SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
Reunião PedagógicaReunião Pedagógica
03/04/201203/04/2012
C. M. Honorino CoutinhoC. M. Honorino Coutinho
PautaPauta
Texto para reflexãoTexto para reflexão
Oração da EscolaOração da Escola
Gabriel ChalitaGabriel Chalita
Obrigado, Senhor, pela minha escola!Obrigado, Senhor, pela minha escola!
Ela tem muitos defeitos. Como todas as escolas têm. Ela temEla tem muitos defeitos. Como todas as escolas têm. Ela tem
problemas, e sempre terá. Quando alguns são solucionados,problemas, e sempre terá. Quando alguns são solucionados,
surgem outros, e a cada dia aparece uma nova preocupação.surgem outros, e a cada dia aparece uma nova preocupação.
Neste espaço sagrado, convivem pessoas muito diferentes. OsNeste espaço sagrado, convivem pessoas muito diferentes. Os
estudantes vêm de famílias diversas e carregam com elesestudantes vêm de famílias diversas e carregam com eles
sonhos e traumas próprios. Alguns são mais fechados. Outrossonhos e traumas próprios. Alguns são mais fechados. Outros
gostam de aparecer. Todos são carentes. Carecem de atenção,gostam de aparecer. Todos são carentes. Carecem de atenção,
de cuidado, de ternura.de cuidado, de ternura.
Os professores são também diferentes. Há alguns bemOs professores são também diferentes. Há alguns bem
jovens. Outros mais velhos. Falam coisas diferentes.jovens. Outros mais velhos. Falam coisas diferentes.
Olham o mundo cada um à sua maneira. AlgunsOlham o mundo cada um à sua maneira. Alguns
sabem o poder que têm. Outros parecem não sesabem o poder que têm. Outros parecem não se
preocupar com isso. Não sabem que são líderes. Sãopreocupar com isso. Não sabem que são líderes. São
referenciais. Ou deveriam ser.referenciais. Ou deveriam ser.
Funcionários. Pessoas tão queridas, que ouvemFuncionários. Pessoas tão queridas, que ouvem
nossas lamentações. E que cuidam de nós. Estamosnossas lamentações. E que cuidam de nós. Estamos
juntos todos os dias. Há dias mais quentes e outrosjuntos todos os dias. Há dias mais quentes e outros
mais frios. Há dias mais tranqüilos e outros maismais frios. Há dias mais tranqüilos e outros mais
tumultuados. Há dias mais felizes e outros maistumultuados. Há dias mais felizes e outros mais
dolorosos. Mas estamos juntos.dolorosos. Mas estamos juntos.
E o que há de mais lindo em minha escola é que ela nos ensinaE o que há de mais lindo em minha escola é que ela nos ensina
nossa vocação. O vôo. Nascemos para voar, mas precisamosnossa vocação. O vôo. Nascemos para voar, mas precisamos
saber disso. E precisamos, ainda, de um impulso que nos lancesaber disso. E precisamos, ainda, de um impulso que nos lance
para esse elevado destino.para esse elevado destino.
Não precisamos de uma escola que nos traga todas asNão precisamos de uma escola que nos traga todas as
informações. O mundo já cumpre esse papel. Não precisamosinformações. O mundo já cumpre esse papel. Não precisamos
de uma escola que nos transforme em máquinas, todas iguais.de uma escola que nos transforme em máquinas, todas iguais.
Não. Seria um crime reduzir o gigante que reside em nossoNão. Seria um crime reduzir o gigante que reside em nosso
interior. Seria um crime esperar que o vôo fosse sempre dointerior. Seria um crime esperar que o vôo fosse sempre do
mesmo tamanho, da mesma velocidade ou na mesma altura.mesmo tamanho, da mesma velocidade ou na mesma altura.
Minha escola é acolhedora. Nela vou permitindo que aMinha escola é acolhedora. Nela vou permitindo que a
semente se transforme em planta, em flor. Ou permitindo que asemente se transforme em planta, em flor. Ou permitindo que a
lagarta venha a se tornar borboleta. E sei que para isso nãolagarta venha a se tornar borboleta. E sei que para isso não
preciso de pressa. Se quiserem ajudar a lagarta a sair dopreciso de pressa. Se quiserem ajudar a lagarta a sair do
casulo, talvez ela nunca tenha a chance de voar. Pode ser quecasulo, talvez ela nunca tenha a chance de voar. Pode ser que
ela ainda não esteja pronta.ela ainda não esteja pronta.
Minha escola é acolhedora. Sei que não apreenderei tudo aqui.Minha escola é acolhedora. Sei que não apreenderei tudo aqui.
A vida é um constante aprendizado. Mas sei também que aquiA vida é um constante aprendizado. Mas sei também que aqui
sou feliz. Conheço as pessoas. E cada uma delas se fezsou feliz. Conheço as pessoas. E cada uma delas se fez
importante na minha vida. Na nossa vida.importante na minha vida. Na nossa vida.
E, nessa oração, eu Te peço, Senhor, por todos nós que aquiE, nessa oração, eu Te peço, Senhor, por todos nós que aqui
convivemos. Por esse espaço sagrado em que vamos nascendoconvivemos. Por esse espaço sagrado em que vamos nascendo
a cada dia. Nascimento: a linda lição de Sócrates sobre aa cada dia. Nascimento: a linda lição de Sócrates sobre a
função de sua mãe, parteira. A parteira que não faz a criançafunção de sua mãe, parteira. A parteira que não faz a criança
porque ela já está pronta. A parteira que apenas ajuda a criançaporque ela já está pronta. A parteira que apenas ajuda a criança
a vir ao mundo. E faz isso tantas vezes. E em todas às vezesa vir ao mundo. E faz isso tantas vezes. E em todas às vezes
fica feliz, porque cada nova vida é única e merece todo ofica feliz, porque cada nova vida é única e merece todo o
cuidado.cuidado.
Obrigado, Senhor, pela minha escola! Por tudo o que de nósObrigado, Senhor, pela minha escola! Por tudo o que de nós
nasceu e nasce nesse espaço. Aqui, posso Te dizer que sounasceu e nasce nesse espaço. Aqui, posso Te dizer que sou
feliz. E isso é o mais importante. Amém!feliz. E isso é o mais importante. Amém!
Revendo caminhosRevendo caminhos
 Relação InterpessoalRelação Interpessoal
 Grupo de discentes receptivoGrupo de discentes receptivo
 Projetos bem sucedidos : “Você tem fome deProjetos bem sucedidos : “Você tem fome de
quê?” e “Profissões” (EJA).quê?” e “Profissões” (EJA).
 Preparatório para a Prova Brasil: Empenho dosPreparatório para a Prova Brasil: Empenho dos
professores nos anos finais do 1º e 2ºprofessores nos anos finais do 1º e 2º
segmentos do Ensino Fundamental.segmentos do Ensino Fundamental.
Projeto Político PedagógicoProjeto Político Pedagógico
 Por que repensar o PPP?Por que repensar o PPP?
 Avaliando o PPP do C. M. HonorinoAvaliando o PPP do C. M. Honorino
Coutinho.Coutinho.
 Ações para melhorar o rendimento dos alunosAções para melhorar o rendimento dos alunos
em 2012.em 2012.
 Dificuldades encontradas e Ações pretendidas.Dificuldades encontradas e Ações pretendidas.
 Projeto Anual “Construindo Valores”Projeto Anual “Construindo Valores”
 Eu e o outro.Eu e o outro.
 Eu e os problemas do mundo.Eu e os problemas do mundo.
COLÉGIO MUNICIPAL HONORINO COUTINHOCOLÉGIO MUNICIPAL HONORINO COUTINHO
20122012
PROJETO ANUAL “Construindo Valores”PROJETO ANUAL “Construindo Valores”
 OBJETIVOSOBJETIVOS
 Este projeto visa à valorização do ser humano, resgatando aEste projeto visa à valorização do ser humano, resgatando a
importância das virtudes, como tendência para o bem, queimportância das virtudes, como tendência para o bem, que
devem ser ensinadas e partilhadas desde a mais tenra idade,devem ser ensinadas e partilhadas desde a mais tenra idade,
levando à construção da cidadania e autonomia.levando à construção da cidadania e autonomia.
 Sensibilizar os alunos em relação à importância da boaSensibilizar os alunos em relação à importância da boa
convivência para criar um ambiente agradável na sala de aulaconvivência para criar um ambiente agradável na sala de aula
 Desenvolver reflexões sobre ações corriqueiras. ReconhecerDesenvolver reflexões sobre ações corriqueiras. Reconhecer
que, desde bem pequeno, podemos desenvolver boa educaçãoque, desde bem pequeno, podemos desenvolver boa educação
e boas maneiras.e boas maneiras.
 Melhorar a disciplina na sala criando regras de convivência eMelhorar a disciplina na sala criando regras de convivência e
dinâmicas para perceberem algumas atitudes que causam adinâmicas para perceberem algumas atitudes que causam a
indisciplina.indisciplina.
1º Semestre1º Semestre
TEMA CENTRAL:TEMA CENTRAL: Eu e o outroEu e o outro
POR QUÊ?POR QUÊ? Perceber a importância do outro na nossa vida, aceitar asPerceber a importância do outro na nossa vida, aceitar as
diferenças, respeitar os colegas, desenvolver atitudes de solidariedade,diferenças, respeitar os colegas, desenvolver atitudes de solidariedade,
respeitar e ajudar os idosos, os portadores de necessidades especiais, asrespeitar e ajudar os idosos, os portadores de necessidades especiais, as
crianças de outras raças e culturas.crianças de outras raças e culturas.
 Março - Convivência e Regras / SolidariedadeMarço - Convivência e Regras / Solidariedade
e Cooperaçãoe Cooperação
 Abril - Limpeza e organizaçãoAbril - Limpeza e organização
 Maio - Igualdades e diferenças – respeito àMaio - Igualdades e diferenças – respeito à
diversidadediversidade
 Junho - Justiça, Verdade e HonestidadeJunho - Justiça, Verdade e Honestidade
 Junho - Amizade, amor, afetoJunho - Amizade, amor, afeto
2º Semestre2º Semestre
TEMA CENTRAL:TEMA CENTRAL: Eu e os problemas do mundoEu e os problemas do mundo
POR QUÊ?POR QUÊ? Conhecer e discutir os problemas que afligem o mundo e oConhecer e discutir os problemas que afligem o mundo e o
nosso município, perceber que podemos ajudar e evitar alguns, discutirnosso município, perceber que podemos ajudar e evitar alguns, discutir
causas e soluções, estimular a reflexão sobre estes problemas, percebercausas e soluções, estimular a reflexão sobre estes problemas, perceber
que alguns problemas estão bem perto da gente.que alguns problemas estão bem perto da gente.
 Agosto: Destruição do meio ambiente: o queAgosto: Destruição do meio ambiente: o que
fazer com o lixo?fazer com o lixo?
 Setembro: Violência e guerras, necessidade daSetembro: Violência e guerras, necessidade da
pazpaz
 Outubro: Doenças e víciosOutubro: Doenças e vícios
 Novembro: Sociedade: quem é você dentroNovembro: Sociedade: quem é você dentro
dela?dela?
 Dezembro: Avaliação do projeto eDezembro: Avaliação do projeto e
culminânciaculminância
Fim!Fim!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Reunião de pais educação infantil
Reunião de pais educação infantilReunião de pais educação infantil
Reunião de pais educação infantil
Jeovany Anjos
 
LEITURA DELEITE SEJA GIRASSOL
LEITURA DELEITE SEJA GIRASSOLLEITURA DELEITE SEJA GIRASSOL
LEITURA DELEITE SEJA GIRASSOL
Marisa Seara
 
A parábola do lápis
A parábola do lápisA parábola do lápis
A parábola do lápis
fatimacris123
 
Reunião de pais
Reunião de paisReunião de pais
Reunião de pais
Roseli Tejo
 
Relatório de observação
Relatório de observaçãoRelatório de observação
Relatório de observação
Arte Tecnologia
 
A HISTORIA DE UMA ARVORE
A HISTORIA DE UMA ARVOREA HISTORIA DE UMA ARVORE
A HISTORIA DE UMA ARVORE
Marisa Seara
 
Reunião de pais out 2011
Reunião de pais out 2011Reunião de pais out 2011
Reunião de pais out 2011
cbei
 
Alimentacao historia
Alimentacao historiaAlimentacao historia
Alimentacao historia
Ana Prada
 
Reunião de pais 3º bimestre
Reunião de pais   3º bimestreReunião de pais   3º bimestre
Reunião de pais 3º bimestre
flaviacrm
 

Mais procurados (20)

Reunião de pais educação infantil
Reunião de pais educação infantilReunião de pais educação infantil
Reunião de pais educação infantil
 
LEITURA DELEITE SEJA GIRASSOL
LEITURA DELEITE SEJA GIRASSOLLEITURA DELEITE SEJA GIRASSOL
LEITURA DELEITE SEJA GIRASSOL
 
A parábola do lápis
A parábola do lápisA parábola do lápis
A parábola do lápis
 
Reunião de pais
Reunião de paisReunião de pais
Reunião de pais
 
Mensagem recomeçar 2ºsemestre reunião diretores
Mensagem recomeçar 2ºsemestre reunião diretoresMensagem recomeçar 2ºsemestre reunião diretores
Mensagem recomeçar 2ºsemestre reunião diretores
 
Projeto educação infantil etnico racial
Projeto educação infantil etnico racialProjeto educação infantil etnico racial
Projeto educação infantil etnico racial
 
Relatório de observação
Relatório de observaçãoRelatório de observação
Relatório de observação
 
Pauta HTPC- Diferenças
Pauta HTPC- DiferençasPauta HTPC- Diferenças
Pauta HTPC- Diferenças
 
A HISTORIA DE UMA ARVORE
A HISTORIA DE UMA ARVOREA HISTORIA DE UMA ARVORE
A HISTORIA DE UMA ARVORE
 
Texto Reflexivo: Plante um Futuro
Texto Reflexivo: Plante um FuturoTexto Reflexivo: Plante um Futuro
Texto Reflexivo: Plante um Futuro
 
Reunião de pais out 2011
Reunião de pais out 2011Reunião de pais out 2011
Reunião de pais out 2011
 
BNCC EDUCAÇÃO INFANTIL
BNCC EDUCAÇÃO INFANTILBNCC EDUCAÇÃO INFANTIL
BNCC EDUCAÇÃO INFANTIL
 
Alimentacao historia
Alimentacao historiaAlimentacao historia
Alimentacao historia
 
Projeto dia das mães 2014
Projeto dia das mães 2014Projeto dia das mães 2014
Projeto dia das mães 2014
 
Plano de ação para coordenação pedagógica
Plano de ação para coordenação pedagógicaPlano de ação para coordenação pedagógica
Plano de ação para coordenação pedagógica
 
PPT encontro com Professores Coordenadores
PPT encontro com Professores CoordenadoresPPT encontro com Professores Coordenadores
PPT encontro com Professores Coordenadores
 
Creche e ji, rotinas e espaço
Creche e ji, rotinas e espaçoCreche e ji, rotinas e espaço
Creche e ji, rotinas e espaço
 
Peça de teatro para o dia dos pais: Lição para um pai.
Peça de teatro para o dia dos pais: Lição para um pai.Peça de teatro para o dia dos pais: Lição para um pai.
Peça de teatro para o dia dos pais: Lição para um pai.
 
Reunião de pais 3º bimestre
Reunião de pais   3º bimestreReunião de pais   3º bimestre
Reunião de pais 3º bimestre
 
O laço e o abraço
O laço e o abraçoO laço e o abraço
O laço e o abraço
 

Destaque

Reunião pedagógica
Reunião pedagógica   Reunião pedagógica
Reunião pedagógica
luannagorges
 
1ª ReuniãO PedagóGica De 2009
1ª ReuniãO PedagóGica De 20091ª ReuniãO PedagóGica De 2009
1ª ReuniãO PedagóGica De 2009
ancyrainfo2009
 
Reunião pedagógica
Reunião pedagógicaReunião pedagógica
Reunião pedagógica
Wesley Camilo
 
Reunião pedagógica abril
Reunião pedagógica abrilReunião pedagógica abril
Reunião pedagógica abril
Kally Lara
 
Reuniao pedagogica 26-03-12
Reuniao pedagogica 26-03-12 Reuniao pedagogica 26-03-12
Reuniao pedagogica 26-03-12
adobrotinick
 
Reunião pedagógica
Reunião pedagógicaReunião pedagógica
Reunião pedagógica
guii1010
 
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli BorgesReunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
pdescola
 

Destaque (17)

Jornada pedagógica-2014
Jornada pedagógica-2014Jornada pedagógica-2014
Jornada pedagógica-2014
 
Reunião pedagógica
Reunião pedagógicaReunião pedagógica
Reunião pedagógica
 
Reunião pedagógica
Reunião pedagógica   Reunião pedagógica
Reunião pedagógica
 
Jornada pedagógica e aula inaugural
Jornada pedagógica e aula inauguralJornada pedagógica e aula inaugural
Jornada pedagógica e aula inaugural
 
1ª ReuniãO PedagóGica De 2009
1ª ReuniãO PedagóGica De 20091ª ReuniãO PedagóGica De 2009
1ª ReuniãO PedagóGica De 2009
 
Reunião pedagógica
Reunião pedagógicaReunião pedagógica
Reunião pedagógica
 
Reunião 1º Pedagógica E.Antônio.Vaz da Silva
Reunião 1º Pedagógica E.Antônio.Vaz da SilvaReunião 1º Pedagógica E.Antônio.Vaz da Silva
Reunião 1º Pedagógica E.Antônio.Vaz da Silva
 
Reunião pedagógica colegiado de curso - 2010 2
Reunião pedagógica   colegiado de curso - 2010 2Reunião pedagógica   colegiado de curso - 2010 2
Reunião pedagógica colegiado de curso - 2010 2
 
Reunião pedagógica abril
Reunião pedagógica abrilReunião pedagógica abril
Reunião pedagógica abril
 
Reuniao pedagogica 26-03-12
Reuniao pedagogica 26-03-12 Reuniao pedagogica 26-03-12
Reuniao pedagogica 26-03-12
 
Reunião pedagógica
Reunião pedagógicaReunião pedagógica
Reunião pedagógica
 
Reunião PedagóGica Colegiado De Curso 2010 1
Reunião PedagóGica   Colegiado De Curso   2010 1Reunião PedagóGica   Colegiado De Curso   2010 1
Reunião PedagóGica Colegiado De Curso 2010 1
 
REUNIÃO PEDAGÓGICA ADMINISTRATIVA PARA ELABORAÇÃO DO NOVO PPP(PROJETO POLÍTIC...
REUNIÃO PEDAGÓGICA ADMINISTRATIVA PARA ELABORAÇÃO DO NOVO PPP(PROJETO POLÍTIC...REUNIÃO PEDAGÓGICA ADMINISTRATIVA PARA ELABORAÇÃO DO NOVO PPP(PROJETO POLÍTIC...
REUNIÃO PEDAGÓGICA ADMINISTRATIVA PARA ELABORAÇÃO DO NOVO PPP(PROJETO POLÍTIC...
 
Reunião pedagógica
Reunião pedagógicaReunião pedagógica
Reunião pedagógica
 
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli BorgesReunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
Reunião Pedagógica - E.M. Norma Sueli Borges
 
Semana Pedagógica. 13 dicas valiosas
Semana Pedagógica. 13 dicas valiosasSemana Pedagógica. 13 dicas valiosas
Semana Pedagógica. 13 dicas valiosas
 
O que é ser professor hoje? Breve reflexão acerca da arte de ensinar
O que é ser professor hoje? Breve reflexão acerca da arte de ensinarO que é ser professor hoje? Breve reflexão acerca da arte de ensinar
O que é ser professor hoje? Breve reflexão acerca da arte de ensinar
 

Semelhante a Reunião pedagógica

Pequenos descuidos grandes problemas américo canhoto
Pequenos descuidos grandes problemas   américo canhotoPequenos descuidos grandes problemas   américo canhoto
Pequenos descuidos grandes problemas américo canhoto
Helio Cruz
 
Apostila manejo de classe ure oeste (1)
Apostila manejo de classe ure oeste (1)Apostila manejo de classe ure oeste (1)
Apostila manejo de classe ure oeste (1)
Alice Lirio
 
Colegio paulo freire
Colegio paulo freireColegio paulo freire
Colegio paulo freire
Maisaro
 
Colegio paulo freire
Colegio paulo freireColegio paulo freire
Colegio paulo freire
Maisaro
 
343187 portugues 6 serie egba miolo
343187 portugues 6 serie egba miolo343187 portugues 6 serie egba miolo
343187 portugues 6 serie egba miolo
clokaudaj
 
343178 portugues 5 serie egba miolo
343178 portugues 5 serie egba miolo343178 portugues 5 serie egba miolo
343178 portugues 5 serie egba miolo
clokaudaj
 
Texto o ninho_ana_felicia ultimo
Texto o ninho_ana_felicia ultimoTexto o ninho_ana_felicia ultimo
Texto o ninho_ana_felicia ultimo
anaguedes44
 
Autismo e educação frases de simone helen drumond
Autismo e educação frases de simone helen drumondAutismo e educação frases de simone helen drumond
Autismo e educação frases de simone helen drumond
SimoneHelenDrumond
 

Semelhante a Reunião pedagógica (20)

EEI - Aula 7 a encarnação dos espíritos
EEI - Aula 7   a encarnação dos espíritosEEI - Aula 7   a encarnação dos espíritos
EEI - Aula 7 a encarnação dos espíritos
 
Adolescencia
AdolescenciaAdolescencia
Adolescencia
 
Jornal Mente Ativa 11
Jornal Mente Ativa 11Jornal Mente Ativa 11
Jornal Mente Ativa 11
 
Pequenos descuidos grandes problemas américo canhoto
Pequenos descuidos grandes problemas   américo canhotoPequenos descuidos grandes problemas   américo canhoto
Pequenos descuidos grandes problemas américo canhoto
 
Apostila manejo de classe ure oeste (1)
Apostila manejo de classe ure oeste (1)Apostila manejo de classe ure oeste (1)
Apostila manejo de classe ure oeste (1)
 
C:\fakepath\jornal pief
C:\fakepath\jornal piefC:\fakepath\jornal pief
C:\fakepath\jornal pief
 
Colegio paulo freire
Colegio paulo freireColegio paulo freire
Colegio paulo freire
 
Colegio paulo freire
Colegio paulo freireColegio paulo freire
Colegio paulo freire
 
Slide Dia Do Professor Power Point 2003
Slide Dia Do Professor   Power Point 2003Slide Dia Do Professor   Power Point 2003
Slide Dia Do Professor Power Point 2003
 
Um Relato Pessoal: Como a Biodanza Estimula a Integração da Identidade | Cris...
Um Relato Pessoal: Como a Biodanza Estimula a Integração da Identidade | Cris...Um Relato Pessoal: Como a Biodanza Estimula a Integração da Identidade | Cris...
Um Relato Pessoal: Como a Biodanza Estimula a Integração da Identidade | Cris...
 
Cidadania
CidadaniaCidadania
Cidadania
 
343187 portugues 6 serie egba miolo
343187 portugues 6 serie egba miolo343187 portugues 6 serie egba miolo
343187 portugues 6 serie egba miolo
 
343178 portugues 5 serie egba miolo
343178 portugues 5 serie egba miolo343178 portugues 5 serie egba miolo
343178 portugues 5 serie egba miolo
 
Silenciosa espera
Silenciosa esperaSilenciosa espera
Silenciosa espera
 
Maratona Cultural 2009
Maratona Cultural 2009Maratona Cultural 2009
Maratona Cultural 2009
 
Texto o ninho_ana_felicia ultimo
Texto o ninho_ana_felicia ultimoTexto o ninho_ana_felicia ultimo
Texto o ninho_ana_felicia ultimo
 
Texto o ninho_ana_felicia ultimo
Texto o ninho_ana_felicia ultimoTexto o ninho_ana_felicia ultimo
Texto o ninho_ana_felicia ultimo
 
Autismo e educação frases de simone helen drumond
Autismo e educação frases de simone helen drumondAutismo e educação frases de simone helen drumond
Autismo e educação frases de simone helen drumond
 
Grupo Educacao II
Grupo Educacao IIGrupo Educacao II
Grupo Educacao II
 
Relatório final
Relatório finalRelatório final
Relatório final
 

Último

O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
sfwsoficial
 
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
azulassessoria9
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
andreaLisboa7
 

Último (20)

Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
08-05 - Atividade de língua Portuguesa.pdf
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
ATIVIDADE 2 - GQ - COMUNICAÇÃO EMPRESARIAL E NEGOCIAÇÃO - 52_2024
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande""Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
"Nós Propomos! Escola Secundária em Pedrógão Grande"
 
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdfAtividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
Atividade do poema sobre mãe de mário quintana.pdf
 

Reunião pedagógica

  • 1. Reunião PedagógicaReunião Pedagógica 03/04/201203/04/2012 C. M. Honorino CoutinhoC. M. Honorino Coutinho
  • 2. PautaPauta Texto para reflexãoTexto para reflexão Oração da EscolaOração da Escola Gabriel ChalitaGabriel Chalita Obrigado, Senhor, pela minha escola!Obrigado, Senhor, pela minha escola! Ela tem muitos defeitos. Como todas as escolas têm. Ela temEla tem muitos defeitos. Como todas as escolas têm. Ela tem problemas, e sempre terá. Quando alguns são solucionados,problemas, e sempre terá. Quando alguns são solucionados, surgem outros, e a cada dia aparece uma nova preocupação.surgem outros, e a cada dia aparece uma nova preocupação. Neste espaço sagrado, convivem pessoas muito diferentes. OsNeste espaço sagrado, convivem pessoas muito diferentes. Os estudantes vêm de famílias diversas e carregam com elesestudantes vêm de famílias diversas e carregam com eles sonhos e traumas próprios. Alguns são mais fechados. Outrossonhos e traumas próprios. Alguns são mais fechados. Outros gostam de aparecer. Todos são carentes. Carecem de atenção,gostam de aparecer. Todos são carentes. Carecem de atenção, de cuidado, de ternura.de cuidado, de ternura.
  • 3. Os professores são também diferentes. Há alguns bemOs professores são também diferentes. Há alguns bem jovens. Outros mais velhos. Falam coisas diferentes.jovens. Outros mais velhos. Falam coisas diferentes. Olham o mundo cada um à sua maneira. AlgunsOlham o mundo cada um à sua maneira. Alguns sabem o poder que têm. Outros parecem não sesabem o poder que têm. Outros parecem não se preocupar com isso. Não sabem que são líderes. Sãopreocupar com isso. Não sabem que são líderes. São referenciais. Ou deveriam ser.referenciais. Ou deveriam ser. Funcionários. Pessoas tão queridas, que ouvemFuncionários. Pessoas tão queridas, que ouvem nossas lamentações. E que cuidam de nós. Estamosnossas lamentações. E que cuidam de nós. Estamos juntos todos os dias. Há dias mais quentes e outrosjuntos todos os dias. Há dias mais quentes e outros mais frios. Há dias mais tranqüilos e outros maismais frios. Há dias mais tranqüilos e outros mais tumultuados. Há dias mais felizes e outros maistumultuados. Há dias mais felizes e outros mais dolorosos. Mas estamos juntos.dolorosos. Mas estamos juntos.
  • 4. E o que há de mais lindo em minha escola é que ela nos ensinaE o que há de mais lindo em minha escola é que ela nos ensina nossa vocação. O vôo. Nascemos para voar, mas precisamosnossa vocação. O vôo. Nascemos para voar, mas precisamos saber disso. E precisamos, ainda, de um impulso que nos lancesaber disso. E precisamos, ainda, de um impulso que nos lance para esse elevado destino.para esse elevado destino. Não precisamos de uma escola que nos traga todas asNão precisamos de uma escola que nos traga todas as informações. O mundo já cumpre esse papel. Não precisamosinformações. O mundo já cumpre esse papel. Não precisamos de uma escola que nos transforme em máquinas, todas iguais.de uma escola que nos transforme em máquinas, todas iguais. Não. Seria um crime reduzir o gigante que reside em nossoNão. Seria um crime reduzir o gigante que reside em nosso interior. Seria um crime esperar que o vôo fosse sempre dointerior. Seria um crime esperar que o vôo fosse sempre do mesmo tamanho, da mesma velocidade ou na mesma altura.mesmo tamanho, da mesma velocidade ou na mesma altura. Minha escola é acolhedora. Nela vou permitindo que aMinha escola é acolhedora. Nela vou permitindo que a semente se transforme em planta, em flor. Ou permitindo que asemente se transforme em planta, em flor. Ou permitindo que a lagarta venha a se tornar borboleta. E sei que para isso nãolagarta venha a se tornar borboleta. E sei que para isso não preciso de pressa. Se quiserem ajudar a lagarta a sair dopreciso de pressa. Se quiserem ajudar a lagarta a sair do casulo, talvez ela nunca tenha a chance de voar. Pode ser quecasulo, talvez ela nunca tenha a chance de voar. Pode ser que ela ainda não esteja pronta.ela ainda não esteja pronta.
  • 5. Minha escola é acolhedora. Sei que não apreenderei tudo aqui.Minha escola é acolhedora. Sei que não apreenderei tudo aqui. A vida é um constante aprendizado. Mas sei também que aquiA vida é um constante aprendizado. Mas sei também que aqui sou feliz. Conheço as pessoas. E cada uma delas se fezsou feliz. Conheço as pessoas. E cada uma delas se fez importante na minha vida. Na nossa vida.importante na minha vida. Na nossa vida. E, nessa oração, eu Te peço, Senhor, por todos nós que aquiE, nessa oração, eu Te peço, Senhor, por todos nós que aqui convivemos. Por esse espaço sagrado em que vamos nascendoconvivemos. Por esse espaço sagrado em que vamos nascendo a cada dia. Nascimento: a linda lição de Sócrates sobre aa cada dia. Nascimento: a linda lição de Sócrates sobre a função de sua mãe, parteira. A parteira que não faz a criançafunção de sua mãe, parteira. A parteira que não faz a criança porque ela já está pronta. A parteira que apenas ajuda a criançaporque ela já está pronta. A parteira que apenas ajuda a criança a vir ao mundo. E faz isso tantas vezes. E em todas às vezesa vir ao mundo. E faz isso tantas vezes. E em todas às vezes fica feliz, porque cada nova vida é única e merece todo ofica feliz, porque cada nova vida é única e merece todo o cuidado.cuidado. Obrigado, Senhor, pela minha escola! Por tudo o que de nósObrigado, Senhor, pela minha escola! Por tudo o que de nós nasceu e nasce nesse espaço. Aqui, posso Te dizer que sounasceu e nasce nesse espaço. Aqui, posso Te dizer que sou feliz. E isso é o mais importante. Amém!feliz. E isso é o mais importante. Amém!
  • 6. Revendo caminhosRevendo caminhos  Relação InterpessoalRelação Interpessoal  Grupo de discentes receptivoGrupo de discentes receptivo  Projetos bem sucedidos : “Você tem fome deProjetos bem sucedidos : “Você tem fome de quê?” e “Profissões” (EJA).quê?” e “Profissões” (EJA).  Preparatório para a Prova Brasil: Empenho dosPreparatório para a Prova Brasil: Empenho dos professores nos anos finais do 1º e 2ºprofessores nos anos finais do 1º e 2º segmentos do Ensino Fundamental.segmentos do Ensino Fundamental.
  • 7. Projeto Político PedagógicoProjeto Político Pedagógico  Por que repensar o PPP?Por que repensar o PPP?  Avaliando o PPP do C. M. HonorinoAvaliando o PPP do C. M. Honorino Coutinho.Coutinho.  Ações para melhorar o rendimento dos alunosAções para melhorar o rendimento dos alunos em 2012.em 2012.  Dificuldades encontradas e Ações pretendidas.Dificuldades encontradas e Ações pretendidas.  Projeto Anual “Construindo Valores”Projeto Anual “Construindo Valores”  Eu e o outro.Eu e o outro.  Eu e os problemas do mundo.Eu e os problemas do mundo.
  • 8.
  • 9. COLÉGIO MUNICIPAL HONORINO COUTINHOCOLÉGIO MUNICIPAL HONORINO COUTINHO 20122012 PROJETO ANUAL “Construindo Valores”PROJETO ANUAL “Construindo Valores”  OBJETIVOSOBJETIVOS  Este projeto visa à valorização do ser humano, resgatando aEste projeto visa à valorização do ser humano, resgatando a importância das virtudes, como tendência para o bem, queimportância das virtudes, como tendência para o bem, que devem ser ensinadas e partilhadas desde a mais tenra idade,devem ser ensinadas e partilhadas desde a mais tenra idade, levando à construção da cidadania e autonomia.levando à construção da cidadania e autonomia.  Sensibilizar os alunos em relação à importância da boaSensibilizar os alunos em relação à importância da boa convivência para criar um ambiente agradável na sala de aulaconvivência para criar um ambiente agradável na sala de aula  Desenvolver reflexões sobre ações corriqueiras. ReconhecerDesenvolver reflexões sobre ações corriqueiras. Reconhecer que, desde bem pequeno, podemos desenvolver boa educaçãoque, desde bem pequeno, podemos desenvolver boa educação e boas maneiras.e boas maneiras.  Melhorar a disciplina na sala criando regras de convivência eMelhorar a disciplina na sala criando regras de convivência e dinâmicas para perceberem algumas atitudes que causam adinâmicas para perceberem algumas atitudes que causam a indisciplina.indisciplina.
  • 10. 1º Semestre1º Semestre TEMA CENTRAL:TEMA CENTRAL: Eu e o outroEu e o outro POR QUÊ?POR QUÊ? Perceber a importância do outro na nossa vida, aceitar asPerceber a importância do outro na nossa vida, aceitar as diferenças, respeitar os colegas, desenvolver atitudes de solidariedade,diferenças, respeitar os colegas, desenvolver atitudes de solidariedade, respeitar e ajudar os idosos, os portadores de necessidades especiais, asrespeitar e ajudar os idosos, os portadores de necessidades especiais, as crianças de outras raças e culturas.crianças de outras raças e culturas.  Março - Convivência e Regras / SolidariedadeMarço - Convivência e Regras / Solidariedade e Cooperaçãoe Cooperação  Abril - Limpeza e organizaçãoAbril - Limpeza e organização  Maio - Igualdades e diferenças – respeito àMaio - Igualdades e diferenças – respeito à diversidadediversidade  Junho - Justiça, Verdade e HonestidadeJunho - Justiça, Verdade e Honestidade  Junho - Amizade, amor, afetoJunho - Amizade, amor, afeto
  • 11. 2º Semestre2º Semestre TEMA CENTRAL:TEMA CENTRAL: Eu e os problemas do mundoEu e os problemas do mundo POR QUÊ?POR QUÊ? Conhecer e discutir os problemas que afligem o mundo e oConhecer e discutir os problemas que afligem o mundo e o nosso município, perceber que podemos ajudar e evitar alguns, discutirnosso município, perceber que podemos ajudar e evitar alguns, discutir causas e soluções, estimular a reflexão sobre estes problemas, percebercausas e soluções, estimular a reflexão sobre estes problemas, perceber que alguns problemas estão bem perto da gente.que alguns problemas estão bem perto da gente.  Agosto: Destruição do meio ambiente: o queAgosto: Destruição do meio ambiente: o que fazer com o lixo?fazer com o lixo?  Setembro: Violência e guerras, necessidade daSetembro: Violência e guerras, necessidade da pazpaz  Outubro: Doenças e víciosOutubro: Doenças e vícios  Novembro: Sociedade: quem é você dentroNovembro: Sociedade: quem é você dentro dela?dela?  Dezembro: Avaliação do projeto eDezembro: Avaliação do projeto e culminânciaculminância