FICHA DE TRABALHO DE GEOGRAFIA
2013/2014
TEMA: ATIVIDADES ECONÓMICAS
Nome: ________________________________________
Ano:__...
II. Impactos Ambientais
O turismo e o meio ambiente possuem uma estreita relação de dependência. Toda a atividade turístic...
Regiões Turísticas de Portugal Continental

3
Ilustração 5 - Fonte: www.portoenorte.pt
Desafio I
1. Descobre, na sopa de letras, nove tipos de turimo.

2. Indica o tipo de turismo em que se insere cada uma das...
Desafio II
1. Lê atentamente a seguinte notícia.
EIA «mascara mega-atentado ambiental» do projeto turístico da Praia Grand...
O comunicado lembra ainda que, após a «petição com mais de 20.000 subscritores e a pressão feita
pela Plataforma dos Amigo...
a) Escolhe a opção mais correta:
I) A Lagoa dos Salgados fica...
1 – em Faro

2 – em Silves

3 – no Alentejo

4 – nos Açor...
d) Qual é a tua posição face à eventual construção na área da Praia Grande? Fundamenta a tua opinião.
____________________...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Tipos de turismo - Geografia

14.670 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
14.670
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
11
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
294
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tipos de turismo - Geografia

  1. 1. FICHA DE TRABALHO DE GEOGRAFIA 2013/2014 TEMA: ATIVIDADES ECONÓMICAS Nome: ________________________________________ Ano:_________Turma: _______________ I. Os principais tipos de turismo As condições naturais, o património histórico-cultural e as características dos turistas e das atividades permitem distinguir alguns tipos de turismo:       o turismo balnear/sol e mar, associado à praia, tanto de mar como de rios e albufeiras, origina importantes fluxos turísticos, que se efetuam a distâncias cada vez maiores; o turismo cultural, relacionado com atividades culturais e com o património histórico-cultural; o turismo rural, que proporciona uma vivência no meio rural, quer em antigos solares e palácios, quer em casas tradicionais, muitas vezes com participação em trabalhos agrícolas; o turismo de montanha, geralmente associado à neve e aos desportos de Inverno; o turismo religioso, dinamizado pelos lugares mais importantes de culto e peregrinação; o turismo termal, que é bastante antigo e se associa ao aproveitamento de nascentes de águas termais, isto é, com características específicas (composição mineral e temperatura) que as tornam benéficas para a saúde e bem-estar. As atividades turísticas são cada vez mais diversificadas, procurando atrair o maior número possível de turistas. Assim, começam a ganhar importância novos tipos de turismo:    Ilustração 1 - Turismo de Sol e Mar Ilustração 2 - Zona arqueológica de Tulum (México) Tulum foi uma antiga cidade amuralhada da cultura Maia localizada no Estado de Quintana Roo, no sudeste do México, na costa do Mar das Caraíbas. Atualmente é uma grande atração turística da Riviera Maya. o turismo sénior, que surge como consequência do envelhecimento demográfico, oferece instalações, apoio especializado, percursos e atividades adequadas às pessoas idosas; o turismo de aventura, ligado aos desportos radicais, como o rafting, o parapente, o montanhismo, o surf e o mergulho, e que, geralmente, é mais praticado pelos jovens; o turismo ecológico, que promove o contacto direto com a natureza, nos parques e reservas naturais e noutras áreas ainda pouco humanizadas. 1
  2. 2. II. Impactos Ambientais O turismo e o meio ambiente possuem uma estreita relação de dependência. Toda a atividade turística necessita de um ambiente para acontecer e esse ambiente, seja ele natural ou não, sofre um processo de descaracterização no seu cenário natural pela ação humana. Assim sendo, as atividades turísticas desencadeam alguns impactos ambientais:  a poluição das praias, matas, parques, (...);  a destruição da fauna e da flora e a pressão sobre o litoral, com a construção de habitação e equipamentos turísticos;  o crescimento desordenado das áreas urbanas do litoral, que aumenta a pressão sobre a linha de costa e pode destruir o património natural e cultural. Por isso, é importante planear as infraestruturas turísticas e promover o turismo sustentável, isto é, que respeite o ambiente, os valores e a cultura e preserve os espaços naturais e humanos. Ilustração 3- Praia Grande - Silves (Algarve) III. As Regiões de Turismo em Portugal A publicação da Lei n.º 33/2013, de 16 de maio, estabeleceu cinco áreas regionais de turismo em Portugal Continental, que refletem as áreas abrangidas pelas unidades territoriais utilizadas para fins estatísticos NUTS II – Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo e Algarve. Além destas regiões de turismo temos a Região Autónoma dos Açores e a Região Autónoma da Madeira. Ilustração 4 - Região Turística de Lisboa e Vale do Tejo 2
  3. 3. Regiões Turísticas de Portugal Continental 3 Ilustração 5 - Fonte: www.portoenorte.pt
  4. 4. Desafio I 1. Descobre, na sopa de letras, nove tipos de turimo. 2. Indica o tipo de turismo em que se insere cada uma das atividades seguintes: 2.1. visita a museus; ____________________________________ 2.2. observação de pássaros; ____________________________________ 3. Lê atentamente o Doc. 1. 3.1 Identifica o tipo de turismo que se refere o Doc. 1. _____________________________________________ 3.2 Em que região é que podemos praticar este tipo de turismo? _____________________________________________ _____________________________________________ 2.3. escalada de montanha; __________________________________________ 2.4. peregrinação a um lugar sagrado. __________________________________________ Doc. 1 – ÚNICOS NO MUNDO A Madeira detém uma fantástica rede de veredas e «levadas». No total, são mais de 200 as «levadas» que atravessam as massas basálticas da ilha e que conduzem o caminhante para um mundo natural raro, povoado de espécies de fauna e flora da Floresta Laurissilva: aves como o pombo-torcaz, a freira-da-madeira, o tentilhão e o bisbis, e árvores como o til, o loureiro ou o vinhático, além de muitos outros arbustos, plantas e musgos únicos no mundo. Adaptado do site oficial do Turismo da Madeira, 2006. 4
  5. 5. Desafio II 1. Lê atentamente a seguinte notícia. EIA «mascara mega-atentado ambiental» do projeto turístico da Praia Grande A Plataforma dos Amigos da Lagoa dos Salgados considera que o Estudo de Impacte Ambiental do projeto turístico da Praia Grande (Silves), cujo período de discussão pública termina hoje, «mascara um mega atentado ambiental» contra aquela zona húmida do litoral do Algarve. A Plataforma – que integra as associações de defesa do ambiente Quercus, SPEA, Liga para a Proteção da Natureza, Almargem, A Rocha. Aldeia, bem como as empresas de turismo de natureza Proactivetur e Birdwatching Algarve – entregou hoje ao presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR) do Algarve um parecer sobre esse estudo, onde pretende demonstrar que o EIA «não passa de um procedimento para tentar justificar aquilo que será, se for implementado, um enorme atentado contra o interesse público». Em comunicado a que o Sul Informação teve acesso, a Plataforma recorda que «a Lagoa dos Salgados é uma Área Importante para as Aves (IBA) reconhecida pela BirdLife Internacional, devido às populações de aves aquáticas ameaçadas que alberga». Ilustração 6 – Lagoa dos Salgados – Silves (Algrave) Por outro lado, «em conjunto com o sapal de Alcantarilha, o cordão dunar da Praia Grande e os terrenos agrícolas limítrofes, constitui uma área natural de conservação prioritária e um corredor ecológico identificado no Plano Regional de Ordenamento do Território (PROT) do Algarve». «Toda esta área é indiscutivelmente um dos locais de observação de aves mais visitado do país, assumindo hoje um papel estratégico do ponto de vista turístico e ecológico da região do Algarve», mas, «apesar de existir fundamentação científica suficiente para justificar a sua classificação, a Lagoa dos Salgados e a área da Praia Grande permanecem sem qualquer estatuto legal de proteção», sublinha o comunicado. A Plataforma acrescenta que «grupos económicos ligados ao Grupo Galilei (ex-Sociedade Lusa de Negócios), com o apoio explícito da Câmara Municipal de Silves, pretende implementar na área da Praia Grande um mega-projeto turístico, com mais de 4000 camas, três hotéis, dois aldeamentos, zonas comerciais e um campo de golfe». Só que a Plataforma considera que «este é um plano que, a efetuar-se, afeta o último troço de costa natural do centro do Algarve» e por isso é «um mega-atentado ambiental, territorial e social». 5
  6. 6. O comunicado lembra ainda que, após a «petição com mais de 20.000 subscritores e a pressão feita pela Plataforma dos Amigos da Lagoa dos Salgados, os promotores do mega-projeto pagaram um Estudo de Impacto Ambiental (EIA) de parte do empreendimento», cuja consulta pública termina hoje. A Plataforma dos Amigos da Lagoa dos Salgados analisou «detalhadamente» esse EIA e emitiu um parecer, que entregou hoje na CCDR Algarve, a autoridade oficial para este processo. Segundo a Plataforma, o EIA «apresenta falhas graves de conceção e de análise, sendo insuficiente para identificar e avaliar cabalmente todos os impactes ambientais do projeto em causa». Entre as falhas, destaca-se o facto de o EIA estudar «apenas parte do empreendimento proposto, a denominada Unidade de Execução 1, deixando para mais tarde a avaliação do impacte de outras partes do projeto» e de não estudar «alternativas ao Plano de Pormenor aprovado em 2007, não permitindo avaliar a relevância de outras soluções de desenvolvimento para área da Praia Grande». Por outro lado, sublinha o comunicado, o EIA «carateriza a situação de referência quando à biodiversidade de forma insuficiente, nem sequer referindo que a área tem valores naturais suficientes para ser classificada como Rede Natura 2000». Quanto à identificação dos impactes, «desvaloriza os impactes fortemente negativos sobre a água, os solos de elevada aptidão agrícola, a biodiversidade, o ordenamento do território e os serviços de turismo de natureza». Ilustração 7 - Vista aérea da Praia Grande e parte da Lagoa dos Salgados – Silves (Algarve) Por outro lado, o Estudo «sobrevaloriza os impactes “positivos” na economia local, mas não entra em linha de conta com a atual conjuntura económica, nem com as novas tendências dos mercados turísticos». A «perplexidade» dos elementos da Plataforma perante este EIA «atinge o seu auge com a consideração do “efeito sobre as finanças municipais” como um “impacte muito positivo” do Plano de Pormenor da Praia Grande». Ora, considera, «os problemas das finanças locais resolvem-se com rigor, melhor gestão e mais eficiência dos serviços do município, e não alienando o património natural, os serviços públicos e os serviços essenciais dos ecossistemas numa parte do território, e hipotecando as opções das gerações futuras». «Esta proposta de desenvolvimento, com base no sol e golfe, insistindo numa fórmula de construção massiva de alojamentos, já existe em abundância no município de Silves e municípios vizinhos. Não acrescenta nada de novo à oferta de serviços turísticos da região e vai acentuar o abandono e a precariedade social de vastas áreas do território de Silves. Antes pelo contrário, vai garantidamente destruir um potencial enorme de turismo de natureza e serviços de território, que desenvolvidos adequadamente seriam uma mais valia duradoura para o município e para região», acrescenta. Por tudo isso, no seu parecer, a Plataforma dos Amigos da Lagoa dos Salgados rejeita este EIA, dizendo acreditar que o documento «não poderá obter uma declaração de impacte ambiental favorável». Assim, a Plataforma solicitou à CCDR Algarve, autoridade de AIA, que «tome as providências necessárias para que seja realizado um verdadeiro estudo de todo o empreendimento, que inclua várias alternativas para o plano de pormenor, e avalie de forma exaustiva e independente todos os impactos do projeto». «Enquanto esse estudo integrado não for realizado, o plano de pormenor da Praia Grande tem de continuar suspenso», conclui o comunicado. Fonte:http://www.sulinformacao.pt/2013/07/eia-%C2%ABmascara-mega-atentado-ambiental%C2%BB-do-projeto-turistico-da-praiagrande/ Data: 26/07/2013 6
  7. 7. a) Escolhe a opção mais correta: I) A Lagoa dos Salgados fica... 1 – em Faro 2 – em Silves 3 – no Alentejo 4 – nos Açores II) A Plataforma dos Amigos da Lagoa dos Salgados considera que a Lagoa dos Salgados é uma Área Importante para as Aves (IBA) reconhecida pela BirdLife Internacional devido... 1 – à importante zona de caça que o ser humano pode desenvolver. 2 – à água ingerida pelos pássaros na lagoa. 3 – às populações de aves aquáticas ameaçadas que alberga. 4 – ao excedente de aves que possui. III) A Plataforma dos Amigos da Lagoa dos Salgados afirma que... 1 – se pretende construir vários campos de golfe e um shoping center numa área protegida. 2 – haverá, na área da Praia Grande, uma enorme construção de fogos habitacionais junto à praia. 3 – se pretende implementar na área da Praia Grande um mega-projeto turístico, com três hotéis, dois apartamentos, zonas desportivas e um campo de golfe. 4 – se pretende implementar na área da Praia Grande um mega-projeto turístico, com três hotéis, dois aldeamentos, zonas comerciais e um campo de golfe. IV) O Estudo de Impacto Ambiental (EIA) é considerado... 1 – bastante útil para evitar a destruição de espécies na área estudada. 2 – como um instrumento útil para evitar falhas graves de conceção e de análise, sendo suficiente para identificar e avaliar cabalmente todos os impactes ambientais do projeto em causa. 3 – como um estudo fundamentado e bem elaborado para evitar a destruição do habitat natural das espécies. 4 – como um estudo que apresenta falhas graves de conceção e de análise, sendo insuficiente para identificar e avaliar cabalmente todos os impactes ambientais do projeto em causa. b) Que tipo de turismo se quer evitar na área da Praia Grande? ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ c) Qual é o tipo de turismo que a Plataforma considera mais vantajoso para a área da Praia Grande? ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ 7
  8. 8. d) Qual é a tua posição face à eventual construção na área da Praia Grande? Fundamenta a tua opinião. ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________ Bom estudo! O professor: Aires Barros 8

×