Guia PedagógicoContextualização: A Alimentação é um dos fatores ambientais mais importantes na determinação do estadode sa...
3. Roteiro   Neste projeto serão abordados temas relacionados com a alimentação saudável e a   importância do consumo de f...
•   Equipa de nutricionistas do Hipermercado Continente da Maia;       •   Motorista do autocarro;       Recursos Materiai...
7. Planificação Modular Fases                       Data        Destinatários                                           At...
lanche da criança, que envia para a escola,                                                   para o período do meio da ma...
17ª                                                Construção de um VídeoClip na escola, com                              ...
Anexo_1Caro(a) Encarregado de Educação:A nossa turma está a participar no projeto – “Eu como Fruta” que será apoiado pelop...
Anexo_2
Anexo_3          Degustação de fruta – romã
Anexo_4          Exemplo de um powerpoint sobre fruta - laranja
Anexo_5                           Exemplo de alguns artigos disponibilizados às famílias                                  ...
•   A fruta é versátil        E nem é preciso comê-la pelo processo tradicional: o sumo de fruta caseiro, consumido       ...
devem se iniciar logo nos primeiros dias de vida, no qual a criança nãoaprende somente o que é ensinado, mas também atravé...
Anexo_6          Cartazes elaborados pelos alunos
Anexo_7          Quadro de mérito do consumo de fruta no lanche da manhã
Anexo_8          Fatos de Carnaval
Anexo_9    Visita ao Hipermercado Continente – degustação de frutas                                                   trop...
Anexo_10           Elaboração de fantoches – frutinhas
Anexo_11           Construção de um teatro de fantoches
Anexo_12           Livro de receitas de Fruta
Anexo_13           Elaboração de algumas receitas com Fruta
Guia pedagógico 2 periodo
Guia pedagógico 2 periodo
Guia pedagógico 2 periodo
Guia pedagógico 2 periodo
Guia pedagógico 2 periodo
Guia pedagógico 2 periodo
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Guia pedagógico 2 periodo

900 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
900
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Guia pedagógico 2 periodo

  1. 1. Guia PedagógicoContextualização: A Alimentação é um dos fatores ambientais mais importantes na determinação do estadode saúde das populações, em todas as fases da vida. Contudo, se há alguns anos atrás,doenças resultantes de hábitos alimentares e estilos-de-vida pouco saudáveis, como porexemplo a Diabetes e a Hipertensão, surgiam com o avançar da idade, atualmente assiste-se aum preocupante aparecimento destas doenças já na infância e na adolescência. Intervir,promovendo hábitos alimentares saudáveis é assim urgente e fundamental.De acordo com o primeiro Sistema Europeu de Vigilância Nutricional Infantil da OrganizaçãoMundial de Saúde apenas 2% das crianças portuguesas comem fruta fresca todos os dias.Alguns analistas apontam como principal causa a escassez da introdução de frutas nasrefeições durante a primeira infância, o que dificulta o processo das crianças se habituarem aesses sabores. Outros autores afirmam que a introdução precoce na alimentação de produtosindustrialmente transformados, com excesso de gorduras, sal e açúcar, que são maisapetecíveis ao paladar, deixam pouco espaço para sabores mais leves dos alimentos naturais. 1. Apresentação do Projeto O projeto “Eu como Fruta” é um projeto da nossa escola que será apoiado pelo projeto de âmbito nacional “Heróis da Fruta” promovido pela Associação Portuguesa Contra a Obesidade Infantil, e pelo projeto “Maia, refeições saudáveis” promovido pela Câmara Municipal da Maia, que visa a promoção do consumo de fruta. São objetivos deste projeto: a. Conhecer e degustar frutas; b. Descobrir a importância da fruta na nossa alimentação; c. Despertar para a necessidade de comer frutas todos os dias. d. Incentivar e reforçar o consumo diário de fruta no lanche escolar; e. Promover hábitos alimentares mais saudáveis; f. Prevenir a obesidade infantil e outras doenças associadas. 2. Competências O projeto “Eu como Fruta” pretende que no final as crianças, e sobretudo as suas famílias, estejam consciencializadas para a importância do consumo diário de fruta, dando preferência à fruta fresca da época.
  2. 2. 3. Roteiro Neste projeto serão abordados temas relacionados com a alimentação saudável e a importância do consumo de fruta diária por parte das crianças. No âmbito dos conteúdos serão abordados conceitos nas diferentes áreas de conhecimento de acordo com os objetivos específicos da educação pré-escolar: Formação Pessoal e Social Conhecimento do Mundo Linguagem Oral e Abordagem à Escrita Matemática Expressão Plástica Expressão Dramática Expressão Musical Expressão Motora Tecnologia da Informação e Comunicação4. Metodologia de Aprendizagem O projeto “Eu como Fruta” será sustentado por uma pedagogia construtivista e por uma pedagogia relacional. O conhecimento irá sendo apropriado pelos alunos e pelas famílias independentemente da sua pré-disposição hereditária e da necessidade sentida por estes em virtude do seu meio social. Acreditando que o aluno é capaz de aprender sempre, apropriando-se do significado do novo saber, durante todo o processo irá sendo promovido momentos de reflexão, que procuraram incutir nas crianças o espírito crítico, e o saber agir e problematizar as suas ações. A comunicação com os alunos será privilegiada pelo docente nos encontros diários na sala de aula, e nas visitas de estudo que se irão efetuar. A comunicação com as famílias far-se-á em modo assíncrono através da plataforma moodle disponibilizada pelo Agrupamento, por comunicações por escrito em suporte papel e em reuniões presenciais. As atividades dos alunos serão avaliadas com base em várias grelhas de observação, criadas sob a orientação das metas de aprendizagem para o ensino pré-escolar. A participação das famílias será avaliada tendo em consideração a participação nos debates, nas discussões, e a sua colaboração nas atividades propostas ao longo de todo o projeto.5. Recursos Recursos Humanos: • Equipa Educativa (Educadora de Infância, Auxiliar de Ação Educativa, Funcionários da Cantina, Assistentes Operacionais);
  3. 3. • Equipa de nutricionistas do Hipermercado Continente da Maia; • Motorista do autocarro; Recursos Materiais: • Frutas diversas da época • Frutas tropicais • Utensílios de cozinha (Cozinha da escola) • Computador • Máquina Fotográfica • Câmara de filmar • Material de desperdício • Material de reciclagem • Material de desenho, pintura e colagem • Autocarro • 6. Sistema de AvaliaçãoA avaliação deste projeto será contínua.A pertinência deste projeto será avaliada pela participação dos Encarregados deEducação nas diversas atividades propostas ao longo do projeto. A análise comparativadas respostas dadas ao inquérito diagnóstico e pós-intervenção também será um dosmedidores do impacto deste projeto. O quadro de mérito será um medidor relevantedos efeitos práticos deste projeto, assim como a análise dos registos dos lanches dascrianças no início e no fim do 2º período.O nível de conhecimentos dos alunos será avaliado tendo por base as grelhas deobservação de conhecimentos adotadas pelo Agrupamento, tendo como suporte asMetas de Aprendizagem definidas pelo Ministério de Educação.
  4. 4. 7. Planificação Modular Fases Data Destinatários AtividadeProjeto prevista1ª Reunião de Pais com o objetivo de explicar todo o projeto e as diferentes etapas do Pais / mesmo. Finais de Intervenção Disponibilização na plataforma de uma carta Encarregados Dezembro motivacional informativa aos Encarregados de Educação. de Educação (anexo_1)2ª Diálogos em grupo com todas as crianças dando introdução ao projeto. – conhecer o grupo relativamente ao seu consumo de Crianças Janeiro Apresentação fruta. Jogo dos frutos – analise dos conhecimentos dos alunos sobre os frutos.3ª Disponibilização na plataforma de um Pais / inquérito diagnóstico para averiguar se os Encarregados Inquérito alunos comem fruta e quando. de Educação Início de (anexo_2) Janeiro4ª Registo do lanche da manhã de todas as Crianças Registo crianças.5ª Análise, descoberta e degustação de uma fruta por semana, ao longo do 2º período. (Romã, Pinhão, Laranja, Limão, Kiwi, Banana, Maçã, Pera, Ananás, Amêndoas) (anexo_3) Crianças Degustação Disponibilização na plataforma dos diaporamas semanais criados na sala de atividades sobre o fruto trabalhado durante a Janeiro semana. Fevereiro (anexo_4 – exemplo de uma apresentação) Março6ª Disponibilização de artigos na plataforma sobre as vantagens de comer fruta. (anexo_5) Pais / Fruta no Disponibilização de um fórum sobre o tema, Encarregados lanche onde as famílias são convidadas a partilhar as de Educação suas experiências relativamente ao consumo de fruta dos seus educandos. Convidar as famílias a introduzir fruta no
  5. 5. lanche da criança, que envia para a escola, para o período do meio da manhã.7ª Elaboração de cartazes informativos sobre a importância de comer fruta. (anexo_6)8ª Crianças Construção de um quadro de mérito, onde fica registado o dia em que a criança comeu fruta no lanche da manhã. (anexo_7)9ª Pais / Disponibilização na plataforma do ranking Encarregados mensal do consumo de fruta. de Educação10ª Pais / Disponibilização de uma ficha de trabalho na Encarregados Plataforma para ser realizada em casa, em de Educação A minha fruta família (aluno e família), e enviada para a Janeiro escola. Crianças preferida11ª Crianças Diálogo e análise dos trabalhos elaborados.12ª Disponibilização na plataforma das regras de confeção do fato. Disponibilização de sugestões/ideias para a Pais / construção dos fatos Encarregados Fins Janeiro Elaboração de um fato de Carnaval alusivo ao de Educação tema: Fruta. Fato de (anexo_8 – exemplo de dois fatos Carnaval – elaborados) Fruta13ª Pais / Disponibilização na plataforma das fotos das Encarregados crianças com o fato de Carnaval alusivo à de Educação fruta. Crianças14ª Desfile de Carnaval.15ª Visualização na sala de atividades de um Crianças videoclip sobre fruta. Fevereiro (ver atividade sobre vídeo)16ª Disponibilização de alguns videoclip’s sobre Pais / VideoClip fruta na plataforma, para serem visualizados Encarregados e comentados no fórum criado para o efeito, de Educação com o objetivo de recolher ideias/sugestões Crianças para a criação de um videoclip com as crianças da sala.
  6. 6. 17ª Construção de um VídeoClip na escola, com base nos comentários/sugestões dos Crianças Encarregados de Educação, utilizando os fatos de Carnaval.18ª Pais / Disponibilização na plataforma do videoclip Início de criado na sala de atividades. Encarregados Março de Educação19ª Visita ao setor dos frutos tropicais, do Hipermercado Continente. Visita ao A visita terá o apoio da equipa de setor dos nutricionista desta superfície comercial. frutos Degustação de várias frutas tropicais. tropicais (anexo_9) Crianças20ª Elaboração de fantoches – frutas na sala de Fantoches atividades. (anexo_10)21ª Março Elaboração de um teatro de fantoches, cujo Teatro de tema é: “Eu como fruta, e tu?” fantoches (anexo_11)22ª Pais / Recolha através da plataforma de receitas Encarregados cujo ingrediente principal é fruta, com a de Educação condicionante de não poder haver duas Livro de famílias com a mesma fruta selecionada. Crianças Receitas de23ª fruta Elaboração de um livro de receitas, na sala de aula. (anexo_12) Crianças24ª Fim de Registo do lanche da manhã de todas as Registo crianças. Março25ª Lanche partilhado, no último dia do 2º período, cuja base será a fruta e algumas Pais / receitas de fruta elaboradas pela família e Lanche Encarregados Último dia pelas crianças. partilhado de de Educação 2º Periodo (anexo_13) fruta Crianças Homenagem ao aluno que venceu o quadro de mérito no consumo de fruta ao lanche.26ª Pais / Interrupção Resposta ao inquérito pós-intervenção Encarregados letiva da Avaliação (o inquérito utilizado será o mesmo da de Educação Páscoa avaliação diagnóstica)
  7. 7. Anexo_1Caro(a) Encarregado de Educação:A nossa turma está a participar no projeto – “Eu como Fruta” que será apoiado peloprojeto de âmbito nacional “Heróis da Fruta” promovido pela Associação PortuguesaContra a Obesidade Infantil, e pelo projeto “Maia, refeições saudáveis” promovidopela Câmara Municipal da Maia, que visa a promoção do consumo de fruta. São objetivos deste projeto: a. Conhecer e degustar frutas; b. Descobrir a importância da fruta na nossa alimentação; c. Despertar para a necessidade de comer frutas todos os dias; d. Incentivar e reforçar o consumo diário de fruta no lanche escolar; e. Promover hábitos alimentares mais saudáveis; f. Prevenir a obesidade infantil e outras doenças associadas.Além disso, sempre que o seu filho/educando comer fruta no lanche da escola poderáassinalar mais uma estrela de mérito junto ao seu nome. O objetivo principal quequeremos alcançar é que todos os alunos incluam fruta no seu lanche, todos os dias.O sucesso desta iniciativa também depende do seu apoio, pelo que contamos consigo.Gratos pela atenção, A Educadora Isabel Maia
  8. 8. Anexo_2
  9. 9. Anexo_3 Degustação de fruta – romã
  10. 10. Anexo_4 Exemplo de um powerpoint sobre fruta - laranja
  11. 11. Anexo_5 Exemplo de alguns artigos disponibilizados às famílias Artigo_1 Boas razões para comer frutaComer mais frutaO consumo de fruta pelo organismo humano é excelente para o bem-estar e para a saúde. Para comprovaresse facto, basta ler as boas razões que se seguem. • A fruta é doce A fruta é doce e saborosa, agradável ao paladar de todos, grandes e pequenos e, se há frutas que cada um pode apreciar menos, a variedade é tal que existem inúmeros tipos de frutos por onde escolher. • Tal como o corpo humano, a fruta é constituída sobretudo por água Tal como acontece a 80% do nosso corpo, a fruta também é constituída por uma percentagem de água aproximada. Se pensarmos bem, faz sentido consumirmos alimentos com percentagens de água semelhantes à do nosso corpo. Os legumes e vegetais contêm muita água, por isso devem vir logo em segundo lugar. • A fruta não tem mau colesterol Sabe-se que o mau colesterol está presente em muitos alimentos que consumimos. E a fruta não tem esse mau colesterol. Os produtos lácteos e de origem animal contêm-no em quantidades variáveis. • A fruta estimula a memória Sim, a fruta tem um efeito positivo no cérebro humano: estimula a memória e faz-nos recordar mais depressa e mais facilmente. Pensar em cérebros jovens e em crescimento, em quem estuda e na importância da memória faz com que este benefício da fruta tenha efeito na opção pelo aumento do seu consumo. • A fruta é cara? Existe a ideia de que a fruta é cara, é certo. Mas se fizermos a comparação com outros alimentos, a carne ou o peixe, por exemplo, ficamos a pensar... A ideia não é cortar com tudo, mas pensar na vantagem de substituir alguns deles por fruta, dadas as claras vantagens alimentares desta. • A fruta tem propriedades curativas Não o farão sozinhas, mas influenciam certamente as melhoras e/ou a cura em algumas doenças. • A fruta tem fibras É sabido que uma dieta rica em fibra ajuda na luta contra a obesidade, a hipertensão e outros factores de doença. O consumo de fibras tem tembém influência no funcionamento do sistema digestivo. A fruta e os legumes contêm muita fibra. Não deixe passar a oportunidade! • A fruta age sobre o nosso humor Há propriedades na fruta que contribuem para combater a depressão e, a um nível mais simples, promovem uma atitude optimista.
  12. 12. • A fruta é versátil E nem é preciso comê-la pelo processo tradicional: o sumo de fruta caseiro, consumido imediatamente, de preferência, é um modo • simples e agradável de absorver todas as suas propriedades. Existe também a possibilidade de a reduzir a puré, fazer batidos, preparar saladas de fruta... Pode misturar-se com outros alimentos, pode ser cozida, assada... E, caso a caso, pode comer-se com ou sem casca e ser consumida praticamente em todo o lado!Para a alimentação de adultos e crianças, as razões acima expostas serão de considerar, mas aindarecolhemos mais dois pontos de vista... • ... E ainda há razões éticas Para os vegetarianos ou para todos os que acham que nenhum animal deve ser sacrificado para alimentar as pessoas, a fruta é uma boa resposta. A abundância e variedade existente de fruta e de vegetais apresenta opções muito variadas para uma alimentação equilibrada, com ou sem produtos de origem animal. • A fruta e a Natureza Um fruto na sua árvore ou planta, se for consumido do modo mais natural, está a promover em si a sua própria multiplicação, ao serem espalhadas na terra as suas sementes. A Natureza funciona assim e, muitas pessoas, se o podem fazer, contribuem para este ciclo natural: usar os animais para cultivar a terra e basear a alimentação humana nas plantas. Artigo_2Como despertar o prazer de comer frutas e verduras nos filhos Atualmente existem uma grande parte dos pais que têm a consciência da importância dos nutrientes para melhorar a saúde dos filhos, desta forma, muitos deles passaram a adotar refeições mais naturais, como verduras, legumes e frutas, onde no final sentem-se gratificados ao oferecem aos seus filhos maior qualidade em suas refeições, já que os pequenos estão livres de aditivos. Além de seguir os instintos paternal e maternal, é indicado que os pais também sigam as recomendações dos pediatras, sendo que uma boa a saúde é resultado de hábitos alimentares sólidos que
  13. 13. devem se iniciar logo nos primeiros dias de vida, no qual a criança nãoaprende somente o que é ensinado, mas também através da imitação,Istoé, observando os pais e tentando imitá-los.Segundo especialistas, a grande maioria das crianças que não “gostam” deingerir verduras, legumes ou/e frutas repetem o comportamento visto natelevisão, visto em seu ambiente familiar, na escola, enfim, os pais devemmostrar o prazer em ingerir estes alimentos saudáveis para que ascrianças tentem imitá-los, onde é preciso evitar os comentários quedescrevem estes alimentos como amargos e desprazeirosos, pois acriança capta isso de forma rápida. Desta forma, o prazer deverá ser umacompanhante das refeições, assim é preciso que os pais se esqueçamdos problemas e preocupações e se concentrem na intenção de incentivaro prazer da refeição. Deixe que a criança coma com as mãos, enfie o dedono alimento para experimentar, e o mais interessante é aguçar os sentidos,como? Nomeie os alimentos como doce, salgado, amargo, azedo, maspara isso é importante que você faça uma variedade de alimentos para queeles possam identificar os sentidos. Além disso, é indicado que você façaalimentos que as crianças possam pegar com as mãos, já que nosprimeiros anos estimula as atividades motoras, como pegar ervilhas comos dedos.Outra coisa que você pode fazer para estimular a criança a comerverduras, legumes e frutas é contar historinhas e tradições sobre distintasculturas, falando sobre o paladar, as formas de comer, comentar ascuriosidades, como por exemplo, os árabes consideram o arroto como umaforma de que a pessoa gostou da comida. É preciso que os pais façam quea hora da refeição seja um momento descontraído, prazeroso e agradávelpara a criança.À medida que a criança cresce e se torna mais “dona de seu nariz”, amesma tenta fazer tudo ao oposto do que lhe foi pedido, assim é indicadoque você faça tudo ao contrário. É super natural que os filhos rejeitem osalimentos impostos pelos pais, sendo que nestes momentos os pais devemser compreensivos e tolerantes, pois as crianças também possuemvontades e desejos. O mais indicado que é deixar que as criançasdescubram por si só os alimentos que desejam comer, sendo que mesmocom grande angustia dos pais, é preciso que os responsáveis não percama calma, mostrando a criança as vantagens de comer os alimentosnaturais. Desta forma, pode ser que você consiga fazer com que a criançacome uma grande diversidade de verduras, legumes e frutas, mas issodepende de seu jogo de cintura, por isso, dedique-se a este ponto paragarantir a boa saúde de seus filhos
  14. 14. Anexo_6 Cartazes elaborados pelos alunos
  15. 15. Anexo_7 Quadro de mérito do consumo de fruta no lanche da manhã
  16. 16. Anexo_8 Fatos de Carnaval
  17. 17. Anexo_9 Visita ao Hipermercado Continente – degustação de frutas tropicais
  18. 18. Anexo_10 Elaboração de fantoches – frutinhas
  19. 19. Anexo_11 Construção de um teatro de fantoches
  20. 20. Anexo_12 Livro de receitas de Fruta
  21. 21. Anexo_13 Elaboração de algumas receitas com Fruta

×