Lentes multifocais

1.526 visualizações

Publicada em

LENTES MULTIFOCAIS

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

Lentes multifocais

  1. 1. LENTES MULTIFOCAIS DAVYSON SAMPAIO BRAGA
  2. 2. O que é uma lente multifocal? • Se traduz pelo próprio nome: • Incluema as lentes: trifocais, progressivas e semiprogressiva focalMulti Vários Focos
  3. 3. Presbiopia • Presby = idoso; ops = olho (olho idoso) • Alteração natural da visão; +- 40ª • CRISTALINO = Perde a elasticidade, encurva-se de forma insuficiente e perde a capacidade de acomodação, resultando em uma crescente dificuldade para ver de perto • TRATAMENTO: • Emétrope: visão simples ou semi-progressivas • Amétrope: progressivas ou bifocais ou trifocais
  4. 4. Como funciona uma multifocal? Na prática os multifocais fazem a transição do campo de visão de longe para perto através do corredor progressivo, sem o salto de imagem ocasionado pelos bifocais. Estrutura da lente Como o usuário enxerga
  5. 5. -1,00 +0,50 +2,00 +2,00 PROGRESSIVA TRIFOCAL -1,00 XX XX AD: +3,00
  6. 6. BIFOCAL X PROGRESSIVA
  7. 7. Tipos de multifocais • Os multifocais evoluíram bastante nos últimos anos: MATERIAL E DESENHO • Desenho único ao surgimento • Hoje trabalhamos com 3 desenhos básicos mais a linha digital, que nos dá uma possibilidade quase ilimitada de desenhos, personalizando cada vez mais para os usuários, melhorando a performance dos multifocais.
  8. 8. Hard Design Chamado no Brasil de desenho duro, este desenho tem como característica um amplo campo de longe, um corredor progressivo curto, e um bom campo de perto, como podemos ver no desenho abaixo. Amplo campo de longe Corredor progressivo curto Bom campo de perto
  9. 9. Soft Design Como a tradução do próprio nome diz, este é um desenho suave, que começa a equilibrar mais os campos, tendo um bom campo para longe, uma melhor progressão e também um bom campo para perto. Bom campo de longe Melhor corredor progressivo Bom campo de perto
  10. 10. Multidesign Com o surgimento do multidesign, começa a variação de desenho por grupo de adição e até mesmo por adição, com campos de longe e perto bem definidos e corredor progressivo mais suaves. Campo de longe bem definido Corredor progressivo suave Campo de perto bem definido
  11. 11. Montagem Obviamente como toda lente deve se respeitar a DNP, ou DP. Assim temos o alinhamento horizontal e vertical do centro óptico
  12. 12. Mas onde está o centro óptico no multifocal? Todo multifocal, independente de tradicional ou digital, seguem um mesmo padrão de estrutura Lado temporal marcação do valora da adição Lado nasal marcação identificando o multifocal O centro óptico nos multifocais Ficam 2 ou 4 mm acima do centro entre as duas marcações, este ponto É chamado de cruz de montagem. Montagem
  13. 13. Montagem
  14. 14. Após a montagem as marcações devem ficar alinhadas, por isso deve se tomar muito cuidado na hora da blocagem. Montagem
  15. 15. Afacia • Ausência da lente do olho • Alta hipermetropia (+19) – somado a refração prévia • Incapacidade de focalização • Afacia Monocular: Aniseiconia (diplopia e ambliopia) • Olhos afácicos: maior volume aquoso, CA profunda, iridodonese
  16. 16. OBRIGADO

×