A revolução francesa ocorreu
entre 1789 e 1799 na França,
provocando grandes mudanças
sociais e políticas no país.
Depois ...
• EM 1789 A POPULAÇÃO FRANCESA ESTAVA DIVIDIDA EM
TRÊS ORDENS: CLERO, NOBREZA E O RESTANTE DA
POPULAÇÃO
 PRIMEIRO ESTADO:...
o TERCEIRO ESTADO :
• Camponeses – trabalhadores rurais
• Sans-culottes – camada social urbana
• Pequena burguesia – peque...
• O CLERO E A NOBREZA TINHAM VÁRIOS PRIVILÉGIOS: NÃO PAGAVAM
IMPOSTOS, RECEBIAM PENSÕES DO ESTADO E PODIAM EXERCER
CARGOS ...
• SITUAÇÃO
• Miséria e fome
• Crise no setor têxtil
• Crise nas finanças públicas – maior cobrança de impostos da
burguesi...
• OS MEMBROS DO TERCEIRO ESTADO PASSARAM A
REIVINDICAR A IGUALDADE DE TODOS OS SETORES.
• Combater o absolutismo.
• Reestr...
•SENTINDO-SE PRESSIONADOS, A NOBREZA E O CLERO
PRESSIONARAM O REI LUÍS XVI A CONVOCAR A
ASSEMBLEIA DOS ESTADOS GERAIS
• In...
JURAMENTODOJOGODAPELA–JACQUES-
LOUISDAVID(1791)
Os deputados
das três
ordens
proclamaram
a instalação
da Assembléia
Nacion...
• TOMADA DA BASTILHA
UMA MULTIDÃO INVADIU E TOMOU A
PRISÃO DA BASTILHA (SÍMBOLO DO
PODER ABSOLUTO DO REI).
LIBERTARAM OS P...
"NO SÉCULO XVII TORNOU-SE UMA PRISÃO PARA NOBRES OU
LETRADOS, ADVERSÁRIOS POLÍTICOS, AQUELES QUE SE OPUNHAM AO
GOVERNO OU ...
• A ASSEMBLEIA NACIONAL CONSTITUINTE FOI FORÇADA A
TOMAR MEDIDAS IMEDIATAS PARA ACALMAR O ÂNIMO DOS
GRUPOS REVOLUCIONÁRIOS...
o MEDIDAS :
• Fim dos direitos senhoriais sobre os camponeses.
• Fim dos privilégios tributários do clero e da nobreza.
• ...
• PROCLAMAÇÃO DA
DECLARAÇÃO DOS DIREITOS DO
HOMEM E DO CIDADÃO.
RESPEITO PELA DIGNIDADE DAS
PESSOAS , LIBERDADE E IGUALDAD...
o MONARQUIA CONSTITUCIONAL
• 1791 – 1ª Constituição da França.
• A França tornava-se uma monarquia constitucional.
• Igual...
• FORÇAS CONTRAREVOLUCIONÁRIAS
• O rei Luís XVI conspirava contra a revolução.
• Restabelecimento da monarquia absolutista...
•REPÚBLICA
• Forças políticas:
Girondinos –
• Representantes da alta burguesia.
• Temiam que as camadas populares tomassem...
• QUANDO O REI FOI LEVADO A JULGAMENTO, A
CORRENTE JACOBINA VENCEU E ELE FOI CONDENADO À
PENA DE MORTE, LUÍS XVI FOI GUILH...
• DITADURA JACOBINA
• A execução do rei provocou a revolta dos girondinos e a
reorganização das forças que defendiam o abs...
Revolução Francesa - Prof. Altair Aguilar
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Revolução Francesa - Prof. Altair Aguilar

318 visualizações

Publicada em

História

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
318
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Revolução Francesa - Prof. Altair Aguilar

  1. 1. A revolução francesa ocorreu entre 1789 e 1799 na França, provocando grandes mudanças sociais e políticas no país. Depois de um longo processo o Antigo Regime foi destruído e os privilégios por nascimento destruídos. Marco do fim da Idade Moderna e início da Idade Contemporânea.
  2. 2. • EM 1789 A POPULAÇÃO FRANCESA ESTAVA DIVIDIDA EM TRÊS ORDENS: CLERO, NOBREZA E O RESTANTE DA POPULAÇÃO  PRIMEIRO ESTADO: • Alto clero – bispos, abades ( vindos de famílias nobres ) • Baixo clero – sacerdotes  SEGUNDO ESTADO : • Nobreza Nobreza cortesã – pessoas que viviam em torno do rei . Nobreza provincial – nobres que viviam nas províncias Nobreza de toga – burgueses ricos que compravam títulos de nobreza
  3. 3. o TERCEIRO ESTADO : • Camponeses – trabalhadores rurais • Sans-culottes – camada social urbana • Pequena burguesia – pequenos comerciantes e artesãos • Média burguesia – médicos, advogados, professores • Alta burguesia – banqueiros, grandes empresários
  4. 4. • O CLERO E A NOBREZA TINHAM VÁRIOS PRIVILÉGIOS: NÃO PAGAVAM IMPOSTOS, RECEBIAM PENSÕES DO ESTADO E PODIAM EXERCER CARGOS PÚBLICOS OS BURGUESES ENRIQUECIAM POR MEIO DE ATIVIDADES COMO O COMÉRCIO E A INDÚSTRIA. EMBORA ESTIVESSEM ACUMULANDO CRESCENTE PODER ECONÔMICO, NÃO TINHAM O PODER POLÍTICO, POR CAUSA DO ABSOLUTISMO.
  5. 5. • SITUAÇÃO • Miséria e fome • Crise no setor têxtil • Crise nas finanças públicas – maior cobrança de impostos da burguesia. • Terceiro Estado sustentava economicamente, por meio do pagamento de impostos, os outros dois Estados. Ao mesmo tempo, era ignorado nas decisões políticas.
  6. 6. • OS MEMBROS DO TERCEIRO ESTADO PASSARAM A REIVINDICAR A IGUALDADE DE TODOS OS SETORES. • Combater o absolutismo. • Reestruturação no Estado que favorecesse o desenvolvimento do capitalismo. • A excessiva intervenção na economia. • Acabar com os privilégios da nobreza e do clero.
  7. 7. •SENTINDO-SE PRESSIONADOS, A NOBREZA E O CLERO PRESSIONARAM O REI LUÍS XVI A CONVOCAR A ASSEMBLEIA DOS ESTADOS GERAIS • Instituição parlamentar antiga que tinha a participação de representantes das três ordens. • Sistema de votação era feito por ordem. • Favoreceu os interesses da burguesia. • Grande participação popular ( as massas camponesas e urbanas tiveram, pela primeira vez, a chance de demonstrar todo o seu descontentamento). • Princípio da soberania nacional contra a monarquia absoluta de direito divino.
  8. 8. JURAMENTODOJOGODAPELA–JACQUES- LOUISDAVID(1791) Os deputados das três ordens proclamaram a instalação da Assembléia Nacional Constituinte
  9. 9. • TOMADA DA BASTILHA UMA MULTIDÃO INVADIU E TOMOU A PRISÃO DA BASTILHA (SÍMBOLO DO PODER ABSOLUTO DO REI). LIBERTARAM OS PRESOS (INIMIGOS POLÍTICOS DA MONARQUIA FRANCESA) SE APROPRIARAM DAS ARMAS DIANTE DA ENORME MANIFESTAÇÃO POPULAR O REI RECONHECEU A LEGITIMIDADE DA ASSEMBLÉIA NACIONAL CONSTITUINTE.
  10. 10. "NO SÉCULO XVII TORNOU-SE UMA PRISÃO PARA NOBRES OU LETRADOS, ADVERSÁRIOS POLÍTICOS, AQUELES QUE SE OPUNHAM AO GOVERNO OU MESMO À RELIGIÃO OFICIAL. MESMO ABRIGANDO 7 MIL PRISIONEIROS NO DIA 14 DE JULHO, FOI INVADIDA PELO POVO"
  11. 11. • A ASSEMBLEIA NACIONAL CONSTITUINTE FOI FORÇADA A TOMAR MEDIDAS IMEDIATAS PARA ACALMAR O ÂNIMO DOS GRUPOS REVOLUCIONÁRIOS.  Massacre aos nobres e tomada de seus bens.  Castigo aos nobres: tortura, enforcamento.  Esses episódios ficaram conhecidos como Grande Medo.
  12. 12. o MEDIDAS : • Fim dos direitos senhoriais sobre os camponeses. • Fim dos privilégios tributários do clero e da nobreza. • Extinção do regime feudal na França. • Redução do poder clero. • A Assembleia Nacional Constituinte confiscou terras da Igreja e subordinou o clero à autoridade do Estado.
  13. 13. • PROCLAMAÇÃO DA DECLARAÇÃO DOS DIREITOS DO HOMEM E DO CIDADÃO. RESPEITO PELA DIGNIDADE DAS PESSOAS , LIBERDADE E IGUALDADE DOS CIDADÃOS , DIREITO À PROPRIEDADE INDIVIDUAL, DIREITO DE RESISTÊNCIA À OPRESSÃO POLÍTICA , LIBERDADE DE PENSAMENTO E OPINIÃO
  14. 14. o MONARQUIA CONSTITUCIONAL • 1791 – 1ª Constituição da França. • A França tornava-se uma monarquia constitucional. • Igualdade jurídica (organização social). • Liberdade de produção e de comércio (sem interferência do estado ). • Separação entre Estado e Igreja , Criação de três poderes ( Legislativo, Executivo e Judiciário). • Representatividade popular através do voto. • Fim dos poderes absolutos
  15. 15. • FORÇAS CONTRAREVOLUCIONÁRIAS • O rei Luís XVI conspirava contra a revolução. • Restabelecimento da monarquia absolutista. • Fuga do rei. • 20 de setembro de 1792 – Batalha de Valmy. • Proclamação da República. • Assembléia dissolvida – criação da Convenção Nacional. • Nova Constituição para a França (caráter republicano).
  16. 16. •REPÚBLICA • Forças políticas: Girondinos – • Representantes da alta burguesia. • Temiam que as camadas populares tomassem o controle da revolução. • Defendiam o rei. o Jacobinos – • Representantes da pequena e média burguesia e proletariado. • Defendiam posições radicais e de interesse popular. • Condenação do rei à morte. • Planície – burguesia oportunista.
  17. 17. • QUANDO O REI FOI LEVADO A JULGAMENTO, A CORRENTE JACOBINA VENCEU E ELE FOI CONDENADO À PENA DE MORTE, LUÍS XVI FOI GUILHOTINADO EM 21 DE JANEIRO DE 1793
  18. 18. • DITADURA JACOBINA • A execução do rei provocou a revolta dos girondinos e a reorganização das forças que defendiam o absolutismo. • Comitê de Salvação Pública - controle do exército e da administração do país. • Tribunal Revolucionário – punir os traidores da revolução. • Ditatura dos jacobinos – liderados por Robespierre. • • Período do Terror.

×