SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
1
FÍSICA – CURSINHO PRÉ-VESTIBULAR DA FIEB – LISTA ELETRODINÂMICA (E1)
Corrente elétrica Prof. Gilberto Rocha rochagilberto5@gmail.com
Questão 01 (UFSC)
Um fio condutor é percorrido por uma corrente
elétrica constante de 0,25 A. Calcule, em Coulombs, a
carga que atravessa uma secção reta do condutor, num
intervalo de 160s
Questão 02 (ESCS DF)
Uma bateria completamente carregada pode liberar
2,16×105 C de carga. Uma lâmpada que necessita de
2,0A para ficar acessa normalmente, ao ser ligada a
essa bateria, funcionará por:
a) 32h
b) 30h
c) 28h
d) 26h
e) 24h
Questão 03 (FUVEST SP)
Em tempestades, raios de cargas positivas, embora
raros, podem atingir a superfície terrestre. A corrente
elétrica desses raios pode atingir valores de até
300.000 A. Que fração da carga elétrica total da Terra
poderia ser compensada por um raio de 300.000 A e
com duração de 0,5s?
Medidas elétricas indicam que a superfície terrestre
tem carga elétrica total negativa de,
aproximadamente, 600.000 coulombs.
a) 1/2
b) 1/3
c) 1/4
d) 1/10
e) 1/20
Questão 04 (UNIFOR CE)
Um fio condutor, de secção constante, é percorrido por
uma corrente elétrica constante de 4,0 A. O número de
elétrons que passa por uma secção reta desse fio, em
um minuto, é:
Dado carga elementar = 1,6x10‐19C
a) 1,5x1021
b) 4,0x1020
c) 2,5x1019
d) 1,5x1018
e) 4,0x1017
Questão 05 (UNIFESP SP)
Uma das especificações mais importantes de uma
bateria de automóvel é o ampère-hora (Ah), uma
unidade prática que permite ao consumidor fazer uma
avaliação prévia da durabilidade da bateria.
Em condições ideais, uma bateria de 50 Ah funciona
durante 1h quando percorrida por
Uma corrente elétrica de intensidade 50A, ou durante
25 h, se a intensidade da corrente for 2A. Na prática, o
ampere-hora nominal de uma bateria só é válido para
correntes de baixa intensidade – para correntes de alta
intensidade, o valor efetivo do ampere‐hora chega a
ser um quarto do valor nominal.
Tendo em vista essas considerações, pode‐se afirmar
que o ampere-hora mede a:
Potência útil fornecida pela bateria.
Potência total consumida pela bateria.
Força eletromotriz da bateria.
Energia potencial elétrica fornecida pela bateria.
Quantidade de carga elétrica fornecida pela bateria.
Questão 06 (UEL PR)
As baterias de íon-lítio equipam atualmente vários
aparelhos eletrônicos portáteis como laptops,
máquinas fotográficas, celulares, entre outros. As
baterias desses aparelhos são capazes de fornecer
1000 mAh (mil mili Ampère hora) de carga. Sabendo‐
se que a carga de um elétron é de 1,60×10‐19C,
assinale a alternativa que representa corretamente o
número de elétrons que fluirão entre os eletrodos até
que uma bateria com essa capacidade de carga
descarregue totalmente.
a) 0,62×10‐18
b) 1,60×10‐16
c) 5,76×1013
d) 3,60×1021
e) 2,25×1022
Questão 07 (UFG GO)
O transporte ativo de Na+ e K+ através da membrana
celular é realizado por uma proteína complexa,
existente na membrana, denominada “sódio-potássio-
-adenosina-trifosfatase” ou, simplesmente, bomba de
sódio.
Cada bomba de sódio dos neurônios do cérebro
humano pode transportar, por segundo, até 200 Na+
para fora da célula e, 130 K+ para dentro da célula.
Dado: carga elementar do elétron = 1.6x10–19 C.
a) Sabendo-se que um pequeno neurônio possui cerca
de um milhão de bombas de sódio, calcule a carga
líquida que atravessa a membrana desse neurônio.
b) Calcule também a corrente elétrica média através
da membrana de um neurônio.
2
Questão 08 (FMTM MG)
Através de dois eletrodos de cobre, mergulhados em
sulfato de cobre e ligados por um fio exterior, faz-se
passar uma corrente de 4,0 A durante 30 minutos. Os
íons de cobre, duplamente carregados da solução,
Cu++, vão sendo neutralizados num dos eletrodos pelos
elétrons que chegam, depositando-se cobre
(Cu+++2e=Cu0). Neste intervalo de tempo, o número de
elétrons transportados é igual a: Dado: e = 1,6x10–19 C
a) 1,6x1019
b) 3,2x1019.
c) 4,5x1022.
d) 7,6x1022.
e) 9,0x1022.
Questão 09 (UFPI)
Um fio metálico de secção transversal 2mm2 possui
uma densidade de 6×1028 elétrons livres por m3. Cada
elétron possui uma carga de 1.6x10−19 C. A velocidade
média dessa carga livre quando o fio é percorrido por
uma corrente de 4A é aproximadamente:
a) 2 m/s
b) 2 cm/s
c) 2 mm/s
d) 0.2 mm/s
e) 0.02 mm/s
Questão 10 (UFPE)
Em uma solução iônica, N(+) = 5,0 × 1015 íons positivos,
com carga individual Q(+) = +2e, se deslocam para a
direita a cada segundo. Por outro lado, N(–) = 4,0 × 1016
íons negativos, com carga individual igual a Q(–) = –e, se
movem em sentido contrário a cada segundo. Qual é a
corrente elétrica, em mA, na solução?
Questão 11-(ESCS DF)
Considere a figura:
O gráfico fornece a intensidade da corrente elétrica em
um condutor metálico em função do tempo. Em 9s a
carga elétrica que atravessa uma seção do condutor é:
a) 26C
b) 27C
c) 28C
d) 29C
e) 30C
Questão 12 (UNIFEI MG)
O gráfico abaixo mostra como a corrente elétrica, no
interior de um condutor metálico, varia com o tempo.
Determine a carga elétrica que atravessa uma secção
do condutor em 6 (seis) segundos?
Questão 13 (UFPE)
O gráfico mostra a variação da corrente elétrica I, em
ampère, num fio em função do tempo t, em segundos.
Qual a carga elétrica, em coulomb, que passa por uma
seção transversal do condutor nos primeiros 4,0
segundos?
Questão 14 (UFTM)
Antes de passar por um processo de amplificação do
sinal, o fluxo de partículas β, geradas por decaimento
radioativo e capturadas por um detector de partículas,
está representado pelo gráfico a seguir.
3
Sabendo-se que uma partícula β tem a mesma carga
elétrica que um elétron, 1,6x10-19 C, da análise desse
gráfico, pode-se estimar que, para o intervalo de
tempo considerado, a intensidade média de corrente
elétrica no detector antes de sua amplificação, poderia
ser expressa, em A, pelo valor
a) 1x10–10.
b) 8x10–11.
c) 5x10–12.
d) 6x10–12.
e) 2x10–13.
Questão 15 (IME--RJ)
A intensidade da corrente elétrica em um condutor
metálico varia, com o tempo, de acordo com o gráfico
abaixo. Sendo a carga elementar e=1,6x10-19C
determine:
a) a carga elétrica que atravessa uma seção do
condutor em 8s;
b) o número de elétrons que atravessa uma seção do
condutor dura
c) a intensidade média de corrente entre os instantes
zero e 8s.
Gabarito:
01 02 03 04 05 06 07 08
40 B C A E E a) 1,12x10-11C
b) 1,12x10-11A
C
09 10 11 12 13 14 15
D 8mA B 0,18C 10C E a) 0,32 C
b) 2x10-18 e
c) 40mA

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Exercícios extras - Corrente elétrica
Exercícios extras - Corrente elétricaExercícios extras - Corrente elétrica
Exercícios extras - Corrente elétricaO mundo da FÍSICA
 
Eletricidade petrobrás - curso de formação de operadores de refinaria
Eletricidade   petrobrás - curso de formação de operadores de refinariaEletricidade   petrobrás - curso de formação de operadores de refinaria
Eletricidade petrobrás - curso de formação de operadores de refinariaBruno Freitas
 
66919261 analise-de-circuito-i
66919261 analise-de-circuito-i66919261 analise-de-circuito-i
66919261 analise-de-circuito-iHernandes Pereira
 
Lista de exercícios 3 ano
Lista de exercícios 3 anoLista de exercícios 3 ano
Lista de exercícios 3 anoTaciano Santos
 
Exercícios de física eletricidade - 1º bim2014
Exercícios de física   eletricidade - 1º bim2014Exercícios de física   eletricidade - 1º bim2014
Exercícios de física eletricidade - 1º bim2014Paulo Cezar Rangel de Lima
 
trabalho de física!
trabalho de física!trabalho de física!
trabalho de física!Carol Moura
 
Ficha de exercicios corrente electrica
Ficha de exercicios corrente electricaFicha de exercicios corrente electrica
Ficha de exercicios corrente electricaLucamariop
 
Eletricidade e mecânica aula 6
Eletricidade e mecânica aula 6Eletricidade e mecânica aula 6
Eletricidade e mecânica aula 6Aline Rodrigues
 
Física – eletricidade corrente elétrica 01 – 2013
Física – eletricidade corrente elétrica 01 – 2013Física – eletricidade corrente elétrica 01 – 2013
Física – eletricidade corrente elétrica 01 – 2013Jakson Raphael Pereira Barbosa
 
Capitulo 4 eletrodinamica
Capitulo 4 eletrodinamicaCapitulo 4 eletrodinamica
Capitulo 4 eletrodinamicaBetine Rost
 

Mais procurados (20)

Exercícios extras - Corrente elétrica
Exercícios extras - Corrente elétricaExercícios extras - Corrente elétrica
Exercícios extras - Corrente elétrica
 
Potência e energia
Potência e energiaPotência e energia
Potência e energia
 
Básica circuitos
Básica circuitosBásica circuitos
Básica circuitos
 
Eletricidade petrobrás - curso de formação de operadores de refinaria
Eletricidade   petrobrás - curso de formação de operadores de refinariaEletricidade   petrobrás - curso de formação de operadores de refinaria
Eletricidade petrobrás - curso de formação de operadores de refinaria
 
Eletrodinâmica
EletrodinâmicaEletrodinâmica
Eletrodinâmica
 
66919261 analise-de-circuito-i
66919261 analise-de-circuito-i66919261 analise-de-circuito-i
66919261 analise-de-circuito-i
 
Aula 1 - Eletroeletrônica
Aula 1 -   EletroeletrônicaAula 1 -   Eletroeletrônica
Aula 1 - Eletroeletrônica
 
Lista de exercícios 3 ano
Lista de exercícios 3 anoLista de exercícios 3 ano
Lista de exercícios 3 ano
 
Física
FísicaFísica
Física
 
Exercícios de física eletricidade - 1º bim2014
Exercícios de física   eletricidade - 1º bim2014Exercícios de física   eletricidade - 1º bim2014
Exercícios de física eletricidade - 1º bim2014
 
trabalho de física!
trabalho de física!trabalho de física!
trabalho de física!
 
Ficha de exercicios corrente electrica
Ficha de exercicios corrente electricaFicha de exercicios corrente electrica
Ficha de exercicios corrente electrica
 
Carga Elé..
Carga Elé..Carga Elé..
Carga Elé..
 
Aula 2 eletroeletrônica
Aula 2   eletroeletrônicaAula 2   eletroeletrônica
Aula 2 eletroeletrônica
 
Aula 3 eletroeletrônica
Aula 3  eletroeletrônica Aula 3  eletroeletrônica
Aula 3 eletroeletrônica
 
Eletricidade e mecânica aula 6
Eletricidade e mecânica aula 6Eletricidade e mecânica aula 6
Eletricidade e mecânica aula 6
 
Leis de ohm
Leis de ohmLeis de ohm
Leis de ohm
 
Trabalho de fisica
Trabalho de fisicaTrabalho de fisica
Trabalho de fisica
 
Física – eletricidade corrente elétrica 01 – 2013
Física – eletricidade corrente elétrica 01 – 2013Física – eletricidade corrente elétrica 01 – 2013
Física – eletricidade corrente elétrica 01 – 2013
 
Capitulo 4 eletrodinamica
Capitulo 4 eletrodinamicaCapitulo 4 eletrodinamica
Capitulo 4 eletrodinamica
 

Semelhante a Lista (E1) - Eletrodinâmica

Ddp e corrente elétrica
Ddp e corrente elétrica Ddp e corrente elétrica
Ddp e corrente elétrica Paloma
 
Lista 5 - Corrente Elétrica
Lista 5 - Corrente ElétricaLista 5 - Corrente Elétrica
Lista 5 - Corrente ElétricaGustavo Mendonça
 
Eletrodinâmica.pdf
Eletrodinâmica.pdfEletrodinâmica.pdf
Eletrodinâmica.pdfSilvanoSousa3
 
Recuperação 3º ano
Recuperação 3º anoRecuperação 3º ano
Recuperação 3º anopensefisica
 
Corrente eletrica aula 01
Corrente eletrica aula 01Corrente eletrica aula 01
Corrente eletrica aula 01Marco Macêdo
 
Corrente eletrica aula 01
Corrente eletrica aula 01Corrente eletrica aula 01
Corrente eletrica aula 01Nivea Smalcher
 
Trabalho e energia no campo elétrico
Trabalho e energia no campo elétricoTrabalho e energia no campo elétrico
Trabalho e energia no campo elétricoNadine Pacheco
 
Lista de Exercícios Estrutura Atômica
Lista de Exercícios Estrutura AtômicaLista de Exercícios Estrutura Atômica
Lista de Exercícios Estrutura Atômicaiqscquimica
 
Física – eletromagnetísmo força magnética 01 – 2014
Física – eletromagnetísmo força magnética 01 – 2014Física – eletromagnetísmo força magnética 01 – 2014
Física – eletromagnetísmo força magnética 01 – 2014Jakson Raphael Pereira Barbosa
 
Atividade 3º ano 2012 I unidade
Atividade 3º ano 2012 I unidadeAtividade 3º ano 2012 I unidade
Atividade 3º ano 2012 I unidadeRobson Nascimento
 
Fisica exercicios eletrostatica_capacitores_gabarito
Fisica exercicios eletrostatica_capacitores_gabaritoFisica exercicios eletrostatica_capacitores_gabarito
Fisica exercicios eletrostatica_capacitores_gabaritoJosé Paulo Barreto
 
Lista 3 - Potencial Elétrico
Lista 3 - Potencial ElétricoLista 3 - Potencial Elétrico
Lista 3 - Potencial ElétricoGustavo Mendonça
 
Exercicios resolução
Exercicios resoluçãoExercicios resolução
Exercicios resoluçãoBetine Rost
 

Semelhante a Lista (E1) - Eletrodinâmica (20)

Ddp e corrente elétrica
Ddp e corrente elétrica Ddp e corrente elétrica
Ddp e corrente elétrica
 
Lista 5 - Corrente Elétrica
Lista 5 - Corrente ElétricaLista 5 - Corrente Elétrica
Lista 5 - Corrente Elétrica
 
Eletrodinâmica.pdf
Eletrodinâmica.pdfEletrodinâmica.pdf
Eletrodinâmica.pdf
 
Potencial (parte 1)
Potencial (parte 1)Potencial (parte 1)
Potencial (parte 1)
 
Recuperação 3º ano
Recuperação 3º anoRecuperação 3º ano
Recuperação 3º ano
 
Corrente eletrica aula 01
Corrente eletrica aula 01Corrente eletrica aula 01
Corrente eletrica aula 01
 
Corrente eletrica aula 01
Corrente eletrica aula 01Corrente eletrica aula 01
Corrente eletrica aula 01
 
Exercicios
ExerciciosExercicios
Exercicios
 
Lista 2 - Campo Elétrico
Lista 2 - Campo ElétricoLista 2 - Campo Elétrico
Lista 2 - Campo Elétrico
 
Fisv407a23
Fisv407a23Fisv407a23
Fisv407a23
 
Trabalho e energia no campo elétrico
Trabalho e energia no campo elétricoTrabalho e energia no campo elétrico
Trabalho e energia no campo elétrico
 
Física – circuitos elétricos 01 – 2013
Física – circuitos elétricos 01 – 2013Física – circuitos elétricos 01 – 2013
Física – circuitos elétricos 01 – 2013
 
Atividade derecuperacao3ano2014
Atividade derecuperacao3ano2014Atividade derecuperacao3ano2014
Atividade derecuperacao3ano2014
 
Lista de Exercícios Estrutura Atômica
Lista de Exercícios Estrutura AtômicaLista de Exercícios Estrutura Atômica
Lista de Exercícios Estrutura Atômica
 
Física – eletromagnetísmo força magnética 01 – 2014
Física – eletromagnetísmo força magnética 01 – 2014Física – eletromagnetísmo força magnética 01 – 2014
Física – eletromagnetísmo força magnética 01 – 2014
 
Atividade 3º ano 2012 I unidade
Atividade 3º ano 2012 I unidadeAtividade 3º ano 2012 I unidade
Atividade 3º ano 2012 I unidade
 
Fisica exercicios eletrostatica_capacitores_gabarito
Fisica exercicios eletrostatica_capacitores_gabaritoFisica exercicios eletrostatica_capacitores_gabarito
Fisica exercicios eletrostatica_capacitores_gabarito
 
56fd6937060f6
56fd6937060f656fd6937060f6
56fd6937060f6
 
Lista 3 - Potencial Elétrico
Lista 3 - Potencial ElétricoLista 3 - Potencial Elétrico
Lista 3 - Potencial Elétrico
 
Exercicios resolução
Exercicios resoluçãoExercicios resolução
Exercicios resolução
 

Mais de Gilberto Rocha

Trabalho e energia 3 sistemas dissipativos (frente 2)
Trabalho e energia 3   sistemas dissipativos (frente 2)Trabalho e energia 3   sistemas dissipativos (frente 2)
Trabalho e energia 3 sistemas dissipativos (frente 2)Gilberto Rocha
 
Eletrodinâmica 6 exercícios de potência e transformação da energia
Eletrodinâmica 6   exercícios de potência e transformação da energiaEletrodinâmica 6   exercícios de potência e transformação da energia
Eletrodinâmica 6 exercícios de potência e transformação da energiaGilberto Rocha
 
Lista (D1) - Dinâmica
Lista (D1) - DinâmicaLista (D1) - Dinâmica
Lista (D1) - DinâmicaGilberto Rocha
 
Lista (M2) - Trabalho e Energia
Lista (M2) - Trabalho e EnergiaLista (M2) - Trabalho e Energia
Lista (M2) - Trabalho e EnergiaGilberto Rocha
 
Lista (M1) - Trabalho e Energia
Lista (M1) - Trabalho e EnergiaLista (M1) - Trabalho e Energia
Lista (M1) - Trabalho e EnergiaGilberto Rocha
 
Lista (D3) - Dinâmica
Lista (D3) - DinâmicaLista (D3) - Dinâmica
Lista (D3) - DinâmicaGilberto Rocha
 
Lista (CA) Cinemática avançada
Lista (CA) Cinemática avançadaLista (CA) Cinemática avançada
Lista (CA) Cinemática avançadaGilberto Rocha
 
Trabalho e energia 2 tipos de energia (frente 2)
Trabalho e energia 2   tipos de energia (frente 2)Trabalho e energia 2   tipos de energia (frente 2)
Trabalho e energia 2 tipos de energia (frente 2)Gilberto Rocha
 
Trabalho e energia 1 trabalho de f cte (frente 2)
Trabalho e energia 1   trabalho de f cte (frente 2)Trabalho e energia 1   trabalho de f cte (frente 2)
Trabalho e energia 1 trabalho de f cte (frente 2)Gilberto Rocha
 
Ondulatória 5 efeito doppler (frente 2)
Ondulatória 5   efeito doppler (frente 2)Ondulatória 5   efeito doppler (frente 2)
Ondulatória 5 efeito doppler (frente 2)Gilberto Rocha
 
Eletrodinâmica 5 componentes elétricos
Eletrodinâmica 5    componentes elétricosEletrodinâmica 5    componentes elétricos
Eletrodinâmica 5 componentes elétricosGilberto Rocha
 
Eletrodinâmica 4 exercícios de associação de resistores
Eletrodinâmica 4   exercícios de associação de resistoresEletrodinâmica 4   exercícios de associação de resistores
Eletrodinâmica 4 exercícios de associação de resistoresGilberto Rocha
 
Eletrodinâmica 3 associação de resistores
Eletrodinâmica 3   associação de resistoresEletrodinâmica 3   associação de resistores
Eletrodinâmica 3 associação de resistoresGilberto Rocha
 
Eletrodinâmica 2 leis de ohm ( frente 1)
Eletrodinâmica 2   leis de ohm ( frente 1)Eletrodinâmica 2   leis de ohm ( frente 1)
Eletrodinâmica 2 leis de ohm ( frente 1)Gilberto Rocha
 
Eletrodinâmica 1 conceitos iniciais ( frente 1)
Eletrodinâmica 1   conceitos iniciais ( frente 1)Eletrodinâmica 1   conceitos iniciais ( frente 1)
Eletrodinâmica 1 conceitos iniciais ( frente 1)Gilberto Rocha
 
Lista Ondulatória (O1)
Lista Ondulatória (O1)Lista Ondulatória (O1)
Lista Ondulatória (O1)Gilberto Rocha
 
Dinâmica - Leis de Newton (frente 1)
Dinâmica - Leis de Newton (frente 1)Dinâmica - Leis de Newton (frente 1)
Dinâmica - Leis de Newton (frente 1)Gilberto Rocha
 
Dinâmica - Resolução de exercícios
Dinâmica - Resolução de exercíciosDinâmica - Resolução de exercícios
Dinâmica - Resolução de exercíciosGilberto Rocha
 
Dinâmica - Força centrípeta (frente 1)
Dinâmica - Força centrípeta (frente 1)Dinâmica - Força centrípeta (frente 1)
Dinâmica - Força centrípeta (frente 1)Gilberto Rocha
 
Dinâmica - Aplicações das leis de Newton (frente 1)
Dinâmica - Aplicações das leis de Newton (frente 1)Dinâmica - Aplicações das leis de Newton (frente 1)
Dinâmica - Aplicações das leis de Newton (frente 1)Gilberto Rocha
 

Mais de Gilberto Rocha (20)

Trabalho e energia 3 sistemas dissipativos (frente 2)
Trabalho e energia 3   sistemas dissipativos (frente 2)Trabalho e energia 3   sistemas dissipativos (frente 2)
Trabalho e energia 3 sistemas dissipativos (frente 2)
 
Eletrodinâmica 6 exercícios de potência e transformação da energia
Eletrodinâmica 6   exercícios de potência e transformação da energiaEletrodinâmica 6   exercícios de potência e transformação da energia
Eletrodinâmica 6 exercícios de potência e transformação da energia
 
Lista (D1) - Dinâmica
Lista (D1) - DinâmicaLista (D1) - Dinâmica
Lista (D1) - Dinâmica
 
Lista (M2) - Trabalho e Energia
Lista (M2) - Trabalho e EnergiaLista (M2) - Trabalho e Energia
Lista (M2) - Trabalho e Energia
 
Lista (M1) - Trabalho e Energia
Lista (M1) - Trabalho e EnergiaLista (M1) - Trabalho e Energia
Lista (M1) - Trabalho e Energia
 
Lista (D3) - Dinâmica
Lista (D3) - DinâmicaLista (D3) - Dinâmica
Lista (D3) - Dinâmica
 
Lista (CA) Cinemática avançada
Lista (CA) Cinemática avançadaLista (CA) Cinemática avançada
Lista (CA) Cinemática avançada
 
Trabalho e energia 2 tipos de energia (frente 2)
Trabalho e energia 2   tipos de energia (frente 2)Trabalho e energia 2   tipos de energia (frente 2)
Trabalho e energia 2 tipos de energia (frente 2)
 
Trabalho e energia 1 trabalho de f cte (frente 2)
Trabalho e energia 1   trabalho de f cte (frente 2)Trabalho e energia 1   trabalho de f cte (frente 2)
Trabalho e energia 1 trabalho de f cte (frente 2)
 
Ondulatória 5 efeito doppler (frente 2)
Ondulatória 5   efeito doppler (frente 2)Ondulatória 5   efeito doppler (frente 2)
Ondulatória 5 efeito doppler (frente 2)
 
Eletrodinâmica 5 componentes elétricos
Eletrodinâmica 5    componentes elétricosEletrodinâmica 5    componentes elétricos
Eletrodinâmica 5 componentes elétricos
 
Eletrodinâmica 4 exercícios de associação de resistores
Eletrodinâmica 4   exercícios de associação de resistoresEletrodinâmica 4   exercícios de associação de resistores
Eletrodinâmica 4 exercícios de associação de resistores
 
Eletrodinâmica 3 associação de resistores
Eletrodinâmica 3   associação de resistoresEletrodinâmica 3   associação de resistores
Eletrodinâmica 3 associação de resistores
 
Eletrodinâmica 2 leis de ohm ( frente 1)
Eletrodinâmica 2   leis de ohm ( frente 1)Eletrodinâmica 2   leis de ohm ( frente 1)
Eletrodinâmica 2 leis de ohm ( frente 1)
 
Eletrodinâmica 1 conceitos iniciais ( frente 1)
Eletrodinâmica 1   conceitos iniciais ( frente 1)Eletrodinâmica 1   conceitos iniciais ( frente 1)
Eletrodinâmica 1 conceitos iniciais ( frente 1)
 
Lista Ondulatória (O1)
Lista Ondulatória (O1)Lista Ondulatória (O1)
Lista Ondulatória (O1)
 
Dinâmica - Leis de Newton (frente 1)
Dinâmica - Leis de Newton (frente 1)Dinâmica - Leis de Newton (frente 1)
Dinâmica - Leis de Newton (frente 1)
 
Dinâmica - Resolução de exercícios
Dinâmica - Resolução de exercíciosDinâmica - Resolução de exercícios
Dinâmica - Resolução de exercícios
 
Dinâmica - Força centrípeta (frente 1)
Dinâmica - Força centrípeta (frente 1)Dinâmica - Força centrípeta (frente 1)
Dinâmica - Força centrípeta (frente 1)
 
Dinâmica - Aplicações das leis de Newton (frente 1)
Dinâmica - Aplicações das leis de Newton (frente 1)Dinâmica - Aplicações das leis de Newton (frente 1)
Dinâmica - Aplicações das leis de Newton (frente 1)
 

Último

Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxJosAurelioGoesChaves
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxHenriqueLuciano2
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURADouglasVasconcelosMa
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptAlineSilvaPotuk
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxkarinasantiago54
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no textoMariaPauladeSouzaTur
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 

Último (20)

Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptxProva de Empreendedorismo com gabarito.pptx
Prova de Empreendedorismo com gabarito.pptx
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptxEVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
EVANGELISMO É MISSÕES ATUALIZADO 2024.pptx
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE”       _
“O AMANHÃ EXIGE O MELHOR DE HOJE” _
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURACRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
CRONOGRAMA: AÇÕES DO PROJETO ESTAÇÃO LEITURA
 
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.pptTREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
TREINAMENTO - BOAS PRATICAS DE HIGIENE NA COZINHA.ppt
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptxFree-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
Free-Netflix-PowerPoint-Template-pptheme-1.pptx
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
As variações do uso da palavra "como" no texto
As variações do uso da palavra "como" no  textoAs variações do uso da palavra "como" no  texto
As variações do uso da palavra "como" no texto
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 

Lista (E1) - Eletrodinâmica

  • 1. 1 FÍSICA – CURSINHO PRÉ-VESTIBULAR DA FIEB – LISTA ELETRODINÂMICA (E1) Corrente elétrica Prof. Gilberto Rocha rochagilberto5@gmail.com Questão 01 (UFSC) Um fio condutor é percorrido por uma corrente elétrica constante de 0,25 A. Calcule, em Coulombs, a carga que atravessa uma secção reta do condutor, num intervalo de 160s Questão 02 (ESCS DF) Uma bateria completamente carregada pode liberar 2,16×105 C de carga. Uma lâmpada que necessita de 2,0A para ficar acessa normalmente, ao ser ligada a essa bateria, funcionará por: a) 32h b) 30h c) 28h d) 26h e) 24h Questão 03 (FUVEST SP) Em tempestades, raios de cargas positivas, embora raros, podem atingir a superfície terrestre. A corrente elétrica desses raios pode atingir valores de até 300.000 A. Que fração da carga elétrica total da Terra poderia ser compensada por um raio de 300.000 A e com duração de 0,5s? Medidas elétricas indicam que a superfície terrestre tem carga elétrica total negativa de, aproximadamente, 600.000 coulombs. a) 1/2 b) 1/3 c) 1/4 d) 1/10 e) 1/20 Questão 04 (UNIFOR CE) Um fio condutor, de secção constante, é percorrido por uma corrente elétrica constante de 4,0 A. O número de elétrons que passa por uma secção reta desse fio, em um minuto, é: Dado carga elementar = 1,6x10‐19C a) 1,5x1021 b) 4,0x1020 c) 2,5x1019 d) 1,5x1018 e) 4,0x1017 Questão 05 (UNIFESP SP) Uma das especificações mais importantes de uma bateria de automóvel é o ampère-hora (Ah), uma unidade prática que permite ao consumidor fazer uma avaliação prévia da durabilidade da bateria. Em condições ideais, uma bateria de 50 Ah funciona durante 1h quando percorrida por Uma corrente elétrica de intensidade 50A, ou durante 25 h, se a intensidade da corrente for 2A. Na prática, o ampere-hora nominal de uma bateria só é válido para correntes de baixa intensidade – para correntes de alta intensidade, o valor efetivo do ampere‐hora chega a ser um quarto do valor nominal. Tendo em vista essas considerações, pode‐se afirmar que o ampere-hora mede a: Potência útil fornecida pela bateria. Potência total consumida pela bateria. Força eletromotriz da bateria. Energia potencial elétrica fornecida pela bateria. Quantidade de carga elétrica fornecida pela bateria. Questão 06 (UEL PR) As baterias de íon-lítio equipam atualmente vários aparelhos eletrônicos portáteis como laptops, máquinas fotográficas, celulares, entre outros. As baterias desses aparelhos são capazes de fornecer 1000 mAh (mil mili Ampère hora) de carga. Sabendo‐ se que a carga de um elétron é de 1,60×10‐19C, assinale a alternativa que representa corretamente o número de elétrons que fluirão entre os eletrodos até que uma bateria com essa capacidade de carga descarregue totalmente. a) 0,62×10‐18 b) 1,60×10‐16 c) 5,76×1013 d) 3,60×1021 e) 2,25×1022 Questão 07 (UFG GO) O transporte ativo de Na+ e K+ através da membrana celular é realizado por uma proteína complexa, existente na membrana, denominada “sódio-potássio- -adenosina-trifosfatase” ou, simplesmente, bomba de sódio. Cada bomba de sódio dos neurônios do cérebro humano pode transportar, por segundo, até 200 Na+ para fora da célula e, 130 K+ para dentro da célula. Dado: carga elementar do elétron = 1.6x10–19 C. a) Sabendo-se que um pequeno neurônio possui cerca de um milhão de bombas de sódio, calcule a carga líquida que atravessa a membrana desse neurônio. b) Calcule também a corrente elétrica média através da membrana de um neurônio.
  • 2. 2 Questão 08 (FMTM MG) Através de dois eletrodos de cobre, mergulhados em sulfato de cobre e ligados por um fio exterior, faz-se passar uma corrente de 4,0 A durante 30 minutos. Os íons de cobre, duplamente carregados da solução, Cu++, vão sendo neutralizados num dos eletrodos pelos elétrons que chegam, depositando-se cobre (Cu+++2e=Cu0). Neste intervalo de tempo, o número de elétrons transportados é igual a: Dado: e = 1,6x10–19 C a) 1,6x1019 b) 3,2x1019. c) 4,5x1022. d) 7,6x1022. e) 9,0x1022. Questão 09 (UFPI) Um fio metálico de secção transversal 2mm2 possui uma densidade de 6×1028 elétrons livres por m3. Cada elétron possui uma carga de 1.6x10−19 C. A velocidade média dessa carga livre quando o fio é percorrido por uma corrente de 4A é aproximadamente: a) 2 m/s b) 2 cm/s c) 2 mm/s d) 0.2 mm/s e) 0.02 mm/s Questão 10 (UFPE) Em uma solução iônica, N(+) = 5,0 × 1015 íons positivos, com carga individual Q(+) = +2e, se deslocam para a direita a cada segundo. Por outro lado, N(–) = 4,0 × 1016 íons negativos, com carga individual igual a Q(–) = –e, se movem em sentido contrário a cada segundo. Qual é a corrente elétrica, em mA, na solução? Questão 11-(ESCS DF) Considere a figura: O gráfico fornece a intensidade da corrente elétrica em um condutor metálico em função do tempo. Em 9s a carga elétrica que atravessa uma seção do condutor é: a) 26C b) 27C c) 28C d) 29C e) 30C Questão 12 (UNIFEI MG) O gráfico abaixo mostra como a corrente elétrica, no interior de um condutor metálico, varia com o tempo. Determine a carga elétrica que atravessa uma secção do condutor em 6 (seis) segundos? Questão 13 (UFPE) O gráfico mostra a variação da corrente elétrica I, em ampère, num fio em função do tempo t, em segundos. Qual a carga elétrica, em coulomb, que passa por uma seção transversal do condutor nos primeiros 4,0 segundos? Questão 14 (UFTM) Antes de passar por um processo de amplificação do sinal, o fluxo de partículas β, geradas por decaimento radioativo e capturadas por um detector de partículas, está representado pelo gráfico a seguir.
  • 3. 3 Sabendo-se que uma partícula β tem a mesma carga elétrica que um elétron, 1,6x10-19 C, da análise desse gráfico, pode-se estimar que, para o intervalo de tempo considerado, a intensidade média de corrente elétrica no detector antes de sua amplificação, poderia ser expressa, em A, pelo valor a) 1x10–10. b) 8x10–11. c) 5x10–12. d) 6x10–12. e) 2x10–13. Questão 15 (IME--RJ) A intensidade da corrente elétrica em um condutor metálico varia, com o tempo, de acordo com o gráfico abaixo. Sendo a carga elementar e=1,6x10-19C determine: a) a carga elétrica que atravessa uma seção do condutor em 8s; b) o número de elétrons que atravessa uma seção do condutor dura c) a intensidade média de corrente entre os instantes zero e 8s. Gabarito: 01 02 03 04 05 06 07 08 40 B C A E E a) 1,12x10-11C b) 1,12x10-11A C 09 10 11 12 13 14 15 D 8mA B 0,18C 10C E a) 0,32 C b) 2x10-18 e c) 40mA