Lição 7- Contrapondo a Arrogância com a Humildade

7.936 visualizações

Publicada em

Aula ministrada pelo Ev. Natalino das Neves - Programa IEADSJP_EBDTV
IEADSJP - Igreja Evangélica Assembleia de Deus de São José dos Pinhais
Pr. Presidente: Ival Teodoro da Silva
Pr. Vice-Presidente: Eurico Deraldo Santana
Co-Pastor da Sede: Josué Barros Abreu
Sup. EBD-Sede: Ev. Ismael Nascimento de Oliveira

Publicada em: Educação
5 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.936
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
132
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
161
Comentários
5
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Lição 7- Contrapondo a Arrogância com a Humildade

  1. 1. LIÇÕES BÍBLICAS - CPAD 4º TRIMESTRE DE 2013 Lição 7 Contrapondo a Arrogância Com a Humildade Prof. Ms. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br
  2. 2. ACESSE O VÍDEO COM OS COMENTÁRIOS REFERENTE A ESTE ARQUIVO EM UM DOS ENDEREÇOS ABAIXO: www.redemaoamiga.com.br www.natalinodasneves.blogspot.com.br
  3. 3. FAVOR ASSISTIR AO VÍDEO PARA UMA MELHOR APROVEITAMENTO DO ESTUDO. SUGESTÃO: 1) Assista o vídeo; 2) Baixe este arquivo; 3) Assista novamente o vídeo, acompanhando com este arquivo de slides.
  4. 4. Texto áureo“ “Soberba precede a ruína, e a altivez do espírito precede a queda" (Pv 16.18).
  5. 5. Verdade prática “Humildade é uma virtude que deve ser zelosamente cultivada, pois a arrogância leva à destruição e à morte eterna”.
  6. 6. Provérbios 8:13-21 13 - O temor do SENHOR é aborrecer o mal; a soberba, e a arrogância, e o mau caminho, e a boca perversa aborreço. 14 - Meu é o conselho e a verdadeira sabedoria; eu sou o entendimento, minha é a fortaleza. 15 - Por mim, reinam os reis, e os príncipes ordenam justiça. 16 - Por mim governam os príncipes e os nobres; sim, todos os juízes da terra. 17 - Eu amo os que me amam, e os que de madrugada me buscam me acharão. 18 - Riquezas e honra estão comigo; sim, riquezas duráveis e justiça. 19 - Melhor é o meu fruto do que o ouro, sim, do que o ouro refinado; e as minhas novidades, melhores do que a prata escolhida. 20 - Faço andar pelo caminho da justiça, no meio das veredas do juízo. 21 - Para fazer herdar bens permanentes aos que me amam e encher os seus tesouros.
  7. 7. OBJETIVOS PROPOSTOS Após esta aula, o aluno deverá estar apto a: 1. Dissertar sobre a relação entre a humildade e a arrogância*. 2. Explicar os contrastes ilustrativos: o sábio e o insensato; o justo e o injusto; o rico e o pobre; o príncipe e o escravo*. 3. Cultivar a virtude da humildade e rejeitar a arrogância*. 4. Aplicar na sua prática diária o conteúdo aprendido. * Objetivos propostos na revista Lições Bíblicas da CPAD.
  8. 8. INTRODUÇÃO • Nesta lição, veremos a relação entre a humildade e a arrogância. • Provérbios 8 = personificação da sabedoria – “eu amo aos que me amam, e [...]” • Arrogância e humildade são atitudes que independem da posição social. • Quem teme ao senhor rejeita a arrogância (temor do senhor = sabedoria). • Livro de Provérbios = melhor uma vida simples e humilde com princípios do que uma vida de luxo e um comportamento arrogante.
  9. 9. I. O SÁBIO VERSUS O INSENSATO
  10. 10. I. O SÁBIO VERSUS O INSENSATO 1. Sabedoria e humildade: • Sabedoria = saber utilizar o conhecimento de forma adequada. • Sabedoria em provérbios = antídoto contra arrogância (PV 16:6). • Sabedoria é melhor do que o ouro e a prata (Pv 16:16). • Com os humildes está a sabedoria (Pv 11:2).
  11. 11. I. O SÁBIO VERSUS O INSENSATO 2. Insensatez, arrogância e altivez: • O arrogante está sempre pronto para fazer o mal (Pv 6:18). • Sem domínio próprio = como uma cidade sem muro (Pv 25:28). • O insensato prejudica o local de trabalho (Pv 26:10). • O altivo de coração é abominação ao Senhor (Pv 16:5).
  12. 12. Aplicação prática O que você tem preferido a arrogância ou a humildade? Você pode mudar o rumo de sua vida, que experimentar?
  13. 13. II. O JUSTO VERSUS O INJUSTO
  14. 14. II. O JUSTO VERSUS O INJUSTO 1. Justiça e humildade: • Humildade = latim humus: “solo”, “terra”. • Humildade X desleixo, frouxidão, covardia... • Em Provérbios, a humildade e a justiça são inseparáveis. • Muitos buscam agradar a quem tem poder, o humilde busca a justiça de Deus (Pv 29:26).
  15. 15. II. O JUSTO VERSUS O INJUSTO 2. Injustiça e arrogância: • A arrogância e a insensatez estão relacionadas à injustiça. • Escala de valores distorcida. • Servo de Deus = opressão e humilhação?
  16. 16. Aplicação prática Quem se diz homem e mulher de Deus deve agir pela justiça! Você tem sido justo em suas ações?
  17. 17. III. O RICO VERSUS O POBRE
  18. 18. III. O RICO VERSUS O POBRE 1. Riqueza e arrogância: • Riqueza adquirida por meios injustos = pobreza gerada pela preguiça. • Perigo da riqueza com arrogância (Pv 18:23; 28:11).
  19. 19. III. O RICO VERSUS O POBRE 2. Pobreza e humildade: • Melhor ser um pobre sensato do que um rico perverso (Pv 28:6). • O bom nome vale mais que riquezas (Pv 22:1). • "Deus resiste aos soberbos, dá, porém, graça aos humildes" (Tg 4:6).
  20. 20. Aplicação prática Você tem invejado os ricos? Priorize o bom nome, os valores morais e espirituais!
  21. 21. IV. O PRÍNCIPE VERSUS O ESCRAVO
  22. 22. IV. O PRÍNCIPE VERSUS O ESCRAVO 1. Realeza: • Realeza = liderança. • O líder não pode ser: • • • Mentiroso (Pv 17:7); Beberrão (Pv 31:4); Subornável ( Pv 29:4) • Arrogância, poder e mentira andam de mãos dadas. • O líder deve auxiliar o oprimido e buscar a justiça social (Pv 29:2,14)
  23. 23. IV. O PRÍNCIPE VERSUS O ESCRAVO 2. Escravidão: • O prudente dominará sobre o indignamente (Pv 17:2). • Não é a riqueza ou a pobreza que escraviza o ser humano, mas o amor a si mesmo. • Muitos ao chegarem ao poder agem com arrogância, escravos do próprio orgulho (exemplo: livro revolução dos bichos). que procede
  24. 24. Aplicação prática Que tipo de líder você tem sido? Você tem buscado a justiça ou o benefício próprio?
  25. 25. CONSIDERAÇÕES FINAIS
  26. 26. CONSIDERAÇÕES FINAIS Nesta lição aprendemos que: 1. Não é a riqueza ou a pobreza que define a humildade ou a arrogância; 2. Deus não se agrada da vida da pessoa arrogante; 3. Uma vida de arrogância não vale a pena. 4. Verdadeiro avivamento (2 Cr 7:14 – “E se o meu povo, [...], se humilhar [...}”).
  27. 27. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS CERESKO, Anthony R. A Sabedoria no Antigo Testamento. São Paulo: Paulus, 2004. DORTCH, Richard W. Orgulho Fatal: Um ousado desafio a este mundo faminto de poder. Rio de Janeiro: CPAD, 1996. DOUGHTY, Steve. Vivendo Com Integridade: Liderança espiritual em tempos de crise. Rio de Janeiro: CPAD, 2010. ELLIS, Percy E. Os provérbios de Salomão: a sabedoria dos reis a disposição do ser humano moderno. Rio de Janeiro: CPAD, 10986. GONÇALVES, José. Sábios conselhos para um viver vitorioso. Rio de Janeiro: CPAD, 2013. HUGHES, R. Kent. Disciplinas do ser humano Cristão. 3.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2004.
  28. 28. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS NEVES, Natalino das. Livros Poéticos. Curitiba: Editora Unidade, 2011. NICCACCI, Alviero. A Casa da Sabedoria: vozes e rostos da sabedoria bíblica. São Paulo: Paulinas, 1997. RENDTORFF, Rolf. Antigo Testamento: uma introdução. São Paulo: Editora Academia Cristã, 2009. SCHWANTES, Milton. Sentenças e Provérbios: sugestões para a interpretação da Sabedoria. São Leopoldo: Editora Oikos, 2009. SEAMANDS, Stephen. Feridas que Curam: Sofrimentos à Cruz. Rio de Janeiro: CPAD, 2006. Levando Nossos
  29. 29. IEADSJP – Igreja Evangélica Assembleia de Deus de São José dos Pinhais www.adsaojosedospinhais.com.br www.redemaoamiga.com.br Pr. Presidente: Ival Teodoro da Silva Pr. Vice-Presidente: Eurico Deraldo Santana Co-pastor da sede: Josué Barros Abreu Sup. da EBD: Ev. Ismael Nascimento Oliveira Comentários: Ev. Natalino das Neves www.natalinodasneves.blogspot.com.br natalino6612@gmail.com (41) 8409 8094 / 3076 3589

×