Geografia- turismo

5.212 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.212
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
71
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Geografia- turismo

  1. 1. luís palma de jesus http://geografismos.blogspot.com Escola Secundária Fernão Mendes Pinto – Almada ACTIVIDADES ECONÓMICAS – SEBENTA DAS MATÉRIAS PARA O 8º ANO SEBENTA DA UNIDADE DIDÁCTICA 5: ACTIVIDADES ECONÓMICAS SECTORES DE ACTIVIDADE SECTORES DE ACTIVIDADE ECONÓMICA: Colin Clark (1940) agrupa as actividades económicas em 3 SECTORES DE ACTIVIDADE:  O sector primário que engloba as actividades ligadas à extracção de recursos naturais, como sejam a agricultura, a silvicultura, as pescas, a pecuária, a caça ou as indústrias extractivas;  O sector secundário que engloba as actividades industriais transformadoras, a construção, a produção de energia;  O sector terciário que engloba as actividades ligadas aos serviços, o comércio, o ensino, o turismo, os transportes e as actividades financeiras. POPULAÇÃO ACTIVA NO MUNDO POR SECTORES DE ACTIVIDADE ECONÓMICA EM 2010:  Sector primário: 37,5% da população activa  Sector secundário: 22,1% da população activa  Sector terciário: 40,4% da população activa Fonte: CIA World fact Book - 2010: Labor force - by occupation: https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/geos/xx.html Modelo teórico da “Evolução das actividades económicas” (modelo Colin Clark e Jean Fourastié):  POPULAÇÃO ACTIVA NOS PAÍSES EM VIAS DE DESENVOLVIMENTO: Sector Primário: 70% da população activa Sector secundário: 20% da população activa Sector terciário: 10% da população activa.  POPULAÇÃO ACTIVA NOS PAÍSES DESENVOLVIDOS: Sector Primário: 10% da população activa Sector secundário: 20% da população activa Sector terciário: 70% da população activa NOTA: POPULAÇÃO ACTIVA: Indivíduos com idade superior a 15 anos e que constituem a mão-de-obra disponível para a produção de bens e serviços. Inclui empregados (emprego civil e militares de carreira) e desempregados (à procura de 1º ou novo emprego). Fonte: INE http://metaweb.ine.pt/sim/CONCEITOS POPULAÇÃO INACTIVA: Indivíduos, qualquer que seja a sua idade, que não estão empregados nem desempregados, nem a cumprir o serviço militar obrigatório. Fonte: INE http://metaweb.ine.pt/sim/CONCEITOS Página 1 de 17
  2. 2. luís palma de jesus http://geografismos.blogspot.com Escola Secundária Fernão Mendes Pinto – Almada ACTIVIDADES ECONÓMICAS – SEBENTA DAS MATÉRIAS PARA O 8º ANO CLASSIFICAÇÃO DAS ACTIVIDADES ECONÓMICAS: Classificação Portuguesa das Actividades Económicas. Revisão 3. (INE 2007) Fonte: http://www.scribd.com/doc/7732780/Classificacao-Portuguesa-das-Actividades-Economicas-Revisao-3-INE-2007 Página 2 de 17
  3. 3. luís palma de jesus http://geografismos.blogspot.com Escola Secundária Fernão Mendes Pinto – Almada ACTIVIDADES ECONÓMICAS – SEBENTA DAS MATÉRIAS PARA O 8º ANO AGRICULTURA, PECUÁRIA E PESCA RECURSOS ALIMENTARES: Em 2010 a área de terras aráveis por habitante está a diminuir: 1970: 0,38 hectares por pessoa 2000: 0,23 hectares por pessoa 2050: 0,15 hectares por pessoa. Em 2010: 80% das terras aráveis dependem da chuva (sujeitas ao risco de secas e alterações climáticas). SITUAÇÃO MUNDIAL DOS RECURSOS ALIMENTARES: TESE PRINCIPAL: O crescimento da produção alimentar é superior ao crescimento das populações. Mais de 1000 milhões de pessoas têm excesso de peso. Cerca de 850 milhões de pessoas viviam em fome crónica devido à pobreza extrema. Cerca de 2000 milhões de pessoas viviam em carência alimentar devido a diferentes graus de pobreza. Fonte: FAO, 2010. http://www.fao.org/corp/statistics AGRICULTURA – FACTORES CONDICIONANTES (FÍSICOS/HUMANOS) DA AGRICULTURA: FACTORES FÍSICOS  Clima (temperatura, humidade e luz solar)  Solo  Relevo FACTORES HUMANOS  Grau de desenvolvimento humano dos países  Densidade de população  Técnicas de trabalho e meios utilizados CONTRASTES AGRÍCOLAS A NÍVEL MUNDIAL NA ACTUALIDADE PAÍSES DESENVOLVIDOS PAÍSES EM VIAS DE DESENVOLVIMENTO  Obtêm as maiores produções  Obtêm reduzidas produções alimentares (vivem situações de penúria alimentar) alimentares do mundo  Satisfazem as necessidades alimentares das suas populações  Dificuldades em satisfazer as necessidades alimentares das suas populações Página 3 de 17
  4. 4. Escola Secundária Fernão Mendes Pinto – Almada ACTIVIDADES ECONÓMICAS – SEBENTA DAS MATÉRIAS PARA O 8º ANO luís palma de jesus http://geografismos.blogspot.com AGRICULTURA – SISTEMAS DE CULTIVO AGRÍCOLA: PRINCIPAIS TIPOS DE CULTIVO AGRÍCOLA NA ACTUALIDADE Sistema de cultivo agrícola: O modo do uso da terra pelo agricultor; incluindo a selecção de espécies vegetais e técnicas de cultivo Classificação dos 6 sistemas de cultivo agrícola:  Agricultura intensiva  Agricultura extensiva  Agricultura de policultura  Agricultura de monocultura  Agricultura de regadio  Agricultura de sequeiro USO DO SOLO  AGRICULTURA INTENSIVA: Cultivo permanente do solo ao longo de todo o ano. Sem pousio (sem descanso)  AGRICULTURA EXTENSIVO: Cultivo rotativo do solo entre o cultivo e descanso (com pousio). Conhecido como «regime de afolhamento» USO DE ESPÉCIES VEGETAIS  AGRICULTURA DE POLICULTURA Cultivo de várias espécies vegetais numa parcela de terra  AGRICULTURA DE MONOCULTURA Cultivo de uma única espécie vegetal numa parcela de terra USO DA ÁGUA  AGRICULTURA DE REGADIO As espécies vegetais usadas precisam de rega  AGRICULTURA DE SEQUEIRO As espécies vegetais usadas não precisam de rega (a água das chuvas é suficiente) Cereais produzidos em 2002 em % do total de toneladas produzidas (o tamanho dos países é proporcional ao total de cereais produzidos). Fonte: http://www.sasi.group.shef.ac.uk/worldmapper Página 4 de 17
  5. 5. luís palma de jesus http://geografismos.blogspot.com Escola Secundária Fernão Mendes Pinto – Almada ACTIVIDADES ECONÓMICAS – SEBENTA DAS MATÉRIAS PARA O 8º ANO AGRICULTURA – TIPOS DE AGRICULTURA: PRINCIPAIS TIPOS DE AGRICULTURA NA ACTUALIDADE AGRICULTURA TRADICIONAL AGRICULTURA MODERNA Público  Autoconsumo  Mercado consumidor Agricultura de subsistência do agricultor Visa o lucro económico nos mercados e sua família nacionais e internacionais Produtividade  Reduzida produtividade  Elevada produtividade Mão-de-obra  Elevada mão-de-obra  Reduzida mão-de-obra Emprega muitos trabalhadores pois é Emprega muitos trabalhadores pois é uma agricultura sem mecanização. uma agricultura muito mecanizada. Tecnologias  Tecnologias artesanais.  Tecnologias avançadas. Baseada na experiência, evita a inovação. Baseada na inovação e investigação Tem sistemas de rega manuais. científica. Sistemas de rega complexos. Sem mecanização Elevada mecanização Aditivos  Reduzido uso de químicos  Elevado uso de químicos químicos Apenas usa fertilizantes naturais; logo, Usa fertilizantes, pesticidas e exposta a pragas e doenças herbicidas químicos. PRINCIPAIS TIPOS DE AGRICULTURA TRADICIONAL É mais primitiva. Agricultura itinerante (agricultura de queimada) Queima da terra para depois usar as cinzas como fertilizante durante 5 anos, procurando posteriormente terrenos noutros lugares Mantém-se no mesmo lugar usando o pousio Agricultura sedentária de sequeiro com rotação de culturas; utiliza fertilizantes naturais (estrume dos animais) Localizada nas nascentes dos desertos; pratica a Agricultura de oásis policultura em pequenos terrenos (devido à extrema divisão da propriedade) Localizada na região de monções; aproveita as Agricultura da Ásia das monções (rizicultura) elevadas precipitações e mão-de-obra elevada; cultivo preferencial de arroz PRINCIPAIS TIPOS DE AGRICULTURA MODERNA Localizada em regiões tropicais; produz em Agricultura de plantação monocultura para os mercados internacionais; cultivo preferencial de cacau, café ou borracha Muito intensiva, em explorações pequenas ou Agricultura europeia de média dimensão; em sistema de policultura, elevada mecanização, elevado uso de fertilizantes químicos. Muito protegida e subsidiada (PAC – política agrícola comum) Nos EUA e Canadá; praticada em grandes Agricultura norte-americana propriedades, em sistema de monocultura, com elevada mecanização. Muito protegida e subsidiada Página 5 de 17
  6. 6. luís palma de jesus http://geografismos.blogspot.com Escola Secundária Fernão Mendes Pinto – Almada ACTIVIDADES ECONÓMICAS – SEBENTA DAS MATÉRIAS PARA O 8º ANO Áreas agrícolas e de pradaria Página 6 de 17
  7. 7. luís palma de jesus http://geografismos.blogspot.com Escola Secundária Fernão Mendes Pinto – Almada ACTIVIDADES ECONÓMICAS – SEBENTA DAS MATÉRIAS PARA O 8º ANO AGRICULTURA – PROBLEMAS E SOLUÇÕES DA AGRICULTURA: PRINCIPAIS PROBLEMAS DA AGRICULTURA NA ACTUALIDADE AGRICULTURA TRADICIONAL AGRICULTURA MODERNA  PROBLEMAS AMBIENTAIS:  PROBLEMAS AMBIENTAIS: Desflorestação Desflorestação Erosão dos solos Erosão dos solos Esgotamento de solos Poluição de solos e águas Contaminação da cadeia alimentar Reduzida qualidade dos alimentos  PROBLEMAS SOCIAIS:  PROBLEMAS SOCIAIS: Fome: incapaz de sustentar 6 mil Risco de excesso de produção milhões de humanos Só existe agricultura se gerar lucros Doenças: exposta a pragas e doenças Pobreza: não gera lucros PRINCIPAIS SOLUÇÕES PARA A AGRICULTURA NA ACTUALIDADE AGRICULTURA BIOLÓGICA  Mantém as vantagens da agricultura moderna (elevada produtividade e elevados lucros)  Evita os problemas ambientais da agricultura moderna (não usa químicos; não polui)  Melhora a qualidade dos alimentos (sem químicos, mais nutritivos, com sabor natural)  O seu objectivo é o «equilíbrio ecológico» (permitindo o desenvolvimento sustentável) Agricultura orgânica na Europa em 2007 (barras vermelhas: milhares de hectares por país; áreas castanhas: % do total das terras agrícolas de cada país). Consultado em http://www.vitalgraphics.net/balkan.cfm Página 7 de 17
  8. 8. luís palma de jesus http://geografismos.blogspot.com Escola Secundária Fernão Mendes Pinto – Almada ACTIVIDADES ECONÓMICAS – SEBENTA DAS MATÉRIAS PARA O 8º ANO PECUÁRIA – TIPOS DE PECUÁRIA: PRINCIPAIS TIPOS DE PECUÁRIA NA ACTUALIDADE  Criação de gado bovino (vacas) Com grande valor económico pela produção de carne, leite e couro. Os principais produtores são os EUA, a Rússia, a Argentina e o Brasil. A Suíça, a Dinamarca e Holanda destacam-se como produtores de leite  Criação de gado suíno (porcos) Muito rentável, pois exige poucos cuidados. China, Rússia e EUA registam as maiores produções  Criação de gado ovino (ovelhas, cabras) Com grande valor económico pela produção de lã, carne e leite. Os principais produtores são a Federação Russa, Austrália e a China. Na produção de lã, a Nova Zelândia e o Reino Unido Produção de carne em 2005 em % do total de toneladas produzidas no mundo (o tamanho dos países é proporcional ao total). Fonte: http://www.sasi.group.shef.ac.uk/worldmapper Carne consumida em 2005 em % do total de toneladas consumidas no mundo (o tamanho dos países é proporcional ao total). Fonte: http://www.sasi.group.shef.ac.uk/worldmapper Página 8 de 17
  9. 9. luís palma de jesus http://geografismos.blogspot.com Escola Secundária Fernão Mendes Pinto – Almada ACTIVIDADES ECONÓMICAS – SEBENTA DAS MATÉRIAS PARA O 8º ANO PESCA – FACTORES CONDICIONANTES (FÍSICOS/ÁREAS DE PESCA): FACTORES FÍSICOS  Plataforma continental Envolvente dos continentes e ilhas até uma profundidade de 200 metros. Possui elevada riqueza biológica  Correntes marítimas Nas zonas de contacto entre águas quentes e frias. Possui elevada riqueza biológica PESCA – TIPOS DE PESCA (TRADICIONAL/MODERNA): PRINCIPAIS TIPOS DE PESCA NA ACTUALIDADE PESCA TRADICIONAL PESCA MODERNA Pesca artesanal Pesca industrial Elevado número de embarcações de Reduzido número de embarcações de grande porte; pequeno porte; capturas reduzidas capturas elevadas PESCA LOCAL: PESCA DE LARGO: Pratica-se em águas interiores (lagos, No mar alto com barcos de frio navegação rios) computorizada PESCA COSTEIRA: AQUACULTURA: No litoral até 10 km da costa Criação em viveiros no litoral (enseadas, baías) com manutenção computorizada PROBLEMAS AMBIENTAIS: PROBLEMAS AMBIENTAIS: Pouco significativo Destruição de ecossistemas marítimos Sobreexploração dos recursos piscícolas. Extermínio de espécies piscícolas PROBLEMAS SOCIAIS: PROBLEMAS SOCIAIS: Fome: não sustenta grandes populações Pouco significativo Pobreza: não gera lucros significativos Pescas e o risco de extinção de espécies piscícolas. Se as actuais capturas continuar espera-se em 2050 que as espécies marinhas selvagens entre em colapso (definido como 90% do efectivo de uma espécie). Fonte: Impacts of Biodiversity Loss on Ocean Ecosystem Services. Consultado em http://www.sciencemag.org/abstract Página 9 de 17
  10. 10. luís palma de jesus http://geografismos.blogspot.com Escola Secundária Fernão Mendes Pinto – Almada ACTIVIDADES ECONÓMICAS – SEBENTA DAS MATÉRIAS PARA O 8º ANO INDÚSTRIA RECURSOS NATURAIS (RENOVÁVEIS E NÃO-RENOVÁVEIS): TIPOLOGIA DOS RECURSOS NATURAIS RECURSOS NÃO RENOVÁVEIS RECURSOS RENOVÁVEIS A sua existência é limitada. A sua existência é ilimitada ou substituível. A maioria dos recursos do subsolo (energéticos O seu uso não é poluente. ou hídricos) é «não renovável». O seu uso garante a disponibilidade de O seu uso é poluente por provocar: recursos naturais para as gerações futuras. Esgotamento de reservas Poluição dos solos Apenas o uso de fontes de energia renovável Poluição do subsolo permitem o desenvolvimento sustentável. Poluição de águas subterrâneas Poluição atmosférica Aquecimento climático (pelo aumento do efeito de estufa)  MINERAIS ENERGÉTICOS carvão, petróleo, gás natural; urânio  ÁGUA  MINERAIS METÁLICOS ferro, cobre, alumínio, chumbo, zinco, estanho, volfrâmio, ouro, prata, platina  SOL  MINERAIS NÃO METÁLICOS quartzo, caulino, sal-gema  ROCHAS INDUSTRIAIS calcário, margas (para engenharia civil)  ROCHAS ORNAMENTAIS mármore, granito (para arquitectura etc)  VENTO  BIOMASSA  GEOTERMIA  ÁGUAS MINERAIS águas subterrâneas (uso terapêutico)  ÁGUAS DE NASCENTE águas subterrâneas (para consumir) Página 10 de 17
  11. 11. luís palma de jesus http://geografismos.blogspot.com Escola Secundária Fernão Mendes Pinto – Almada ACTIVIDADES ECONÓMICAS – SEBENTA DAS MATÉRIAS PARA O 8º ANO FACTORES DE LOCALIZAÇÃO (FÍSICOS/HUMANOS E ÁREAS INDUSTRIAIS NO MUNDO): FACTORES DE LOCALIZAÇÃO INDUSTRIAL NA ACTUALIDADE A localização ideal duma indústria é aquela que reduz os custos e maximiza os lucros  Mão-de-obra Qualificada, profissional e barata  Redes de transporte e telecomunicações Escoamento rápido e barato das matérias-primas e dos produtos finais  Mercado consumidor Densidade elevada de consumidores alvo  Centros de investigação científica Pólos tecnológicos com investigadores especializados e parceiros empresariais  Centros de decisão política Exercício de influência e obtenção de programas de incentivos (lobbing económico) OS PAÍSES MAIS INDUSTRIALIZADOS NA ACTUALIDADE: OS G20: África do Sul Argentina Brasil México Canadá Estados Unidos China Japão Coreia do Sul India Indonésia Arábia Saudita Turquia União Europeia França Alemanha Itália Rússia Reino Unido Austrália G20: As 19 maiores economias do mundo mais a União Europeia: Representam 90% do PIB mundial, 80% do comércio mundial e70% da população mundial; são países muito industrializados. Países do G20 em 2010 (a azul claro os países da União Europeia que não são individualmente representados no G-20) Página 11 de 17
  12. 12. luís palma de jesus http://geografismos.blogspot.com Escola Secundária Fernão Mendes Pinto – Almada ACTIVIDADES ECONÓMICAS – SEBENTA DAS MATÉRIAS PARA O 8º ANO ÁREAS DE MAIOR INDUSTRIALIZAÇÃO NA ACTUALIDADE E EM 2050:  EUA; China; Japão; Alemanha; Reino Unido; Rússia As maiores economias do mundo em 2050, medidas pelo seu PIB (milhões de USD). Fonte: FMI (2010) World Economic Outlook Database. Consultado em http://www.imf.org/external/pubs/ft/weo/2010/01/weodata/weorept.aspx ÁREAS DE MAIOR CRESCIMENTO INDUSTRIAL NA ACTUALIDADE E EM 2050  Os BRIC: Brasil, Rússia, Índia, China BRIC: conceito usado no relatório "Building Better Global Economic BRICs" (Jim O'Neill, 2001). Os BRIC tiveram o mais rápido crescimento económico e industrial do mundo, possuem 40% da população mundial; em 2050 poderão ser os líderes económicos do mundo (China e Índia em destaque) Fonte: Goldman Sachs (2007). BRICS and Beyon. Consultado em http://www2.goldmansachs.com/ideas/brics/book/BRIC-Full.pdf Página 12 de 17
  13. 13. Escola Secundária Fernão Mendes Pinto – Almada ACTIVIDADES ECONÓMICAS – SEBENTA DAS MATÉRIAS PARA O 8º ANO luís palma de jesus http://geografismos.blogspot.com NPI – NOVOS PAÍSES INDUSTRIALIZADOS ECONOMIAS EMERGENTES NA DÉCADA 2000-2010  NPI (sigla em ingles: NIC - Newly industrialized countries) PIB (milhões USD) 2009 PIB per capita (USD) 2009 Região País África América África do Sul México Brasil 492.684.000 1.465.726.000 2.013.186.000 10.229 13.609 10.499 China 9.046.990.000 3.526.124.000 384.119.000 320.384.000 546.095.000 880.061.000 6.778 Ásia Europa Índia Malásia Filipinas Tailândia Turquia 3.015 13.800 3.516 8.051 12.466 NPI (novos países industrializados) países não desenvolvidos mas com elevadas taxas de crescimento económico e elevadas taxas de industrialização superiores à dos países desenvolvidos; possuem mãode-obra barata mas muito qualificada. ECONOMIAS EMERGENTES NA DÉCADA 1960-1990  Os 4 Tigres Asiáticos: Hong Kong Coreia do Sul Singapura Taiwan Fonte: FMI (2010) World Economic Outlook Database. Página 13 de 17
  14. 14. luís palma de jesus http://geografismos.blogspot.com Escola Secundária Fernão Mendes Pinto – Almada ACTIVIDADES ECONÓMICAS – SEBENTA DAS MATÉRIAS PARA O 8º ANO IMPACTOS AMBIENTAIS E SOCIAIS DA INDÚSTRIA: PRINCIPAIS IMPACTOS DA INDÚSTRIA NA ACTUALIDADE IMPACTOS AMBIENTAIS IMPACTOS SOCIAIS VANTAGENS: VANTAGENS: nenhumas Crescimento económico Aumento de exportações Aumento de emprego Aumento consumo Aumento do desenvolvimento humano PROBLEMAS: PROBLEMAS: Elevada poluição atmosférica Risco de deslocalização (saída do país): Elevada poluição dos recursos hídricos Dependência; desemprego; baixos salários; Elevada produção de resíduos mão-de-obra infantil Elevado consumo de energia Emissões de CO2 em % do total mundial (2004) Fonte: STATPLANET em http://www.sacmeq.org/statplanet/StatPlanet.html Página 14 de 17
  15. 15. Escola Secundária Fernão Mendes Pinto – Almada ACTIVIDADES ECONÓMICAS – SEBENTA DAS MATÉRIAS PARA O 8º ANO luís palma de jesus http://geografismos.blogspot.com SERVIÇOS E TURISMO FLUXOS DE PRODUTOS A NÍVEL MUNDIAL (DESIGUALDADES NOS FLUXOS INTERNACIONAIS): Rank - Country Exports + Imports $3,764,000,000,000 1 European Union (Extra-EU27) United States 2 People's Republic of China $2,813,000,000,000 3 Germany $2,457,000,000,000 4 Japan $1,402,000,000,000 5 $1,086,400,000,000 6 France United Kingdom 7 Italy $918,100,000,000 8 South Korea $884,200,000,000 9 $859,700,000,000 10 Netherlands Canada - Hong Kong $795,600,000,000 11 Singapore $666,800,000,000 12 Russia $614,000,000,000 13 Mexico $609,000,000,000 14 Spain $592,900,000,000 15 Belgium $560,900,000,000 16 India $528,000,000,000 17 Taiwan (Republic of China) $524,800,000,000 18 $453,000,000,000 19 Switzerland Australia 20 Brazil $387,400,000,000 $3,173,000,000,000 $952,100,000,000 $813,200,000,000 $411,100,000,000 Exportações em milhões de dólares segundo o CIA World FactBook (2006) Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_countries_by_exports Página 15 de 17
  16. 16. luís palma de jesus http://geografismos.blogspot.com Escola Secundária Fernão Mendes Pinto – Almada ACTIVIDADES ECONÓMICAS – SEBENTA DAS MATÉRIAS PARA O 8º ANO TIPOS DE SERVIÇOS: OS DIFERENTES TIPOS DE SERVIÇOS:     serviços empresariais e a banca (seguros, finanças, investimentos) serviços pessoais (doméstico, turismo, cultura) serviços de distribuição (comércio e transportes) administração pública e serviços sociais (estado, defesa, justiça, educação) FLUXOS TURÍSTICOS: AS DIFERENTES FORMAS DE TURISMO:        Turismo litoral ou balnear (mediterrâneo, Caraíbas, Algarve, Califórnia) Turismo de montanha (estâncias de esqui nos Alpes, Pirenéus, Serra Nevada) Turismo cultural (Paris, Londres, Roma, Atenas) Turismo de negócios e congressos (Nova Iorque, Tóquio, Frankfurt, Hong Kong) Turismo Religioso (Jerusalém, Vaticano, Meca, Fátima) Turismo Termal (Termas do Luso, Vichy) Turismo rural, aventura, ecológico, de compras (Itália, Espanha, Sul de França) Fonte: ALMEIDA, Regina. (2007). Geografia e Cartografia para o Turismo. São Paulo. IPSIS Página 16 de 17
  17. 17. luís palma de jesus http://geografismos.blogspot.com Escola Secundária Fernão Mendes Pinto – Almada ACTIVIDADES ECONÓMICAS – SEBENTA DAS MATÉRIAS PARA O 8º ANO Fonte: ALMEIDA, Regina. (2007). Geografia e Cartografia para o Turismo. São Paulo. IPSIS PROBLEMAS AMBIENTAIS E SOCIAIS: PRINCIPAIS CONSEQUÊNCIAS DO TURISMO AMBIENTE SOCIEDADE  ASPECTOS POSITIVOS:  ASPECTOS POSITIVOS: Nenhum  ASPECTOS NEGATIVOS: Destruição dos ecossistemas. Contaminação dos recursos hídricos. Sobreexploração dos aquíferos (campos de golfe e piscinas). Excesso de construção e falta de ordenamento do território. Aumento dos resíduos. Promoção do emprego. Promoção de produtos dos locais. Crescimento de infra-estruturas. Desenvolvimento da economia.  ASPECTOS NEGATIVOS: Emprego sazonal e pouco qualificado. Elevado investimento em infra-estruturas. Dependência do turismo. Desenvolvimento económico explorado por outros países. Página 17 de 17

×