Preservação do Património natural

3.456 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.456
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
37
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Preservação do Património natural

  1. 1. Preservação do Património Natural Ano letivo 2012/2013 Trabalho realizado por:  Diogo Alves
  2. 2. Índice Introdução--------------------------------------------------------------------Pág.3 Preservação do Património---------------------------------------------Pag.4,5,6 Õ desenvolvimento humano e o equilíbrio ambienta----------------Pag.7,8,9 Algumas medidas que se podem meter em prática--------------Pag,10,11,12 Políticas ambientais----------------------------------------------------Pag.13,14 Parques naturais------------------------------------------------------Pag. 15,16 Conclusão-------------------------------------------------------------------Pag.17 Glossário --------------------------------------------------------------------Pag.18 Bibliografia------------------------------------------------------------------Pag.19
  3. 3. O que é o desenvolvimento Sustentável? O Desenvolvimento sustentável refere-se a um modo de desenvolvimento capaz de responder às necessidades do presente sem comprometer a capacidade de crescimento das gerações futuras. Visa melhorar as condições de vida dos indivíduos, preservando simultaneamente a natureza a curto, médio e, sobretudo, longo prazo. Introdução “O futuro do mundo dependerá daquilo fizermos no presente” Mahatma Gandhi
  4. 4. Preservação do Património O que é o Património Natural? O património Natural são todas as áreas onde habitam animais e plantas de todas as espécies e onde o homem tem acessibilidade. Além disso são áreas de carater cultural de cada país. Catalogar estas áreas como património nacional ou mundial, é importante porque ajuda na preservação e manutenção desses áreas com vista a não serem destruídas pelas ações do Homem.
  5. 5. Com o atual crescimento económico e populacional, o ser Humano têm vindo cada vez mais a afastar-se da Natureza e consequentemente os problemas ambientais têm-se vindo a agravar. A utilização intensiva dos recursos naturais provoca :  Delapidação dos recursos Naturais;  A redução da Biodiversidade;  Poluição de ecossistemas; ´
  6. 6. Por estes motivos referidos, é necessário o Homem tomar algumas medidas nos vários “ ramos” da Terra. Na atmosfera:  Diminuir as emissões de gases nocivos para a atmosfera;  Eliminar os CFS de modo a acabar de vez com o problema da destruição da camada de ozono;  Diminuir as quantidades de dióxido de carbono tendo em vista a redução do aquecimento global; Na Biosfera:  Tentar impedir a desflorestação causada pelo Homem;  Ordenar processos de aproveitamento e ordenamento dos solos, tendo em vista acabar com a erosão dos solos e outros problemas.  Criar mecanismos para poupar os recursos naturais;  Por em prática a política dos 3R’s;  Criar mais parques e reservas naturais, para a proteção das espécies vegetais e animais; Na hidrosfera:  Implementar medidas de tratamento de esgotos, para os resíduos destes não serem depositados no mar  Pôr fim á utilização dos Oceanos como lixeira;  Preservar os recursos marinhos, pondo fim a pesca excessiva;  Utilizar mais produtos biodegradáveis;  Evitar o desperdício de água e sensibilizar as populações para este facto;
  7. 7. Como todos sabemos a população humana tem vindo a crescer exponencialmente e em alguns anos poderemos atingir os 10 Biliões de pessoas. Com este forte crescimento demográfico, os recursos naturais tornam-se cada vez mais escasso e o ser humano provoca involuntariamente mais danos nos ecossistemas afetando gravemente o equilibro ambiental. Por isso em 1986, a Comissão Mundial para o Meio Ambiente e Desenvolvimento das Nações Unidas propôs através do relatório de Brundtland tentou lançar u8ma proposta de desenvolvimento económico que consistia com a definição de desenvolvimento sustentável. O desenvolvimento humano e o equilíbrio ambiental
  8. 8. Por isso como já referi anteriormente, o desenvolvimento sustentável tem por definição” satisfazer as necessidades do presente, sem comprometer as gerações futuras”. Ao longo dos anos, têm vindo a ser criadas várias cimeiras para a discussão deste problema entre o desenvolvimento do Homem e a natureza. A primeira grande cimeira, ”a cimeira do Rio” foi uma passo muito importante para a defesa do ambiente pois foi aí que ficou decidida a importância do Desenvolvimento Sustentável perante a comunidade científica; Mas como é natural, os problemas ambientais permaneceram e em alguns casos até foram sendo agravados pelas ações do Homem, contrariamente ao que ficou decidido na cimeira do Rio.
  9. 9. Por isso é importante que o ser Humano aplique algumas regras e medidas para tornar o desenvolvimento sustentável eficaz. Algumas medidas que o ser Humano pode pôr em vigor para se conciliar melhor o seu crescimento e o equilíbrio natural: 1- Evitar:  A desflorestação;  A poluição dos recursos naturais;  A destruição da camada de ozono;  O efeito de estufa: 2- Medidas para o dia-a-dia:  Campanhas de sensibilização para evitar a poluição ambiental;  Preservação dos recursos ambientais;  Bom senso das pessoas perante a Natureza.  Não estragar os recursos ambientais senão for mesmo necessário  (…) No fundo, é as pessoas mudarem a sua forma de pensar e agir sobre a Natureza pois as gerações futuras também desejariam um mundo verde e com vastas áreas naturais.
  10. 10. Como todos sabemos e como já referi, o desenvolvimento sustentável é uma ideia grandiosa, mas que atualmente o ser Humano não está a conseguir cumprir os seus deveres ao tentar melhorar a situação em que o planeta Terra se encontra. Algumas medidas que o Homem pode implementar no seu dia-a-dia: Em casa:  Poupar água e eletricidade;  Usar mais produtos biodegradáveis;  Fazer a reciclagem dos resíduos;  Consumir produtos provenientes de uma agricultura mais pura, que não estrague os solos e polua a Terra, como é o caso da agricultura biológica. Algumas medidas que se pode meter em prática
  11. 11. Na Sociedade…  Utilizar mais os transportes públicos;  Evitar a poluição sonora;  Lutar contra a destruição do meio ambiente;  (…) Na natureza:  Proteger as zonas ecologicamente mais sensíveis;  Respeitar os animais e plantas;  Não deitar lixo para o chão;  Não atear fogo em sítios impróprios;  Ajudar na limpeza das florestas e matas;
  12. 12. Mas qual é a finalidade destas medidas?  Aumentar e melhorar a quantidade de água disponível nos cursos de água;  Reduzir a desflorestação;  Proteger a camada de ozono;  Reduzir a contaminação e o efeito de estufa;  Proteger os solos da erosão e esgotamento;  Favorecer um ambiente saudável,  Pressionar os líderes políticos a vigorarem leis com vista a um ambiente mais saudável e equilibrado entre o homem e a natureza;  Preservar a Biodiversidade;  Conservar os ecossistemas do planeta Terra; Ou seja, tornar o mundo num lugar mais saudável!
  13. 13. Todos os países do mundo deveriam ter um objetivo comum: tornar o planeta Terra num lugar mais equilibrado e saudável. As medidas que ajudam o ambiente têm de ser de proteção e conservação, prevenção e correção ambiental. Políticas ambientais
  14. 14. Estas políticas, têm de ser traduzidas em medidas como:  o aproveitamento racional dos recursos naturais  as ações de reflorestação e criação de parques naturais  a diversificação das fontes energéticas  o apoio à investigação científica  a promoção de atividades de desenvolvimento económico que respeitem  o equilíbrio ambiental e a conservação dos recursos;  o controlo da emissão de gases  a promoção da conservação da diversidade da flora e da fauna  a diminuição do crescimento explosivo da população  a disponibilização de recursos financeiros, educativos e tecnológicos
  15. 15. A pressão exercida pelo Homem sobre a Natureza, levou á criação de Parques Naturais destinados á preservação da vida animal e vegetal especifica de uma determinada zona. Assim existem vários parques com definições diferentes, como: Parque Nacional Integral - Protege-se todos os aspetos da Natureza e só é permitido a presença do seu Humano em caso de estudo científico ou razões administrativas. Parque nacional – Conjunto de reservas instituídas para a preservação da Natureza e educação da população; Paisagem protegida – O objectivo e salvaguardar áreas rurais ou urbanas onde existiam aspetos vestígios da cultura e dos hábitos do povo e só é permitido actividades economias como a agricultura e pastoreio. Lugar, sítios ou objectos classificados – é uma áreas indispensável á salvaguarda paisagística de determinadas ocorrências naturais e ou características de interesse cultural. Parque natural – são áreas de território devidamente ordenadas, tendo em vista o recreio, a conservação da Natureza, a protecção da paisagem natural e a promoção das actividades rurais. Parques Naturais
  16. 16. Parque natural - imagem 2 Parque nacional - Imagem 1 e 3 Paisagem protegida – Imagem 4 Lugar classificado - Imagem 5
  17. 17. Conclusão Como vimos ao longo deste trabalho, foi de máxima importância a criação de medidas para promover o equilíbrio e desenvolvimento Sustentável. Os Parques e reservas naturais, também foram outra excelente ideia porque promoveram sítios” seguros” para o desenvolvimento de plantas e animais que existem só em certos sítios e também para salvaguardar a vida selvagem em algumas partes do nosso mundo. Mas ao acabar este trabalho, fiquei com a opinião que o ser Humano podia- se empenhar mais para proteger o ambiente!
  18. 18. Glossário Cimeira - é uma reunião de chefes de Estado e/ou de governo ou entre líderes de organizações.
  19. 19. Bibliografia Todas as informações e imagens contidas neste trabalho foram retiradas deo:  Livro de Geografia, Á descoberta, 9ºano;  Google Imagens;  http://www.suapesquisa.com/ecologiasaude/problemas_ambientais .htm
  20. 20. k

×