• Curtir
  • Salvar
A Arte EuropéIa No Brasil
Upcoming SlideShare
Loading in...5
×
 

A Arte EuropéIa No Brasil

on

  • 16,210 visualizações

aula de 23 de maio de 2009

aula de 23 de maio de 2009

Estatísticas

Visualizações

Visualizações totais
16,210
Visualizações no SlideShare
16,142
Visualizações incorporadas
68

Actions

Curtidas
1
Downloads
73
Comentários
1

4 Incorporações 68

http://www.slideshare.net 44
http://aurienecardozo.blogspot.com 20
http://www.aurienecardozo.blogspot.com 3
http://webcache.googleusercontent.com 1

Categorias

Carregar detalhes

Uploaded via as Microsoft PowerPoint

Direitos de uso

© Todos os direitos reservados

Report content

Sinalizado como impróprio Sinalizar como impróprio
Sinalizar como impróprio

Selecione a razão para sinalizar essa apresentação como imprópria.

Cancelar

11 of 1

  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Sua mensagem vai aqui
    Processing...
  • A Arte EuropéIa No BrasilView more presentations from Auriene.<br /><object type="application/x-shockwave-flash" data="http://static.slidesharecdn.com/swf/ssplayer2.swf?doc=aarteeuropianobrasil-090405214827-phpapp01&stripped_title=a-arte-europia-no-brasil" width="350" height="288"><param name="movie" value="http://static.slidesharecdn.com/swf/ssplayer2.swf?doc=aarteeuropianobrasil-090405214827-phpapp01&stripped_title=a-arte-europia-no-brasil"></param><embed src="http://static.slidesharecdn.com/swf/ssplayer2.swf?doc=aarteeuropianobrasil-090405214827-phpapp01&stripped_title=a-arte-europia-no-brasil" width="350" height="288" type="application/x-shockwave-flash"></embed></object>
    Are you sure you want to
    Sua mensagem vai aqui
    Processing...
Publicar comentário
Editar seu comentário

    A Arte EuropéIa No Brasil A Arte EuropéIa No Brasil Presentation Transcript

    • A Arte européia no Brasil Auriene Cardozo Cunha 24.03.08
    • A ocupação da terra
      • Embora a arte anterior ao descobrimento tenha apresentado linguagem rica em simbologia e bastante representativa da criatividade, sensibilidade e habilidade dos povos pré-históricos, quando os portugueses chegaram essa produção não foi valorizada.
      • Os europeus nem acreditavam que os povos que aqui encontrados tivessem “alma”.
      • Esse preconceito foi tão forte e duradouro que somente no século XIX a cultura pré-cabralina e a indígena começaram a ser reconhecidas e estudadas.
    • Expedições
      • Reconhecimento e patrulhamento
      • Exploração de recursos naturais
    • Capitanias Hereditárias
      • Com os donatários e governadores das Capitanias Hereditárias, começaram a chegar ao Brasil, em 1534, nossos primeiros habitantes europeus:
      • Aventureiros
      • Escravos
      • Órfãos
      • Religiosos
      • Artilheiros
      • Mercenários
      • Degradados e
      • Cristão novos
    • Arte e arquitetura
      • A Igreja Católica era responsável pelas manifestações artísticas permitidas.
      • O governo se encarregava das construções militares de defesa do território.
      • Terra brasilis, mapa do atlas miller
      • Lopo homem
      imagem
    • imagem
      • Igeja de cosme e damiao,em igarassu PE
    • Renascimento x Barroco
      • Quando os portugueses começam a se estabelecer no Brasil, a arte na Europa estava em transição, e em busca da emoção, começava a abandonar o estilo renascentista.
    • Renascimento
      • Razão
      • Equilibrio
      • Simplicidade
      • Objetividade
      • Imitação dos gregos e romanos
      • Homem como centro do universo
    • foto
      • Michelangelo. David 1501-1504
      • Leonardoda vinci la gioconda
    • Barroco
      • As novas invenções, as grandes navegações, as turbulências políticas e religiosas causavam muita agitação intelectual, e tudo se refletia numa atitude mais ousada nas artes, o que configurou um estilo tambem turbulento: o Barroco.
    • Barroco
      • Emoção
      • Subjetividade
      • Temas religiosos
      • Conflitos
      • Rebuscamento
      • Contra-Reforma
    • imagem
      • Gian lorenzo bernini. O estasse de sta teresa
      • Caravagio. A ceia em emaus
    • A arquitetura colonial para defesa e devoção
      • A primeira manifestação artística dos portugueses no Brasil foi a arquitetura:
      • Fortalezas
      • Construções religiosos
      • Essa arquitetura colonial permaneceu, por muito tempo, como uma expressão direta da arte portuguesa.
      • E mesmo os artesão que aqui trabalhavam tinham as obras européias como modelo e os europeus como mestres.
    • Mudanças
      • Edifícios inicialmente severos e simples, eram cobertos pouco a pouco de detalhes, pinturas e imagens, muitas vezes ornamentados em ouro.
    • imagem
      • Mosteiro de são bento – rj
      • Forte dos reis magos – natal rn
      • Forte de são marcelo- salvador ba
    • Fortificações
      • As fortificações procuravam defender a costa brasileira dos ataques de estrangeiros, principalmente franceses, que pretendiam aqui se instalar para dominar o território e explorar suas riquezas.
    • A presença dos Jesuítas
      • Chegaram ao Brasil em 1549 e construíram igrejas monumentais, seminários e escolas de catequese e de artes e ofícios.
      • Essa presença deixou suas marcas da Amazônia ao Rio Grande do Sul.
      • A arte devia servir a Deus e transformar as cerimônias em espetáculos fascinantes e sedutores.
      • Entalhos, pinturas, ouro, prataria, estatuária, ricos tecidos constituíam o cenário propício ao culto religioso.
      Arte e religião
    • Imagem
      • Tocheiros, meados do seculo XVIII
      • Turibulo, seculo XVIII prata
    • Igrejas
      • Na Europa, essa grandiosidade da igreja fazia parte da Contra-reforma e tinha como objetivo combater a influencia e a expansão dos pro estantes.
      • No Brasil o objetivo era outro: favorecer a catequese, atraindo novos fieis.
      • Os grandiosos templos deviam atrair toda a população do entorno.
      • Alguns imitavam fielmente igrejas de Lisboa e da Itália.
    • Imagem
      • Capela dourada - PE
    • Missões Jesuíticas
      • As Missoes ou Reducoes surgiram por esforcos diretos dos jesuítas junto aos índios Guaranis, sem apoio financeiro dos reis de Portugal e da Espanha.
      • Oeste de Rio Grande do Sul, limite entre Brasil, Argentina e Paraguai.
    • Imagem
      • Ruinas das missoes -rs
      • As igrejas missionárias representam ainda uma manifestação da cultura européia, revelada através da habilidade dos arquitetos religiosos e da capacidade de assimilação da mão-de-obra guarani.
    • Escultura, pintura e música
      • A escultura em pedra e madeira, bem como a pintura desenvolveram-se com o objetivo de realçar as igrejas e as cerimônias litúrgicas.
      • Incorporavam-se à tradição européia figuras tipicamente tropicais, como frutas e pássaros.
      • Instrumentos musicais eram fabricados para fins religiosos, assim como a música.
    • A presença Holandesa
      • Em 1630, os holandeses ocupam Pernambuco e boa parte da região Nordeste, de onde somente foram expulsos em 1654.
      • A convite de Maurício de Nassau, vieram artistas que pela primeira vez focalizaram assuntos desligados de temas religiosos.
    • Principais representantes
      • Frans Post (Vista de Itamaracá)
      • Albert Eckhout (Mameluca)
    • Imagem
      • Frans post. Vista de itamaracá
      • Esses dois pintores e desenhistas refletem o interesse que a Europa tinha pelo exótico proveniente das novas terras descobertas.
      • Embora tenham incorporado nossos temas tropicais aos seus trabalhos, ainda representam a arte européia feita por europeus no Brasil e não uma arte propriamente brasileira.