Ag 110330-teoria da presciência-as predições do evangelho

228 visualizações

Publicada em

Estudo do livro da codificação espirita em ppt " A GÊNESE"

Publicada em: Ciências
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
228
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ag 110330-teoria da presciência-as predições do evangelho

  1. 1. 1/28 A GÊNESEA GÊNESE
  2. 2. 2/28 3ª Parte – AS PREDIÇÕES Cap. XVI – Teoria da presciência Cap. XVII – Predições do evangelho • Ninguém é profeta em sua terra • Morte e paixão de Jesus • Perseguição aos apóstolos • Cidades impenitentes • Ruína do Templo e de Jerusalém • Maldição contra os fariseus • A pedra angular • Parábola dos vinhateiros homicidas • Minhas palavras não passarão A GÊNESEA GÊNESE
  3. 3. 3/28 Cap. XVI – Teoria da presciência Como é possível o conhecimento do futuro? Compreende-se a possibilidade da previsão dos fatos que devam resultar do estado presente; porém, não a dos que nenhuma relação guardem com esse estado, nem, ainda menos, a dos que são atribuídos ao acaso. Não existem as coisas futuras, dizem; elas ainda se encontram no nada; como, se há de saber que se darão? A GÊNESEA GÊNESE
  4. 4. 4/28 Cap. XVI – Teoria da presciência São, no entanto, em grande número os casos de predições realizadas, donde forçosa se torna a conclusão de que ocorre aí um fenômeno para cuja explicação falta a chave, porquanto não há efeito sem causa. Não se pode negar o fenômeno por existir uma grande quantidade de fraudes, de relatos duvidosos ou claramente falsos. A GÊNESEA GÊNESE
  5. 5. 5/28 Cap. XVI – Teoria da presciência Suponhamos um homem colocado no alto de uma montanha a observar tudo o que se encontra a frente. Nessa situação, o espaço de uma légua pouca coisa será para ele. O viajor, que pela primeira vez percorra essa estrada, não sabe os detalhes do percurso; O homem desce e fala ao viajor de tudo que se encontra à frente. Para o viajor, o homem fala do futuro, estará predizendo o futuro. A GÊNESEA GÊNESE
  6. 6. 6/28 Cap. XVI – Teoria da presciência A nível espiritual, algo semelhante acontece. Os Espíritos desmaterializados são como o homem da montanha; o espaço e a duração não existem para eles. Mas, a extensão e a penetração da vista são proporcionadas à depuração deles e à elevação que alcançaram na hierarquia espiritual. Os espíritos inferiores são como o viajor. Enxergam o que está a poucos metros. A GÊNESEA GÊNESE
  7. 7. 7/28 Cap. XVI – Teoria da presciência O Espírito superior vê simultaneamente o começo e o fim do período; todos os eventos que, nesse período, constituem o futuro para o homem da Terra são o presente para ele, que poderia então vir dizer-nos com certeza: Tal coisa acontecerá em tal época. Se assim não procede, é porque poderia ser prejudicial ao homem o conhecimento do futuro, conhecimento que lhe pearia o livre-arbítrio A GÊNESEA GÊNESE
  8. 8. 8/28 Cap. XVI – Teoria da presciência Entretanto, como o homem tem de concorrer para o progresso geral, como certos acontecimentos devem resultar da sua cooperação, pode convir que, em casos especiais, ele pressinta esses acontecimentos, a fim de lhes preparar o encaminhamento e de estar pronto a agir, em chegando a ocasião. Por isso é que Deus, às vezes, permite se levante uma ponta do véu; mas, sempre com fim útil, nunca para satisfação de vã curiosidade. A GÊNESEA GÊNESE
  9. 9. 9/28 Cap. XVI – Teoria da presciência Pode também semelhante missão ser confiada a certos homens, que recebem de outros espíritos ou nos momentos de liberdade do espírito, vê o futuro e revela posteriormente É assim que em certas ocasiões essa faculdade se desenvolve providencialmente, na iminência de perigos e nas grandes calamidades A GÊNESEA GÊNESE
  10. 10. 10/28 Cap. XVI – Teoria da presciência Muitas vezes, as pessoas dotadas da faculdade de prever, seja no estado de êxtase, seja no de sonambulismo, vêem os acontecimentos como que desenhados num quadro, o que também se poderia explicar pela fotografia do pensamento. Essas impressões, originadas de outros espíritos ou do próprio vidente não são totalmente precisas, o que pode gerar erros. A GÊNESEA GÊNESE
  11. 11. 11/28 Cap. XVI – Teoria da presciência A percepção das coisas espirituais é uma faculdade que se desenvolve com a “desmaterialização do espírito” A encarnação amortece as faculdades do espírito, porém, sem a anular completamente, porque a alma não fica encerrada no corpo como numa caixa. O encarnado a possui, embora sempre em grau menor do que quando se acha completamente desprendido; A GÊNESEA GÊNESE
  12. 12. 12/28 Cap. XVI – Teoria da presciência As mais das vezes, os acontecimentos vulgares da vida privada são conseqüência da maneira de proceder de cada um. Cada um é o artífice do seu próprio futuro, futuro que jamais se encontra sujeito a uma cega fatalidade. Conhecendo-se o caráter de um indivíduo, facilmente se lhe pode predizer a sorte que o espera no caminho por onde haja ele enveredado. A GÊNESEA GÊNESE
  13. 13. 13/28 Cap. XVI – Teoria da presciência A forma geralmente empregada até agora nas predições faz delas verdadeiros enigmas, as mais das vezes indecifráveis. Essa forma misteriosa e cabalística, de que Nostradamus nos oferece o tipo mais completo, lhes dá certo prestígio perante o vulgo, que tanto mais valor lhes atribui, quanto mais incompreensíveis se mostrem. Pela sua ambigüidade, elas se prestam a interpretações muito diferentes, A GÊNESEA GÊNESE
  14. 14. 14/28 “Mas, Jesus lhes disse: Um profeta só não é honrado em sua terra e sua casa. E não fez lá muitos milagres devido à incredulidade deles.” Enunciou Jesus dessa forma uma verdade que se tornou provérbio, que é de todos os tempos e à qual se pode dar maior amplitude, dizendo que ninguém é profeta em vida. “Santo de casa não faz milagres” A GÊNESEA GÊNESE Cap. XVI – As predições do evangelho Ninguém é profeta em sua terra
  15. 15. 15/28 Quem quer que se eleve acima do nível comum está sempre em luta com o ciúme e a inveja. Os que se sentem incapazes de chegar à altura em que aquele se encontra esforçam- se para rebaixá-lo, por meio da difamação, da maledicência e da calúnia A GÊNESEA GÊNESE Cap. XVI – As predições do evangelho Ninguém é profeta em sua terra
  16. 16. 16/28 “A partir de então, começou Jesus a revelar a seus discípulos que tinha de ir a Jerusalém; que aí tinha de sofrer muito da parte dos senadores, dos escribas e dos príncipes dos sacerdotes; que tinha de ser morto e de ressuscitar ao terceiro dia. (Mateus, 16:21.)” Mas, eles nada compreenderam de tudo isso; aquela linguagem lhes era oculta e não entendiam o que ele lhes dizia. (Lucas, 18:31) A GÊNESEA GÊNESE Cap. XVI – As predições do evangelho Morte e paixão de Jesus
  17. 17. 17/28 “Guardai-vos dos homens, porquanto eles vos farão comparecer nas suas assembléias, e vos farão açoitar nas suas sinagogas; e sereis apresentados, por minha causa, aos governadores e aos reis, para lhes servir de testemunhas, bem como às nações.” (Mateus, 10:17) A GÊNESEA GÊNESE Cap. XVI – As predições do evangelho Perseguição aos apóstolos
  18. 18. 18/28 A GÊNESEA GÊNESE Cap. XVI – As predições do evangelho Nome Morte Pedro Crucificado de cabeça para baixo no Circo de Nero André Crucificado em uma cruz em forma de “X” Tomé Morto em Mylapore, na Índia, por lanças de 4 soldados. Filipe Morreu crucificado. Mateus Foi martirizado, sendo apunhalado até morrer na Etiópia. Bartolomeu Teria sido esfolado vivo e, depois, decapitado pelo governador de albanópolis Tiago, filho de Zebedeu Foi decapitado em 44 d.c. Tiago, filho de Alfeu Teria sido apedrejado. Simão, o Zelote Morto depois de negar sacrificar-se ao Deus-Sol juntamente com Judas Tadeu. João Morreu de morte natural, em Éfeso, aos 94 anos. Paulo (Saulo de Tarso) Preso em Roma e acusado de traição, e uma vez que era cidadão romano, foi decapitado na Via Ostiense Matias Morto na fogueira.
  19. 19. 19/28 “Começou então a reprochar as cidades onde fizera muitos milagres, por não terem feito penitência. Ai de ti, Corozaim, ai de ti Betsaida, porque, se os milagres que foram feitos dentro de vós tivessem sido feitos em Tiro e em Sídon, há muito tempo teriam elas feito penitência com saco e cinzas. — Declaro-vos por isso que, no dia do juízo, Tiro e Sídon serão tratadas menos rigorosamente do que vós.” A GÊNESEA GÊNESE Cap. XVI – As predições do evangelho Cidades impenitentes
  20. 20. 20/28 “Quando Jesus saiu do templo para se ir embora, seus discípulos se acercaram dele para lhe fazerem notar a estrutura e a grandeza daquele edifício. — Ele, porém, lhes disse: Vedes todas estas construções? Digo- vos, em verdade, que serão de tal maneira destruídas, que não ficará pedra sobre pedra.” (Mateus, 24:1-2.) A GÊNESEA GÊNESE Cap. XVI – As predições do evangelho Ruina do templo e de Jerusalém
  21. 21. 21/28 “A Segunda Diáspora aconteceu anos depois da partida do Cristo, no ano 70 d.C, tal como ele previra. Os romanos destruiram Jerusalém, e isso acarretou uma nova diáspora, fazendo os judeus irem para outros países”; Somente depois da 2ª Guerra Mundial, com a criação do estado de Israel, foi possível o retorno dos Judeus para a sua terra. A GÊNESEA GÊNESE Cap. XVI – As predições do evangelho Ruina do templo e de Jerusalém
  22. 22. 22/28 “Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas, porque fechais aos homens o reino dos céus; lá não entrais e ainda vos opondes a que outros entrem! “Ai de vós, escribas e fariseus hipócritas, que, a pretexto das vossas longas orações, devorais as casas das viúvas; tereis por isso um julgamento mais rigoroso!” .... A GÊNESEA GÊNESE Cap. XVI – As predições do evangelho Maldição contra os fariseus
  23. 23. 23/28 “Não lestes jamais isto nas Escrituras: A pedra que os edificadores rejeitaram se tornou a principal pedra do ângulo? Por isso eu vos declaro que o reino de Deus vos será tirado e será dado a um povo que dele tirará frutos.” Tendo ouvido de Jesus essas palavras, os príncipes dos sacerdotes reconheceram que era deles que o mesmo Jesus falava.” A GÊNESEA GÊNESE Cap. XVI – As predições do evangelho A pedra angular
  24. 24. 24/28 A palavra de Jesus se tornou a pedra angular, isto é, a pedra de consolidação do novo edifício da fé, erguido sobre as ruínas do antigo. Havendo os judeus, os príncipes dos sacerdotes e os fariseus rejeitado essa pedra, ela os esmagou, e assim esmagará os que, depois, a desconheceram, ou lhe desfiguraram o sentido em prol de suas ambições. A GÊNESEA GÊNESE Cap. XVI – As predições do evangelho A pedra angular
  25. 25. 25/28 Que diria o Cristo, se viesse hoje entre nós? Se visse os que se dizem seus representantes a ambicionar as honras, as riquezas, o poder e o fausto dos príncipes do mundo, ao passo que ele, mais rei do que todos os reis da Terra, fez a sua entrada em Jerusalém montado num jumento? Não teria o direito de dizer-lhes: Que fizestes dos meus ensinos? A GÊNESEA GÊNESE Cap. XVI – As predições do evangelho Parábola dos vinhateiros homicidas
  26. 26. 26/28 “Então, seus discípulos lhe disseram: Sabes que, ouvindo o que acabaste de dizer, os fariseus se escandalizaram? — Ele respondeu: Toda planta que meu Pai celestial não plantou será arrancada. — Deixa-os; são cegos a conduzir cegos; se um cego guia outro cego, cairão ambos no barranco. O Céu e a Terra passarão, mas as minhas palavras não passarão. A GÊNESEA GÊNESE Cap. XVI – As predições do evangelho Minhas palavras não passarão
  27. 27. 27/28 Cap. XVII – Predições do evangelho • Um só rebanho e um só pastor • Advento de Elias • Anunciação do Consolador • Segundo advento do Cristo • Sinais precursores • Vossos filhos e vossas filhas profetizarão • Juízo final Cap. XVIII – São chegados os tempos A GÊNESEA GÊNESE
  28. 28. 28/28 “O que não passará é o verdadeiro sentido das palavras de Jesus; o que passará é o que os homens construíram sobre o sentido falso que deram a essas mesmas palavras.” Allan Kardec A GÊNESEA GÊNESE

×