Apresentação Corporativa
                         11 / Novembro / 2008



    www.duratex.com.br




1
+ Segmentos de atuação



    • Metais sanitários
    • Louças sanitárias
    • Acessórios


             Madeira
    • Ch...
+ Segmentos de atuação




    Área florestal:
    •   100% das terras embaixo de uma subsidiária integral (Duraflora);
  ...
+ Segmentos de atuação
     > Localização geográfica:
                                      Madeira

                     ...
+ Segmentos de atuação
    > Localização geográfica:                            Louças
                                   ...
+ Plano de aplicação de recursos - PAR

    > PAR consolidado (em R$ milhões):



                                        ...
+ Plano de aplicação de recursos - PAR

    > Crescimento da capacidade industrial da Duratex:

                          ...
+ Plano de aplicação de recursos - PAR

    > Projeto MDF:
    • MDF: 800.000 m3/ano disponíveis a partir de Abr / 2009:
 ...
+ Plano de aplicação de recursos - PAR

    > Metais sanitários:

    • Aumento de capacidade: 400.000 peças / mês, ou +33...
+ Plano de aplicação de recursos - PAR

     > Louças sanitárias:

     Duas aquisições no montante de R$60 milhões cada:
...
+ Cenário

     > Com a rápida mudança de cenário, foi divulgado o
       seguinte esclarecimento ao mercado:
     10 de o...
+ Cenário

     > Investimentos postergados: Projeto MDP




       • Investimentos totais estimados em R$ 1,0 bilhão;
   ...
+ Cenário
     > Juros reais e PIB brasileiro:

                                                                       Tax...
+ Cenário
     > Disponibilidade de crédito de longo-prazo (construção):
                                                 ...
+ Cenário
     > Mercados atendidos (como % da Receita Líquida):

                                                   Outro...
+ Estrutura financeira equilibrada
     > Destaques financeiros (em R$ milhões):
                                         ...
+ Estrutura financeira equilibrada
     > Endividamento:
                                                    Curto-Prazo
 ...
+ Estrutura financeira equilibrada
     > Exposição cambial em Set/08 (em R$ mil):

     ATIVOS EM MOEDA ESTRANGEIRA      ...
+ Desempenho
     > Capacidade industrial e taxa de ocupação:
        (Janeiro a Setembro / 2008)


                      ...
+ Desempenho (Jan – Set / 2008)
     > Receita líquida: R$ 1.428,0 milhões
                                 Chapa de Fibra...
+ Desempenho (Jan – Set / 2008)
     > Vendas no mercado interno: R$ 1.284,4 milhões


                             10%

 ...
+ Desempenho
     > Resultado recorrente (últimos 5 trimestres):
     Rec. Líq. (R$ M) & Margem Bruta (%)       EBITDA (R$...
+ Desempenho
     > Resultado recorrente (últimos 5 trimestres):
     > EBITDA (em R$ milhões) e Margem (%):

            ...
+ Desempenho
     > Custo da resina (base 100):
                                                                          ...
+ Histórico positivo

             EPS (R$)                                                                      Expansão ...
+ Mercado de capitais


     > Principais grupos de acionistas (em Set / 2008):

           ON + PN                       ...
+ Mercado de capitais

     > Desempenho da ação (28/Dez/2007 a 07/Nov/2008):




                                        ...
+ Mercado de capitais
     > Governança corporativa:
     • Tag-along de 80% nas ações preferenciais;
     • Política de d...
+ Mercado de capitais
     > Cobertura da ação:

      Instituição                           Analista                     ...
+ Disclaimer

     A informação aqui contida foi preparada pela Duratex S.A. e não
     constitui material de oferta para ...
Apresentação Corporativa
                          11 / Novembro / 2008



     www.duratex.com.br




31
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Duratex - Resultados do 3º Trimestre de 2008

518 visualizações

Publicada em

Apresentação dos Resultados do 3º Trimestre de 2008

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
518
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Duratex - Resultados do 3º Trimestre de 2008

  1. 1. Apresentação Corporativa 11 / Novembro / 2008 www.duratex.com.br 1
  2. 2. + Segmentos de atuação • Metais sanitários • Louças sanitárias • Acessórios Madeira • Chapa de fibra • MDP • MDF / HDF / SDF 0 • Piso laminado 2
  3. 3. + Segmentos de atuação Área florestal: • 100% das terras embaixo de uma subsidiária integral (Duraflora); • Área total: 120.000 hectares de terras no Estado de São Paulo; • Distância média de fornecimento de madeira: 55 km; • Destaques das terras e florestas em Set/2008: • Valor patrimonial: R$ 537 milhões (US$ 281 milhões), • Valor de mercado: R$ 1.415 milhões (US$ 731 milhões). • Auto-suficiência no fornecimento de madeira: • Economias de escala, • Acesso estratégico à matéria prima, • Redução do risco de execução. 3
  4. 4. + Segmentos de atuação > Localização geográfica: Madeira MDF & Piso Laminado Agudos - SP MDP Itapetininga - SP Chapa de Fibra MDF & Chapa de Fibra Jundiaí - SP Botucatu - SP 4
  5. 5. + Segmentos de atuação > Localização geográfica: Louças Cabo de Sto Agostinho - PE Metais - São Paulo Louças Metais & Louças - Jundiaí Queimados - RJ Louças Jundiaí - SP Louças 5 São Leopoldo - RS
  6. 6. + Plano de aplicação de recursos - PAR > PAR consolidado (em R$ milhões): R$925,0 milhões 615,0 R$1.327,5 milhões 310,0 303,5 222,3 172,8 138,9 139,4 136,8 108,4 105,4 2000 '01 '02 '03 '04 '05 '06 '07 '08* '09* * PAR estimado entre 2008 e 2009. 6 postergados investimentos de R$450 milhões.
  7. 7. + Plano de aplicação de recursos - PAR > Crescimento da capacidade industrial da Duratex: 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008* 2009* 3 (capacidade em '000 m ) Chapa de Fibra 360 360 360 360 360 360 360 360 360 360 MDP 320 340 360 500 500 500 500 500 500 500 MDF 200 220 240 640 640 640 640 640 640 1.440 1 - Total 880 920 960 1.500 1.500 1.500 1.500 1.500 1.500 2.300 2 - Expedições 812 824 881 906 1.051 1.040 1.219 1.276 1.314 n/a 2 / 1: Taxa de Ocupação 92% 90% 92% 60% 70% 69% 81% 85% 88% n/a (capacidade em '000 peças) Metais Sanitários 12.000 13.200 14.400 14.400 14.400 14.400 14.400 14.400 15.600 16.800 Louças Sanitárias 2.580 3.300 3.300 3.200 4.200 4.200 3.800 3.800 6.200 7.040 1 - Total 14.580 16.500 17.700 17.600 18.600 18.600 18.200 18.200 21.800 23.840 2 - Expedições 12.750 13.584 14.523 13.318 13.747 12.825 13.981 15.041 17.233 n/a 2 / 1: Taxa de Ocupação 87% 82% 82% 76% 74% 69% 77% 83% 79% n/a 2008* expedições nos últimos doze meses 7
  8. 8. + Plano de aplicação de recursos - PAR > Projeto MDF: • MDF: 800.000 m3/ano disponíveis a partir de Abr / 2009: • 125% de crescimento sobre capacidade atual de MDF. • Linha de revestimento em BP: 10,2 milhões de m2 capacidade; • Fábrica de resina; • Compra de terras e plantio de florestas. 8
  9. 9. + Plano de aplicação de recursos - PAR > Metais sanitários: • Aumento de capacidade: 400.000 peças / mês, ou +33%; • Conclusão das expansões: 2010. 9
  10. 10. + Plano de aplicação de recursos - PAR > Louças sanitárias: Duas aquisições no montante de R$60 milhões cada: 1 - Ideal Standard: duas plantas (Jundiaí/SP and Queimados/RJ) com capacidade combinada de 1.800.000 peças / ano. 2 - Cerâmica Monte Carlo: uma planta em Cabo de Santo Agostinho / PE , com capacidade de 1.440.000 peças / ano. 10
  11. 11. + Cenário > Com a rápida mudança de cenário, foi divulgado o seguinte esclarecimento ao mercado: 10 de outubro de 2008 “Em função de diversas perguntas e consultas ocorridas nos últimos dias, informamos que todos os Passivos em moeda estrangeira da Duratex estão totalmente cobertos por operações de hedge tradicionais, não apresentando qualquer risco em função da atual volatilidade cambial. Informamos ainda que não temos nem realizamos qualquer operação com derivativos alavancados. Com relação aos investimentos em andamento anunciados no 1º semestre de 2008, informamos que devido ao agravamento da crise financeira internacional, e de seus possíveis reflexos para a Economia brasileira, a Diretoria da Duratex decidiu readequar seu cronograma de implantação, postergando a sua execução por 6 meses. A gestão financeira da Duratex é pautada por Políticas conservadoras, privilegiando a liquidez da Empresa e a sustentabilidade de suas operações. Plínio do Amaral Pinheiro Vice Presidente Corporativo e Financeiro 11 Diretor de Relações com Investidores”
  12. 12. + Cenário > Investimentos postergados: Projeto MDP • Investimentos totais estimados em R$ 1,0 bilhão; • MDP: linha com capacidade de 1.000.000 m3/ano, prevista para set/2010; • Fábrica de Resina: verticalização do processo para MDP; 12 • Aquisição de terras e plantio de florestas.
  13. 13. + Cenário > Juros reais e PIB brasileiro: Taxa de juros real (final) 26,9% PIB Brasil 16,2% 14,0% 13,4% 11,4% 11,9% 9,6% 8,6% 7,4%7,4% 6,6% 5,7% 5,4%5,2% 4,3% 2,7% 3,8% 3,2% 0,0% 1,3% 1,1% 0,3% '98 '99 '00 '01 '02 '03 '04 '05 '06 '07 '08 Taxa de juro real: taxa selic - IPCA Fonte: Bacen 13 * Estimativa disponível no Relatório Focus de 31/Out/2008 (Bacen)
  14. 14. + Cenário > Disponibilidade de crédito de longo-prazo (construção): 29.800 Disponibilidade de crédito do SBPE (R$ milhões) Fonte: CBIC (Câmara Brasileira da Indústria da Construção) 18.283 9.340 4.852 2.146 1.935 2.218 3.002 1.673 1.882 1.769 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008* Disponibilidade de crédito do FGTS (R$ milhões) Fonte: banco de dados da CBIC e CEF 8.500 6.999 6.909 5.533 3.876 3.742 3.821 3.892 3.086 n.a. n.a. 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008* 14 * 2008: Jan a Set anualizado
  15. 15. + Cenário > Mercados atendidos (como % da Receita Líquida): Outros 22% Construção 46% Móveis 32% > Ciclo médio de construção: s a o o ) ve jes ric ss fin tais ha la lét gro o n t me c s, ç ão o de ee n to e e das io iário a ra çã ca me am s a ór l t o rpo as s tru rá uli ba ab uça t reg ss obi for m je co a c o e m re nd Co n Hi d Ac A (L En Ac i e Pro In Ve 15 6 meses 12 meses 6 meses
  16. 16. + Estrutura financeira equilibrada > Destaques financeiros (em R$ milhões): 2004 2005 2006 2007 sep/08 Destaques Financeiros Caixa 105,1 234,0 574,6 662,9 656,9 Ativo Circulante 621,6 726,7 1.138,9 1.266,0 1.381,3 Realizável a Longo Prazo 33,6 39,1 33,6 34,3 80,7 Ativo Permanente 1.156,7 1.181,3 1.202,7 1.330,1 1.791,8 Ativo Total 1.811,9 1.947,1 2.375,2 2.630,4 3.253,8 Endividamento Curto Prazo 175,1 151,5 359,4 246,2 395,0 Passivo Circulante 345,2 318,7 601,0 540,9 804,0 Endividamento Longo-Prazo 342,6 439,6 258,8 424,6 595,6 Exigível a Longo Prazo 464,7 565,5 377,8 546,2 772,6 Participação Minoritária 11,6 12,0 0,6 7,5 0,2 Patrimônio Líquido 990,4 1.050,9 1.395,8 1.535,8 1.677,1 Indicadores de Risco Liquidez Corrente 1,80 2,28 1,90 2,34 1,72 PL / Ativo Total 55% 54% 59% 58% 52% Dívida / Dívida + PL 34% 36% 31% 30% 37% Dívida Líquida 412,6 357,1 43,6 7,9 333,7 Dívida Líquida / PL 0,42 0,34 0,03 0,01 0,20 Dívida Líquida / EBITDA 1,29 0,98 0,10 0,01 0,58 16 * EBITDA em 2008: últimos doze meses
  17. 17. + Estrutura financeira equilibrada > Endividamento: Curto-Prazo 40% Longo-Prazo R$ 990,6M 60% > Cronograma de amortização da dívida (em R$ milhões): 358 331 88 Dívida de longo-prazo Dívida de curto-prazo 125 270 61 49 17 26 25 17 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 e após
  18. 18. + Estrutura financeira equilibrada > Exposição cambial em Set/08 (em R$ mil): ATIVOS EM MOEDA ESTRANGEIRA PASSIVO EM MOEDA ESTRANGEIRA IMPORTAÇÃO EM ANDAMENTO 80.907 BNDES 17.527 CONTAS A RECEBER DO EXTERIOR 31.174 RESOLUÇÃO 2770 252.995 DURATEX OVERSEAS 36.018 FINANCIAMENTO DE IMPORTAÇÃO 153.203 SW YEN / US$ X CDI AP 294.703 ADIANTAMENTO DE CÂMBIO 87.897 OPÇÕES DE COMPRA DE US$ 76.571 FINANC. C/ VAR. CAMBIAL NO PL (30.578) FORNECEDORES 45.519 ATIVOS EM MOEDA ESTRANGEIRA 519.373 PASSIVOS EM MOEDA ESTRANGEIRA 526.563 18
  19. 19. + Desempenho > Capacidade industrial e taxa de ocupação: (Janeiro a Setembro / 2008) 360.000 360.000 Chapa de Fibra 96% m3/ano m3/ano 500.000 500.000 MDP 90% m3/ano m3/ano 640.000 640.000 MDF/HDF/SDF 96% m3/ano m3/ano 15.600 mil 15.600 mil Metais Sanitários 83% peças/ano peças/ano 6.200 mil * 6.200 mil * Louças Sanitárias 75% peças/ano peças/ano *Taxa de ocupação média no ano considerando-se as novas capacidades da Ideal Standard (Jundiaí) e Cerâmica Monte Carlo. 19 A taxa de ocupação durante o mês de Setembro, isoladamente, foi superior a 98%.
  20. 20. + Desempenho (Jan – Set / 2008) > Receita líquida: R$ 1.428,0 milhões Chapa de Fibra MDP 17,3% 14,5% Piso Laminado Metais Sanitários 6,0% 22,7% MDF/HDF/SDF 26,1% Louças Sanitárias 13,3% > Distribuição geográfica das vendas: Mercado Externo 10,1% Mercado Interno 89,9% 20
  21. 21. + Desempenho (Jan – Set / 2008) > Vendas no mercado interno: R$ 1.284,4 milhões 10% 6% 84% > Vendas no mercado externo: R$ 143,6 milhões 29% 24% 1% 14% 13% 4% 15% 21
  22. 22. + Desempenho > Resultado recorrente (últimos 5 trimestres): Rec. Líq. (R$ M) & Margem Bruta (%) EBITDA (R$ M) & Margem (%) 45,4% 43,3% 40,2% 40,3% 40,0% 34,0% 31,3% 29,9% 30,3% 28,5% 529,7 459,8 470,0 429,0 428,3 + 12,7% 145,8 144,1 127,9 142,5 151,0 + 23,5% + 6,0% 3T07 4T07 1T08 2T08 3T08 3T07 4T07 1T08 2T08 3T08 Lucro Líquido (R$ M) & ROIC PL (R$ M) & ROE (%) 23,7% 22,7% 19,3% 19,2% 20,1% 20,2% 20,9% 15,8% 16,8% 15,6% 1.677,1 1.623,9 1.545,2 1.535,8 1.578,7 89,2 77,4 78,8 73,2 93,9 + 28,3% 22 3T07 4T07 1T08 2T08 3T08 3T07 4T07 1T08 2T08 3T08
  23. 23. + Desempenho > Resultado recorrente (últimos 5 trimestres): > EBITDA (em R$ milhões) e Margem (%): Madeira 38,4% 29,3% 34,2% 25,3% 26,2% 27,2% 26,6% 30,2% 32,1% 29,6% 109,5 101,0 99,3 +42,4% 84,8 95,3 43,1 43,1 47,3 51,7 36,3 3T07 4T07 1T08 2T08 3T08 3T07 4T07 1T08 2T08 3T08 23
  24. 24. + Desempenho > Custo da resina (base 100): 123,9 118,4 109,5 100,0 97,0 93,5 86,9 1º Tri/ 07 2º Tri/ 07 3º Tri/ 07 4º Tri/ 07 1º Tri/ 08 2º Tri/ 08 3º Tri /08 > Custo da energia elétrica (base 100): 298,5 203,1 179,0 132,6 100,0 112,5 117,5 24 1º Tri/ 07 2º Tri/ 07 3º Tri/ 07 4º Tri/ 07 1º Tri/ 08 2º Tri/ 08 3º Tri /08
  25. 25. + Histórico positivo EPS (R$) Expansão em MDF Planta de resina CAGR: +18% Aquisições de terras, plantio de florestas e e expansão Deca Expansão em MDP Planta de resina Aquisições Deca Expansão em MDP Piso laminado 2, 53 Expansão em MDF 1a planta de MDF 1,16 0,25 CAGR: +30% 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008* 2009 2010 2011 2012 565,2 EBIT DA (R ) $M R$50 milhões de Dividendos normais dividendos extraordinários 104,0 CAGR: +16% CAGR: +21% R$15,3 milhões de dividendos extraordinários 70,3 6,9 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008* 2009 2010 2011 2012 25 * EBITDA recorrente dos últimos 12 meses e dividendos anualizados
  26. 26. + Mercado de capitais > Principais grupos de acionistas (em Set / 2008): ON + PN ON PN 41,4% 88,5% 8,0% 43,6% 2,3% 25,5% 1,3% 11,5% 34,7% 6,7% 11,4% 25,1% Nº de ações emitidas aç 129.695.415 53.555.963 76.139.452 Itaúsa Investidores Estrangeiros Outros Investidores Locais Fundo de Pensão 26 Tesouraria
  27. 27. + Mercado de capitais > Desempenho da ação (28/Dez/2007 a 07/Nov/2008): Volume Negociado (em ações) 50,00 3.000.000 Média (cotação e volume negociado) 45,00 Cotação Média (em R$) 40,00 2.500.000 35,00 2.000.000 30,00 25,00 1.500.000 20,00 15,00 1.000.000 10,00 500.000 5,00 0,00 - 28/12/2007 14/01/2008 28/01/2008 12/02/2008 25/02/2008 07/03/2008 20/03/2008 03/04/2008 16/04/2008 30/04/2008 14/05/2008 28/05/2008 10/06/2008 23/06/2008 04/07/2008 18/07/2008 31/07/2008 13/08/2008 26/08/2008 08/09/2008 19/09/2008 02/10/2008 15/10/2008 28/10/2008 > Ação preferencial incluída nos principais índices locais de ações: e 27
  28. 28. + Mercado de capitais > Governança corporativa: • Tag-along de 80% nas ações preferenciais; • Política de distribuição mínima de dividendos igual a 30% do lucro; • Eleição recente de 2 novos conselheiros independentes; • Integrante do Nível 1 de governança da Bovespa; • Comitês do Conselho de Administração: • Opções, • Negociação. • Comitês operacionais: • Governança Corporativa, • Sustentabilidade Ambiental, Social e Cultural, • Riscos e Ética, • Inteligência Corporativa, • Gestão de Talentos e 28 • Excelência Operacional.
  29. 29. + Mercado de capitais > Cobertura da ação: Instituição Analista E-mail Brascan Corretora Beatriz Battelli bbattelli@bancobrascan.com.br Citibank Luis Vallarino lvallarino@accival.com.mx Credit Suisse Marcelo Telles marcelo.telles@credit-suisse.com Deutsche Bank Josh Milberg josh.milberg@db.com Fator Banco Jacqueline Lison jlison@fatorcorretora.com.br Itaú Corretora de Valores Renata Faber renata.faber@itau.com.br Link Corretora Leonardo Cavarges andres@linkcorretora.com.br Merrill Lynch Marcos Assumpção marcos_assumpcao@ml.com Santander Banespa Marcello Milman mmilman@santanderbanespa.com.br Socopa Corretora de Valores Daniel Dol daniel@socopa.com.br UBS Pactual Edmo Chagas edmo.chagas@ubs.com Unibanco Andre Luiz Rocha andreluiz.rocha@unibanco.com.br 29
  30. 30. + Disclaimer A informação aqui contida foi preparada pela Duratex S.A. e não constitui material de oferta para a subscrição ou compra de valores mobiliários da empresa. Este material contém informações gerais sobre a empresa e mercados em que se encontra inserida. Nenhuma representação ou garantia, de forma expressa ou inclusa, é feita acerca, e nenhuma confiança deve ser depositada, na exatidão, justificação ou totalidade das informações apresentadas. A empresa não pode dar qualquer certeza quanto a realização das expectativas apresentadas. 11 de novembro de 2008 30
  31. 31. Apresentação Corporativa 11 / Novembro / 2008 www.duratex.com.br 31

×