Recursos Oficinais, Ótica - Ferramentas

2.510 visualizações

Publicada em

30 diapositivos -1 (capa)

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.510
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
51
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Recursos Oficinais, Ótica - Ferramentas

  1. 1. 2012
  2. 2. FERRAMENTAS As “ferramentas de balcão” devem estar localizadas á mão do técnico ou vendedor para fazer serviços rápidos como por exemplo apertar hastes, parafusos, ajustar a armação e mudar plaquetes.
  3. 3.  Chave de fenda / cabo em  Chave de estrela / cabo em alumínio ponta em aço alumínio ponta em aço
  4. 4.  Chave de porca  Chave em forma de anzol, função puxa fio/ cabo em alumínio ponta em aço
  5. 5.  Pinça para extração  Pinça de pontas finas de plaquetas
  6. 6.  Pinça de material  Pinça de material Inox reta Inox curva
  7. 7.  Pinça Cruzada lisa  Pinça Cruzada com porta parafuso
  8. 8. ALICATES Alicate para corte comum  Alicate de corte para 2 tamanhos, 135/145mm
  9. 9.  Alicate de bico chato  Alicate de comprimir mola para ajuste de pontes da haste facilitando colocação de parafuso
  10. 10.  Alicate para inserir  Alicate para buchas nas lentes desbloquear ventosa policarbonato
  11. 11.  Alicate para ajuste -  Alicate de bico cónico Bico Fico
  12. 12.  Alicate para ajuste de  Alicate de bico fino aro chato
  13. 13.  Alicate gira lentes  Alicate de bico fino chato curvo
  14. 14. MEDIDAS E MEDIÇÕES Conceitos das lentes Lentes Esféricas  Lentes Asféricas São lentes que têm  São lentes de forma forma de esfera ou mais plana. metade. Lentes Tóricas – São lentes que têm cilindro na sua graduação, destinam-se a pessoas com astigmatismo.
  15. 15. POTENCIA FOCAL Lentes Positivas  Lentes Negativas A luz é convergida, A luz é divergida, ponto focal real ponto focal virtual
  16. 16. DIOPTRIAS A potência de uma lente mede-se em dioptrias (desde -25 a 25 dioptrias). Quanto maior for a quantidade de dioptrias tanto no campo negativo como positivo, maior é a graduação da lente.
  17. 17. DISTÂNCIAS NASO PUPILARES (DNP) & DISTÂNCIAS INTERPUPILARES (DIP) A distância Naso Pupilar é um valor utilizado pelos técnicos oculares para a correta montagem das suas lentes. A distância interpupilar (DIP) é usado para a distância anatômica entre os centros das pupilas. Essa distância é medida com os olhos na posição principal do olhar, olhando para o infinito.
  18. 18. EQUIPAMENTO  Identificação de equipamento e componentes Ventilete – Serve para  Biseladora – Serve para aquecer partes da dar um acabamento final á armação para ajustes. lente depois do corte.
  19. 19.  Ranhuradora Nylor – Serve  Mesa de soldar + conjunto – serve para fazer o rasgo em toda a para soldar armações que se volta para a lente de um nylor partiram
  20. 20.  Equipamento de furagem –  Tabuleiros Óticos – Servem Serve principalmente para para manter os serviços furar lentes para um grife organizados
  21. 21.  Aparelho de ultrassons – Serve para limpar armações
  22. 22. COMPONENTES Plaquetas em PVC de fixação  Plaquetas de PVC de fixação por parafuso por encaixe
  23. 23.  Plaqueta anatómica  Pontes anatómicas
  24. 24.  Hastes  Terminais
  25. 25. Porcas, Parafusos, Anilhas e Buchas  Parafuso de ensaioConjunto de parafusos Anilha Bucha Porca
  26. 26. FOCÓMETRO Focómetro manual, Frontofocómetro, utilizado para marcar focómetro eletrónico as lentes oftálmicas
  27. 27. CÁLCULO DA POTÊNCIA DE UMA LENTE A distância do foco à lente é chamada distância focal e representa-se pelo símbolo f. no caso das lentes divergentes esta distância é negativa e nas lentes convergentes esta distância é positiva. Fórmula para o calculo da potência de uma lente
  28. 28. APLICAÇÃO  Exemplo: Determina a potência de uma lente divergente cuja distância focal é f = -20 cm. Temos que reduzir a distância focal a metros (unidade SI). Então f = 0,2 m.
  29. 29.  Transposição ou Transposta é o calculo que se faz quando se passa uma graduação de cilindro positivo para negativo ou vice-versa. O cilindro fica sempre o mesmo apenas é alterado na simetria. O valor da esfera é calculado através da soma ou subtração ente a esfera e o cilindro. Quanto ao eixo, se for inferior a 90 adicionamos 90, se for superior a 90 subtraímos 90. O máximo que pode atingir é 180. 180=0.
  30. 30. PUPILÓMETRO Distancia Naso Pupilar (DNP) Distancia entre centro ótico e cana do nariz. Valor que serve para determinar o centro ótico e a utilizar no corte das lentes. Distancia Interpupilar (DIP)  Distancia entre os centros óticos

×