O EGITO No Egito, a nordeste da África, surgiu a mais duradoura monarquia do mundo antigo.
EVOLUÇÃO POLÍTICA  *Antigo Império *Médio Império *Novo Império
A ECONOMIA
A SOCIEDADE
A VIDA NO PALÁCIO DOS FARAÓS Os faraós e sua família viviam em meio a um tal luxo e conforto, que mesmo hoje causam admira...
QUÉFREN
RELIGIÃO
O TRIBUNAL DE OSIRIS “  segundo a crença, as almas eram encaminhadas ao tribunal de Osiris, onde ocorria um julgamento no ...
PAPIRO
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Egito

835 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
835
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
12
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Egito

  1. 1. O EGITO No Egito, a nordeste da África, surgiu a mais duradoura monarquia do mundo antigo.
  2. 2. EVOLUÇÃO POLÍTICA *Antigo Império *Médio Império *Novo Império
  3. 3. A ECONOMIA
  4. 4. A SOCIEDADE
  5. 5. A VIDA NO PALÁCIO DOS FARAÓS Os faraós e sua família viviam em meio a um tal luxo e conforto, que mesmo hoje causam admiração. Os palácios eram equipados com móveis de cedro, de ébano, vestidos às vezes de ouro e de marfim. A presença de uma legião de servidores – criados, músicos, cantores, dançarinas, e copeiros – colaborava ainda mais para tornar confortável a vida diária dos governantes do país. As caçadas e pescarias freqüentes, a prática de jogos diversos, contribuíam também para que fosse agradável o dia-a-dia dos “deuses vivos” que governavam o Egito e daqueles que com eles conviviam.
  6. 6. QUÉFREN
  7. 7. RELIGIÃO
  8. 8. O TRIBUNAL DE OSIRIS “ segundo a crença, as almas eram encaminhadas ao tribunal de Osiris, onde ocorria um julgamento no qual eram apresentadas as ações do morto para verificar se ele merecia castigo ou salvação ns eternidade. Em uma balança, segundo acreditavam, eram colocados, num prato, o coração do defunto e, em outro, uma pena. Esta última deveria manter o equilíbrio da balança para garantir a salvação da alma. Quarenta e dois deuses serviam de juízes e ouviam a defesa do falecido antes de Osiris pronunciar seu julgamento final.”
  9. 9. PAPIRO

×