Guia prático de Pokémon Go para empresas

747 visualizações

Publicada em

Este guia prático de Pokémon Go para empresas tem como objetivo direcionar algumas possibilidades para entender e trabalhar o assunto dentro de organizações, salas de aula, em casa ou qualquer tipo de estabelecimento.

Publicada em: Mídias sociais
1 comentário
5 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
747
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
26
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
1
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Guia prático de Pokémon Go para empresas

  1. 1. Pokémon GO Trabalho NO Guia prático sobre uso do app em ações corporativas Thomaz Moraes
  2. 2. HOT TOPICS 1. Contexto e números do app 2. O que é e como funciona 3. Pegando carona 4. Marcas e cases ThomazMoraes
  3. 3. Pokémon Significa Pocket Monsters, ou seja, monstros de bolso. Prazer, esta é uma Caterpie! ThomazMoraes
  4. 4. Contexto O digital vem se tornando um dos principais campos de investimento tecnológico no que diz respeito a experiência das pessoas com marcas, produtos e serviços. Além disso, não é de hoje que o segmento de games atrai a atençao. Em 2016, serão mais de U$1 bilhão que circularão no mundo; cerca de R$1 bilhão só no Brasil. O mercado demanda novas formas para conversar com o público. O jogo Pokémon Go vem neste sentido, unificando realidade aumentada, exercício ao ar livre, batalhas eletrizantes, tudo isso com um pano de fundo nostálgico dos desenhos dos anos 90. ThomazMoraes
  5. 5. Tempo gasto no app Pokémon Go por dia (usuários comparado aos top apps) O app já é mais acessado do que redes sociais consolidadas como Facebook, Snapchat, Twitter e Whats app. ThomazMoraes
  6. 6. Pokémon Go é o maior jogo mobile da história americana Pico de usuários ativos por dia (milhões) A Pokémania começou nos EUA, Austrália e em alguns poucos países. Logo se espalhou e ganhou força na Ásia e agora no Brasil. ThomazMoraes
  7. 7. O termo Pokémon Go tem muito mais volume de buscas no Google do que Olimpíadas Rio 2016. ThomazMoraes
  8. 8. Temos que pegar! Receita média por usuário ativo (U$ por usuário) O grande lance agora é observar se essa febre será sustentada financeiramente. ThomazMoraes
  9. 9. Pokémon Go é jogo da Nintendo e da The Pokémon Company, inspirado no desenho original de mesmo nome, agora lançado em app para smartphones Android e iOS. O jogo é baseado em caçar os monstros e fazê-los evoluir. O grande diferencial e que chamou a atenção do mundo foi a utilização da realidade aumentada. Ela permite que o monstrinho “apareça” em locais reais como dentro de casa, no escritório ou em uma lanchonete. Como funciona? ThomazMoraes
  10. 10. O número de caçadores de pokémon só aumenta a cada dia. Virou uma febre global. No Brasil não está sendo diferente. Muitas marcas estão querendo tirar proveito dessa onda. Outras não estão sabendo lidar com funcionários caçando monstros pelos corredores. Este guia tem como objetivo direcionar algumas possibilidades para entender e trabalhar o assunto dentro de empresas, salas de aula, em casa ou qualquer tipo de estabelecimento. Como funciona? ThomazMoraes
  11. 11. Principais termos ThomazMoraes Pokébola: usada para capturar os pokémons. Pokéstop: ponto em que você pode recuperar pokébolas e outros itens. Ginásio: local de batalhas entre os pokémons. CP: sigla para Combat Power, ou Nível de Combate, que é o poder do seu pokémon. Incenso e Lure Module: utilizados no jogo para atrair mais pokémons. Ash: personagem principal do desenho original. Pikachu: principal pokémon, parceiro de Ash.
  12. 12. Neurociência Em um artigo para a revista Quartz, o neurocientista Colin Ellard disse que quando se joga o Pokémon Go, assim como jogos de tiro em primeira pessoa, uma parte do cérebro chamada núcleo caudado é ativada. Esta é a mesma área ativada quando se utiliza GPS ou se explora um ambiente novo. Fonte: http://qz.com/732553/pokemon-go-could-improve-brain-health-but-youre-too-distracted-to-let-it/ ThomazMoraes
  13. 13. Uma pesquisa da Forbes mostrou que 69% dos profissionais brincam com o app de realidade aumentada durante o expediente. fonte: Forbes | jul 2016 (base: 66 mil pessoas) ThomazMoraes
  14. 14. Quem usa? 22% entre 13 e 17 anos 46% entre 18 e 29 anos 25% entre 30 e 50 anos 6% acima de 60 anos fonte: Survey Monkey ThomazMoraes
  15. 15. Quem usa? 63% são mulheres fonte: Survey Monkey ThomazMoraes
  16. 16. Quem usa? 35% possuem renda maior que U$100.000/ano. fonte: Survey Monkey ThomazMoraes
  17. 17. PEGANDO CARONA ThomazMoraes
  18. 18. Redes Sociais Muita gente está caçando pokémons e compartilhando suas conquistas no escritório. ThomazMoraes
  19. 19. Lembre-se de que os colaboradores não deixarão de utilizar o app, assim como fazem com Facebook, Whats app, Instagram e outros, por um simples comunicado. Transparência na comunicação é fundamental para que sejam apresentados os motivos da companhia, sejam eles proibitivos ou não. Aproveite a oportunidade para estabelecer laços de confiança com o colaborador. Isso mostrará proximidade, agilidade e empatia. Oportunidades ThomazMoraes
  20. 20. “Nós estamos pagando você para trabalhar, não para caçar personagens fictícios de video game com seu celular o dia todo.” Esse foi o recado de uma empresa para seus funcionários. Será que é a melhor forma de comunicar? Tenho minhas dúvidas. ThomazMoraes
  21. 21. Demissão justa causa por jogar no trabalho? Advogados explicam que a empresa pode optar por restringir celular durante e se o empregado desobedecer pode ser demitido. Mais uma vez, comunicar o uso correto previamente é o melhor a fazer. Fonte: Infomoney ThomazMoraes
  22. 22. Orientar é o caminho Esta empresa encontrou uma forma de comunicar seus funcionários, por meio dos canais oficiais. Neste caso, a empresa optou por proibir o uso do app durante o expediente. ThomazMoraes
  23. 23. .Oriente os colaboradores por meio dos veículos internos. .Reforce questões de produtividade, segurança da informação e segurança no trabalho. .Proibir não garante o impedimento do uso. .Se quiser pegar carona no sucesso, incentive dinâmicas (em horários determinados) para caçadas. Isso aumenta o engajamento. .Lembre-se de que, proibindo ou não, muitas postagens poderão ser feitas em redes sociais, mesmo durante o horário de expediente. Oriente. .Ser transparente, seguir os valores da companhia, mas entender a dinâmica do jogo e utilizar positivamente pode ser uma boa. Sugestões para comunicação ThomazMoraes
  24. 24. .Envie um comunicado padrão com orientações gerais. Sugiro que seja em um tom leve, bem humorado, porém respeitando as características da empresa. .Prepare ou ajuste a política de uso de redes sociais da companhia com as cláusulas que achar pertinente para questões do Pokémon Go. .Se decidir aplicar dinâmicas, não perca tempo! Elabore e comunique. Se possível, convide colaboradores para participar da elaboração. Aproveite para transmitir valores como proximidade, agilidade e bom humor. .Grave um vídeo da dinâmica e colha depoimentos. Se a cultura da empresa permitir, divulgue os resultados de engajamento nas redes sociais da companhia. Materiais ThomazMoraes
  25. 25. MARCAS & CASES ThomazMoraes
  26. 26. Muitas marcas estão trabalhando ações, ativações em ponto de venda ou mesmo awareness com a chegada do jogo. Lembre-se de que a marca Pokémon e Pokémon Go são registradas, bem como os símbolos e as imagens dos monstrinhos. Consulte seu jurídico antes das ações externas. O comércio está utilizando bastante para gerar visitação no ponto de venda. Restaurantes, farmácias e escolas tem saído na frente. O engajamento nas postagens tem sido alto. Porém, a expectativa é que diminua conforme o assunto se torne mais do mesmo. ThomazMoraes
  27. 27. ThomazMoraes
  28. 28. ThomazMoraes
  29. 29. Se o seu estabelecimento se tornar um PokéStop, você poderá atrair sua clientela usando os Lure Modules, ítens que atraem Pokémons para o seu PokéStop. Quando o Lure Module for ativado, todos os jogadores nas redondezas poderão ver no mapa, assim eles podem ir ao local onde a presença dos monstrinhos é mais forte. Use no seu negócio ThomazMoraes Oi, este é um lure module! Se seu negócio é um PokéStop ou fica perto de um você pode facilmente aplicar o Lure Module. Os Lure Modules duram 30 minutos cada e você pode comprá-los individualmente ou um pacote com oito. Com cerca de US$20 você consegue deixar o Lure Module ativo pelo dia inteiro.
  30. 30. ThomazMoraes
  31. 31. ThomazMoraes
  32. 32. ThomazMoraes
  33. 33. ThomazMoraes
  34. 34. ThomazMoraes
  35. 35. O MELHOR DO BRASIL É O BRASILEIRO A cada post uma surpresa ThomazMoraes
  36. 36. Somos muito criativos. Claro que neste momento de Pokémania, não deixaríamos de criar nossas pérolas! As postagens que geraram mais buzz logo na chegada do app, foram essas duas redes de moteis. Mas os motoboys do RJ e do CE também merecem destaque pela criatividade. Meu Brasil brasileiro! ThomazMoraes
  37. 37. ThomazMoraes
  38. 38. ThomazMoraes
  39. 39. Um designer criou um tour e leva crianças para caçarem pokémons em Curitiba, por R$50. ThomazMoraes
  40. 40. Eric Murray remador da seleção olímpica da Nova Zelândia reclamou no Instagram pelo fato de não haver pokéstops na vila olímpica. ThomazMoraes
  41. 41. Pokéboy Motoboy cearense oferece tours pela cidade para caçar pokémons. ThomazMoraes
  42. 42. Na sala de aula Professores também entraram na brincadeira e deram um recado bem humorado para os alunos: “Gastaremos suas pokébolas.” ThomazMoraes
  43. 43. MÍDIA É O MOMENTO EMQUE A ATENÇÃOENCONTRA O CONTEÚDO REVEJA SEU CONCEITO DE MÍDIA
  44. 44. APROVEITE A OPORTUNIDADE, MAS NÃO SEJA OPORTUNISTA. ISSO QUER DIZER: MOSTRE AOS SEUS COLABORADORES OU CLIENTES QUE VOCÊ ESTÁ CONECTADO COM O QUE ESTÁ ACONTECENDO NO MUNDO, MAS NÃO EXAGERE NA PEGADA. PODE SOAR APROVEITADOR. SEJA RELEVANTE ThomazMoraes
  45. 45. Obrigado! Thomaz Moraes thomazmoraes@gmail.com /thomazmoraes Quer saber mais sobre estratégias ou políticas de redes sociais para colaboradores, employer branding ou treinamentos de reputação digital, entre em contato.

×