 Em todos os ramos da indústria
cultural existem produtos
adaptados ao consumo das
massas, sendo por elas que as
indústri...
 Theodor Ludwig Wiesengrund-
Adorno, ou simplesmente
Theodor Adorno foi um filósofo,
sociólogo, musicólogo e
compositor a...
 Theodor Ludwig Wiesengrund-
Adorno nasceu em Frankfurt,
filho de Oscar Alexander
Wiesengrund (1870 - 1941) -
próspero ne...
 Próximo de sua morte, em
1969, Theodor Adorno se
envolve em uma polêmica
com seu companheiro e
amigo da Escola de
Frankf...
 A Filosofia de Theodor Adorno,
considerada uma das mais
complexas do século XX,
fundamenta-se na perspectiva da
dialétic...
 O termo foi empregado pela primeira
vez em 1947, quando da publicação
da Dialética do Iluminismo,
de Horkheimer e Adorno...
 Kierkegaard: A construção do estético 1933
 A idéia de História Natural 1932
 Minima Moralia 1945
 Dialética do Escla...
Indústria cultural - theodor adorno
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Indústria cultural - theodor adorno

1.259 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
  • Seja o primeiro a comentar

Indústria cultural - theodor adorno

  1. 1.  Em todos os ramos da indústria cultural existem produtos adaptados ao consumo das massas, sendo por elas que as indústrias se orientam, tendo no consumidor não um sujeito, mas um objeto. Este termo define as produções artísticas e culturais organizadas no contexto das relações capitalistas de produção, uma vez lançadas no mercado, é por estes consumidas.
  2. 2.  Theodor Ludwig Wiesengrund- Adorno, ou simplesmente Theodor Adorno foi um filósofo, sociólogo, musicólogo e compositor alemão. É um dos expoentes da chamada Escola de Frankfurt, juntamente com Max Horkheimer, Walter Benjamin, Herbert Marcuse, Jürgen Habermas e outros.
  3. 3.  Theodor Ludwig Wiesengrund- Adorno nasceu em Frankfurt, filho de Oscar Alexander Wiesengrund (1870 - 1941) - próspero negociante alemão de vinhos, de origem judaica e convertido ao protestantismo - e de Maria Barbara Calvelli- Adorno - uma cantora lírica católica italiana. Posteriormente, Theodor passou a abreviar seu último nome, utilizando o nome de solteira de sua mãe como sobrenome (Theodor W. Adorno, ou simplesmente Theodor Adorno).
  4. 4.  Próximo de sua morte, em 1969, Theodor Adorno se envolve em uma polêmica com seu companheiro e amigo da Escola de Frankfurt, Herbert Marcuse, por não ter apoiado os estudantes que, em 31 de janeiro daquele ano, interromperam sua aula, tentando continuar, dentro do Instituto, os protestos que tomavam as ruas das capitais da Europa. Adorno chamou a polícia.
  5. 5.  A Filosofia de Theodor Adorno, considerada uma das mais complexas do século XX, fundamenta-se na perspectiva da dialética. Uma das suas importantes obras, a Dialética do Esclarecimento, escrita em colaboração com Max Horkheimer durante a guerra, é uma crítica da razão instrumental, conceito fundamental deste último filósofo, ou, o que seria o mesmo, uma crítica, fundada em uma interpretação negativa do Iluminismo, de uma civilização técnica e da lógica cultural do sistema capitalista (que Adorno chama de "indústria cultural"). O Memorial de Adorno, nas proximidades do Instituto para Pesquisa Social.
  6. 6.  O termo foi empregado pela primeira vez em 1947, quando da publicação da Dialética do Iluminismo, de Horkheimer e Adorno. Este último, numa série de conferências radiofônicas, pronunciadas em 1962, explicou que a expressão “indústria cultural” visa a substituir “cultura de massa”, pois esta induz ao engodo que satisfaz os interesses dos detentores dos veículos de comunicação de massa. Os defensores da expressão “cultura de massa” querem dar a entender que se trata de algo como uma cultura surgindo espontaneamente das próprias massas.
  7. 7.  Kierkegaard: A construção do estético 1933  A idéia de História Natural 1932  Minima Moralia 1945  Dialética do Esclarecimento 1947  Dialética Negativa 1966  Teoria Estética 1968

×