Duratex - Resultados do 3º Trimestre de 2004

486 visualizações

Publicada em

Apresentação dos Resultados do 3º Trimestre de 2004

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
486
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Duratex - Resultados do 3º Trimestre de 2004

  1. 1. Apresentação de Resultados - 3º Trimestre / 2004 23/Nov/2004 www.duratex.com.br
  2. 2. Gestão Estratégica e Performance Superior Posicionamento estratégico e porte adequados ao momento favorável Investimentos com retorno acelerado Tecnologia de ponta, inovações e marcas de valor reconhecido Atendimento a novos mercados Sólida Estrutura Financeira com foco na geração de valor Adequação às melhores práticas de Governança Corporativa 1
  3. 3. Gestão Estratégica e Performance Superior Posicionamento estratégico e porte adequados ao momento favorável Investimentos com retorno acelerado Tecnologia de ponta, inovações e marcas de valor reconhecido Atendimento a novos mercados Sólida Estrutura Financeira com foco na geração de valor Adequação às melhores práticas de Governança Corporativa 2
  4. 4. Operação Madeira Chapa de Fibra Metais Sanitários Aglomerado Louças Sanitárias MDF/HDF/SDF Acessórios Piso Laminado Revestimento para teto e parede 3
  5. 5. Vantagens Competitivas Madeira Liderança – Market Share Força das Marcas - Deca e Hydra Escala de Produção Liderança de mercado, com Predomínio Ampla linha de Produtos nos Segmentos Luxo e Alto Luxo Auto-suficiência Florestal Política Ativa de Desenvolvimento de Aspectos ecológicos e ambientais Produtos - ISO 14.001 e “Selo Verde” Forte Composto Mercadológico 4
  6. 6. Principais Negócios Receita Líquida Consolidada (Jan – Set / 2004) Flooring 7% Inter D+ 1% Metais 22% MDF/HDF/SDF 20% Louças 10% Aglomerado 14% Chapas 26% Divisão Madeira 68% Divisão Deca 32% 5
  7. 7. Amplo Alcance Nacional Canal de Distribuição Madeira Deca Outros 6% B2B + Televendas 3% Outros 2% Vendas Técnicas 6% Construção Civil 7% Indústria Construção Civil Moveleira 58% Revenda 6% Atacadistas 14% 56% Revenda 24% Home Center 18% 6
  8. 8. Gestão Estratégica e Performance Superior Posicionamento estratégico e porte adequados ao momento favorável Investimentos com retorno acelerado Tecnologia de ponta, inovações e marcas de valor reconhecido Atendimento a novos mercados Sólida Estrutura Financeira com foco na geração de valor Adequação às melhores práticas de Governança Corporativa 7
  9. 9. Investimentos Oportunos e Competitivos Destaques 2000 - 2004 Nova linha de MDF / HDF/ SDF Aglomerado (AGI) Linha de Revestimento em BP Serra Cut-to-Size Equipamento Automatizado – Fábrica MDF/HDF/SDF Metais Sanitários – Botucatu/SP Automação de Processos Produtivos (Deca) Expansão CSII – Novos fornos Aquisição de Terras e Florestas Novo Forno com capacidade Serra “Cut-to-Size” de 960 mil peças/ano - CSII 8
  10. 10. Histórico do Plano de Aplicação de Recursos PAR & EBITDA (R$ M) 321,0 224,6 210,4 199,4 187,5 158,0 114,3 303,0 172,8 138,9 139,4 74,1 65,4 86,8 1998 1999 2000 2001 2002 2003 9m04 * PAR EBITDA * EBITDA Anualizado 9
  11. 11. Potencial para Crescimento Capacidade Industrial e Taxa de Ocupação Setembro/2004 Jan – Set/2004 360 mil m3/ano Chapa de Fibra 360 mil m3/ano 88,0% 97,2% 500 mil m3/ano 500 mil m3/ano Aglomerado 71,9% 83,1% 640 mil m3/ano MDF/HDF/SDF 71,5% 80,9% 640 mil m3/ano 14.400 mil 14.400 mil Metais peças/ano Sanitários 76,1% 81,1% peças/ano 3.240 mil 3.240 mil Louças 83,4% peças/ano Sanitárias 85,5% peças/ano 10
  12. 12. Gestão Estratégica e Performance Superior Posicionamento estratégico e porte adequados ao momento favorável Investimentos com retorno acelerado Tecnologia de ponta, inovações e marcas de valor reconhecido Atendimento a novos mercados Sólida Estrutura Financeira com foco na geração de valor Adequação às melhores práticas de Governança Corporativa 11
  13. 13. Inovação para ampliar mercados Lançamento de Produtos MDF/HDF/SDF Chapas Aglomerado Durafloor/Durawall Metais Louças 2000 8 4 16 17 5 2001 33 18 14 15 30 2002 16 24 41 53 32 2003 14 14 64 21 12 Jan-Set/04 6 4 13 43 36 Total 77 64 148 149 115 Tecnologia e Inovação para criar produtos diferenciados e de maior valor agregado 12
  14. 14. Lançamento de Produtos - Deca Tanque Multi-Uso Cuba de Apoio - L106 Linha Spin Linha Quadratta Linha Link Suspensa Chuveiros de Cromoterapia Lavatório Cuba Côncava – Linha Slim 13
  15. 15. Lançamento de Produtos - Madeira Durafloor – Studio Durafloor – Pro Durafloor – Home Cozinha – Painéis MDF Durawall – Branco Nevada 14
  16. 16. Gestão Estratégica e Performance Superior Posicionamento estratégico e porte adequados ao momento favorável Investimentos com retorno acelerado Tecnologia de ponta, inovações e marcas de valor reconhecido Atendimento a novos mercados Sólida Estrutura Financeira com foco na geração de valor Adequação às melhores práticas de Governança Corporativa 15
  17. 17. Maior Flexibilidade de Mercados Exportações (US$M) % + 24,4 41,8 33,6 29,7 31,2 9m01 9m02 9m03 9m04 16
  18. 18. Exportações Destaques (Jan – Set / 2004) DECA 9% MDF/HDF/SDF 22% Flooring 3% INTER D+ MADEIRA 6% 91% Chapas Metais 60% 3% Louças Principais Mercados 6% Estados Unidos 44% Europa 21% Ásia / Oriente Médio 18% América do Sul / Central 13% Outros 4% 17
  19. 19. Projetos Estruturados Móveis - Louças Sanitárias Vendas Jan-Set (em US$) Vendas Jan-Set (em US$) 9m04: 2.422 mil 9m04: 2.486 mil + 446% + 87 % 9m03: 443 mil 9m03: 1.326 mil Clientes: Holanda, México, África do Feiras na Bolívia, Inglaterra, Portugal, Sul e Oriente Médio México, Nova Zelândia e Estados Unidos (Kitchen & Bath) Showroom (Jundiaí/SP) Área: 2.000 m² Início exportação para os EUA Linha de Produtos: 400 ítens Desenvolvimento 30 produtos 18
  20. 20. Gestão Estratégica e Performance Superior Posicionamento estratégico e porte adequados ao momento favorável Investimentos com retorno acelerado Tecnologia de ponta, inovações e marcas de valor reconhecido Atendimento a novos mercados Sólida Estrutura Financeira com foco na geração de valor Adequação às melhores práticas de Governança Corporativa 19
  21. 21. Demonstrativo de Resultados (Jan a Set) (Valores em R$M) 2004 2003 AH% RECEITA LÍQUIDA DE VENDAS 883,4 710,4 24% Custo dos Produtos (488,9) (409,8) Depreciação/Amort/Exaustão (52,8) (41,6) LUCRO BRUTO 341,7 259,0 32% % Margem Bruta 38,7% 36,5% RESULTADO OPERAC. ANTES RES. FINANC. 184,4 115,6 60% Resultado Financeiro (inclui CPMF, IOF e PIS/COFINS) (40,8) (46,8) RESULTADO OPERACIONAL 143,6 68,8 109% LUCRO LÍQUIDO 92,7 41,6 123% % Margem Líquida 10,5% 5,9% 20
  22. 22. Desempenho (Jan a Set) (Valores em R$M) Receita Líquida Lucro Bruto 3% + 24, + 31, 9% 883,4 341,7 710,4 259,0 2003 2004 2003 2004 EBITDA Lucro Líquido ,9% + 50 1% 3, 12 + 240,8 92,7 159,5 41,6 2003 2004 2003 2004 21
  23. 23. Desempenho Financeiro (R$M) 3T04 2T04 1T04 4T03 3T03 Expedição Madeira (mil m³) 280,0 271,7 241,2 252,9 259,3 Deca (milhões de peças) 3,7 3,4 3,3 3,5 3,4 Receita Líquida 331,4 301,6 250,3 279,2 264,4 CPV 189,6 185,6 166,5 178,2 165,6 Lucro Bruto 141,9 116,0 83,8 101,0 98,8 Margem Bruta 42,8% 38,5% 33,5% 36,2% 37,4% Resultado Operacional 80,3 68,2 35,9 50,3 47,3 EBITDA 99,4 87,7 53,7 65,2 61,3 Margem EBITDA 30,0% 29,1% 21,5% 23,4% 23,2% Lucro Líquido 43,6 37,8 11,3 22,5 13,4 ROE (anualizado) 18,7% 16,8% 5,0% 9,9% 5,9% 22
  24. 24. Desempenho (3os Trimestres) Receita Líquida Lucro Bruto (Valores em R$M) 4% + 25, + 43, 6% 331,4 141,9 264,4 98,8 2003 2004 2003 2004 EBITDA Lucro Líquido 2% + 62, 4% 5, 22 + 99,4 43,6 61,3 13,4 2003 2004 2003 2004 23
  25. 25. Volumes Expedidos Madeira 881,2 905,6 823,6 793,9 em mil m³ 651,5 652,6 2001 2002 2003 9m02 9m03 9m04 em milhões de peças 13,6 14,5 13,3 10,4 9,8 10,5 2001 2002 2003 9m02 9m03 9m04 24
  26. 26. Receitas Crescentes Receita Líquida (R$ M) ,3% AG R: 12 C % 2 4,3 + 989,6 866,9 883,4 785,3 710,4 618,7 2001 2002 2003 9m02 9m03 9m04 25
  27. 27. Expressiva Evolução na Geração Operacional de Caixa EBITDA (R$ M) % : 9,5% ,9 CA G R 50 + 240,8 210,4 224,7 187,5 149,9 159,5 2001 2002 2003 9m02 9m03 9m04 26
  28. 28. Desempenho por Divisão EBITDA (R$ M) & Margem (%) Madeira 34,9% 36,4% 20,1% 18,9% 19,9% 24,7% 25,4% 15,4% 15,4% 22,2% 17,5 16,7 17,4 83,7 15,7 14,1 73,6 43,9 48,1 36,3 3T03 4T03 1T04 2T04 3T04 3T03 4T03 1T04 2T04 3T04 27
  29. 29. Expressiva melhora de Retorno Patrimônio Líquido (R$M) & ROE (%) 993,5 905,1 936,6 849,7 864,1 12,6% 614,4 7,9% 7,9% 6,8% 6,0% 1,6% 1999 2000 2001 2002 2003 9m04 * PL (R$M) ROE (%) * ROE Anualizado 28
  30. 30. Endividamento & Cronograma de Amortização (R$ M) Total da Dívida 567,9 Cronograma de Amortização Moeda 91,8 157,9 Estrangeira 138,6 68,3 Moeda 410,0 Nacional 224,4 44,8 Dívida 2004 2005 2006 2007 2008 & Além Caixa R$ 164,9 M Dívida Líquida / PL 40,1% Dívida Líquida R$ 402,9M Dívida Líquida / EBITDA * 1,25 * EBITDA Anualizado 29
  31. 31. Gestão Estratégica e Performance Superior Posicionamento estratégico e porte adequados ao momento favorável Investimentos com retorno acelerado Tecnologia de ponta, inovações e marcas de valor reconhecido Atendimento a novos mercados Sólida Estrutura Financeira com foco na geração de valor Adequação às melhores práticas de Governança Corporativa 30
  32. 32. Alterações Estatutárias e Dividendo Extraordinário Extinção das Partes Beneficiárias (PBs), em condições que excederam a expectativa de mercado Elevação do dividendo obrigatório de 25% para 30% do Lucro Líquido Ajustado Extinção do dividendo prioritário sobre o capital Pagamento de um dividendo extraordinário de R$ 1,30 por mil ações Condições para a adesão ao Nível I de Governança Corporativa da BOVESPA 31
  33. 33. Extinção das Partes Beneficiárias Valor Presente R$ 160 milhões R$ 143 milhões R$ 200 milhões R$ 130 milhões R$ 185 milhões Extinção Gradual das Percentual do Lucro Partes Beneficiárias Exercício Social Líquido destinado às PBs 2004 7,5% 2005 5,0% 2006 2,5% 2007 0,0% 32
  34. 34. Dividendos Crescentes (Valores em R$M) Dividendo 2º Pay-Out médio até 2003: 38,6% Semestre Dividendo 15,3 Extraordinário 21,5 23,6 24,6 25,7 Dividendo 1º 14,7 15,0 15,1 15,1 11,2 Semestre 8,7 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 33
  35. 35. Compromisso com o Mercado de Capitais Governança Corporativa Extinção das Partes Beneficiárias (PBs) Tag-Along de 80% para ações PN Transparência na Comunicação: Relatório Anual 2003 entre os 20 melhores Teleconferência Trimestral sobre os Resultados Website Institucional – 104.000 acessos, 45% a mais do que durante 2003 Divulgação Trimestral de “Fact Sheet” Reunião APIMEC – 18ª Apresentação Consecutiva Road-shows periódicos 34
  36. 36. Reconhecimento pelo Mercado Desempenho das Ações - PN Durante os primeiros nove meses de 2004, as ações preferenciais da Duratex apresentaram uma valorização de 44%, totalizando 3,6 bilhões de títulos negociados e movimentando um volume financeiro de R$ 301 milhões. Neg. Diários e Vol. Médio por Pregão - (R$ mil) 2.979 1.087 1.311 397 25 19 16 7 2002 2003 2004 - até 2004 - após Fato Rel. Fato Rel. até 30/09 Vol. Médio por Pregão R$ mil Nº de Neg. Médio por Pregão 35
  37. 37. Reconhecimento pelo Mercado Duratex PN X Índices de Ações - BASE 100 – 30/Dezembro/2003 Fato Relevante de 17/8/04 DURA4 – R$ 96,00 150 44 % 125 16 % 12 % 100 4,5 % 75 3 /04 4 04 04 04 4 04 /04 04 z/0 jan fev/0 ar/ br/ a i/ n/0 j u l/ go et/ de m a m ju a s DURATEX IBOVESPA IBX FGV 100 36
  38. 38. Apresentação de Resultados - 3º Trimestre / 2004 23/Nov/2004 www.duratex.com.br
  39. 39. Informações Adicionais
  40. 40. Duratex S.A. Free Float Total de ações: 11.782.716.987 Ordinárias: 37% Preferenciais: 63% (tag-along de 80%) Market Cap. em 10/Nov: US$ 552,1 M Composição Acionária PN – Out/04 Outros 24,4% Inv. Estrangeiro 28,4% Tesouraria 0,1% Itaúsa 24,4% Fdo. Pensão 22,7% 37
  41. 41. Desempenho (Jan – Set / 2004) Divisão Madeira e Deca (R$ M) Divisão Madeira Divisão Deca Consolidado (R$M) AV% (R$M) AV% (R$M) AV% Receita Líquida 603,5 100% 279,9 100% 883,4 100% CPV (318,9) 53% (170,0) 61% (488,9) 55% Depreciação (38,8) 6% (14,0) 5% (52,8) 6% Lucro Bruto 245,8 41% 95,9 34% 341,7 39% EBITDA 9m2004 193,6 32% 47,2 17% 240,8 27% EBITDA 9m2003 118,9 25% 40,6 17% 159,5 22% 38
  42. 42. Desempenho (Jan – Set / 2004) Custos de Produção Madeira Deca Combustíveis 5% Combustíveis 3% Depreciação 7% Depreciação 8% Energia Energia Elétrica 4% Elétrica 7% Matérias-Primas 49% Madeira Mão de Obra 17% 37% Matérias-Primas 48% Mão de Obra 15% 39
  43. 43. Desempenho (Jan – Set) Fluxo de Caixa Resumido (R$ M) 2004 2003 LUCRO LÍQUIDO NO PERÍODO 92,7 41,6 Depreciação/Amort/Exaustão 56,4 43,9 Juros/Variação Cambial 28,3 27,6 Provisões 16,6 16,5 SUB-TOTAL 194,0 129,6 Investimento em Capital de Giro (80,4) (56,8) GERAÇÃO OPERACIONAL DE CAIXA 113,6 72,8 40
  44. 44. Apresentação de Resultados - 3º Trimestre / 2004 23/Nov/2004 www.duratex.com.br

×