Prof.º Claudney SantosProf.º Claudney Santos
 ““Estamos tão exaustos que dormimos mesmoEstamos tão exaustos que dormimos mesmo
sob intenso barulho. A melhor coisa que...
I GUERRA MUNDIAL –
1914 - 1918
FATORES:FATORES:
1 – Disputas imperialistas do século XIX:1 – Disputas imperialistas do século XIX:
 Principais potências...
TRÍPLICE ENTENTE
- 1907
TRÍPLICE ALIANÇA -
1882
Inglaterra
França
Rússia
XX Alemanha
Áustria-
Hungria
Itália
2 - POLÍTICA ...
3 - PAZ ARMADA- 1871-19143 - PAZ ARMADA- 1871-1914
4 - MOMENTOS DE CRISE:4 - MOMENTOS DE CRISE:
 Crise do Marrocos (1905 – 1911): DisputaCrise do Marrocos (1905 – 1911): Di...
5 - NACIONALISMOS5 - NACIONALISMOS::
 Pan-EslavismoPan-Eslavismo
 Pan-GermanismoPan-Germanismo
A EXPLOSÃO DO CONFLITOA EXPLOSÃO DO CONFLITO
ESTOPIM DA GUERRA:ESTOPIM DA GUERRA:
 ASSASSINATO DO ARQUIDUQUEASSASSINATO D...
O estudante bósnio cristão Gavrilo Prinzip fere mortalmente o arquiduque FranciscoO estudante bósnio cristão Gavrilo Prinz...
Tríplice aliançaAliados
ETAPAS DA GUERRA:ETAPAS DA GUERRA:
 Guerra de Movimento:Guerra de Movimento:
 Batalha de Marme – FrançaBatalha de Marme ...
1915 – 1918: GUERRA DE TRINCHEIRAS1915 – 1918: GUERRA DE TRINCHEIRAS
 A vida nas trincheiras era horrível. QuandoA vida nas trincheiras era horrível. Quando
chovia, o que é comum na região, ...
FRENTE ORIENTAL:FRENTE ORIENTAL:
 Na Ásia os japoneses venciam e seNa Ásia os japoneses venciam e se
apoderavam das colôn...
 1917:1917:
– Saída da Rússia (TratadoSaída da Rússia (Tratado
de Brest-Litovsky)de Brest-Litovsky)
– Entrada dos Estados...
Novas armasNovas armas
 MetralhadoraMetralhadora
 Gases venenososGases venenosos
 Lança-chamasLança-chamas
 TanqueTanq...
Com milhões de homens lutando na guerra, coubeCom milhões de homens lutando na guerra, coube
às mulheres grande parte da p...
1918: RENDIÇÃO ALEMÃ1918: RENDIÇÃO ALEMÃ
 Proclamação da República de Weimar naProclamação da República de Weimar na
Alem...
O TRATADO DE VERSALHES –O TRATADO DE VERSALHES –
28/06/191928/06/1919
 ““Humilhação da Alemanha”Humilhação da Alemanha”
...
DESMEMBRAMENTOS:DESMEMBRAMENTOS:
 Império Áustro-Hungaro: Tratado deImpério Áustro-Hungaro: Tratado de
Saint-GermainSaint...
Principais consequências:Principais consequências:
 8 milhões de mortos e 20 milhões de8 milhões de mortos e 20 milhões d...
 Criação daCriação da “Liga das Nações”“Liga das Nações”
(Fórum Internacional da Paz) (Genebra – Suíça(Fórum Internaciona...
Balada de un Soldado
(baseado no cancioneiro Espanhol "Madre
anoche en las trincheras" da autoria de um
anônimo)
Madre, an...
Primeira guerra 9º ano
Primeira guerra 9º ano
Primeira guerra 9º ano
Primeira guerra 9º ano
Primeira guerra 9º ano
Primeira guerra 9º ano
Primeira guerra 9º ano
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Primeira guerra 9º ano

506 visualizações

Publicada em

1ª Guerra Mundial

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
506
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
336
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Primeira guerra 9º ano

  1. 1. Prof.º Claudney SantosProf.º Claudney Santos
  2. 2.  ““Estamos tão exaustos que dormimos mesmoEstamos tão exaustos que dormimos mesmo sob intenso barulho. A melhor coisa que poderiasob intenso barulho. A melhor coisa que poderia acontecer seria os ingleses avançarem e nosacontecer seria os ingleses avançarem e nos fazerem prisioneiros. Ninguém se importafazerem prisioneiros. Ninguém se importa conosco. Não somos revezados. Os aviõesconosco. Não somos revezados. Os aviões lançam projéteis sobre nós. Ninguém maislançam projéteis sobre nós. Ninguém mais consegue pensar. As rações estão esgotadas [...]consegue pensar. As rações estão esgotadas [...] Não há uma única gota de água. É o próprioNão há uma única gota de água. É o próprio inferno.”inferno.” (Carta encontrada no bolso de um soldado alemão).(Carta encontrada no bolso de um soldado alemão).
  3. 3. I GUERRA MUNDIAL – 1914 - 1918
  4. 4. FATORES:FATORES: 1 – Disputas imperialistas do século XIX:1 – Disputas imperialistas do século XIX:  Principais potências: Inglaterra, França, Alemanha,Principais potências: Inglaterra, França, Alemanha, Itália, Japão, Bélgica,Espanha, Portugal, EUA,Itália, Japão, Bélgica,Espanha, Portugal, EUA, Rússia.Rússia.  Disputa Colonial – matéria-prima e mercadoDisputa Colonial – matéria-prima e mercado consumidor (partilha da África, Ásia e Oceania) aconsumidor (partilha da África, Ásia e Oceania) a Alemanha e Itália ficaram de fora doAlemanha e Itália ficaram de fora do neocolonialismo.neocolonialismo.  Concorrência Econômica entre Inglaterra e AlemanhaConcorrência Econômica entre Inglaterra e Alemanha – estrada de ferro Berlim-Bagdá– estrada de ferro Berlim-Bagdá  Revanchismo francês: Alemanha toma da FrançaRevanchismo francês: Alemanha toma da França Alsácia – Lorena (ferro e carvão) – Guerra Franco-Alsácia – Lorena (ferro e carvão) – Guerra Franco- Prussiana (1870-1871)Prussiana (1870-1871)
  5. 5. TRÍPLICE ENTENTE - 1907 TRÍPLICE ALIANÇA - 1882 Inglaterra França Rússia XX Alemanha Áustria- Hungria Itália 2 - POLÍTICA DE ALIANÇAS:
  6. 6. 3 - PAZ ARMADA- 1871-19143 - PAZ ARMADA- 1871-1914
  7. 7. 4 - MOMENTOS DE CRISE:4 - MOMENTOS DE CRISE:  Crise do Marrocos (1905 – 1911): DisputaCrise do Marrocos (1905 – 1911): Disputa territorial entre França e Alemanhaterritorial entre França e Alemanha  Áustria-Hungria anexa a Bósnia em 1908.Áustria-Hungria anexa a Bósnia em 1908.  Crise Balcânica (1912 – 1913): SérviaCrise Balcânica (1912 – 1913): Sérvia (apoiada pela Rússia) X Áustria (aliada da(apoiada pela Rússia) X Áustria (aliada da Alemanha)Alemanha)
  8. 8. 5 - NACIONALISMOS5 - NACIONALISMOS::  Pan-EslavismoPan-Eslavismo  Pan-GermanismoPan-Germanismo
  9. 9. A EXPLOSÃO DO CONFLITOA EXPLOSÃO DO CONFLITO ESTOPIM DA GUERRA:ESTOPIM DA GUERRA:  ASSASSINATO DO ARQUIDUQUEASSASSINATO DO ARQUIDUQUE AUSTRÍACOAUSTRÍACO FRANCISCO FERDINANDOFRANCISCO FERDINANDO (28 DE JUNHO DE 1914) POR UM(28 DE JUNHO DE 1914) POR UM ESTUDANTE SÉRVIO EM SARAJEVO –ESTUDANTE SÉRVIO EM SARAJEVO – CAPITAL DA BÓSNIA-HERZEGOVINA.CAPITAL DA BÓSNIA-HERZEGOVINA.
  10. 10. O estudante bósnio cristão Gavrilo Prinzip fere mortalmente o arquiduque FranciscoO estudante bósnio cristão Gavrilo Prinzip fere mortalmente o arquiduque Francisco Fernando e sua esposa, quando visitavam Sarajevo, capital da Bósnia-HerzegovinaFernando e sua esposa, quando visitavam Sarajevo, capital da Bósnia-Herzegovina
  11. 11. Tríplice aliançaAliados
  12. 12. ETAPAS DA GUERRA:ETAPAS DA GUERRA:  Guerra de Movimento:Guerra de Movimento:  Batalha de Marme – FrançaBatalha de Marme – França (05 a 10/09/1915)(05 a 10/09/1915)
  13. 13. 1915 – 1918: GUERRA DE TRINCHEIRAS1915 – 1918: GUERRA DE TRINCHEIRAS
  14. 14.  A vida nas trincheiras era horrível. QuandoA vida nas trincheiras era horrível. Quando chovia, o que é comum na região, os túneischovia, o que é comum na região, os túneis inundavam. E os soldados tinham de lutar, comerinundavam. E os soldados tinham de lutar, comer e dormir por semanas com os uniformese dormir por semanas com os uniformes encharcados. Havia lama por todos os lados, àsencharcados. Havia lama por todos os lados, às vezes atingindo até o peito dos homens. Eles nãovezes atingindo até o peito dos homens. Eles não podiam manter-se aquecidos, e as doenças sepodiam manter-se aquecidos, e as doenças se espalhavam, matando milhares de pessoasespalhavam, matando milhares de pessoas diariamente. Para completar, os vivos sofriamdiariamente. Para completar, os vivos sofriam com os piolhos, enquanto os ratos secom os piolhos, enquanto os ratos se alimentavam dos cadáveres.alimentavam dos cadáveres. ( depoimento de um( depoimento de um soldado entrincheirado)soldado entrincheirado)
  15. 15. FRENTE ORIENTAL:FRENTE ORIENTAL:  Na Ásia os japoneses venciam e seNa Ásia os japoneses venciam e se apoderavam das colônias alemãs no Oriente:apoderavam das colônias alemãs no Oriente: Tsingtao, na China, as Ilhas Marianas,Tsingtao, na China, as Ilhas Marianas, Carolinas e Marshall no Oceano Pacífico.Carolinas e Marshall no Oceano Pacífico.
  16. 16.  1917:1917: – Saída da Rússia (TratadoSaída da Rússia (Tratado de Brest-Litovsky)de Brest-Litovsky) – Entrada dos EstadosEntrada dos Estados Unidos (submarinosUnidos (submarinos alemães torpedearam oalemães torpedearam o Navio Lusitânia)Navio Lusitânia) – ““Os 14 Pontos” (Uma PazOs 14 Pontos” (Uma Paz sem Vencedores) –sem Vencedores) – Presidente WoodrowPresidente Woodrow Wilson - EUAWilson - EUA
  17. 17. Novas armasNovas armas  MetralhadoraMetralhadora  Gases venenososGases venenosos  Lança-chamasLança-chamas  TanqueTanque  AviãoAvião  SubmarinoSubmarino
  18. 18. Com milhões de homens lutando na guerra, coubeCom milhões de homens lutando na guerra, coube às mulheres grande parte da produção de armas.às mulheres grande parte da produção de armas.
  19. 19. 1918: RENDIÇÃO ALEMÃ1918: RENDIÇÃO ALEMÃ  Proclamação da República de Weimar naProclamação da República de Weimar na Alemanha (09/11/1918)Alemanha (09/11/1918)  Assinatura do Armistício de CompiegneAssinatura do Armistício de Compiegne (11/09/19180)(11/09/19180)  Armistício do latin: arma (arma) e stitiumArmistício do latin: arma (arma) e stitium (parar) = cessar fogo(parar) = cessar fogo  A PAZ DE VERSALHES - Presidida por:A PAZ DE VERSALHES - Presidida por:  Woodrow Wilson (EUA)Woodrow Wilson (EUA)  Lloyd George (Inglaterra)Lloyd George (Inglaterra)  Clemenceau (França)Clemenceau (França)
  20. 20. O TRATADO DE VERSALHES –O TRATADO DE VERSALHES – 28/06/191928/06/1919  ““Humilhação da Alemanha”Humilhação da Alemanha”  Considerou a Alemanha culpada pela guerra;Considerou a Alemanha culpada pela guerra;  Exigiu a devolução da Alsácia-Lorena à FrançaExigiu a devolução da Alsácia-Lorena à França  Criação do Corredor Polonês (Porto de Dantzig)Criação do Corredor Polonês (Porto de Dantzig)  A Alemanha perde suas colônias na África e ÁsiaA Alemanha perde suas colônias na África e Ásia  Redução do Exército, da Marinha e proibição deRedução do Exército, da Marinha e proibição de existência da Aeronáuticaexistência da Aeronáutica  Pagamento de Indenização de Guerra (US$30Pagamento de Indenização de Guerra (US$30 bilhões)bilhões)
  21. 21. DESMEMBRAMENTOS:DESMEMBRAMENTOS:  Império Áustro-Hungaro: Tratado deImpério Áustro-Hungaro: Tratado de Saint-GermainSaint-Germain  (Polônia, Tchecoslováquia, Hungria,(Polônia, Tchecoslováquia, Hungria, Iuguslávia e Áustria)Iuguslávia e Áustria)  Império Turco-OtomanoImpério Turco-Otomano
  22. 22. Principais consequências:Principais consequências:  8 milhões de mortos e 20 milhões de8 milhões de mortos e 20 milhões de mutilados.mutilados.  FIM DA HEGEMONIA EUROPÉIAFIM DA HEGEMONIA EUROPÉIA  Transferência do Eixo Econômico daTransferência do Eixo Econômico da Europa para os Estados UnidosEuropa para os Estados Unidos  Novo mapa da EuropaNovo mapa da Europa
  23. 23.  Criação daCriação da “Liga das Nações”“Liga das Nações” (Fórum Internacional da Paz) (Genebra – Suíça(Fórum Internacional da Paz) (Genebra – Suíça -1919) objetivo – garantir a paz.-1919) objetivo – garantir a paz.  EUA, ALEMANHA E RÚSSIA NÃOEUA, ALEMANHA E RÚSSIA NÃO PARTICIPARAMPARTICIPARAM  A Liga das Nações se mostrou falível quando oA Liga das Nações se mostrou falível quando o Japão atacou a Manchúria em 1931Japão atacou a Manchúria em 1931
  24. 24. Balada de un Soldado (baseado no cancioneiro Espanhol "Madre anoche en las trincheras" da autoria de um anônimo) Madre, anoche en las trincheras Entre el fuego y la metralla Vi un enemigo correr La noche estaba cerada, La apunté con mi fusil Y al tiempo que disparaba Una luz iluminó El rostro que yo mataba Clavó su mirada en mi Con sus ojos ya vacios Madre, sabes quien maté? Aquél soldado enemigo Era mi amigo José Compañero de la escuela Con quien tanto yo jugué De soldados y trincheras Hoy el fuego era verdadHoy el fuego era verdad Y mi amigo ya se entierraY mi amigo ya se entierra Madre, yo quiero morirMadre, yo quiero morir Estoy harto de esta guerraEstoy harto de esta guerra Y si vuelvo a escribirY si vuelvo a escribir Talvez lo haga del cieloTalvez lo haga del cielo Donde encontraré a JoséDonde encontraré a José Y jugaremos de nuevoY jugaremos de nuevo Madre, sabes quien maté?Madre, sabes quien maté? Aquél soldado enemigoAquél soldado enemigo Era mi amigo JoséEra mi amigo José Compañero de la escuelaCompañero de la escuela Con quien tanto yo juguéCon quien tanto yo jugué De soldados y trincherasDe soldados y trincheras Madre, sabes quien maté?Madre, sabes quien maté? Aquél soldado enemigoAquél soldado enemigo Era mi amigo JoséEra mi amigo José

×