Liderança

1.291 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.291
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Liderança

  1. 1. ÐÏ#ࡱ#á > # þÿ # # à # â # þÿÿÿ Þ ß ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿì¥Á 5@## ð#¿ # # v # bjbjÏ2Ï2 ### ## X X P % ÿÿ# ÿÿ# ÿÿ#  "
  2. 2. "
  3. 3. "
  4. 4. "
  5. 5. "
  6. 6. "
  7. 7. "
  8. 8. # ø <+ <+ <+ 8 t+ Ü P, Ô ø C{ ## 0- 0- " R- R- R- Pm Pm Pm Âz # Äz Äz Äz Äz Äz Äz $ a} R# ³ l èz # "
  9. 9. Pm Ôl | Pm Pm Pm èz "
  10. 10. "
  11. 11. R- R- ? ýz # 0p 0p 0p Pm . "
  12. 12. R- "
  13. 13. R- Âz 0p Pm Âz 0p . 0p ^p # br # "
  14. 14. "
  15. 15. r R- $-
  16. 16. P¯ãp##Ê# <+ ~m ´# zr # x 4# #{ 0 C{ r # # 2o î # # r 6
  17. 17. ## J ® "
  18. 18. "
  19. 19. "
  20. 20. "
  21. 21. r ¸ # "
  22. 22. Bs L# Pm Pm 0p Pm Pm Pm Pm Pm èz èz ø ø D# <+ p # ø ø <+ # ## INTRODUÇÃOO modelo de liderança tem mudado gradativamente e para acompanhar tais mudanças, cada líder tem que se adequar às novas estruturas organizacionais, uma vez que trabalhar com diversos tipos de pessoas não é uma tarefa fácil, pois o ser humano é dotado de uma diversidade de comportamentos e motivações que exigem uma percepção apurada. Com a conscientização dos funcionários em relação aos seus papéis nas organizações para opinar sobre métodos de operacionalização e os processos decisórios, deixaram muitos líderes sem saber como administrar este novo cenário, uma vez que eles estavam habituados com a liderança tradicional e acreditavam que o único responsável pelo direcionamento da equipe era o líder. Com isto, o mundo empresarial constantemente alvo de intensas transformações, demanda adaptações rápidas e eficazes dos líderes e das organizações. Em meio a esse ambiente, a pergunta problema proposta é estudar quais são as características desejadas para a capacitação de líderes nas organizações.Com a abertura do mercado promovido pela globalização, as transformações estão acontecendo de forma rápida e uma organização que possui profissionais altamente capacitados irá se sobressair diante de um quadro competitivo onde a concorrência se faz presente nos mínimos detalhes. Atualmente os programas de capacitação visam o desenvolvimento de competências para contribuir com os objetivos organizacionais e propiciam o aperfeiçoamento das habilidades indispensáveis para os líderes realizarem com sucesso seu papel, aumentarem seu desempenho e se tornarem mais dinâmicos e capazes de alcançarem suas metas.A hipótese para a problemática proposta é que as características para a capacitação de líderes é uma decisão estratégica e envolve a definição das habilidades técnicas, humanas e conceituais do perfil do líder.As organizações perceberam ao longo do tempo que, para serem bem sucedidas, precisam investir no capital humano por meio de capacitações, visando fortalecer os conhecimentos e trazer novas estratégias para resolução de problemas nos processos gerenciais ou operacionais.O objetivo deste artigo é ressaltar a importância de capacitar às lideranças, estudar as habilidades que definem as características desejadas para a capacitação e as vantagens estratégicas deste processo. Este artigo Está divido nas seguintes partes: Conceito de Liderança; O Papel do Líder nas Organizações; Capacitação; Programas de Capacitação e Vantagem Competitiva de um Líder Capacitado.2 Conceito de LiderançaSegundo Chiavenato (2004), a liderança, na abordagem clássica da administração, era definida como uma forma de dominação ou controle, onde a função do líder era estabelecer e fazer cumprir critérios de desempenho para atingir objetivos organizacionais. Este conceito vem mudando e na Teoria das Relações Humanas a liderança passa a ser considerada um elemento vital para o sucesso de uma organização, onde os líderes são os agentes de mudanças e sua principal função é facilitar o alcance dos objetivos junto a seus liderados e proporcionar oportunidades para o crescimento e aperfeiçoamento pessoal. Os líderes, segundo a Teoria X de Douglas McGregor (apud Davis e Newstrom, 2002), admitem que as pessoas não gostam de trabalhar, evitam as responsabilidades, são resistentes às mudanças e são relativamente egoístas por serem indiferentes as necessidades da organização, fazendo com que seja necessária a coerção e ameaça por parte do líder para que as metas sejam cumpridas. J á a Teoria Y do mesmo autor, aborda de uma forma mais humana o gerenciamento das pessoas, uma vez que, essa teoria pressupõe que as pessoas não nasceram preguiçosas, exercem auto-direção e autocontrole a serviço dos objetivos que estiverem comprometidas, cabendo ao líder prover um ambiente propício ao crescimento e desenvolvimento do potencial humano. O antigo modelo de gestão centralizadora que controlava e comandava seus liderados não se aplica mais nos dias de hoje, as organizações procuram por líderes capacitados, aqueles que conduzem as pessoas a atingirem os objetivos e não por chefes que apenas dão ordens e não interagem com sua equipe.O cenário atual requer uma liderança capaz de assumir riscos e promover mudanças no ambiente organizacional influenciando as pessoas a empenhar-se voluntariamente para chegarem ao objetivo. Segundo Ervilha (2008, p.54) liderar é influenciar e conduzir pessoas nas situações em que é identificado um objetivo claro e definido, que busca os resultados desejados.Para J ohn Kotter (2001), a atividade principal de um líder é produzir a mudança. A sua ação deve se pautar sobre três dimensões: estabelecer a direção estratégica da organização, comunicar essas metas aos recursos humanos e motivá-
  23. 23. los para que sejam cumpridas. De acordo com Robbins (2007), liderança é a capacidade de influenciar pessoas para o alcance das metas, sendo essa liderança atribuída por meio de um alto cargo na organização ou emergência informal dentro da estrutura. Após várias pesquisas como as de Chiavenato, Robbins, entre outros, conclui-se que o nível de eficiência de uma equipe está relacionado diretamente ao seu líder. O líder tem influência sob sua equipe e precisa saber exatamente o momento de comandá-la e inspirá-la a atingir o objetivo proposto, uma vez que, o maior desafio de um bom líder é manter toda a equipe motivada, haja vista que lidar com o comportamento humano é uma tarefa muito difícil.Os profissionais que exercem cargo de liderança devem ter uma visão global, conhecer as pessoas, os processos das equipes, a cultura organizacional e o modo como os processos interagem entre si, permitindo maior grau de liberdade para que as pessoas desenvolvam suas atividades assumindo desafios e participando das tomadas de decisões. Com isto, os colaboradores terão consciência de seu papel dentro da organização e das responsabilidades que assumirão, fazendo com que se comprometam e se dediquem cada vez mais com os processos e metas estabelecidas. A liderança envolve a cabeça e o coração e é tanto analítica quanto interpessoal. Ter discernimento para saber quando ser sangue-frio, racional e decisivo e quando ser sangue-quente, amável e participativo, é um grande desafio pessoal. (WHITE, 2007, p. 3). O líder tem como objetivo desenvolver a capacidade crítica e criativa de seus subordinados, facilitando seu desenvolvimento profissional e pessoal. Deve conquistar a confiança e respeito de todos para que, ao expor suas idéias, elas sejam acatadas ou até mesmo questionadas, mas sem a hostilidade de serem consideras idéias impositivas.De acordo com Chiavenato (2004, p. 42) agindo assim as pessoas passam a ser consideradas como parceiros da organização que tomam decisões a respeito de suas atividades, cumprem metas e alcançam resultados, uma vez que, ninguém lidera pessoas para continuarem no mesmo lugar, sem desafios. A liderança envolve um sentido de mudança, onde todos se engajam para a ação que leva à realização desta mudança.Existem vários tipos de liderança que são influenciados, direta ou indiretamente, pelo comportamento de cada líder afinal, mais do que influenciar pessoas e organizações, os líderes devem motivar e estimular seus liderados a alcançar os objetivos propostos promovendo mudanças no ambiente organizacional, uma vez que, só há liderança se houver mudanças. Dentre os diversos tipos de líderes, Ervilha (2008, p. 55) destaca três, sendo: O líder nato aquele que nasce com esse dom, reúne características de personalidade e tem atitudes que fazem dele naturalmente um líder. O líder treinável é aquele que não nasceu com esse dom, mas tem algumas características e desenvolve outras com muito esforço e muito empenho. Muito aplicado, consegue o respeito de todos. E o líder formidável é aquele que nasceu com características de liderança e, além disso, é extremamente esforçado, treina e desenvolve habilidades, tornando-se um líder admirável.Ainda de acordo com Ervilha (2008), o líder nato é essencial para aquelas organizações que estão em conflitos internos, uma vez que, este tipo de líder toma decisões de acordo com seu entendimento sem se importar com as conseqüências. Será uma decisão rápida, sem análises profundas, para soluções imediatas.O líder treinável ou formidável pode adaptar-se com facilidade às necessidades da organização, pois já possui algumas características de liderança e será mais flexível nas tomadas de decisões, uma vez que suas habilidades serão desenvolvidas pela organização, focando seus objetivos.De acordo com Davis e Newstrom (2002), existem os líderes autocráticos e participativos. Os líderes autocráticos são conhecidos pela sua centralização nas tomadas de decisões e fazem que com seus subordinados executem exatamente o que lhes foi imposto. Este líder baseia-se em ameaças e punições para atingir os objetivos e intimidar seus liderados. Os líderes participativos descentralizam a autoridade. As decisões saem da participação dos liderados e de suas próprias decisões, o que gera uma integração entre a equipe.Robbins (2007) cita dois tipos de liderança: a liderança carismática e a transformacional. Os líderes carismáticos têm visão e estão dispostos a correr riscos por esta visão e são sensíveis às necessidades de sua equipe. Esses líderes são vistos pelos seus liderados como alguém excepcional, onde inspiram confiança, aceitação incondicional, obediência espontânea e envolvimento emocional. O líder transformacional se preocupa com o desenvolvimento de cada um de seus liderados, modificando a maneira de ver as coisas velhas para verem coisas novas. Estes líderes são vistos como gestores.
  24. 24. São pró-ativos e comportam-se de modo a motivar seus liderados, desafiando-os a superar seus limites e a procurar soluções criativas e estimulantes para a resolução de problemas e está sempre atento às necessidades de sua equipe. Estas lideranças são vistas pelos liderados como líderes que inspiram por meio de palavras e comportamentos e com capacidades extraordinárias para o direcionamento das tarefas. Não há um tipo ideal de líder para a organização. Os líderes devem, primeiramente, entender pessoas, saber motivá-las e conduzi-las ao objetivo comum da organização, tendo um pouco de cada um destes tipos de líderes, dependendo de cada situação em que se encontra.3 O Papel do Líder nas OrganizaçõesAs mudanças e evoluções pelas quais o mundo tem passado são percebidas não só pelos líderes, mas por qualquer pessoa. Essas mudanças fazem com que as organizações adotem novas posturas, pois as transformações vêm apresentando um mercado competitivo e dinâmico.Devido às concorrências, as novas tecnologias e as mudanças constantes, as organizações se esqueceram de um dos principais recursos que possui, que são os recursos humanos. Preocupavam-se sempre em obterem resultados dos investimentos realizados pelos seus acionistas sem perceber como estavam os processos dentro da organização, se o colaborador estava satisfeito com seu trabalho ou se tinham alguma sugestão de melhoria para o processo de produção ou prestação de serviços.O conceito de administração das organizações tem evoluído, e elas admitem que o líder está indiretamente ligado ao sucesso ou fracasso de uma organização, uma vez que são eles que devem motivar e orientar suas equipes a alcançarem níveis mais elevados de produção, oferecendo-lhes direção e apoio para o alcance das metas. Portanto, uma capacidade de previsão mais acurada pode ser valiosa para a melhoria do desempenho do grupo. (ROBBINS, 2007, p. 270). Segundo Chiavenato (2004), mais do que motivar, o líder é o indivíduo capaz de dirigir a atenção para o objetivo comum e ajustar os interesses individuais. Lidar com os problemas rotineiros, receber as críticas dos diretores e filtrá-las passando para equipe de uma forma que seja construtiva, são algumas das funções que trazem um valor significativo à liderança.O líder se torna cada vez mais a peça fundamental para que os colaboradores desempenhem seus papéis com êxito e ofereçam estímulos para realizarem bem suas funções. Mais do que dinheiro, eles precisam de motivação e reconhecimento, de impulsos e direções que mostrem os caminhos para que as metas sejam alcançadas.De acordo com Davis e Newstrom (2002), o papel do líder é usar a estrutura, o apoio e a recompensa para criar um ambiente favorável em que ajude os liderados a atingirem os objetivos da organização.Ainda de acordo com o mesmo autor, os dois papéis principais que estão em jogo são criar a orientação para o objetivo e desenvolver o caminho em direção aos objetivos de tal modo a que sejam atingidos. Este processo resulta em satisfação no trabalho, maior motivação e melhor aceitação do líder.De acordo com Hitt, Ireland e Hoskisson (2005), a liderança é a capacidade de antecipar, vislumbrar e manter flexibilidade e delegar poderes para criar mudança estratégica quando necessário.As pequenas e micro empresas, que são direcionadas por seus fundadores, e embora acreditem possuir conhecimentos para administrar seu empreendimento, são pessoas sem características empreendedoras necessárias para o sucesso do negócio. Normalmente tomam decisões baseadas na experiência cotidiana e no senso comum, estabelecendo formas de gerenciar que às vezes coloca em risco a própria sobrevivência da organização. É comum nestas organizações o estabelecimento de uma relação ora autoritária, ora paternalista com seus funcionários, dificultando o desenvolvimento e crescimento do seu pessoal. Atitudes como falta de confiança nos subordinados, muita reprovação e menos orientação, são formas de relacionar e agir que geram insatisfação e frustração sendo prejudiciais à organização.Para essas empresas, a contratação ou a capacitação de um líder se torna uma forma estratégica de mostrar ao mercado que a organização está investindo em profissionais com visão estratégica.Capacidade de antecipar, vislumbrar e manter flexibilidade e delegar poderes para criar mudança estratégica quando necessário, multifuncional por natureza, liderança estratégica envolve administrar por meio dos outros, administrar uma empresa inteira em vez de subunidade funcional e lidar com uma mudança que parece estar cada vez mais, de maneira exponencial, na atual paisagem competitiva. (HITT, IRELAND e HOSKISSON, 2005, p. 489).Com isto, o principal papel do líder nas organizações é motivar, ser capaz de criar uma sinergia entre as pessoas e equipes, ser o guia e o facilitador do desenvolvimento de pessoas, por meio de feedback, conversas e reuniões
  25. 25. periódicas com sua equipe promovendo seu melhor desempenho. 4 Capacitação De acordo com Chiavenato (2004), existe uma diferença entre treinamento e capacitação, onde treinamento visa adaptar a pessoa a uma determinada função, oferecendo-lhes elementos básicos para a solução imediata do problema. Tem em vista o cargo atual e é um processo de curto prazo onde são aplicados de maneira sistemática os conhecimentos e atitudes em função de objetivos definidos. A capacitação é um processo de longo prazo e propõe o desenvolvimento de habilidades e competências por meio de novos hábitos, atitudes, conhecimentos e destrezas, o que resulta em uma mudança de comportamento dos líderes perante seus liderados e dentro da organização e seus objetivos perseguem prazos mais longos, visando dar ao homem aqueles conhecimentos que transcendem o que é exigido no cargo atual, preparando-o para assumir funções mais complexas. (CHIAVENATO, 2003, p. 29).De acordo com Milkovich e Boudreau (2000, p. 339) o treinamento é apenas um dos componentes do processo de desenvolvimento que inclui todas as experiências que fortalecem e consolidam as características desejáveis. As organizações integram o treinamento dentro de um conjunto sistemático de capacitações que é vista hoje como um fator primordial para a gestão de pessoas, onde o capital humano é o maior patrimônio da organização e o principal diferencial competitivo, uma vez que, a capacitação é o desenvolvimento de recursos humanos, ou seja, desenvolvimento de talentos. Segundo Robbins (2007, p. 400) líderes competentes não permanecem competentes para sempre. As habilidades se deterioram e podem se tornar obsoletas. Sendo as pessoas que conduzem e impulsionam os negócios, é imprescindível que as organizações promovam capacitações e as vejam como investimento e não como despesas. Dentre as habilidades citadas por Robbins (2007), três tipos destacam-se sendo habilidade técnica, habilidade humana e habilidade conceitual. A habilidade técnica está ligada diretamente com a atividade peculiar e compreende a aplicação de conhecimentos ou técnicas específicas adquiridas por meio de educação formal e exercício de suas funções. Um exemplo desta habilidade são os diretores comerciais que, além das técnicas de vendas, têm conhecimento sobre os produtos ou serviços, preços de venda, canais de distribuição, clientes e mercado.Habilidade humana é a capacidade de lidar com pessoas, comunicar-se de forma clara e abrange a compreensão das necessidades, interesses e atitudes. Esta habilidade implica na delegação e motivação das pessoas resultando o alcance dos objetivos da organização ou de um departamento específico. Habilidade conceitual refere-se à capacidade de lidar com a complexidade da organização como um todo, ter uma visão sistêmica dos processos e de suas interações com o ambiente externo. Consiste em saber diagnosticar os problemas e propor soluções utilizando as habilidades técnicas e humanas de forma coesa.Os líderes devem possuir as três habilidades para usá-las nos momentos necessários com sua equipe, uma vez que assumem uma variedade de papéis, inerentes à sua função, para levar a organização e seus liderados aos objetivos estabelecidos. De acordo com Marras (2003), para que os líderes se capacitem, as organizações incentivam a participação em eventos, workshops, sessões de brainstorming e seminários que os façam refletirem sobre temas atuais e diversos propiciando uma visão macro dos negócios. Para Chiavenato (2003), antigamente quando surgiam vagas nas organizações para qualquer função e em especial para cargos de liderança, pensava-se em captar do mercado, profissionais com educação formal ou experiências adquiridas em outras organizações. Atualmente as empresas que acreditam que seus funcionários são seus maiores ativos, preocupam-se em capacitá-los de forma constante e permanente, haja vista que, agregando valores a eles incrementam qualidade e produtividade. Conforme citação de Milkovich e Boudreau (2000), a Motorola calcula que cada dólar investido em treinamento traz um retorno de 30 dólares em ganho de produtividade dentro de três anos. Ultimamente as organizações continuam investindo em capacitações, no entanto, diante das novas exigências do mercado criadas pela globalização, os profissionais desenvolveram uma atitude pró-ativa buscando capacitações além das propostas pelas organizações. 5 Programas de Capacitação Algumas organizações têm adotado alguns programas de capacitação de acordo com as necessidades percebidas em seus líderes uma vez que, o valor dessas capacitações é considerado um alto custo, se torna imprescindível à realização de pesquisas para identificar a melhor técnica de capacitação tendo em vista proporcionar um aproveitamento satisfatório.De acordo com Chiavenato (2004), devem ser feitos levantamentos para identificar quais habilidades precisam ser
  26. 26. desenvolvidas e quais técnicas se encaixam melhor para cada tipo de líder.O levantamento de necessidades de treinamento pode ser feito em quatro níveis, análise organizacional, análise de recursos humanos, análise da estrutura de cargos e analise de treinamento como demonstrado na figura 1.A análise organizacional parte do pressuposto que deve-se ter um diagnóstico de toda a organização visando estabelecer a missão, visão e os objetivos que a capacitação devem alcançar. A análise dos recursos humanos determina quais os comportamentos, atitudes, conhecimentos e competências necessários para contribuir com o objetivo da organização.A análise da estrutura de cargos especifica quais habilidades e competências que deverão ser desenvolvidas de acordo com cada cargo.A análise de treinamento tem por objetivo verificar a eficiência e eficácia dos treinamentos desenvolvidos. Análise Organizacional## #Diagnóstico organizacional####Determinação da missão e visão e dos objetivos estratégicos da####organização######Análise dos Recursos Humanos###Determinação de quais os comportamentos, atitudes e####competências necessários ao####alcance dos objetivos organizacionais######Análise dos Cargos###Exame dos requisitos exigidos pelos cargos,####especificações e mudanças nos cargos#### ######Análise do Treinamento###Objetivos a serem utilizados na avaliação do programa ####de treinamento#### ##Figura 1 - Os passos no levantamento de necessidades de treinamento.Fonte: Chiavenato, Idalberto (2004, p. 345).Segundo Robbins (2007), devemos reconhecer que as pessoas têm formas diferentes de assimilar os conteúdos das capacitações e, para tenham resultados favoráveis, devem ter certo grau de auto-monitoramento, com isto terão facilidade de mudar seu comportamento. Por meio dos levantamentos e das capacitações aplicadas conforme as necessidades observadas, podem-se desenvolver habilidades de melhor compreensão dos assuntos, maior confiança e melhor posicionamento diante das funções atribuídas. Segundo Milkovich e Boudreau (2000), há no mercado várias técnicas de capacitação e ele explica algumas delas:A palestra tem um preço mais acessível, fácil de ser desenvolvida e pode ser baseada em fatos tendo resultado eficaz para os ouvintes. Contudo, há uma desvantagem devido ao direcionamento para muitas pessoas, haja vista que, não são considerados as diferenças e os interesses de cada ouvinte, embora o problema possa ser sanado se o locutor disponibilizar um período para esclarecimentos.A instrução programada oferece uma série de tarefas que podem ser desenvolvidas por meio de livros que contém perguntas que, depois de respondidas, podem ser corrigidas com as respostas corretas encontradas no próprio livro. Esta técnica pode ser associada com métodos de multimídia e possibilita ao aluno a definição do seu ritmo de aprendizagem.O áudio, o vídeo e as teleconferências são técnicas que permitem difundir o conhecimento para pessoas independente de tempo e espaço. Na videoteleconferência os alunos ficam em salas com TV e microfone em locais diferentes dos instrutores e por meio de equipamentos interligados via satélite poderão realizar perguntas e obter respostas. A audioteleconferência faz uso apenas de conexões de áudio, o que faz desse método mais barato.O computador e a multimídia juntos trazem vantagens relevantes com o intuito de agregar técnicas audiovisuais e instrução programada, embora sejam caros se considerar que a capacitação pode ser realizada sem o deslocamento de instrutores e alunos. Evitam-se despesas com hospedagem, passagem, alimentação e inscrição em instituições de capacitação, entre outras.A técnica de simulação traz elementos que fazem parte de um cenário real e permite que os alunos desenvolvam estratégias para resolução dos problemas e posteriormente recebem um feedback da eficácia percebida em sua decisão.O jogo de empresas se baseia nos jogos de estratégia militar onde há competições entre equipes e trazem situações que acontecem no mundo dos negócios.O estudo de caso utiliza textos com histórias reais que devem ser estudados e em seguida apresentar soluções que poderão ser discutidas. Para se ter melhor dinamismo nas respostas o ideal é que o instrutor não faça parte do processo decisório.A dramatização determina que os alunos interpretem papéis e se coloquem no lugar de alguns personagens para que eles tenham outra visão da situação que outrora era vista por outra perspectiva.A modelagem comportamental encoraja o aluno a transcrever um comportamento conveniente. Algumas vezes inspira-se em personagens da TV ou quadrinhos e contribuiu com o processo que se baseia na teoria de que as pessoas podem construir modelos mentais dos comportamentos desejados.Algumas organizações preferem fazer parcerias com instituições de ensino, e algumas já desenvolvem cursos técnicos nos padrões determinados pelas necessidades encontradas na
  27. 27. organização. Atualmente tem se ouvido falar de treinamento ao ar livre, este consiste em subir em árvores, balançar no ar, atravessar desfiladeiros segurando em cordas, entre outros, o que para muitos é desperdício de tempo e dinheiro, para alguns que participaram, dizem que há grandes resultados na comunicação com a equipe e desenvolvem o companheirismo.Outro exemplo de capacitação é o citado por Hitt, Ireland e Hoskisson (2005), o programa de desenvolvimento administrativo da General Eletric (GE), que visa à capacitação de funcionários para ascensão a cargos dentro da organização e, conforme seu desempenho pode se tornar os futuros CEOS e sucessores de J ack Welch. A GE acredita que dessa forma os gerentes são desenvolvidos de tal maneira que, por fim, um deles estará preparado para ascender ao topo, e uma vantagem importante é que trazem consigo conhecimentos específicos e valiosos da organização.6 Vantagem Competitiva de um Líder Capacitado Preparar tecnicamente o líder, oferecendo-lhes apenas educação superior e especializações não é o suficiente. O mundo corporativo requer líderes qualificados em relações humanas, gestão de pessoas, comunicação interna e externa. Para alcançar o sucesso, as organizações precisam de líderes capacitados, envolvidos, dispostos a correr riscos e promover mudanças para conduzir seus liderados e motivá-los aos objetivos da organização.A estratégia organizacional deve ser compreendida por todos os membros da organização, de modo que todos saibam o sentido único que os une, uma vez que, quanto maior a mudança organizacional, maior será necessária à ação estratégica.De acordo com Santos (1999), para obtenção da vantagem competitiva, as organizações diferenciam-se da concorrência por meio do estabelecimento de prioridades e dimensões competitivas que se referem a um conjunto de capacitações que visam a descentralização e delegação das responsabilidades com seus liderados.Nesse processo de descentralização das atividades de recursos humanos, cabe bastante atenção à capacitação dos gerentes de linha ou de negócios, no que tange à gestão de recursos humanos. Nesse contexto, os gerentes precisam capacitar-se para melhor compreender a complexidade dos negócios para, dessa forma, integrar efetivamente as competências e tecnologias de recursos humanos às inovações empresariais. (SANTOS, 1999, p. 46). Esses profissionais estão envolvidos em contínuas capacitações e desenvolvimentos que possibilitam seu crescimento profissional e da organização e aplicam os novos recursos adquiridos na tarefa da elaboração da estratégia com base na criatividade.O sincronismo entre as várias competências desenvolvidas e suas aplicações em planejamentos, fazem com que as organizações obtenham a vantagem competitiva proposta pelas capacitações realizadas pelos seus líderes, uma vez que a estratégia da capacitação visa as mudanças na estrutura organizacional, assim como o desenvolvimento de cultura e clima organizacional.Para Robbins (2007), entender o comportamento organizacional nunca foi tão importante devido às rápidas mudanças que estão acontecendo nas organizações e no ambiente macro que envolve o mercado.Os líderes, para se manterem no mercado de trabalho e para conduzirem as organizações, terão que se adequar às novas tendências como à abertura das fronteiras dos países. A importância de se ter líderes capacitados está ligado ao fato da instalação de fábricas em outros países e a concorrência acirrada, portanto é indispensável que as habilidades de conduzir e motivar pessoas estejam bem desenvolvidos.As lideranças, mesmo sem sair de seus países de origem, podem lidar com diferentes culturas e para ser eficaz em seu trabalho se faz necessário o entendimento das culturas e o que motiva os funcionários. É importante ressaltar que além de liderar pessoas de diferentes raças, etnias, sexo e idades o líder pode responder a superiores estrangeiros com essas diversidades.Por isso, o líder carrega o peso de definir e tornar executáveis as estratégias de competitividade que a organização irá utilizar para garantir a sustentação de seus resultados ao longo do tempo. Para Chiavenato (2004), a globalização sugere que se tenha uma visão global, para visualizar a posição da organização com relação à concorrência e como estão sendo avaliados seus produtos ou serviços. Os desafios que precisam ser vencidos são: liderança de pessoas, a conquista e ampliação da clientela, diferenciar os produtos e serviços, ter conhecimentos voltados para o ramo de atividade e outros que estiverem ligados a ele, a melhoria da qualidade visando melhores resultados e a importância de extrair o máximo das tecnologias.Para estar à frente em todos os itens citados, a capacitação da liderança e liderados é essencial para o desenvolvimento de habilidades e competências que resultarão na eficiência e eficácia dos planos e
  28. 28. metas traçados, haja vista que toda orientação para mudanças são feitas por pessoas e estas são as bases de qualquer organização.De acordo com Hitt, Ireland e Hoskisson (2005), com a capacitação, os líderes tornam-se estratégicos e adquirem as habilidades necessárias para ajudar a desenvolver o capital humano em suas áreas de responsabilidades. 7 CONSIDERAÇÕES FINAISEste artigo não visa esgotar o assunto e nem apresentar uma conclusão para o mesmo, mas sim mostrar que mesmo os que são promovidos à liderança de uma equipe sem as devidas qualificações podem, por meio da capacitação e prática, corresponder ao desafio que lhes foram imputados.Com as constantes mudanças e exigências de um mercado cada vez mais competitivo, funcionários desmotivados, sem perspectiva nenhuma em relação às organizações, baixa produtividade e a grande rotatividade de funcionários, as mudanças que ocorrem nas organizações são, acima de tudo, culturais e comportamentais. Com isto, torna-se imprescindível o desenvolvimento constante de habilidades e competências dos líderes da organização, uma vez que é possível, por meio de capacitações, desenvolver as habilidades técnicas, humanas e conceituais e as competências necessárias para liderar com sucesso e tornar-se um líder desejável, que sabe conduzir e motivar seus liderados.Os recursos financeiros, tecnologia, definições estratégicas ou acesso a determinados fornecedores, já não sustentam a competitividade das organizações. O que de fato diferencia é o jeito de o líder articular a estratégia, os processos, a estrutura e as pessoas, que é sustentada pela cultura organizacional. Este é o papel do líder, articular e movimentar de forma integrada essas diferentes dimensões organizacionais, criando desta forma vantagens competitivas sustentáveis. A nova gestão estratégica requer a constituição de um trabalho baseado em equipe, aprendizagem organizacional e gestão da cultura organizacional para que seja possível a renovação das competências essenciais para sua vantagem competitiva, para que assim sejam alcançados os objetivos propostos.A capacitação é fundamental para gerar e garantir uma ação baseada em fundamentos sólidos para o alcance do objetivo. A aprendizagem e crescimento profissional não dependem somente das organizações. Nesse sentido, a busca pelo próprio desenvolvimento está atrelada à permanência do líder no mercado e ao seu reconhecimento, sabe-se que para isso é necessário ter autodisciplina. As organizações que promovem capacitações devem estar dispostas a conceder um espaço para que se coloquem em prática os conteúdos das capacitações. Essa abertura é primordial para verificar se o investimento realizado em capacitação terá o resultado almejado. O líder pode contribuir fortemente para que as pessoas se desenvolvam, se fazendo mentores e capacitando-as de forma que elas transcendam seus limites. As pessoas seguem voluntariamente um líder e permitem que ele as lidere quando se identificam com seus conceitos, aspirações e expectativas. A essência da liderança é a capacidade de construir e sustentar esse relacionamento, por meio da influência e persuasão. Não existe líder sem liderados que o sigam de forma voluntária. Portanto, a confirmação da liderança vem dos liderados. Quando a organização se depara com um líder capacitado, o mesmo transmite credibilidade e age de forma a fazer ascender à vontade de seus liderados para o alcance das metas. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICASCHIAVENATO, Idalberto. Treinamento e Desenvolvimento de Recursos Humanos: Como incrementar talentos na Empresa. São Paulo: Atlas, 2003.______. Gestão de Pessoas. Rio de J aneiro: Elsevier, 2004.DAVIS, Keith ; NEWSTROM, J ohn W. Comportamento Humano no Trabalho: Uma abordagem Psicológica. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2002.DRUCKER, Peter F. Administrando para o Futuro: os anos 90 e a virada do século. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2001. ERVILHA, A. J . Limão. Liderando Equipes para Otimizar Resultados. São Paulo: Nobel, 2008.HITT, Michael A.; IRELAND, R. Duane e HOSKISSON, Robert E. Administração Estratégica: competitividade e globalização. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2005. MARRAS, J ean Pierre. Administração de Recursos Humanos: Do Operacional ao Estratégico. São Paulo: Futura, 2003.MAXWELL, J ohn C. O Livro de Ouro da Liderança. Rio de J aneiro: Thomas Nelson Brasil, 2008.MILKOVICH, George T. ; BOUDREAU, J ohn W. Administração de Recursos Humanos. São Paulo: Atlas, 2000.ROBBINS, Stephen P. Comportamento Organizacional. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007.SANTOS, Fernando César Almada. Estratégia de Recursos Humanos: dimensões competitivas. São Paulo: Atlas, 1999. WHITE, B. J oseph. A Natureza da Liderança. Rio de J aneiro: Elsevier, 2007.#####PAGE ##PAGE #1# # ##
  29. 29. # >    £ Ð &# '# ~# # # ¥# ª# Ì# é# ê# û# º
  30. 30. Ù
  31. 31. ,# -# _# 2# b# c# |# }# ÷# ## A# R# X# íÜÏÂÏÂÏÂÏ ´Ï§§Ï§Ï§ÏÏÏsÏfÏfύÏYÏ ##héB: #h;hD OJ # QJ # ^J # ##héB: #hOb OJ # QJ # ^J # ##héB: #h# OJ # QJ # ^J # ##héB: #h3-A OJ # QJ # ^J # ##héB: #h¸<6 OJ # QJ # ^J # ##héB: #hÒfï OJ # QJ # ^J # ##héB: #hF# OJ # QJ # ^J # ##héB: #hUk* 5#OJ # QJ # ^J # ##héB: #hìd OJ # QJ # ^J # ##héB: #h*` OJ # QJ # ^J # #héB: #h0cô OJ # QJ # ^J # mH #sH # ##héB: #h*` 5#OJ # QJ # ^J # mH #sH # " # ##
  32. 32. # Ñ ü# # _# 2# A# ## Ì# Í# å# æ# @# ## F# ±# ô#ÿ n# Ô## å#ÿ n# #Y# Ö#ÿ n# "## Ö#ÿ n# "## Ö#ÿ n# "## Ö#ÿ n# O## Ö#ÿ n# "## Ö#ÿ n# {#
  33. 33. Ö#ÿ n# O## Ç#ÿ n# {#
  34. 34. ¸#ÿ n# {#
  35. 35. å#ÿ n# #Y# #ÿ n# Ô## å#ÿ n# #Y# #ÿ n# # #ÿ n# E#( #ÿ n# O## #ÿ n# "## # #$##S##dh## `S#a$#gd©"§ #$##dh## a$#gdßx # #$##S##dh## `S#a$#gd ¿ # #$##S##dh## `S#a$#gd##õ # #$##S##dh## `S#a$#gdéB: # #$##S##dà## `S#a$#gdéB: #$##dh## a$#gd#x # # P u ýý ## ###X# Z# # # # ¥# ## ## ## ## ## J # S# W# _# `# i# j# w# x# ~# # # Ë# Ì# Í# Ï# å# óæÙæóÌ¿²¥¿¿¿¿¿¿~qcUG ##héB: #h*` 5#OJ # QJ # ^J # ##héB: #h)# 5#OJ # QJ # ^J # ##héB: #h ¿ 5#OJ # QJ # ^J # ##héB: #h<- OJ # QJ # ^J # ##héB: #h¸<6 OJ # QJ # ^J # ##héB: #h0cô OJ # QJ # ^J # ##héB: #h##õ OJ # QJ # ^J # ##héB: #h<# OJ # QJ # ^J # ##héB: #h
  36. 36. * OJ # QJ # ^J # ##héB: #hU## OJ # QJ # ^J # ##héB: #h
  37. 37. jº OJ # QJ # ^J # ##héB: #hk## OJ # QJ # ^J # ##héB: #h*` OJ # QJ # ^J # ##héB: #h;hD OJ # QJ # ^J # #å# t# x# ~# # # # # # L# l# v# # ß# þ# Ã# Ç# W# b# ÿ# ## 5# ?# 9# `# # # O o ×! ö! ø ! ú! ý! £" óæóÙËæóÙó¾ó¾ó¾ó±ó§óóóóóvóii ##h2Á #hö#D OJ # QJ # ^J # ##héB: #hö#D OJ # QJ # ^J # ##h§ó OJ # QJ # ^J # ##héB: #h#3- OJ # QJ # ^J # ##héB: #h¶Hû OJ # QJ # ^J # ##héB: #h,.# OJ # QJ # ^J # ##h#
  38. 38.  OJ # QJ # ^J # ##héB: #h=ü OJ # QJ # ^J # ##héB: #h¸<6 OJ # QJ # ^J # ##héB: #h*` 5#OJ # QJ # ^J # ##héB: #hk## OJ # QJ # ^J # ##héB: #h<- OJ # QJ # ^J # ##héB: #h*` OJ # QJ # ^J # "±# ¸# # V# #  Ø! m# Ð$ !% "% #' #' ð#ÿ n# O## ð#ÿ n# {#
  39. 39. ð#ÿ n# ö## Ý#ÿ n# # Ê#ÿ n# O## »#ÿ n# "## ¬#ÿ n# ö## ð#ÿ n# "## #ÿ n# Ô## #ÿ n# #Y# ~ # n# v:# o#ÿ n# #Y# # #$##S##dà## `S#a$#gd§ó # #$##& ^& a$#gd×k£ # #$##Å##S##dà## ^Å#`S#a$#gd§ó # #$##S##dh## ^S#a$#gdã8Ü # #$##S##dh## `S#a$#gd1S. # #$##S##dh## `S#a$#gd#3- # #$##Lÿ#S##dh## ^Lÿ`S#a$#gd©"§ # #$##Lÿ#S##dh## ^Lÿ`S#a$#gd¶Hû # #$##S##dh## `S#a$#gd©"§
  40. 40. £" ¶" m# "% #' #' "' /' 7( 8( ) ) Î* Ï* Ð* Ø+ ó+ #- #- Ì- Ó- Ô- Ú- Õ. Ö. o0 p0 óæÙȺÙÙæ٠ٍ ٍ٠ٍuhÙ[ÙM ##héB: #h².` 5#OJ # QJ # ^J # ##héB: #hæn OJ # QJ # ^J # ##h2Á #h*` OJ # QJ # ^J # ##h2Á OJ # QJ # ^J # ##hÇUp OJ # QJ # ^J # ##héB: #h÷," OJ # QJ # ^J # ##h0[1 OJ # QJ # ^J # ##héB: #hægÈ OJ # QJ # ^J # ##héB: #hã8Ü OJ # QJ # ^J # ##héB: #h*` 5#OJ # QJ # ^J # #héB: #h*` CJ # OJ # QJ # ^J # aJ # ##héB: #h*` OJ # QJ # ^J # ##héB: #h1S. OJ # QJ # ^J # ##héB: #hF&Ò OJ # QJ # ^J # ##' R( n) Ï* |+ Ø+ #- ³. e/ n0 o0 0 0 1 v3 @5 6 è7 ¯8 Ù9 ð#ÿ n# O## ð#ÿ n# O## ð#ÿ n# "## ð#ÿ n# {#
  41. 41. ð#ÿ n# §## ð#ÿ n# O## ð#ÿ n# ö## ð#ÿ n# {#
  42. 42. ð#ÿ n# O## á#ÿ n# #Y# Ö#ÿ n# Ô## á#ÿ n# #Y# ð#ÿ n# O## ð#ÿ n# Ê## ð#ÿ n# ö## ð#ÿ n# "## Ç#ÿ n# "## ´#ÿ n# {#
  43. 43. ð#ÿ n# O## # #$#Æ# #S# #S##dh## `S#a$#gd©"§ # #$##S##dh## `S#a$#gd r #$##dh## a$#gdßx # #$##S##dà## `S#a$#gd0[1 # #$##S##dh## `S#a$#gd©"§ #p0 q0 0 0 1 2 ¤2 ÷2 #3 v3 Å3 (5 .5 d6 f6 ¬6 6 ã6 ä6 #7 #7 %7 &7 57 @7 P7 Q7 R7 k7 ü7 ñãÖɼ¯¼¯¼¢ÖÖ~q~d~ÖdÖWÖWÖ ##héB: #h|S- OJ # QJ # ^J # ##héB: #hål OJ # QJ # ^J # ##h}F¹ #h*` OJ # QJ # ^J # ##h}F¹ #h r OJ # QJ # ^J # ##héB: #h r OJ # QJ # ^J # ##hzh¸ OJ # QJ # ^J # ##h0[1 #h## OJ # QJ # ^J # ##h0[1 #h1S. OJ # QJ # ^J # ##h0[1 #h*` OJ # QJ # ^J # ##h0[1 #h;KR OJ # QJ # ^J # ##héB: #h*` OJ # QJ # ^J # ##héB: #h*` 5#OJ # QJ # ^J # ##héB: #h)# 5#OJ # QJ # ^J # #ü7 ý7 {9 Ù9 ç9 #: #: #: ç; è; #< #< -< 8< :< << J < V< &= G= j= = = ª= ¿= À= k> l> ß> é> ù> ô? óæÙ̲̤̲̲̲̲̲̿̍̍̍̍o^Po ##hIà CJ # OJ # QJ # ^J # aJ # #h0[1 #hIà CJ # OJ # QJ # ^J # aJ # #h0[1 #h0v¼ CJ # OJ # QJ # ^J # aJ # #
  44. 44. *##héB: #h0v¼ 5#OJ # QJ # ^J # ##hMy OJ # QJ # ^J # ##h4% OJ # QJ # ^J # ##héB: #h0v¼ 5#OJ # QJ # ^J # ##h0[1 #h@t OJ # QJ # ^J # ##héB: #h# ° OJ # QJ # ^J # ##h0[1 #h0v¼ OJ # QJ # ^J # ##h0[1 #h*` OJ # QJ # ^J # ##héB: #h*` OJ # QJ # ^J # ##héB: #hægÈ OJ # QJ # ^J # #Ù9 : ;< ¬= k> l> @ !@ @A AA OA QA ÓB ¹D ð#ÿ n# {#
  45. 45. ð#ÿ n# ö## ð#ÿ n# "## ð#ÿ n# {#
  46. 46. Ý#ÿ n# #Y# Ñ # n# v:# Â#ÿ n# #Y# ³#ÿ n# O## ¤#ÿ n# #Y# #ÿ n# Ô## #ÿ n# #Y# s#ÿ n# "## ³#ÿ n# Ê## # #$#Æ# ## #S##dh## `S#a$#gd©"§ # #$#Æ# ## #S##dà## `S#a$#gd4^@ #$##dh## a$#gd(uN # #$##S##dà## `S#a$#gd0[1 # #$##S##dh## `S#a$#gd©"§ # #$##S##dà## `S#a$#gd#
  47. 47.  # #$##& ^& a$#gd0v¼ # #$##Å##S##dà## ^Å#`S#a$#gdzh¸ # #$##S##dh## `S#a$#gd0v¼ ô? õ? ö? #@ #@ @ !@ b@ k@ l@ @ @ ä@ ì@ @A AA BA CA PA òáÐῲ¥}¥p¥bTF8 ##héB: #h*` 5#OJ # QJ # ^J # ##héB: #hÞo¸ 5#OJ # QJ # ^J # ##héB: #hOb 5#OJ # QJ # ^J # ##héB: #hk;M 5#OJ # QJ # ^J # ##héB: #hIà OJ # QJ # ^J # ##héB: #h#û OJ # QJ # ^J # ##héB: #h#û 5#OJ # QJ # ^J # ##h0[1 #h#û OJ # QJ # ^J # ##héB: #h*` OJ # QJ # ^J # ##héB: #h0v¼ OJ # QJ # ^J # #hqfN #h0v¼ CJ # OJ # QJ # ^J # aJ # #hqfN #h# ° CJ # OJ # QJ # ^J # aJ # #hqfN #hzh¸ CJ # OJ # QJ # ^J # aJ # ##hzh¸ CJ # OJ # QJ # ^J # aJ # #PA QA 0B <B þB #C ¤C ºC ÀC D D D D D ©D ªD ¹D ìE ðE F F ¶F ÝF 8H 9H eH H ßH +I I ÃI ñä×äÊäÊä½°¦°½½uähähä[ähäNäN ##héB: #hÊ#D OJ # QJ # ^J # ##héB: #hÿ
  48. 48. þ OJ # QJ # ^J # ##héB: #hïIØ OJ # QJ # ^J # ##héB: #h¨aa OJ # QJ # ^J # ##h4^@ #h¨aa OJ # QJ # ^J # ##héB: #hpXÆ OJ # QJ # ^J # ##hA OJ # QJ # ^J # ##h2Á OJ # QJ # ^J # ##h2Á #hª1L OJ # QJ # ^J # ##héB: #hª1L OJ # QJ # ^J # ##héB: #h(uN OJ # QJ # ^J # ##héB: #h,.# OJ # QJ # ^J # ##héB: #h*` OJ # QJ # ^J # ##héB: #ho=¿ 5#OJ # QJ # ^J # #¹D E üF :H ÉH ]J K ·L ©M ¯N ¯O P LQ OR PR kR ð#ÿ n# {#
  49. 49. á#ÿ n# "## ð#ÿ n# "## Î#ÿ n# §## Î#ÿ n# ö## Î#ÿ n# O## Î#ÿ n# O## Î#ÿ n# O## »#ÿ n# O## »#ÿ n# O## »#ÿ n# {#
  50. 50. ¬#ÿ n# {#
  51. 51. #ÿ n# O## #ÿ n# #Y# #ÿ n# Ô## #$##dh## a$#gdßx # #$##S##dà## `S#a$#gd4^@ # #$##S##dh## `S#a$#gd*# # #$#Æ# ## #dh## a$#gdÿ
  52. 52. þ # #$#Æ# ## #S##dh## `S#a$#gd*# # #$#Æ# ## #S##dh## `S#a$#gd©"§ # #$##S##dh## `S#a$#gd©"§ # #$##S##dh## `S#a$#gdFT #ÃI J ]J ¯J ïJ £K ¥K ³K âK L L ¥L ¦L ·L ¸L ¹L ¿L ÁL ÆL ÇL #M ;M <M FM GM §M ©M ªM ÂM ÃM ÄM ÅM êM ëM N óæÙóÙÌÙÌٿٿٲ¥²¥²¥²¥¥¥²}s}f}Y} ##héB: #h`(ý OJ # QJ # ^J # ##héB: #h¨*v OJ # QJ # ^J # ##h½&Á OJ # QJ # ^J # ##héB: #h*# OJ # QJ # ^J # ##héB: #h×k£ OJ # QJ # ^J # ##héB: #híJ ³ 5#OJ # QJ # ^J # ##h4^@ #híJ ³ OJ # QJ # ^J # ##h4^@ #hñXJ OJ # QJ # ^J # ##héB: #hÿ
  53. 53. þ OJ # QJ # ^J # ##héB: #ht# OJ # QJ # ^J # ##héB: #h*` OJ # QJ # ^J # ##héB: #hÊ#D OJ # QJ # ^J # ##héB: #h## OJ # QJ # ^J # "N fN íN ø N CO eO P P P ÂP ÃP #Q #Q #Q $Q +Q J Q LQ MR NR OR PR QR RR óæÜæÏ浨¨¨¨t¨æÏæ_QC ##héB: #h)# 5#OJ # QJ # ^J # ##héB: #hOb 5#OJ # QJ # ^J # )#héB: #hÛZ OJ # QJ # ^J # fHà qÊ ÿÿÿ ##h4^@ #hïIØ OJ # QJ # ^J # ##h4^@ #h### OJ # QJ # ^J # ##h4^@ #hÿ
  54. 54. þ OJ # QJ # ^J # ##h4^@ #h¨*v OJ # QJ # ^J # ##h4^@ #hL#× OJ # QJ # ^J # ##héB: #hïIØ OJ # QJ # ^J # ##héB: #hL#× OJ # QJ # ^J # ##héB: #hÿ
  55. 55. þ OJ # QJ # ^J # ##hMy OJ # QJ # ^J # ##héB: #h*# OJ # QJ # ^J # ##héB: #h¨*v OJ # QJ # ^J # #RR _R jR kR lR mR R ÇR èR òR óR ôR öR ES FS pS rS S S S S S ñãÕǹ¬xk^QkD^D ##héB: #hZ OJ # QJ # ^J # ##héB: #h)## OJ # QJ # ^J # ##héB: #hçCR OJ # QJ # ^J # ##héB: #hq OJ # QJ # ^J # ##héB: #h@ OJ # QJ # ^J # ##héB: #h<# OJ # QJ # ^J # ##héB: #hÿ
  56. 56. þ OJ # QJ # ^J # ##héB: #h### OJ # QJ # ^J # ##héB: #háZ) OJ # QJ # ^J # ##héB: #há~ð 5#OJ # QJ # ^J # ##héB: #h### 5#OJ # QJ # ^J # ##héB: #h*` 5#OJ # QJ # ^J # ##h4^@ #h## 5#OJ # QJ # ^J # ##héB: #h## 5#OJ # QJ # ^J # #kR mR ÌS T aU #V ¾V CW ¯W °W ÈW ÊW ËW ð#ÿ n# #Y# Ý#ÿ n# "## Ý#ÿ n# {#
  57. 57. Ý#ÿ n# {#
  58. 58. Ý#ÿ n# {#
  59. 59. Ý#ÿ n# {#
  60. 60. Ý#ÿ n# §## Ý#ÿ n# §## Ý#ÿ n# Ô## Ï # 1 ¬# Ä # É# ¬# ¸ # É# ¬#
  61. 61. #$#*$ If# gdm11 K$# #$#*$ If# gdm11 #$##$#*$ If# a$#gdm11 # #$#Æ# #S##S##dh## `S#a$#gdÿ
  62. 62. þ # #$##S##dà## `S#a$#gd4^@
  63. 63. S S «S ®S ¾S ÊS ËS ÌS áS âS ^T nT T ÑT ÙT îT #U BU `U 9V ÜV üV BW CW W ®W ¯W °W ±W ÈW óæÙÌÙÌ濵¿«¿wjwwjwU )#héB: #hm11 B*#OJ # QJ # ^J # nH##ph tH####héB: #h# OJ # QJ # ^J # ##héB: #h=H° OJ # QJ # ^J # ##héB: #hH$£ OJ # QJ # ^J # ##héB: #häX¹ OJ # QJ # ^J # ##héB: #hmt# OJ # QJ # ^J # ##h4^@ OJ # QJ # ^J # ##hÇUp OJ # QJ # ^J # ##héB: #hCcò OJ # QJ # ^J # ##héB: #h<# OJ # QJ # ^J # ##héB: #hq OJ # QJ # ^J # ##héB: #h OJ # QJ # ^J # ##héB: #hU? OJ # QJ # ^J # #ÈW ÉW ËW ÌW èW éW #X )X *X +X 9X :X =X >X [X X X X X X X °X ±X ³X ØX ÙX ÚX ÝX ÞX ïX ðX ñX òX #Y Y GY HY LY MY PY QY hY iY Y Y ¡Y ¢Y ¤Y ²Y ³Y ´Y ¸Y ¹Y æÑÀÑÀÑ«ÑÀÑÀÑÀÑæэ«ÑÀÑÀÑ«ÑÀÑÀэÑæÑÀÑÀÑÀÑÀÑæÑ«ÑÀÑ«ÑÀÑÀ##hIà B*#OJ # QJ # ^J # nH##ph tH##)#héB: #hIà B*#OJ # QJ # ^J # nH##ph tH##)#héB: #hö1ª B*#OJ # QJ # ^J # nH##ph tH## #héB: #hm11 OJ # QJ # ^J # nH##tH## )#héB: #hm11 B*#OJ # QJ # ^J # nH##ph tH##2#j #héB: #hm11 B*#OJ # QJ # U##^J # nH##ph tH##4ËW ÌW ÍW èW éW êW ¶ sÀ# « « # ÿ# ¬# 0 ýl# « z kds #$##$#If# #F #4#####ÖF #ûÿ¸##à&½## ## ### ## 'U#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ '### ## ÿÿÿÿ## t ##ö###6##ö# #ö# #Ö
  64. 64. ÿÿÿÿÿ ÿ#Ö
  65. 65. ÿÿÿÿÿ ÿ#Ö
  66. 66. ÿÿÿÿÿÿÿÿ#Ö
  67. 67. ÿÿÿÿÿ ÿ4Ö# ### 4Ö# # #F aö#A pÖ# ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ #$#*$ If# gdm11 H kd #$#If# K$#L$#####Ö# # É# 'É# t ##ö#É##6##ö# #ö# #Ö# ÿ#Ö# ÿ#Ö# ÿ#Ö# ÿ3Ö# ### 4Ö# ### aö# pÖ ÿ ÿ #êW ëW *X +X ,X -X 9X ô # É# ¬# ô # ÿ# ¬# y #Y# ô ô # É# ¬# ô # ÿ# ¬# z kd{# #$##$#If# #F #4#####ÖF #ûÿ¸## #½## ## ### ## 'U#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ '#ÿÿÿÿ## ÿÿÿÿ## t ##ö###6##ö# #ö# #Ö
  68. 68. ÿÿÿÿÿÿÿÿÿ#Ö
  69. 69. ÿÿÿÿÿ ÿ#Ö
  70. 70. ÿÿÿÿÿÿÿÿ#Ö
  71. 71. ÿÿÿÿÿ ÿ4Ö# ### 4Ö# # #F aö#A pÖ#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ ÿ ÿ ÿ ÿ #$#*$ If# gdm11 #9X :X ;X <X =X  sÀ# y # 1 ¬# y # É# ¬# y # ÿ# ¬# #$#*$ If# gdm11 z kd# #$##$#If# #F #4#####ÖF #ûÿ¸## #½## ## ### ## 'U#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ '#ÿÿÿÿ## ## ## t ##ö###6##ö# #ö# #Ö
  72. 72. ÿÿÿÿÿÿÿÿÿ#Ö
  73. 73. ÿÿÿÿÿ ÿ#Ö
  74. 74. ÿÿÿÿ ÿ#Ö
  75. 75. ÿÿÿÿÿ ÿ4Ö# ### 4Ö# # #F aö#A pÖ#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ ÿ ÿ ÿ ÿ #=X >X [X ]X ‘X ‘ sÀ# x # 1 ‘¬# m # É# ‘¬# m # ÿ# ‘¬# #$#*$ If# gdm1 1 #$##$#*$ If# a$#gdm1 1 y kd‘# #$##$#If# #‘F #‘###ÖF #ûÿ¸ #‘# '½ ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ 'U#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ '‘#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ t ##ö#‘##6##ö# #ö# #Ö
  76. 76. ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ#Ö
  77. 77. ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ#Ö
  78. 78. ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ#Ö
  79. 79. ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ4Ö# ### 4Ö# # #F aö#A pÖ# ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ #‘X ‘X ‘X ‘X °X ‘ #Y# y y y # ÿ# ‘¬# #$#*$ If# gdm1 1 z kdM# #$##$#If# #‘F #4##‘###ÖF #ûÿ¸ #‘#à&½ ## ## ### ## `'U#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ '‘### ## ÿÿÿÿ## t ##ö#‘##6##ö# #ö# #Ö
  80. 80. ÿÿÿÿÿ ÿ#Ö
  81. 81. ÿÿÿÿÿ ÿ#Ö
  82. 82. ÿÿÿÿÿÿÿÿ#Ö
  83. 83. ÿÿÿÿÿ ÿ4Ö# ### 4Ö# # #F aö#A pÖ# ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ #°X ±X ²X ³X ÙX ‘ sÀ# y y y # ÿ# ‘¬# #$#*$ If# gdm1 1 z kdZ# #$##$#If# #‘F #4##‘###ÖF #ûÿ¸ #‘# #½ ## ## ### ## #U#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ '‘#ÿÿÿÿ## ÿÿÿÿ## t ##ö#‘##6##ö# #ö# #Ö
  84. 84. ÿÿÿÿÿÿÿÿÿ#Ö
  85. 85. ÿÿÿÿÿ ÿ#Ö
  86. 86. ÿÿÿÿÿÿÿÿ#Ö
  87. 87. ÿÿÿÿÿ ÿ4Ö# ### 4Ö# # #F aö#A pÖ#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ ÿ ÿ #ÙX ÚX ÛX ÜX ÝX ‘ #Y# y # 1 ‘¬# y # É# ‘¬# y # ÿ# ‘¬# #$#*$ If# gdm1 1 z kdg# #$##$#If# #‘F #4##‘###ÖF #ûÿ¸ #‘# #½ ## ## ### ## #U#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ '‘#ÿÿÿÿ## ## ## t ##ö#‘##6##ö# #ö# #Ö
  88. 88. ÿÿÿÿÿÿÿÿÿ#Ö
  89. 89. ÿÿÿÿÿ ÿ#Ö
  90. 90. ÿÿÿÿ ÿ#Ö
  91. 91. ÿÿÿÿÿ ÿ4Ö# ### 4Ö# # #F aö#A pÖ#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ ÿ ÿ #ÝX ÞX ñX óX #Y ‘ sÀ# x # 1 ‘¬# m # É# ‘¬# m # ÿ# ‘¬# #$#*$ If# gdm1 1 #$##$#*$ If# a$#gdm1 1 y kdt# #$##$#If# #‘F #‘###ÖF #ûÿ¸ #‘# '½ ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ 'U#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ '‘#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ t ##ö#‘##6##ö# #ö# #Ö
  92. 92. ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ#Ö
  93. 93. ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ#Ö
  94. 94. ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ#Ö
  95. 95. ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ4Ö# ### 4Ö# # #F aö#A pÖ# ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ ##Y Y !Y "Y GY ‘ #Y# y y y # ÿ# ‘¬# #$#*$ If# gdm1 1 z kd6# #$##$#If# #‘F #4##‘###ÖF #ûÿ¸ #‘#à&½ ## ## ### ## `'U#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ '‘### ## ÿÿÿÿ## t ##ö#‘##6##ö# #ö# #Ö
  96. 96. ÿÿÿÿÿ ÿ#Ö
  97. 97. ÿÿÿÿÿ ÿ#Ö
  98. 98. ÿÿÿÿÿÿÿÿ#Ö
  99. 99. ÿÿÿÿÿ ÿ4Ö# ### 4Ö# # #F aö#A pÖ# ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ #GY HY IY JY LY ‘ #Y# y y y # ÿ# ‘¬# #$#*$ If# gdm1 1 z kdC #$##$#If# #‘F #4##‘###ÖF #ûÿ¸ #‘# #½ ## ## ### ## #U#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ '‘#ÿÿÿÿ## ÿÿÿÿ## t ##ö#‘##6##ö# #ö# #Ö
  100. 100. ÿÿÿÿÿÿÿÿÿ#Ö
  101. 101. ÿÿÿÿÿ ÿ#Ö
  102. 102. ÿÿÿÿÿÿÿÿ#Ö
  103. 103. ÿÿÿÿÿ ÿ4Ö# ### 4Ö# # #F aö#A pÖ#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ ÿ ÿ #LY MY NY OY PY ‘ sÀ# y # 1 ‘¬# y # É# ‘¬# y # ÿ# ‘¬# #$#*$ If# gdm1 1 z kdP #$##$#If# #‘F #4##‘###ÖF #ûÿ¸ #‘# #½ ## ## ### ## #U#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ '‘#ÿÿÿÿ## ## ## t ##ö#‘##6##ö# #ö# #Ö
  104. 104. ÿÿÿÿÿÿÿÿÿ#Ö
  105. 105. ÿÿÿÿÿ ÿ#Ö
  106. 106. ÿÿÿÿ ÿ#Ö
  107. 107. ÿÿÿÿÿ ÿ4Ö# ### 4Ö# # #F aö#A pÖ#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ ÿ ÿ #PY QY hY jY ¡Y ‘ sÀ# x # 1 ‘¬# m # É# ‘¬# m # ÿ# ‘¬# #$#*$ If# gdm1 1 #$##$#*$ If# a$#gdm1 1 y kd]# #$##$#If# #‘F #‘###ÖF #ûÿ¸ #‘# '½ ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ 'U#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ '‘#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ t ##ö#‘##6##ö# #ö# #Ö
  108. 108. ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ#Ö
  109. 109. ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ#Ö
  110. 110. ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ#Ö
  111. 111. ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ4Ö# ### 4Ö# # #F aö#A pÖ# ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ #¡Y ¢Y £Y ¤Y ³Y ‘ #Y# y y y # ÿ# ‘¬# #$#*$ If# gdm1 1 z kd#
  112. 112. #$##$#If# #‘F #4##‘###ÖF #ûÿ¸ #‘#à&½ ## ## ### ## `'U#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ '‘### ## ÿÿÿÿ## t ##ö#‘##6##ö# #ö# #Ö
  113. 113. ÿÿÿÿÿ ÿ#Ö
  114. 114. ÿÿÿÿÿ ÿ#Ö
  115. 115. ÿÿÿÿÿÿÿÿ#Ö
  116. 116. ÿÿÿÿÿ ÿ4Ö# ### 4Ö# # #F aö#A pÖ# ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ #³Y ´Y µY ¶Y ¸ Y ‘ sÀ# y y y # ÿ# ‘¬# #$#*$ If# gdm1 1 z kd, #$##$#If# #‘F #4##‘###ÖF #ûÿ¸ #‘# #½ ## ## ### ## #U#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ '‘#ÿÿÿÿ## ÿÿÿÿ## t ##ö#‘##6##ö# #ö# #Ö
  117. 117. ÿÿÿÿÿÿÿÿÿ#Ö
  118. 118. ÿÿÿÿÿ ÿ#Ö
  119. 119. ÿÿÿÿÿÿÿÿ#Ö
  120. 120. ÿÿÿÿÿ ÿ4Ö# ### 4Ö# # #F aö#A pÖ#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ ÿ ÿ #¸ Y ¹Y þY +Z , Z 0[ # ‘ #^ j_ ‘ sÀ# x # n# v:# x # n# v:# i#ÿ n# Ô## i#ÿ n# O## Z#ÿ n# O## Z#ÿ n# §## Z#ÿ n# "## Z#ÿ n# "## # #$##‘S##dh## `‘S#a$#gd¾## # #$##‘S##dh## `‘S#a$#gd!w# # #$#Æ# #S#‘a$#gdäX¹ z kd9# #$##$#If# #‘F #4##‘###ÖF #ûÿ¸ #‘# #½ ## ## ### ## #U#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ '‘#ÿÿÿÿ## ## ## t ##ö#‘##6##ö# #ö# #Ö
  121. 121. ÿÿÿÿÿÿÿÿÿ#Ö
  122. 122. ÿÿÿÿÿ ÿ#Ö
  123. 123. ÿÿÿÿ ÿ#Ö
  124. 124. ÿÿÿÿÿ ÿ4Ö# ### 4Ö# # #F aö#A pÖ#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ ÿ ÿ ¹Y ÁY ÃY ýY þY *Z +Z , Z 6Z 7Z @Z AZ BZ CZ ¨Z ©Z ¶Z ËZ ÌZ ÍZ ÓZ ×Z ÜZ éZ êZ ÷Z #[ 0[ ^[ q[ ¡[ # ïáïÓᵨ‘¨‘¨‘¨‘w¨‘¨‘¨‘¨‘¨‘¨j]P] ##héB: #h‘‘A OJ# QJ# ^J# ##héB: #hÊ^# OJ# QJ# ^J# ##héB: #hom OJ# QJ# ^J# ##h‘Ià OJ# QJ# ^J# ##héB: #hSu‘ OJ# QJ# ^J# ##héB: #h#Zç OJ# QJ# ^J# ##héB: #h##è OJ# QJ# ^J# ##héB: #h‘‘‘ OJ# QJ# ^J# ##héB: #häX¹ OJ# QJ# ^J# #h# ‘ #h2‘Á CJ# OJ# QJ# ^J# aJ# ##hûb¹ CJ# OJ# QJ# ^J# aJ# ##h2‘Á CJ# OJ# QJ# ^J# aJ# #h2‘Á #häX¹ CJ# OJ# QJ# ^J# aJ# ## # 8 = > A l n r z ‘ ± ´ ½ Ê Ñ Ý ç é ì ï #] Y] Z] j] m] q] }] ~] ‘] £] Å] ^ #^ #^ #^ #^ #^ $^ %^ , ^ B^ N^ O^ g^ i^ o^ p^ ‘^ ‘^ ‘^ óæÙÏÙæÂæÂ浨µ¨µ¨µ¨µ¨‘¨µ‘µ‘µ‘µ¨‘¨æµ‘µ‘µ‘µ‘‘µ‘µ‘‘‘‘‘ ##héB: #hÜXV OJ# QJ# ^J# ##héB: #häw% OJ# QJ# ^J# ##héB: #hÊ^# OJ# QJ# ^J# ##héB: #h#'J OJ# QJ# ^J# ##héB: #hW#Ð OJ# QJ# ^J# ##héB: #h##è OJ# QJ# ^J# ##hW4 OJ# QJ# ^J# ##hW4 #háZ) OJ# QJ# ^J# ##héB: #háZ) OJ# QJ# ^J# ##héB: #hom OJ# QJ# ^J# 2‘^ ‘^ ^ ¡^ ¢^ §^ ¬^ ¾^ Æ^ í^ ü^ #_ #_ (_ :_ @_ i_ j_ s_ t_ ~_ ‘_ ‘_ Ï_ í_ #` *` ‘` #a #a Za sa #b #b #b #b #b Xb ‘b ‘b óæóæÙóÙæÙæÙóÙ̲̿ÌóÌóÌ¥¿¥‘ó‘Ì‘ó‘ó‘~q‘qd ##héB: #he[q OJ# QJ# ^J# ##héB: #h÷#B OJ# QJ# ^J# ##héB: #hÇUp OJ# QJ# ^J# ##héB: #hCmu OJ# QJ# ^J# ##héB: #hºT‘ OJ# QJ# ^J# ##héB: #h#J" OJ# QJ# ^J# ##héB: #h‘# OJ# QJ# ^J# ##héB: #h>F9 OJ# QJ# ^J# ##héB: #h7E> OJ# QJ# ^J# ##héB: #hW#Ð OJ# QJ# ^J# ##héB: #hÜXV OJ# QJ# ^J# ##héB: #h‘Pa OJ# QJ# ^J# 'j_ #a ‘b hc ÿc ód ´e Ìf ‘g áh k #k #k #k ?k @k ñl Ûm ð#ÿ n# ö## ð#ÿ n# "## ð#ÿ n# {#
  125. 125. ð#ÿ n# {#
  126. 126. ð#ÿ n# O## ð#ÿ n# {#
  127. 127. ð#ÿ n# O## ð#ÿ n# {#
  128. 128. á#ÿ n# "## Ò#ÿ n# ‘# Ã#ÿ n# #Y# Ã#ÿ n# #Y# Ã#ÿ n# #Y# ¸ #ÿ n# Ô## Ã#ÿ n# #Y# ©#ÿ n# ö## ©#ÿ n# O## # #$##‘S##dh## `‘S#a$#gdY » #$##dh## a$#gd‘4¯ # #$##‘S##dà## `‘S#a$#gd# ‘ # #$##‘S##dh## `‘S#a$#gdÖ9` # #$##‘S##dh## `‘S#a$#gdÙd× # #$##‘S##dh## `‘S#a$#gd>F9 #‘b #c #c gc hc ‘c ¤c þc ÿc Cd bd gd ‘d d »d òd oe te ´e Ïe f f .f If Sf Tf hf qf Ãf Äf Ëf Ìf áf óæóÙÌæÌóÌ¿Ì¿²¥²Ì‘Ì‘‘¿~¿~¿~q~q~dW ##héB: #h#Ve OJ# QJ# ^J# ##héB: #hCmu OJ# QJ# ^J# ##héB: #h¯.Ì OJ# QJ# ^J# ##héB: #hß]$ OJ# QJ# ^J# ##héB: #hå#q OJ# QJ# ^J# ##héB: #h#rÀ OJ# QJ# ^J# ##héB: #hÂ7Ç OJ# QJ# ^J# ##héB: #hÑ4 OJ# QJ# ^J# ##héB: #h?#Y OJ# QJ# ^J# ##héB: #h"#Y OJ# QJ# ^J# ##héB: #h÷#B OJ# QJ# ^J# ##héB: #h##Q OJ# QJ# ^J# ##héB: #h9Tb OJ# QJ# ^J# áf Wg ‘g ‘g 0h 1 h ‘h ‘h ‘h ‘h Ãh àh áh
  129. 129. i i &i 'i (i `i gi hi si ‘i «i ãi ìi k #k #k óæÙóÌóæó¿ó²¥‘‘‘‘t‘g‘g‘]‘]‘SI ##h# ‘ OJ# QJ# ^J# ##hÖ9` OJ# QJ# ^J# ##h‘Ià OJ# QJ# ^J# ##h# ‘ #h8G+ OJ# QJ# ^J# ##h# ° #hÖ9` OJ# QJ# ^J# ##héB: #h# ° OJ# QJ# ^J# ##h# ° OJ# QJ# ^J# ##h# ‘ #hÖ9` OJ# QJ# ^J# ##héB: #hXz¬ OJ# QJ# ^J# ##héB: #h_W OJ# QJ# ^J# ##héB: #h%#` OJ# QJ# ^J# ##héB: #hÂ7Ç OJ# QJ# ^J# ##héB: #h#Ve OJ# QJ# ^J# ##héB: #hÙd× OJ# QJ# ^J# ##héB: #h;#7 OJ# QJ# ^J# ##k #k >k @k ik ‘k ñl m ¼m Æm Úm Ûm ‘n n #o #o ×o Øo 'p ºp ðàÐö鑑‘©¶‘¶udSdB #hmzá #hW>Ð CJ# OJ# QJ# ^J# aJ# #hmzá #hY » CJ# OJ# QJ# ^J# aJ# #hmzá #hAz CJ# OJ# QJ# ^J# aJ# ##héB: #hq#Y OJ# QJ# ^J# ##héB: #hÇUp OJ# QJ# ^J# ##hmzá #hmzá OJ# QJ# ^J# ##hmzá #hÑG1 OJ# QJ# ^J# ##hmzá #h¿## OJ# QJ# ^J# ##héB: #hY » OJ# QJ# ^J# ##héB: #h0#| OJ# QJ# ^J# ##héB: #h‘4¯ 5#‘OJ# QJ# #‘^J# ##héB: #hk;M 5#‘OJ# QJ# #‘^J# ##héB: #hOb‘ 5#‘OJ# QJ# #‘^J# #Ûm #o #o Äp Åp Æp ¾q *s ís ‘t ‘u ÷v ¼w Óy !{ ý{ ð#ÿ n# "## á#ÿ n# #Y# Ð # n# v:# À#ÿ n# #Y# ³ # n# ‘¬# ¤#ÿ n# O## ¤#ÿ n# "## ¤#ÿ n# {#
  130. 130. ¤#ÿ n# {#
  131. 131. ¤#ÿ n# {#
  132. 132. ‘#ÿ n# "## ð#ÿ n# {#
  133. 133. ð#ÿ n# Ê## ð#ÿ n# "## ‘#ÿ n# {#
  134. 134. # #$#Æ# #‘# #dh## a$#gdÆ]3 # #$##‘S##dh## `‘S#a$#gdÞ?¸ # #$##‘S##dh## `‘S#a$#gd‘4¯ #$#Æ# #Ü#ø a$#gdW>Ð # #$#Æ# #Ü#ø #dà## a$#gd# ° # #$#Æ# #Ü#ø #‘Ü#^‘Ü#a$#gdW>Ð # #$##‘S##dà## `‘S#a$#gd# ° # #$##‘S##dh## `‘S#a$#gd0#| #ºp ¿p Áp Äp Åp Æp ¤q ½ q ¾q üq ýq #r #r r #r Mr Xr sr ‘r )s *s =s ïÞÍÀ³¥‘¥‘‘‘‘‘‘‘{‘m_QC ##héB: #h‘4¯ OJ# QJ# #‘^J# ##hmzá #hØq‘ OJ# QJ# #‘^J# ##hmzá #hô}‘ OJ# QJ# #‘^J# ##héB: #hô}‘ OJ# QJ# #‘^J# ##héB: #h´P! OJ# QJ# #‘^J# ##héB: #h/#Ð OJ# QJ# #‘^J# ##héB: #hØq‘ OJ# QJ# #‘^J# ##héB: #h'
  135. 135. # OJ# QJ# #‘^J# ##héB: #hq#Y OJ# QJ# ^J# ##héB: #hW>Ð OJ# QJ# ^J# #hmzá #h×k£ CJ# OJ# QJ# ^J# aJ# #hmzá #hW>Ð CJ# OJ# QJ# ^J# aJ# #hW4 #hW>Ð CJ# OJ# QJ# ^J# aJ# #=s >s bs ‘s ‘s ‘s Ús ás îs ïs ÷s ÿs 6t Bt Ct Nt Ot Yt [t rt st Út Ût #u 'u (u )u uu ‘u ‘u ‘u ‘u ‘u ºu »u ßu áu zv v ¿v öv ÷v ñãñãÕãÇã¹ã«ã «ã¹ã‘¹‘¹«¹‘¹‘¹‘¹‘¹‘¹‘¹‘¹v¹vã ##héB: #hÞ?¸ OJ# QJ# #‘^J# ##héB: #h:Yn OJ# QJ# #‘^J# ##héB: #h=ü OJ# QJ# #‘^J# ##h‘My OJ# QJ# #‘^J# ##héB: #h/#Ð OJ# QJ# #‘^J# ##héB: #hæ)L OJ# QJ# #‘^J# ##héB: #hÂ7Ç OJ# QJ# #‘^J# ##héB: #h0#| OJ# QJ# #‘^J# ##héB: #h‘4¯ OJ# QJ# #‘^J# ##héB: #h‘_# OJ# QJ# #‘^J# )÷v `w kw ¼w Áw Ëw >x ?x ‘x Òy Óy Ôy Þy ßy z #z #z |z ‘z ¡z ½ z Âz Ãz ßz { ! { "{ P{ Q{ ×{ óéóÛÐÛÂÛ´¦Â¦Â¦Â‘‘¦‘¦|‘ÂnaWa ##h# ° OJ# QJ# ^J# ##héB: #hÆ]3 OJ# QJ# ^J# ##héB: #h¹#‘ 5#‘OJ# QJ# ^J# ##héB: #h ´P! OJ# QJ# #‘^J# ##héB: #hÒOo OJ# QJ# #‘^J# ##héB: #h‘6é OJ# QJ# #‘^J# ##héB: #h:Yn OJ# QJ# #‘^J# ##héB: #hk;M OJ# QJ# #‘^J# ##héB: #hÝ#à OJ# QJ# #‘^J# ##hÇUp OJ# QJ# #‘^J# ##héB: #hø#¿ OJ# QJ# #‘^J# ##h‘My OJ# QJ# ^J# ##héB: #h0#| OJ# QJ# ^J# #×{ ÿ{ | #| #| #| #| #| #| ë| } /} ö~ þ~ #‘ ͑ Α ɑ ̑ ¬‘ ̑ ͑ z‘ ґ ӑ #‘ #‘ °‘ óæØʼ®¼£‘‘‘‘w‘l‘awaVKVlVawa ##hmzá #hÚ#û CJ# aJ# ##hmzá #h#s¢ CJ# aJ# ##hmzá #h2#‘ CJ# aJ# ##hmzá #h]· CJ# aJ# ##hmzá #h‘&e CJ# aJ# ##hmzá #há
  136. 136. # CJ# aJ# ##héB: #hé&# CJ# aJ# ##héB: #h*`‘ CJ# aJ# ##héB: #hægÈ CJ# aJ# ##héB: #h¿'à 5#‘OJ# QJ# ^J# ##héB: #h*`‘ 5#‘OJ# QJ# ^J# ##héB: #hægÈ 5#‘OJ# QJ# ^J# ##héB: #hOb‘ 5#‘OJ# QJ# ^J# ##héB: #hk;M OJ# QJ# ^J# ##héB: #h´P! OJ# QJ# ^J# #ý{ | #| #| /} Α ¬‘ ӑ O‘ í‘ m‘ #‘ #‘ 8‘ 9‘ Á‘ ð#ÿ n# #Y# á#ÿ n# Ô## Õ#ÿ n# #Y# É#ÿ n# O## É#ÿ n# q#$ ½ #ÿ n# ö## É#ÿ n# O## ±#ÿ n# "## ±#ÿ n# ö## ±#ÿ n# "## ±#ÿ n# {#
  137. 137. ¥#ÿ n# #Y# ‘#ÿ n# Ô## ‘#ÿ n# #Y# ‘ # n# ‘¬# # #$#a$#gdé4Í # #$##‘S##dà## `‘S#a$#gdmzá #$##dh## a$#gdR#o #- #‘S##dà## `‘S#gdq#Y #- #‘H##dh## `‘H#gd2#‘ #- #‘S##dh## `‘S#gd2#‘ #- #‘S##dh## `‘S#gd©"§ #- #‘S##dà## `‘S#gd‘#‘ # #$#Æ# #‘# #dh## a$#gdXz¬ # #$#Æ# #‘# #dà## a$#gdq#Y #°‘ ¸ ‘ 㑠H‘ I‘ Q‘ å‘ æ‘ #‘ #‘ 8‘ 9‘ O‘ P‘ ‘‘ ‘‘ ¨‘ ¿‘ À‘ Á‘ ‘ ʑ ۑ û‘ ü‘ ý‘ þ‘
  138. 138. ‘ #‘ ?‘ õêßêßêõêÔƹ¬‘‘‘¬¹‘¹u¬g¬‘¬Z‘ZL ##héB: #hè[ì 5#‘OJ# QJ# ^J# ##héB: #hè[ì OJ# QJ# ^J# ##héB: #hõ#‘ 5#‘OJ# QJ# ^J# ##héB: #hé4Í OJ# QJ# ^J# ##héB: #h9, C OJ# QJ# ^J# ##héB: #h*`‘ 5#‘OJ# QJ# #‘^J# ##héB: #hT*# OJ# QJ# ^J# ##héB: #hõ#‘ OJ# QJ# ^J# ##héB: #h*`‘ OJ# QJ# ^J# ##héB: #h*`‘ 5#‘OJ# QJ# ^J# ##héB: #h#s¢ CJ# aJ# ##hmzá #h‘&e CJ# aJ# ##hmzá #h2#‘ CJ# aJ# ##hmzá #hÇUp CJ# aJ# #Á‘ ‘ ý‘ þ‘ ‘‘ ‘‘ #‘ #‘ `‘ a‘ #‘ #‘ v‘ w‘ ґ ӑ 7‘ 8‘ ‘‘ ‘‘ #‘ #‘ O‘ P‘ R‘ S‘ U‘ V‘ ÷ # n# ‘¬# ÷ # n# ‘¬# ÷ # n# ‘¬# ÷ # n# ‘¬# ÷ # n# ‘¬# ÷ # n# ‘¬# ÷ # n# ‘¬# ÷ # n# ‘¬# ÷ # n# ‘¬# ÷ # n# ‘¬# ÷ # n# ‘¬# ÷ # n# ‘¬# ÷ # n# ‘¬# ÷ # n# ‘¬# ÷ # n# ‘¬# ÷ # n# ‘¬# ë # n# ‘¬# ÷ # n# ‘¬# ÷ # n# ‘¬# ÷ # n# ‘¬# ÷ # n# ‘¬# ÷ # n# ‘¬# ÷ # n# ‘¬# é é é é # # #$##‘S#`‘S#a$#gdé4Í # #$#a$#gdé4Í #?‘ @‘ ‘‘ ‘‘ ‘‘ ‘‘ ¶‘ #‘ #‘ #‘ F‘ ^‘ _‘ `‘ ‘‘ ·‘ #‘ #‘ #‘ =‘ >‘ t‘ u‘ ‘‘ ¦‘ Б ё ä‘ ç‘ é‘ ü‘ óæÙæ̱̾¤‘¤Ù¤‘y‘æk]kæÙækæÙæPÙP ##héB: #hKTV OJ# QJ# ^J# ##héB: #h9, C 5#‘OJ# QJ# ^J# ##héB: #hè[ì 5#‘OJ# QJ# ^J# ##héB: #hz## 5#‘OJ# QJ# ^J# ##héB: #hz## OJ# QJ# ^J# ##héB: #h*`‘ 5#‘OJ# QJ# #‘^J# ##héB: #h*`‘ OJ# QJ# ^J# ##héB: #hõ#‘ OJ# QJ# ^J# ##héB: #h?3£ 5#‘OJ# QJ# ^J# ##héB: #h?3£ OJ# QJ# ^J# ##héB: #hT*# OJ# QJ# ^J# ##héB: #hè[ì OJ# QJ# ^J# ##héB: #h9, C OJ# QJ# ^J# #ü‘ #‘ 5‘ 6‘ 7‘ 8‘ L‘ i‘ ‘‘ ‘‘ ‘‘ ²‘ Б #‘ #‘ /‘ N‘ O‘ P‘ Q‘ S‘ T‘ V‘ W‘ Y‘ Z‘ ‘ ]‘ c‘ d‘ e‘ ñä×ʽ ° ½ ×½ ‘‘‘xj×x‘b^b^b^b^TNTN #hÊk 0J4 ##j #hÊk 0J4 U####hÊk ##j #hÊk U####héB: #h`(ý 5#‘OJ# QJ# ^J# ##héB: #h`(ý OJ# QJ# ^J# ##héB: #h?3£ 5#‘OJ# QJ# ^J# ##héB: #h?3£ OJ# QJ# ^J# ##héB: #h*`‘ 5#‘OJ# QJ# #‘^J# ##héB: #hõ#‘ OJ# QJ# ^J# ##héB: #h*`‘ OJ# QJ# ^J# ##héB: #hè[ì OJ# QJ# ^J# ##héB: #hT*# OJ# QJ# ^J# ##héB: #hKTV OJ# QJ# ^J# ##héB: #hKTV 5#‘OJ# QJ# ^J# #V‘ X‘ Y‘ [‘ ‘ e‘ f‘ g‘ r‘ s‘ t‘ u‘ v‘ ý ý ý ý ñ è ý Ü # y ‘¬# è # n# ‘¬# ý ý Ô # n# ‘¬# # #$#a$#gdé4Í #0 #‘øÿ#‘# #&`#$#gd_#‘ #0 #‘h#]‘h#gdGK6 #0 #‘øÿ#‘# #&`#$#gd# ¡ #
  139. 139. e‘ g‘ h‘ n‘ o‘ p‘ q‘ r‘ u‘ v‘ üòìòáòìüÔ ##héB: #h?3£ OJ# QJ# ^J# ##hºs‘ 0J4 mH #nH #u## #hÊk 0J4 ##j #hÊk 0J4 U####hÊk * &P 1 ‘h#:p# ¡ #°‘. °ÅA! °¥#"°n##‘¥#$‘n#%° n#ðq# ·?0‘‘eVPÕ˧ב#¶øÿ‘PNG # IHDR A K## /lê# #sRGB ®Î#é #gAMA ±‘#üa# cHRM z& ‘‘ ú ‘è u0 ê` :‘ #p‘ºQ< pHYs ## ###Ê&ó? #ÉIDATx^í‘Ïk#1 #Ç{ôèÑ£G‘^t‘‘¶[D- ø£#¥‘uªø£(¢¢¨‘Úöäδ²(b¥("‘‘""â##ñèÑ?Á£Ç#=‘óf»¸ ;ó‘I2Ùd󦑡Ðfû^>I&ù¾÷ґ‘Í/ {#*Í`ёõ!±m‘QµÙº4$îØq£#!‘*^8gǑ!°Ú‘‘|÷©!pɼ#½ #âÙð·2»Ü0ï‘e‘}3!‘Áz}&ÜiÙ-³æ3#: þTü»ÛÍzbÑ# ¡ó~ø]##L#É®#ü‘ðÛ[-‘‘#Ó|#ÉöùsÂ_ØbÆ#KVÒ##ókɹ¡o×h#‘I‘Hwxzñ[4~öq#DÜq#¼Ù
  140. 140. ‘¥ïё‘¯ÑØ©‘Ù#ᑫ‘÷ȑ#
  141. 141. Âô#‘Ñ#÷±¥AOp± ‘C·?E#‘xב·0^‘3ɑ‘‘¸ õ1 ªû÷°¥AGpåA ##o~‘ªÇWúw‘Xg‘#"# đëïP#»g[U- ó##‘éG##‘Ø‘õMvëÔ-¸ #NoØþõgÐYÞ³ïÊk#‘F‘á## ´çâ##Ä.?ÜVxi¸ #! #qá92#5#.##c§#EãgVµ=yË¡÷÷‘ç‘bKñG!‘¡###42‘kmËÐ#q#_]p9##^¢1 #‘‘YߑgJï#'! p#WÍ[nK‘p##, ±Ãw¾ :C:Ãå2‘®àªÏµ‘é
  142. 142. ×!tu#.¸ ZǑ‘###‘θ ñ^]pQ‘À#¹‘#J# #®3‘õ‘¿²‘¹4¨A #{/¿‘##!ð##‘Ø¡ #@à:##‘! ‘ƹ'ù‘#ê#@g‘‘|ÀÏgP‘ #‘¢
  143. 143. aêÚ[4>‘Ù.©B`EªÑ‘#E#‘³Hk ¨‘bæ, ¨A‘¨#&¦j^p´#'FV#3·^‘ÊL‘Ô>º#‘‘#‘‘ 1 G¤¶A8Ôæ<#f‘‘DÐÕu#¬c±PD©ÛÈe#Ú#1 ®B@s‘ª5‘.B`#M‘‘³*#læ"‘#‘Ô#!n¬#A÷gDs‘‘#ÐR! ¯»C*‘O##+¤®¥tGÅiݑɑ -‘d‘‘éz%°‘‘È‘‘#"4Í&‘]‘#bª½ (#V‘Da§##f³‘ 25‘EìäB =#‘#¥Ûő‘N±7#‘#ATd‘L}‘##Ó#‘ê‘LuJÖ###^¢Gô*##A« ‘###íÓ##¢#ltLÆf
  144. 144. #E¹#tW°Ë‘‘ɶ, #¥º<‘Aàf‘L‘‘)[
  145. 145. #tî7‘‘ÌB(á¿#é‘ ]‘+Bّ6ÿ!H$H葑‘##èޑ#‘AR#‘t¼·M¡«:²ÆrÚÿ#"¸ 9‘a¦Q¼ IEND®B`‘ n#ðÁ# ·Ä¬v6‘‘‘b#‘aPÈ¡ÿ‘PNG # IHDR C J## àÅé» #sRGB ®Î#é #gAMA ±‘#üa# cHRM z& ‘‘ ú ‘è u0 ê` :‘ #p‘ºQ< pHYs ## ###Ê&ó? ##IDATx^íܽ K#A# pKKÿ#KK»ä<ü"p‘(‘^‘[#Eñ8#, #QÔ*î¢##‘‘(¢#‘‘‘¨ #‘‘‘‘‘W^i¹î‘Dãî‘ÙÙّÌî{#¶#‘ìÌoçMÞ| ÙÖÖúI‘@®ä‘¥£$)(E¾ì¸ -‘Ú‘`#¯WÉù‘‘gc¶#u
  146. 146. ¯u<‘#yk#Õp¡Ò‘Që?è‘ø1 ê =£N·Ù 6pw#£Ú¡Úÿɑp1 (‘#1 ¨‘ø1 ?‘ªyGãU²ÿå¬J§‘(nî-ý#/®ÿu#‘# Î#z##‘, ##‘$‘#‘‘ôMí#B&W²#û_#Íè&Ü-
  147. 147. £¸ v#‘äËö#:‘P
  148. 148. ¯u‘#‘Âh6H®l¯‘¸ ¤1 j ½ #‘‘_»eç®ßZmO, ªC3A‘"¤éwÖi‘®o«7.#â=ÈëÄ@²‘Á ´‘d C;‘ ÆÀô‘[‘;Iô #‘Æ¿‘¬¹‘Ç‘C}Èi¬þC#ãË‘0¾£TLõµ|#ûP#$«#
  149. 149. 1q,c$#u
  150. 150. #2¼táöX[Ð|H%RÈ`À#°R###F" 0ê ùïÁá¿L#ÁÁ@#Ï]#Ä#þO#C###D¸ò#C #3Æ##0Ò#[#v
  151. 151. ##`=ý{C(`ð@#[!¨`,_Yꐤ##o@#ÈN±cD#ÙbƐ#Á²1¬#l¾##Lþ`ÄàM#{u#O#bÐ5 ###ª>Ã[¨îÜîòL(Z#wÅÞ¹´Úy$·.d##I¬÷##3ûÀh4Æf#azyQ´ï+Ö®##
  152. 152. #̨m¤©|¦,6#Õ>C¥²aïÁ(Ì#ëÝ4kb##»§#'
  153. 153. m#z'#>Y]Ò+fi}a#
  154. 154. ##£#²#è! ¾ #pV#ãᐰ#A =Ø' #! #r#<
  155. 155. îê9öSÑþ0áA8/#H &TþBXzN¢EÔ3b1ÆÆ|Z3g-åâaDڐ§¥d#># #}µðcxåÆ[¾IS é©N¼T1Z#¯-xIë»_ ¯=~¤cñC IEND®B` n#ðk# ¨õÖÓ³è.óS®Â萸wÿPNG # IHDR E K## &JY #sRGB ®Î#é #gAMA ±#üa# cHRM z&  ú è u0 ê` : #pºQ< pHYs ## ###Ê&ó? #ÃIDATx^íÛ?KÃ@# pGG?£ £i#þ)bQ#»kc#D##Q#Å¥uÒD¥ 8#".##âìèGð#8:Æ^¥¶½Þ%w×r}ï Y4wùåÝÝKï24d?æ ä*Á¼yµÊ¸FN %ø±0ÔMȹAha#(#ba:`#FçfR#F±#ÃAA#АÖw¤)#ñ³ôBiî«øßè`h¹Ýû®#%
  156. 156. R>~#gwîpðPÐÃðPPÃD¡ CA ###ãx'£é'#K#EáÃ#_Z`³¬6###Sܾe
  157. 157. ×#`b³JêIVçñäÂã¶â֐~##){î8Ö~í0²#×y¼(J³)é#,x#áÔÆUâ
  158. 158. V####"{#º×#1##1Ó^}D)«ÂqýO%#((#fjóºw¸VR®½%## $IÀCI##$J¿0`Qú## #|L{Õaf###%#Æqý#&
  159. 159. #ÌRõ5¿ìÉc0XPHr'
  160. 160.  ¥#SX«³2ßÛÿþ## {#úK#### #,( XPxöyï|
  161. 161. e¢´#róQ#Ü|J{#êë FJiÿQ##b¤ô#%##H(,#²ìtbå4'=Í#¡Oá(¿63è(¨6#S搵¨ ¢¨DÈodæ##ÂÜ깐·@D*Ö1¢(ZA#1R´#¬Ö»ré###Hó#ÞZAá4r5é<Ää#¢ #aõg¬æ D###H#ÊâÑsHDºëCèþ×§ #áE j## #Ä#M#E##Ý|}ë×#-ÔôÅ=S5V#à#{îB ####FÉWÎê¦#
  162. 162. ©Ô¯=úøíUD©lp!(#¤ë#Y##¶³j¿#rÂìåËõ IEND®B` n#ð©# Âã#`¼q!¾Z§Ü#hÿPNG # IHDR I J## ÷çyr #sRGB ®Î#é #gAMA ±#üa# cHRM z&  ú è u0 ê` : #pºQ< pHYs ## ###Ê&ó? ##IDATx^íÛ±NÃ0##à¾U+X###/Ð ±°2tcH
  163. 163. L< #+3ÏŐ֨A!8¹³cÇéý%/q«XîÎN#/#ü#Àj]]#ߨ'#ñr]}#J@_mªP $B)#5 åpڐ©çÁê"1¢Hê@ù"©¹ÆÔ;`!1¢z.¶# 9¡öPÝHº~úª %Ô$D(%#¡ZP¾tk¢P=»ÄÔ#@()ݐ¥Þróü8#4iDI«Üý¾Ô½6É:ª$toÒ$#% ´d¿#);T
  164. 164. Âéík}~ÿ½ eA:»{ûycËR£¬!e(HÉ¡¬"%²
  165. 165. Ê:R#(#¤ÑP(H£ ¢¡Ð¢ #¡P ÔPèHW#õÉÍËÿâý?¶¿#9ÈH* '¤#BE #BD #BC#BB#BA##4#È:R# ËHɐ¬"%#²#(#i®ÛÜYbb÷b~#²È RV #Hِ#Ò^#tã#}#p# óyEºB |©ßW¸a´HÐ@#$x @± # §#$w#g%Ö]';«EVs o*=#»Uyá!¿ý##zf·#@#³C"0»#HÝ#Ô3G°#)&OÖ ##SL4ǯì É#m9ImY§ IEND®B` q #$#If# K$#L$#!v #h#5Ö# ##É##v #É#:V# ### t ##ö#É##6##ö# ,Ö# ##5Ö# ##É#9Ö# ##3Ö# ### 4Ö# # # pÖ ÿ ÿ ###$##$#If# #A !v #h#5Ö# ##½5Ö####U#5Ö######v #½#v##U##v###:V# #F #4#### t ##ö###6##ö# +Ö# #,Ö# ##,Ö####5Ö# ##½5Ö####U#5Ö#####9Ö# ##/Ö# ## ÿ## /Ö# ## ## /Ö####ÿÿÿÿÿÿàÿ/Ö#### ÿ## /Ö####ÿÿÿÿÿÿàÿ4Ö# # #F aö#A pÖ# ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ ###$##$#If# #A !v #h#5Ö# ##½ 5Ö####U#5Ö######v #½#v##U##v###:V# #F #4#### t ##ö###6##ö# +Ö# #,Ö# ##,Ö####5Ö# ##½5Ö####U#5Ö#####9Ö####/Ö# ## ÿ## /Ö# ## ## /Ö####ÿÿÿÿÿÿàÿ/Ö####ÿÿÿÿÿÿàÿ/Ö### ÿ## 4Ö# # #F aö#A pÖ#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ ÿ ÿ ÿ ÿ ###$##$#If# #A !v #h#5Ö# ##½ 5Ö####U#5Ö######v #½#v##U##v###:V# #F #4#### t ##ö###6##ö# +Ö# #,Ö# ##,Ö####5Ö# ##½5Ö####U#5Ö#####9Ö####/Ö# ## ÿ## /Ö# ## ## /Ö####ÿÿÿÿÿÿàÿ/Ö####ÿÿÿÿÿÿàÿ/Ö#### ÿ## 4Ö# # #F aö#A pÖ#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ ÿ ÿ ÿ ÿ À #$##$#If# #A !v #h#5Ö# ##½ 5Ö####U#5Ö######v #½#v##U##v###:V# #F ### t ##ö###6##ö# ,Ö# ##5Ö# ##½5Ö####U#5Ö#####9Ö# ##/Ö# ##ÿÿÿÿÿÿàÿ4Ö# # #F aö#A pÖ# ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ ###$##$#If# #A !v #h#5Ö# ##½ 5Ö####U#5Ö######v #½#v##U##v###:V# #F #4#### t ##ö###6##ö# +Ö# #+Ö###,Ö# ##,Ö####5Ö# ##½5Ö####U#5Ö#####9Ö# ##/Ö# ## ÿ## /Ö# ## ## /Ö####ÿÿÿÿÿÿàÿ/Ö#### ÿ## /Ö####ÿÿÿÿÿÿàÿ4Ö# # #F aö#A pÖ# ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ ###$##$#If# #A !v #h#5Ö# ##½ 5Ö####U#5Ö######v #½#v##U##v###:V# #F #4#### t ##ö###6##ö# +Ö# #+Ö###,Ö# ##,Ö####5Ö# ##½5Ö####U#5Ö#####9Ö####/Ö# ## ÿ## /Ö# ## ## /Ö####ÿÿÿÿÿÿàÿ/Ö####ÿÿÿÿÿÿàÿ/Ö### ÿ## 4Ö# # #F aö#A pÖ#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ ÿ ÿ ###$##$#If# #A !v #h#5Ö# ##½ 5Ö####U#5Ö######v #½#v##U##v###:V# #F #4#### t ##ö###6##ö# +Ö# #+Ö###,Ö# ##,Ö####5Ö# ##½5Ö####U#5Ö#####9Ö####/Ö# ## ÿ## /Ö# ## ## /Ö####ÿÿÿÿÿÿàÿ/Ö####ÿÿÿÿÿÿàÿ/Ö#### ÿ## 4Ö# # #F aö#A pÖ#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ ÿ ÿ À #$##$#If# #A !v #h#5Ö# ##½ 5Ö####U#5Ö######v #½#v##U##v###:V# #F ### t ##ö###6##ö# ,Ö# ##5Ö# ##½5Ö####U#5Ö#####9Ö# ##/Ö# ##ÿÿÿÿÿÿàÿ4Ö# # #F aö#A pÖ# ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ ###$##$#If# #A !v #h#5Ö# ##½ 5Ö####U#5Ö######v #½#v##U##v###:V# #F #4#### t ##ö###6##ö# +Ö# #+Ö###,Ö# ##,Ö####5Ö# ##½5Ö####U#5Ö#####9Ö# ##/Ö# ## ÿ## /Ö# ## ## /Ö####ÿÿÿÿÿÿàÿ/Ö#### ÿ## /Ö####ÿÿÿÿÿÿàÿ4Ö# # #F aö#A pÖ# ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ ###$##$#If# #A !v #h#5Ö# ##½ 5Ö####U#5Ö######v #½#v##U##v###:V# #F #4#### t ##ö###6##ö# +Ö# #+Ö###,Ö# ##,Ö####5Ö# ##½5Ö####U#5Ö#####9Ö####/Ö# ## ÿ## /Ö# ## ## /Ö####ÿÿÿÿÿÿàÿ/Ö####ÿÿÿÿÿÿàÿ/Ö### ÿ## 4Ö# # #F aö#A pÖ#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ ÿ ÿ ###$##$#If# #A !v #h#5Ö# ##½ 5Ö####U#5Ö######v #½#v##U##v###:V# #F #4#### t ##ö###6##ö# +Ö# #+Ö###,Ö# ##,Ö####5Ö# ##½5Ö####U#5Ö#####9Ö####/Ö# ## ÿ## /Ö# ## ## /Ö####ÿÿÿÿÿÿàÿ/Ö####ÿÿÿÿÿÿàÿ/Ö#### ÿ## 4Ö# # #F aö#A pÖ#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ ÿ ÿ À #$##$#If# #A !v #h#5Ö# ##½ 5Ö####U#5Ö######v #½#v##U##v###:V# #F ### t ##ö###6##ö# ,Ö# ##5Ö# ##½5Ö####U#5Ö#####9Ö# ##/Ö# ##ÿÿÿÿÿÿàÿ4Ö# # #F aö#A pÖ# ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ ###$##$#If# #A !v #h#5Ö# ##½ 5Ö####U#5Ö######v #½#v##U##v###:V# #F #4#### t ##ö###6##ö# +Ö# #+Ö###,Ö# ##,Ö####5Ö# ##½5Ö####U#5Ö#####9Ö# ##/Ö# ## ÿ## /Ö# ## ## /Ö####ÿÿÿÿÿÿàÿ/Ö#### ÿ## /Ö####ÿÿÿÿÿÿàÿ4Ö# # #F aö#A pÖ# ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ ÿ ###$##$#If# #A !v #h#5Ö# ##½ 5Ö####U#5Ö######v #½#v##U##v###:V# #F #4#### t ##ö###6##ö# +Ö# #+Ö###,Ö# ##,Ö####5Ö# ##½5Ö####U#5Ö#####9Ö####/Ö# ## ÿ## /Ö# ## ## /Ö####ÿÿÿÿÿÿàÿ/Ö####ÿÿÿÿÿÿàÿ/Ö###
  166. 166. ÿ## 4Ö# # #F aö#A pÖ#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ ÿ ÿ ###$##$#If# #A !v #h#5Ö# ##½ 5Ö####U#5Ö######v #½#v##U##v###:V# #F #4#### t ##ö###6##ö# +Ö# #+Ö###,Ö# ##,Ö####5Ö# ##½5Ö####U#5Ö#####9Ö####/Ö# ## ÿ## /Ö# ## ## /Ö####ÿÿÿÿÿÿàÿ/Ö####ÿÿÿÿÿÿàÿ/Ö#### ÿ## 4Ö# # #F aö#A pÖ#ÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿÿ ÿ ÿ # 5 # #  # # D @ñÿ# D
  167. 167. # # N o r m a l # *$# # CJ# _H##aJ# mH##sH##tH## r #@# # r
  168. 168. # # T í t u l o 2 - # #$##$# &##F# # # # @&#] ^ ` a$# # 5##CJ# OJ# QJ# ##^J# aJ# > A@òÿ¡ >
  169. 169. # # F o n t e p a r á g . p a d r ã o X i@óÿ³ X
  170. 170. # T a b e l a n o r m a l :V# #ö# 4Ö# ### 4Ö# # #l aö# # # , k ôÿÁ , # S e m l i s t a #
  171. 171. J þOòÿñ J
  172. 172. # A b s a t z - S t a n d a r d s c h r i f t a r t @ þOòÿ##@
  173. 173. # F o n t e p a r á g . p a d r ã o 2 P þOòÿ##P
  174. 174. # W W - A b s a t z - S t a n d a r d s c h r i f t a r t R þOòÿ!#R
  175. 175. # W W - A b s a t z - S t a n d a r d s c h r i f t a r t 1 T þOòÿ1#T
  176. 176. # W W - A b s a t z - S t a n d a r d s c h r i f t a r t 1 1 2 þOòÿA#2
  177. 177. W W 8 N u m 1 z 0 # OJ# QJ# 2 þOòÿQ#2
  178. 178. W W 8 N u m 2 z 0 # OJ# QJ# 6 þOòÿa#6
  179. 179. W W 8 N u m 2 z 1
  180. 180. OJ# QJ# ^J# 2 þOòÿq#2
  181. 181. W W 8 N u m 2 z 2 # OJ# QJ# 2 þOòÿ#2
  182. 182. W W 8 N u m 3 z 0 # OJ# QJ# 6 þOòÿ#6
  183. 183. W W 8 N u m 3 z 1
  184. 184. OJ# QJ# ^J# 2 þOòÿ¡#2
  185. 185. W W 8 N u m 3 z 2 # OJ# QJ# @ þOòÿ±#@
  186. 186. # F o n t e p a r á g . p a d r ã o 1 F þO²#Á#F
  187. 187. # R e f . d e c o m e n t á r i o 1 # CJ# aJ# 6 U@²#Ñ#6
  188. 188. H y p e r l i n k
  189. 189. B*#ph ÿ >*#T þO²#á#T
  190. 190. # C a r a c t e r e s d e N o t a d e R o d a p é # H*# J þOòÿñ#J
  191. 191. # R e f . d e n o t a d e r o d a p é 1 # H*# P þOòÿ##P
  192. 192. # C a r a c t e r e s d e N o t a d e F i m # H*# R þOòÿ##R
  193. 193. # W W - C a r a c t e r e s d e N o t a d e F i m D þOòÿ! #D
  194. 194. # R e f . d e n o t a d e f i m 1 # H*# H & òÿ1#H
  195. 195. # # R e f . d e n o t a d e r o d a p é # H*# B * òÿA#B
  196. 196. # # R e f . d e n o t a d e f i m # H*# P þO# b#P
  197. 197. # C a p í t u l o % #¤ð #¤x #$# # CJ# OJ# PJ# QJ# ^J# aJ# @ B@# b#@
  198. 198. # C o r p o d e t e x t o & #¤ #¤x & /@a#r#&
  199. 199. # L i s t a # ' F þO# #F
  200. 200. # L e g e n d a 2 ( #¤x #¤x
  201. 201. $# # 6##CJ# ]##aJ# , þO# #,
  202. 202. # Í n d i c e # )
  203. 203. $# F þO# ¢#F
  204. 204. # L e g e n d a 1 * #¤x #¤x
  205. 205. $# # 6##CJ# ]##aJ# R þO# ²#R
  206. 206. # C o m m a r c a d o r e s 1 # + # # # ] ^ ` L @# Â#L
  207. 207. # T e x t o d e b a l ã o # , # CJ# OJ# QJ# ^J# aJ# | C@# Ò#|
  208. 208. # R e c u o d e c o r p o d e t e x t o - #$## # #Å#] ^ `Å#a$## CJ# OJ# QJ# ^J# aJ# L þO# â#L
  209. 209. # T e x t o d e c o m e n t á r i o 1 # . # CJ# aJ# L j@á#â#L
  210. 210. # A s s u n t o d o c o m e n t á r i o # / # 5####: #@# ##:
  211. 211. C a b e ç a l h o 0 Æ# ##8!## 4 @# ##4
  212. 212. # R o d a p é 1 Æ# ##8!## R # # "#R
  213. 213. # # T e x t o d e n o t a d e r o d a p é # 2 # CJ# aJ# b þO# 2#b
  214. 214. # T e x t o p r é - f o r m a t a d o 3 #¤ #¤ # CJ# OJ# PJ# QJ# ^J# aJ# 8 )@¢ A#8
  215. 215. # GK6 # N ú m e r o d e p á g i n a v # ú ÿÿÿÿ# # ÿÿ# §#£ ÿÿ# §#£ # ÿÿ# §#£ ÿÿ# §#£ # ÿÿ# §#£ ÿÿ# §#£ # ÿÿ# §#£ ÿÿ# §#£ # ÿÿ §#£ ÿÿ §#£ # ÿÿ# §#£ ÿÿ
  216. 216. §#£ # ÿÿ §#£ ÿÿ# §#£ # ÿÿ# §#£ ÿÿ# §#£ # ÿÿ# §#£ A# Ù# Ø# Ï" Â* Æ3 #< GE L ÁR h[ #c *k t )} 8 v Î # Ø # # # # ´ # u # ± # b # Ú o  #
  217. 217. Ã # # Ä # Z # #
  218. 218. # Ñ# ü# ## _# 2# A# # Ì Í å æ @
  219. 219. ## F# ±# ¸# # V# # # Ø# m# Ð# !# "# ## ## R n! Ï" |# Ø# #% ³& e' n( o( ( ( ) v+ @- . è/ ¯0 Ù1 2 ;4 ¬5 k6 l6 8 ! 8 @9 A9 O9 Q9 Ó: ¹< = ü> :@ É@ ]B C ·D ©E ¯F ¯G H LI OJ PJ kJ mJ ÌK L aM #N ¾N CO ¯O °O ÈO ÊO ËO ÌO ÍO èO éO êO ëO *P +P ,P -P 9P :P ;P <P =P >P [P ]P P P P P °P ±P ²P ³P ÙP ÚP ÛP ÜP ÝP ÞP ñP óP #Q Q !Q "Q GQ HQ IQ JQ LQ MQ NQ OQ PQ QQ hQ jQ ¡Q ¢Q £Q ¤Q ³Q ´Q µQ ¶Q ¸Q ¹Q þQ +R ,R 0S #T T #V jW #Y Z h[ ÿ[ ó ´] Ì^ _ á` c #c #c #c ?c @c ñd Ûe #g #g Äh Åh Æh ¾i *k ík l m ÷n ¼o Óq !s ýs t #t #t /u Îw ¬y Óz O| í} m # # 8 9 Á  ý þ   # # ` a # # v w Ґ Ӑ 7 8   # # O P e f g r s t w M9#0 # # #M9#0 # # #M9#0 # # #M9#0 # # #M9#0 # # #M9#0 # # #M9#0 # # #M9#0 # # #M9#0 # # #M9#0 # # #M9#0 # # #M9#0 # # #M9#0 # # #M9#0 # # #M9#0 # # #M9#0 # # #M9#0 # # # 0    0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0   #  0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0    0     0    0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0    0    0     0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0    0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0    0   p  0     0    0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0    0    0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0    0    0   p  0   p  0   H  0   p  0   p  0   p  0   p © 0  # P © 0  # P © 0  # P © 0  # T © 0  # P © 0  # P  0  # T © 0  # P © 0  # P © 0  # P  0  # T © 0  # P © 0  # P © 0  # P  0  # T © 0  # P © 0  # P © 0  # P  0  # T © 0  # P © 0  # P © 0  # P  0  # T © 0  # P © 0  # P © 0  # P  0  # T © 0  # P © 0  # P © 0  # P  0  # T © 0  # P © 0  # P © 0  # P  0  # T © 0  # P © 0  # P © 0  # P  0  # T © 0  # P © 0  # P © 0  # P  0  # T © 0  # P © 0  # P © 0  # P  0  # T © 0  # P © 0  # P © 0  # P  0  # T © 0  # P © 0  # P © 0  # P  0  # T © 0  # P © 0  # P © 0  # P  0  # T © 0  # P © 0  # P © 0  # P  0  # T  0    0     0     0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0
  220. 220.   p  0   p  0   X  0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0    0   p  0    0     0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0   h  0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0    0    -0   p  -0   p  -0   p  -0   p  -0   p  -0   p  -0    -0   p  -0   p  -0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0   p  0    0   p  0   p  0   p  0   p  0   #   0     0   p  0    0    0     0    0     0     0   p  0   p  0   p  0   p M9#0 # # L# iP#M9#0 # # #M9#0 # # # 00   # # 00   M9#0 # # L# iP#M9#0 # # P# # # #
  221. 221. # $ $ $ $ $ ' # X# å# £" p0 ü7 ô? PA ÃI N RR S ÈW ¹Y # ^ b áf #k ºp =s ÷v ×{ ° ? ü e v G J K M O P R S U V W Y Z j k l n o p r s t u w y z | # ±# #' Ù9 ¹D kR ËW êW 9X =X X °X ÙX ÝX #Y GY LY PY ¡Y ³Y ¸Y j_ Ûm ý{ Á V v H L N Q T X [ ] ^ _ ` a b c d e f g h i m q v x { # u I
  222. 222. # # # ' #!• #!#ÿ••# ðð #ð# ## # # # O #ð° b #ð$ ##·?0••eVPÕ˧ו#¶øÿ y# # ,ú b #ð$ ##·Ä¬ v6•••b#• aPÈ¡ÿ É# # ¥þ b #ð$ ##•¨õÖÓ³è.óS®Â蕸wÿ s# # n## b #ð$ ## Âã#`¼•q!¾Z§Ü#•hÿ ±# # á## @ #ñ# ÿÿ ÿ ••• ÷ # # #ð•> # #ð# # # # #ð#> # #ð( # ð# # ð# # # # #ðt# ²# ð# ## c #ðd • • #A# #Á# ?## # •Ã> ¿# # S e t a p a r a a d i r e i t a l i s t r a d a 1 # "ñØ# ©•Ì# ?# # PK### # # ! »åH•## ## # [Content_Types].xml¤•½NÃ0#•w$ÞÁò•#§
  223. 223. #¡&#ø#•¡<ÀžI,#Û²oKûöܤɕJ##˾? ç;:^o#•#{LÙ#_ËUYI•^#c}W˕íKq/E&ð#ðXË#f¹i®¯ÖÛcÄ,xÛçZöDñA©¬ {# •!¢çN#Ò ÄÏÔ©#ú#:T·Uu§t𕕠#5d³~Â#v•Äó•Ë'' ]•âñ48²j 1:«•Ø©Ú{ó•R̕•7§•ÜەoؕTg cçoÀ¼÷ÆÑ$kP¼C ¢W#ؕÒÎÆÏ É(•à••ÊËeU^#=ã:´Õh•Þ•H9+.¶/ã•ÓF5•ÿ'O2#WM¿Ûü ÿÿ# PK### # # ! 0?ñÁ 2# # _rels/.rels••Í Â0#•ï•ï#önÓz#•¦½•àUô#ÖdÛ#Û$dãßە• x•eØofêö1•âF•w ª¢#AN{c]¯àtÜ-Ö 8¡38zG •ÄÐ6óY} #S~âÁ##•âXÁ•RØHÉz ¹ð•v:#'Lù•½
  224. 224. ¨/ؕ•åJÆO#4_L±7 âÞT •Ï••ÿ³}×YM[¯¯#¹ô#B••÷¼,#1ö•#èѕ³ÇhÞ#¿EUäæ •Z~-m^ ÿÿ# PK### # # ! ¨#Õö# u
  225. 225. # clipboard/drawings/drawing1.xmlԕÍnÛ0
  226. 226. Çï#ö#•®Cë•|9AÝbíÖ^•H¶#àd9#&˕¤¦É•~•,ÇY6#Øvò)¶IýÅ#i•ÌÕ;•dǵ#•Êir#SÂ#k ¡¶9ýúåþ"£ÄXP#ÈFñ•#¸¡7×oßÁj«¡##¨ Ì rZYÛ®¢È°•×`.••+´••®ÁâÞF••#T®e•Æñ<ªA(z=H} #äY••••ûΕ;P;0()ÙêôI•Q²ÿW••Ú=èvÓ>i#9û ´{ÒD#9ÅÌ)¨1E4 •à•·ÑÙªí °/uíü•²$û•N•,•ÌPë•Ót1OÓY'Ç÷•0g•¥S|F#Ú'Y#ÇqØ®úüº «>¾*•! v¡àÅIx¦uÁ©Ýï¼iÏ»áXµ#4# •Ðà#Æj(•$Çl8•>#½• Y<OÂ4^.ÿ: G#XµÚØ#ÞÔÄ]ä#c#-/Öb[Ù÷Z7/þ¥•Ý£±]D½¿¯T#•Ýo<¼Ýß6ÅÁ¥á#þbµµ•w•ô##ŪFç•YݕJc7ö ¹s•;• ©A?zo¡ ®0•Øï_ðr•Vó#Ï##Ò?3•#Ž•Ò÷#•ßIMv•ÛI땕•¿xI°B#{hy
  227. 227. _¿wµº•¶••Ã••C¨•930ã
  228. 228. ¨ÝEå/Cü#%#P¦³#•_JÆÇã #ÏdàY&Óé8y#Dà•#<Éd•ÌÇ ä(#Ðì#(K³l•@•" Í# 4Í°@£<B•" -N•#ÓÉH¿ •" e#•£#éGÁQ# å Ð| ¶#éGÁQt#餻úÞìð@nqt=v`®•'#Fk•à¦ØÖ^Ü®q•íûlhù^pèíϕoÚ5ga"蕿96sµæ %#z8•¥Ôe÷¬ ;#cØەÎTAÁ»¦=ÃSîG4׶Ý`ìúyÇâ#•P•íþ¨##zÏN¤×î"#þn)/K•ø¸8Ì#¯->®ð;7jX#Õè?• sGÙùûðCb##V":#¸½Kø•à¦úÓûë• ÿÿ# PK### # # ! •Ô#ÌÁ# ø# # clipboard/theme/theme1.xmlìYOo#5#¿#ñ#¬ ¹·ÙÿÍFÝTÙÍn#mJ•l•zôÎxgÜxÆ#ەto¨="!! â•Ä•##*µ#•râ£#• Hý <Û3³ãì¤IÚ##4•ì̕•ßóûëgûêµû1C#DHʕ•W¿ó#I|#Ð$ìy·Ç£K«#• '#f<!=oN¤wmýÝw®â5•Ñt±#Æ#• #F•Ã=/R*][Y•>•±¼ÌS•À·)#1Vð*•@àC##³•F- ÖY•1M¼uà¨4£!•••••à3±§Ù#•à#¤#¥/¨úù• Ü
  229. 229. #öë#&çrÀ#:À¬ ç#ã•#•É}å!•¥•#=¯fþ¼•õ«+x-#ÄÔ cKãFæ/#•#ö#F¦#'•Ðú¨Õ½²Yð7 ¦•qÃáp0¬ #ü
  230. 230. û>¨kçRæÙ#Öû9Ï#È>.ó#ÔÚµ••/ño.͹Ûï÷ÛÝl.•©#ÙÇÖ#~µÖim4#¼#Y|{ ßêo
  231. 231. ###o@#ßY•®t;-#o@#£Éþ#Z;t4ʸ#•)g[•ðU•¯Ö2ø##ÑP••#1å•zeÀÅø###@i4Õ&HÍS2Å>Dç Ç#A±••×#.}±$_.•´@¤•:U=ïý#'^ òòÙw/•=A/•=>zðôèÁ•G###=øÁòr#ná$,#| ñͧ•~õ#úãÉ×/#}^••eü¯ß•üËO•U#!•##>ÿâñoO#? ÿò•ß¿}T#ß#xR••iL$ºE#Ñ.•A7c#wæd"Î7b#aê•À#ð®`=T•#¼5Ǭ ×'®ñî#¨ UÀë³{Î÷"1S´Bò•(v•Û•³>#•#¸¡e•,<•%aµp1+ãv1>¨•=À•ãÚá,•ú•#¥cûAD•iî0•(#••(¤ ¿ñ}B*´»K©c×mê#.ùT¡»#õ14ɕN•@Z
  232. 232. Ú¢1øe^¥3¸Ú±Íö#Ôç¬ JëMrà"!!0«•ü•0Ǖ×ñLḕå#Ǭ lð•XEU•Ü•#¿•#J#•# ãh##)«Æ| @ߕÓo`(Z•nßfóØE E÷«xÞĕ•••|•#á8ÂîÑ$*cߕû# ¢#ípU#ßæn•èwð#NNt÷#J#w•^#nÓЕÒ"@ô••Ð¾•jíÔߕ&¯*ƕB5¶1ð¶#÷¼X•ªRbëX > ÷/,¼•x•ì#•õå•çmÝ}[w½ÿ|Ý=)•ÏZm###j¯n#lslZåøՕò•2¶§æ•Ü•¦Y•°b## êÁfoH•íS#ÁcVá#(°#•#W#R#íE8•F»îi&¡ÌX•#¥Â.ϕ+yk<4ëÊî#Ûz÷`••Äj•#•ÜÔä|•P°1ëNh¶£¹ ¦ fpVaÍ+#SPûu•Õõ¤Î,n¦fê•#P##¹¬ ###kB+• •#+w`w®EÃ##3#h»ÛU8w•ñÂEºHF8 ••´ÞË>ª#'å±bÎ# v*|¤w|§X$«Ù¾•´³8©,®u•¸Ü{oâ¥<•#^ÒÉ{,#YRNN• Õ×m7Ú#òqÚó¦°·•Ç8#¯KÝýa#Âù•¯• ûS•Ùdù•Ý17 êpfaí¾¤°S#R!Õ&••ó)##•hIvþ•6•õ¢#°•þ#³h®B0üc³ ;º®%Ó)ñUÙÙ%•¶ •}ÍJ)•)"ö¢à#MØLìbp¿#UÐ' #•(LEÐ/p¨¦- m>¹Å9KºòQ•ÁY:fi•³r«S4Ïd#7yÌÁ¼•¦#ºUÎÝ(w~ULÊ_•*å0þ•©¢×#83h#Ú#>#Ó •t¾ö<.TÄ¡ ¥#õG#º#S; Zà`#>CPÁ•²ù#ä@ÿڕ³<LZÃÖOíÒ# 땕#!;P•Lô•Â¬ •]•%Ë#••*MW¦vÚ#r@ØX×À•^Û=#A¨•j••#•;#•î{•A•P79å|sjH±öÚ#ø»;#•Ì •[•MC• Û¿•bŪjǕáùÚ[VD•X´Y<+@Xi)èfiÿ•S8çRk+֕ƕv>9ðâ²Æ@,#¢#N~•þ#ë##>#&•õ •:æ»P[#Ü:hf#6#Օlã•t•´Ä 4N•h•I³²¦ÍZ'mµ|±¾àN·•{ÌØzfgñ÷9•]4g®8'#/Òؕ•#[[ڕ¦#Ï#OQ MóݕqLÕ=Ô6NÑ$¬ ÷<¸##Gߕ'¸Hò•ÖÐ ´•¦Á#Ü#A³d¯tz^ö•S໥#•fNiæ•VNiå•vN•æ,»<É)#¨Tú¾#.Ýô••ò«èಫ•¼¨:•uë•# ÿÿ# PK### # # ! •fFA» $# * clipboard/drawings/_rels/drawing1.xml.rels••Í Â0#•ï•ï#önÒz#•&½•Ð«Ô##É6-6?$QìÛ#èEAð²0³ì7³Mû²3ybL•w#jZ#A§¼••ápë/»#••¥Órö#9,• #ÛM sÅYær•Æ)$R(.q#s#'ƕ#ÑÊD}@W6••Væ"£aAª»4ÈöUu`ñ•#â•I:Í!vº#Ò/¡$ÿgûa•#•½zXtùG#Ë¥## •# 3#JWg•5-]•••}ý&Þ ÿÿ# PK##- # # # ! »åH•## ## # [Content_Types].xmlPK##- # # # ! 0?ñÁ 2# # 6# _rels/.relsPK##- # # # ! ¨#Õö# u
  233. 233. # # clipboard/drawings/drawing1.xmlPK##- # # # ! •Ô#ÌÁ# ø# # S# clipboard/theme/theme1.xmlPK##- # # # ! •fFA» $# * L
  234. 234. clipboard/drawings/_rels/drawing1.xml.relsPK## # # g# O #ð# #ð# # # #ðt# ²# ð# ## c #ðd • • #A# #Á# ?## # •Ã> ¿# # S e t a p a r a a d i r e i t a l i s t r a d a 2 # "ñØ# ©•Ì# ?# # PK### # # ! »åH•## ## # [Content_Types].xml¤•½NÃ0#•w$ÞÁò•#§
  235. 235. #¡&#ø#•¡<ÀžI,#Û²oKûöܤɕJ##˾? ç;:^o#•#{LÙ#_ËUYI•^#c}W˕íKq/E&ð#ðXË#f¹i®¯ÖÛcÄ,xÛçZöDñA©¬ {# •!¢çN#Ò ÄÏÔ©#ú#:T·Uu§t𕕠#5d³~Â#v•Äó•Ë'' ]•âñ48²j 1:«•Ø©Ú{ó•R̕•7§•ÜەoؕTg cçoÀ¼÷ÆÑ$kP¼C ¢W#ؕÒÎÆÏ É(•à••ÊËeU^#=ã:´Õh•Þ•H9+.¶/ã•ÓF5•ÿ'O2#WM¿Ûü ÿÿ# PK### # # ! 0?ñÁ 2# # _rels/.rels••Í Â0#•ï•ï#önÓz#•¦½•àUô#ÖdÛ#Û$dãßە• x•eØofêö1•âF•w ª¢#AN{c]¯àtÜ-Ö 8¡38zG •ÄÐ6óY} #S~âÁ##•âXÁ•RØHÉz ¹ð•v:#'Lù•½
  236. 236. ¨/ؕ•åJÆO#4_L±7 âÞT •Ï••ÿ³}×YM[¯¯#¹ô#B••÷¼,#1ö•#èѕ³ÇhÞ#¿EUäæ •Z~-m^ ÿÿ# PK### # # ! #k`Ùö# x
  237. 237. # clipboard/drawings/drawing1.xmlԕÍrÓ0#ÇïÌð##]•â•|ØÉÔíÐB{é@'•#Xd9Ö Ë#Iu#•••-Ç!0e••O±½«¿ö·ky7•×ûJ••k#j•ÑèmH W¬ ΕÚeôË绕•#cAå kÅ3zà•^_½~u 땕¦#• •2kÈhim³##ÃJ^•y[7¡¨u##oõ.È5<£r%•8
  238. 238. •A#BÑ«Qê=X OZü••¬ Ù7•ß•jÁ ¤dëÓ'>FÉþ_#Öª½×ͶyÔ.rö±}ÔDä#ÅÌ)¨0E4ð#ÁÙªÝ(°/tåüë¢ û•Î¢U•&#J#X•0N•0ìõøÞ#æ#•Ñj•{1t•¥Q8ØYùé# ¬ üð¢##Ù#•#'#•Æ•§Ú_•g#ñ•cÝ#Ð@•äBs•·R#«!###óá#•d
  239. 239. jÆçñ<óh5ÿû4##`Ýhcïy]#w•Q
  240. 240. F4<ߕ]ißi]?wï#´#Æö!þ]±•¨ì~ÛÑÛýM•##¾â/#[y[Ë®è XYë•2«{RiìÖ#$w##• ôCç-TÎ#Æ#vûç¼Ø Õ|Çbc)»g¦•"¿#RºõÝYâ·R•#p;i#·#bþä%Á Eì¡á#0|#ßTêBÚ>##g##½••3#3^»•ªÛÆÇïQâ#e¾Hð#S2=##áyf#Ï*•Ï§Éã <Ï|ä•fI ´•&•£ð@•# 4NÓi#9 #´#•â8Å#Mò#9 #•• %óÙD¿ •Â#¥#•£•èGÁQx Õ Ðr•Lô£à(ú•tÒ]»Þìð@îpz=v`®òG•Fk•à#ÙÆ^Ülp•#ú¬ où•àØە
  241. 241. ß6#ÎüD04•slæjÃ#•õp •©ËîYw#Æ°·G½©••÷M{•§¼#âÛv³±ëç=•#tB#¶û£¶##<{•A»•Üû»¥¼(0âãb?C¼´ø¸¢Û¹VãâJ¨Zÿ•l •;•Þ¿#ß'Æaa%•³•»sñÿ#Ü`•z•õ# ÿÿ# PK### # # ! •Ô#ÌÁ# ø# # clipboard/theme/theme1.xmlìYOo#5#¿#ñ#¬ ¹·ÙÿÍFÝTÙÍn#mJ•l•zôÎxgÜxÆ#ەto¨="!! â•Ä•##*µ#•râ£#• Hý <Û3³ãì¤IÚ##4•ì̕•ßóûëgûêµû1C#DHʕ•W¿ó#I|#Ð$ìy·Ç£K«#• '#f<!=oN¤wmýÝw®â5•Ñt±#Æ#• #F•Ã=/R*][Y•>•±¼ÌS•À·)#1Vð*•@àC##³•F- ÖY•1M¼uà¨4£!•••••à3±§Ù#•à#¤#¥/¨úù• Ü
  242. 242. #öë#&çrÀ#:À¬ ç#ã•#•É}å!•¥•#=¯fþ¼•õ«+x-#ÄÔ cKãFæ/#•#ö#F¦#'•Ðú¨Õ½²Yð7 ¦•qÃáp0¬ #ü
  243. 243. û>¨kçRæÙ#Öû9Ï#È>.ó#ÔÚµ••/ño.͹Ûï÷ÛÝl.•©#ÙÇÖ#~µÖim4#¼#Y|{ ßêo
  244. 244. ###o@#ßY•®t;-#o@#£Éþ#Z;t4ʸ#•)g[•ðU•¯Ö2ø##ÑP••#1å•zeÀÅø###@i4Õ&HÍS2Å>Dç Ç#A±••×#.}±$_.•´@¤•:U=ïý#'^ òòÙw/•=A/•=>zðôèÁ•G###=øÁòr#ná$,#| ñͧ•~õ#úãÉ×/#}^••eü¯ß•üËO•U#!•##>ÿâñoO#? ÿò•ß¿}T#ß#xR••iL$ºE#Ñ.•A7c#wæd"Î7b#aê•À#ð®`=T•#¼5Ǭ ×'®ñî#¨ UÀë³{Î÷"1S´Bò•(v•Û•³>#•#¸¡e•,<•%aµp1+ãv1>¨•=À•ãÚá,•ú•#¥cûAD•iî0•(#••(¤ ¿ñ}B*´»K©c×mê#.ùT¡»#õ14ɕN•@Z
  245. 245. Ú¢1øe^¥3¸Ú±Íö#Ôç¬ JëMrà"!!0«•ü•0Ǖ×ñLḕå#Ǭ lð•XEU•Ü•#¿•#J#•# ãh##)«Æ| @ߕÓo`(Z•nßfóØE E÷«xÞĕ•••|•#á8ÂîÑ$*cߕû# ¢#ípU#ßæn•èwð#NNt÷#J#w•^#nÓЕÒ"@ô••Ð¾•jíÔߕ&¯*ƕB5¶1ð¶#÷¼X•ªRbëX > ÷/,¼•x•ì#•õå•çmÝ}[w½ÿ|Ý=)•ÏZm###j¯n#lslZåøՕò•2¶§æ•Ü•¦Y•°b## êÁfoH•íS#ÁcVá#(°#•#W#R#íE8•F»îi&¡ÌX•#¥Â.ϕ+yk<4ëÊî#Ûz÷`••Äj•#•ÜÔä|•P°1ëNh¶£¹ ¦ fpVaÍ+#SPûu•Õõ¤Î,n¦fê•#P##¹¬ ###kB+• •#+w`w®EÃ##3#h»ÛU8w•ñÂEºHF8 ••´ÞË>ª#'å±bÎ# v*|¤w|§X$«Ù¾•´³8©,®u•¸Ü{oâ¥<•#^ÒÉ{,#YRNN• Õ×m7Ú#òqÚó¦°·•Ç8#¯KÝýa#Âù•¯• ûS•Ùdù•Ý17 êpfaí¾¤°S#R!Õ&••ó)##•hIvþ•6•õ¢#°•þ#³h®B0üc³ ;º®%Ó)ñUÙÙ%•¶ •}ÍJ)•)"ö¢à#MØLìbp¿#UÐ' #•(LEÐ/p¨¦- m>¹Å9KºòQ•ÁY:fi•³r«S4Ïd#7yÌÁ¼•¦#ºUÎÝ(w~ULÊ_•*å0þ•©¢×#83h#Ú#>#Ó •t¾ö<.TÄ¡ ¥#õG#º#S; Zà`#>CPÁ•²ù#ä@ÿڕ³<LZÃÖOíÒ# 땕#!;P•Lô•Â¬ •]•%Ë#••*MW¦vÚ#r@ØX×À•^Û=#A¨•j••#•;#•î{•A•P79å|sjH±öÚ#ø»;#•Ì •[•MC• Û¿•bŪjǕáùÚ[VD•X´Y<+@Xi)èfiÿ•S8çRk+֕ƕv>9ðâ²Æ@,#¢#N~•þ#ë##>#&•õ •:æ»P[#Ü:hf#6#Օlã•t•´Ä 4N•h•I³²¦ÍZ'mµ|±¾àN·•{ÌØzfgñ÷9•]4g®8'#/Òؕ•#[[ڕ¦#Ï#OQ MóݕqLÕ=Ô6NÑ$¬ ÷<¸##Gߕ'¸Hò•ÖÐ ´•¦Á#Ü#A³d¯tz^ö•S໥#•fNiæ•VNiå•vN•æ,»<É)#¨Tú¾#.Ýô••ò«èಫ•¼¨:•uë•# ÿÿ# PK### # # ! •fFA» $# * clipboard/drawings/_rels/drawing1.xml.rels••Í Â0#•ï•ï#önÒz#•&½•Ð«Ô##É6-6?$QìÛ#èEAð²0³ì7³Mû²3ybL•w#jZ#A§¼••ápë/»#••¥Órö#9,• #ÛM sÅYær•Æ)$R(.q#s#'ƕ#ÑÊD}@W6••Væ"£aAª»4ÈöUu`ñ•#â•I:Í!vº#Ò/¡$ÿgûa•#•½zXtùG#Ë¥## •# 3#JWg•5-]•••}ý&Þ ÿÿ# PK##- # # # ! »åH•## ## # [Content_Types].xmlPK##- # # # ! 0?ñÁ 2# # 6# _rels/.relsPK##- # # # ! #k`Ùö# x
  246. 246. # # clipboard/drawings/drawing1.xmlPK##- # # # ! •Ô#ÌÁ# ø# # S# clipboard/theme/theme1.xmlPK##- # # # ! •fFA» $# * L
  247. 247. clipboard/drawings/_rels/drawing1.xml.relsPK## # # g# O #ð# # #ð# # # #ðr# ²# ð# ## c #ðd • • #A# #Á# ?## # •Ã> ¿# # S e t a p a r a a d i r e i t a l i s t r a d a 3 # "ñÖ# ©•Ê# ?# # PK### # # ! »åH•## ## # [Content_Types].xml¤•½NÃ0#•w$ÞÁò•#§
  248. 248. #¡&#ø#•¡<ÀžI,#Û²oKûöܤɕJ##˾? ç;:^o#•#{LÙ#_ËUYI•^#c}W˕íKq/E&ð#ðXË#f¹i®¯ÖÛcÄ,xÛçZöDñA©¬ {# •!¢çN#Ò ÄÏÔ©#ú#:T·Uu§t𕕠#5d³~Â#v•Äó•Ë'' ]•âñ48²j 1:«•Ø©Ú{ó•R̕•7§•ÜەoؕTg cçoÀ¼÷ÆÑ$kP¼C ¢W#ؕÒÎÆÏ É(•à••ÊËeU^#=ã:´Õh•Þ•H9+.¶/ã•ÓF5•ÿ'O2#WM¿Ûü ÿÿ# PK### # # ! 0?ñÁ 2# # _rels/.rels••Í Â0#•ï•ï#önÓz#•¦½•àUô#ÖdÛ#Û$dãßە• x•eØofêö1•âF•w ª¢#AN{c]¯àtÜ-Ö 8¡38zG •ÄÐ6óY} #S~âÁ##•âXÁ•RØHÉz ¹ð•v:#'Lù•½
  249. 249. ¨/ؕ•åJÆO#4_L±7 âÞT •Ï••ÿ³}×YM[¯¯#¹ô#B••÷¼,#1ö•#èѕ³ÇhÞ#¿EUäæ •Z~-m^ ÿÿ# PK### # # ! óLª3ô# x
  250. 250. # clipboard/drawings/drawing1.xmlԕÍnÔ0#ÇïH¼•å+*ùدìªiE#í¥•j##`p••• ãD¶•îòô•#'Y#T#•rÚ$3þ{~3•göòúPJÒpmD¥R#½)á•U•Pû•~ù|w•Pb,¨
  251. 251. d¥xJ•ÜÐë«×¯.a³×P#•#TPf#)-¬ 7A`XÁK0o«•+´å•.ÁâÞ#••gT.e#•á2(A(z5J½##äI••••#ûƳ[P #••lsúÄÇ(Ùÿ+ÃF5÷ºÞՕÚEÎ>6•••,¥•9#%¦•#ÞàÝð68[µ###¹.•••çä•ÒY•D³#j#±#I#Æñ¢Óã#K•sH ¢0D;C#•ÝíW|ú•#+>¼¨•AvÁàÅI•¦vá©æWâyO¼ãX·#4# •Ðà#Æjȕ̕|8•>#½•ñy<OÃ<¯ÿ> ##ljmì=¯Jâ.R•Á••g[±/ì;«çö½•æÁØ.¤Þ¿- V#•=ìZz{¸©²£ËÃWüŕk+o+Ù###+*•RfuG*•ÝÙ£äÎ]62BBR•~h½• ʸÂxÂvÿ•ç[´•ïXl,kûÌTRdwBJ·¾ý•øÔ¤#ÜNÚÈ핕?yI°B#{¬ y#
  252. 252. ßÀ7¥º•¶••Ã••Cg`æÌÀ•×î¢j·ññ{•xD•/Vø S2=##áyf#Ï:•Ï§Éã <Ï|ä•f«h9M Gá•#'@I•ày8Å7ÎQx å##Ç #h•@•Â#N•VóÙDÏ#Gᕕ#ÈÑLôPp##h}# ´¬ &z(8•®#•t׶7;<•{•^•#ÌUö•Ó•k#Ü [ە•-#²}•õ-¿##{û•á»z˕•#úæo•f®¶<ÇY#§°•ºì•ug`
  253. 253. {{ԕ Èx×´#ø••}Ûv³±ëç#•#tB9¶ûAÛ#ô••H¯ÝEîýÝR•ç#ñ°ØÏ#/-#V´;Wj Uéߕ•sGÞù·áûĸi#+#•Íܕÿ•à#ûÓû«# ÿÿ# PK### # # ! •Ô#ÌÁ# ø# # clipboard/theme/theme1.xmlìYOo#5#¿#ñ#¬ ¹·ÙÿÍFÝTÙÍn#mJ•l•zôÎxgÜxÆ#ەto¨="!! â•Ä•##*µ#•râ£#• Hý <Û3³ãì¤IÚ##4•ì̕•ßóûëgûêµû1C#DHʕ•W¿ó#I|#Ð$ìy·Ç£K«#• '#f<!=oN¤wmýÝw®â5•Ñt±#Æ#• #F•Ã=/R*][Y•>•±¼ÌS•À·)#1Vð*•@àC##³•F- ÖY•1M¼uà¨4£!•••••à3±§Ù#•à#¤#¥/¨úù• Ü
  254. 254. #öë#&çrÀ#:À¬ ç#ã•#•É}å!•¥•#=¯fþ¼•õ«+x-#ÄÔ cKãFæ/#•#ö#F¦#'•Ðú¨Õ½²Yð7 ¦•qÃáp0¬ #ü
  255. 255. û>¨kçRæÙ#Öû9Ï#È>.ó#ÔÚµ••/ño.͹Ûï÷ÛÝl.•©#À

×