SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 17
Baixar para ler offline
PLM-Summit 2019
9 de Abril - PLM na transição para a Engenharia 4.0
MatheusTerra
Engenheiro Mecânico pela EESC-USP com MBA pela FUNDACE-USP
Digital Transformation Leader,
Case PLM, Portfolio and Project Management&
Agile Projects
Agenda
1. Função PLM.
2. Visão Geral dos Processos de Desenvolvimento de Produto.
3. Gestão de Portfólio.
4. Contribuição do PLM na Gestão de Portfólio.
5. Contribuição do PLM na Gestão de Projetos.
6. Projeto Ágil (Agile Projects)
Cross-Enterprise, Cross-Functional
(Gerência, Marketing, Engenharia,
Manufatura, Serviços, Fornecedores …)
Orientado a Informações de Produtos
(Projetos/Processos/Serviços)
PLM
Cross-Enterprise, Cross-Functional
(Producão, Finanças, Compras, RH…)
Orientado a Transações
ERP
Interno – Chão de Fábrica e Usuários de
Produção
Orientado a Eventos
MES
PLM – Um dos pilares da Transformação
Digital na manufatura discreta.
Garantir a colaboração segura e confiável
das informações de produtos
Compartilhamento e acesso às informações
através de apps baseados em funções ou
tarefas.
Gerente de Projetos
Comprador
Operadores de Máquinas
Inspetor de Qualidade
Apps baseados em
funções ou tarefas
PLM
ERP
MES
Visão Geral dos Processos de
Desenvolvimento de Produto.
Gestão de Portfólio
PPM - Product Portfolio Management
Portfólio: Conjunto de produtos e serviços que são (ou serão)
comercializados pela empresa.
• Definição estratégica da empresa (Risco X Criação de Valor).
• Inovação – Novos produtos para a empresa e para o mercado
• Nova linha de produtos para a empresa
• Novo modelo de uma linha de produtos existente na empresa
• Melhorias e modificações em um produto existente da empresa
• Retirada de produtos/modelos baseada em KPIs
• Mudanças no portfólio são tratadas como investimento, isto é,
competem pelo budget da empresa.
• Necessitam da aprovação para alocação de verba para execução dos
projetos e definição de prazos/etapas de desenvolvimento e
lançamento.
• Definição dos requisitos de marketing e financeiros e uma
definição inicial dos requisitos técnicos.
• Os requisitos podem sofrer alterações durante o desenvolvimento do
projeto.
Estrutura do Portfólio
Nível 1
Nível 2
Nível 3
Visão Geral Nível 3
Distribuição: Investimento Grupo 1 Investimento Grupo 2 Investimento Grupo 3 Investimento Grupo 4
Risco Técnico x Valor Estratégico (Bubble Analysis)
Nota: Círculos representam os custos de cada projeto
Trade-off Analysis
Contribuição do PLM na Gestão de Portfólio
• Gerenciar todas as informações e critérios que foram
utilizados na definição e escolha dos projetos a serem
desenvolvidos e produtos a serem obsoletados
• Descritivo dos produtos ou serviços que serão lançados.
• Informações de mercado que foram utilizadas para tomada de
decisão.
• Custo do projeto e previsão de término/lançamento.
• Análises utilizadas (Bubble, Trade-off etc).
• KPIs e critérios de obsolescência.
• Gerenciar os requisitos técnicos, comerciais e financeiros que
garantem o desenvolvimento do produto planejado.
• Gerenciar mudanças nos documentos e requisitos gerados na
fase de definição do portfólio.
• Gerenciar o status de cada produto
• Em desenvolvimento, protótipo, lote piloto, produção e obsoleto.
Garantir uma colaboração segura e confiável
das informações dos projetos/produtos
Programa: grupo de projetos relacionados gerenciados de modo
coordenado para a obtenção de benefícios estratégicos e controle
que não estariam disponíveis se eles fossem gerenciados
individualmente.
Gestão de Programas e Projetos
Projeto: uma série de atividades e tarefas que tem um objetivo
específico com foco na criação de valor de negócio e deve seguir
certas especificações:
• Datas de início e término
• Verba disponível (Budget)
• Recursos humanos e equipamentos alocados.
Portfólio
Portfólio Programa
Programa
Projeto
ProjetoProjetoProjeto
Contribuição do PLM na Gestão de Projetos
FASE 1
• Tarefas F1
• Prazos F1
• Recursos F1
• Entregáveis F1
FASE 2
• Tarefas F2
• Prazos F2
• Recursos F2
• Entregáveis F2
FASE 3
• Tarefas F3
• Prazos F3
• Recursos F3
• Entregáveis F3
• Recursos de gestão de projetos dentro do PLM:
• Criação de tarefas definindo datas de início e término, alocação de recursos
e entregáveis dentro do PLM.
• Definição de dependências entre tarefas, entre entregáveis e entre tarefas e
entregáveis.
• Definição de critérios para avançar para o próximo gate, principalmente
controle de aprovações e entregáveis.
• Criação de alertas de atrasos em tarefas, entregáveis etc.
• Geração de relatórios e gráficos de Gantt.
• Criação de um ambiente de trabalho exclusivo para o projeto com acesso às
informações relevantes ao projeto que estão no PLM.
• Gerenciamento dos entregáveis com os recursos do PLM.
• Acesso seguro para colaboradores externos às informações que foram
incluídas no projeto.
Balanceamento dos Recursos
• Otimização na utilização de recursos
• Gera um "Gantt de Recursos" para cada membro da equipe calculando a
distribuição das atividades no tempo.
• Cada software pode gerar um resultado diferente, dependendo da qualidade
dos Algoritmos de Balanceamento.
Balanceamento de recursos: um mecanismo de redistribuição
das atividades no cronograma respeitando a lógica existente
baseado na disponibilidade das pessoas e o esforço previsto
para a realização de cada tarefa.
Dashboards de Programas/Projetos
Projeto Ágil (Agile)
Método Ágil: conjunto de metodologias utilizadas no
desenvolvimento de software.
• Em 2001 foi criado um manifesto ágil com os seguintes valores
relacionados:
• Indivíduos e iterações mais que processos e ferramentas
• Software funcional mais que documentação abrangente
• Colaboração do cliente mais que negociação de contratos
• Responder às mudanças mais que seguir um plano
• Existem vários métodos ágeis. O mais conhecido é o Scrum.
• Foi concebido como um estilo de gerenciamento de projetos pela
indústria automotiva mas é utilizado em vários tipos de projetos
• Baseado nos conceitos de Lean, desenvolvimento iterativo e no artigo
¨"The New Product Development Game“ - HBR 1986.
• Equipes de projeto pequenas, multidisciplinares e altamente
qualificadas.
• Os métodos ágeis são muito criticados pela falta de
documentação. Muitas empresas abandonaram a sua utilização
devido a esta característica.
Contribuição do PLM em Projetos Ágeis (Agile)
• Capturar e gerir as informações e decisões geradas nas
iterações de forma simples e rápida.
• Promover a colaboração de outros indivíduos que não estão
no time de projeto e capturar as sugestões.
• Facilitar a colaboração de clientes e fornecedores durante o
processo de desenvolvimento.
• Documentar mudanças de uma forma rápida e simples.
A maioria dos PLMs permite várias configurações diferentes para
tarefas e metodologias diversas. O importante é desenvolver uma
configuração específica para a metodologia que será utilizada.
◼ Fim

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

PIF2019 - A03 - Sérgio Savane - SAE Brasil
PIF2019 - A03 - Sérgio Savane - SAE BrasilPIF2019 - A03 - Sérgio Savane - SAE Brasil
PIF2019 - A03 - Sérgio Savane - SAE BrasilEvandro Gama (Prof. Dr.)
 
PIF2019 - A08 - Marcelo Peres - Partnervision
PIF2019 - A08 - Marcelo Peres - PartnervisionPIF2019 - A08 - Marcelo Peres - Partnervision
PIF2019 - A08 - Marcelo Peres - PartnervisionEvandro Gama (Prof. Dr.)
 
PIF2019 - A10 - Henrique Eduardo Souza e Vinícius Biscolla - Rakkun
PIF2019 - A10 - Henrique Eduardo Souza e Vinícius Biscolla - RakkunPIF2019 - A10 - Henrique Eduardo Souza e Vinícius Biscolla - Rakkun
PIF2019 - A10 - Henrique Eduardo Souza e Vinícius Biscolla - RakkunEvandro Gama (Prof. Dr.)
 
PIF2019 - A04 - Jorge Rosa Filho - Rockwell
PIF2019 - A04 - Jorge Rosa Filho - RockwellPIF2019 - A04 - Jorge Rosa Filho - Rockwell
PIF2019 - A04 - Jorge Rosa Filho - RockwellEvandro Gama (Prof. Dr.)
 

Mais procurados (20)

ProIndústria2018 - Sala Alfa - A08
ProIndústria2018 - Sala Alfa - A08ProIndústria2018 - Sala Alfa - A08
ProIndústria2018 - Sala Alfa - A08
 
ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A05
ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A05ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A05
ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A05
 
ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A02
ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A02 ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A02
ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A02
 
ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A01
ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A01ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A01
ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A01
 
ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A06
ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A06ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A06
ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A06
 
PIF2019 - A03 - Sérgio Savane - SAE Brasil
PIF2019 - A03 - Sérgio Savane - SAE BrasilPIF2019 - A03 - Sérgio Savane - SAE Brasil
PIF2019 - A03 - Sérgio Savane - SAE Brasil
 
ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A07
ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A07ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A07
ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A07
 
ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A03b
ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A03bProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A03b
ProIndústria 2018 - dia 24 - H201 - A03b
 
PIF2019 - A08 - Marcelo Peres - Partnervision
PIF2019 - A08 - Marcelo Peres - PartnervisionPIF2019 - A08 - Marcelo Peres - Partnervision
PIF2019 - A08 - Marcelo Peres - Partnervision
 
ProIndústria2018 - Sala Alfa - A05
ProIndústria2018 - Sala Alfa - A05ProIndústria2018 - Sala Alfa - A05
ProIndústria2018 - Sala Alfa - A05
 
ProIndústria 2018 - dia 23 - H201 - A03b
ProIndústria 2018 - dia 23 - H201 - A03bProIndústria 2018 - dia 23 - H201 - A03b
ProIndústria 2018 - dia 23 - H201 - A03b
 
PIF2019 - A10 - Henrique Eduardo Souza e Vinícius Biscolla - Rakkun
PIF2019 - A10 - Henrique Eduardo Souza e Vinícius Biscolla - RakkunPIF2019 - A10 - Henrique Eduardo Souza e Vinícius Biscolla - Rakkun
PIF2019 - A10 - Henrique Eduardo Souza e Vinícius Biscolla - Rakkun
 
PIF2019 - A04 - Jorge Rosa Filho - Rockwell
PIF2019 - A04 - Jorge Rosa Filho - RockwellPIF2019 - A04 - Jorge Rosa Filho - Rockwell
PIF2019 - A04 - Jorge Rosa Filho - Rockwell
 
ProIndústria2018 - Sala Alfa - A06
ProIndústria2018 - Sala Alfa - A06ProIndústria2018 - Sala Alfa - A06
ProIndústria2018 - Sala Alfa - A06
 
ProIndústria2018 - dia 24 - H201 - A04
ProIndústria2018 - dia 24 - H201 - A04ProIndústria2018 - dia 24 - H201 - A04
ProIndústria2018 - dia 24 - H201 - A04
 
ProIndústria 2018 - dia 23 - H201 - A04
ProIndústria 2018 - dia 23 - H201 - A04ProIndústria 2018 - dia 23 - H201 - A04
ProIndústria 2018 - dia 23 - H201 - A04
 
ProIndústria 2018 - dia 23 - H201 - A05
ProIndústria 2018 - dia 23 - H201 - A05ProIndústria 2018 - dia 23 - H201 - A05
ProIndústria 2018 - dia 23 - H201 - A05
 
ProIndústria2018 - Sala Beta - A01
ProIndústria2018 - Sala Beta - A01ProIndústria2018 - Sala Beta - A01
ProIndústria2018 - Sala Beta - A01
 
PIF2019 - A14 - Daniela E Souza - SPI
PIF2019 - A14 - Daniela E Souza - SPIPIF2019 - A14 - Daniela E Souza - SPI
PIF2019 - A14 - Daniela E Souza - SPI
 
ProIndústria 2018 - dia 23 - H201 - A03a
ProIndústria 2018 - dia 23 - H201 - A03aProIndústria 2018 - dia 23 - H201 - A03a
ProIndústria 2018 - dia 23 - H201 - A03a
 

Semelhante a PLM-Summit 2019: PLM na transição para a Engenharia 4.0

O Impacto do Guia PMBOK® 6ª ed. na gestão de projetos e nas certificações do PMI
O Impacto do Guia PMBOK® 6ª ed. na gestão de projetos e nas certificações do PMIO Impacto do Guia PMBOK® 6ª ed. na gestão de projetos e nas certificações do PMI
O Impacto do Guia PMBOK® 6ª ed. na gestão de projetos e nas certificações do PMIMauro Sotille, MBA, PMP
 
Gestão de Projetos de TI em Empresas
Gestão de Projetos de TI em EmpresasGestão de Projetos de TI em Empresas
Gestão de Projetos de TI em EmpresasCamilo Almendra
 
Aula05 - Metodologias Ágeis
Aula05 - Metodologias ÁgeisAula05 - Metodologias Ágeis
Aula05 - Metodologias ÁgeisDaniela Brauner
 
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/02/2015)
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/02/2015)Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/02/2015)
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/02/2015)Alessandro Almeida
 
Elaboração de Projetos Inovadores - ROO
Elaboração de Projetos Inovadores - ROOElaboração de Projetos Inovadores - ROO
Elaboração de Projetos Inovadores - ROOJeovan Figueiredo
 
Apresentação estrela vs cmmi nivel 2
Apresentação estrela vs cmmi nivel 2Apresentação estrela vs cmmi nivel 2
Apresentação estrela vs cmmi nivel 2Fernando Vargas
 
Pp1 f8 02 - projeto de produtos, serviços e processos
Pp1 f8   02 - projeto de produtos, serviços e processosPp1 f8   02 - projeto de produtos, serviços e processos
Pp1 f8 02 - projeto de produtos, serviços e processosLuciana C. L. Silva
 
Gerencia deprojeos modulo_2_final_ (1)
Gerencia deprojeos modulo_2_final_ (1)Gerencia deprojeos modulo_2_final_ (1)
Gerencia deprojeos modulo_2_final_ (1)maryvascon
 
C:\Documents And Settings\Juliana\Desktop\Palestra 19 03 2010
C:\Documents And Settings\Juliana\Desktop\Palestra 19 03 2010C:\Documents And Settings\Juliana\Desktop\Palestra 19 03 2010
C:\Documents And Settings\Juliana\Desktop\Palestra 19 03 2010Facuuldade Norte Sul
 
O caso ONS, escalar ágil como uma resposta para as necessidades de mais valor...
O caso ONS, escalar ágil como uma resposta para as necessidades de mais valor...O caso ONS, escalar ágil como uma resposta para as necessidades de mais valor...
O caso ONS, escalar ágil como uma resposta para as necessidades de mais valor...Eduardo Primo de Souza
 
Apresentação Scrum + Gerenciamento de Portfólio
Apresentação Scrum + Gerenciamento de PortfólioApresentação Scrum + Gerenciamento de Portfólio
Apresentação Scrum + Gerenciamento de PortfólioPlinio Tulio
 

Semelhante a PLM-Summit 2019: PLM na transição para a Engenharia 4.0 (20)

O Impacto do Guia PMBOK® 6ª ed. na gestão de projetos e nas certificações do PMI
O Impacto do Guia PMBOK® 6ª ed. na gestão de projetos e nas certificações do PMIO Impacto do Guia PMBOK® 6ª ed. na gestão de projetos e nas certificações do PMI
O Impacto do Guia PMBOK® 6ª ed. na gestão de projetos e nas certificações do PMI
 
Ciclo de Vida Ágil em TI
Ciclo de Vida Ágil em TICiclo de Vida Ágil em TI
Ciclo de Vida Ágil em TI
 
Gestão de Projetos de TI em Empresas
Gestão de Projetos de TI em EmpresasGestão de Projetos de TI em Empresas
Gestão de Projetos de TI em Empresas
 
Aula05 - Metodologias Ágeis
Aula05 - Metodologias ÁgeisAula05 - Metodologias Ágeis
Aula05 - Metodologias Ágeis
 
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/02/2015)
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/02/2015)Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/02/2015)
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/02/2015)
 
Elaboração de Projetos Inovadores - ROO
Elaboração de Projetos Inovadores - ROOElaboração de Projetos Inovadores - ROO
Elaboração de Projetos Inovadores - ROO
 
Treinamento em gestão de projetos
Treinamento em gestão de projetosTreinamento em gestão de projetos
Treinamento em gestão de projetos
 
Apresentação estrela vs cmmi nivel 2
Apresentação estrela vs cmmi nivel 2Apresentação estrela vs cmmi nivel 2
Apresentação estrela vs cmmi nivel 2
 
Apresentação RUP
Apresentação RUPApresentação RUP
Apresentação RUP
 
Pp1 f8 02 - projeto de produtos, serviços e processos
Pp1 f8   02 - projeto de produtos, serviços e processosPp1 f8   02 - projeto de produtos, serviços e processos
Pp1 f8 02 - projeto de produtos, serviços e processos
 
PDP FINAL.ppt
PDP  FINAL.pptPDP  FINAL.ppt
PDP FINAL.ppt
 
Gerencia deprojeos modulo_2_final_ (1)
Gerencia deprojeos modulo_2_final_ (1)Gerencia deprojeos modulo_2_final_ (1)
Gerencia deprojeos modulo_2_final_ (1)
 
C:\Documents And Settings\Juliana\Desktop\Palestra 19 03 2010
C:\Documents And Settings\Juliana\Desktop\Palestra 19 03 2010C:\Documents And Settings\Juliana\Desktop\Palestra 19 03 2010
C:\Documents And Settings\Juliana\Desktop\Palestra 19 03 2010
 
O caso ONS, escalar ágil como uma resposta para as necessidades de mais valor...
O caso ONS, escalar ágil como uma resposta para as necessidades de mais valor...O caso ONS, escalar ágil como uma resposta para as necessidades de mais valor...
O caso ONS, escalar ágil como uma resposta para as necessidades de mais valor...
 
2ºAgileTalk - Criação de uma metodologia baseada em Scrum para escritórios de...
2ºAgileTalk - Criação de uma metodologia baseada em Scrum para escritórios de...2ºAgileTalk - Criação de uma metodologia baseada em Scrum para escritórios de...
2ºAgileTalk - Criação de uma metodologia baseada em Scrum para escritórios de...
 
TOGAF em Ação
TOGAF em AçãoTOGAF em Ação
TOGAF em Ação
 
Gerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
Gerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 ediçãoGerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
Gerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
 
III painel de gestao de projetos souto
III painel de gestao de projetos soutoIII painel de gestao de projetos souto
III painel de gestao de projetos souto
 
Elaboração de Projetos Inovadores
Elaboração de Projetos InovadoresElaboração de Projetos Inovadores
Elaboração de Projetos Inovadores
 
Apresentação Scrum + Gerenciamento de Portfólio
Apresentação Scrum + Gerenciamento de PortfólioApresentação Scrum + Gerenciamento de Portfólio
Apresentação Scrum + Gerenciamento de Portfólio
 

Mais de Evandro Gama (Prof. Dr.)

PIF2019 - A00 - PROINDÚSTRIA-FÓRUM 2019 - ROADMAP PARA A INDÚSTRIA DIGITAL
PIF2019 - A00 - PROINDÚSTRIA-FÓRUM 2019 - ROADMAP PARA A INDÚSTRIA DIGITALPIF2019 - A00 - PROINDÚSTRIA-FÓRUM 2019 - ROADMAP PARA A INDÚSTRIA DIGITAL
PIF2019 - A00 - PROINDÚSTRIA-FÓRUM 2019 - ROADMAP PARA A INDÚSTRIA DIGITALEvandro Gama (Prof. Dr.)
 
PIF2019 - A01 - André Mainart Menezes - EY (Ernst & Young)
PIF2019 - A01 - André Mainart Menezes - EY (Ernst & Young)PIF2019 - A01 - André Mainart Menezes - EY (Ernst & Young)
PIF2019 - A01 - André Mainart Menezes - EY (Ernst & Young)Evandro Gama (Prof. Dr.)
 
PIF2019 - A02 - Carlos Boechat - Accenture
PIF2019 - A02 - Carlos Boechat - AccenturePIF2019 - A02 - Carlos Boechat - Accenture
PIF2019 - A02 - Carlos Boechat - AccentureEvandro Gama (Prof. Dr.)
 
PIF2019 - A05 - Letícia Rodrigues - SENAI
PIF2019 - A05 - Letícia Rodrigues - SENAIPIF2019 - A05 - Letícia Rodrigues - SENAI
PIF2019 - A05 - Letícia Rodrigues - SENAIEvandro Gama (Prof. Dr.)
 
PIF2019 - A06 - Rodrigo M Tutilo - Advantech
PIF2019 - A06 - Rodrigo M Tutilo - AdvantechPIF2019 - A06 - Rodrigo M Tutilo - Advantech
PIF2019 - A06 - Rodrigo M Tutilo - AdvantechEvandro Gama (Prof. Dr.)
 
PIF2019 - A15 - Cesar Batalha e Jocilei Oliveira Filho - AutoForm
PIF2019 - A15 - Cesar Batalha e Jocilei Oliveira Filho - AutoFormPIF2019 - A15 - Cesar Batalha e Jocilei Oliveira Filho - AutoForm
PIF2019 - A15 - Cesar Batalha e Jocilei Oliveira Filho - AutoFormEvandro Gama (Prof. Dr.)
 
PLM Summit 2019 - A01- Mauro Andreassa - Ford
PLM Summit 2019 - A01- Mauro Andreassa - FordPLM Summit 2019 - A01- Mauro Andreassa - Ford
PLM Summit 2019 - A01- Mauro Andreassa - FordEvandro Gama (Prof. Dr.)
 
PLM Summit 2019 - A06 - Evandro Gama - Cadware-Technology
PLM Summit 2019 - A06 - Evandro Gama - Cadware-TechnologyPLM Summit 2019 - A06 - Evandro Gama - Cadware-Technology
PLM Summit 2019 - A06 - Evandro Gama - Cadware-TechnologyEvandro Gama (Prof. Dr.)
 

Mais de Evandro Gama (Prof. Dr.) (17)

PIF2019 - A00 - PROINDÚSTRIA-FÓRUM 2019 - ROADMAP PARA A INDÚSTRIA DIGITAL
PIF2019 - A00 - PROINDÚSTRIA-FÓRUM 2019 - ROADMAP PARA A INDÚSTRIA DIGITALPIF2019 - A00 - PROINDÚSTRIA-FÓRUM 2019 - ROADMAP PARA A INDÚSTRIA DIGITAL
PIF2019 - A00 - PROINDÚSTRIA-FÓRUM 2019 - ROADMAP PARA A INDÚSTRIA DIGITAL
 
PIF2019 - A01 - André Mainart Menezes - EY (Ernst & Young)
PIF2019 - A01 - André Mainart Menezes - EY (Ernst & Young)PIF2019 - A01 - André Mainart Menezes - EY (Ernst & Young)
PIF2019 - A01 - André Mainart Menezes - EY (Ernst & Young)
 
PIF2019 - A02 - Carlos Boechat - Accenture
PIF2019 - A02 - Carlos Boechat - AccenturePIF2019 - A02 - Carlos Boechat - Accenture
PIF2019 - A02 - Carlos Boechat - Accenture
 
PIF2019 - A05 - Letícia Rodrigues - SENAI
PIF2019 - A05 - Letícia Rodrigues - SENAIPIF2019 - A05 - Letícia Rodrigues - SENAI
PIF2019 - A05 - Letícia Rodrigues - SENAI
 
PIF2019 - A06 - Rodrigo M Tutilo - Advantech
PIF2019 - A06 - Rodrigo M Tutilo - AdvantechPIF2019 - A06 - Rodrigo M Tutilo - Advantech
PIF2019 - A06 - Rodrigo M Tutilo - Advantech
 
PIF2019 - A07 - Bruno Mendes - Reskill
PIF2019 - A07 - Bruno Mendes - ReskillPIF2019 - A07 - Bruno Mendes - Reskill
PIF2019 - A07 - Bruno Mendes - Reskill
 
PIF2019 - A09 - Rene Rodrigues - N&DC
PIF2019 - A09 - Rene Rodrigues - N&DCPIF2019 - A09 - Rene Rodrigues - N&DC
PIF2019 - A09 - Rene Rodrigues - N&DC
 
PIF2019 - A11 - André Ferreira - Bosch
PIF2019 - A11 - André Ferreira - BoschPIF2019 - A11 - André Ferreira - Bosch
PIF2019 - A11 - André Ferreira - Bosch
 
PIF2019 - A12 - Auro Chagas - Embraer
PIF2019 - A12  - Auro Chagas - EmbraerPIF2019 - A12  - Auro Chagas - Embraer
PIF2019 - A12 - Auro Chagas - Embraer
 
PIF2019 - A13 - Silvio Prado - PARS
PIF2019 - A13 - Silvio Prado - PARSPIF2019 - A13 - Silvio Prado - PARS
PIF2019 - A13 - Silvio Prado - PARS
 
PIF2019 - A15 - Cesar Batalha e Jocilei Oliveira Filho - AutoForm
PIF2019 - A15 - Cesar Batalha e Jocilei Oliveira Filho - AutoFormPIF2019 - A15 - Cesar Batalha e Jocilei Oliveira Filho - AutoForm
PIF2019 - A15 - Cesar Batalha e Jocilei Oliveira Filho - AutoForm
 
PIF2019 - A16 - Lucas Toledo - Parker
PIF2019 - A16 - Lucas Toledo - ParkerPIF2019 - A16 - Lucas Toledo - Parker
PIF2019 - A16 - Lucas Toledo - Parker
 
PIF2019 - A17 - Thiago Lombardi - Baumier
PIF2019 - A17 - Thiago Lombardi - BaumierPIF2019 - A17 - Thiago Lombardi - Baumier
PIF2019 - A17 - Thiago Lombardi - Baumier
 
PIF2019 - A18 - Luiz Egreja - DS
PIF2019 - A18 - Luiz Egreja - DSPIF2019 - A18 - Luiz Egreja - DS
PIF2019 - A18 - Luiz Egreja - DS
 
PIF2019 - A19 - Matheus Terra - Clever X
PIF2019 - A19 - Matheus Terra - Clever XPIF2019 - A19 - Matheus Terra - Clever X
PIF2019 - A19 - Matheus Terra - Clever X
 
PLM Summit 2019 - A01- Mauro Andreassa - Ford
PLM Summit 2019 - A01- Mauro Andreassa - FordPLM Summit 2019 - A01- Mauro Andreassa - Ford
PLM Summit 2019 - A01- Mauro Andreassa - Ford
 
PLM Summit 2019 - A06 - Evandro Gama - Cadware-Technology
PLM Summit 2019 - A06 - Evandro Gama - Cadware-TechnologyPLM Summit 2019 - A06 - Evandro Gama - Cadware-Technology
PLM Summit 2019 - A06 - Evandro Gama - Cadware-Technology
 

Último

Gestão de obras e projetos - Associação Nacional de Hospitais Privados
Gestão de obras e projetos - Associação Nacional de Hospitais PrivadosGestão de obras e projetos - Associação Nacional de Hospitais Privados
Gestão de obras e projetos - Associação Nacional de Hospitais PrivadosGuilhermeLucio9
 
Patrimonio Edificado da Ilha de Moçambique.pptx
Patrimonio Edificado da Ilha de Moçambique.pptxPatrimonio Edificado da Ilha de Moçambique.pptx
Patrimonio Edificado da Ilha de Moçambique.pptxAssimoIovahale
 
Condutos forçados disciplina de hidráulica.pdf
Condutos forçados disciplina de hidráulica.pdfCondutos forçados disciplina de hidráulica.pdf
Condutos forçados disciplina de hidráulica.pdfAroldoMenezes1
 
AE03 - VIBRACOES MECANICAS E ACUSTICAS.docx
AE03 - VIBRACOES MECANICAS E ACUSTICAS.docxAE03 - VIBRACOES MECANICAS E ACUSTICAS.docx
AE03 - VIBRACOES MECANICAS E ACUSTICAS.docxConsultoria Acadêmica
 
cipa_assedio (2).pdf_comissão_inetrna de
cipa_assedio (2).pdf_comissão_inetrna decipa_assedio (2).pdf_comissão_inetrna de
cipa_assedio (2).pdf_comissão_inetrna deGleuciane Rocha
 
AE03 - TEORIAS DA ADMINISTRACAO UNICESUMAR 51/2024
AE03 - TEORIAS DA ADMINISTRACAO UNICESUMAR 51/2024AE03 - TEORIAS DA ADMINISTRACAO UNICESUMAR 51/2024
AE03 - TEORIAS DA ADMINISTRACAO UNICESUMAR 51/2024Consultoria Acadêmica
 
MAPA – DESENHO TÉCNICO – 51 / 2024
MAPA   –   DESENHO TÉCNICO  –  51 / 2024MAPA   –   DESENHO TÉCNICO  –  51 / 2024
MAPA – DESENHO TÉCNICO – 51 / 2024excellenceeducaciona
 
Para iniciarmos nossa atividade, imagine a seguinte situação: Uma jovem chama...
Para iniciarmos nossa atividade, imagine a seguinte situação: Uma jovem chama...Para iniciarmos nossa atividade, imagine a seguinte situação: Uma jovem chama...
Para iniciarmos nossa atividade, imagine a seguinte situação: Uma jovem chama...DL assessoria 31
 

Último (8)

Gestão de obras e projetos - Associação Nacional de Hospitais Privados
Gestão de obras e projetos - Associação Nacional de Hospitais PrivadosGestão de obras e projetos - Associação Nacional de Hospitais Privados
Gestão de obras e projetos - Associação Nacional de Hospitais Privados
 
Patrimonio Edificado da Ilha de Moçambique.pptx
Patrimonio Edificado da Ilha de Moçambique.pptxPatrimonio Edificado da Ilha de Moçambique.pptx
Patrimonio Edificado da Ilha de Moçambique.pptx
 
Condutos forçados disciplina de hidráulica.pdf
Condutos forçados disciplina de hidráulica.pdfCondutos forçados disciplina de hidráulica.pdf
Condutos forçados disciplina de hidráulica.pdf
 
AE03 - VIBRACOES MECANICAS E ACUSTICAS.docx
AE03 - VIBRACOES MECANICAS E ACUSTICAS.docxAE03 - VIBRACOES MECANICAS E ACUSTICAS.docx
AE03 - VIBRACOES MECANICAS E ACUSTICAS.docx
 
cipa_assedio (2).pdf_comissão_inetrna de
cipa_assedio (2).pdf_comissão_inetrna decipa_assedio (2).pdf_comissão_inetrna de
cipa_assedio (2).pdf_comissão_inetrna de
 
AE03 - TEORIAS DA ADMINISTRACAO UNICESUMAR 51/2024
AE03 - TEORIAS DA ADMINISTRACAO UNICESUMAR 51/2024AE03 - TEORIAS DA ADMINISTRACAO UNICESUMAR 51/2024
AE03 - TEORIAS DA ADMINISTRACAO UNICESUMAR 51/2024
 
MAPA – DESENHO TÉCNICO – 51 / 2024
MAPA   –   DESENHO TÉCNICO  –  51 / 2024MAPA   –   DESENHO TÉCNICO  –  51 / 2024
MAPA – DESENHO TÉCNICO – 51 / 2024
 
Para iniciarmos nossa atividade, imagine a seguinte situação: Uma jovem chama...
Para iniciarmos nossa atividade, imagine a seguinte situação: Uma jovem chama...Para iniciarmos nossa atividade, imagine a seguinte situação: Uma jovem chama...
Para iniciarmos nossa atividade, imagine a seguinte situação: Uma jovem chama...
 

PLM-Summit 2019: PLM na transição para a Engenharia 4.0

  • 1. PLM-Summit 2019 9 de Abril - PLM na transição para a Engenharia 4.0 MatheusTerra Engenheiro Mecânico pela EESC-USP com MBA pela FUNDACE-USP Digital Transformation Leader, Case PLM, Portfolio and Project Management& Agile Projects
  • 2. Agenda 1. Função PLM. 2. Visão Geral dos Processos de Desenvolvimento de Produto. 3. Gestão de Portfólio. 4. Contribuição do PLM na Gestão de Portfólio. 5. Contribuição do PLM na Gestão de Projetos. 6. Projeto Ágil (Agile Projects)
  • 3. Cross-Enterprise, Cross-Functional (Gerência, Marketing, Engenharia, Manufatura, Serviços, Fornecedores …) Orientado a Informações de Produtos (Projetos/Processos/Serviços) PLM Cross-Enterprise, Cross-Functional (Producão, Finanças, Compras, RH…) Orientado a Transações ERP Interno – Chão de Fábrica e Usuários de Produção Orientado a Eventos MES PLM – Um dos pilares da Transformação Digital na manufatura discreta. Garantir a colaboração segura e confiável das informações de produtos
  • 4. Compartilhamento e acesso às informações através de apps baseados em funções ou tarefas. Gerente de Projetos Comprador Operadores de Máquinas Inspetor de Qualidade Apps baseados em funções ou tarefas PLM ERP MES
  • 5. Visão Geral dos Processos de Desenvolvimento de Produto.
  • 6. Gestão de Portfólio PPM - Product Portfolio Management Portfólio: Conjunto de produtos e serviços que são (ou serão) comercializados pela empresa. • Definição estratégica da empresa (Risco X Criação de Valor). • Inovação – Novos produtos para a empresa e para o mercado • Nova linha de produtos para a empresa • Novo modelo de uma linha de produtos existente na empresa • Melhorias e modificações em um produto existente da empresa • Retirada de produtos/modelos baseada em KPIs • Mudanças no portfólio são tratadas como investimento, isto é, competem pelo budget da empresa. • Necessitam da aprovação para alocação de verba para execução dos projetos e definição de prazos/etapas de desenvolvimento e lançamento. • Definição dos requisitos de marketing e financeiros e uma definição inicial dos requisitos técnicos. • Os requisitos podem sofrer alterações durante o desenvolvimento do projeto.
  • 7. Estrutura do Portfólio Nível 1 Nível 2 Nível 3 Visão Geral Nível 3 Distribuição: Investimento Grupo 1 Investimento Grupo 2 Investimento Grupo 3 Investimento Grupo 4
  • 8. Risco Técnico x Valor Estratégico (Bubble Analysis) Nota: Círculos representam os custos de cada projeto
  • 10. Contribuição do PLM na Gestão de Portfólio • Gerenciar todas as informações e critérios que foram utilizados na definição e escolha dos projetos a serem desenvolvidos e produtos a serem obsoletados • Descritivo dos produtos ou serviços que serão lançados. • Informações de mercado que foram utilizadas para tomada de decisão. • Custo do projeto e previsão de término/lançamento. • Análises utilizadas (Bubble, Trade-off etc). • KPIs e critérios de obsolescência. • Gerenciar os requisitos técnicos, comerciais e financeiros que garantem o desenvolvimento do produto planejado. • Gerenciar mudanças nos documentos e requisitos gerados na fase de definição do portfólio. • Gerenciar o status de cada produto • Em desenvolvimento, protótipo, lote piloto, produção e obsoleto. Garantir uma colaboração segura e confiável das informações dos projetos/produtos
  • 11. Programa: grupo de projetos relacionados gerenciados de modo coordenado para a obtenção de benefícios estratégicos e controle que não estariam disponíveis se eles fossem gerenciados individualmente. Gestão de Programas e Projetos Projeto: uma série de atividades e tarefas que tem um objetivo específico com foco na criação de valor de negócio e deve seguir certas especificações: • Datas de início e término • Verba disponível (Budget) • Recursos humanos e equipamentos alocados. Portfólio Portfólio Programa Programa Projeto ProjetoProjetoProjeto
  • 12. Contribuição do PLM na Gestão de Projetos FASE 1 • Tarefas F1 • Prazos F1 • Recursos F1 • Entregáveis F1 FASE 2 • Tarefas F2 • Prazos F2 • Recursos F2 • Entregáveis F2 FASE 3 • Tarefas F3 • Prazos F3 • Recursos F3 • Entregáveis F3 • Recursos de gestão de projetos dentro do PLM: • Criação de tarefas definindo datas de início e término, alocação de recursos e entregáveis dentro do PLM. • Definição de dependências entre tarefas, entre entregáveis e entre tarefas e entregáveis. • Definição de critérios para avançar para o próximo gate, principalmente controle de aprovações e entregáveis. • Criação de alertas de atrasos em tarefas, entregáveis etc. • Geração de relatórios e gráficos de Gantt. • Criação de um ambiente de trabalho exclusivo para o projeto com acesso às informações relevantes ao projeto que estão no PLM. • Gerenciamento dos entregáveis com os recursos do PLM. • Acesso seguro para colaboradores externos às informações que foram incluídas no projeto.
  • 13. Balanceamento dos Recursos • Otimização na utilização de recursos • Gera um "Gantt de Recursos" para cada membro da equipe calculando a distribuição das atividades no tempo. • Cada software pode gerar um resultado diferente, dependendo da qualidade dos Algoritmos de Balanceamento. Balanceamento de recursos: um mecanismo de redistribuição das atividades no cronograma respeitando a lógica existente baseado na disponibilidade das pessoas e o esforço previsto para a realização de cada tarefa.
  • 15. Projeto Ágil (Agile) Método Ágil: conjunto de metodologias utilizadas no desenvolvimento de software. • Em 2001 foi criado um manifesto ágil com os seguintes valores relacionados: • Indivíduos e iterações mais que processos e ferramentas • Software funcional mais que documentação abrangente • Colaboração do cliente mais que negociação de contratos • Responder às mudanças mais que seguir um plano • Existem vários métodos ágeis. O mais conhecido é o Scrum. • Foi concebido como um estilo de gerenciamento de projetos pela indústria automotiva mas é utilizado em vários tipos de projetos • Baseado nos conceitos de Lean, desenvolvimento iterativo e no artigo ¨"The New Product Development Game“ - HBR 1986. • Equipes de projeto pequenas, multidisciplinares e altamente qualificadas. • Os métodos ágeis são muito criticados pela falta de documentação. Muitas empresas abandonaram a sua utilização devido a esta característica.
  • 16. Contribuição do PLM em Projetos Ágeis (Agile) • Capturar e gerir as informações e decisões geradas nas iterações de forma simples e rápida. • Promover a colaboração de outros indivíduos que não estão no time de projeto e capturar as sugestões. • Facilitar a colaboração de clientes e fornecedores durante o processo de desenvolvimento. • Documentar mudanças de uma forma rápida e simples. A maioria dos PLMs permite várias configurações diferentes para tarefas e metodologias diversas. O importante é desenvolver uma configuração específica para a metodologia que será utilizada.