Aperte o play

336 visualizações

Publicada em

Trabalho de conclusão do curso feito por Maíra Bitencourt e defendido em Julho de 2011, na universidade Feevale de Novo Hamburgo - RS.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
336
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aperte o play

  1. 1. APERTE O PLAY: A relação da audiência com os meios TV e Youtube Aluna: Maíra BitencourtOrientadora: Profª Esp. Marta Oliveira dos Santos
  2. 2. APERTE O PLAY Tema
  3. 3. APERTE O PLAY Contexto Plataformas Inserção Conectado Social Intermídia Interativo Entretenimento TV Adequar Necessidade 2.0 Google Vídeo Segmentar Tecnologia Massa Absorção Fã Contato Convergência Participação Pluralidade Comunicação Mídia Audiência Multi Twitter Tendências On-line Redes sociais Identificação Marketing Digital Conteúdo Informação Comunidade Youtube Abrangência Publicidade Comercial Download Alcance Colaboração Infográfico Motivação Facebook
  4. 4. APERTE O PLAY Contexto Plataformas Inserção Conectado Social Intermídia Interativo Entretenimento TV Adequar Necessidade 2.0 Google Vídeo Segmentar Tecnologia Massa Absorção Fã Contato Convergência Participação Pluralidade Comunicação Mídia Audiência Multi Identificação Twitter Tendências On-line Redes sociais Marketing Digital Conteúdo Informação Comunidade Youtube Abrangência Publicidade Comercial Download Alcance Colaboração Infográfico Motivação Facebook
  5. 5. APERTE O PLAY Sobre o que falar? A audiência da a TV e do Youtube
  6. 6. APERTE O PLAY Justificativa
  7. 7. APERTE O PLAY Porque estudar a audiência? A comunicação publicitária se destina ao consumidor Consumidor é audiência Com a gama atual de tecnologia a audiência tem muito mais escolhas o que propicia uma alteração de perfil Porque TV e Youtube? O audiovisual é uma forma de contato forte com a audiência A TV é a mídia tradicional e o Youtube é a vanguarda Por suas características e seu ambiente estão inseridos num contexto de convergência A convergência pode alterar as regras do jogo, mas como?
  8. 8. APERTE O PLAY Objetivos
  9. 9. APERTE O PLAY O que se quer? Estudar a relação da audiência com os meios TV e Youtube, hoje situados num contexto de convergência. Meios de chegar lá Saber por que ela consome o conteúdo audiovisual, quais as suas motivações, de que maneira ela enxerga os meios e seu conteúdo. Identificar as características e motivações da sua interação com os meios. Para que se possa conhecer o perfil desse consumidor.
  10. 10. APERTE O PLAY Hipótese
  11. 11. APERTE O PLAY Quais as possibilidades? Na convergência entre a audiência da TV e do Youtube existe uma migração do público: TV Youtube Mas não é uma migração total, de forma que a audiência se divide entre as duas mídias. E que a maneira de conquistar a audiência terá de ser revista pela TV se quiser continuar com seu status.
  12. 12. APERTE O PLAY Fundamentação Teórica
  13. 13. APERTE O PLAY Quem foi que disse? Sobre: Audiovisual - Bernardet; Machado; Canudo; Kerckhove; James; Shannon-Weaver; U. ECO. TV - Barbosa, Castro, Tomé; Mattelart; Dizard; Cashmore; Ramonet; Anderson; Lemos. Internet - Araújo, Rodrigues; Cavallini. Youtube - Youtube; Burgess e Green; Hartley. Convergência - Jenkins; Costa; Prado; Godim
  14. 14. APERTE O PLAY Metodologia
  15. 15. APERTE O PLAY Como fazer? Pesquisa Bibliográfica e Exploratória Estudar o conteúdo audiovisual, os meios TV e Youtube e a situação de convergência a partir de conteúdo já existente. Questionários: Conhecer a audiência, a partir conteúdo gerado sobre ela. - 170 usuários do Youtube respondem a um formulário publicado no Google Docs. - Os resultados são tabelados e analisados quanti e qualitativamente.
  16. 16. APERTE O PLAY Questões Bloco TV: Tempo assistido, TV aberta X TV cabo/satélite, tipo de conteúdo consumido, interação e como é feita, pontos positivos e negativos. Bloco Youtube: Tempo assistido, frequência de acesso, tipo de conteúdo consumido, interação e como é feita, envio de vídeo, pontos positivos e negativos. Bloco TV x Youtube: Meio mais assistido, conteúdo preferido, conteúdo de maior qualidade.
  17. 17. APERTE O PLAY Resultados
  18. 18. APERTE O PLAY O que se descobriu? Youtube: O consumidor tem uma frequência boa no site; Consome mais clipes musicais, vídeos populares, vídeos de amigos, eventos que não foram televisionados e programas que perdeu devido ao horário de veiculação; Muitos não interagem, apenas consomem o conteúdo, quem interage compartilha vídeos que gostou, comenta em vídeos e envia seu próprio material para o site; Acha positivo o acesso fácil e diversidade de conteúdo, o poder de comentar e compartilhar vídeos, inclusive seu próprio material e o sistema de busca; De negativo a falta de filtro no conteúdo, permitindo que usuários façam mau uso da ferramenta, a qualidade baixa. Alguns relataram não existirem aspectos negativos.
  19. 19. APERTE O PLAY O que se descobriu? TV x Youtube: O consumidor ainda assiste mais ao conteúdo veiculado na TV; Prefere assisti-lo pela comodidade e qualidade das plataformas; Considera mais fácil encontrar conteúdo de qualidade no Youtube.
  20. 20. APERTE O PLAY O que se descobriu? TV: O consumidor ainda assiste mais à TV aberta, em média 2h por dia; mas prefere o conteúdo da TV a cabo/satélite; Consome mais noticiários, filmes e séries; Ainda interage pouco com esse meio, se o faz é principalmente através da Internet; Acha mais negativo o conteúdo e a programação da TV e mais positivo sua imediatez, credibilidade e abrangência.
  21. 21. APERTE O PLAY Conclusão
  22. 22. APERTE O PLAY O consumidor/audiência O conteúdo audiovisual é consumido pois a audiência se relaciona com a realidade recriada nele. O cinema foi responsável por criar o encantamento da audiência com esse conteúdo. A TV aproximou mais o audiovisual do público, estreitando a relação com o espectador, criando uma cultura em torno desse meio. O surgimento da Internet e outras tecnologias começou a modificar o perfil do consumidor, que hoje precisa se reconhecer de alguma forma no conteúdo.
  23. 23. APERTE O PLAY O consumidor/audiência É perceptível que o público se tornou muito mais questionador, exigente, informado e audacioso, embora seja mutável, não tenha mais um perfil linear. Mais comunicativo, não fica paciente na sua posição de ‘receptor’ o consumidor assume o papel de produtor e dissemina seu próprio conteúdo: quer a chance de recriar a sua versão da realidade. O poder de criação não está mais restrito a grandes empresas de mídia. A TV vem apresentando baixos índices de audiência e o Youtube vem quebrando recordes de acessos.
  24. 24. APERTE O PLAY O consumidor/audiência O conteúdo de massa da TV já não supre as necessidades do consumidor como antes, a audiência questiona cada vez mais seu conteúdo. O Youtube, em função de suas características de interação e de liberdade de acesso ao conteúdo, conquista a audiência cada vez mais. O Youtube se mostra mais atrativo à interação do que a TV, foi criado tendo em sua essência a interação, é feito pela audiência. Seu conteúdo é mais segmentado, fazendo com que o público escolha o que gosta e se relaciona.
  25. 25. APERTE O PLAY Conclusão?
  26. 26. APERTE O PLAY Ainda há muito a pesquisar! Ações diferenciadas no Youtube Tentativas de integração da TV Outros olhares sobre o consumidor Análise de conteúdos comparativos
  27. 27. Muito Obrigada! mayrabiten@hotmail.com | @mayrabiten

×