Tratamento de Fibromialgia com Cristais Radiônicos

5.417 visualizações

Publicada em

Palestra realizada por Andréia Moreira Nuncio e Adriana De Carli mostrando as experiências clínicas com os Cristais Radiônicos no tratamento da Fibromialgia na I Jornada da Terapia do Bem no XV Congresso de Acupuntura e Moxabustão Ceata em 29/09/2012

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
4 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.417
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
759
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
98
Comentários
0
Gostaram
4
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Tratamento de Fibromialgia com Cristais Radiônicos

  1. 1. I JORNADA TERAPIA DO BEM CRISTAIS RADIÔNICOS TRATAMENTO DE FIBROMIALGIA COM CRISTAIS RADIÔNICOS Adriana De Carli Andréia Moreira
  2. 2. FIBROMIALGIA• Síndrome Crônica• Dores generalizadas• Ansiedade• Depressão• Disfunções Intestinais• Rigidez muscular• Distúrbios do Sono
  3. 3. DISTÚRBIO ENERGÉTICO • Doença do Yang Qiao Mai • Alterações globais do Yang geram distúrbios do sono • Deficiência do Shen-Rins ocasionando fadiga persistente (falso calor)
  4. 4. FIBROMIALGIAO aparecimento de pontos dolorosos miofasciais éexplicado, segundo a teoria dos Jing Lou (canais ecolaterais), pela presença de Qi perverso calor ou umidade-calor, nos canais de energia.
  5. 5. PSIQUISMO• Traumas afetivos• Relacionamentos instáveis• Problemas com o companheiro: mágoas acumuladas• Raiva armazenada – congestão do meridiano do Fígado• Shen não encontra sua morada• Não sabe lidar com perdas• Não admite mudanças em seu ambiente• Autoritarismo• Sufoca sua verdadeira natureza• feminina
  6. 6. PSIQUISMO• Falta de adaptação ou incapacidade de elaborar respostas adequadas a estímulos internos e/ou externos• Perfeccionismo, rigidez de comportamento• Conversão da dor emocional em sofrimento físico• Recusa em sair da sua “zona de conforto”• Culpa
  7. 7. CASOS CLÍNICOS1. M.L.V.B. 55 anos professora de história afastadaQuadro iniciou-se há 06 anos com a morte dos pais, os quais semprese julgou responsável. Iniciaram-se na região cervical e logo seexpandiram para toda coluna, ombros, joelhos, tornozelos, cefaleiaconstante, não consegue movimentar-se ou deambular corretamente, insôniae dependência química.Aspectos Emocionais:Raiva (10), frustração (9 – sempre trabalhou a vida toda em trêsperíodos, fez três faculdades e não ganha o suficiente para pagarsuas contas), medo (10 – mora com o sobrinho que é dependentequímico e tem surtos psicóticos); preocupações (10), tristeza(10), depressão (10), mágoa (7 – só dos pais e irmãos que afizeram trabalhar desde muito cedo), ansiedade (10), traumas (nega).
  8. 8. CASOS CLÍNICOSConduta: Pontos auriculares em R, P, F, BP, lóbulo, coluna, membrossuperiores e inferiores além de VC 17 e VC 12.A paciente relata uma tranquilidade interior muito grande e que estáconseguindo enxergar tudo com maior nitidez.16/07/12: paciente retorna ao consultório com melhora generalizadadas dores. Acredita que poderá ficar sem o Lexotan e há melhora nofuncionamento intestinal.Conduta: CR em todo o pavilhão auricular e realizo TRC
  9. 9. CASOS CLÍNICOS Durante TRC fala sobre a relação familiar conturbada onde se achainjustiçada pela família pelo excesso de trabalho. Ao final, reconheceque tudo foi assim por ter uma personalidade muito forte econtrolar a tudo e a todos, perfeccionismo exagerado com tudo, todose consigo mesma.30/07/12: Retorna ao psiquiatra, que iniciará o „desmame‟ doLexotan. Refere diminuição em 70% do quadro álgico, melhora naqualidade do sono, consegue se alimentar melhor e iniciou curso deinformática.06/09/12: Ainda em processo de desmame, ausência de dores econsegue dormir a noite toda. Iniciou atividade física. Está fazendofisioterapia para melhorar a marcha, coordenação motora. Nãoapresentou mais crises hipertensivas.
  10. 10. CASOS CLÍNICOS2. M.B. 54 anos Funcionária Pública Aposentada há 1 anoA paciente relata cervicalgia há 10 anos, associada à tensãoemocional e à artropatia degenerativa. A queixa lombar surgiu hápelo menos 5 anos. Já faz RPG há 06 anos, com melhora dasintomatologia. Relata que o quadro álgico está associado à fatoremocional, já que há piora quando está muito tensa e ansiosa.Foi-lhe solicitado estudo eletroneuromiográfico, mas recusa-se afazer por medo.Aspectos Emocionais:Raiva (0), frustração (0), medo ( só de cirurgias e de procedimentosinvasivos), preocupações (10), tristeza (5), melancolia (8),depressão (0), mágoa (0), ansiedade (10).
  11. 11. CASOS CLÍNICOSConduta: Realizo sessão com agulhas em F3, R3, E36, VG20,VC 17, IG4. Ao final, proponho o uso de CR e ela diz que nãoconhece, mas que quer experimentar.Uso primeiro o Yin Tang e peço para que se concentre na tensão nosombros. Pontos auriculares em R, P, F, BP, coluna cervical.A paciente relata uma tranquilidade interior muito grande e que estáconseguindo enxergar tudo mais claro. E pergunta: ‘isto é milagre?’...3º Atendimento: paciente retorna ao consultório com melhorageneralizada das dores.
  12. 12. CASOS CLÍNICOSConduta: CR em todo o pavilhão auditivo e realizo TRCDurante TRC fala sobre a relação familiar, como foi difícil convivercom o alcoolismo do pai, com as cobranças da mãe e que isto semprefoi um peso muito grande a ela. Fato muito importante: Em 2001,após uma greve no trabalho onde surgiram mágoas relacionadas aoscolegas de trabalho e ai surgiram as dores. Reconhece que o maridoé muito imaturo, dramático, dependente dela, o que asobrecarrega. É hipocondríaco, tem muito medo de ter umadoença ‘ruim’, é muito pessimista e acaba sendo ‘um peso’.4ºAtendimento: Chega animada ao consultório, sem dores e diz quehá muito tempo não se sente assim. Sente-se mais segura, mais feliz edisposta a se cuidar mais. Vai retornar à academia, fará tratamentopsicológico para aprender a lidar com o marido e diz que já não estámais reforçando as „paranóias‟ dele e que jamais deixará de fazeracupuntura com CR.
  13. 13. CASOS CLÍNICOS3. M.A.T.M. 46 anos DiaristaHá 15 anos refere dores em quadril D e E, esporão de calcâneo,ombros bilateralmente, coluna cervical, dorsal e lombar.Aspectos Emocionais:Raiva (9), frustração (10), medo ( 5), preocupações (10), tristeza (8),melancolia (8), depressão (nega), mágoa (6), ansiedade (10),entusiasmo (10). Conduta: Uso primeiro o Yin Tang e peço para que se concentre natensão nos ombros. Pontos auriculares em R, P, F, BP, coluna,membros superiores e inferiores bilateralmente.Ao final do atendimento chorou de emoção e relatou que nunca tinhasentido tamanho alívio e que as pontas dos pés não estavam maisformigando e o pescoço conseguia mover-se.
  14. 14. CASOS CLÍNICOS4ª sessão: Realizo TRC onde fala muito sobre o relacionamentofamiliar e depois do marido. Identifica que suas dores apareceramum pouco antes do marido falecer (faleceu por infarto fulminante), jáque ela se sentia culpada pelas traições dele. No final diz que precisamudar a sua vida.7ª sessão: paciente com redução de 70% das dores, muito mais feliz,já consegue dormir a noite toda. Motivada a voltar a trabalhar e dizque precisa melhorar a sua vida para que a vida da filha não fiqueigual a dela.
  15. 15. Conclusão O tratamento da Fibromialgia com Cristais Radiônicos ao dissolver os padrões emocionais negativos nos permite concluir:• Reorganização de suas vidas• Liberação do passado focando-se no Aqui/Agora• Melhora do padrão do sono• Qualidade de vida aprendendo a administrar suas emoções• Permite-se mudanças• Deixa-se de ser controladora, permite deixar a “casa cair”• Retorno da Alegria de Viver• Desvalorização da dor e consequentemente o controle dessa• Diminuição do uso de aintiinflamatórios e psicotrópicos
  16. 16. Obrigada!!!!! Andréia Moreirae-mail: andreiahma@yahoo.com.brblog: http://cristaisradionicosacupuntura.blogspot.comcelular: (11) 96337-2572 Adriana De Carlie-mail:adriana_decarli@hotmail.comcelular: (11) 97511-6304

×