 O termo Barroco é usado para designar o estilo que,partindo das artes plásticas, se apogeu literário no séc. XVII,prolo...
 Em 1517, o monge alemão Martino Lutero deflagra a ReformaProtestante, seguida da adesão de João Calvino, em 1532. Calv...
 Da Idade Média até o Renascimento, a Igreja exerceu destacada açãopolítica, social e econômica. Isso fez com que alguns...
 Surgiu com o objetivo de eliminar os abusos que haviam afastado osfiéis da Igreja Católica. Convocado o Concílio de Tr...
 Teocentrismo: é o homem no centro do universo. Antropocentrismo: é Deus como o centro douniverso.Quando ocorre esse ch...
CaracterísticasdaLiteraturaBarroca
 O dualismo coloca contraste a matéria e o espírito,o bem e o mal, Deus e o diabo, o céu e a Terra...O alegre do dia ent...
 A ideia de que o tempo tudo consome, tudo leva consigo, conduzindoirrevogavelmente à morte. Reafirma os ideais de human...
 Característica comumente expressa com o auxílio dehipérboles, figura que consiste em engrandecerexageradamente algo a q...
 Que refletem dúvidas e incertezas.Que amor sigo? Que busco? Que desejo?Que enleio é este vão da fantasia?(Francisco Rod...
 É o jogo de palavras, o estilo trabalhado. Predominamhipérboles e hipérbatos (alteração da ordem natural daspalavras na...
 É o jogo de ideias ou conceitos, de conformidade com a técnica deargumentação. É comum o uso de antíteses, paradoxos ou...
BarroconoBrasil
 Ao longo do séc. XVII, os portugueses nãodemonstravam amor à terra e exerciam umaexploração predatória; os jesuítas cui...
 Refletindo o dualismo do barroco, Gregório demostrava aaversão que sentia pelo clero. Ora revelava em seus poemas uma ...
Poesia Lírico – AmorosaPoesia ReligiosaPoesia SatíricaDivisão das Obras
Celebra o sensualismo africano, o erotismonativista e vincula-se à tradição renascentista.Ontem quando te vi, meu doce e...
Refletem a inquietação do homem diante dadivindade e a consciência da fragilidade e dapequenez dos mortais.Estou, Senhor...
Como o próprio nome diz, ela é uma sátira,ou seja, uma crítica de escárnio, que faz rir.Ilustre e reverendo Frei Lourenç...
 Defensor dos negros e dos índios, sobretudo dosíndios, e dos cristãos-novos ( judeus convertidos). Após a morte do seu...
Bento TeixeiraManuel Botelho de OliveiraOutros Autores
 É considerado a primeira expressão do nossonativismo e iniciador da população literáriainfluenciada pelo Barroco portug...
 Primeiro poeta lírico nascido no Brasil e o primeiro asair em livro. Escreveu Música do Parnaso, nessa obra encontra-s...
Anderson NóbregaKaíne ColodettiLuciano MattosMayanne Rodrigues2° v05Componentes
Barroco
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Barroco

1.440 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.440
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
52
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Barroco

  1. 1.  O termo Barroco é usado para designar o estilo que,partindo das artes plásticas, se apogeu literário no séc. XVII,prolongando-se até meados do séc. XVIII.Esse movimento no Brasil, por razões didáticas, costuma-sedelimitar entre 1601 e 1768. 1601: Publicação de Prosopopeia, de Bento Teixeira 1768: Publicação das Obras poéticas, de Cláudio Manuel daCosta, que assinala o início do Arcadismo no Brasil.Contexto Histórico
  2. 2.  Em 1517, o monge alemão Martino Lutero deflagra a ReformaProtestante, seguida da adesão de João Calvino, em 1532. Calvino prega a teoria da predestinação, afirmando que Deus concedea salvação a poucos e que o homem deve busca-lo por meio dotrabalho e da vida regrada. Católicos reagem (1545 - 1563) resultando no início da ContraReforma. A arte Barroca predomina durante todo o séc. XVII e nas primeirasdécadas do séc. XVIII.Reforma e Contra - Reforma
  3. 3.  Da Idade Média até o Renascimento, a Igreja exerceu destacada açãopolítica, social e econômica. Isso fez com que alguns dos seuselementos vivessem como senhores nobre ou como pecadores,contrariando os ideais de humildade e simplicidade da doutrina cristã.Reforma Protestante A partir de 1517, o monge alemão Martino Lutero publica suas “95teses contra a venda de indulgências” e deflagra a ReformaProtestante, um início de uma Crise Religiosa começou, agravando orompimento de Henrique VIII com a Igreja Católica e a fundação daIgreja Anglicana em 1529.Reforma
  4. 4.  Surgiu com o objetivo de eliminar os abusos que haviam afastado osfiéis da Igreja Católica. Convocado o Concílio de Trento (1545 –1563) para objetivar orestabelecimento da disciplina do clero e a reafirmação dos dogmas ecrenças Católicas. A partir do Concílio de Trento, cria-se a Congregação do Index, paracensurar livros contrários à doutrina Católica, estabelecendo-se atortura e a pena de morte. Tentativa de conciliar o espiritualismo medieval e o humanismorenascentista resulta em forças opostas: o Teocentrismo e oantropocentrismo.Contra - Reforma
  5. 5.  Teocentrismo: é o homem no centro do universo. Antropocentrismo: é Deus como o centro douniverso.Quando ocorre esse choque de passagem doAntropocentrismo para o Teocentrismo é que nasce oBarroco.Teocentrismo e Antropocentrismo
  6. 6. CaracterísticasdaLiteraturaBarroca
  7. 7.  O dualismo coloca contraste a matéria e o espírito,o bem e o mal, Deus e o diabo, o céu e a Terra...O alegre do dia entristecido,O silêncio da noite perturbado,O resplendor do sol todo eclipsado,O luzente da lua desmentido!(Gregório de Mattos)Culto do Contraste
  8. 8.  A ideia de que o tempo tudo consome, tudo leva consigo, conduzindoirrevogavelmente à morte. Reafirma os ideais de humanidade edesvaloriza os bens materiais.Discreta, e formosíssima Maria,Enquanto estamos vendo a qualquer horaEm tuas faces a rosada Aurora,Em teus olhos, e boca o Sol, e o dia:Enquanto com gentil descortesiaO ar, que fresco Adônis te namora,Te espalha a rica trança voadora,Quando vem passear-te pela fria:Goza, goza da flor da mocidade,Que o tempo trota a toda ligeireza,E imprime em toda a flor sua pisada.Oh, não aguardes, que a madura idadeTe converta em flor, essa belezaEm terra, em cinza, em pó, em sobra, em nada.(Gregório de Matos)Consciência daTransitoriedade da vida
  9. 9.  Característica comumente expressa com o auxílio dehipérboles, figura que consiste em engrandecerexageradamente algo a que estamos nos referindo.Suspende o curso, ó rio (...)Pois já meu pranto inunda teus escolhos.(Gregório de Mattos)Gosto pela Grandiosidade
  10. 10.  Que refletem dúvidas e incertezas.Que amor sigo? Que busco? Que desejo?Que enleio é este vão da fantasia?(Francisco Rodrigues Lobo)Frases Interrogativas
  11. 11.  É o jogo de palavras, o estilo trabalhado. Predominamhipérboles e hipérbatos (alteração da ordem natural daspalavras na oração ou das orações no período) e metáforas,como: diamantes significando dentes ou olhos; cristalsignificando orvalho ou rio...Ofendi-vos, Meu Deus, é bem verdade,É verdade, Senhor, que hei delinquido,Delinquido vos tenho e ofendido,Ofendido vos tem minha maldade.(Gregório de Mattos)Cultismo
  12. 12.  É o jogo de ideias ou conceitos, de conformidade com a técnica deargumentação. É comum o uso de antíteses, paradoxos ou juízoscontrários ao senso comum.Que Demócrito não risse, eu o provo;Demócrito ria sempre.Logo nunca ria.A consequência parece difícil e é evidente.O riso nasce da novidade ou da admiração.E cessando a novidade ou admiração.Cessa também o riso.(Antônio Vieira)Conceptismo
  13. 13. BarroconoBrasil
  14. 14.  Ao longo do séc. XVII, os portugueses nãodemonstravam amor à terra e exerciam umaexploração predatória; os jesuítas cuidavam daeducação e dominavam a mentalidade. A agricultura mais importante era o cultivo dacana –de – açúcar e nada podia ser fabricado. Os Portugueses mantinham o monopólio docomércio e os Jesuítas da agricultura.Contexto Histórico
  15. 15.  Refletindo o dualismo do barroco, Gregório demostrava aaversão que sentia pelo clero. Ora revelava em seus poemas uma profunda devoção àscoisas sagradas, ora escrevia versos pornográficos esensuais. Com a linguagem maliciosa e ferina com que criticavapessoas e instituições da época, recebeu o apelido de Bocado Inferno. Perseguido pelo filho do governador Antônio da CâmaraCoutinho (vítima de suas sátiras),teve que exila-se poralgum tempo para Angola.Gregório de Mattos
  16. 16. Poesia Lírico – AmorosaPoesia ReligiosaPoesia SatíricaDivisão das Obras
  17. 17. Celebra o sensualismo africano, o erotismonativista e vincula-se à tradição renascentista.Ontem quando te vi, meu doce emprego,Tão perdido fiquei por ti, meu bem,Que parece este amor nasce, de quemPor amar-te já vive sem sossego.Poesia Lírico - Amorosa
  18. 18. Refletem a inquietação do homem diante dadivindade e a consciência da fragilidade e dapequenez dos mortais.Estou, Senhor, da vossa mão tocado,E este toque em flagelo desmentidoEra à vossa justiça tão devido,Quão merecido foi meu pecado.Poesia Religiosa
  19. 19. Como o próprio nome diz, ela é uma sátira,ou seja, uma crítica de escárnio, que faz rir.Ilustre e reverendo Frei Lourenço,Quem vos disse que um burro tão imenso,Siso em agraz, miolos de patetaPode meter-se em réstia de poeta?Poesia Satírica
  20. 20.  Defensor dos negros e dos índios, sobretudo dosíndios, e dos cristãos-novos ( judeus convertidos). Após a morte do seu protetor, D. João IV, ainquisição processou-o por opiniões heréticas. Durante algum tempo foi imposto a ele ointernamento em uma casa jesuítica e o impedimentode pregar. Anistiado por D. Pedro, regressou ao Brasil em 1681.Padre Antônio Vieira
  21. 21. Bento TeixeiraManuel Botelho de OliveiraOutros Autores
  22. 22.  É considerado a primeira expressão do nossonativismo e iniciador da população literáriainfluenciada pelo Barroco português. Sua obra mais importante é Prosopopéia, poemetoépico que revela forte influência de Os lusíadas.Bento Teixeira
  23. 23.  Primeiro poeta lírico nascido no Brasil e o primeiro asair em livro. Escreveu Música do Parnaso, nessa obra encontra-seo poema “À ilha de Maré”, precursor da poesia desentimento brasileira.Manuel Botelho de Oliveira
  24. 24. Anderson NóbregaKaíne ColodettiLuciano MattosMayanne Rodrigues2° v05Componentes

×