Manual do funcionário de condomínios

293 visualizações

Publicada em

Manual explicativo, sobre as funções e atribuições, para funcionários de condomínio.

Publicada em: Serviços
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
293
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Manual do funcionário de condomínios

  1. 1. Manual do funcionario Condomínios
  2. 2. SUMÁRIO SAUDAÇÃO DO SÍNDICO ENTENDENDO MEU LOCAL DE TRABALHO Portaria...........................................................................2 ENTENDENDO AS RESPONSABILIDADES DE UM FUNCIONÁRIO DE CONDOMÍNIOS Perfil comportamental...................................................3 Funções de um auxiliar de limpeza................................3 Funções do Porteiro / vigia............................................4 Funções do zelador / porteiro chefe..............................5 PRINCIPAIS CUIDADOS – SEGURANÇA 1 Procedimento de identificação para acesso ao condomínio ....................................................................6 Controle de entrada e saída de veículos........................6 Controle de entrada e saída de materiais......................7 Procedimentos em caso de assalto................................7 PRINCIPAIS CUIDADOS – SEGURANÇA 2 Segurança em elevadores..............................................8 Combate a incêndios......................................................8 REGRAS E PENALIDADES O que não deve ser feito................................................9 DECLARAÇÃO DO FUNCIONÁRIO Termo de assinatura ....................................................10 TELEFONES DE EMERGÊNCIA FONTES DE PESQUISA
  3. 3. www.sinco-adm.com.br Documento elaborado pela Sinco Ltda. 2015 Manualdofuncionário 1 SAUDAÇÃO DO SÍNDICO Olá! Este manual foi elaborado pela empresa SINCO Ltda – O Síndico do condomínio, nosso objetivo é auxiliá-lo na compreensão dos serviços desempenhados em condomínios, com foco nas atribuições dos zeladores, porteiros, vigias e auxiliares de limpeza. Cada condomínio, possui regras próprias e estilos de gestão diferentes, porém o conceito básico do trabalho a ser desenvolvido, é o mesmo. Desta forma o “Manual do Funcionário” é um documento sucinto, com dicas básicas sobre comportamento, tarefas e segurança, visando promover a ordem e integridade da edificação e todos os envolvidos na vida condominial. Todos desejam um condomínio limpo, organizado, seguro, com atendimento gentil e educado. Nossa proposta é atender as necessidades, contratando os melhores profissionais. Portanto, saiba que desenvolveremos uma gestão com bastante diálogo, respeito a Legislação e a você. No ato da entrega deste manual, você também receberá em uma folha a parte, A DECLARAÇÃO DO FUNCIONÁRIO, a sua via, faz parte integral deste manual, na página 10. A contar da data de entrega você tem 5 dias para devolver a DECLARAÇÃO devidamente assinada, esta será arquivada juntamente com o seu contrato de trabalho. Seja bem-vindo a equipe!
  4. 4. www.sinco-adm.com.br Documento elaborado pela Sinco Ltda. 2015 Manualdofuncionário 2 ENTENDENDO MEU LOCAL DE TRABALHO O significado da palavra condomínio é “domínio que pertence a mais de uma pessoa, ” ou seja, é um agrupamento de proprietários, chamados condôminos, que dividem entre si direitos e deveres. O condomínio pode ser comercial ou residencial, composto de edifícios ou casas e se divide em áreas comuns e áreas privativas. A área privativa pertence ao condômino/proprietário, que é o responsável pelo uso, conservação e manutenção. Já as áreas comuns, são de uso e propriedade de todos e todos são responsáveis por sua conservação e manutenção. Entendeu o que são áreas comuns? Você irá desempenhar a sua função, nas áreas comuns do condomínio e a principal área comum é a portaria, ou seja, a entrada do edifício. Portaria A portaria é o local de acesso ao condomínio e por ela circulam pessoas (moradores, visitantes, prestadores de serviço etc.) e objeto (correspondências, encomendas, compras entregues em domicílio etc.). A segurança é o principal objetivo comum, por isso o profissional de portaria deve desenvolver atenção especializada e eficiente. Condomínio Edilício Partes de Propriedade exclusiva (Áreas privativa) Apartamentos, salas, lojas, vagas, box. Parte de Propriedade comum (Áreas comuns) de uso comum Corredores, escadas, portaria, playground, solo, telhado, etc. de uso exclusivo Terraço, vagas
  5. 5. www.sinco-adm.com.br Documento elaborado pela Sinco Ltda. 2015 Manualdofuncionário 3 ENTENDENDO AS RESPONSABILIDADES DE UM FUNCIONÁRIO DE CONDOMÍNIOS Cada vez mais, os condomínios têm optado por profissionais qualificados e aptos ao serviço. As áreas de trabalho são: vigilância, recepção, limpeza, manutenção, administração, entre outros, dependendo do porte e perfil do edifício. Compreender as atribuições e responsabilidades, inerentes ao trabalho é fundamental para aqueles que procuram se desenvolver como profissional. Perfil comportamental 1. Ser assíduo e pontual, cumprindo a respectiva escala de serviço; 2. Usar o uniforme e cuidar bem dele; 3. Apresentar-se limpo, barbeado, unhas aparadas, cabelos penteados; 4. Tratar a todos com respeito e urbanidade; 5. Ser atencioso, bem-humorado, sem ser inconveniente; 6. Ser paciente e educado; 7. Ser discreto evitando conversas inoportunas e mexeriqueiras, principalmente comentários sobre a rotina do condomínio; 8. Não tomar partido em briga entre condôminos. Funções de um auxiliar de limpeza 1. Limpeza das áreas comuns; 2. Retirar o lixo, utilizando os equipamentos de segurança apropriados; 3. Lavar os vidros tirando as manchas; 4. Varrer o pátio e a garagem; 5. Manter as escadas limpas e secas; 6. Fazer a limpeza do piso e outros com os produtos corretos determinados pelo zelador; 7. Utilizar os produtos de limpeza com critério e sem desperdício; 8. Zelar pelos equipamentos de limpeza; 9. Quando for trabalhar do lado de fora do condomínio, avisar o porteiro para que fique atento e evite a ação de bandidos; 10. Identificar as áreas molhadas ou com produtos escorregadios, para evitar acidentes; 11. Desempenhar outras atribuições pertinentes ao cargo, conforme perfil do condomínio. A limpeza diz muito sobre um ambiente. Capriche! Desempenhe o seu trabalho com diferencial. Faça dele o seu cartão de visita.
  6. 6. www.sinco-adm.com.br Documento elaborado pela Sinco Ltda. 2015 Manualdofuncionário 4 Funções do Porteiro ou vigia 1. Recepcionar e fiscalizar a entrada e saída de pessoas do saguão de prédios, elevadores, pátios e garagens; 2. Anunciar as pessoas que procuram os moradores e solicitar a permissão para entrada no edifício; 3. Manter sobre severa vigilância as áreas externas e a garagem, observar ás movimentações, principalmente quando um funcionário do condomínio fizer serviços externos; 4. Distribuir a correspondência logo após a entrega pelo carteiro ou administradora aos moradores; 5. Atender prontamente ao telefone, interfone e outros equipamentos de comunicação, quando houver, anotando os recados, quando necessário; 6. Proibir entrada de vendedores, pedintes e compradores. Pessoas estranhas e que não são funcionárias não podem ter acesso à portaria; 7. Inspecionar pátios, corredores e outras dependências do prédio, ligar e desligar luminárias; 8. Utilizar os portões (abertura e fechamento) de acordo com as regras de segurança estabelecidas; 9. Conhecer a localização e a utilização de equipamentos de combate a incêndio; 10. Sempre protocolar a saída de equipamentos para manutenção, exigindo assinatura do responsável; 11. Orientar o estacionamento de veículos conforme a indicação para visitante, taxista, entregadores, etc.; 12. Proibir brincadeiras das crianças em áreas do prédio não reservada para este fim, tais como: escadas, elevadores, corredores, etc.; 13. Receber todas as reclamações dos moradores do edifício, transmitindo imediatamente ao sindico; 14. Orientar o esvaziamento do prédio em caso de emergência, chamar o bombeiro, o SAMU, a polícia, etc.; 15. Notificar o Zelador, Supervisor e sindico sobre qualquer ocorrência mais grave; 16. Desempenhar outras atribuições pertinentes ao cargo, conforme perfil do condomínio. Ao assumir o posto 17. Verificar se a portaria está em ordem e limpa; 18. Verificar o funcionamento dos portões automáticos / cancelas; 19. Verificar arquivos, livros, canetas e demais objetos pertencentes à portaria; 20. Verificar se há recados para serem entregues; 21. Verificar com seu antecessor se há visitas em algum apartamento ou se algum técnico especializado prestando serviços no prédio; “Gentileza gera gentileza.”1 Atendemos pessoas. Seu comportamento o diferenciará como profissional. 1 José Datrino, Profeta gentileza
  7. 7. www.sinco-adm.com.br Documento elaborado pela Sinco Ltda. 2015 Manualdofuncionário 5 Funções do zelador ou porteiro chefe Em condomínios com apenas um funcionário, o zelador será responsável, por toda a manutenção do prédio e serviço de portaria. Não havendo funcionário designado ao cargo de chefia, caberá ao síndico coordenar os trabalhos. 1. Coordenar o trabalho de todos os funcionários, tendo domínio das funções, identificando erros e corrigindo-os; 2. Distribuir as atividades aos faxineiros, assim como os materiais necessários, fiscalizando o trabalho, para não ocorrer uso indevido do material de limpeza; 3. Auxiliar ao síndico em relação a escala de serviço; 4. Supervisionar periodicamente: elevadores, portões, iluminação de emergência, para raios, central de gás, sistema hidráulico, caixas d’água, interfones, antena coletiva de TV; sistema de segurança e extintores; 5. Providenciar proteção às cabines dos elevadores de serviço durante as mudanças ou obras; 6. Supervisionar às áreas de lazer, verificar o estado de conservação dos brinquedos do playground, comunicar ao síndico o defeito e dependendo da gravidade, interditar o local para evitar acidentes com as crianças; 7. Verificar o depósito/estoque dos equipamentos e ferramentas; 8. Efetuar pequenos reparos, desde que esteja apto ao serviço; 9. Reparar os vazamentos das torneiras, verificar cadeados e trancas; 10. Trocar lâmpadas queimadas ou com defeitos; 11. Acompanhar a instalação das operadoras de TV por assinatura no condomínio; 12. Conservar os jardins do prédio e acompanhar o trabalho do jardineiro; 13. Ligar para a emergência quando algum acidente ocorrer com funcionário ou morador; 14. Conhecer a localização e a utilização de equipamentos de combate a incêndio; 15. Comunicar ao síndico qualquer imprevisto ocorrido no condomínio, que tenha acontecido consigo, morador, funcionário, visitante ou equipamento; 16. No caso de residir no condomínio, o zelador deve conservar o apartamento onde mora; Problemas familiares devem ser resolvidos com descrição e dentro do apartamento; 17. Desempenhar outras atribuições pertinentes ao cargo, conforme perfil do condomínio. O ambiente de trabalho é fundamental para a elaboração de bons serviços, por isso mantenha sua equipe de funcionários integrada e com bom relacionamento, desenvolva o diálogo, aprimore-se sempre.
  8. 8. www.sinco-adm.com.br Documento elaborado pela Sinco Ltda. 2015 Manualdofuncionário 6 PRINCIPAIS CUIDADOS – SEGURANÇA 1 “Os riscos existem e podem ser evitados. O melhor caminho é a prevenção2”. Parte de assaltos a condomínios, começa com a imobilização do porteiro. Para evitar situações adversas, devemos desenvolver uma conduta proativa. Para tanto, recomenda-se: 1. Seguir as regras de segurança de maneira rígida. Desobedecê-las pode colocar a vida todos em risco; 2. Só abrir a porta para entregadores ou prestadores de serviço após se certificar de que eles são aguardados por um morador; 3. Não permitir a entrada de pessoas estranhas ao condomínio sem autorização de um morador, mesmo que seja uma mulher grávida pedindo para usar o banheiro; 4. No caso de funcionários da companhia de energia, água, telefone, gás, etc., só permitir a entrada depois de verificar a identificação funcional. Procedimento de identificação para acesso ao condomínio (Visitantes, prestadores de serviço, entregadores) 1. Faça a identificação visual da pessoa; 2. Solicite, com educação, o nome e apartamento que irá visitar; 3. Mantenha os portões fechados; 4. A pessoa deve aguardar do lado de fora do condomínio; 5. Entre em contato com o morador, informando-o sobre a presença do visitante; 6. Sendo autorizada a entrada, liberar o acesso ao prédio; 7. Indique o caminho ou solicite que algum funcionário do condomínio conduza a pessoa ao local ou residência do condômino. Para prestadores de serviço 8. Contate o condômino para verificar se o prestador de serviço é esperado; 9. Caso haja dúvida sobre a presença do prestador de serviço, solicite a presença do morador até a portaria para identificá-lo pessoalmente ou por meio do sistema de CFTV ligado ao apartamento; 10. Sendo autorizada a entrada do prestador de serviço, solicite, com educação, um documento com foto, para conferir seus dados completos e documento funcional (crachá de identificação da empresa em que trabalha), anotando seus dados em livro próprio, registrando o horário de entrada e saída, devolva-lhe os documentos, agradecendo; Controle de entrada e saída de veículos 1. Jamais abra os portões sem antes ter certeza de que o veículo está devidamente autorizado a adentrar no condomínio; 2. Faça inspeção visual na pessoa e no veículo; 2 Drº Jorge Lordello, Policial e pesquisador criminal
  9. 9. www.sinco-adm.com.br Documento elaborado pela Sinco Ltda. 2015 Manualdofuncionário 7 3. Nunca abra o portão da garagem, para veículos e pessoas estranhas ao condomínio; não se deixar impressionar por veículos novos (de luxo) ou importados que apontem em direção a garagem; 4. Antes de abrir o portão da garagem, verificar se não há risco de intrusão de alguma pessoa estranha junto ao veículo; 5. Prestar atenção quando o motorista estiver acompanhado por pessoas estranhas ou em atitudes suspeitas; observar possíveis sinais de alerta por parte do motorista, pois o condômino poderá estar sob ameaça de assaltante; 6. Nenhum veículo deve sair do condomínio, quando o proprietário não estiver junto, principalmente se tratando de menor ou desconhecidos, exceto em caso de comunicação expressa por parte do proprietário; 7. Em casos de veículos que venham entregar encomendas no interior do condomínio, ou mudanças, além do descrito anteriormente deve-se: Solicitar documentação do motorista e dos ajudantes, a fim de anotá-la em livro próprio; 8. Em mudanças, quando o condômino estiver ausente, somente deixe que o veículo seja carregado quando houver autorização por escrito por parte do morador; 9. O zelador ou outro funcionário determinado pelo síndico deverá acompanhar qualquer tipo de carga ou descarga no interior do condomínio; 10. Verificar se todos que entraram com o veículo estão nele saindo e/ou se alguém foi autorizado a permanecer no condomínio; 11. Caso perceba alguma irregularidade, retenha o veículo e acione seu superior imediato ou, se for o caso, a Polícia; Controle de entrada e saída de materiais 1. Toda mercadoria entregue no edifício, que for para uso do condomínio, somente deverá ser recebida depois de devidamente conferida com a nota fiscal de entrega. 2. Quando a mercadoria entregue for destinada a algum dos moradores, deverá ser encaminhada diretamente ao mesmo, salvo no caso em que o morador previna a chegada. 3. O recebimento somente poderá ser assinado se a mercadoria estiver absoluta e rigorosamente de acordo com a nota fiscal. 4. Não autorizar a saída de pessoas estranhas ao condomínio que estejam de posse de objetos ou pacotes sem obter prévia autorização do condômino; PROCEDIMENTOS EM CASO DE ASSALTO Durante o assalto 1. Não reagir em hipótese alguma e procurar ficar calmo; 2. Nunca olhar diretamente aos olhos do bandido; 3. Observar com muito cuidado o que se passa em sua volta; 4. Prestar atenção na direção que os bandidos tomaram.
  10. 10. www.sinco-adm.com.br Documento elaborado pela Sinco Ltda. 2015 Manualdofuncionário 8 Após o assalto 1. Providenciar socorro às vítimas imediatamente; 2. Chamar a polícia; 3. Preservar o local do crime; 4. Não mexer em nada até que a polícia técnica libere o local; 5. Com a chegada da polícia colabore com o trabalho dela; 6. Pense em possíveis testemunhas. PRINCIPAIS CUIDADOS – SEGURANÇA 2 Segurança em elevadores 1. Informar ao síndico ou empresa conservadora qualquer anomalia no funcionamento dos elevadores, para que o problema seja sanado o mais rápido possível; 2. Somente pessoas autorizadas podem ter acesso aos equipamentos ou a casa de máquinas; 3. A chave de segurança deverá permanecer em local seguro, disponível apenas aos técnicos da empresa conservadora ou pessoas habilitadas; 4. Em situação de emergência ligar para empresa conservadora ou Corpo de Bombeiros; 5. Não permitir transporte de pessoas ou carga acima do limite de capacidade do elevador; 6. Em caso de desnivelamento, desligue imediatamente o elevador e acione o técnico; 7. Em caso de pessoas presas no elevador, tente tranquilizá-las e chame imediatamente a empresa de manutenção; 8. Em situações de incêndio não utilize o elevador e estacione-o no térreo; Combate a incêndios Tão cedo o fogo se manifeste, execute as seguintes providências: 1. Mantenha a calma; 2. Ande, não corra; 3. Desligue inicialmente o sistema elétrico (sempre que possível); 4. Retire os ocupantes do local atingido; 5. Desça pelas escadas; 6. Nunca use elevadores; 7. Inicie imediatamente o combate ao princípio do incêndio, se você tem os conhecimentos básicos para tal. 8. Em caso de incêndio avise imediatamente o Corpo de Bombeiros
  11. 11. www.sinco-adm.com.br Documento elaborado pela Sinco Ltda. 2015 Manualdofuncionário 9 REGRAS E PENALIDADES O que não deve ser feito 1. Descumprir as regras do condomínio ou tentar ajustá-las para seu benefício; 2. Abandonar o edifício, sob nenhum pretexto, durante seu horário de serviço, para atender a assuntos que não se relacionem com o mesmo. No caso de necessidade absoluta, deixar sempre alguém na portaria, evitando que esta fique abandonada, informando ao zelador, ou síndico, ou seu substituto temporário, para onde vai e quanto tempo ficará ausente; 3. Assumir o compromisso de cuidar de alguma criança, 4. Lavar carros ou executar outros serviços, aos moradores, em seu horário de trabalho; 5. Pedir lanche, almoço, jantar aos moradores; 6. Usar a portaria como refeitório; 7. Liberar visitante sem autorização do morador; 8. Usar o telefone da portaria para assuntos particulares; 9. Ficar ao celular resolvendo assuntos particulares, use o bom senso; 12. Receber visitas particulares no condomínio; 13. Entreter-se em conversas, com colegas, moradores ou visitantes, que venham a prejudicar a atenção devida ao serviço; 14. Dormir em seu horário de trabalho; 15. Trocar de escala sem autorização de seu superior; 16. Entregar chaves, objetos ou pacotes de moradores a pessoas estranhas sem autorização expressa; 17. Consumir bebidas alcoólicas, em horário de trabalho; 18. Retirar por conta própria, pessoas presas em elevadores. Atenção às regras! Evite comportamento inadequado. “Se queres assumir em pleno o teu trabalho, não te esqueças de que toda a vocação só se consegue concretizar com muita dedicação”.3 O funcionário que não cumpre com suas obrigações contratuais ou desenvolve comportamento inadequado fica sujeito a penalidades trabalhistas, a saber: 1. Advertência – verbal ou por escrito; 2. Suspenção disciplinar; 3. Demissão por justa causa. 3 Georges Bernanos, escritor jornalista
  12. 12. www.sinco-adm.com.br Documento elaborado pela Sinco Ltda. 2015 Manualdofuncionário 10 DECLARAÇÃO DO FUNCIONÁRIO Recebi do condomínio uma via do manual do funcionário, que ficará em meu poder. Caso tenha dúvidas sobre tarefas e procedimentos, também poderei consultar a qualquer tempo, a via do condomínio, que está à disposição de todos os funcionários. Assumo o compromisso de cumprir com as atribuições e particularidades inerentes a função que irei desempenhar. Neste ato declaro que tenho conhecimento de todas as exigências e determinações constantes no presente documento, bem como das penalidades a que estarei sujeito pela não observância das mesmas. FICHA TÉCNICA CONDOMÍNIO: NOME DO FUNCIONÁRIO: FUNÇÃO: PARTICULARIDADE DO MEU CONTRATO DE TRABALHO: ............................................................................................................................. Assinatura do Funcionário ____/____/_________ Data Assuntos não tratados no presente documento serão estudados pelo condomínio e apresentado aos funcionários. ......................................................................................... Síndico
  13. 13. www.sinco-adm.com.br Documento elaborado pela Sinco Ltda. 2015 Manualdofuncionário 11 TELEFONES DE EMERGÊNCIA Bombeiros 193 Polícia 190 Ambulância 192 Defesa Civil 199 Prefeitura Rio 1746 Prefeitura Niterói 2621-2400 Cedae 2297-0195 Águas de Niterói - 0800 723 1222 | www.aguasdeniteroi.com.br CEG 0800-240197 Light 0800-210196 Ampla - 0800 28 00 120 Comlurb / Desratização 2566-1531 Clin - 2620-2175 | 0800-022-2175 Delegacia da Mulher 3399-3690 Disque Denúncia 2253-1177 Instituto Médico Legal 3399-3853 / 2242-1832 Intoxicação 2573-3244
  14. 14. www.sinco-adm.com.br Documento elaborado pela Sinco Ltda. 2015 Manualdofuncionário 12 FONTES PESQUISADAS PORTAL SÍNDICONET: Atribuições dos Funcionários, Dicas de postura para zeladores e porteiros. Disponível em: http://www.sindiconet.com.br/6991/Informese/Atribuioes-dos- funcionarios/Dicas-de-postura-para-zeladores-e-porteiros. Acessado em: 30/07/15 SLIDESHARE: Mattos, Mariana. Atribuições e responsabilidades de um porteiro. Disponível em: http://pt.slideshare.net/MarianaMattos1/atribuies-e-responsabilidades-de-um-porteiro. Acessado em: 30/07/15 SECOVI: Cartilha de Segurança em condomínio elaborado pela polícia Militar do estado de SP. Disponível em: http://www.secovi.com.br/files/Downloads/cartilha-seguranca-condominial- pmpdf.pdf. Acessado em: 02/08/15 SLIDESHARE: Rodrigues, Abelardo Borges. Treinamento para porteiros. Disponível em: http://pt.slideshare.net/AbelardoBorgesRodrig/treinamento-para-porteiros. Acessado em: 30/08/15 SEEG: Atribuições e funções do cargo do porteiro diurno e noturno. Disponível em: http://seeg- go.com.br/cct/atribuicoes-e-funcoes-do-cargo-de-porteiro-a-diurno-noturno/ http://www.priberam.pt/dlpo/condomínio Apostila sobre Noções Básicas de Prevenção de Incêndio da Divisão de Higiene, Segurança e Medicina do Trabalho – DHSMT Disponível Em: http://www.portaldoscondominios.com.br/gestaoIncendio.asp. Acessado em 4/08/15
  15. 15. www.sinco-adm.com.br Documento elaborado pela Sinco Ltda. 2015 Manualdofuncionário 13 Aline Lazarino Administradora e sócia na empresa Sinco _ Seu Síndico Profissional. www.sinco-adm.com.br / faleconsoco@sinco-adm.com.br Sinco.sindico@gmail.com 3023-5651 Chame o síndico!

×