SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 32
PRONOMES
Diego José Prezia.
OS PRONOMES SÃO:
Pronomes são palavras que servem para substituir um
nome:
Exemplo: Maria foi ao parque cedo. Ela estava bem
disposta.
O pronome é referencial por natureza, ou seja, precisa de
uma referência anterior para que faça sentido completo.
Veja:
Ele foi à praça.
Porém, se puséssemos um referencial:
João estava na sala. Ele foi à praça.
Saberíamos o nome ao qual o pronome “ele” se refere.
Portanto, dizemos que um pronome sempre é referencial.
Neste caso, não saberíamos dizer o nome que corresponde ao
pronome “ele” – não saberíamos identificar quem foi à praça.
 Podem ser classificados em:
 Pessoais do caso reto e oblíquo
 Relativos
 Possessivos
 Demonstrativos
 Indefinidos
 Interrogativos
 Pessoais de tratamento
 Reflexivo
PRONOMES SUBSTANTIVOS E
ADJETIVOS
Além de suas classificações, os pronomes possuem duas
funções específicas. Para cada função há um nome:
Pronome substantivo: Àquele que é usado SOMENTE
para substituir um substantivo.
A menina foi embora.Ela foi embora.
Pronome adjetivo: serve para acompanhar e modificar
ou alterar um substantivo.
o Minha casa está limpa. Esta ação foi ótima.
PRONOMES PESSOAIS
Os pronomes pessoais são aqueles que se referem
especificamente a seres.
Ricardo ainda não chegou. Ele está na casa de Rita.
 Os professores nos orientaram corretamente.
São divididos em: Pessoais do caso reto e do caso
oblíquo. Substituem os nomes e indicam as pessoas do
discurso (fala).
PRONOMES PESSOAIS RETOS
 São os pronomes que substituem os nomes, seres,
que, em uma frase, EXECUTAM ALGUMA AÇÃO.
 Clara amou Tiago. Ela amou-o muito.
 São eles:
Singular Plural
1ª pessoa Eu Nós
2ª pessoa Tu Vós
3ª pessoa Ele Eles
PRONOMES PESSOAIS OBLÍQUOS
 São os pronomes utilizados para indicar as
pessoas do discurso (fala) que RECEBEM alguma
ação.
 ( recebe a ação)
 Laura falou comigo sobre o acidente.
 Antônio entregou a ti o discurso.
(recebe a ação)
Tiago viu a caneta.
Ele comprou-a.
Tiago matou João.
Ele matou-o.
O pronome reto executa ação.
O pronome oblíquo recebe a
ação.
PRONOMES PESSOAIS OBLÍQUOS ÁTONOS
 São os pronomes sem uma sílaba tônica, além de
serem usados SEM NENHUMA PREPOSIÇÃO.
singular plural
1ª pessoa Me nos
2ª pessoa Te vos
3ª pessoa O, a, lhe,se Os, as, lhes, se
PRONOMES PESSOAIS OBLÍQUOS TÔNICOS
 Sempre ocorrem após uma PREPOSIÇÃO e
possuem uma tonicidade silábica.
Singular Plural
1ª pessoa Mim, comigo conosco
2ª pessoa Ti, contigo convosco
3ª pessoa Si, consigo Si, consigo
-> Dentro do pronome ‘lhe’ há a
preposição ‘para’:
Pâmela entregou para Maria.
Ela entregou-lhe
O pronome ‘lhe’ pode se unir aos
pronomes ‘o’ ou ‘a’:
Pâmela entregou a caneta para
João.
Ela entregou-lha.
Pâmela entregou o pacote para
Maria.
Pâmela entregou-lho
PRONOMES DE TRATAMENTO
São os pronomes utilizados para indicar um grau de
respeitabilidade ou reverência ou respeito em relação a uma pessoa
específica.
Vossa santidade, o papa, chegou ontem em São Paulo
Você
Senhor, Senhora para pessoas em geral
Vossa senhoria
 Vossa santidade papas
 Vossa alteza príncipes, princesas
 Vossa Majestade Reis, rainhas
 Vossa excelência Juízes, presidentes
 Vossa magnificência reitores
 Vossa Excelência Reverendíssima
arcebispos
 Vossa reverendíssima bispos
 Vossa eminência cardeais
 Quando se estiver falando DIRETAMENTE COM A
PESSOA EM QUESTÃO, USA-SE ‘VOSSA”
EXEMPLO: Vossa Santidade virá ao Brasil em que
ano?
 Quando não se fala diretamente com a pessoa,
mas se fala SOBRE A PESSOA, usa-se o “SUA”!
EXEMPLO: Sua Santidade virá ao Brasil em 2014,
ele me disse.
PRONOMES RELATIVOS
Os pronomes relativos são utilizados para conectar duas orações,
além de substituir um termo comum, o qual se repete durante as
frases.
Não conhecemos o menino. O menino saiu.
 Não conhecemos o menino que saiu.
PRONOMES RELATIVOS
Cujo, cuja indicam
Cujos, cujas posse
Exemplo:
O estojo do menino caiu. O menino estava na sala.
O menino cujo estojo caiu estava na sala.
OUTROS EXEMPLOS:
 O teclado de Amanda quebrou. Amanda foi para a
Assistência.
 AMANDA CUJO TECLADO QUEBROU FOI PARA A
ASSISTÊNCIA.
 Maria correu para sala. O tênis dela estava sujo.
 MARIA CUJO TÊNIS ESTAVA SUJO CORREU PARA A
SALA.
 O animal de João está no Pet Shop. João foi buscá-lo
 JOÃO CUJO ANIMAL ESTÁ NO PET SHOP FOI
BUSCÁ-LO.
O qual, a qual
Que indicam pessoa
Os quais, as quais
Quem
Exemplo:
A mulher estava em casa. A mulher assistiu à tv.
A mulher a qual estava em casa assistiu à tv.
Quanto, quanta quantidade
Quantos, quantas
Isto você sabe. Você sabe esta quantidade.
Isto é o quanto você sabe.
Onde Lugar
Esta é a cidade. Nasci nesta cidade.
Esta é a cidade onde nasci.
OUTROS EXEMPLOS
 A aluna comeu um biscoito. O biscoito estava
gostoso.
 A aluna comeu um biscoito o qual estava gostoso.
 O caderno estava na mesa. Gostei do caderno.
 O caderno do qual gostei estava na mesa.
PRONOMES INDEFINIDOS
São pronomes que indicam e substituem um ser, mas não o
especificam, nem o identificam.
Todos cumpriram seus deveres.
Alguém acabou de chegar.
 Variáveis (têm singular, plural, feminino, masculino):
nenhum(s), nenhuma(s) algum(s), alguma(s), todo(s), toda(s),
muito(s), muita(s), pouco(s), pouca(s), certo(s), certa(s),
vário(s), vária(s), etc.
 Invariáveis (nunca mudam): quem, alguém, ninguém, outrem,
tudo, nada, etc.
PRONOMES INTERROGATIVOS
 Pronomes utilizados para indicar uma pergunta.
Substituem um nome:
 Quem vai viajar hoje?
 São eles: que, quem, qual, quais, quanto(s), quanta(s).
 Existem também Pronomes Interrogativos Substantivos e
Pronomes Interrogativos Adjetivos.
PRONOMES POSSESSIVOS
Pronomes possessivos indicam individualmente posse.
 Minha mãe quebrou o carro na avenida.
 Nossas mães foram ao shopping juntas.
PRONOMES POSSESSIVOS
Singular Plural
1ª pessoa Meu, minha Nosso, nossa
2ª pessoa Teu, tua Vosso, vossa
3ª pessoa Seu, sua Seus, suas
PRONOMES DEMONSTRATIVOS
 Pronomes utilizados para demonstrar proximidade, distância,
tempo etc.
 Esta aqui é a minha bicicleta. Essa é a sua bicicleta. Aquela é
a bicicleta do João.
 Os pronomes demonstrativos são:
 1ª pessoa – este, esta, estes, estas, isto.
 2º pessoa – esse, essa, esses, essas, isso.
 3ªpessoa – aquele, aquela, aqueles, aquelas, aquilo.
O PRONOME PODE SER UTILIZADO PARA SE
REFERIR À PALAVRAS DENTRO DO TEXTO. VEJA O
EXEMPLO:
Antônia, Maria e Joana foram à praça. Esta morreu, essa
contraiu uma doença infecciosa e aquela ganhou na
Mega.
Neste caso, o pronome demonstrativo “esta” terá a
referência do substantivo mais próximo, Joana. Ou seja,
Joana morreu.
O pronome demonstrativo “essa” irá ligar-se ao segundo
substantivo mais próximo, Maria. Ou seja, Maria contraiu
uma doença infecciosa.
Já o pronome demonstrativa “aquela” terá como
referência o substantivo mais distante na frase, Antônia.
Ou seja, Antônia ganhou na Mega.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Trabalho de Inglês 1° Bimestre
Trabalho de Inglês 1° BimestreTrabalho de Inglês 1° Bimestre
Trabalho de Inglês 1° BimestreCarolindaMorais
 
Verbos no modo imperativo apresentação
Verbos no modo imperativo   apresentaçãoVerbos no modo imperativo   apresentação
Verbos no modo imperativo apresentaçãoIvan Barreto Dos Santos
 
Trabalho de Inglês (1°Bimestre)
Trabalho de Inglês (1°Bimestre)Trabalho de Inglês (1°Bimestre)
Trabalho de Inglês (1°Bimestre)marcusreis96
 
Simple Present Tense
Simple Present TenseSimple Present Tense
Simple Present TenseMeris_Trento
 
Aula de inglês 24 verbo to be
Aula de inglês 24   verbo to beAula de inglês 24   verbo to be
Aula de inglês 24 verbo to bepytheasenglish
 
Apostila completa de_gramática_do_inglês_técnico
Apostila completa de_gramática_do_inglês_técnicoApostila completa de_gramática_do_inglês_técnico
Apostila completa de_gramática_do_inglês_técnicoRodrigo Ferreira
 
Simple Present - Verbo to be e regulares
Simple Present - Verbo to be e regularesSimple Present - Verbo to be e regulares
Simple Present - Verbo to be e regularesHigh1003
 
Esclarecimento à, á, há, ah
Esclarecimento   à, á, há, ahEsclarecimento   à, á, há, ah
Esclarecimento à, á, há, ahmariaanliaf
 
Verbos no modo imperativo
Verbos no modo imperativo Verbos no modo imperativo
Verbos no modo imperativo Deisy Quintero
 
Aula de inglês 25 passado do verbo to be
Aula de inglês 25   passado do verbo to beAula de inglês 25   passado do verbo to be
Aula de inglês 25 passado do verbo to bepytheasenglish
 
Office startup
Office startupOffice startup
Office startupkle157
 
Determinantes e Quantificadores (Nova Terminologia Linguística)
Determinantes e Quantificadores (Nova Terminologia Linguística)Determinantes e Quantificadores (Nova Terminologia Linguística)
Determinantes e Quantificadores (Nova Terminologia Linguística)becrejovim
 
Simple past tense
Simple past tenseSimple past tense
Simple past tenseAlaenne
 

Mais procurados (20)

Trabalho de Inglês 1° Bimestre
Trabalho de Inglês 1° BimestreTrabalho de Inglês 1° Bimestre
Trabalho de Inglês 1° Bimestre
 
Review - Simple Present and Personal Pronouns
Review - Simple Present and Personal PronounsReview - Simple Present and Personal Pronouns
Review - Simple Present and Personal Pronouns
 
Verbos no modo imperativo apresentação
Verbos no modo imperativo   apresentaçãoVerbos no modo imperativo   apresentação
Verbos no modo imperativo apresentação
 
Pronomes 1anos
Pronomes 1anosPronomes 1anos
Pronomes 1anos
 
Trabalho de Inglês (1°Bimestre)
Trabalho de Inglês (1°Bimestre)Trabalho de Inglês (1°Bimestre)
Trabalho de Inglês (1°Bimestre)
 
Simple Present Tense
Simple Present TenseSimple Present Tense
Simple Present Tense
 
Ingles tecnico
Ingles tecnicoIngles tecnico
Ingles tecnico
 
Conjugarverbos
ConjugarverbosConjugarverbos
Conjugarverbos
 
verbo to be
verbo to beverbo to be
verbo to be
 
Aula de inglês 24 verbo to be
Aula de inglês 24   verbo to beAula de inglês 24   verbo to be
Aula de inglês 24 verbo to be
 
Apostila completa de_gramática_do_inglês_técnico
Apostila completa de_gramática_do_inglês_técnicoApostila completa de_gramática_do_inglês_técnico
Apostila completa de_gramática_do_inglês_técnico
 
Simple Present - Verbo to be e regulares
Simple Present - Verbo to be e regularesSimple Present - Verbo to be e regulares
Simple Present - Verbo to be e regulares
 
Esclarecimento à, á, há, ah
Esclarecimento   à, á, há, ahEsclarecimento   à, á, há, ah
Esclarecimento à, á, há, ah
 
Verbos no modo imperativo
Verbos no modo imperativo Verbos no modo imperativo
Verbos no modo imperativo
 
Aula de inglês 25 passado do verbo to be
Aula de inglês 25   passado do verbo to beAula de inglês 25   passado do verbo to be
Aula de inglês 25 passado do verbo to be
 
Office startup
Office startupOffice startup
Office startup
 
Determinantes e Quantificadores (Nova Terminologia Linguística)
Determinantes e Quantificadores (Nova Terminologia Linguística)Determinantes e Quantificadores (Nova Terminologia Linguística)
Determinantes e Quantificadores (Nova Terminologia Linguística)
 
Simple past tense
Simple past tenseSimple past tense
Simple past tense
 
Present Simple
Present SimplePresent Simple
Present Simple
 
Oracoes
OracoesOracoes
Oracoes
 

Destaque (8)

Tarefas mínimas 9ºano
Tarefas mínimas 9ºanoTarefas mínimas 9ºano
Tarefas mínimas 9ºano
 
Lista pronomes interrogativos
Lista pronomes interrogativosLista pronomes interrogativos
Lista pronomes interrogativos
 
Como Pronunciar O Alfabeto Em Inglês
Como Pronunciar O Alfabeto Em InglêsComo Pronunciar O Alfabeto Em Inglês
Como Pronunciar O Alfabeto Em Inglês
 
Atividade avaliativa 6º ano
Atividade avaliativa 6º anoAtividade avaliativa 6º ano
Atividade avaliativa 6º ano
 
Alfabeto inglês
Alfabeto inglêsAlfabeto inglês
Alfabeto inglês
 
Revisao 1serie ingles
Revisao 1serie inglesRevisao 1serie ingles
Revisao 1serie ingles
 
Dica ingles afa
Dica ingles afaDica ingles afa
Dica ingles afa
 
Alfabeto inglês
Alfabeto inglêsAlfabeto inglês
Alfabeto inglês
 

Semelhante a Pronomes incompleto (4) (20)

Pronomes incompleto (3)
Pronomes   incompleto (3)Pronomes   incompleto (3)
Pronomes incompleto (3)
 
Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
 
Classes de palavras
Classes de palavrasClasses de palavras
Classes de palavras
 
Classes-Gramaticais-slides.ppt
Classes-Gramaticais-slides.pptClasses-Gramaticais-slides.ppt
Classes-Gramaticais-slides.ppt
 
Pronomes
Pronomes Pronomes
Pronomes
 
Pronomes
Pronomes Pronomes
Pronomes
 
O pronome
O pronomeO pronome
O pronome
 
Pronome
PronomePronome
Pronome
 
Intensivo Aula 4 morfologia
Intensivo  Aula 4   morfologiaIntensivo  Aula 4   morfologia
Intensivo Aula 4 morfologia
 
Cefet/Coltec Aula 4 Morfologia
Cefet/Coltec Aula 4   MorfologiaCefet/Coltec Aula 4   Morfologia
Cefet/Coltec Aula 4 Morfologia
 
Pronomes 2
Pronomes 2Pronomes 2
Pronomes 2
 
Pronomes marlos
Pronomes marlosPronomes marlos
Pronomes marlos
 
Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
 
Os pronomes
Os pronomesOs pronomes
Os pronomes
 
Pronomes i
Pronomes iPronomes i
Pronomes i
 
Pronome.pdf
Pronome.pdfPronome.pdf
Pronome.pdf
 
Verbos 2
Verbos 2Verbos 2
Verbos 2
 
Pronomes
PronomesPronomes
Pronomes
 
Pronome
PronomePronome
Pronome
 
Pronome
PronomePronome
Pronome
 

Mais de Diego Prezia

Mais de Diego Prezia (20)

Prova setimos ii ii resp
Prova setimos ii ii resp Prova setimos ii ii resp
Prova setimos ii ii resp
 
Fling
FlingFling
Fling
 
Funções
FunçõesFunções
Funções
 
Vozes do verbo
Vozes do verboVozes do verbo
Vozes do verbo
 
Adjetivadetalhada 101019051533-phpapp02
Adjetivadetalhada 101019051533-phpapp02Adjetivadetalhada 101019051533-phpapp02
Adjetivadetalhada 101019051533-phpapp02
 
Etapa v e orações
Etapa v e oraçõesEtapa v e orações
Etapa v e orações
 
Oração adjetiva
Oração adjetivaOração adjetiva
Oração adjetiva
 
Prova setimos ii i resp
Prova setimos ii i resp Prova setimos ii i resp
Prova setimos ii i resp
 
Prova oitavos ii i -respostas
Prova oitavos ii i -respostas Prova oitavos ii i -respostas
Prova oitavos ii i -respostas
 
Fonética e fonologia
Fonética e fonologiaFonética e fonologia
Fonética e fonologia
 
Capítulos 1 e 2
Capítulos 1 e 2Capítulos 1 e 2
Capítulos 1 e 2
 
Etapa ii correção
Etapa ii  correçãoEtapa ii  correção
Etapa ii correção
 
Numerais
NumeraisNumerais
Numerais
 
Correção etapa i
Correção etapa iCorreção etapa i
Correção etapa i
 
Prova nonos correção
Prova nonos correção Prova nonos correção
Prova nonos correção
 
Prova oitavo
Prova oitavoProva oitavo
Prova oitavo
 
Medo
MedoMedo
Medo
 
Sintaxe tudo2
Sintaxe tudo2Sintaxe tudo2
Sintaxe tudo2
 
Interpretação básico
Interpretação   básicoInterpretação   básico
Interpretação básico
 
Sintaxe tudo2
Sintaxe tudo2Sintaxe tudo2
Sintaxe tudo2
 

Último

Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUSHomens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUSProf. Marcus Renato de Carvalho
 
Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdf
Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdfMetabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdf
Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdfMayaraStefanydaSilva1
 
AULA 02 TEMPO CIRURGICO-SEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
AULA 02 TEMPO CIRURGICO-SEGURANÇA DO PACIENTE.pptxAULA 02 TEMPO CIRURGICO-SEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
AULA 02 TEMPO CIRURGICO-SEGURANÇA DO PACIENTE.pptxmikashopassos123
 
AULA - Fígado, vias biliares e pâncreas exócrino.pdf
AULA - Fígado, vias biliares e pâncreas exócrino.pdfAULA - Fígado, vias biliares e pâncreas exócrino.pdf
AULA - Fígado, vias biliares e pâncreas exócrino.pdfClaudiaAraujo428025
 
DOENÇAS DE NOTIFICAÇÕES COMPULSÓRIAS - slide.pptx
DOENÇAS DE NOTIFICAÇÕES COMPULSÓRIAS - slide.pptxDOENÇAS DE NOTIFICAÇÕES COMPULSÓRIAS - slide.pptx
DOENÇAS DE NOTIFICAÇÕES COMPULSÓRIAS - slide.pptxDiegoFernandes857616
 
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdfATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdfvejic16888
 
Tabela-pontos-de-corte-clinicos-BrCAST-12-abr-22.pdf
Tabela-pontos-de-corte-clinicos-BrCAST-12-abr-22.pdfTabela-pontos-de-corte-clinicos-BrCAST-12-abr-22.pdf
Tabela-pontos-de-corte-clinicos-BrCAST-12-abr-22.pdfqualidadediagnostico
 
Crianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdf
Crianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdfCrianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdf
Crianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdfivana Sobrenome
 

Último (8)

Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUSHomens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
Homens Trans tem Caderneta de Pré-Natal especial / Programa Transgesta - SUS
 
Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdf
Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdfMetabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdf
Metabolismo Celular, Respiração Celular aeróbia e anaeróbia.pdf
 
AULA 02 TEMPO CIRURGICO-SEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
AULA 02 TEMPO CIRURGICO-SEGURANÇA DO PACIENTE.pptxAULA 02 TEMPO CIRURGICO-SEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
AULA 02 TEMPO CIRURGICO-SEGURANÇA DO PACIENTE.pptx
 
AULA - Fígado, vias biliares e pâncreas exócrino.pdf
AULA - Fígado, vias biliares e pâncreas exócrino.pdfAULA - Fígado, vias biliares e pâncreas exócrino.pdf
AULA - Fígado, vias biliares e pâncreas exócrino.pdf
 
DOENÇAS DE NOTIFICAÇÕES COMPULSÓRIAS - slide.pptx
DOENÇAS DE NOTIFICAÇÕES COMPULSÓRIAS - slide.pptxDOENÇAS DE NOTIFICAÇÕES COMPULSÓRIAS - slide.pptx
DOENÇAS DE NOTIFICAÇÕES COMPULSÓRIAS - slide.pptx
 
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdfATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
ATIVIDADE 1 - FSCE - FORMAÇÃO SOCIOCULTURAL E ÉTICA II - 52_2024.pdf
 
Tabela-pontos-de-corte-clinicos-BrCAST-12-abr-22.pdf
Tabela-pontos-de-corte-clinicos-BrCAST-12-abr-22.pdfTabela-pontos-de-corte-clinicos-BrCAST-12-abr-22.pdf
Tabela-pontos-de-corte-clinicos-BrCAST-12-abr-22.pdf
 
Crianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdf
Crianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdfCrianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdf
Crianças e Adolescentes em Psicoterapia A abordagem psicanalítica-1 (2).pdf
 

Pronomes incompleto (4)

  • 2. OS PRONOMES SÃO: Pronomes são palavras que servem para substituir um nome: Exemplo: Maria foi ao parque cedo. Ela estava bem disposta.
  • 3. O pronome é referencial por natureza, ou seja, precisa de uma referência anterior para que faça sentido completo. Veja: Ele foi à praça. Porém, se puséssemos um referencial: João estava na sala. Ele foi à praça. Saberíamos o nome ao qual o pronome “ele” se refere. Portanto, dizemos que um pronome sempre é referencial. Neste caso, não saberíamos dizer o nome que corresponde ao pronome “ele” – não saberíamos identificar quem foi à praça.
  • 4.  Podem ser classificados em:  Pessoais do caso reto e oblíquo  Relativos  Possessivos  Demonstrativos  Indefinidos  Interrogativos  Pessoais de tratamento  Reflexivo
  • 5. PRONOMES SUBSTANTIVOS E ADJETIVOS Além de suas classificações, os pronomes possuem duas funções específicas. Para cada função há um nome: Pronome substantivo: Àquele que é usado SOMENTE para substituir um substantivo. A menina foi embora.Ela foi embora. Pronome adjetivo: serve para acompanhar e modificar ou alterar um substantivo. o Minha casa está limpa. Esta ação foi ótima.
  • 6. PRONOMES PESSOAIS Os pronomes pessoais são aqueles que se referem especificamente a seres. Ricardo ainda não chegou. Ele está na casa de Rita.  Os professores nos orientaram corretamente. São divididos em: Pessoais do caso reto e do caso oblíquo. Substituem os nomes e indicam as pessoas do discurso (fala).
  • 7. PRONOMES PESSOAIS RETOS  São os pronomes que substituem os nomes, seres, que, em uma frase, EXECUTAM ALGUMA AÇÃO.  Clara amou Tiago. Ela amou-o muito.  São eles: Singular Plural 1ª pessoa Eu Nós 2ª pessoa Tu Vós 3ª pessoa Ele Eles
  • 8. PRONOMES PESSOAIS OBLÍQUOS  São os pronomes utilizados para indicar as pessoas do discurso (fala) que RECEBEM alguma ação.  ( recebe a ação)  Laura falou comigo sobre o acidente.  Antônio entregou a ti o discurso. (recebe a ação)
  • 9. Tiago viu a caneta. Ele comprou-a. Tiago matou João. Ele matou-o. O pronome reto executa ação. O pronome oblíquo recebe a ação.
  • 10. PRONOMES PESSOAIS OBLÍQUOS ÁTONOS  São os pronomes sem uma sílaba tônica, além de serem usados SEM NENHUMA PREPOSIÇÃO. singular plural 1ª pessoa Me nos 2ª pessoa Te vos 3ª pessoa O, a, lhe,se Os, as, lhes, se
  • 11. PRONOMES PESSOAIS OBLÍQUOS TÔNICOS  Sempre ocorrem após uma PREPOSIÇÃO e possuem uma tonicidade silábica. Singular Plural 1ª pessoa Mim, comigo conosco 2ª pessoa Ti, contigo convosco 3ª pessoa Si, consigo Si, consigo
  • 12. -> Dentro do pronome ‘lhe’ há a preposição ‘para’: Pâmela entregou para Maria. Ela entregou-lhe
  • 13. O pronome ‘lhe’ pode se unir aos pronomes ‘o’ ou ‘a’: Pâmela entregou a caneta para João. Ela entregou-lha. Pâmela entregou o pacote para Maria. Pâmela entregou-lho
  • 14. PRONOMES DE TRATAMENTO São os pronomes utilizados para indicar um grau de respeitabilidade ou reverência ou respeito em relação a uma pessoa específica. Vossa santidade, o papa, chegou ontem em São Paulo Você Senhor, Senhora para pessoas em geral Vossa senhoria
  • 15.  Vossa santidade papas  Vossa alteza príncipes, princesas  Vossa Majestade Reis, rainhas
  • 16.  Vossa excelência Juízes, presidentes  Vossa magnificência reitores  Vossa Excelência Reverendíssima arcebispos
  • 17.  Vossa reverendíssima bispos  Vossa eminência cardeais
  • 18.  Quando se estiver falando DIRETAMENTE COM A PESSOA EM QUESTÃO, USA-SE ‘VOSSA” EXEMPLO: Vossa Santidade virá ao Brasil em que ano?  Quando não se fala diretamente com a pessoa, mas se fala SOBRE A PESSOA, usa-se o “SUA”! EXEMPLO: Sua Santidade virá ao Brasil em 2014, ele me disse.
  • 19. PRONOMES RELATIVOS Os pronomes relativos são utilizados para conectar duas orações, além de substituir um termo comum, o qual se repete durante as frases. Não conhecemos o menino. O menino saiu.  Não conhecemos o menino que saiu.
  • 20. PRONOMES RELATIVOS Cujo, cuja indicam Cujos, cujas posse Exemplo: O estojo do menino caiu. O menino estava na sala. O menino cujo estojo caiu estava na sala.
  • 21. OUTROS EXEMPLOS:  O teclado de Amanda quebrou. Amanda foi para a Assistência.  AMANDA CUJO TECLADO QUEBROU FOI PARA A ASSISTÊNCIA.  Maria correu para sala. O tênis dela estava sujo.  MARIA CUJO TÊNIS ESTAVA SUJO CORREU PARA A SALA.  O animal de João está no Pet Shop. João foi buscá-lo  JOÃO CUJO ANIMAL ESTÁ NO PET SHOP FOI BUSCÁ-LO.
  • 22. O qual, a qual Que indicam pessoa Os quais, as quais Quem Exemplo: A mulher estava em casa. A mulher assistiu à tv. A mulher a qual estava em casa assistiu à tv.
  • 23. Quanto, quanta quantidade Quantos, quantas Isto você sabe. Você sabe esta quantidade. Isto é o quanto você sabe.
  • 24. Onde Lugar Esta é a cidade. Nasci nesta cidade. Esta é a cidade onde nasci.
  • 25. OUTROS EXEMPLOS  A aluna comeu um biscoito. O biscoito estava gostoso.  A aluna comeu um biscoito o qual estava gostoso.  O caderno estava na mesa. Gostei do caderno.  O caderno do qual gostei estava na mesa.
  • 26. PRONOMES INDEFINIDOS São pronomes que indicam e substituem um ser, mas não o especificam, nem o identificam. Todos cumpriram seus deveres. Alguém acabou de chegar.  Variáveis (têm singular, plural, feminino, masculino): nenhum(s), nenhuma(s) algum(s), alguma(s), todo(s), toda(s), muito(s), muita(s), pouco(s), pouca(s), certo(s), certa(s), vário(s), vária(s), etc.  Invariáveis (nunca mudam): quem, alguém, ninguém, outrem, tudo, nada, etc.
  • 27. PRONOMES INTERROGATIVOS  Pronomes utilizados para indicar uma pergunta. Substituem um nome:  Quem vai viajar hoje?  São eles: que, quem, qual, quais, quanto(s), quanta(s).  Existem também Pronomes Interrogativos Substantivos e Pronomes Interrogativos Adjetivos.
  • 28. PRONOMES POSSESSIVOS Pronomes possessivos indicam individualmente posse.  Minha mãe quebrou o carro na avenida.  Nossas mães foram ao shopping juntas.
  • 29. PRONOMES POSSESSIVOS Singular Plural 1ª pessoa Meu, minha Nosso, nossa 2ª pessoa Teu, tua Vosso, vossa 3ª pessoa Seu, sua Seus, suas
  • 30. PRONOMES DEMONSTRATIVOS  Pronomes utilizados para demonstrar proximidade, distância, tempo etc.  Esta aqui é a minha bicicleta. Essa é a sua bicicleta. Aquela é a bicicleta do João.  Os pronomes demonstrativos são:  1ª pessoa – este, esta, estes, estas, isto.  2º pessoa – esse, essa, esses, essas, isso.  3ªpessoa – aquele, aquela, aqueles, aquelas, aquilo.
  • 31.
  • 32. O PRONOME PODE SER UTILIZADO PARA SE REFERIR À PALAVRAS DENTRO DO TEXTO. VEJA O EXEMPLO: Antônia, Maria e Joana foram à praça. Esta morreu, essa contraiu uma doença infecciosa e aquela ganhou na Mega. Neste caso, o pronome demonstrativo “esta” terá a referência do substantivo mais próximo, Joana. Ou seja, Joana morreu. O pronome demonstrativo “essa” irá ligar-se ao segundo substantivo mais próximo, Maria. Ou seja, Maria contraiu uma doença infecciosa. Já o pronome demonstrativa “aquela” terá como referência o substantivo mais distante na frase, Antônia. Ou seja, Antônia ganhou na Mega.