2 formacao de professores e curriculo

978 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
978
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

2 formacao de professores e curriculo

  1. 1. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA ALCUDIA, Rosa. Atenção à diversidade. Porto alegre: Artmed, 2002. Palavras-Chave: 1. Educação – Diversidade – Observações pedagógicas
  2. 2. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA BICUDO, M, A, V. et alli – Formação do educador: dever do Estado, tarefa da universidade; São Paulo, UNESP, 1996. INDICE Apresentação Prefácio Discurso de abertura Formação do educador: dever do Estado, tarefa da Universidade 1 – Poder Públlico e formaação de educadores no Brasil atual 2– Formação e atuação profissional do educador: interdependência e interdeterminação 3 – A formação do educador e os saberes que a determinam
  3. 3. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA BURKE. T. J. – O Professor Revolucionário da Pré-escola à Universidade. Petrópolis, RJ: Vozes, 2003. INDICE Introdução: Por que este livro 1 – Ensino insatisfatório 2 – Por que precisamos de escolas? 3– Aprender e conhecer 4– Uma nova concepção de ensino 5– Refletindo sobre experiências 6 – Ensinando cidadania responsável 7 – Uma mudança de paradigma Apêndice: Elogiar e criticar construtivamente
  4. 4. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA CANDAU, V. M. et alli – Magistério: construção cotidiana; Petrópolis, RJ: Vozes, 1997. INDICE Apresentação 1-O educador: intelectual ou burocrata? Uma perspectiva histórica 2-Universidade e formação de professores: Que rumos tomar? 3-Formação continuada de professores: Tendências atuais 4-A formação continuada dos professores: Modelos, dimensões e problemática 5-A formação em serviço de professores através de oficinas pedagógicas 6-Formação inicial e construção da identidade profissional de professores de 1ºgrau 7-Magistério primário: Tempos e espaços de formação 8- Modos de trabalhar de professoras: Expressão de estilos de vida? 9 – A formação continuada de professores em ensino de ciências: problemática, desafios e estratégias 10 – Conteúdos, atitudes e ideologias: A formação do professor de matemática 11 – Formação de professores e diversidade cultural 12 – Pluralismo cultural, cotidiano escolar e formação de professores 13– Questões de gênero e formação de professores/as 14 - Educação em direitos humanos e fomação de professores 15 – Formação de professores para uso das novas tecnologias de comunicação e informação
  5. 5. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA CANDAU, V,M. – Rumo a uma nova didática. Campinas, SP: Vozes, 1988. INDICE Apresentação Introdução I - DIDÁTICA: ENFOQUE, OBJETO E CONTEÚDO 1 – A Revisão da Didática 2 – Análise dos programas de Didática do Estado do Rio de Janeiro 3– A Didática e a relação forma/conteúdo 4 – Tem sentido hoje falar de uma Didática Geral? II - DIDÁTICA E FORMAÇÃO DE PROFESSORES 1 - A Formação de educadores: Uma Perspectiva Multidimensional 2 – A relação teoria – prática na formação do educador 3 – O educador: um profissional? 4 – A prática do educador: compromisso e prazer III – A PRÁTICA PEDAGÓGICA: DIMENSÕES E DESAFIOS 1 – A dimensão técnica da prática docente 2 – A metodologia enquanto ato político da prática educativa 3 – Formulação de objetivos de ensino 4 – Disciplina: uma questão de autoridade ou de participação? 5 – A avaliação da aprendizagem na escola de 1º grau IV – PESQUISA EM DIDÁTICA 1 - Em busca de uma Didática fundamental 2- O cotidiano da escola: elementos para a constrrução de uma Didática fundamental 3 - A pesquisa na Didática e na prática de ensino
  6. 6. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA CANDAU, Vera Maria (org.) – Cultura, linguagem e subjetividade no ensinar e aprender – Rio de Janeiro: DP&A, 2002 Palavras-Chave: 1. Didática – Discursos, conferências etc. 2. Prática de ensino – discursos, conferências etc. 3. Educação – Finalidades e objetivos
  7. 7. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA COELHO, Maria de Lourdes – Consumo e espaços pedagógicos – São Paulo: Cortez, 1996 Palavras-Chave: 1. Consumidores – Educação 2. Consumo (Economia)
  8. 8. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA GOODSON .I. F. – A Construção Social do Currículo - Lisboa Educa, 1997. INDICE Nota de Apresentação A História Social das Disciplinas Escolares Disciplinas Escolares: Padrões de Estabilidade Disciplinas Escolares: Padrões de Mudança História de uma Disciplina Escolar: As Ciências O Contexto das Invenções Culturais: Aprendizagem e Currículo Sobre a Forma Curricular: Notas Relativas a uma Teoria do Currículo
  9. 9. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA HERNÁNDEZ. F, et alli. – A organização do currículo por projetos de trabalho. – Porto Alegre, ARTMED, 1998. INDICE Apresentação Introdução 1 - Descrever uma experiência educativa a partir da ótica da teeoria 2 - Vestígios de singularidade: Características da escola Pompeu Fabra, de Barcelona 3 - O processo de introdução e desenvolvimento do campo do currículo na escola Pompeu Fabra 4 - A globalização: Um caminho entre a teoria e a prática 5 - Os projetos de trabalho: Uma forma de organizar os conhecimentos escolares 6 - A avaliação do processo dee aprendizagem dos alunos 7 - Os projetos e o processo de tomada de decisões: Quatro exemplos de projetos, quatro exemplos de problemas 8 - A título de conclusão Anexos
  10. 10. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA LOPES, Alice Casimiro e MACEDO, Elizabeth (orgs). Políticas de currículo em múltiplos contextos.São Paulo: Cortez, 2006. Palavras-Chave: 1. Currículos 2. Currículos – Avaliação 3. Políticas curriculares
  11. 11. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA LOPES, Alice Ribeiro Casimiro; MACEDO, Elizabeth e ALVES, Maria Palmira Carlos. Cultura e política de currículo. Araraquara, SP: Junqueira&Marin, 2006. Palavras-Chave: 1. Currículos 2. Cultura 3. Educação – estudos interculturais
  12. 12. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA MASSETO, Marcos (org). Docência na universidade. Campinas, SP: Papirus, 1998. Palavras-Chave: 1. Ensino superior – Brasil 2. Professores universitários – Formação profissional 3 . Professores universitários – Currículos 4. Universidades e escolas superiores – Brasil - currículos
  13. 13. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA MELLO, G. N. – Magistério de 1º grau: da competência técnica ao compromisso político: 3ª edição; São Paulo: Autores Associados: Cortez, 1982. INDICE Prefácio Apresentação CAPÌTULO 1 – A teoria revisitada CAPÌTULO 2 – A teoria em atos CAPÌTULO 3 – Mulher e profissional em estratégias de ascensão CAPÌTULO 4 – Onde a vítima se transforma em réu, ainda que muito amada CAPÌTULO 5 – Muito amor, muita doação e pouco salário CAPÌTULO 6 – Do senso comum à vontade política, uma das sínteses possíveis
  14. 14. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA SILVA. T.T et alli. . – Territórios Contestados - RJ - Vozes, 1995. INDICE Apresentação 1 – O Currículo como Política Cultural e a Formação Docente 2 – Cidadania, Educação e Pós – Modernidade 3– A Disneyzação da Cultura Infantil 4 – Currículo e Diversidade Cultural 5 – Currículo Emancipatório e Multiculturalismo - Reflexões de Viagem 6 - Por uma Pedagogia Crítica da Representação 7 – Escola Toyotista e Identidade de Fin de Siècle 8 – Os Novos Mapas Culturais e o Lugar do Currículo numa Paisagem Pós – Moderna
  15. 15. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA MOREIRA, Antonio Flavio Barbosa (org).Ênfases e omissões no currículo. Campinas, SP: Papirus, 2001. Palavras-Chave: 1.Currículo – Aspectos sociais 2. educação multicultural 3. Multicuturalismo 4. Professores – Formação Profissional 5. reforma do Ensino 6. Sociologia Educacional
  16. 16. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA MOREIRA, Antonio Flavio Barbosa; Pacheco, José Augusto; Garcia, Regina Leite (orgs.). – Currículo: pensar, sentir e diferir. Rio de Janeiro; DP & A, 2004. Palavra-chave: 1. Currículo. 2. Colóquio Luso-brasileiro.
  17. 17. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA MOREIRA, A .F. B. – Conhecimento educacional e formação do professor; Campinas, SP; Papirus, 1994. INDICE Introdução 1 – Considerações em torno do significado do conhecimento 2 – O processo de produção do conhecimento escolar e a didática 3 – Currículo e a construção do conhecimento na escola 4 – Produção e apropriação do conhecimento na universidade 5 – A iniciação científica: Um aprendizado do trabalho científico da realidade social 6 –Contribuição da sociologia da avaliação para a formação de professores 7 – O discurso pedagógico da sociologia da educação: crítica da crítica? 8 – A formação do professor como leitor e construtor do saber 9 – A formação de professores na universidade e a qualidade da escola fundamental
  18. 18. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA NIDELCOFF, M.T. – A escola e a compreensão da realidade. São Paulo: Brasiliense, 1980. INDICE Apresentação 1 – Os homens de nossa localidade 2 – Os homens de nosso tempo 3 – Os homens de outros lugares 4 – Os homens de outros tempos
  19. 19. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA NOVOA, A. et alli – Vidas de professores; 2ª edição; Portugal; Porto Editora, 1995. INDICE Prefácio à segunda edição Apresentação da obra 1 –Os professores e as histórias da sua vida 2– O ciclo de vida profissional dos professores 3 – Dar voz ao professor: As histórias de vida dos professores e o seu desenvolvimento profissional 4– Investigando a vida profissional dos professores: Diários biográficos 5 – Percursos de formação e de trans-formação 6 – A carreira das professoras do ensino primário 7 – Fico ou vou-me embora? 8 – Episódios do passado evocados por professores aposentados
  20. 20. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA PAQUAY, L.. et allli – Formando Professores Profissionais: Quais estratégias? Quais competências?: Porto Alegre: 2ª edição: Artmed Editora, 2001. INDICE Introdução CAPÌTULO 1 – As Competências do professor profissional: entre conhecimentos, esquemas de ação e adaptação, saber analisar CAPÌTULO 2 – Trabalho das representações na formação dos professores CAPÌTULO 3 – A formação para a complexibilidade do ofício de professor CAPÌTULO 4 – Formação prática dos professores e nascimento de uma inteligência profissinal CAPÌTULO 5 – Formar professores profissionais para uma formação contínua articulada à prática CAPÌTULO 6 – Conduta clínica, formação e escrita CAPITULO 7 – De estagiário a especialista: Construir as competências profissionais CAPÌTULO 8 - Competências profissionais privilegiadas nos estágios e na videoformação CAPÌTULO 9 – O trabalho sobre o habitus na formação de professores: análise das práticas e tomada de consciência CAPITULO10 – O professor como ´´ator racional``: que racionalidade, que saber, que julgamento? CONCLUSÃO – Fecundas incertezas ou como formar professores antes dase ter todas as respostas
  21. 21. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA PERRENOUD, P. – 10 Novas competências para Ensinar. Porto Alegre: ARTMED, 2000. INDICE Apresentação Introdução 1 – Organizar e dirigir situações de aprendizagem 2 – Administrar a progressão das aprendizagens 3– Conceber e fazer evoluir os dispositivos de diferenciação 4 – Envolver os alunos em suas aprendizagens e em seu trabalho 5 – Trabalhar em equipe 6 – Participar da administração da escola 7 – Informar e envolver os pais 8 – Utilizar novas tecnologias 9 – Enfrentar os deveres e os dilemas éticos da profissão 10 – Administrar sua própria formação contínua Conclusão: A caminho de uma nova profissão?
  22. 22. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA PERRENOUD, P. et alli – As competências para ensinar no século XXI: a formação dos professores e o desafio da avaliação; Porto Alegre: Artmed, 2002. INDICE Apresentação 1-A formação dos professores no século XXI 2-Os desafios da avaliação no contexto dos ciclos de aprendizagem plurianuais 3-Da avaliação dos professores à avaliação dos estabelecimentos escolares 4-O desenvolvimento profissional dos professores: novos paradigmas, nnovas práticas 5-Situação-problema: forma e recurso de avaliação, desenvolvimento de competências e aprendizagem escolar 6-Sobre a idéia de competência 7-O Desenvolvimento de competências e a participação pessoal na construção de um novo modelo educacional
  23. 23. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA PERRENOUD, Philipe. –Ensinar: agir na urgência, decidir na incerteza.Porto Alegre: Artmed Editora, 2001. Palavra-chave: 1.Educação- Ensino- Formação de professores.
  24. 24. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA PERRENOUD, P. – Práticas pedagógicas, profissão docente e formação. Perspectivas sociológicas; Lisboa;Nova Enciclopedia, 1993.. INDICE Notas de Apresentação Nota do autor 1 – Práticas pedagógicas e profissão docente: três facetas 2 – A prática pedagógica entre a improvisação regulada e o bricolage: ensaio sobre os efeitos indiretos da investigação em educação 3 – Ensinar ou a vertigem da dispersão: fragmentos de uma sociologia das práticas pedagógicas 4 – Novas didáticas e estratégias dos alunos face ao trabalho escolar 5 – A formação dos professores ou a ilusão do <<deux ex machina>>: reflexões sobre as relações entre o <<habitus>> e a prática 6 – O papel de uma iniciação à investigação na formação de base dos professores 7 – Formação inicial dos professores e profissionalização 8 – Formação em avaliação: entre idealismo ingénuo e realismo conservador 9 – A formação de professores: complexidade, profissionalização e processo clínico 10 – Pensar a prática pedagógica para pensar a formação dos professores
  25. 25. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA PESSANHA,E. C. -Ascensão e queda do professor . São Paulo: Cortez , 1994 ÍNDICE Apresentação Introdução CAPÍTULO I-- O trabalho do professor 1 Trabalho como categoria de análise 2 Concepção de Trabalho Docente CAPÍTULO II –Professor como categoria profissional da ‘’ classes médias’’ 1 A classe social dos professores 2 Questões básicas sobre classes socias 3 Estatuto teórico conceitual das classes médias CAPÍTULO III – Ascenção e queda de uma categoria profissional das ‘’ classes médias‘’: O professor primário CAPÍTULO – IV – Professor primário no Brasil e as determinações de classe Bibliografia
  26. 26. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA PIMENTA ,Selma Garrido. –Saberes pedagógicos e atividade docente.São Paulo;Cortez, 2005. Palavra-chave: 1.Educação- Finalidades e objetivos 2.Educação como profissão 3.Pedagogia 4.Pesquisa educacional 5.Prática de ensino 6.Professores- formação profissional.
  27. 27. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA PIMENTA,Selam Garrido e GHEDIN, Evandro (orgs). Professor Reflexivo no Brasil: Gênese e crítica de um conceito – São Paulo : Cortez,2005. INDICE INTRODUÇÃO Parte I – Professor Reflexivo: historicidade do conceito 1. Professor Reflexivo: construindo uma critica 2. Reflexividade e formação de professores: outra oscilação do pensamento pedagógico brasileiro? 3. Tendências investigativas na formação de professores 4. Formação de professores: a pesquisa e a política educacional Parte II – Epistemologia da prática e autonomia da critica da formação de professores/as 5. Epistemologia da prática: o professor reflexivo e a pesquisa colaborativa 6. Professor Reflexivo: da alienação da técnica à autonomia da critica 7. Superando a racionalidade técnica na formação: sonho de uma noite de verão Parte III – Profissionais da Educação as mediações na formação do professor reflexivo 8. Redimensionando o papel dos profissionais da educação: algumas considerações 9. O professor diante do espelho: Reflexões sobre o conceito de professor reflexivo 10.O professor reflexivo-critico como mediador do processo de inter-relação da leitura-escritura 11.Racionalidade técnica, pesquisa colaborativa e desenvolvimento profissional de professores.
  28. 28. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA REALI, A, M, M, R. et alli – Formação de professores: Tendências Atuais; São Carlos: EDUFSCar, 1996. INDICE Apresentação Parte 1 – Aspectos Gerais Parte 2 – Socialização Profissional Parte 3 – Contribuições da Pesquisa Parte 4 – Formação Básica e Formação Continuada
  29. 29. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA RODRIGUES, A .et alli - A análise de necessidades na formação de professores. Portugal, Porto Editora, 1993. INDICE Introdução CAPÌTULO 1 – A análise de necessidades de formação como campo de investigação científica CAPÌTULO 2 – A análise de necessidades e a formação de professores CAPÌTULO 3 – Contributo para o estudo das necessidades de formação dos professores do ensino secundário CAPÌTULO 4 – Contributo para a análise de necessidade de formação contínua de professores do 2º ciclo do ensino básico
  30. 30. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA SACRISTÁN, J. Gimeno. – O currículo: uma reflexão sobre a prática. Porto Alegre; ArtMed, 2000. Palavra-chave: 1. Educação- Currículo.
  31. 31. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA SANTOME, J. T. – O Curriculum Oculto – Porto Editora, Portugal, 1995. INDICE Introdução CAPÌTULO I - O curriculum e a ideologia CAPÌTULO II - Legitimação e discurso científico em educação CAPÌTULO III - Práticas tecnocráticas na escola e poder CAPÌTULO IV - As teorias da reprodução CAPÌTULO V - As teorias da produção e a possibilidade de práticas contra-hegemônicas CAPÌTULO VI - A discriminação sexista nas instituições escolares: meninos visíveis e meninas invisíveis CAPÌTULO VII - A discriminação racista no sistema educativo CAPÌTULO VIII - A desqualificação e requalificação do professorando CAPÌTULO IX - O curriculum e a educação dos cidadãos e cidadãs numa sociedade
  32. 32. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA SAUL, A. M. – Cadernos CEDES: Educação Continuada: SP, Papirus, 1995. INDICE Apresentação Resumos 1 – Educação continuada: introdução a uma análise de termos e concepções 2 - Educação continuada: visão histórica e tentativa de conceitualização 3 – Formação continuada dos profissionais de ensino: Algumas considerações 4 – Formação continuada dos profissionais do ensino 5 – Interdisciplinaridade e formação continuada do educador: contribuições da psicologia 6 – A Política de capacitação SEE/FDE 7 – O desenvolvimento de um modelo ´´construtivismo-colaborativo`` de formação continuada centrado na escola: relato de uma experiência 8 – Níveis de construção da profissionalidade docente: um exemplo com professores de 5º a 8ºsérie 9 – Construindo o sucesso na escola. Uma experiência de formação continuada com professores da rede pública
  33. 33. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA SCHÖN, Donald – Educando o profissional reflexivo: um novo design para o ensino e a aprendizagem – Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 2000 Palavras-Chave: 1. Educação – Metodologia de ensino
  34. 34. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA SILVA, Tomás Tadeu da ( org) – Alienígenas na sala de aula Petrópolis, RJ:Vozes, 1995. INDICE Capítulo I – Estudos Culturais : Uma introdução Capítulo II – Pós-Marxismo e Estudos Culturais Capítulo III – A Pedagogia como uma tecnologia Cultural Capítulo IV – Praticando Estudos Culturais nas Faculdades de Educação Capítulo V – Lendo imagens criticamente : em direção a uma pedaggia pós-moderna Capítulo VI – Memória e pedagogia no maravilhoso mundo da Disney Capitulo VII – As Culturas negadas e silenciadas no currículo Capitulo VIII – Cultura dominante, cultura escolar e multiculturalismo popular Capitulo IX – Currículo e Identidade Social : Territórios Contestados Capitulo X - Alienígenas na sala de aula
  35. 35. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA SILVA. T.T et alli. . – Territórios Contestados - RJ - Vozes, 1995. INDICE Apresentação 1 – O Currículo como Política Cultural e a Formação Docente 2 – Cidadania, Educação e Pós – Modernidade 3– A Disneyzação da Cultura Infantil 4 – Currículo e Diversidade Cultural 5 – Currículo Emancipatório e Multiculturalismo - Reflexões de Viagem 6 - Por uma Pedagogia Crítica da Representação 7 – Escola Toyotista e Identidade de Fin de Siècle 8 – Os Novos Mapas Culturais e o Lugar do Currículo numa Paisagem Pós – Moderna
  36. 36. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA STAINBACK, Susan. Inclusão: um guia para educadores. Porto Alegre: Artes Médicas Sul , 1999. Palavras-Chave: 1. Educadores – Manual
  37. 37. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA TAVARES. J. et allli – Formação Continuada de Professores: Realidades e Perspectivas: Santiago, Universidade de Aveiro, 1991. INDICE Prefácio CAPÌTULO 1 – Formação Contínua de Professores: Concepções e Práticas CAPÌTULO 2 - Formação Contínua de Professores: Dimensões de Formação CAPÌTULO 3 - Formação Contínua de Professores: Modelos Organizacionais CAPÌTULO 4 – Posters
  38. 38. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA VASCONCELLOS,C. S. – Para onde vai o professor?; 8ª edição; São Paulo, Libertad, 2001. INDICE Prefácio Introdução Geral: Convite à caminhada I –Para onde vai o professor? – 1 - Perplexidade II– Para onde vai o professor? – 2 – Papel da escola III – Para onde vai o professor ? – Papel do professor IV– Postura frente à realidade: O professor como sujeito de transformação V –Sobre o poder do professor VI – A questão da responsabilidade - Uma aproximação à ética do trabalho docente VII –Sobre o processo de transformação da prática pedagógica VIII – Sobre o espaço de reflexão coletiva e contínua da prática IX – Mudanças de postura do professor X – Resgate da dignidade profissional Conclusão o professor como sujeito histórico de transformação
  39. 39. REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA VEIGA, Ilma Passos Alencastro. Docência : uma construção ético-profissional. Campinas, SP: Papirus, 2005. Palavras-Chave: 1.Educação – Filosofia 2. Ensino 3. Ética profissional 4 . Professores – Formação Profissional.

×