Exemplos Sl

579 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
579
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Exemplos Sl

  1. 1. COMO?<br />criar um espaço próprio <br />desenvolver<br /><ul><li> conteúdos,
  2. 2. capacidades
  3. 3. habilidades</li></ul> um clube ou uma sala de aula<br />A partir do momento em que se tem o terreno digital virtual, pode-se iniciar a construção com as ferramentas próprias do SecondLife<br /> Esse espaço pode ser público, aberto a todos os que visitarem a ilha ou ser restrito a um grupo predefinido<br />Existem três formas<br /><ul><li>alugar um espaço numa ilha
  4. 4. comprar um espaço numa ilha</li></li></ul><li>Diferente dos outros programas de aula (on e offline), o SL é uma plataforma que permite a transmissão de conhecimento por meio da experiência fenomenológica, por meio de uma plataforma única de educação à distância (ou não) professores e alunos podem vivenciar um ato, um momento histórico, uma acção, um espaço – seja ele qual for.<br />o aluno acede à plataforma,<br />aterra numa plantação de maçãs<br />conhece sua história através de imagens<br />Aprende <br /><ul><li>como nasce a maçã,
  5. 5. como chega até nossas casas
  6. 6. Como podem ser contadas (kg, gramas...)
  7. 7. como funciona a matemática da venda,</li></ul> Aprende<br /><ul><li> as especificidades geográficas do cultivo da maçã
  8. 8. O seu significado
  9. 9. a sua grafia e pronúncia em diversas línguas.</li></ul>O ensino da palavra maçã<br />. O aluno visualiza a maçã, aprende seu significado, sua grafia e pronúncia. Assim como na first-life, por meio do SL este mesmo aluno pode adquirir conhecimento sobre a palavra maçã de forma mais intuitiva, lúdica e plural.<br />Em cada espaço que o aluno passar na fazenda da maçã pode escutar sua história e conteúdo pré-programado.<br />como linguagem instrumental o SL permitirá ao aluno uma forma diferente de participação.<br />O aluno não estará limitado somente a ver imagens, ele poderá vivenciar o espaço em que a experiência transmite o conhecimento<br />
  10. 10. o SecondLife propicia uma viagem em busca do conhecimento, na qual o aluno vivencia o conhecimento na prática e não somente na teoria, como os projetos de educação presencial e à distância permitem<br />O aluno conviverá dentro da realidade virtual com a imagem real da informação, podendo num só momento aliar a imagem ao texto informativo, refletir, questionar e fazer anotações.<br />viagens online para conteúdos pedagógicos permitirão em seu retorno inúmeras atividades em salas de aula, com níveis variáveis de dificuldades.<br />
  11. 11. opções de projetoseducacionais no SL:<br />1- A escola adquire o seu espaço e cria o seu mundo virtual de conteúdos conforme a sua imaginação e necessidade;<br />2- A escola encomenda a criação de espaços virtuais SL a empresas especializadas, conforme a organização e necessidade do seu conteúdo programático;<br />3- A escola procura no índice SL- Web espaços virtuais já criados adaptando-os à sua necessidade.<br />
  12. 12. ElianeSchlemmer fala do potencial do SecondLife para a Educação <br />Durante os 13 anos em que estive próxima de crianças e adolescentes, trabalhando com eles, “os nativos digitais”, pude perceber a facilidade com que se apropriam das tecnologias digitais (TDs) e com que as utilizam<br />Esse tipo de aprendizagem não é algo que conseguimos lendo. Precisamos estar imersos para conhecer, compreender, criticar, etc. Eu digo que o conhecimento que tenho construído ao longo desses anos ainda é muito incipiente no meu ponto de vista, até porque tenho uma limitação, sou uma “imigrante digital”<br />Ser um “bom” professor na modalidade presencial física não garante que eu seja um “bom” professor ou saiba desenvolver um processo educativo on-line. Portanto, é necessário um processo formativo em que o professor passe pela experiência de ser um aluno on-line para que possa compreender o que isso realmente significa e o que isso implica na sua forma de promover a aprendizagem.<br />
  13. 13. Referências Bibliográficas<br />ElianeSchlemmer fala do potencial do SecondLife para a EducaçãoCopyright © 1999 - 2010. Portal ducacionalhttp://www.educacional.com.br/entrevistas/interativa_adultos/entrevista015.asp visualizado em 3/10/2010<br />Roberta Alvarenga, SecondLife de A a Z-Quem quer aprender brincando? (Diretora do Estúdio Cafeína, especializado em ações e projetos no SecondLife ) http://wnews.uol.com.br/site/colunas/materia.php?id_secao=4&id_conteudo=417<br />Trabalho Realizado por:<br />Teresa Rafael/ TrafaTylman<br />AVA –Mpel09 –Janeiro 2010<br />

×