Filosofia pós moderna 33 mp

436 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
436
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
131
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
10
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Filosofia pós moderna 33 mp

  1. 1. FILOSOFIA PÓS-MODERNA Ana, 33MP
  2. 2. A QUEBRA DA RAZÃO  A filosofia pós moderna tem muitas ligações com o pensamento da escola de Frankfurt – Em especial a dos principais filósofos Adorno e Horkheimer – A Pós-Modernidade representa um desvio total para a critica, não mais deixando a razão em primeiro plano. O modernismo é deixado, definitivamente, para trás. Porém essa quebra não representa uma ascensão total para a humanidade, as constantes falhas do sistema comunista, que gerou o distorcido socialismo mostra que não há uma transformação possível.
  3. 3.  Com a certeza de que uma total alteração na sociedade global tornara-se uma tarefa impossível os filósofos da pós–modernidade passaram a deixar de analisar a sociedade como um todo inquebrável e sim pequenas partes. Onde puderam ter maior conhecimento do controle e da alienação que as massas deixam-se sofrer.
  4. 4. MICHEL FOUCAULT  É impossível abordar a filosofia desse período sem falar sobre os escritos de Foucault, o francês, um grande representante da época abortou a nova definição do poder que rege a sociedade. O governo deixara de ter influencia total. A regência não dependia somente do estado. E é Foucault quem apresenta os ‘micropoderes’, como ele os designou.
  5. 5.  É fantasioso dizer hoje – No auge do capitalismo – Que o poder está com o Estado. É, com certeza, mais certeiro dizer que está nas mãos de quem é visto. E quem é mais visto do que a mídia? Criar uma consciência do certo leva a atitudes que no entender da maioria são suas próprias opiniões. Um bom discurso ricamente enfeitado de citações repletas de palavras incompreendidas e “estudos imparciais” (Que foram patrocinados por alguém é claro!) é a receita para a manipulação. Que poder é maior que o poder do controle da ‘mente coletiva’?
  6. 6. JACQUES DERRIDA  Outro filosofo francês de grande importância no período. Foi ele quem questionou a análise dos opostos, propondo que ao contrario do que se pregava na filosofia ocidental, houvesse uma analise de “desconstrução” analisando as origens daquilo que era pregado como verdade, para revelar a essência: Uma herança cultural. Uma estrutura que é tomada como regente com base em um único ponto de vista absoluto.

×