1ª Convocatória       IV OLIMPÍADA LATINO-AMERICANA DE FILOSOFIA           3, 4 e 5 de Outubro de 2013, PUC Minas, Belo Ho...
As atividades preparatórias, denominadas Pré-Olímpicas, são coordenadas pelosrespectivos educadores das turmas/grupos part...
•   Desenvolver nos participantes: capacidades e atitudes reflexivas e a aptidão para um       pensamento autônomo.   •   ...
Os representantes dos países elaborarão uma única proposta para apresentação noencontro e produção escrita a ser divulgada...
 ORGANIZAÇÃO        O Comitê Cientifico Internacional se encarregará da coordenação geral. Serão buscadoscoordenadores lo...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Convocatória IV Olimpíadas Latino-Americana de Filosofia

1.793 visualizações

Publicada em

Convocatória IV Olimpíadas Latino-Americana de Filosofia

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.793
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.113
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Convocatória IV Olimpíadas Latino-Americana de Filosofia

  1. 1. 1ª Convocatória IV OLIMPÍADA LATINO-AMERICANA DE FILOSOFIA 3, 4 e 5 de Outubro de 2013, PUC Minas, Belo Horizonte, MG, Brasil Tema: Que conhecimento é possível na era das incertezas? www.olimpiadadefilosofia.org  RESUMO A Olimpíada de Filosofia é um evento que promove a realização de atividades de cunhofilosófico. Trata-se de um encontro cooperativo e colaborativo, não competitivo. As atividades consistem basicamente em: a) diálogos e debate em pequenos e grande grupo em torno do tema, seguidos ou não de b) produção de textos e demais trabalhos relacionadas ao tema. c) apresentações de referenciais teóricos e artísticas. A Olimpíada destina-se a alunos do Ensino Médio, representando suas respectivasinstituições de ensino, e/ou demais grupos organizados, de mesma faixa-etária. Na(s) data(s) e local previamente estabelecidos para a realização da Olimpíada, asatividades serão promovidas e coordenadas pela Comitê Cientifico Internacional das Olimpíadasde Filosofia e pela instituição anfitriã.
  2. 2. As atividades preparatórias, denominadas Pré-Olímpicas, são coordenadas pelosrespectivos educadores das turmas/grupos participantes, podendo ter auxílio do ComitêCientífico.  APRESENTAÇÃO Ao levar em consideração que a paz, a amizade e o bom relacionamento entre os povossão os princípios dos jogos olímpicos, professores de filosofia do Brasil e do Uruguaiempreenderam a iniciativa de promoção de um espaço para a sua realização. Assim, com umespírito de acolhimento das diferenças, as Olimpíadas de Filosofia pretendem convocarestudantes para um exercício de investigação solidária, num clima que pretende ser não decompetição, mas de colaboração e de estímulo para o pensamento. Cultivando o verdadeiroespírito olímpico de superação de si mesmo num movimento de cooperação que favoreça ocrescimento de todos, as Olimpíadas de Filosofia realizadas em cada um dos países consistem emencontros de diálogo filosófico, apresentações artístico-filosóficas e produções escritas individuaisou coletivas, das quais podem participar estudantes de Educação Secundária (Ensino Médio), deEscolas Técnicas, tanto de instituições públicas como privadas, assim como jovens não incluídosno sistema formal de educação. Um dos objetivos da edição 2013 é atrair professores eestudantes de variados países da América Latina, bem como dos vários Estados do Brasil. AOlimpíada Latinoamericana de Filosofia corrobora duas máximas da Olimpíada de Filosofia doUruguai: “¡Atrévete a pensar por ti mismo!” (Kant).“Enseñar a graduar la creencia, y a diferenciar lo que se sabe y se comprende bien, de lo que se ignora es tan importante como enseñar a saber...” (Carlos Vaz Ferreira).  OBJETIVO GERAL Na Olimpíada Latino-americana de Filosofia procura-se, através da comunidade de indagação,incentivar o pensamento pessoal, o diálogo, o “dar-se conta” da existência e da importância dooutro, com a finalidade de promover um encontro que gere a aproximação e o estabelecimentode um caminho em comum, visando à superação de problemas e dilemas humanos. A Olimpíada Latino-americana de Filosofia tem como objetivos principais: • Fomentar o espírito crítico e dialógico entre os estudantes. • Desenvolver nos jovens cidadãos o aprimoramento das habilidades de ler e escrever textos filosóficos, bem como de realizar diálogo filosófico em solidariedade investigativa. • Favorecer o questionamento acerca dos dilemas centrais de nossos dias, cultivando uma postura filosófica diante da existência. • Construir ambientes de intercâmbio cultural que favoreça o desenvolvimento de uma identidade latino-americana. • Estimular nos jovens o diálogo entre os colegas latino-americanos e suas visões de mundo.  OBJETIVOS EDUCATIVOS E FILOSÓFICOS As Olimpíadas de Filosofia propõem como objetivos educativos:
  3. 3. • Desenvolver nos participantes: capacidades e atitudes reflexivas e a aptidão para um pensamento autônomo. • Expandir o pensamento criativo. • Aprofundar o pensamento crítico, lógico, argumentativo, respeitoso, autocrítico, dialógico, com valores, atento ao contexto. • Fomentar as habilidades necessárias para alcançar os objetivos anteriores. • Promover o pensamento solidário. • Desenvolver as habilidades necessárias para o trabalho de discussão e produção em grupo. • Impulsionar o pensamento dos problemas em profundidade, recorrendo aos grandes textos filosóficos. Com isso, ter a percepção e ação efetiva do e no seu contexto humano, cultural e social.  TEMÁTICA A temática da IV Olimpíada Latino-americana de Filosofia será: “Que conhecimento é possível na era das incertezas?” Entendemos que tal temática é urgente e convoca todos a repensar nossa postura dianteda vida, nossas escolhas diárias e nossas relações interpessoais. A temática foi escolhida pelaComissão Científica Olímpica depois de uma longa discussão, entendo que tal questão que possaabarcar as inúmeras perspectivas filosóficas trabalhadas pelos docentes em suas aulas, trazendo acontribuição dos pensadores clássicos e contemporâneos e fomentando novas produçõessignificativas entre os docentes e jovens.  ATIVIDADES As Atividades Pré-Olímpicas consistem no desenvolvimento, em todos os paísesparticipantes, de debates e ações pedagógicas em torno dos temas acima delimitados, ematividades curriculares e extracurriculares protagonizadas pelos estudantes e seus docentes, emarticulação com a comunidade. Estas ações incluem também outros tipos de atividades einiciativas que se considerem convenientes (teatro, poesia, desenho, vídeos, exposições, música,canto, dança, etc.) conectando os temas centrais de cada evento com outras problemáticasfilosóficas e com outras disciplinas. As Atividades Olímpicas consistem num encontro entre os participantes selecionadosem cada instituição ou grupo participante do processo olímpico (adesão à proposta do tema edo trabalho de reflexão filosófica). Em um encontro de três dias, estudantes e professores reúnem-se para apresentar edebater acerca dos trabalhos produzidos nas atividades pré-olímpicas, além de produziremmaterial sobre a temática do encontro. Há também uma programação de palestras, oficinas eatividades artísticas e culturais. O encontro tem a seguinte estrutura básica: a) Oficinas de debates em grupos de, no máximo, 20 jovens. b) Discussão em plenário. c) Discussões com os referenciais teóricos. d) Produção de ensaios escritos individuais e em equipes de dois colegas e demais trabalhos.
  4. 4. Os representantes dos países elaborarão uma única proposta para apresentação noencontro e produção escrita a ser divulgada previamente no site do evento. No evento, asdiversas delegações participantes terão a oportunidade de reunirem-se em grupos internacionaispara aprofundamento e produção interativa.  CRONOGRAMA - De março a setembro de 2013 – Inscrições (através da página da Olimpíada, na internet). - De março a setembro de 2013 – Atividades Pré-olímpicas (a cargo dos professores, emsuas escolas). - 05, 06 e 07 de junho de 2013 – Etapa Pré-olímpica em Porto Alegre e Paraí/RS, Brasil,com participação de delegação de estudantes e professores do Uruguai. - 07, 08 e 09 de agosto de 2013 – Etapa Pré-olímpica em Maldonado e San Carlos/Uy, comparticipação de delegação de estudantes e professores de Porto Alegre/RS, Brasil. - 14 de setembro de 2013 – VI Olimpíada de Filosofia do RS, em Paraí/RS, Brasil. - Setembro de 2013 – I Olimpíada de Filosofia do RJ, no Rio de Janeiro, Brasil. - 03, 04 e 05 de outubro de 2013 – IV Olimpíada Latinoamericana de Filosofia, BH, MinasGerais, Brasil.  CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO Nas Olimpíadas Filosóficas não há perdedores. Os participantes contribuem com suascapacidades individuais para enfrentar em comum os desafios propostos pelos problemasfilosóficos. Não se entregam prêmios, mas recordações. As Olimpíadas Filosóficas têm seu valorna atividade em si, por isso, não são competitivas. Com este mesmo espírito se avaliará aqualidade da atuação dos participantes. Serão observados os seguintes métodos e critérios deavaliação: Respeito ao diálogo filosófico. Avaliar-se-á a participação dos docentes, que atuarão como coordenadores eobservadores, e dos estudantes, valorando elementos como: capacidades e atitudes decomunicação, de escuta, de pertinência, de sínteses, de formular perguntas, de exemplificar, deperceber consequências em outros âmbitos e de prevê-las; de complementar e de suplementarideias; de dedução, de levar em conta as contribuições dos outros, etc. Respeito ao ensaio da composição filosófica. Neste marco geral a Comissão Internacional avaliará os trabalhos realizados pelosestudantes levando em conta as seguintes pautas ou critérios: a) criatividade; originalidade;capacidade de pensamento autônomo; b) capacidade de pensamento crítico; capacidade deanalisar, sintetizar, relacionar, comparar, avaliar, etc.; c) capacidade de argumentação:pertinência, consistência, coerência; d) profundidade e amplitude dos conhecimentosdemonstrados; e) clareza, fluidez e correção da linguagem; f) percepção integral da unidadefilosófica do trabalho.  RESULTADOS: Os trabalhos mais significativos serão publicados no sítio da Olimpíada Latino Americanade Filosofia.
  5. 5.  ORGANIZAÇÃO O Comitê Cientifico Internacional se encarregará da coordenação geral. Serão buscadoscoordenadores locais, em sua participação regional. Cada instituição educativa poderá realizarsuas próprias atividades pré-olímpicas, contando com o apoio que necessite, e organizará aatividade olímpica em conjunto com o encarregado do departamento regional ou com a ComissãoCoordenadora. A participação voluntária de docentes que, de forma pessoal ou coletiva, organizematividades com seus alunos, nas suas instituições educativas ou interagindo com outras é deinestimável importância para o êxito da Olimpíada.  INSTITUIÇÃO ANFITRIÃ: Convidada em reunião docente durante a edição de 2012, a PUC de Minas Gerais, Brasil,sediará a quarta edição da Olimpíada Latinoamericana de Filosofia. A instituição anfitriã fica acargo do Comitê Organizador, coordenando as demandas locais do evento. As edições anteriores foram realizadas na PUCRS de Porto Alegre, RS (em 2010 e 2011) ena UCP de Petrópolis, RJ (em 2012).  INFORMAÇÕES E CONTATO: Comitê Científico Olímpico Internacional: Prof. André Pares (Porto Alegre, RS, Brasil) adpares@gmail.com Profa. Sandra Tereja (Maldonado, Uruguai) sandra.tejera@gmail.com Profa. Lara Sayão (Petrópolis, RJ, Brasil) lara.sayao@ucp.br Prof. Atilano Beltranchini (Young, Uruguai) atibeltra@gmail.com Comitê Organizador IV Olimpíada Latinoamericana de Filosofia: Prof. Sérgio Murilo (Belo Horizonte, MG, Brasil) sergio10@pucminas.br Profa. Sílvia Contaldo (Belo Horizonte, MG, Brasil) silviacontaldo@hotmail.com Regulamentos, inscrições, coberturas e resultados em: http://www.olimpiadadefilosofia.org

×