Jornalismo digital

1.280 visualizações

Publicada em

PPT produzido para mostrar como é o dia a dia da redação online do RIC Mais, plataforma digital do Grupo RIC em Santa Catarina, que é co-gestora do ND Online. Foi apresentado pela primeira vez durante encontro com estudantes de jornalismo da UFSC. Destaca gestão de conteúdo, informação e jornalismo.

www.ricmais.com.br/sc
www.ndonline.com.br

Publicada em: Internet

Jornalismo digital

  1. 1. Jornalismo Digital DIA A DIA NA REDAÇÃO RIC MAIS E ND ONLINE
  2. 2. Quem somos
  3. 3. Quem somos Desde julho de 2011, o Grupo RIC conta com uma equipe de conteúdo online. Esta equipe é gestora do portal RIC Mais e co-gestora do ND Online.
  4. 4. Quem somos RIC Mais: porta de entrada para os canais online do Grupo RIC, agrega central de vídeos e plataformas de interatividade. Tags: Repercussão, colaborativo, regional, Santa Catarina
  5. 5. Quem somos ND Online: site do Notícias do Dia, atualizado pela equipe do jornal, com RIC Mais responsável pela edição e distribuição do conteúdo. Tags: Tempo real, hiperlocal, primeiro web
  6. 6. Rotina
  7. 7. Rotina RIC Mais possui 2 editores-chefes, 1 editor, 2 editores de área, 5 editores-regionais, 6 redatores, 1 editor de vídeo, 1 programador e 1 assistente de produção.
  8. 8. Rotina Todo o trabalho é coordenado pela redação de Florianópolis, onde temos a maior equipe, dividida em 3 turnos de trabalho. Abrimos o site às 7h e “fechamos” às 24h.
  9. 9. Rotina O editor que chega às 7h atualiza as capas do RIC Mais e do ND Online de Florianópolis. Um dos destaques da edição do dia do jornal costuma ser a primeira manchete do online.
  10. 10. Rotina Com base nos programas matinais da RICTV temos as primeiras pautas sobre o que ocorreu na madrugada. Às 8h, começamos a fazer ronda e iniciar prestação de serviço.
  11. 11. Rotina Também fazemos rádio escuta e acompanhamos perfis e páginas em redes sociais. O foco do ND Online é local e tempo real, mas sem pressa, com precisão e correção.
  12. 12. Rotina No dia a dia do online podemos traçar uma diferença entre informação e jornalismo. A informação seria o “o que temos para agora” (o básico). O jornalismo seria a repercussão.
  13. 13. Rotina Sendo parte de um grupo com veículos em outros meios, buscamos trabalhar com o conceito de “digital first” ou “primeiro web”.
  14. 14. Rotina “Primeiro web” quer dizer que determinados assuntos não podem esperar o dia seguinte, no caso do jornal, nem o jornal do meio-dia, no caso da TV. Tags: esporte, trânsito, polícia.
  15. 15. Rotina “Primeiro web” reforça a ideia de que oferecemos informação primeiro e depois o jornalismo, a repercussão, o complemento. Três exemplos.
  16. 16. Rotina Esporte: o resultado do jogo é “primeiro web”. O vídeo com os gols e melhores momentos do jogo é complemento.
  17. 17. Rotina Polícia: mais um ônibus incendiado em Florianópolis é “primeiro web”. Imagens mostram o momento em que bandidos ateiam fogo em ônibus é complemento.
  18. 18. Rotina Clima: informar que as ruas estão alagadas é “primeiro web”. Galeria de fotos enviadas pelos leitores pelo RIC Mais é complemento.
  19. 19. Rotina Na nossa rotina, o ND Online é “primeiro web” (informação) e o RIC Mais é repercussão e complemento. Finalidades e focos temáticos bem definidos.
  20. 20. Perfil da equipe
  21. 21. Perfil da equipe A equipe do RIC Mais tem jornalistas com experiência em jornalismo digital. Mas só isso não basta. É preciso compreender o meio porque somos todos “multitarefas”.
  22. 22. Perfil da equipe “Multitarefas” não é acúmulo nem desvio de função. É a regra do jogo: o jornalista publica, organiza e distribui o conteúdo, compreende todos os aspectos do meio digital. Tag: #SerDigital
  23. 23. Redes sociais
  24. 24. Redes sociais As redes sociais do RIC Mais e do ND Online (Facebook e Twitter) são gerenciadas pela equipe do RIC Mais. Gerente e editores-chefes determinam estratégia e todos publicam.
  25. 25. Redes sociais O uso das redes sociais tem como objetivo principal gerar tráfego para o RIC Mais e ND Online. Interatividade e relacionamento pelas redes estão em segundo plano.
  26. 26. Tendências
  27. 27. Tendências 1) Mobile em alta e invertendo a lógica de criação de produtos. 2) Venda de tablets em queda. 3) Profissional multitarefa e não multimídia. 4) Long form como modelo.
  28. 28. Tendências 5) Ubiquidade como tendência vinculada ao mobile. 6) Modelo startups aplicada ao jornalismo (design thinking e pivotar). 7) Jovens como público-alvo.
  29. 29. Tendências 8) Nichos e ultrasegmentação como caminho para a rentabilidade. 9) Redes sociais com objetivos mais claros e definidos. 10) Publicidade nativa.
  30. 30. Tendências 11) Gestão estratégica da audiência. 12) BuzzFeed e Vice como modelo de negócio na internet e também de caminho para o jornalismo. 13) Jornais renovando imagem como produto multiplataforma.
  31. 31. Obrigado TWITTER: @AGENTEINFORMA FACEBOOK: FB.COM/ALEXANDREGONCALVES BLOG: WWW.RICMAIS.COM.BR/SC/CAENTRENOS

×