CONCORDÂNCIA !!Mecanismo pelo qual as palavras alteram suasterminações para se adequarem harmonicamente nafrase.
CONCORDÂNCIA  Concordância Verbal: Verbo altera suas desinências para ajustar-se em  pessoa e número ao seu sujeito.  Conc...
CONCORDÂNCIA VERBAL  Verbo e sujeito concordam em número e pessoa:  Eu cheguei  Tu chegastes  Ele chegou...  Faltaram oito...
O sujeito é um coletivoO bando perturbou a cidade.(certo)Os bandos perturbaram a cidade. (certo)Coletivo especificado por ...
Coletivos partitivos (metade, a maior parte, maioria, etc.) A maioria dos alunos foi à excursão.  A maioria dos alunos for...
UM E OUTRO / NEM UM NEM OUTRO Um e outro aluno mudou-se para Nárnia. Um e outro aluno mudaram-se para Nárnia.
MAIS DE UM: Mais de um aluno foi para Nárnia. Mais de um aluno, mais de um professor foram  para Nárnia. Mais de um ami...
O sujeito é um pronome de tratamento - o verbo fica sempre na 3ªpessoa (do singular ou do plural).Vossa Alteza pediu silên...
O sujeito é formado pelas expressões: algunsde nós, poucos de vós, quais de..., quantosde..., etc. - o verbo poderá concor...
O sujeito é formado de nomes que só aparecem no plural - se osujeito não vier precedido de artigo, o verbo ficará no singu...
O sujeito tiver por núcleo a palavragente (sentido coletivo) - o verbopoderá ser usado no singular ou plural,se este vier ...
DAR – BATER – SOAR (indicando horas)Quando houver sujeito (relógio, sino) os verbosconcordam normalmente com ele.Quando nã...
Sujeito CompostoRegra geralO verbo vai para o plural.Ex.: João e Maria foram passear no bosqueenquanto o lobo não vinha.
Os núcleos do sujeito são formados por pessoas gramaticaisdiferentes - o verbo ficará no plural seguindo-se a ordem de pri...
Os núcleos do sujeito estão coordenadosassindeticamente ou ligados por “e” - o verboconcordará com os dois núcleos.Ex.: A ...
Os núcleos do sujeito são semelhantes e estão nosingular - o verbo poderá ficar no plural ou no singular.Ex.: A angústia e...
Quando o sujeito for constituído pelas expressões: ume outro, nem um nem outro... - o verbo poderá ficar nosingular ou no ...
Partícula “SE”:verbo + se + nome plural não regido de preposição:O verbo fica no plural.Ex.: Reformam-se móveis.Verbo + se...
Partícula “SE”:Verbo + se + infinitivo + nome plural não regido depreposição.Costuma-se não sujar as ruasCostumam-se não s...
Concordância com o verbo ser:a - Predicados nominais e o sujeito for representadopor um dos pronomes: tudo, nada, isto, is...
b - O verbo ser concordará com o predicativo quando osujeito for os pronomes interrogativos: que ou quem.Que são gametas?c...
d - Quando o sujeito ou predicativo da oração for pronome pessoal, aconcordância se dará com o pronome.Ex.: Aqui o preside...
g - Nas expressões do tipo: ser preciso, ser necessário, ser bom,o verbo e o adjetivo pode ficar invariável (verbo na 3ª p...
Em português, há casos em que as normasgramaticais permitem flexibilidade no que se refere àconcordância verbal. Indique q...
01. (UFPE) Marque a alternativa em que aconcordância verbal contraria a norma culta:a) Ouviram-se as notícias mais desenco...
UFPE) OBSERVE:"Transmitem-se, nos meios de comunicação de massa, umaquantidade tão grande de informações, que é impossível...
(UFPE) Esta questão versa sobre concordância verbal. Assinale asafirmativas verdadeiras e as afirmativas falsas.F -0) Ali ...
   Adjetivo posposto concorda com o substantivo    mais próximo ou vai para o plural.   Encontramos um jovem e um homem ...
   Um substantivo e mais de um adjetivo   1- antecede todos os adjetivos com um    artigo.   Falava fluentemente a líng...
   Encontraram os pássaros mortos.
Advérbio                   Adjetivo ou Numeral Ela está meio cansada.    Comprei meia dúzia de A seleção treinou       ...
É proibido, é bom, é necessárioInvariáveis sem artigo:É necessário atenção.É necessária a sua atenção.
   Segue anexo o livro.   Ela própria disse: obrigada.   João está quite com o serviço militar.
   Ela fala alto.   Esta roupa custou muito barato.   Você jurou falso.
Possível1- Quando vem acompanhado de “mais”, “menos”,“melhor” ou “pior”, acompanha o artigo queprecede as expressões.A mai...
01) (UFPE) Segundo a norma padrão da Língua Portuguesa, a alternativaem que as regras de concordância nominal e verbal for...
LEMBRE-SE:             “Chame o sucesso para fazer              parte de sua vida. Acredite             no seu potencial c...
   TERRA, Ernani,Curso Prático de    Gramática -Editora: Scipione,2011.   MASSABKI, Vera; SALIBA, Marco,    Gramática da...
Concordância Verbal e Nominal
Concordância Verbal e Nominal
Concordância Verbal e Nominal
Concordância Verbal e Nominal
Concordância Verbal e Nominal
Concordância Verbal e Nominal
Concordância Verbal e Nominal
Concordância Verbal e Nominal
Concordância Verbal e Nominal
Concordância Verbal e Nominal
Concordância Verbal e Nominal
Próximos SlideShare
Carregando em...5
×

Concordância Verbal e Nominal

7,666

Published on

http://beletrismos.blogspot.com.br/

Published in: Educação
0 Comentários
5 pessoas curtiram isso
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7,666
No Slideshare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
387
Comentários
0
Curtidas
5
Incorporar 0
No embeds

No notes for slide

Concordância Verbal e Nominal

  1. 1. CONCORDÂNCIA !!Mecanismo pelo qual as palavras alteram suasterminações para se adequarem harmonicamente nafrase.
  2. 2. CONCORDÂNCIA Concordância Verbal: Verbo altera suas desinências para ajustar-se em pessoa e número ao seu sujeito. Concordância Nominal: Substantivo Pronomes adjetivos adjetivos artigos numerais
  3. 3. CONCORDÂNCIA VERBAL Verbo e sujeito concordam em número e pessoa: Eu cheguei Tu chegastes Ele chegou... Faltaram oito alunos naquele dia.
  4. 4. O sujeito é um coletivoO bando perturbou a cidade.(certo)Os bandos perturbaram a cidade. (certo)Coletivo especificado por adjunto adnominal:Um bando de aves perturbou a cidade.(certo)Um bando de aves perturbaram a cidade.(certo)
  5. 5. Coletivos partitivos (metade, a maior parte, maioria, etc.) A maioria dos alunos foi à excursão. A maioria dos alunos foram à excursão. Expressão partitiva posposta ao verbo: Foi à excursão a maioria dos alunos.
  6. 6. UM E OUTRO / NEM UM NEM OUTRO Um e outro aluno mudou-se para Nárnia. Um e outro aluno mudaram-se para Nárnia.
  7. 7. MAIS DE UM: Mais de um aluno foi para Nárnia. Mais de um aluno, mais de um professor foram para Nárnia. Mais de um amigo abraçaram-se calorosamente.
  8. 8. O sujeito é um pronome de tratamento - o verbo fica sempre na 3ªpessoa (do singular ou do plural).Vossa Alteza pediu silêncio.Vossas Altezas pediram silêncio.O sujeito é o pronome relativo "que" – o verbo concorda com oantecedente do pronome.Fui eu que derramei o café./ Fomos nós que derramamos ocafé.O sujeito é o pronome relativo "quem" - o verbo pode ficar na 3ªpessoa do singular ou concordar com o antecedente do pronome.Ex.: Fui eu quem derramou o café./ Fui eu quem derramei o café.
  9. 9. O sujeito é formado pelas expressões: algunsde nós, poucos de vós, quais de..., quantosde..., etc. - o verbo poderá concordar com opronome interrogativo ou indefinido ou com opronome pessoal (nós ou vós).Quais de vós me punirão?/Quais de vós me punireis?
  10. 10. O sujeito é formado de nomes que só aparecem no plural - se osujeito não vier precedido de artigo, o verbo ficará no singularOs Estados Unidos estão com problemas.Estados Unidos está com problema.O sujeito é formado pelas expressões: mais de um, menos dedois, cerca de..., etc. – o verbo concorda com o numeral.Mais de um país está com problemas.O sujeito é constituído pelas expressões: a maioria, a maiorparte, grande parte, etc. - o verbo poderá ser usado no singular(concordância lógica) ou no plural (concordância atrativa).A maior parte dos países está com problemas.A maior parte dos países estão com problemas.
  11. 11. O sujeito tiver por núcleo a palavragente (sentido coletivo) - o verbopoderá ser usado no singular ou plural,se este vier afastado do substantivo.Ex.: A gente da cidade, temendo aviolência da rua, permanece em casa./ Agente da cidade, temendo a violência darua, permanecem em casa.
  12. 12. DAR – BATER – SOAR (indicando horas)Quando houver sujeito (relógio, sino) os verbosconcordam normalmente com ele.Quando não houver sujeito, o verbo concordacom as horas que passam a ser o sujeito daoração.
  13. 13. Sujeito CompostoRegra geralO verbo vai para o plural.Ex.: João e Maria foram passear no bosqueenquanto o lobo não vinha.
  14. 14. Os núcleos do sujeito são formados por pessoas gramaticaisdiferentes - o verbo ficará no plural seguindo-se a ordem de prioridade:1ª, 2ª e 3ª pessoa.Ex.: Eu e ele nos tornaremos amigos.O verbo ficou na 1ª pessoa porque esta tem prioridade sob a 3ª.Ex: Tu e ele vos tornareis amigos.O verbo ficou na 2ª pessoa porque esta tem prioridade sob a 3ª.No caso acima, também é comum a concordância do verbo com aterceira pessoa.Ex.: Tu e ele se tornarão amigos. (3ª pessoa do plural)Se o sujeito estiver posposto, permite-se também a concordância poratração com o núcleo mais próximo do verbo.Ex.: Irei eu e minhas amigas.
  15. 15. Os núcleos do sujeito estão coordenadosassindeticamente ou ligados por “e” - o verboconcordará com os dois núcleos.Ex.: A jovem e a sua amiga seguiram a pé.Atenção:Se o sujeito estiver posposto, permite-se aconcordância por atração com o núcleo maispróximo do verbo.Ex.: Seguiria a pé a jovem e a sua amiga.
  16. 16. Os núcleos do sujeito são semelhantes e estão nosingular - o verbo poderá ficar no plural ou no singular.Ex.: A angústia e ansiedade não o ajudavam a seconcentrar. A angústia e ansiedade não o ajudava a seconcentrar.Quando há gradação entre os núcleos - o verbo podeconcordar com todos os núcleos (lógica) ou apenas com onúcleo mais próximo.Ex.: Uma palavra, um gesto, um olhar bastavam.Uma palavra, um gesto, um olhar bastava.Quando os sujeitos forem resumidos por nada, tudo,ninguém... - o verbo concordará com o aposto resumidor.
  17. 17. Quando o sujeito for constituído pelas expressões: ume outro, nem um nem outro... - o verbo poderá ficar nosingular ou no plural.Quando os núcleos do sujeito estiverem ligados por ou- o verbo irá para o singular quando a ideia for de exclusão,e para o plural quando for de inclusão.
  18. 18. Partícula “SE”:verbo + se + nome plural não regido de preposição:O verbo fica no plural.Ex.: Reformam-se móveis.Verbo + se + nome plural regido de preposição: o verbofica no singular.Ex.: Precisa- se de novos funcionários.Acredita-se em fantasmas.
  19. 19. Partícula “SE”:Verbo + se + infinitivo + nome plural não regido depreposição.Costuma-se não sujar as ruasCostumam-se não sujar as ruas.Verbo + se + infinitivo+ nome plural regido depreposição:Pode-se atender a todos.Verbo + se + infinitivo + nome plural (verbo indicandovontade).Deseja-se promover novas reformas.
  20. 20. Concordância com o verbo ser:a - Predicados nominais e o sujeito for representadopor um dos pronomes: tudo, nada, isto, isso, aquilo - overbo “ser” ou “parecer” concordarão com o predicativo.Exemplos:Tudo são flores.Dicas:Poderá ser feita a concordância com o sujeito quandose quer enfatizá-lo.Ex.: Aquilo é sonhos vãos.
  21. 21. b - O verbo ser concordará com o predicativo quando osujeito for os pronomes interrogativos: que ou quem.Que são gametas?c - Em indicações de horas, datas, tempo, distância - aconcordância será feita com a expressão numérica.São nove horas.É uma hora.
  22. 22. d - Quando o sujeito ou predicativo da oração for pronome pessoal, aconcordância se dará com o pronome.Ex.: Aqui o presidente sou eu.e - Se o sujeito for pessoa, a concordância nunca se fará com opredicativo.Ex.: O menino era as esperanças da família.f - Nas locuções: é pouco, é muito, é mais de, é menos de, junto aespecificações de preço, peso, quantidade, distância e etc., o verbofica sempre no singular.Cento e cinquenta é pouco.Cem metros é muito.
  23. 23. g - Nas expressões do tipo: ser preciso, ser necessário, ser bom,o verbo e o adjetivo pode ficar invariável (verbo na 3ª pessoa dosingular e adjetivo no masculino singular) ou concordar com osujeito posposto.Exemplos:É necessário aqueles materiais.São necessários aqueles materiais.h - Na expressão: é que, usada como expletivo, se o sujeito daoração não aparecer entre o verbo “ser” e o “que”, ficaráinvariável. Se aparecer, o verbo concordará com o sujeito.Exemplos:Eles é que sempre chegam atrasados.São eles que sempre chegam atrasados.
  24. 24. Em português, há casos em que as normasgramaticais permitem flexibilidade no que se refere àconcordância verbal. Indique qual dos enunciadospermite flexibilidade quanto ao uso singular ou pluralda forma verbal.A) Na imprensa nacional e internacional, devemhaver informações manipuladas e falseadas.B) Nenhuma das agências publicitárias estão isentasda responsabilidade social e ética.C) O resultado das últimas pesquisas mostraram queo jornalismo é bastante respeitado pela sociedade.D) A maior parte das notícias são veiculadas demaneira responsável e inteligente.E) Cada uma das notícias divulgadas precisam serprofundamente investigadas.
  25. 25. 01. (UFPE) Marque a alternativa em que aconcordância verbal contraria a norma culta:a) Ouviram-se as notícias mais desencontradas.b) Trata-se de questões muito sérias.c) Faziam anos que o país não escolhiademocraticamente o presidente.d) Poderá haver comentários positivos quanto àeleição.e) Deveriam existir situações menosconstrangedoras.
  26. 26. UFPE) OBSERVE:"Transmitem-se, nos meios de comunicação de massa, umaquantidade tão grande de informações, que é impossívelaprender..."No fragmento acima há erro de:a) Concordância Verbal;b) Regência Nominal;c) Pontuação;d) Regência Verbal;e) Concordância Nominal.
  27. 27. (UFPE) Esta questão versa sobre concordância verbal. Assinale asafirmativas verdadeiras e as afirmativas falsas.F -0) Ali haviam a tapera enorme das expedições anteriores, umaigreja e casebres vazios.F-1) A tropa, com grande dificuldade e coragem, se equilibravam nabeirada dos fossos.V-2) O Vasa-Barris abarcava-a e infletia depois.F-3) As duas torres da igreja pareciam destacarem-se nítidas napaisagem.V-4) A casaria compacta em roda da praça a pouco e pouco seampliava.
  28. 28.  Adjetivo posposto concorda com o substantivo mais próximo ou vai para o plural. Encontramos um jovem e um homem preocupado. Encontramos um jovem e um homem preocupados. Adjetivo anteposto concorda com o mais próximo. Estava calmo o aluno e a aluna. Estavam calmos o aluno e a aluna.
  29. 29.  Um substantivo e mais de um adjetivo 1- antecede todos os adjetivos com um artigo. Falava fluentemente a língua inglesa e a espanhola. 2- coloca o substantivo no plural. Falava fluentemente as línguas inglesa e espanhola.
  30. 30.  Encontraram os pássaros mortos.
  31. 31. Advérbio Adjetivo ou Numeral Ela está meio cansada.  Comprei meia dúzia de A seleção treinou ovos. bastante.  Trouxeram bastantes alimentos.
  32. 32. É proibido, é bom, é necessárioInvariáveis sem artigo:É necessário atenção.É necessária a sua atenção.
  33. 33.  Segue anexo o livro. Ela própria disse: obrigada. João está quite com o serviço militar.
  34. 34.  Ela fala alto. Esta roupa custou muito barato. Você jurou falso.
  35. 35. Possível1- Quando vem acompanhado de “mais”, “menos”,“melhor” ou “pior”, acompanha o artigo queprecede as expressões.A mais possível das alternativas é a que vocêexpôs.Os melhores cargos possíveis estão neste setor daempresa.As piores situações possíveis são encontradas nasfavelas da cidade.
  36. 36. 01) (UFPE) Segundo a norma padrão da Língua Portuguesa, a alternativaem que as regras de concordância nominal e verbal foram respeitadas é:a) O resultado das mais recentes pesquisas, em anexo, mostraramíndices preocupantes. Faltou soluções mais decisivas.b) Fiquem alerta: nenhum dos programas apresentados concederamprioridade à produção do texto escritoc) Minas Gerais desenvolve pesquisas de ponta na área da alfabetização.Um novo grupo assumiram, eles mesmo, a coordenação dessaspesquisas.d) Foi passada uma série de informações infundadas: a maioria dosalunos lê literatura brasileira. Qual das pesquisas já enfatizou isso?e) Os pesquisadores, eles mesmo, em quase sua totalidade, está deacordo em relação à urgência do incentivo à leitura.
  37. 37. LEMBRE-SE: “Chame o sucesso para fazer parte de sua vida. Acredite no seu potencial criador, seja inovador, treine sua mente para vencer, estipule metas e, principalmente, lute por seus ideais.” Flávio Souza
  38. 38.  TERRA, Ernani,Curso Prático de Gramática -Editora: Scipione,2011. MASSABKI, Vera; SALIBA, Marco, Gramática da língua Portuguesa: Manual de Estudos. São Paulo: Ciranda Cultural,2010. http://www.portugues.com.br/gramatica/co ncordancia-verbal-.html
  1. A particular slide catching your eye?

    Clipping is a handy way to collect important slides you want to go back to later.

×