Educação Física

551 visualizações

Publicada em

Introdução
Atividade Física
Saúde
Benefícios da Actividade Física na Saúde do Individuo
Sedentarismo
Sedentarismo versus Saúde
Doenças
Conclusão
Bibliografia

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
551
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
30
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Educação Física

  1. 1. Escola Secundária António Damásio Disciplina: Educação Física A influência da Prática da Atividade Física na Saúde dos Indivíduos Deise Brito nº5 Janice Cassama nº9 11º Ptur Professora: Tânia Marques 2013/2014 Fevereiro
  2. 2. 1 Índice Introdução ...........................................................................................................................2 Capítulo I.............................................................................................................................3 Atividade Física ...............................................................................................................3 Capítulo II ...........................................................................................................................3 Saúde...............................................................................................................................3 Capítulo III ..........................................................................................................................4 Benefícios da Actividade Física na Saúde do Individuo .......................................................4 Capítulo IV ..........................................................................................................................5 Sedentarismo....................................................................................................................5 Capítulo V ...........................................................................................................................5 Sedentarismo versus Saúde ...............................................................................................5 Capítulo VI ..........................................................................................................................6 Doenças ...........................................................................................................................6 Conclusão ............................................................................................................................7 Bibliografia..........................................................................................................................7
  3. 3. 2 Introdução Este trabalho foi proposto na disciplina de Educação Física, no âmbito do módulo 10 – Actividades Físicas em Contexto, relacionado com o tema “A influência da Prática da Actividade Física na Saúde nos Indivíduos”. Vamos definir actividade física, saúde segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), e sedentarismo. Ao longo do trabalho vamos referir os benefícios da actividade física na vida do homem e as consequências de uma vida inactiva sem a prática de uma actividade física.
  4. 4. 3 Capítulo I Atividade Física É definida como qualquer movimento corporal produzido pela musculatura, que resulta no gasto energético acima dos níveis de repouso. Considerando as actividades ocupacionais (trabalho), atividade da vida diária (vestir, tomar banho, comer etc., o deslocar-se (para o trabalho, para a escola, etc.) e actividades de lazer (exercício físico, desporto, dança, artes marciais, etc.). Capítulo II Saúde A "Organização Mundial de Saúde" (OMS) define a saúde como "um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não somente ausência de afecções e enfermidades".
  5. 5. 4 Capítulo III Benefícios da Actividade Física na Saúde do Individuo A prática de actividade física produz muitos benefícios para a nossa saúde, tais como:  Melhor saúde e disposição na realização das tarefas diárias  Aumento da resistência física e força muscular  Aumento da eficiência do sistema imunológico  Facilidade de dormir  Redução da ansiedade e controle do stresse  Aumento da auto-estima e da própria imagem  Ajuda na preservação da massa óssea, na função dos músculos e das articulações  Redução da gordura corporal e controlo do peso  Redução da pressão arterial  Controlo do diabetes  Diminuição do colesterol e aumento do HDL-colesterol (“o colesterol bom”) ~
  6. 6. 5 Capítulo IV Sedentarismo O sedentarismo é a falta de actividade física, o que significa quando a pessoa gasta pouca caloria diária sem ser a prática de desporto, mas sim actividades diárias regulares. Capítulo V Sedentarismo versus Saúde O sedentarismo é uma consequência dos hábitos decorrentes da vida moderna. Com a evolução da tecnologia e a consequente substituição das actividades que requerem gasto de energia, o homem acaba escolhendo a lei do menor esforço, o que conduz a um consumo menor de energia do seu corpo. As consequências que o sedentarismo causa é graves, além das doenças provocadas a nível físico, pode provocar também um regressão funcional, perda de flexibilidade articular. Compromete ainda, de forma sistemática o funcionamento de vários órgãos associado à hipotrofia de fibras musculares.
  7. 7. 6 Capítulo VI Todos sabemos que a prática de exercícios pode melhorar muito a nossa qualidade de vida, mas infelizmente mesmo tendo a consciência disso muitos não exercitam o corpo o que acarreta consequências, exemplo de algumas doenças que se encontram abaixo. Doenças  Hipertensão arterial Designam-se de hipertensão arterial todas as situações em que se verificam valores de tensão arterial aumentados. Consideram-se valores de tensão arterial sistólica superiores ou iguais a 140 mm Hg (milímetros de mercúrio) e/ou valores de tensão arterial diastólica superiores a 90 mm Hg.  Diabetes A diabetes é uma doença crónica que se caracteriza pelo aumento dos níveis de açúcar (glicose) no sangue e pela incapacidade do organismo em transformar toda a glicose proveniente dos alimentos.  Obesidade De acordo com a OMS, a obesidade é uma doença em que o excesso de gordura corporal acumulada pode atingir graus capazes de afectar a saúde.  Ansiedade A ansiedade é caracterizada pela sensação difusa ou vaga de apreensão, tensão e insegurança, muito frequentemente é acompanhada de percepções físicas como palpitações e desconfortos abdominais.  Aumento do colesterol O colesterol é um tipo de gordura (lipídio) encontrada naturalmente em nosso organismo, fundamental para o seu funcionamento normal. O colesterol alto é um factor de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.  Infarto do Miocárdio É uma consequência da obstrução de uma artéria coronária por um coágulo de sangue sobre a placa de gordura que estava na parede, impossibilitando assim, que uma quantidade suficiente de sangue chegue até a área do músculo cardíaco.  Outras…
  8. 8. 7 Conclusão Com a elaboração deste trabalho aprendemos que actividade física não envolve só a prática de um desporto, mas também a vida quotidiana. Que devemos ter cuidado com as tecnologias que hoje influenciam na nossa vida para que não nos tornemos dependentes e consequentemente no leve ao sedentarismo. Bibliografia http://arquivos.portaldaindustria.com.br/portlet/200/14256/20120529074346888762e.pdf http://www.alternativamedicina.com/medicina-tropical/conceito-saude http://www.nutricaoempratica.com.br/alimentacao-correta/o-que-e-sedentarismo https://docs.google.com/document/d/1kO3DF1RqG_Sb8z4lUPJxWPgVjXe9Tx7g8Z27CWs dqRU/edit?hl=pt_BR&pli=1 http://www.apaesaopaulo.org.br/noticia.phtml/35579 http://www.portaldasaude.pt http://www.saudeemmovimento.com.br/conteudos/conteudo_exibe1.asp?cod_noticia=409 http://www.coracaoalerta.com.br/o-que-e-infarto-do-miocardio/

×