Asteróides 2012

2.190 visualizações

Publicada em

IASC - Escola Secundária Augusto Gomes

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.190
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.322
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Asteróides 2012

  1. 1. CAMPANHA INTERNACIONAL DE “CAÇA DE ASTERÓIDES” INTERNATIONAL ASTEROID SEARCH CAMPAIGN (IASC) ESCOLA SECUNDÁRIA AUGUSTO GOMES 16/02/2012 A 22/03/2012
  2. 2. http://iasc.hsutx.edu/ CAMPANHA INTERNACIONAL DE “CAÇA DE ASTERÓIDES” ESCOLA SECUNDÁRIA AUGUSTO GOMES
  3. 3. O QUE SÃO ASTERÓIDES?-São objectos celestes menores doque planetas .-São frequentemente designados“planetas menores” ou “planetóides”-Um Asteróide é um bloco rochoso edisforme, de dimensões que variamentre as dezenas de metros ecentenas de quilómetros, que podem"vaguear" pelo espaço, semtrajectória definida, ou com umadeterminada órbita condicionada Eros (simulação em computador)pela força gravitacional de umobjecto celeste de maioresdimensões.Fonte:http://terraform.no.sapo.pthttp://www.solarviews.com/portug/asteroid.htm CAMPANHA INTERNACIONAL DE “CAÇA DE ASTERÓIDES” ESCOLA SECUNDÁRIA AUGUSTO GOMES
  4. 4. COMO FORAM ORIGINADOS OS ASTERÓIDES?-Destroços que, durante a formação dosistema solar, não compactaram pelo que nãoderam origem a novos planetas;-Destroços resultantes de colisão, seguida dedesintegração, de planetas em formação nosistema solar;- Fragmentos resultantes de impactos deasteróides ou de cometas com a superfície deplanetas já consolidados;-Fragmentos de cometas;Fonte: http://terraform.no.sapo.pt GASPRA é um Asteróide com 17 km de comprimento (simulação em computador) Fonte: http://terraform.no.sapo.pt CAMPANHA INTERNACIONAL DE “CAÇA DE ASTERÓIDES” ESCOLA SECUNDÁRIA AUGUSTO GOMES
  5. 5. QUE TIPO DE ASTERÓIDES EXISTEM? - São a grande maioria dos existentes ( + de 75% dosTipo Asteróides). Uma das suas características é a de serem C extremamente escuros e difíceis de observar. São essencialmente compostos por condrites. - São cerca de 17 % do total dos Asteróides existentes.Tipo Mais claros que os do tipo C, são compostos por S silicatos de magnésio, níquel e ferro.Tipo - São compostos por níquel-ferro e são extremamente M brilhantes Fonte: http://terraform.no.sapo.pt CAMPANHA INTERNACIONAL DE “CAÇA DE ASTERÓIDES” ESCOLA SECUNDÁRIA AUGUSTO GOMES
  6. 6. ONDE SE ENCONTRAM OS ASTERÓIDES?-Foram descobertos desde o interior da órbitada Terra até para lá da órbita de Saturno.Muitos, porém, estão dentro de uma cinturaque existe entre as órbitas de Marte e deJúpiter.- Alguns têm órbitas que atravessam a órbitada Terra e alguns atingiram até a Terra emtempos passados, passando a designar-semeteoritos. Um dos exemplos mais bemconservados é a Cratera de Meteoro Barringerperto de Winslow, Arizona, EUA.Fonte:http://www.solarviews.com/portug/asteroid.h A cintura de asteróidestm Fonte: http://jumk.de/astronomie/solar- system/asteroids.shtml CAMPANHA INTERNACIONAL DE “CAÇA DE ASTERÓIDES” ESCOLA SECUNDÁRIA AUGUSTO GOMES
  7. 7. ALGUNS ASTERÓIDES Raio Distância Descoberto Num Nome Albedo Data (km) (10^6km) por 1 Ceres 466 413.9 0.10 G. Piazzi 1801 511 Davida 168 475.4 0.05 R. Dugan 1903 G. Witt, A. 433 Eros 17.5 x 6.5 218 ? 1893 Charlois 15 Eunomia 136 395.5 0.19 De Gasparis 1851 52 Europa 156 463.3 0.06 Goldschmidt 1858 951 Gaspra 17x10 330.0 0.20 Neujmin 1916 10 Hygiea 215 470.3 0.08 De Gasparis 1849 243 Ida 58x23 428 ? J. Palisa 29 Set 1884 704 Interamnia 167 458.1 0.06 V. Cerulli 1910 253 Mathilde 28.5 x 25 396 0.03 J. Palisa 1885 2 Pallas 261 414.5 0.14 H. Olbers 1802 16 Psyche 132 437.1 0.10 De Gasparis 1852 87 Sylvia 136 521.5 0.04 N. Pogson 1866 4 Vesta 262.5 353.4 0.38 H. Olbers 1807 Fonte: http://www.solarviews.com/portug/asteroid.htm CAMPANHA INTERNACIONAL DE “CAÇA DE ASTERÓIDES” ESCOLA SECUNDÁRIA AUGUSTO GOMES
  8. 8. ALGUNS ASTERÓIDES Vesta (simulação em computador) Fonte: http://www.lunarplanner.com/a steroids-main/index.html Ceres Juno – Imagem artística (David A. Aguilar, Harvard-Smithsonian Center for Astrophysics) CAMPANHA INTERNACIONAL DE “CAÇA DE ASTERÓIDES” ESCOLA SECUNDÁRIA AUGUSTO GOMES
  9. 9. PORQUÊ PROCURAR ASTERÓIDES / NEO (NEAR EARTH OBJECTS)? - Ocorrem diariamente múltiplas colisões entre objectos celestes de pequenas dimensões e a Terra. Estes desintegram-se normalmente ao entrar na atmosfera; -Existe permanentemente o risco de um objecto celeste de dimensões apreciáveis colidir com a Terra; -O histórico de impactos de meteoritos com a terra demonstra que estes podem ter consequências desastrosas; - A cintura de asteróides é composta por milhares de objectos cujas órbitas não podem ser determinadas sem a ajuda de “muitos olhos”. - A identificação de novos NEOs, bem como das suas órbitas pode prevenir futuras colisões; - A confirmação e/ou correcção da órbita de NEOs conhecidos é também uma ajuda preciosa nesse sentido; CAMPANHA INTERNACIONAL DE “CAÇA DE ASTERÓIDES” ESCOLA SECUNDÁRIA AUGUSTO GOMES
  10. 10. ENTIDADES ENVOLVIDAS NA IASChttp://www.hsutx.edu/ http://www.lawrencehallofscience.org/ http://ari.home.mchsi.com/observ atory_directory.htm http://www.sierrastars.com/ http://wise.ssl.berkeley.edu/ http://www.pt.euhou.net/ http://www.astrometrica.at/
  11. 11. COMO SE DESENROLA O PROCESSO?- Os alunos farão observações de NEOs,como parte do Near Earth Object Programda NASA (Jet Propulsion Laboratory)- As eventuais descobertas de planetasmenores serão comunicadas ao MinorPlanet Center (Harvard)- Poderão igualmente ser feitasconfirmações de órbitas de NEOs. http://www.jpl.nasa.gov/ http://www.cfa.harvard.edu/iau/mpc.html CAMPANHA INTERNACIONAL DE “CAÇA DE ASTERÓIDES” ESCOLA SECUNDÁRIA AUGUSTO GOMES
  12. 12. COMO SE DESENROLA O PROCESSO?- Todas as noites de céu limpo e sem luacheia, são adquiridas imagens usandotelescópios de diversos observatórios.- As imagens são preparadas naUniversidade de Hardin – Simmons(Abilene, Texas) e distribuídas pelas escolasparticipantes na campanha;- Cada escola recebe o seu próprio conjuntode imagens – não há duplicados. CAMPANHA INTERNACIONAL DE “CAÇA DE ASTERÓIDES” ESCOLA SECUNDÁRIA AUGUSTO GOMES
  13. 13. COMO SE DESENROLA O PROCESSO?- Os alunos recebem as imagens e analisam-nas com o programa Astrometrica;- As descobertas são comunicadas àUniversidade de Hardin – Simmons;- Caso seja feita a descoberta de novosNEOs, os voluntários da IASC nos EstadosUnidos farão a comparação com imagensobtidas no Sierra Stars Observatory;- Caso se confirmem, as descobertas serãoreportadas ao Centro de Planetas Menores(Harvard), prevalecendo o nome atribuídopelos alunos (dentro de determinadasregras) CAMPANHA INTERNACIONAL DE “CAÇA DE ASTERÓIDES” ESCOLA SECUNDÁRIA AUGUSTO GOMES
  14. 14. COMO SE DESENROLA O PROCESSO? -É necessário ter: -Computador -Ligação à Internet -Software Astrometrica instalado CAMPANHA INTERNACIONAL DE “CAÇA DE ASTERÓIDES” ESCOLA SECUNDÁRIA AUGUSTO GOMES
  15. 15. DESCOBERTAS RECENTES NO ÂMBITO DO IASC CAMPANHA INTERNACIONAL DE “CAÇA DE ASTERÓIDES” ESCOLA SECUNDÁRIA AUGUSTO GOMES
  16. 16. http://www.dailykos.com/story/2009/3/17/709609/-How-Safe-Are-We-from-Killer-Asteroids- CAMPANHA INTERNACIONAL DE “CAÇA DE ASTERÓIDES” ESCOLA SECUNDÁRIA AUGUSTO GOMES
  17. 17. http://astrofisicabrasil-secaoastronomia.blogspot.com/2009_08_01_archive.html CAMPANHA INTERNACIONAL DE “CAÇA DE ASTERÓIDES” ESCOLA SECUNDÁRIA AUGUSTO GOMES
  18. 18. BOA SORTE!!! Contacto: Duarte Nuno Januário duartejanuario@esag-edu.net CAMPANHA INTERNACIONAL DE “CAÇA DE ASTERÓIDES” ESCOLA SECUNDÁRIA AUGUSTO GOMES

×