SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 21
Baixar para ler offline
Operações com Duplicatas (parte 2) Prof. MS. Danielle Karla Contabilidade II
Operações com Duplicatas A duplicata é um Título de crédito que pode ser emitido pelas empresas sempre que efetuarem vendas de mercadorias a prazo. Duplicatas Fatura
Operações com Duplicatas COBRANÇA SIMPLES: 1.1 Com quitação normal; 1.2 Com quitação na empresa; 1.3 Sem quitação na data do pagamento. 2. DESCONTO DE DUPLICATAS. 3. EMPRÉSTIMO MEDIANTE CAUÇÃO DE DUPLICATAS.
Exemplo – Operação de duplicatas com quitação normal.  A empresa X, enviou através do borderô nº 05 valor R$ 1.000,00, uma remessa de duplicatas ao banco JJ para cobrança simples . O banco cobrou R$ 50,00 de comissões e taxas. Contabilizar o fato. Pela remessa dos Títulos ao banco: D- Títulos em cobrança C- Endosso para cobrança   R$ 1.000,00 Pelo registro das Despesas: D- Despesas Bancárias  C- Banco c/ Movimento      R$ 50,00
Exemplo – Operação de duplicatas com quitação normal.  Após o vencimento o banco comunica a quitação total dos títulos Baixa da compensação – Quitação D- Endosso p/ cobrança C- Títulos em cobrança   R$ 1.000,00    Baixa pelo recebimento das Duplicatas D- Banco c/ Movimento C- Duplicatas a receber
Exemplo – Operação de duplicatas com quitação na empresa. Com quitação na empresa O cliente Marcos, pagou na empresa a importância de R$ 100,00 referente à duplicata de seu aceite, nº 01, a qual se encontra em cobrança, através do borderô 05.  Pelo recebimento do título– Quitação D- Caixa C- Duplicatas a receber    R$ 100,00  Baixa do título junto ao banco D- Endosso p/ cobrança C- Títulos em cobrança     R$ 100,00
Sem quitação na data do pagamento Após o vencimento das duplicatas, o banco devolve cinco delas, R$ 400,00 representando o total que não foram quitadas no vencimento. O banco devolve para a empresa os títulos; A empresa procede dando baixa nas contas de compensação.  D- Endosso p/ cobrança C- Títulos em cobrança     R$ 400,00 Exemplo – Operação de duplicatas Sem quitação na data do vencimento
Consiste na transferência dos títulos ao banco, onde a empresa recebe o valorpré-estabelecido e transfere ao bando o direito de cobrança dos títulos.   Desconto de Duplicatas A empresa fica responsável pela liquidação dos títulos , caso os devedores não efetuem o pagamento.
Desconto de Duplicatas Desconto de Duplicatas com quitação normal Uma empresa Desconta no Banco Urupês S/A, dez duplicatas de sua emissão, conforme relação (borderô), no valor nominal total de R$ 1.000,00. O banco cobra R$ 150,00 de juros e R$ 30,00 de comissões e taxas. Teremos: Valor Nominal do Título R$ 1.000,00 Juros                           (R$    180,00) Despesas Bancárias       (R$     30,00) Valor atual dos Títulos   R$     820,00         Valor a receber OPERAÇÃO PREFIXADA
Desconto de Duplicatas Contabilização Pela remessa dos títulos e respectiva operação de desconto: D- BANCO C/ MOVIMENTO(URUPÊS)  R$ 820,00 D- JUROS PASSIVOS A VENCER           R$ 150,00 D- DESPESAS BANCÁRIAS                  R$   30,00 C- DUPLICATAS DESCONTADAS                         R$ 1.000,00 CONTA RETIFICADORA DO ATIVO, REDUTORA DA CONTA DUPLICATAS A RECEBER (OBRIGAÇÃO DA EMPRESA JUNTO AO BANCO)
Desconto de Duplicatas Quitação das duplicatas: (todas duplicatas quitadas) D- DUPLICATAS DESCONTADAS C- DUPLICATAS A RECEBER        R$ 1.000,00 Apropriação das Despesas Antecipadas D- JUROS PASSIVOS C- JUROS PASSIVOS A VENCER    R$ 150,00
Duplicatas descontadas não quitadas no vencimento Após o vencimento o banco comunica o não recebimento de uma duplicata de R$ 100,00 e a retirada deste valor da conta corrente da empresa. D- DUPLICATAS DESCONTADAS C- BANCO C/ MOVIMENTO         R$ 100,00
Uma duplicata de R$ 100,00, o banco cobra R$ 5,00 de comissão para cobrança. 1)Baixa da obrigação e pagamento ao banco: D- DUPLICATAS DESCONTADAS C- BANCO C/ MOVIMENTO     R$ 100,00 2)Registro da compensação pela cobrança e despesas: D- DUPLCATAS EM COBRANÇA C- ENDOSSO P/ COBRANÇA   R$ 100,00 D- DESPESAS BANCÁRIAS C – BANCO C/ MOVIMENTO    R$   5,00  Duplicatas descontadas com transferência para cobrança simples
Duplicatas descontadas com quitação na empresa O senhor João Pedro pagou na empresa R$ 100,00. Contabilização 1) Pelo recebimento D- CAIXA C- DUPLICATAS A RECEBER R$ 100,00 2) Comunica ao banco e autorização de devolução do valor D- DUPLICATAS DESCONTADAS C- BANCO C/ MOVIMENTO    R$ 100,00
EMPRÉSTIMO MEDIANTE CAUÇÃO DE DUPLICATAS  A caução de títulos é uma operação financeira à qual a empresa recorre para ter numerário disponível para suas atividades. Na caução de títulos há um contrato lavrado entre a empresa e o banco, ficando assim pré-estabelecido: O valor que a empresa terá direito por um determinado número de meses;       O valor dos títulos que a empresa oferecerá ao banco;       O percentual que a empresa  poderá sacar , entre 70 e 80% do total dos títulos caucionados;      Os encargos da empresa em relação ao contrato e aos títulos caucionados.
Duplicatas Caucionadas A empresa Comercial JJ, contrata com o banco do Brasil S/A a abertura de um crédito, por contrato de caução de duplicatas, pelo prazo de sei meses, no valor de R$ 240.000,00 e compromete-se a manter em cobrança caucionada o valor de R$ 300.000,00 em duplicatas de sua emissão. O banco cobrou as despesas: Comissão sobre o contrato R$ 3.000,00 Comissão sobre a cobrança das duplicatas R$ 1.500,00
Duplicatas Caucionadas Pela remessa de duplicatas para caução (contas de compensação) D- DUPLICATAS EM CAUÇÃO BANCÁRIA C- CAUÇÃO BANCÁRIA DE DUPLICATAS  R$ 300.000,00 Pela liberação do crédito (80% do total caucionado) D- BANCO C/ MOVIMENTO(BB) C- BANCO C/ CAUÇÃO                         R$ 240.000,00
Duplicatas Caucionadas Comissão cobrada pelo Banco: Sobre o contrato D- DESPESAS BANCÁRIAS  C- BANCO C/ MOVIMENTO        R$ 3.000,00 Sobre a cobrança das duplicatas caucionadas D- DESPESAS BANCÁRIAS  C- BANCO C/ MOVIMENTO        R$ 1.500,00
Duplicatas Caucionadas Comunicado do banco do recebimento das duplicatas: (quitação) Baixa pelo registro de duplicatas D- BANCO C/ CAUÇÃO C- DUPLICATAS A RECEBER           R$ 300.000,00 Baixa na conta de compensação D- CAUÇÃO BANCÁRIA DE DUPLICATAS  C- DUPLICATAS EM CAUÇÃO BANCÁRIA  R$ 300.000,00
Duplicatas Caucionadas Devolução do banco para a empresa (20% restante dos títulos caucionados) D- BANCO C/ MOVIMENTO(BB) C- BANCO C/ CAUÇÃO        R$ 60.000,00
EXERCÍCIOS

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Gabarito exercicios passivo
Gabarito exercicios passivoGabarito exercicios passivo
Gabarito exercicios passivogabaritocontabil
 
Caso pratico nº 4
Caso pratico nº 4Caso pratico nº 4
Caso pratico nº 4aleypires
 
Exame Suficiência CFC 2018/1 Prova Branca Questão 08
Exame Suficiência CFC 2018/1 Prova Branca Questão 08Exame Suficiência CFC 2018/1 Prova Branca Questão 08
Exame Suficiência CFC 2018/1 Prova Branca Questão 08Thiago Chaim
 
Contabilidade aula 04 receitas x despesas
Contabilidade aula 04 receitas x despesasContabilidade aula 04 receitas x despesas
Contabilidade aula 04 receitas x despesascapitulocontabil
 
Cálculo do custo das mercadorias vendidas (cmv)
Cálculo do custo das mercadorias vendidas (cmv)Cálculo do custo das mercadorias vendidas (cmv)
Cálculo do custo das mercadorias vendidas (cmv)simuladocontabil
 
Dos produtos vendidos (cpv)
Dos produtos vendidos (cpv)Dos produtos vendidos (cpv)
Dos produtos vendidos (cpv)simuladocontabil
 
Contabilidade lançamentos
Contabilidade lançamentosContabilidade lançamentos
Contabilidade lançamentosalbumina
 
2 demonstrações financeiras
2   demonstrações financeiras2   demonstrações financeiras
2 demonstrações financeirasFabio Teixeira
 
Razonete, balancete e balanço
Razonete, balancete e balançoRazonete, balancete e balanço
Razonete, balancete e balançoapostilacontabil
 
Aula 08 regimes contábeis
Aula 08   regimes contábeisAula 08   regimes contábeis
Aula 08 regimes contábeisRaul Alberto
 

Mais procurados (19)

Gabarito exercicios passivo
Gabarito exercicios passivoGabarito exercicios passivo
Gabarito exercicios passivo
 
Caso pratico nº 4
Caso pratico nº 4Caso pratico nº 4
Caso pratico nº 4
 
Ativo circulante
Ativo circulanteAtivo circulante
Ativo circulante
 
Exercicio contabil dfc
Exercicio contabil dfcExercicio contabil dfc
Exercicio contabil dfc
 
Exame Suficiência CFC 2018/1 Prova Branca Questão 08
Exame Suficiência CFC 2018/1 Prova Branca Questão 08Exame Suficiência CFC 2018/1 Prova Branca Questão 08
Exame Suficiência CFC 2018/1 Prova Branca Questão 08
 
Contabilidade aula 04 receitas x despesas
Contabilidade aula 04 receitas x despesasContabilidade aula 04 receitas x despesas
Contabilidade aula 04 receitas x despesas
 
Cálculo do custo das mercadorias vendidas (cmv)
Cálculo do custo das mercadorias vendidas (cmv)Cálculo do custo das mercadorias vendidas (cmv)
Cálculo do custo das mercadorias vendidas (cmv)
 
O uso dos razonetes
O uso dos razonetesO uso dos razonetes
O uso dos razonetes
 
Dos produtos vendidos (cpv)
Dos produtos vendidos (cpv)Dos produtos vendidos (cpv)
Dos produtos vendidos (cpv)
 
Contabilidade lançamentos
Contabilidade lançamentosContabilidade lançamentos
Contabilidade lançamentos
 
Contabilizacao compras
Contabilizacao comprasContabilizacao compras
Contabilizacao compras
 
2 demonstrações financeiras
2   demonstrações financeiras2   demonstrações financeiras
2 demonstrações financeiras
 
Questoes 101 a_300
Questoes 101 a_300Questoes 101 a_300
Questoes 101 a_300
 
Razonete, balancete e balanço
Razonete, balancete e balançoRazonete, balancete e balanço
Razonete, balancete e balanço
 
Ccnccap9 fluxo caixa
Ccnccap9 fluxo caixaCcnccap9 fluxo caixa
Ccnccap9 fluxo caixa
 
Contabilidade i resumo 00
Contabilidade i   resumo 00Contabilidade i   resumo 00
Contabilidade i resumo 00
 
Recurso%20 Iss Rj
Recurso%20 Iss RjRecurso%20 Iss Rj
Recurso%20 Iss Rj
 
Balancetes e razonetes cap 11
Balancetes e razonetes cap 11Balancetes e razonetes cap 11
Balancetes e razonetes cap 11
 
Aula 08 regimes contábeis
Aula 08   regimes contábeisAula 08   regimes contábeis
Aula 08 regimes contábeis
 

Semelhante a Operações com duplicatas (parte2)

Semelhante a Operações com duplicatas (parte2) (20)

Operações com duplicatas
Operações com duplicatasOperações com duplicatas
Operações com duplicatas
 
Exercicios resolvidos lançamentos
Exercicios resolvidos lançamentosExercicios resolvidos lançamentos
Exercicios resolvidos lançamentos
 
Aula10
Aula10Aula10
Aula10
 
Lancamentos contabeis 28 tipos-parte2
Lancamentos contabeis 28 tipos-parte2Lancamentos contabeis 28 tipos-parte2
Lancamentos contabeis 28 tipos-parte2
 
Lancamentos contabeis 28 tipos-parte2
Lancamentos contabeis 28 tipos-parte2Lancamentos contabeis 28 tipos-parte2
Lancamentos contabeis 28 tipos-parte2
 
Erros de escrituração
Erros de escrituraçãoErros de escrituração
Erros de escrituração
 
Contabilidade 10
Contabilidade 10Contabilidade 10
Contabilidade 10
 
Contabilização dos ajustes solucao
Contabilização dos ajustes solucaoContabilização dos ajustes solucao
Contabilização dos ajustes solucao
 
Questoes resolvidas contabeis
Questoes resolvidas contabeisQuestoes resolvidas contabeis
Questoes resolvidas contabeis
 
Contas
ContasContas
Contas
 
Palestra capital de giro
Palestra capital de giroPalestra capital de giro
Palestra capital de giro
 
Escrituracao
EscrituracaoEscrituracao
Escrituracao
 
DOC_CONTÁBIL_Lançamentos Contábeis.docx
DOC_CONTÁBIL_Lançamentos Contábeis.docxDOC_CONTÁBIL_Lançamentos Contábeis.docx
DOC_CONTÁBIL_Lançamentos Contábeis.docx
 
Razonetes cap i 2015
Razonetes cap i 2015Razonetes cap i 2015
Razonetes cap i 2015
 
Descontos concedidos e obtidos
Descontos concedidos e obtidosDescontos concedidos e obtidos
Descontos concedidos e obtidos
 
Contabilidade i exercício 13 - desp antecip depreciação
Contabilidade i   exercício 13 - desp antecip depreciaçãoContabilidade i   exercício 13 - desp antecip depreciação
Contabilidade i exercício 13 - desp antecip depreciação
 
Exercício laboratório de gestão contábil
Exercício laboratório de gestão contábilExercício laboratório de gestão contábil
Exercício laboratório de gestão contábil
 
Aula01contabil
Aula01contabilAula01contabil
Aula01contabil
 
Contabilidade para não contadores
Contabilidade para não contadoresContabilidade para não contadores
Contabilidade para não contadores
 
Recurso iss rj
Recurso iss rjRecurso iss rj
Recurso iss rj
 

Mais de Danielle Karla

2017.1blogs palestra curso 1
2017.1blogs palestra curso 12017.1blogs palestra curso 1
2017.1blogs palestra curso 1Danielle Karla
 
Loteamento eco parque josé felipe
Loteamento eco parque josé felipeLoteamento eco parque josé felipe
Loteamento eco parque josé felipeDanielle Karla
 
Operações com mercadorias
Operações com mercadoriasOperações com mercadorias
Operações com mercadoriasDanielle Karla
 
Blá bla bla das finanças
Blá bla bla das finançasBlá bla bla das finanças
Blá bla bla das finançasDanielle Karla
 
Curso Construção de Blogs - parte 1 (introdução)
Curso  Construção de Blogs - parte 1 (introdução)Curso  Construção de Blogs - parte 1 (introdução)
Curso Construção de Blogs - parte 1 (introdução)Danielle Karla
 
Uso educativo-dos-blogs-23608
Uso educativo-dos-blogs-23608Uso educativo-dos-blogs-23608
Uso educativo-dos-blogs-23608Danielle Karla
 
Estoque de mercadorias
Estoque de mercadoriasEstoque de mercadorias
Estoque de mercadoriasDanielle Karla
 
Apresentação blogs educativos palestra
Apresentação blogs educativos palestraApresentação blogs educativos palestra
Apresentação blogs educativos palestraDanielle Karla
 
Apresentação juros compostos
Apresentação juros compostosApresentação juros compostos
Apresentação juros compostosDanielle Karla
 

Mais de Danielle Karla (11)

2017.1blogs palestra curso 1
2017.1blogs palestra curso 12017.1blogs palestra curso 1
2017.1blogs palestra curso 1
 
Loteamento eco parque josé felipe
Loteamento eco parque josé felipeLoteamento eco parque josé felipe
Loteamento eco parque josé felipe
 
Operações com mercadorias
Operações com mercadoriasOperações com mercadorias
Operações com mercadorias
 
Blá bla bla das finanças
Blá bla bla das finançasBlá bla bla das finanças
Blá bla bla das finanças
 
História do dinheiro
História do dinheiroHistória do dinheiro
História do dinheiro
 
Exercicios jc aula 1
Exercicios jc aula 1Exercicios jc aula 1
Exercicios jc aula 1
 
Curso Construção de Blogs - parte 1 (introdução)
Curso  Construção de Blogs - parte 1 (introdução)Curso  Construção de Blogs - parte 1 (introdução)
Curso Construção de Blogs - parte 1 (introdução)
 
Uso educativo-dos-blogs-23608
Uso educativo-dos-blogs-23608Uso educativo-dos-blogs-23608
Uso educativo-dos-blogs-23608
 
Estoque de mercadorias
Estoque de mercadoriasEstoque de mercadorias
Estoque de mercadorias
 
Apresentação blogs educativos palestra
Apresentação blogs educativos palestraApresentação blogs educativos palestra
Apresentação blogs educativos palestra
 
Apresentação juros compostos
Apresentação juros compostosApresentação juros compostos
Apresentação juros compostos
 

Último

Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptxpamelacastro71
 
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mimJunto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mimWashingtonSampaio5
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira partecoletivoddois
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileirosMary Alvarenga
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzparte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzAlexandrePereira818171
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadodanieligomes4
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 

Último (20)

Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptxAula 1, 2  Bacterias Características e Morfologia.pptx
Aula 1, 2 Bacterias Características e Morfologia.pptx
 
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mimJunto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
Junto ao poço estava eu Quando um homem judeu Viu a sede que havia em mim
 
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parteDança Contemporânea na arte da dança primeira parte
Dança Contemporânea na arte da dança primeira parte
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
19 de abril - Dia dos povos indigenas brasileiros
 
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptxSlides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
Slides Lição 2, Central Gospel, A Volta Do Senhor Jesus , 1Tr24.pptx
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzparte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
parte indígena.pptxzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoadoA população Brasileira e diferença de populoso e povoado
A população Brasileira e diferença de populoso e povoado
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 

Operações com duplicatas (parte2)

  • 1. Operações com Duplicatas (parte 2) Prof. MS. Danielle Karla Contabilidade II
  • 2. Operações com Duplicatas A duplicata é um Título de crédito que pode ser emitido pelas empresas sempre que efetuarem vendas de mercadorias a prazo. Duplicatas Fatura
  • 3. Operações com Duplicatas COBRANÇA SIMPLES: 1.1 Com quitação normal; 1.2 Com quitação na empresa; 1.3 Sem quitação na data do pagamento. 2. DESCONTO DE DUPLICATAS. 3. EMPRÉSTIMO MEDIANTE CAUÇÃO DE DUPLICATAS.
  • 4. Exemplo – Operação de duplicatas com quitação normal. A empresa X, enviou através do borderô nº 05 valor R$ 1.000,00, uma remessa de duplicatas ao banco JJ para cobrança simples . O banco cobrou R$ 50,00 de comissões e taxas. Contabilizar o fato. Pela remessa dos Títulos ao banco: D- Títulos em cobrança C- Endosso para cobrança R$ 1.000,00 Pelo registro das Despesas: D- Despesas Bancárias C- Banco c/ Movimento R$ 50,00
  • 5. Exemplo – Operação de duplicatas com quitação normal. Após o vencimento o banco comunica a quitação total dos títulos Baixa da compensação – Quitação D- Endosso p/ cobrança C- Títulos em cobrança R$ 1.000,00 Baixa pelo recebimento das Duplicatas D- Banco c/ Movimento C- Duplicatas a receber
  • 6. Exemplo – Operação de duplicatas com quitação na empresa. Com quitação na empresa O cliente Marcos, pagou na empresa a importância de R$ 100,00 referente à duplicata de seu aceite, nº 01, a qual se encontra em cobrança, através do borderô 05. Pelo recebimento do título– Quitação D- Caixa C- Duplicatas a receber R$ 100,00 Baixa do título junto ao banco D- Endosso p/ cobrança C- Títulos em cobrança R$ 100,00
  • 7. Sem quitação na data do pagamento Após o vencimento das duplicatas, o banco devolve cinco delas, R$ 400,00 representando o total que não foram quitadas no vencimento. O banco devolve para a empresa os títulos; A empresa procede dando baixa nas contas de compensação. D- Endosso p/ cobrança C- Títulos em cobrança R$ 400,00 Exemplo – Operação de duplicatas Sem quitação na data do vencimento
  • 8. Consiste na transferência dos títulos ao banco, onde a empresa recebe o valorpré-estabelecido e transfere ao bando o direito de cobrança dos títulos. Desconto de Duplicatas A empresa fica responsável pela liquidação dos títulos , caso os devedores não efetuem o pagamento.
  • 9. Desconto de Duplicatas Desconto de Duplicatas com quitação normal Uma empresa Desconta no Banco Urupês S/A, dez duplicatas de sua emissão, conforme relação (borderô), no valor nominal total de R$ 1.000,00. O banco cobra R$ 150,00 de juros e R$ 30,00 de comissões e taxas. Teremos: Valor Nominal do Título R$ 1.000,00 Juros (R$ 180,00) Despesas Bancárias (R$ 30,00) Valor atual dos Títulos R$ 820,00 Valor a receber OPERAÇÃO PREFIXADA
  • 10. Desconto de Duplicatas Contabilização Pela remessa dos títulos e respectiva operação de desconto: D- BANCO C/ MOVIMENTO(URUPÊS) R$ 820,00 D- JUROS PASSIVOS A VENCER R$ 150,00 D- DESPESAS BANCÁRIAS R$ 30,00 C- DUPLICATAS DESCONTADAS R$ 1.000,00 CONTA RETIFICADORA DO ATIVO, REDUTORA DA CONTA DUPLICATAS A RECEBER (OBRIGAÇÃO DA EMPRESA JUNTO AO BANCO)
  • 11. Desconto de Duplicatas Quitação das duplicatas: (todas duplicatas quitadas) D- DUPLICATAS DESCONTADAS C- DUPLICATAS A RECEBER R$ 1.000,00 Apropriação das Despesas Antecipadas D- JUROS PASSIVOS C- JUROS PASSIVOS A VENCER R$ 150,00
  • 12. Duplicatas descontadas não quitadas no vencimento Após o vencimento o banco comunica o não recebimento de uma duplicata de R$ 100,00 e a retirada deste valor da conta corrente da empresa. D- DUPLICATAS DESCONTADAS C- BANCO C/ MOVIMENTO R$ 100,00
  • 13. Uma duplicata de R$ 100,00, o banco cobra R$ 5,00 de comissão para cobrança. 1)Baixa da obrigação e pagamento ao banco: D- DUPLICATAS DESCONTADAS C- BANCO C/ MOVIMENTO R$ 100,00 2)Registro da compensação pela cobrança e despesas: D- DUPLCATAS EM COBRANÇA C- ENDOSSO P/ COBRANÇA R$ 100,00 D- DESPESAS BANCÁRIAS C – BANCO C/ MOVIMENTO R$ 5,00 Duplicatas descontadas com transferência para cobrança simples
  • 14. Duplicatas descontadas com quitação na empresa O senhor João Pedro pagou na empresa R$ 100,00. Contabilização 1) Pelo recebimento D- CAIXA C- DUPLICATAS A RECEBER R$ 100,00 2) Comunica ao banco e autorização de devolução do valor D- DUPLICATAS DESCONTADAS C- BANCO C/ MOVIMENTO R$ 100,00
  • 15. EMPRÉSTIMO MEDIANTE CAUÇÃO DE DUPLICATAS A caução de títulos é uma operação financeira à qual a empresa recorre para ter numerário disponível para suas atividades. Na caução de títulos há um contrato lavrado entre a empresa e o banco, ficando assim pré-estabelecido: O valor que a empresa terá direito por um determinado número de meses; O valor dos títulos que a empresa oferecerá ao banco; O percentual que a empresa poderá sacar , entre 70 e 80% do total dos títulos caucionados; Os encargos da empresa em relação ao contrato e aos títulos caucionados.
  • 16. Duplicatas Caucionadas A empresa Comercial JJ, contrata com o banco do Brasil S/A a abertura de um crédito, por contrato de caução de duplicatas, pelo prazo de sei meses, no valor de R$ 240.000,00 e compromete-se a manter em cobrança caucionada o valor de R$ 300.000,00 em duplicatas de sua emissão. O banco cobrou as despesas: Comissão sobre o contrato R$ 3.000,00 Comissão sobre a cobrança das duplicatas R$ 1.500,00
  • 17. Duplicatas Caucionadas Pela remessa de duplicatas para caução (contas de compensação) D- DUPLICATAS EM CAUÇÃO BANCÁRIA C- CAUÇÃO BANCÁRIA DE DUPLICATAS R$ 300.000,00 Pela liberação do crédito (80% do total caucionado) D- BANCO C/ MOVIMENTO(BB) C- BANCO C/ CAUÇÃO R$ 240.000,00
  • 18. Duplicatas Caucionadas Comissão cobrada pelo Banco: Sobre o contrato D- DESPESAS BANCÁRIAS C- BANCO C/ MOVIMENTO R$ 3.000,00 Sobre a cobrança das duplicatas caucionadas D- DESPESAS BANCÁRIAS C- BANCO C/ MOVIMENTO R$ 1.500,00
  • 19. Duplicatas Caucionadas Comunicado do banco do recebimento das duplicatas: (quitação) Baixa pelo registro de duplicatas D- BANCO C/ CAUÇÃO C- DUPLICATAS A RECEBER R$ 300.000,00 Baixa na conta de compensação D- CAUÇÃO BANCÁRIA DE DUPLICATAS C- DUPLICATAS EM CAUÇÃO BANCÁRIA R$ 300.000,00
  • 20. Duplicatas Caucionadas Devolução do banco para a empresa (20% restante dos títulos caucionados) D- BANCO C/ MOVIMENTO(BB) C- BANCO C/ CAUÇÃO R$ 60.000,00