Pós-Impressionismo Auriene Cardozo 11 11 09
<ul><li>A expressão Pós-Impressionismo foi usada para designar a pintura que se desenvolveu de 1886, a partir da última ex...
<ul><li>Ela abrange pintores de tendências bem diversas, como Gauguin, Cézanne, Van Gogh e Seurat, que apenas no início de...
<ul><li>Inicialmente, Paul Gauguin (1848-1903) ligou-se ao impressionismo e participou da quinta exposição coletiva desse ...
Gauguin: o uso arbitrário da cor <ul><li>Em 1886, Gauguin ainda participa da última exposição impressionista com dezenove ...
 
<ul><li>As idéias artísticas de Gauguin  encontraram alguns seguidores, entre os quais Maurice Denis, que &quot;elaborou u...
<ul><li>Na década de 1890, Gauguin viveu no Taiti e produziu uma série de telas que constitui a parte mais conhecida de su...
Jovens Taitianas com Flores de Manga
Ta Matete  -  O Mercado
Cézanne: a busca da estrutura permanente da natureza <ul><li>Como Gauguin, Paul Cézanne (1839-1906) também teve o início d...
<ul><li>Essa mudança radical de concepção estética já é evidente em sua tela O Castelo de Médan. Nesse quadro, os campos d...
 
<ul><li>A partir dessa obra, o rompimento com o grupo impressionista é inevitável, pois a tendência de Cézanne em converte...
<ul><li>A arte de Cézanne amadurece no período que vai de 1885 a 1895, quando mora em Aix-en-Provence, longe do agitado am...
 
<ul><li>Em  Madame Cézanne  fica evidente a intenção </li></ul><ul><li>geometrizante do artista, pois ele representa o ros...
Toulouse-Lautrec <ul><li>Henri de Toulouse-Lautrec (1864-1901) morreu com apenas 37 anos no entanto, embora sua vida tenha...
<ul><li>Apesar de ter nascido numa rica propriedade rural no sul da França, foi a vida urbana e agitada de Paris que Toulo...
<ul><li>Artistas de circo, as dançarinas, os freqüentadores dos bares e cabarés, as prostitutas e as pessoas anônimas são ...
Salão na Rue des Moulins  (1894)
Avril  ( Jane  Avril ), cartaz (1893)
No Circo Fernando (1888)
<ul><li>De modo geral, o que caracteriza a pintura de Toulouse-Lautrec é a sua capacidade de síntese, o contorno expressiv...
 
<ul><li>A natureza, quando aparece, é mero cenário, apresentado de forma imprecisa, pois não merece do pintor o mesmo cuid...
 
<ul><li>Na verdade, Toulouse-Lautrec soube captar em sua pintura, como nenhum outro artista, a sociedade e o ser humano pa...
 
Vicent Willem van Gogh <ul><li>Conhecer Vincent WiJlem van Gogh (1853-1890) é entrar em contato com um artista apaixonante...
<ul><li>É possível dividir sua produção em quatro períodos, que vão desde os seus primeiros quadros, ainda da fase holande...
<ul><li>Sua pintura estava então ligada à tradição holandesa do claro-escuro e à preocupação com os problemas sociais. As ...
Os comedores de batata (1885)
<ul><li>Em 1881, depois de vários conflitos pessoais, Van Gogh voltou para a casa da famia, na Holanda. Mas em 1886 seguiu...
<ul><li>Interessou-se pelo trabalho de Gauguin, principalmente pela sua decisão de simplificar as formas dos seres, reduzi...
<ul><li>Em 1888, deixou Paris e foi para Arles, cidade ao sul da França, omde passou a pintar ao ar livre.  </li></ul><ul>...
Café à Noite (1888)
<ul><li>Entretanto, Van Gogh passou por va  rias crises nervosas e, depois de internações   e tratamentos médicos, dirigiu...
<ul><li>Nessa época, em três meses apenas, pintou cerca de oitenta telas com cores fortes e linhas retorcidas, como  Os Ci...
Trigal com Corvos (1890)
A Noite Estrelada (1889)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

PóS Impressionismo Graça

7.918 visualizações

Publicada em

0 comentários
3 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
7.918
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
23
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
156
Comentários
0
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PóS Impressionismo Graça

  1. 1. Pós-Impressionismo Auriene Cardozo 11 11 09
  2. 2. <ul><li>A expressão Pós-Impressionismo foi usada para designar a pintura que se desenvolveu de 1886, a partir da última exposição impressionista, até o surgimento do Cubismo, com Pablo Picasso e Georges Braque, entre 1907 e 1908. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Ela abrange pintores de tendências bem diversas, como Gauguin, Cézanne, Van Gogh e Seurat, que apenas no início de suas carreiras identificaram-se com o Impressionismo. </li></ul><ul><li>Além desses artistas, não podemos deixar de nos referir, nesse período, à obra de Toulouse-Lautrec, que documentou a vida parisiense do fim do século XIX de um ponto de vista muito pessoal e, portanto, impossível de ser enquadrado em algum movimento artístico. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Inicialmente, Paul Gauguin (1848-1903) ligou-se ao impressionismo e participou da quinta exposição coletiva desse movimento, cm 1880. </li></ul><ul><li>Mas por volta de 1884, seus quadros já superavam, em alguns aspectos, a tendência impressionista: a tinta começa a ser usada pura, em áreas de cor bem definidas, os objetos passam a ser coloridos de modo arbitrário e a representação deixa de ser tridimensional. </li></ul>
  5. 5. Gauguin: o uso arbitrário da cor <ul><li>Em 1886, Gauguin ainda participa da última exposição impressionista com dezenove telas. </li></ul><ul><li>Mas em 1888, as características de sua pintura acentuam-se bastante, principalmente na obra Jacó e o Anjo . </li></ul><ul><li>Agora, ao contrário da pintura impressionista, os campos de cor são bem definidos e limitados por linhas de contorno visíveis, as formas das pessoas e dos objetos são planas e as sombras desaparecem. </li></ul>
  6. 7. <ul><li>As idéias artísticas de Gauguin encontraram alguns seguidores, entre os quais Maurice Denis, que &quot;elaborou uma definição da pintura moderna: um quadro, antes de ser um cavalo, um nu ou um episódio qualquer, é essencialmente uma superfície plana coberta de cores, de acordo com algum padrão“. </li></ul>
  7. 8. <ul><li>Na década de 1890, Gauguin viveu no Taiti e produziu uma série de telas que constitui a parte mais conhecida de sua obra. </li></ul><ul><li>Seus quadros dessa época registram o espaço natural e a vida simples das pessoas livres do peso da civilização ocidental, como se pode observar em Ta Matete - O Mercado, Siesta, Taiti e Jovens Taitianas com Flores de Manga . </li></ul>
  8. 9. Jovens Taitianas com Flores de Manga
  9. 10. Ta Matete - O Mercado
  10. 11. Cézanne: a busca da estrutura permanente da natureza <ul><li>Como Gauguin, Paul Cézanne (1839-1906) também teve o início de sua carreira ligado ao movimento impressionista. Mas não tardou muito para que sua pintura tomasse outros rumos. Ele não se preocupava em registrar o aspecto passageiro de um momento provocado pela constante mudança da luz solar, como defendiam os impressionistas. </li></ul><ul><li>Ao contrário, o que Cézanne buscava era o permanente, a estrutura Íntima da natureza. </li></ul>
  11. 12. <ul><li>Essa mudança radical de concepção estética já é evidente em sua tela O Castelo de Médan. Nesse quadro, os campos de cor são bem delimitados, embora persistam ainda áreas matizadas com ocre e laranja. </li></ul><ul><li>No entanto, as árvores são concebidas com uma estrutura cilíndrica bem definida e é nítida a diferença entre linhas horizontais e verticais. </li></ul>
  12. 14. <ul><li>A partir dessa obra, o rompimento com o grupo impressionista é inevitável, pois a tendência de Cézanne em converter os elementos naturais em figuras geométricas (como cilindros, cones e esferas) acentua- se cada vez mais, de tal forma que se torna impossível para ele recriar a realidade segundo &quot;impressões&quot; captadas pelos sentidos. </li></ul>
  13. 15. <ul><li>A arte de Cézanne amadurece no período que vai de 1885 a 1895, quando mora em Aix-en-Provence, longe do agitado ambiente de Paris. </li></ul><ul><li>Nessa época, pintou alguns retratos de seu filho e de sua mulher, onde podemos observar o mesmo tratamento dado aos objetos ou elementos da natureza. </li></ul>
  14. 17. <ul><li>Em Madame Cézanne fica evidente a intenção </li></ul><ul><li>geometrizante do artista, pois ele representa o rosto da figura com forma oval e os braços com formas cilíndricas. </li></ul><ul><li>Olhando a pintura de Cézanne, é fácil compreender a enorme influência que ele exerceu sobre os artistas que nas primeiras décadas do século XX criaram a arte denominada moderna. </li></ul>
  15. 18. Toulouse-Lautrec <ul><li>Henri de Toulouse-Lautrec (1864-1901) morreu com apenas 37 anos no entanto, embora sua vida tenha sido curta, ele a viveu intensamente, sempre à procura dos breves momentos de autenticidade dos seres humanos. Como dissemos no início do capítulo, é impossível associar a obra deste artista a qualquer tendência estética do final do século XIX. </li></ul><ul><li>Desde cedo seu talento firmou-se como independente e absolutamente original. </li></ul>
  16. 19. <ul><li>Apesar de ter nascido numa rica propriedade rural no sul da França, foi a vida urbana e agitada de Paris que Toulouse-Lautrec registrou de uma forma inconfundível em suas telas. </li></ul>
  17. 20. <ul><li>Artistas de circo, as dançarinas, os freqüentadores dos bares e cabarés, as prostitutas e as pessoas anônimas são a sua fonte de inspiração. </li></ul><ul><li>E o pintor soube registrar, com poucos mas perspicazes detalhes, os traços mais significativos desses personagens e de seus ambientes. </li></ul><ul><li>Podemos ver isso em Circo Fernando: a Amazona,Jane Avril Dançando a Mélinite, O Moulin Rouge e No Salão da Rue des Moulins. </li></ul>
  18. 21. Salão na Rue des Moulins (1894)
  19. 22. Avril ( Jane Avril ), cartaz (1893)
  20. 23. No Circo Fernando (1888)
  21. 24. <ul><li>De modo geral, o que caracteriza a pintura de Toulouse-Lautrec é a sua capacidade de síntese, o contorno expressivo das figuras e a dinâmica da realidade representada. </li></ul><ul><li>Quanto à temática, seus quadros afastam-se da natureza e voltam-se para os ambientes interiores: o circo, o bar, o bordel. </li></ul>
  22. 26. <ul><li>A natureza, quando aparece, é mero cenário, apresentado de forma imprecisa, pois não merece do pintor o mesmo cuidado com que procura recriar o drama pessoal de seus contemporâneos. </li></ul>
  23. 28. <ul><li>Na verdade, Toulouse-Lautrec soube captar em sua pintura, como nenhum outro artista, a sociedade e o ser humano para além da aparência de felicidade, sentimento quase obrigatório nos últimos anos do século XIX, alegremente chamados de &quot;belle époque&quot;. </li></ul>
  24. 30. Vicent Willem van Gogh <ul><li>Conhecer Vincent WiJlem van Gogh (1853-1890) é entrar em contato com um artista apaixonante. Alguém que se empenhou profundamente em recriar a beleza dos seres humanos e da natureza através da </li></ul><ul><li>cor, que para ele era o elemento fundamental da pintura. </li></ul><ul><li>Até dedicar-se completamente à sua arte, Van Gogh percorreu uma trajetória difícil. Nascido na Holanda, foi contemporâneo de muitos pintores e até se aproximou de alguns deles, como Toulouse-Lautrec e Gauguin. </li></ul><ul><li>Mas, na verdade, foi uma pessoa solitária. </li></ul>
  25. 31. <ul><li>É possível dividir sua produção em quatro períodos, que vão desde os seus primeiros quadros, ainda da fase holandesa, em tomo de 1880, até a fase final, já próxima de sua morte, em 1890. </li></ul><ul><li>O primeiro período relaciona-se com o tempo em que Van Gogh assumiu a condição de pregador religioso entre mineiros belgas, dos quais se tornou companheiro de trabalho. </li></ul>
  26. 32. <ul><li>Sua pintura estava então ligada à tradição holandesa do claro-escuro e à preocupação com os problemas sociais. As cores que usava eram sombrias e seus personagens melancólicos, como aparecem por exemplo na tela Os Comedores de Batata . </li></ul>
  27. 33. Os comedores de batata (1885)
  28. 34. <ul><li>Em 1881, depois de vários conflitos pessoais, Van Gogh voltou para a casa da famia, na Holanda. Mas em 1886 seguiu para Paris, onde teve início uma nova fase de sua pintura. </li></ul><ul><li>Na capital francesa, ligou-se superficialmente ao movimento impressionista, mas logo o abandonou, pois procurava um novo caminho para sua arte. </li></ul>
  29. 35. <ul><li>Interessou-se pelo trabalho de Gauguin, principalmente pela sua decisão de simplificar as formas dos seres, reduzir os efeitos da luz e usar zonas de cores bem definidas. </li></ul>
  30. 36. <ul><li>Em 1888, deixou Paris e foi para Arles, cidade ao sul da França, omde passou a pintar ao ar livre. </li></ul><ul><li>O sol intenso da região mediterrânea interferiu em sua pintura, e o artista libertou-se completamente de qualquer naturalismo no emprego das cores, declarando-se um colorista arbitrário. </li></ul><ul><li>Van Gogh apaixonou-se então pelas cores intensas e puras, sem nenhuma matização, pois elas tinham para ele a função de representar emoções. </li></ul>
  31. 37. Café à Noite (1888)
  32. 38. <ul><li>Entretanto, Van Gogh passou por va rias crises nervosas e, depois de internações e tratamentos médicos, dirigiu-se, em maio de 1890, para Anvers, uma cidade tranqüila ao norte da França. </li></ul>
  33. 39. <ul><li>Nessa época, em três meses apenas, pintou cerca de oitenta telas com cores fortes e linhas retorcidas, como Os Ciprestes e Trigal com Corvos . </li></ul><ul><li>Em julho do mesmo ano, Van Gogh suicidou-se, deixando uma obra plástica composta por 879 pinturas, 1 756 desenhos e dez gravuras. </li></ul><ul><li>Enquanto viveu não foi reconhecido pelo público nem pelos críticos, que não souberam ver em sua obra os primeiros passos em direção à arte moderna, nem compreender o seu esforço para libertar a beleza </li></ul><ul><li>dos seres por meio de uma explosão de cores. </li></ul>
  34. 40. Trigal com Corvos (1890)
  35. 41. A Noite Estrelada (1889)

×