Abenção da vida 2

162 visualizações

Publicada em

Um olhar mais atento para os acontecimentos da vida e da natureza , se faz necessario no nosso dia a dia.

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
162
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Abenção da vida 2

  1. 1. Mal você acorda pela manhã e muitas preocupações passam a ocupar a sua mente. São tantas as providências que tem a tomar que, muitas vezes, fica atordoado e nem vê o dia acabar. As coisas mais comezinhas e as mais graves são alvos de sua atenção, ocupando-lhe as horas.
  2. 2. A noite chega e, quando você se dá conta está exausto, extremamente exausto. Mastiga o jantar enquanto tenta digerir os problemas que ficaram pendentes. Bem, mas agora é só amanhã... Um banho rápido e cama. Isto é tudo o que conseguirá fazer. Algumas horas de sono e novamente o dia o convida a agir... E lá vai você outra vez.
  3. 3. As horas se sucedem, os dias se vão, os meses se transformam em anos e você passa pela vida sem se dar conta das muitas bênçãos que ela lhe oferece, bem como a todas as criaturas que dividem com você o planeta. Mas, apesar da indiferença, um novo dia se apresenta para ser vivido. E este dia talvez seja oportuno para você lançar um olhar mais atento ao mundo a sua volta, buscando interagir, de maneira consciente, com essas forças inteligentes.
  4. 4. Descubra o valor das concessões que o Senhor lhe faz pelas mãos da vida e distenda alegria e reconhecimento por toda a parte. Observe a natureza, abençoando sem cessar, através das próprias forças em movimentos. Nascem frutas saborosas em árvores cujas raízes se prendem à lama... Correm brisas leves, entoando melodias suaves, em apertados vales onde cadáveres se decompõem. Cai o orvalho da noite sobre o solo ressequido e misérrimo, crestado pelo sol. Voejam borboletas delicadas nos rios de ar ligeiro qual festival de cor flutuante sobre campina pontilhada de flores miúdas. Desabrocham, além, espécies variadas da flora que o pólen feliz fecunda em todo lugar. Rutilam constelações no manto da noite salpicando a terra de diamantes preciosos.
  5. 5. Em cada madrugada renasce o sol dourado, purificando o charco, vitalizando o homem, atendendo à flor, sem indagar da aplicação que lhe façam dos raios beneficentes. Não se detenha e recorde os tesouros com que o bem lhe enriquece o coração, através dos valiosos patrimônios da saúde e da fé, da alegria e da paciência e vá em frente. Indiferença é enfermidade. Medo é veneno que mata lentamente. Acenda a luz da coragem na alma, a fim de que você não se embarace nas dificuldades muito naturais que seguem ao lado dos seus compromissos em relação à vida. Confiança em nossos atos é fortalecimento para a coragem alheia. Otimismo nas realizações também é aliança de identificação com as esferas superiores.
  6. 6. Você não está no mundo em vão. Aproveite a oportunidade, valorize as bênçãos da vida, difunda gratidão e alegria por onde passar, com quem estiver, com as concessões que possuir, justificando em atos edificantes a sua passagem pela Terra. Você não é figurante nos palcos da vida terrestre: é protagonista, é lição viva, é peça importante, nessa imensa engrenagem chamada sociedade.
  7. 7. Redação do Momento Espírita, com base no cap. Na bênção da vida, do livro Ementário Espírita, pelo Espírito Marco Prisco, psicografia de Divaldo Pereira Franco, ed. Leal. Em 31.01.2010.

×