<ul><li>•  Neste trabalho, vamos falar do alcoolismo na adolescência, os seus efeitos, as suas causas, as doenças que dele...
<ul><li>•  Quando se consome uma bebida alcoólica, o álcool que </li></ul><ul><li>esta contém (que se exprime em graus e q...
<ul><li>•  As bebidas alcoólicas só deveriam ser consumidas por </li></ul><ul><li>adultos saudáveis, ainda que em quantida...
<ul><li>•  Devido a perda de sentido crítico, é frequente uma </li></ul><ul><li>pessoa embriagada não se inibir de conduzi...
<ul><li>•  As estatísticas mostram que o álcool é de longe, a mais </li></ul><ul><li>perigosa das drogas, responsável por ...
<ul><li>•  O abuso de álcool pode ser identificado pelas perdas. </li></ul><ul><li>O adolescente começa a perder a memória...
<ul><li>•  Factores sociais, psicológicos e religiosos, bem como </li></ul><ul><li>problemas temporários podem influenciar...
<ul><li>•  Factores sociais, psicológicos e religiosos, bem como </li></ul><ul><li>problemas temporários podem influenciar...
<ul><li>•  O álcool deprime imediatamente as funções cerebrais; </li></ul><ul><li>a intensidade deste efeito depende do se...
<ul><li>•  Fase 1: Fase social, sem dependência física, apenas </li></ul><ul><li>dependência Emocional. Inicia-se na prime...
<ul><li>•  Os alcoólicos que apresentam uma síndrome de </li></ul><ul><li>abstinência geralmente tratam-se a si próprios <...
<ul><li>•  Estudos têm procurado estabelecer as causas do alcoolismo, como factores individuais, sociais e culturais, ou a...
 
 
http://www.youtube.com/watch?v=7s3d8qmX4jM&feature=related
<ul><li>http://www.youtube.com/watch?v=7s3d8qm X4jM&feature=related  </li></ul><ul><li>http://www.youtube.com/watch?v=VPm0...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

O álcool na adolescência 6ºe-norberto e rúben gomes

3.197 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.197
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
61
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O álcool na adolescência 6ºe-norberto e rúben gomes

  1. 1. <ul><li>• Neste trabalho, vamos falar do alcoolismo na adolescência, os seus efeitos, as suas causas, as doenças que dele provêm, as suas consequências, </li></ul><ul><li>A influência do alcoolismo na condução, efeitos biológicos, o tratamento e as suas fases. </li></ul>
  2. 2. <ul><li>• Quando se consome uma bebida alcoólica, o álcool que </li></ul><ul><li>esta contém (que se exprime em graus e que varia de </li></ul><ul><li>bebida para bebida) vai através da boca e do esófago </li></ul><ul><li>para o estômago e para o intestino, onde é absorvido </li></ul><ul><li>pelo sangue. </li></ul><ul><li>• Os efeitos do álcool dependem da sua concentração no </li></ul><ul><li>sangue. Assim, se houver uma ingestão excessiva de </li></ul><ul><li>bebidas alcoólicas ocorre o estado de embriaguez. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>• As bebidas alcoólicas só deveriam ser consumidas por </li></ul><ul><li>adultos saudáveis, ainda que em quantidades </li></ul><ul><li>moderadas e, de preferência, durante as refeições </li></ul><ul><li>principais. </li></ul><ul><li>• Estima-se que 10% da população portuguesa consome </li></ul><ul><li>álcool excessivamente. Muitas vezes, as pessoas que </li></ul><ul><li>abusam do álcool não se apercebem que estão com um </li></ul><ul><li>problema de saúde. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>• Devido a perda de sentido crítico, é frequente uma </li></ul><ul><li>pessoa embriagada não se inibir de conduzir, pondo em </li></ul><ul><li>perigo a sua vida e a dos outros. Com a ingestão de </li></ul><ul><li>bebidas alcoólicas aumenta o risco de acidentes. </li></ul><ul><li>• Assim, as bebidas alcoólicas, mesmo quando tomadas </li></ul><ul><li>ocasionalmente ou em quantidades moderadas, são </li></ul><ul><li>responsáveis por um elevado número de acidentes de </li></ul><ul><li>viação. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>• As estatísticas mostram que o álcool é de longe, a mais </li></ul><ul><li>perigosa das drogas, responsável por 90% das </li></ul><ul><li>internações em hospitais psiquiátricos, responsável, </li></ul><ul><li>ainda, por 45% dos acidentes com jovens entre 13 e 19 </li></ul><ul><li>anos. </li></ul><ul><li>• O álcool está inserido na cultura, presente nos lazeres </li></ul><ul><li>e encontros adolescentes, presente dentro das casas, </li></ul><ul><li>presente tanto na vida profana como no ritual </li></ul><ul><li>religioso. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>• O abuso de álcool pode ser identificado pelas perdas. </li></ul><ul><li>O adolescente começa a perder a memória, a </li></ul><ul><li>capacidade de concentração, os raciocínios abstractos, </li></ul><ul><li>fica com mania de perseguição e agressivo. </li></ul><ul><li>• É por causa dessas perdas que a escola se vai tornando </li></ul><ul><li>insuportável. A grande maioria adolescente, viciada em </li></ul><ul><li>álcool, já repetiu de ano pelo menos uma vez e </li></ul><ul><li>acabaram por abandonar a escola. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>• Factores sociais, psicológicos e religiosos, bem como </li></ul><ul><li>problemas temporários podem influenciar a decisão de </li></ul><ul><li>beber tanto no adolescente quanto no adulto jovem. </li></ul><ul><li>• A idade da primeira bebida alcoólica (13-15 anos), a </li></ul><ul><li>idade da primeira intoxicação (15-17 anos) e a idade do </li></ul><ul><li>primeiro problema relacionado ao consumo de álcool (16- </li></ul><ul><li>22 anos). </li></ul>
  8. 8. <ul><li>• Factores sociais, psicológicos e religiosos, bem como </li></ul><ul><li>problemas temporários podem influenciar a decisão de </li></ul><ul><li>beber tanto no adolescente quanto no adulto jovem. </li></ul><ul><li>• A idade da primeira bebida alcoólica (13-15 anos), a </li></ul><ul><li>idade da primeira intoxicação (15-17 anos) e a idade do </li></ul><ul><li>primeiro problema relacionado ao consumo de álcool (16- </li></ul><ul><li>22 anos). </li></ul>
  9. 9. <ul><li>• O álcool deprime imediatamente as funções cerebrais; </li></ul><ul><li>a intensidade deste efeito depende do seu valor no </li></ul><ul><li>sangue (a uma maior quantidade, maior alteração). </li></ul><ul><li>• A ingestão prolongada de quantidades excessivas de </li></ul><ul><li>álcool danifica muito os órgãos, particularmente o </li></ul><ul><li>fígado, o cérebro e o coração. </li></ul>
  10. 10. <ul><li>• Fase 1: Fase social, sem dependência física, apenas </li></ul><ul><li>dependência Emocional. Inicia-se na primeira vez que </li></ul><ul><li>se bebe. </li></ul><ul><li>• Fase 2: Fase social, sem dependência física, apenas </li></ul><ul><li>dependência emocional. O organismo modifica-se: temse </li></ul><ul><li>a tolerância aumentada bebe-se mais do que na fase </li></ul><ul><li>1. </li></ul>
  11. 11. <ul><li>• Os alcoólicos que apresentam uma síndrome de </li></ul><ul><li>abstinência geralmente tratam-se a si próprios </li></ul><ul><li>bebendo. Algumas pessoas procuram cuidados médicos </li></ul><ul><li>porque não desejam continuar a beber ou porque a </li></ul><ul><li>síndrome de abstinência é muito intensa. </li></ul><ul><li>• Num ou noutro caso, o médico verifica, primeiro, a </li></ul><ul><li>possibilidade de uma doença ou de uma lesão da </li></ul><ul><li>cabeça. </li></ul>
  12. 12. <ul><li>• Estudos têm procurado estabelecer as causas do alcoolismo, como factores individuais, sociais e culturais, ou a interacção desses factores. Tais </li></ul><ul><li>estudos têm estimulado o desenvolvimento de teorias biológicas, psicológicas, psicodinâmicas, comportamentais e socioculturais para determinar a origem e as causas do alcoolismo. </li></ul>
  13. 15. http://www.youtube.com/watch?v=7s3d8qmX4jM&feature=related
  14. 16. <ul><li>http://www.youtube.com/watch?v=7s3d8qm X4jM&feature=related </li></ul><ul><li>http://www.youtube.com/watch?v=VPm06-IYYeE&feature=related </li></ul><ul><li>http://www.youtube.com/watch?v=ej10TMDKqAI&feature=related </li></ul><ul><li>http://www.youtube.com/watch?v=ej10TMDKqAI&feature=related </li></ul><ul><li>http://www.youtube.com/watch?v=VDPzd5AcmnI&NR=1 </li></ul>

×