Diversidade brasileira

605 visualizações

Publicada em

Seguindo a proposta, os alunos fizeram um trabalho sobre Variedades Linguísticas. Nessa apresentação mostramos o preconceitos com certas partes do país.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
605
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
5
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Diversidade brasileira

  1. 1. Diversidade Brasileira
  2. 2. Introdução No Brasil, existem diversos tipos de sotaques e jeitos diferentes de se dizer certas palavras. Isso se chama Variedades Linguísticas. Recebemos uma proposta da Profª Andrea para retrata-las em uma apresentação. Nesse PowerPoint, exibimos os preconceitos com essas diversidades, uma coisa estranha em um país tão miscigenado.
  3. 3. Os comunzão, sô! No Brasil, existem milhares de jeitos de se falar o português. Alguns jeitos, parecem até serem outra língua.. Você tem que sentar pra pensar, ou então vai ficar: “Que que isso meu filho? Dá pra traduzir?”
  4. 4. Baianos Os baianos são os mais conhecidos e normalmente os mais ofendidos. A própria palavra “baianos” é usada como um xingamento nas grandes cidades. O dialeto é engraçado para nós: Baiano não aperta, ele “arroxa” Baiano não sai apressado, ele sai “desembestado” Ô Mainha! ABRIRAM A PORTA DO CEMITÉRIO! Sai daqui que eu tô apoquentado!
  5. 5. Cariocas São os famosos “Argentinos Brasileiros”: Recebe preconceito de todos os cantos. Essex mouxquitox tão de matarrrr brother Mó caôzada Vô te da um porradão! Que isso lexk? Ai que badalo!
  6. 6. Gaúcho Tem fama de homossexual. Você já deve ter ouvido falar.. Você já ouviu “Robocop Gay”? É famoso pelo chimarrão também. Uma região muito amada por muitos. Tri legal tchê! O véinho esticou a canela!
  7. 7. Conclusão O Brasil como país colonizado, possui muitas diferenças. O que deveria nos tornar um povo mais unido e sem xenofobia e preconceitos, na verdade, nos separa. Se você quer observar diferenças, esse é o seu lugar; porém, se você quer encontrar aceitação, procure outro lugar: Nós ainda temos muito a melhorar.

×