será automaticamente preenchido com base no CEPinformado. Número - é de preenchimento obrigatório e deverá ser preenchido conforme endereçoda empresa. Complemento - o sistema abrirá uma tela onde deverá ser preenchido o restante doendereço, caso necessário, com os campos "Tipo de Complemento" (a ser selecionado)e "Complemento" (a ser preenchido).Bairro, Município e UF - são automaticamente preenchidos com base no CEP informado.Ponto de referência - opcional, para facilitar a localização do endereço comercial. Endereço ResidencialCaso o endereço da residência seja igual ao endereço da empresa, assinalar a opção:Endereço residencial igual ao endereço comerciale, automaticamente, os campos para preenchimento do endereço residencial desaparecerão datela. Caso sejam endereços diferentes, seguir os passos do endereço comercial. Não haveráponto de referência a ser preenchido.
  33. 33. 33Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroDeclaração De Desimpedimento - Obrigatório Declaração de opção pelo simples nacional e termo de ciência e responsabilidade comefeito de alvará de licença e funcionamento provisório – obrigatórioDeclaração De Enquadramento Como Microempresa (Me) - Obrigatório Declaração de capacidade - somente para os maiores de 16 e menores de 18 anos,emancipados. Após preenchimento e conferência visual dos dados, clicar em ENVIAR. Apareceráuma tela para confirmação dos dados.O sistema automaticamente mostrará o Certificado da Condição deMicroempreendedor Individual, que servirá como comprovante da referida inscrição, o qualpoderá ser acessado posteriormente por meio do CPF e data de nascimento, na:TELA FORMALIZE-SEIMPORTANTE:A declaração de opção pelo simples nacional e termo de ciência e responsabilidadecom efeito de alvará de licença e funcionamento provisório somente deverá ser assinaladacaso o Empreendedor Individual tenha obtido informações prévias sobre o exercício da suaatividade no local desejado e tenha conhecimento e atenda os requisitos legais exigidos peloEstado e pela Prefeitura do Município para emissão do alvará de licença e funcionamento,compreendidos os aspectos sanitários, ambientais, tributários, de segurança pública, de uso eocupação do solo, atividades domiciliares e restrições ao uso de espaços públicos.O não-atendimento a esses requisitos acarretará o cancelamento deste Alvará deLicença e Funcionamento Provisório.Impostos e taxas que compõem a formalização do Empreendedor Individual?Isenção total de taxas na formalização.Através de arrecadação em um único documento, o Empreendedor Individual pagarámensalmente o valor fixo correspondente à: INSS - 5% do salário mínimo atual; R$ 5,00 - ISSQN - na prestação de serviços; R$ 1,00 - ICMS - na venda de mercadorias.
  34. 34. 34Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroIsentoPIS, COFINS, IRPJ, CSLL, IPI, salário educação, contribuição sindical econtribuição para o Sistema S.Em caso de atrasoA multa será de 0,33% por dia de atraso limitado a 20% e os juros serão calculadoscom base na taxa SELIC, sendo que para o primeiro mês de atraso os juros serão de 1%. Apóso vencimento deverá ser gerado novo DAS, acessando-se novamente o endereçowww.portaldoempreendedor.gov.br. A emissão do novo DAS já conterá os valores da multa edos juros, sem precisar fazer cálculos por fora.14. Composição e crescimento do cabeloUm ser humano tem, dependendo da estrutura e cor do cabelo, entre 85.000-140.000fibras de cabelo; das quais 30-100 são perdidas diariamente. Pessoas loiras, por exemplo, têmmuito mais cabelo do que pessoas com cabelo escuro (média de fibras de cabelo para umapessoa loira é de 140.000, e para uma pessoa com cabelo escuro é de 100.000). Mas o cabeloclaro tem tendência a ser fraco e sensivel. No entanto, quase ninguém se deve conformar como que a Mãe Natureza lhe deu, porque o cabelo pode ser mudado.O cabelo é composto por aproximadamente 80% proteínas, 10-15% água, 5-10% lípidos,pigmentos e minerais. As proteínas formam a queratina do cabelo.Podemos analisar o cabelocomo tendo duas partes: a parte que cresce fora da pele, o ―pelo‖, e a raíz que fica por baixoda superfície da pele.Procure se inteirar mais sobre oassunto, procure o SEBRAE, seinforme como ser um empreendedorindividual.
  35. 35. 35Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroQueratinaO cabelo consiste principalmente em queratina. Queratinas são proteínas, que sãoresponsáveis pela textura e elasticidade do cabelo.Glândulas sebáceasPerto da pele, existem também as glândulas sebáceas que produzem óleo. A sua tarefa émanter o cabelo macio e suave. Às vezes estas glândulas produzem óleo a mais ou a menos, oque deixa o cabelo seco e áspero.O ciclo do cabeloO cabelo cresce cerca de 1-1.5 cm por mês. Depois de 3-7 anos de crescimento, a papila naraiz do cabelo deixa de atuar, fazendo parar o crescimento do cabelo e a raiz capilar retrai-se.Finalmente, o cabelo solta-se, cai e deixa espaço para um cabelo novo, que nasce na novapapila. Dado que os cabelos todos não estão sempre na mesma fase de crescimento, garante-seque o cabelo cresce de forma equilibrada. Uma queda de cabelo de 30-100 cabelos por dia éperfeitamente normal.Danos no cabeloO cabelo pode sofrer danos devido a várias influências externas. Estes danos podem serdivididos em quatro grupos: Danos mecânicos - devido ao pentear e puxar, Danos através do calor, por secar com secador ou utilizar um modelador de cabelo/ferro de alisar., Mudanças químicas - devido a pintar o cabelo, descolorar ou fazer permanentes, Danos devido aos raios-UV.As influências negativas acima mencionadas tornam a superfície do cabelo áspera, as―telhas‖ soltam-se ou são destruídas. Portanto, o cabelo parece fraco e baço, fica difícil depentear e áspero. Se o cabelo fica danificado, por exemplo, devido a calor, mudançasquímicas ou luz solar intensa, perde estabilidade e força. Fica com tendência a partir e criar
  36. 36. 36Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila Cabelereiropontas espigadas. Com os produtos adequados estes danos podem ser reduzidos, para que ocabelo volte a ter um aspecto saudável15. Tipos de cabeloO tipo de cabelo de cada ser humano é determinado pelos seus genes. Isto significa queuma pessoa pode ter cabelo naturalmente seco e encaracolado, e outra ter cabelo fino e oleoso.A condição do cabelo, e consequentemente a sua atractividade, depende das influênciasexternas, e como tal pode ser fortemente influenciada por um tratamento e cuidado bem feito.Cabelo seco e estragado.O cabelo seco tem um aspecto frágil e áspero e não é facil de controlar. Em resposta aisto, o cuidado para o cabelo seco é enriquecido com substâncias óleosas e ingredientes decuidado intensivo. Alisando a estrutura do cabelo, um condicionador facilita o desembaraçar eo pentear – o cabelo já não cria nós. O tratamento regular deste tipo de cabelo é especialmenteimportante.Cabelo pintadoA coloração passa entre a estrutura da queratina e altera-a. Para reparar os danos epreservar a cor, o cabelo deve ser cuidado com um champô especial, condicionador emáscaras, que contêm proteínas protectoras e subtâncias de cuidado. Elas restruturam ocabelo e ajudam a manter as camadas exteriores do cabelo fechadas. Assim a coloração duramais e o cabelo pintado mantém o seu brilho.Cabelo comprido / Pontas espigadasSe o cabelo cresce 1cm por mês, um cabelo que tenha 30cm tem aproximadamente 2.5anos nas suas pontas. Durante este tempo as camadas exteriores ficam gastas, quebram e aschamadas pontas espigadas aparecem. Os ingredientes activos nos champôs e condicionadorespara cabelos compridos / pontas espigadas são selecionados de forma a regenerar a texturado cabelo, e como tal têm o efeito contrário do ―espigar‖. Tratamentos especiais para aspontas do cabelo podem reforçar este efeito.
  37. 37. 37Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroCabelo frágil, sem brilhoO brilho do cabelo não é resultado do pigmento da cor, mas da camada que está àsuperfície do cabelo, que se parece com ―telhas num telhado‖. Se essas ―telhas‖ estiveremviradas para fora, a luz bate irregularmente e o cabelo fica com aspecto baço. Se esses―telhas‖ estiverem direitas o cabelo ganha um brilho incrível. De modo a obter este brilhofantástico, são precisos produtos específicos, que alisam as camadas das células.Cabelo finoO Diâmetro do cabelo fino muitas vezes tem apenas metade do tamanho do cabelo normal(0.05 – 0.07 comparado com 0.08 – 0.1mm). O cabelo fino rapidamente acumula electricidadeestática, cria nós e pontas espigadas. Este tipo de cabelo é naturalmente sensível e suave. Épor isto que o cabelo fino é mais vulnerável a influências exteriores e requer uma protecçãoespecial. Logo, o cabelo fino necesita de um cuidado não-oleoso, que não pesa no cabelo.16. Cor do cabeloGeralmente, as pessoas com cabelo escuro têm mais mais melanina do que as pessoas comcabelo claro. Existem dois tipos de melanina:• Eumelanina: define a cor do cabelo como preto-castanho• Phaeomelanina: dá tons loiros ou ruivos ao cabeloCabelo Loiro / Cabelo CastanhoPara cabelo loiro e castanho, deve-se utilizar produtos especiais para estes tipos de cabelocom uma limpeza de superfície suave, para obter um sensacional reflexo da luz. A escolhacerta de produtos pode ter um contributo fascinante num loiro radioso ou nos tons decastanho.Cabelo PintadoO cuidado capilar para cabelo pintado requer uma lavagem particularmente suave, paramanter uma cor excelente. Produtos especiais devem garantir cores brilhantes e um fascinanteefeito ―gloss‖.
  38. 38. 38Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila Cabelereiro17. Cuidado com o cabeloUm cuidado de qualidade consiste em três categorias:Champô – a lavagem suaveOs Champôs removem o excesso de óleosidade natural da pele, suor, células da pele mortas eresíduos de produtos de cuidado e de fixação ou styling. A grande variedade de champôsexiste especialmente devido aos diferentes hábitos de cuidado, qualidades de cabelo eeventuais problemas com o couro cabeludo. Champôs de alta qualidade também contêmsubstâncias como proteínas e panthenol para regenerar a textura do cabelo e obterelasticidade.Condicionador – para um desembaraçar e pentear perfeitosUm condicionador faz parte do cuidado básico. Pode ver e sentir o quão indispensável umcondicionador é após cada lavagem: O cabelo molhado parece fraco, baço e difícil decontrolar. Quando lava o cabelo cria nós e pode ficar danificado quando penteado.É precisamente isto que o condicionador previne: alisa o cabelo e providencia um pentearfácil e protege o cabelo de influências externas. Os condicionadores são diferenciados sobduas categorias Condicionadores para Enxaguar Condicionadores Sem-enxaguarCondicionadores para EnxaguarUm condicionador para enxaguar é massajado no cabelo molhado e depois passado por água.Proporciona proteínas e agentes à camada exterior, que endireitam as ―telhas― ásperas deforma imediata. Após secar o cabelo, fica elástico e anti-estático, o que permite pentearfacilmente.Condicionadores Sem-enxaguarUm condicionador sem enxaguar é aplicado directamente antes de pentear e fica no cabelo.Faz com que o cabelo fique mais macio e proporciona um cuidado a longo prazo.
  39. 39. 39Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroMáscaras – cuidado até às pontasAs máscaras para o cabelo oferecem um cuidado intensivo e são um alívio para o cabelo.Combinam uma grande concentração de ingredientes especias que são colocados no cabelo.São massajadas no cabelo e armazenam módulos directamente na estrutura capilar. O cabelo énotavelmente regenerado e fica protegido contra influências do ambiente externo.Existem dois tipos de Máscaras: Máscaras para Enxaguar Máscaras Sem- EnxaguarMáscaras para EnxaguarAs Máscaras para Enxaguar têm, dependendo do nivel de cuidado, uma exposição deaproximadamente 1-15 minutos. Um efeito maior pode ser alcançado usando calor, porexemplo: tapando o cabelo com uma touca transparente de plástico.Máscaras Sem-enxaguarAs Máscaras Sem-enxaguar são massajadas ou espalhadas no cabelo como normalmente. Avantagem é que estes produtos já não precisam de ser passados por água. Isto poupa tempo e ocabelo recebe um cuidado de longa duração.Na aplicação da máscara, também é importante escolher a versão correcta, de forma a atingiro nível óptimo de cuidado. Quanto mais estragado e danificado o cabelo está, maisfrequentemente deve ser aplicado o cuidado.Caso tenha pontas espigadas ou cabelo danificado pelo secador, ou esteja à procura de umasolução que deixe o cabelo brilhante ou de uma reparação profunda urgente - as máscarasoferecem ajuda rápida para qualquer problema.
  40. 40. 40Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila Cabelereiro18. Composição do cabeloO cabelo é formado pela queratina e por pigmentos que dão a cor ao cabelo. A queratina é asubstância fundamental. É uma proteína fibrosa, relativamente resistente aos agentesquímicos. Dissolve-se, contudo, em ácidos e bases fortes concentradas.A queratina é composta por: 50 a 60% de carbono 8 a 12% de nitrogênio 4 a 5% de hidrogênio 25 a 30% de oxigênio e 2 a 4% de enxofre.Camadas do fio (haste) do cabelo.A haste é a parte visível do fio.A cutícula é a camada mais externa e protetora da haste do cabelo.
  41. 41. 41Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroO córtex é a segunda camada mais interna da haste que contém o pigmento que dá cor a essaestrutura. O pigmento encontrado é a melanina.A medula é a camada mais interna e central da haste. Contém queratina mole. Alguns fioscomo a lanugem ou lanugo não possuem medula.A lanuagem ou penugem ou lanugo é o cabelo de pigmento claro encontrado na face e nocorpo.Partes da raiz do cabelo.A raiz é toda a parte do cabelo que fica abaixoda pele.O folículo piloso resulta do crescimento decélulas epidérmicas (da pele) no sentido daderme ou do tecido subcutâneo. O cabelo toma a sua forma de acordo com a forma daabertura do folículo. Há um folículo para cada cabelo. É o folículo quem determina otamanho, a forma e a direção do cabelo.A papila é uma pequena saliência localizada sob o folículo. Ela contém nervos e suprimentosde sangue necessário para formar o cabelo e manter seu crescimento. Se a papila nãofunciona, o cabelo não cresce.O bulbo é uma estrutura que se ajusta acima da papila e se estreita à medida que alcança asuperfície da pele. Ele tem a função de cercar, proteger e alimentar a papila.O músculo eretor do pêlo é um músculo ligado ao folículo. Contrai quando ocorre queda detemperatura ambiente ou quando a pessoa sente medo, dando uma aparência arrepiada à pele efazendo com que o cabelo fique levantado.
  42. 42. 42Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroA glândula sebácea é uma glândula que se abre logo abaixo da abertura externa do folículopiloso. Esta glândula secreta o sebo que é uma substância oleosa que ajuda a eliminarbactérias, diminui a evaporação da umidade da pele e lubrifica o cabelo dando-lhe brilho.Algumas peles mais escuras secretam menos sebo que peles mais claras.A epiderme é a camada mais externa da pele. Tem função de proteção do organismo.A derme é a segunda camada da pele, localizada sob a epiderme.TratamentosOs tratamentos dos cabelos são procedimentos que diferenciam o seu salão dos demais e sãoaté mais importantes do que um corte ou tintura, pois nada dará bom resultado se os cabelosnão tiverem saudáveis. Por isso, você precisa conhecer as principais técnicas de tratamento erecuperação da fibra capilar:CauterizaçãoA cauterização ou dupla selagem é aquela técnica que repõe a queratina perdida e recupera acutícula capilar que foi danificada por excesso de química nos cabelos, pela ação do sal daágua do mar, do cloro da piscina, do sol, do vento ou da poluição. Esse tratamento substituidez hidratações convencionais. Recupera instantaneamente a cutícula capilar e promovebrilho e maciez aos cabelos.19. Ciclos Biológicos Do CabeloO cabelo é uma estrutura córnea, cilíndrica, derivado de um anexo peculiar daepiderme.O folículo piloso está cravado na derme, parte mais ativa da pele, e é irrigado por numerososvasos capilares sangüíneos, principalmente ao nível de sua base, onde se situa a papiladérmica, que é local onde o cabelo é gerado.Neste local, na papila dérmica, as células germinativas, ou queratinócitos, vão sedividir em células filhas que, pouco a pouco, são empurradas para cima pelas células queacabaram de nascer e se ¨queratinizam¨ para, então, formar o cabelo.
  43. 43. 43Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroO cabelo vive e morre de acordo com um ciclo regular e de duração diferente. Esteciclo é composto por três fases: Fase do crescimento: conhecida como fase anágena, dura, em média, quatro anos. Ascélulas da papila dérmica se dividem permanentemente e empurram as precedentes para cima.O cabelo cresce. Fase de repouso: conhecida como fase catágena, dura, em média, de duas a trêssemanas. A divisão celular diminui e depois cessa. O cabelo não cresce mais. Fase da queda: conhecida como fase telógena, dura de dois a três meses. Os cabelosnão crescem mais. A papila, local por onde o fio recebe nutrição através dos capilaressangüíneos, reativa-se, e um novo fio de cabelo aparece, empurrando o cabelo morto que cai.Na vida de um ser humano, cada folículo pode produzir cerca de vinte cinco ciclos.Um cabelo equilibrado compreende aproximadamente 85% de cabelos em fase anágena e15% em catágena e telógena.Quando, por razões diversas, hereditariedade, doença, influência hormonal entreoutras a fase telógena dura mais que a anágena, há a queda. A queda de cabelo pode serocasional, não havendo redução do volume de cabelo, ou crônica, quando há a redução devolume.20. Lavagem do cabeloPara manter os cabelos saudáveis e bonitos, a limpeza dos fios e do courocabeludo é essencial. Uma lavagem inadequada tira a vitalidade dos fios, além deocasionar quebra e ressecamento. Então, por mais que você pense que saiba exatamenteo que está fazendo debaixo do chuveiro. Para iniciar a lavagem, utilize a água morna. Ela abre as escamas dos fios. Não aplique o shampoo diretamente no cabelo. Espalhe primeiro nas mãos e então nocabelo, sempre começando pela raiz. Use as pontas dos dedos para distribuir o produto na raiz do cabelo, com suavidade.Não utilize as unhas. Faça movimentos circulares com a ponta dos dedos. No comprimento e pontas, deslize as mãos unidas, espalhando o shampoo de cima parabaixo, mecha por mecha, sem esfregar. Assim evitará quebras.
  44. 44. 44Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila Cabelereiro Para as pontas do cabelo, basta a espuma que vem da raiz. Elas são a parte maisdelicada e agredida do cabelo e merecem atenção especial. Nada de embolar o cabelodo alto da cabeça. Depois da limpeza, utilize o condicionador para fazer o fechamento das cutículas.Aplique o produto na extensão dos fios, passando longe do couro cabeludo. Deixe agirpor três minutos e enxágue bem, de preferência com a água mais fria para ajudar fecharas escamas. Não penteie o cabelo no momento do enxágue, pois você pode quebrar osfios. Quando terminar de enxaguar o cabelo, utilize uma toalha para tirar o excesso de águados fios. Assim, o condicionador penetrará melhor, potencializando ainda mais o seuefeito. Se você lava seus cabelos em dias alternados, o shampoo deve ser aplicado duas vezespara garantir a remoção dos resíduos e potencializar o efeito do produto. A 1ª lavagemelimina a sujeira e o sebo do couro cabeludo. A 2ª lavagem elimina os resquíciosde sujeira que não foram eliminados na 1ª lavagem. Quem lava os cabelos todos osdias, não deve aplicar o shampoo duas vezes na mesma lavagem.Comentam por aí que os cabelos sempre ficam mais bonitos e até mais limposquando são lavados no salão. Alguns usam água mineral ou filtrada, o que evita o acúmulo desubstâncias, como o cloro, nos fios. Mas o que mais faz diferença é que os profissionaisENXÁGUAM MUITO. São os resíduos que tornam o cabelo pesado e opaco. Para saber seenxaguou bem, passe os dedos pela raiz. Se ela estiver àspera e, em alguns casos, até fazer umbarulhinho por causa do atrito, seu cabelo estará pronto para receber o condicionador.Pré-ShampooO pré-shampoo tem a função de limpar os fios profundamente e deixá-los preparadospara que o xampu atue na fibra capilar, depositando nutrientes essenciais para a saúde dosfios.Ele reforça a ação do shampoo convencional, promovendo uma pré-lavagem dosfios. Por este motivo, ele não funciona sozinho e deve ser usado sempre antes do shampoo
  45. 45. 45Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila Cabelereirohabitual. Existem aqueles que possuem micro-partículas que fazem uma esfoliação no courocabeludo. Não precisa ser utilizado todos os dias, principalmente se você tiver cabelos secos.Shampoo Anti-resíduosSe você costuma usar cremes sem enxágue, o ideal é usar um shampoo anti-resíduossemanalmente, pois o produto remove o excesso de impurezas do couro cabeludo e abre asescamas do cabelo para limpá-lo profundamente.Para quem não tem o costume de usar o creme sem enxágue, use o anti-resíduos acada 15 dias, especialmente antes de uma sessão de hidratação.CondicionadorTodos os cabelos — mesmo os oleosos — precisam receber o condicionador depoisdo shampoo, especialmente após o uso de um anti-resíduo. O condicionador fecha as escamasdo cabelo (abertas pelo shampoo) para evitar que o fio perca seus nutrientes e resseque.Que mulher que hoje em dia não gosta de ter os cabelos sempre com vida e comaquele brilho inigualável? Pois é, todas nós sabemos que praticamente todas gostam e queremter os cabelos sempre em dia e com um brilho sem igual.As hidratações capilares ou reposição hídrica (água) necessitam de regularidade,independente das estações do ano. Porém no Verão, os fios ficam mais ressacados devido aexposição intensa ao sol, ao mar e ao cloro da piscina. O quadro se agrava quando há aassociação com produtos químicos, secadores e chapinhas. Por isso, repor o líquido perdido éfundamental para a saúde das madeixas, deixando-as mais brilhantes, sedosas e bonitas.O tipo de hidratação e o processo adotado dependem do nível de danificação dasfibras e de cada tipo de cabelo. ―Se a cabeleira está muito danificada, além da hidratação, éimportante associar outro processo para reconstrução dos fios. Às vezes são necessárias váriashidratações para conseguir a maciez desejada.Atualmente, nos salões de beleza, os ingredientes mais utilizados para hidratação doscabelos são os silicones, óleos vegetais e minerais, ceras, manteigas, álcoois graxos, glicerina,pantenol, aloe vera e vitaminas.
  46. 46. 46Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroCabelos secos e com química: são porosos e precisam de água e óleo para se manteremsaudáveis. Dessa forma, o melhor é repor esse nutriente. Opte por mascaras de hidratação comqueratina e aminoácidos, ou seja, produtos que oferecem hidratações mais profundas erecomendadas aos cabelos ressecados por química. A periodicidade semanal é a maisindicada.Cabelos oleosos: ao contrário do que se possa imaginar não são sinônimo de cabeloshidratados, pois a oleosidade fica apenas na raiz, não chegando ao comprimento do fio, ondeacontece o ressecamento. Então, o mais indicado é fazer uma assepsia do couro cabeludo,com argila, por exemplo, para retirar o excesso de oleosidade e só depois hidratar os fios.Pode ser hidratado a cada 20 dias com cremes menos densos para não estimular mais aoleosidade.Cabelos normais: geralmente sem processo químico, suportam um período maior entre umtratamento e outro. Recomendo para esse tipo de cabelo as ampolas instantâneas quedevolvem o brilho e os torna sedosos e maleáveis rapidamente. Um prazo de 20 a 30 diasentre uma hidratação e outra é o mais indicado.
  47. 47. 47Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila Cabelereiro21. Hidratação ProfundaA hidratação profunda é a mais eficiente de todas, pois contempla nutrientesadicionais em relação aos outros tipos de hidratação. Para que uma hidratação seja 100%eficaz é necessário usar produtos de qualidade e seguir o procedimento correto.Modo de FazerHigienização. Lavar o cabelo de preferência com um xampu anti-resíduo. As escamas dosfios irão se abrir para receber o creme. Após enxaguar, retire o excesso de água com umatoalha, e em seguida use um pouco o secador. Quanto mais seco o cabelo, melhor o produtoserá absorvido.Aplicação do creme. Separe em mechas e aplique em pequenas quantidades em todo ocomprimento dos fios. Depois de espalhar no comprimento inteiro, massageie o fio, mechapor mecha. A massagem ajuda também na penetração do produto.Faça algum procedimento para aquecer os fios: pode ser com uma touca de alumínio,ou com uma toalha quente e úmida. Deixe o tempo recomendado pelo fabricante do produtoescolhido.Depois de transcorrido o tempo, tire a touca de alumínio e aguarde mais 5 minutospara que o cabelo esfrie naturalmente.Enxágue bem. Finalize com condicionador de pH ácido, para fechar bem as cutículas.É extremamente importante fechar bem as cutículas depois da hidratação para que os
  48. 48. 48Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila Cabelereironutrientes não se percam. Se as cutículas ficarem meio abertas, os nutrientes vão saindo, e ahidratação dura menos tempo.Opcionalmente, Finalize com leave-in ( creme sem enxágüe) ou silicone.Receitas de Hidratação Profunda Receita 1: 3 colheres de creme hidratante + 1 colher de sopa de açúcar cristal + 5 ml deBepantol líquido. Receita 2: 3 colheres de creme hidratante + 1 colher se sopa de azeite de oliva. Receita 3: 3 colheres de creme hidratante + 1 colher de sopa de mel + uma ampola deArovit. Receita 4: 3 colheres de creme hidratante + 10 ml de queratina líquida22. CauterizaçãoA cauterização é uma reestruturação capilar. A cauterização — ou plásticacapilar, como também é chamada — é um tratamento que faz a cicatrização dascutículas do cabelo através de hidratações com produtos especiais.A principal função da cauterização é recuperar a elasticidade do cabelo, jáque o tratamento age do córtex até as cutículas, por dentro do fio. Ou seja, acauterização é uma hidratação profunda que sela as escamas dos fios e suaviza aspontas duplas, o que permite eliminar o aspecto arrepiado dos cabelos.a cauterização é feita por etapas:
  49. 49. 49Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila Cabelereiro Os cabelos devem ser lavados duas vezes com xampu anti-resíduos para abrir asescamas e prepará-lo para a máscara de hidratação. Antes de receber o creme, é importante secar com uma toalha para tirar oexcesso de água. Depois, os cabelos são separados em mechas para receber o creme e umreestruturador à base de colágeno. Deixa-se agir por 20 minutos e entãoenxágua-se. Após retirar todo produto, é aplicado um composto a base de queratina. Assim que todo o cabelo receber a queratina, novamente mechas serãoseparadas para serem secas com secador. Em seguida, passa-se a chapinha paraa queratina penetrar nos fios com maior eficiência. Para finalizar, os cabelos recebem óleo de silicone para abaixar ainda mais osfios, principalmente os novos.23. DescongestionamentoO desgongestionamento é uma técnica que retira a oleosidade excessiva, limpandomuito bem o couro cabeludo e eliminando a caspa oleosa. Além disso, aumenta a irrigaçãosanguínea do couro cabeludo, diminuindo a queda e favorecendo o crescimento de novos fios.Argiloterapia capilar antiqueda e crescimentoPromove um controle de oleosidade, recupera a oxigenação do couro cabeludo, ativa acirculação, promovendo o crescimento e restaurando os fios.Escova de chocolateA escova de chocolate é para retornar com brilho e maciez, além de reduzir o volumepor um período mais prolongado do que numa simples hidratação.Atividade: Peaquise juntamente com oeducador de como se faz odecongestionamento, argiloterapia e aescova de chocolate.
  50. 50. 50Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroManutenção e frequênciaDas indicações, o mais caro e avançado tratamento para deixar o cabelo saudável e brilhantevai por água abaixo, se alguns cuidados básicos não forem tomados em casa. Por isso, ocabeleireiro deve estar atento e indicar a seu cliente os cuidados necessários paracomplementar o tratamento.24. EscovasComo Usar Corretamente O Secador: Se você parar por muito tempo no mesmo lugar, vai danificar os fios de cabelo. Além disso,vai precisar utilizar mais calor do que o realmente necessário para finalizar a escova. O secador sempre deve estar paralelo ao couro cabeludo e em movimentos contínuos. Assimvocê evita queimar o couro cabeludo e o desperdício de energia. O secador deve sempre acompanhar o sentido da cutícula, ou seja, da raiz para as pontas eestar sempre a 45°.Veja no desenho a posição correta do secador emrelação à cabeça do cliente, sempre que for usá-lo. Veja queo jato de ar quente deve seguir a linha pontilhada dodesenho. Assim, ele seca a mecha sem atingir o courocabeludo. Evite encostar o bico do secador diretamente no cabelo; é aconselhável colocá-lo auma distância de 1 a 3cm.Distância do cabelo do bico do secador.
  51. 51. 51Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila Cabelereiro Deixe o eixo do secador parado (é a parte onde ele tem o motor) e só movimente obico para frente e para trás que você fará o movimento ideal. Dessa forma, você evita que o vento se concentre em um único ponto da mecha eaumente a temperatura do secador.Quem tem cabelos enrolados quer alisar. Quem tem cabelos lisos quer enrolar.Independente do seu gosto pessoal, todas sabemos que o primeiro passo para um penteadobem feito é uma bela escova.Para começar lave bem os cabelos, de preferência com shampoos e condicionadoresque prometem o ―efeito liso‖. Em seguida, retire o excesso de água com uma toalha e penteiecom um pente de dentes largos. Passe um produto especial para escova, que pode ser mouse,spray, creme ou sérum. Depois desse preparo, é a hora de começar a escovar de verdade.Se você souber usar, escovas e pentes podem ser grandes aliados na hora de domarcachos rebeldes e fazer aquele penteado bonito e sedutor. Basta estar atenta ao modelo ideal.Mas, se tiver em mãos a "arma" errada, enfrentará alguns problemas que poderão significarcabelos feios e sem brilhos.As cerdas e o formato das escovas dizem muito sobre elas. O material e oespaçamento das cerdas vão indicar o uso correto da escova. O seu formato também é muitoimportante.As de formato redondo são indicadas para fazer escova, cachear ou ondular. Só deveser usada nos cabelos secos ou úmidos, nunca nos molhados. A reta desembaraça, alisa econtrola a eletricidade. É também importante que o tamanho da escova acompanhe ocomprimento do cabelo.
  52. 52. 52Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroPara cabelos curtos, escovas pequenas. Paracabelos longos, escovas maiores.Escovas: As melhores são as que são feitas commistura de pelo ―natural‖ (animal) e sintético, seja de queformato, tamanho ou forma. Escovas redondas:Existem de todos os diâmetros e de vários materiais. Dê preferência aquelas que―assentam‖ confortavelmente na mão. Mas principalmente deve centrar a sua escolha,consoante o tamanho do seu cabelo.É inútil a compra de uma escova redonda grande, se o seu cabelo é medio-curto. Naduvida, prefira uma escova ligeiramente mais pequena do que o seu cabelo.Advertência: estão muito na ―moda‖ as escovas metálicas; se o seu cabelo for fino ecom tendência a ganhar ―estática‖, evite esta escova, pois tendem a sobreaquecer o cabelo.Elas devem estar reservadas aos cabelos grossos. Escovas Planas: (com formas diversas)São mais vocacionadas para cabelos longos, Algumas são fabricadas com a base(onde assentam os ―picos‖) muito macia... como que cheia de Ar; São as melhores para oscabelos muito compridos e espessos. Pentes:Existem no mercado uma infinidade de modelos, tamanhos, materiais, cores, etc. Masna hora de escolher, deixa a razão prevalecer sobre o impulso. O pente tem que ser de bommaterial: baquelite, plástico de boa qualidade, madeira nobre, etc e não pode arranhar o courocabeludo, nem puxar os cabelos.Comece sempre a desembaraçar o Cabelo pelas pontas... Nunca use uma escova paradesembaraçar cabelos molhados. É mais fácil, mais rápido, mas parte o cabelo e forma―espigados‖ com muita facilidade. Deve usar sempre um pente largo para desembaraçar ocabelo molhado!
  53. 53. 53Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroPasso a passo para escovar o cabelo O primeiro passo é secar o cabelo, tirando o excesso de água após a lavagem; Em seguida, divida o cabelo em três partes: lateral direita; lateral esquerda e atrás.Começar por trás é geralmente mais fácil;
  54. 54. 54Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila Cabelereiro Prenda os lados que não vai utilizar e divida novamente a seção pela qual desejacomeçar a escovar; O tamanho de cada mecha depende muito do volume e textura do seu cabelo; Puxe o cabelo com uma escova redonda e acompanhe a escova com o secador. Repitaquantas vezes forem necessárias para alisar cada mecha. Cada mecha deve serescovada em média 5 vezes; Procure fazer a escova sempre puxando o cabelo para cima, para que ele não perca ovolume e fique ―colado‖ na cabeça;
  55. 55. 55Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila Cabelereiro No caso da franja, o cuidado deve ser redobrado ao puxar para cima; Terminado, ajeite o cabelo com as mãos para conseguir o caimento desejado.
  56. 56. 56Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila CabelereiroMais algumas dicas que devem ser levadas em consideração: Não exagere no condicionador ou no leave-in para o cabelo não ficar pesado e comaspecto oleoso; Escolha a escova certa para o seu tipo de cabelo; Depois de esticar bem os fios, coloque o secador no ar frio para dar um choquetérmico no cabelo e evitar que ele fique armado; Algumas gotas de silicone ajudam a manter a escova intacta por mais tempo.
  57. 57. 57Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila Cabelereiro25. BabylissTira o volume dos cabelos cacheados, crespos ou armados e dá volume e movimento aoscabelos lisos.Como Fazer Babyliss Se o cabelo for cacheado, apenas defina os cachos; Evite os excessos para criar um efeito suave e natural nas madeixas; Se o corte dos fios for reto, o Efeito causado será de volume, mas as camadas não vão sesobrepor, por isso é ideal ter um corte mais repicado no cabelo; Use um spray seco, antes e depois do babyliss para ajudar a fixar os cachos e paragarantir um efeito mais duradouro; Começa dividindo o cabelo em quatro partes, na lateral e no sentido de cima para baixo; Pegue a primeira mecha e enrole com o Baby liss em um movimento para trás; Espere alguns segundos e solte a mecha delicadamente; Uma dica é intercalar as mechas, uma para frente outra para trás. Depois solte as mechascom as mãos e vai ver que as camadas vão se sobrepor; Não esqueça do spray fixador, após terminar de cachear o cabelo todo.
  58. 58. 58Instituto Educacional De Qualificação Profissional- Apostila Cabelereiro26. CachosFoto 1: Divida o cabelo em mechas largas, para realizar a secagem dosfios com o secador;Foto 2: Utilizando o secador direcionado para baixo, modele os fios com o auxilio da escova,de maneira que eles não fiquem superlisos;Foto 3: Após a secagem dos cabelos, faça a divisão das mechas e inicie colocando cada umadelas sobre o modelador. Gire o equipamento no sentido horizontal;Segure a ponta dos cabelos durante 6 segundos sem o uso da pinça do modelador.Isso vai dar mais movimento aos fios e deixar as ondas mais soltas. Para finalizar o cacheado,

×