Termos da oração ligados ao nomePredicativo do sujeito: característica do sujeito presente no predicado (quase semprehá ve...
Toda criança tem necessidade de carinho (necessidade não é verbo, sendo completadopor “de carinho”, o qual é complemento n...
Silepse: concordância com a ideia:De gênero: A linda Curitiba está em festa (implícita a ideia de cidade)De pessoa: Os pau...
-Verbo-Nominal:-Verbo de ação-Predicativo do sujeito ou do objeto ou os doisExemplos: Todos chegaram exaustos do passeioSu...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Termos da oração ligados ao nome, figuras de linguagem e tipos de predicado

1.471 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.471
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Termos da oração ligados ao nome, figuras de linguagem e tipos de predicado

  1. 1. Termos da oração ligados ao nomePredicativo do sujeito: característica do sujeito presente no predicado (quase semprehá verbos de ligação)Os principais verbos de ligação são:SER= O carro é novo.ESTAR= João está feliz.PARECER= Joice parece cansada.PERMANECER= A moça permanece aflita.FICAR= Nicole ficou triste.CONTINUAR= Danilo continua feliz.ANDAR= Cláudia anda nervosa. diferente de Cláudia anda depressa, ou seja, oadjetivo se refere ao modo dela andar, sendo adjunto adverbial de modoExemplos sem VL: Todos chegaram assustados (verbo de ação intransitivo)P.SO bebê nasceu lindo ontem (verbo de ação intransitivo)P.SPredicado do objeto: características do objeto (direto ou indireto). Geralmente serefere a um estado momentâneoEx: A mãe encontrou o filho desmaiadoSuj. V.T.D O.D P.ODiferenças com adjunto adnominal: Eu comprei um carro preto (o carro sempre serápreto, não é momentâneo, é permanente), preto é adjunto adnominalAdjunto Adnominal: palavras ou expressões que se referem ao substantivo. Só podeser adjetivo, locução adjetiva, artigo, numeral ou pronome, os quais precisam estarsempre próximos ao substantivoEx: Nosso velho mestre aposentou-sePron.Poss. Adj. Subst.Amor de mãe é infinitoSubst. Locu.adj.(materno)Os preconceitos devem ser banidos por toda sociedade inteligenteAdj.adn subst. Pron. Subst. adj.adn.(artigo)Complemento nominal: completam o sentido de um nome (substantive, adjetivo ouadvérbio). Liga-se à palavra completada através de preposiçãoDiferenças com O.I: Toda criança necessita de carinho (necessita é verbo transitivoindireto, portanto, precisa de um objeto indireto, não possuindo C.N)
  2. 2. Toda criança tem necessidade de carinho (necessidade não é verbo, sendo completadopor “de carinho”, o qual é complemento nominal)Tenho horror (a que?) a baratasV.T.I C.N.Houve uma luta contra o poder abusivoV.T.D. O.D. C.N.Aposto: é uma explicação a mais (não é necessária), podendo vir entre vírgulas, doispontos, parênteses ou travessõesEx: O jornal da Folha de São Paulo publicou aquilo ontemApostoVocativo: termo isolado, não faz parte do sujeito ou predicadoEx: Menino fique quietoVocativoFiguras de LinguagemDenotação: definição do dicionário, sentido real da palavraConotação: sentido figurado da palavra-Figuras Fonéticas:Paronomásia: mudança de fonema (apenas som), alterando o sentido da palavraExemplos: sala, mala, lixo, luxoAliteração: repetição do som de consoantesExemplos: gente, jeito, jaulaAssonância: Repetição de sons vocálicosExemplos: Anabela abria a janelaOnomatopeia: Sons representados pela escritaExemplos: toc toc, miar, latir-Figuras sintáticas:Elipse: oculto/omissão de qualquer palavra que se descobre pelo contextoExemplo: Voltamos (nós) às 19h da noiteZeugma: o termo aparece uma vez e na segunda é omitidoExemplo: Eu gosto de frio, ela nãoPleonasmo: vicioso: subir para cima, descer para baixo, encarar de frenteObjeto direto e indireto: dar ênfase à ideia. Exemplo: sonhar um sonho (na linguagempoética)Anáfora: Repetição de um termo somente no início da oraçãoExemplo: A gente quer valer o nosso amor. A gente que valer nosso suorPolissíndeto: Repetição de, principalmente, “e” (3 “es” já caracteriza o polissíndeto)Exemplo: E sai, e entra na sala e levanta-se e senta-seAssíndeto: Omissão de conectivos, fazendo uso das vírgulasExemplo: Sai, entra na sala, levanta-se, senta-se
  3. 3. Silepse: concordância com a ideia:De gênero: A linda Curitiba está em festa (implícita a ideia de cidade)De pessoa: Os paulistanos gostamos de pizza3ªpes.plu. 1ªpes.pluDe número: O bando invadiram o bancoHipérbato: inversão dos termos da oraçãoExemplo: Chegaram atrasados os livrosAnacoluto: mudança brusca de ideiasExemplo: As meninas, eu não entendi o que você falouQuiasmo: Repetição com trocas das palavrasExemplo: O homem pobre, o pobre homemApóstrofe: chamar alguém ou algoExemplo: Ó LuaParalelismo: usar o verbo no mesmo sentido sintáticoExemplo: Ele chegou, ele viajou, ele morreuTipos de PredicadoPredicado: declaração feita sobre o sujeito ou apenas uma declaração não vinculadaa algum serTipos (estrutura):-Nominal:*Verbo de ligação: vazio de ideia, significado*Predicativo do sujeito*Núcleo: predicativo do sujeitoExemplo: Nós estamos preocupados por causa da violênciaSuj. V.L. P.S. Adj. Adv. de causaObs:I-Pedro está (V.L.) adoentado (adoentado é característica de Pedro, portanto o núcleo dopredicado é P.S.) Predicado NominalII-Pedro está (V.I.) no hospital (adjunto adverbial de lugar)-Verbal:-Verbo de ação (transitivo ou intransitivo)-Núcleo do predicado = verboExemplos: O país negou ajuda ao criminoso (negou é núcleo)Suj. V.T.D.I O.D. O.I.Os formando viajarão em julho (viajarão é o núcleo)Suj. V.I. Adj. Adv. de tempo
  4. 4. -Verbo-Nominal:-Verbo de ação-Predicativo do sujeito ou do objeto ou os doisExemplos: Todos chegaram exaustos do passeioSuj. V.T.I P.S. Adj. Adv. de lugarO cantor encontrou o público entusiasmado no estúdioSuj. V.T.D O.D. P.O (núcleo do predicado)

×