Filosofia 23m fff

444 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
444
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
127
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Filosofia 23m fff

  1. 1. Sofistas • Na história do pensamento grego houve uma fase muito particular que foi extremamente importante, mas de duração relativamente curta: o período dos sofistas. Esse período compreendeu os séculos IV e V a.C. e envolveu poucos, porém grandes intelectuais, pensadores e cientistas, dentre eles: Demócrito, Protágoras, Górgias e Hipías.
  2. 2. • Os sofistas sistematizaram e transmitiram uma série de conhecimentos estudas até os dias de hoje, dominavam técnicas avançadas de discurso e atraiam muitos aprendizes. Eles não ensinavam em um determinado local, eram conferencistas itinerantes, viajando constantemente. Os sofistas ensinavam por meio de uma designação geral de filosofia que compreendia uma série de conhecimentos não abordados pela escola regular, como: física, geometria, medicina, astronomia, retórica, artes e a filosofia em si.
  3. 3. Dualismo platônico • Durante muito tempo os filósofos ocidentais explicaram o ser humano como composto de duas partes diferentes e separadas: o corpo (material) e a alma (espiritual e consciente). Chamamos de dualismo psicofísico essa dupla realidade da consciência separada do corpo. • Segundo Platão, antes de se encarnar, a alma teria vivido no mundo das ideias, onde tudo conheceu por simples intuição, ou seja, por conhecimento intelectual direto e imediato, sem precisar usar os sentidos. Quando a alma se une ao corpo, ela se degrada por se tornar prisioneira dele. Passa então a se compor de duas partes • a) Alma superior (a alma intelectiva) • b) Alma inferior e irracional (a alma do corpo).
  4. 4. O epicurismo • O epicurismo se baseia na procura dos prazeres moderados, fazendo com que a pessoa encontre um estado de tranquilidade, que se liberte do medo, que conheça o mundo e pratique a limitação dos desejos sem que isso possa prejudicar o próprio modo de vida. • A estratégia do epicurismo é manter o controle, para que desejos extremos não sejam fonte de perturbação, de fobias, de medos e ansiedades. Para Epicuro, é necessário manter a saúde do corpo e a serenidade da mente se as pessoas quiserem encontrar a felicidade
  5. 5. Pirronismo • Pirronismo, também conhecido como cepticismo pirrónico, foi uma tradição da corrente filosófica do cepticismo fundada por Enesidemo de Cnossos e registrada por Sexto Empírico. • O pirronismo tornou-se influente há alguns séculos desde o surgimento da moderna visão científica do mundo. • “Nada pode ser conhecido, nem mesmo isto”.
  6. 6. • Para Pirro, tudo o que podemos fazer é tomar as coisas pelo que nos parecem, mas as aparências são frustrantes, por isso nunca devemos assumir a verdade de uma. • Para ele, toda prova repousa em premissas não provadas; e isso é tão verdadeiro em lógica, matemática e ciência quanto na vida diária.
  7. 7. Cinismo • O Cinismo foi uma escola filosófica grega criada por Antístenes, seguidor de Sócrates, mas seu nome de maior destaque foi Diógenes de Sínope. Estes filósofos menosprezavam os pactos sociais, defendiam o desprendimento dos bens materiais e a existência nômade que levavam. • Sócrates já expressava seu repúdio pelo excesso de bens materiais dos quais a Humanidade dependia para sobreviver. Ele tinha como alvo a verdadeira felicidade, para a qual nada disso era necessário, pois ela estava conectada aos estados da alma, não a objetos externos.
  8. 8. • Diógenes radicalizou as propostas de Antístenes, e as exemplificou em sua própria vida, com severidade e persistência. Ele ousou quebrar a visão clássica do grego, Ele procurava um homem que vivesse de acordo com seu eu essencial, sem se preocupar com nenhuma convenção social, em harmonia com sua verdadeira forma de ser – somente esta pessoa estaria apta a alcançar a felicidade.
  9. 9. Conhecimento cientifico • É tratado como um saber ordenado e lógico que possibilita a formação de ideias, num processo complexo de pesquisa, análise e síntese, de maneira que as afirmações que não podem ser comprovadas são descartadas do âmbito da ciência. Este conhecimento é privilégio de especialistas das diversas áreas das ciências.
  10. 10. Logico • A lógica foi criada por Aristóteles, para estudar o pensamento humano e distinguir interferências e argumentos certos e errados. • As falácias que são falhas na argumentação possíveis de serem percebidas são bastante usadas no estudo da lógica, pois auxilia na detecção de verdades e falsidades.
  11. 11. • Nome: Alex Toniollo, William kunz • Turma: 23 MP • Data: 17/06/2015 • Escola: Colégio Estadual Visconde de Bom Retiro

×