SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 35
Processo de desenvolvimento de software X Processo de gerenciamento de projeto: uma visão prática Professor: Leandro Rosa de Assi s
Por que gerenciar Projetos na área de TI ? ,[object Object],[object Object]
Por que gerenciar Projetos na área de TI ? ,[object Object],[object Object]
Por que gerenciar Projetos na área de TI ? ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Por que gerenciar Projetos na área de TI?
Gestão de Projetos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Gestão de Projetos: Plano de Projeto ,[object Object],[object Object],[object Object]
Gestão de Projetos: PMBOK 4ª edição
Gestão de Projetos: ciclo de vida de um projeto ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Modelo tradicional: RUP
Representação do modelo tradicional RUP em um cronograma
Fase “Iniciar” ,[object Object],[object Object]
Atenção especial: Gestão de Demandas ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Fase “Iniciar” ,[object Object]
Fase “Iniciar” Desenvolvimento do Escopo da solução para composição do Plano de Projeto Execução: Processo de desenvolvimento de software Base histórica ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Fase “Iniciar” ,[object Object]
Fase “Iniciar” ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Detalhando um Plano de Gerenciamento ou Plano de Projeto
Fase “Iniciar” Calcular capacidade de esforço Desenvolver  escopo da solução Aceitar  “Termo de abertura” Criar “Plano de Gerenciamento” Registros de aceites do “Plano de Gerenciamento Aceites dos envolvidos previsto em uma “Matriz de Responsabilidades” Processo de desenvolvimento de  SW
Fase “Planejar” ,[object Object],[object Object],[object Object]
Planejamento da execução do projeto e a respectiva alocação dos recursos
Fase “Execução” ,[object Object],Desenvolver: Requisito Desenvolver: Projeto Desenvolver: Código fonte Aplicar:  Teste Aplicar:  Gerência de Configuração ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Fase “Execução” : Gerência de Configuração ,[object Object],[object Object]
Fase “Execução” : Gerência de Configuração
Fase “Execução” : atuação do responsável pela Gerência de Configuração (apoiada pelo Gerente de Projeto)
  Fase “Execução” :  iterações do modelo RUP ao auxílio da Gestão de Projetos X Gerência de Configuração e demais disciplinas
Fase “Execução” ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Fase “Executar” ,[object Object],[object Object],[object Object]
Fase “Executar” ,[object Object],[object Object]
Fase “Executar” Alteração do escopo de necessidades (Termo de Abertura desenvolvido pelo Solicitante do Projeto) Desenvolvimento de novo Escopo da Solução Desenvolvimento de novos marcos de entrega Registro de mudança (solicitante) Demais alterações no Plano de Projeto Análise  Mudança aceita Mudança não aceita
Fase “Encerrar” ,[object Object],[object Object],[object Object]
Fase “Encerrar” Lições aprendidas Registro de problemas Casos de sucesso: na execução das disciplinas do processo de desenvolvimento de software Gestão do conhecimento Capital Intelectual
Fase “Encerrar” ,[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software 2 - Prof.ª Cristiane Fidelix
Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software 2 - Prof.ª Cristiane FidelixModelos de Processo de Desenvolvimento de Software 2 - Prof.ª Cristiane Fidelix
Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software 2 - Prof.ª Cristiane FidelixCris Fidelix
 
Introdução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane Fidelix
Introdução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane FidelixIntrodução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane Fidelix
Introdução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane FidelixCris Fidelix
 
O (papel do) Arquiteto de Software
O (papel do) Arquiteto de SoftwareO (papel do) Arquiteto de Software
O (papel do) Arquiteto de SoftwarePeter Jandl Junior
 
Analise de Requisitos
Analise de RequisitosAnalise de Requisitos
Analise de Requisitoselliando dias
 
Modelos de Processo e Desenvolvimento de Software 1 - Prof.ª Cristiane Fidelix
Modelos de Processo e Desenvolvimento de Software 1 - Prof.ª Cristiane FidelixModelos de Processo e Desenvolvimento de Software 1 - Prof.ª Cristiane Fidelix
Modelos de Processo e Desenvolvimento de Software 1 - Prof.ª Cristiane FidelixCris Fidelix
 
Princípios Fundamentais da Análise de Requisitos
Princípios Fundamentais da Análise de RequisitosPrincípios Fundamentais da Análise de Requisitos
Princípios Fundamentais da Análise de Requisitoselliando dias
 
Apresentação de Engenharia de software I - Prof. Cristiane Fidelix
Apresentação de Engenharia de software I - Prof. Cristiane FidelixApresentação de Engenharia de software I - Prof. Cristiane Fidelix
Apresentação de Engenharia de software I - Prof. Cristiane FidelixCris Fidelix
 
Feature driven development
Feature driven developmentFeature driven development
Feature driven developmentIzabel Rodrigues
 
Modelo de Dicionário da eap
Modelo de Dicionário da eapModelo de Dicionário da eap
Modelo de Dicionário da eapFernando Palma
 
Modelos de Processo e Desenvolvimento de Software 3 - Prof.ª Cristiane Fidelix
Modelos de Processo e Desenvolvimento de Software 3 - Prof.ª Cristiane FidelixModelos de Processo e Desenvolvimento de Software 3 - Prof.ª Cristiane Fidelix
Modelos de Processo e Desenvolvimento de Software 3 - Prof.ª Cristiane FidelixCris Fidelix
 
Fdd em uma casca de banana
Fdd em uma casca de bananaFdd em uma casca de banana
Fdd em uma casca de bananaejedelmal
 
Aula4-modelagem e uml
Aula4-modelagem e umlAula4-modelagem e uml
Aula4-modelagem e umlneilaxavier
 
Engenharia Software Rup
Engenharia Software   RupEngenharia Software   Rup
Engenharia Software RupFelipe
 
A importância da análise de requisitos e casos de uso
A importância da análise de requisitos e casos de usoA importância da análise de requisitos e casos de uso
A importância da análise de requisitos e casos de usoHussani Oliveira
 

Mais procurados (20)

Feature Driven Development - FDD
Feature Driven Development - FDDFeature Driven Development - FDD
Feature Driven Development - FDD
 
Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software 2 - Prof.ª Cristiane Fidelix
Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software 2 - Prof.ª Cristiane FidelixModelos de Processo de Desenvolvimento de Software 2 - Prof.ª Cristiane Fidelix
Modelos de Processo de Desenvolvimento de Software 2 - Prof.ª Cristiane Fidelix
 
Introdução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane Fidelix
Introdução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane FidelixIntrodução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane Fidelix
Introdução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane Fidelix
 
O (papel do) Arquiteto de Software
O (papel do) Arquiteto de SoftwareO (papel do) Arquiteto de Software
O (papel do) Arquiteto de Software
 
Analise de Requisitos
Analise de RequisitosAnalise de Requisitos
Analise de Requisitos
 
Aula4 levantamento requisitos
Aula4 levantamento requisitosAula4 levantamento requisitos
Aula4 levantamento requisitos
 
Modelos de Processo e Desenvolvimento de Software 1 - Prof.ª Cristiane Fidelix
Modelos de Processo e Desenvolvimento de Software 1 - Prof.ª Cristiane FidelixModelos de Processo e Desenvolvimento de Software 1 - Prof.ª Cristiane Fidelix
Modelos de Processo e Desenvolvimento de Software 1 - Prof.ª Cristiane Fidelix
 
Princípios Fundamentais da Análise de Requisitos
Princípios Fundamentais da Análise de RequisitosPrincípios Fundamentais da Análise de Requisitos
Princípios Fundamentais da Análise de Requisitos
 
Apresentação de Engenharia de software I - Prof. Cristiane Fidelix
Apresentação de Engenharia de software I - Prof. Cristiane FidelixApresentação de Engenharia de software I - Prof. Cristiane Fidelix
Apresentação de Engenharia de software I - Prof. Cristiane Fidelix
 
Feature driven development
Feature driven developmentFeature driven development
Feature driven development
 
Modelo de Dicionário da eap
Modelo de Dicionário da eapModelo de Dicionário da eap
Modelo de Dicionário da eap
 
Modelos de Processo e Desenvolvimento de Software 3 - Prof.ª Cristiane Fidelix
Modelos de Processo e Desenvolvimento de Software 3 - Prof.ª Cristiane FidelixModelos de Processo e Desenvolvimento de Software 3 - Prof.ª Cristiane Fidelix
Modelos de Processo e Desenvolvimento de Software 3 - Prof.ª Cristiane Fidelix
 
Fdd em uma casca de banana
Fdd em uma casca de bananaFdd em uma casca de banana
Fdd em uma casca de banana
 
Aula4-modelagem e uml
Aula4-modelagem e umlAula4-modelagem e uml
Aula4-modelagem e uml
 
engenharia-de-requisitos
engenharia-de-requisitosengenharia-de-requisitos
engenharia-de-requisitos
 
Engenharia Software Rup
Engenharia Software   RupEngenharia Software   Rup
Engenharia Software Rup
 
Rastreabilidade de Requisitos
Rastreabilidade de RequisitosRastreabilidade de Requisitos
Rastreabilidade de Requisitos
 
Aula 3 - Engenharia de Software
Aula 3 - Engenharia de SoftwareAula 3 - Engenharia de Software
Aula 3 - Engenharia de Software
 
A importância da análise de requisitos e casos de uso
A importância da análise de requisitos e casos de usoA importância da análise de requisitos e casos de uso
A importância da análise de requisitos e casos de uso
 
Apresentação RUP
Apresentação RUPApresentação RUP
Apresentação RUP
 

Semelhante a C:\Documents And Settings\Juliana\Desktop\Palestra 19 03 2010

Webaula 50 - Como Definir e Controlar o Escopo de um Projeto – O Papel Fundam...
Webaula 50 - Como Definir e Controlar o Escopo de um Projeto – O Papel Fundam...Webaula 50 - Como Definir e Controlar o Escopo de um Projeto – O Papel Fundam...
Webaula 50 - Como Definir e Controlar o Escopo de um Projeto – O Papel Fundam...Projetos e TI
 
1- Apresentacao Metodologia RCP
1- Apresentacao Metodologia RCP1- Apresentacao Metodologia RCP
1- Apresentacao Metodologia RCPFrank Coelho
 
1 apresentacao metodologia rcp
1  apresentacao metodologia rcp1  apresentacao metodologia rcp
1 apresentacao metodologia rcpFrank Coelho
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (19/03/2014)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (19/03/2014)Gestão de Projetos e Empreendedorismo (19/03/2014)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (19/03/2014)Alessandro Almeida
 
Gestão de Projetos e Programas - Aula # 06
Gestão de Projetos e Programas - Aula # 06Gestão de Projetos e Programas - Aula # 06
Gestão de Projetos e Programas - Aula # 06Ethel Capuano
 
Gerenciamento de Projetos SAP: Do Método a Prática
Gerenciamento de Projetos SAP: Do Método a PráticaGerenciamento de Projetos SAP: Do Método a Prática
Gerenciamento de Projetos SAP: Do Método a PráticaProjetos e TI
 
Conceitos gerais de GP
Conceitos gerais de GPConceitos gerais de GP
Conceitos gerais de GPjoao87vidal
 
Gerencia deprojeos modulo_2_final_ (1)
Gerencia deprojeos modulo_2_final_ (1)Gerencia deprojeos modulo_2_final_ (1)
Gerencia deprojeos modulo_2_final_ (1)maryvascon
 
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/02/2015)
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/02/2015)Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/02/2015)
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/02/2015)Alessandro Almeida
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (02/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (02/09/2013)Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (02/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (02/09/2013)Alessandro Almeida
 
Administração de Projetos - Planejamento - Escopo - Aula 8
Administração de Projetos - Planejamento - Escopo - Aula 8Administração de Projetos - Planejamento - Escopo - Aula 8
Administração de Projetos - Planejamento - Escopo - Aula 8Ueliton da Costa Leonidio
 
Gestão de Projetos e Ferramentas
Gestão de Projetos e FerramentasGestão de Projetos e Ferramentas
Gestão de Projetos e FerramentasNei Grando
 

Semelhante a C:\Documents And Settings\Juliana\Desktop\Palestra 19 03 2010 (20)

Webaula 50 - Como Definir e Controlar o Escopo de um Projeto – O Papel Fundam...
Webaula 50 - Como Definir e Controlar o Escopo de um Projeto – O Papel Fundam...Webaula 50 - Como Definir e Controlar o Escopo de um Projeto – O Papel Fundam...
Webaula 50 - Como Definir e Controlar o Escopo de um Projeto – O Papel Fundam...
 
1- Apresentacao Metodologia RCP
1- Apresentacao Metodologia RCP1- Apresentacao Metodologia RCP
1- Apresentacao Metodologia RCP
 
1 apresentacao metodologia rcp
1  apresentacao metodologia rcp1  apresentacao metodologia rcp
1 apresentacao metodologia rcp
 
Gerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
Gerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 ediçãoGerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
Gerenciamento do escopo - Ano 2013 - PMBOK 5 edição
 
Pmbok5 escopo
Pmbok5   escopoPmbok5   escopo
Pmbok5 escopo
 
Gerenciamento de integracao
Gerenciamento de integracaoGerenciamento de integracao
Gerenciamento de integracao
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (19/03/2014)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (19/03/2014)Gestão de Projetos e Empreendedorismo (19/03/2014)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo (19/03/2014)
 
Gestão de Projetos e Programas - Aula # 06
Gestão de Projetos e Programas - Aula # 06Gestão de Projetos e Programas - Aula # 06
Gestão de Projetos e Programas - Aula # 06
 
Pmbok5 escopo (2)
Pmbok5   escopo (2)Pmbok5   escopo (2)
Pmbok5 escopo (2)
 
Gerenciamento de Projetos SAP: Do Método a Prática
Gerenciamento de Projetos SAP: Do Método a PráticaGerenciamento de Projetos SAP: Do Método a Prática
Gerenciamento de Projetos SAP: Do Método a Prática
 
Aula 2 - Gestão de Projetos.pptx
Aula 2 - Gestão de Projetos.pptxAula 2 - Gestão de Projetos.pptx
Aula 2 - Gestão de Projetos.pptx
 
Prof-Jose-Bezerra-Treinamento pmp-capm-bsbr-modulo2
Prof-Jose-Bezerra-Treinamento pmp-capm-bsbr-modulo2Prof-Jose-Bezerra-Treinamento pmp-capm-bsbr-modulo2
Prof-Jose-Bezerra-Treinamento pmp-capm-bsbr-modulo2
 
Planificação do Projeto de Software
Planificação do Projeto de SoftwarePlanificação do Projeto de Software
Planificação do Projeto de Software
 
Conceitos gerais de GP
Conceitos gerais de GPConceitos gerais de GP
Conceitos gerais de GP
 
Gerencia deprojeos modulo_2_final_ (1)
Gerencia deprojeos modulo_2_final_ (1)Gerencia deprojeos modulo_2_final_ (1)
Gerencia deprojeos modulo_2_final_ (1)
 
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/02/2015)
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/02/2015)Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/02/2015)
Planejamento, Execução e Controle de Projetos (24/02/2015)
 
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (02/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (02/09/2013)Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (02/09/2013)
Gestão de Projetos e Empreendedorismo: TAD-NC4 (02/09/2013)
 
Administração de Projetos - Planejamento - Escopo - Aula 8
Administração de Projetos - Planejamento - Escopo - Aula 8Administração de Projetos - Planejamento - Escopo - Aula 8
Administração de Projetos - Planejamento - Escopo - Aula 8
 
MsProject.pptx
MsProject.pptxMsProject.pptx
MsProject.pptx
 
Gestão de Projetos e Ferramentas
Gestão de Projetos e FerramentasGestão de Projetos e Ferramentas
Gestão de Projetos e Ferramentas
 

Último

ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx2m Assessoria
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx2m Assessoria
 
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor SucroenergéticoConvergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor SucroenergéticoMarcio Venturelli
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx2m Assessoria
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASMarcio Venturelli
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfAula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfInocencioHoracio3
 

Último (8)

ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
 
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor SucroenergéticoConvergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
Convergência TO e TI nas Usinas - Setor Sucroenergético
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
 
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
 
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdfAula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
Aula 01 - Introducao a Processamento de Frutos e Hortalicas.pdf
 

C:\Documents And Settings\Juliana\Desktop\Palestra 19 03 2010

  • 1. Processo de desenvolvimento de software X Processo de gerenciamento de projeto: uma visão prática Professor: Leandro Rosa de Assi s
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5. Por que gerenciar Projetos na área de TI?
  • 6.
  • 7.
  • 8. Gestão de Projetos: PMBOK 4ª edição
  • 9.
  • 11. Representação do modelo tradicional RUP em um cronograma
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18. Detalhando um Plano de Gerenciamento ou Plano de Projeto
  • 19. Fase “Iniciar” Calcular capacidade de esforço Desenvolver escopo da solução Aceitar “Termo de abertura” Criar “Plano de Gerenciamento” Registros de aceites do “Plano de Gerenciamento Aceites dos envolvidos previsto em uma “Matriz de Responsabilidades” Processo de desenvolvimento de SW
  • 20.
  • 21. Planejamento da execução do projeto e a respectiva alocação dos recursos
  • 22.
  • 23.
  • 24. Fase “Execução” : Gerência de Configuração
  • 25. Fase “Execução” : atuação do responsável pela Gerência de Configuração (apoiada pelo Gerente de Projeto)
  • 26. Fase “Execução” : iterações do modelo RUP ao auxílio da Gestão de Projetos X Gerência de Configuração e demais disciplinas
  • 27.
  • 28.
  • 29.
  • 30. Fase “Executar” Alteração do escopo de necessidades (Termo de Abertura desenvolvido pelo Solicitante do Projeto) Desenvolvimento de novo Escopo da Solução Desenvolvimento de novos marcos de entrega Registro de mudança (solicitante) Demais alterações no Plano de Projeto Análise Mudança aceita Mudança não aceita
  • 31.
  • 32. Fase “Encerrar” Lições aprendidas Registro de problemas Casos de sucesso: na execução das disciplinas do processo de desenvolvimento de software Gestão do conhecimento Capital Intelectual
  • 33.
  • 34.
  • 35.