SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 26
Baixar para ler offline
Identificando as rochas



             Por Ana Paula Gonzaga
Como iniciar a identificação de
             rocha?
  Devemos reconhecer 4 grupos de rochas que são
  diferenciados quanto à granulação e estrutura.

• Granulação:
   – Finíssima;
   – Pouco à muito grosseira.


• Estrutura:
   – Maciça;
   – Em camadas;
   – Em planos (com minerais orientados).
Grupo I – Rochas maciças, com
      granulação finíssima
    (não há definição de minerais e nem
   orientação preferencial dos mesmos)

  Níveis de dureza:
• Riscável pela unha;
• Riscável pelo aço;
• Não riscável, ou dificilmente riscável pelo aço.
Grupo II – Rochas com estrutura
 maciça, com granulação média a
              grossa
    (são observados cristais sem orientação
                 preferencial)

  Níveis de dureza:
• Facilmente riscável pelo aço;
• Dificilmente ou não riscável pelo aço:
   – Textura eqüigranular:
   – Textura ineqüigranular.
Grupo III – Rochas orientadas em
        planos ou linhas


  Características da estrutura:
• Apresenta orientação gnáissica;
• Apresenta xistosidade.
Grupo IV – Rochas com camadas próximas
a horizontal, estratificadas, clásticas, com
       granulação variável, friáveis.

    São rochas que podem apresentar:
•   Característica laminar;
•   Estratificação;
•   Fragmentos, seixos e matéria orgânica;
•   Grãos de diversos tamanhos;
•   Fragilidade de sedimentação.
Rochas Sedimentares
    Formada a partir da deposição de sedimentos
    decompostos de outras rochas e matéria orgânica.
    Na sua maioria há presença de cimento
    carbonático.
    Algumas características:
•   Presença de camadas e ou seixos;
•   Dureza baixa;
•   A cor pode variar no sentido vertical e horizontal;
•   Estruturas sedimentares típicas: estratificação
    cruzada, marcas de ondas, animais, chuva, etc..
    Fósseis.
Rochas Sedimentares




             Pedreira do Varvito – Itu - SP
Rochas Sedimentares




                 Arenito
Rochas Sedimentares
Rochas Ígneas (magmáticas)
  Rochas ígneas (derivado do latim ignis – fogo)
  resultam da consolidação do resfriamento do
  magma derretido ou parcialmente derretido.
  Podem ser:
• Intrusivas (plutônicas): formadas a partir do
  resfriamento do magma no interior da crosta
  sem contato com a superfície.
• Extrusiva (vulcânica): formadas a partir do
  resfriamento da lava.
Rochas Ígneas Intrusivas

Apresentam resfriamento lento, permitindo a
cristalização de todos os seus minerais.
Geralmente apresenta estrutura granular com
minerais eqüidimensionados.
Exemplo: granito (composto por mica,
feldspato e quartzo).
Rochas Ígneas Intrusivas
Rocha Ígnea Extrusiva

Formada pelo resfriamento rápido da lava sobre a
crosta ou próxima a ela (mares, oceanos).
Apresentam coloração escura, muitas vezes com
aspecto vítreo ou com presença de vesículas. Não
é possível visualizar a olho nu a presença dos
minerais.
Exemplo: basalto.
* Piroclastos.
Rocha Ígnea Extrusiva
Rocha Ígnea Extrusiva
Rochas Ígneas
Rocha Metamórfica
  As rochas metamórficas são aquelas que sofreram
  ação de pressão e temperatura tendo assim, um
  rearranjo de seus componentes determinando
  uma orientação ou um paralelismo de seus
  minerais.
  Elas podem ser:
• De origem sedimentar: apresentando uma
  xistosidade ou foliação de camadas;
• De origem ígnea: apresentando alinhamento dos
  minerais (gnaisse):
• De origem metamórfica: a rocha apresenta-se
  friável.
Rocha Metamórfica




               Xistosidade
Rocha Metamórfica




         Xistosidade/clivagem - Ardósia
Rocha Metamórfica




                    Foliação
Rocha Metamórfica




                    Gnaisse
Rocha Metamórfica




            Gnaisse facoidal - foliação
Roteiro para identificação de
               rochas
•   Cor;
•   Granulação;
•   Dureza;
•   Estrutura (maciça, estratificada, orientada);
•   Minerais presentes;
•   Grau de alteração;
•   Outras observações (fratura, vesículas);
Ciclo de formação de rochas
Muito obrigada!



            Agosto/2009

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Tipos de rochas sedimentares
Tipos de rochas sedimentaresTipos de rochas sedimentares
Tipos de rochas sedimentares
Géssica Santos
 
Minerais e Rochas Magmáticas
Minerais e Rochas MagmáticasMinerais e Rochas Magmáticas
Minerais e Rochas Magmáticas
CristinaViana
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
Rochas sedimentares
Tânia Reis
 
Teoria da deriva dos continentes
Teoria da deriva dos continentesTeoria da deriva dos continentes
Teoria da deriva dos continentes
catiacsantos
 
Geo 13 ambientes sedimentares
Geo 13   ambientes sedimentaresGeo 13   ambientes sedimentares
Geo 13 ambientes sedimentares
Nuno Correia
 
Aula rochas ígneas 2012.2 gg
Aula rochas ígneas 2012.2 ggAula rochas ígneas 2012.2 gg
Aula rochas ígneas 2012.2 gg
Mauriceia Santana
 
Rochas e minerais
Rochas e mineraisRochas e minerais
Rochas e minerais
s1lv1alouro
 
Deformação das rochas
Deformação das rochasDeformação das rochas
Deformação das rochas
Isabel Lopes
 
Rochas sedimentares classificação detríticas
Rochas sedimentares  classificação detríticasRochas sedimentares  classificação detríticas
Rochas sedimentares classificação detríticas
Isabel Lopes
 
5 rochas magmáticas
5  rochas magmáticas5  rochas magmáticas
5 rochas magmáticas
margaridabt
 
Rochas sedimentares - minerais e formação
Rochas sedimentares  - minerais e formaçãoRochas sedimentares  - minerais e formação
Rochas sedimentares - minerais e formação
Isabel Lopes
 

Mais procurados (20)

As rochas ígneas
As rochas ígneasAs rochas ígneas
As rochas ígneas
 
Tipos de rochas sedimentares
Tipos de rochas sedimentaresTipos de rochas sedimentares
Tipos de rochas sedimentares
 
Aula minerais
Aula mineraisAula minerais
Aula minerais
 
Minerais e Rochas Magmáticas
Minerais e Rochas MagmáticasMinerais e Rochas Magmáticas
Minerais e Rochas Magmáticas
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
Rochas sedimentares
 
Os minerais e as suas características
Os minerais e as suas característicasOs minerais e as suas características
Os minerais e as suas características
 
Teoria da deriva dos continentes
Teoria da deriva dos continentesTeoria da deriva dos continentes
Teoria da deriva dos continentes
 
Geo 13 ambientes sedimentares
Geo 13   ambientes sedimentaresGeo 13   ambientes sedimentares
Geo 13 ambientes sedimentares
 
Aula rochas ígneas 2012.2 gg
Aula rochas ígneas 2012.2 ggAula rochas ígneas 2012.2 gg
Aula rochas ígneas 2012.2 gg
 
Rochas e minerais
Rochas e mineraisRochas e minerais
Rochas e minerais
 
Deformação das rochas
Deformação das rochasDeformação das rochas
Deformação das rochas
 
IX - ROCHAS MAGMÁTICAS
IX - ROCHAS MAGMÁTICASIX - ROCHAS MAGMÁTICAS
IX - ROCHAS MAGMÁTICAS
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
Rochas sedimentares
 
Ambientes de Sedimentação e Tempo Geológico
Ambientes de Sedimentação  e Tempo GeológicoAmbientes de Sedimentação  e Tempo Geológico
Ambientes de Sedimentação e Tempo Geológico
 
II - DERIVA CONTINENTAL
II - DERIVA CONTINENTALII - DERIVA CONTINENTAL
II - DERIVA CONTINENTAL
 
Rochas sedimentares classificação detríticas
Rochas sedimentares  classificação detríticasRochas sedimentares  classificação detríticas
Rochas sedimentares classificação detríticas
 
5 rochas magmáticas
5  rochas magmáticas5  rochas magmáticas
5 rochas magmáticas
 
Fósseis....
Fósseis....Fósseis....
Fósseis....
 
Tectonica Placas
Tectonica PlacasTectonica Placas
Tectonica Placas
 
Rochas sedimentares - minerais e formação
Rochas sedimentares  - minerais e formaçãoRochas sedimentares  - minerais e formação
Rochas sedimentares - minerais e formação
 

Semelhante a Identificando as rochas aula 1

Nº 2 rochas e minerais
Nº 2   rochas e mineraisNº 2   rochas e minerais
Nº 2 rochas e minerais
MINEDU
 
ciclo rochoso e rochas igneas
ciclo rochoso e rochas igneas ciclo rochoso e rochas igneas
ciclo rochoso e rochas igneas
Nice Maia
 
Rochas5ano 111125102511-phpapp02
Rochas5ano 111125102511-phpapp02Rochas5ano 111125102511-phpapp02
Rochas5ano 111125102511-phpapp02
Isabel Ribeiro
 
CaracteríSticas Das Rochas MagmáTicas
CaracteríSticas Das Rochas MagmáTicasCaracteríSticas Das Rochas MagmáTicas
CaracteríSticas Das Rochas MagmáTicas
Arminda Malho
 
Rochas magmáticas
Rochas magmáticasRochas magmáticas
Rochas magmáticas
s1lv1alouro
 
Aula mineralogia fisica (1)
Aula mineralogia fisica (1)Aula mineralogia fisica (1)
Aula mineralogia fisica (1)
Rakel Angel
 
Dinâmica externa da terra
Dinâmica externa da terraDinâmica externa da terra
Dinâmica externa da terra
Sara Viana
 
Rochas Magmáticas
Rochas MagmáticasRochas Magmáticas
Rochas Magmáticas
Nuno Coelho
 

Semelhante a Identificando as rochas aula 1 (20)

93350762 cn-7º-pdf-rochas-minerais-e-paisagens-geologicas
93350762 cn-7º-pdf-rochas-minerais-e-paisagens-geologicas93350762 cn-7º-pdf-rochas-minerais-e-paisagens-geologicas
93350762 cn-7º-pdf-rochas-minerais-e-paisagens-geologicas
 
Nº 2 rochas e minerais
Nº 2   rochas e mineraisNº 2   rochas e minerais
Nº 2 rochas e minerais
 
ciclo rochoso e rochas igneas
ciclo rochoso e rochas igneas ciclo rochoso e rochas igneas
ciclo rochoso e rochas igneas
 
Ficha resumo rochas
Ficha resumo rochasFicha resumo rochas
Ficha resumo rochas
 
Geologia estrutural foliações em rochas
Geologia estrutural   foliações em rochasGeologia estrutural   foliações em rochas
Geologia estrutural foliações em rochas
 
Rochas – 5º ano
Rochas – 5º anoRochas – 5º ano
Rochas – 5º ano
 
Rochas5ano 111125102511-phpapp02
Rochas5ano 111125102511-phpapp02Rochas5ano 111125102511-phpapp02
Rochas5ano 111125102511-phpapp02
 
CaracteríSticas Das Rochas MagmáTicas
CaracteríSticas Das Rochas MagmáTicasCaracteríSticas Das Rochas MagmáTicas
CaracteríSticas Das Rochas MagmáTicas
 
Rochas magmáticas
Rochas magmáticasRochas magmáticas
Rochas magmáticas
 
Rochas magmáticas
Rochas magmáticasRochas magmáticas
Rochas magmáticas
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
Noções de petrologia
Noções de petrologiaNoções de petrologia
Noções de petrologia
 
Aula mineralogia fisica (1)
Aula mineralogia fisica (1)Aula mineralogia fisica (1)
Aula mineralogia fisica (1)
 
Dinâmica externa da terra
Dinâmica externa da terraDinâmica externa da terra
Dinâmica externa da terra
 
Rochas
RochasRochas
Rochas
 
Rochas Magmáticas
Rochas MagmáticasRochas Magmáticas
Rochas Magmáticas
 
Pequeno dicionário geográfico
Pequeno dicionário geográficoPequeno dicionário geográfico
Pequeno dicionário geográfico
 
Prova classificação de rochas e minerais
Prova classificação de rochas e mineraisProva classificação de rochas e minerais
Prova classificação de rochas e minerais
 
Ambiente Magmático: Tipos de Rochas e Paisagens
Ambiente Magmático: Tipos de Rochas e PaisagensAmbiente Magmático: Tipos de Rochas e Paisagens
Ambiente Magmático: Tipos de Rochas e Paisagens
 
Rochas.pptx
Rochas.pptxRochas.pptx
Rochas.pptx
 

Mais de Marcus Corradini (11)

Tráfico de animais - apresentação
Tráfico de animais - apresentaçãoTráfico de animais - apresentação
Tráfico de animais - apresentação
 
Tráfico de animais - texto
Tráfico de animais - textoTráfico de animais - texto
Tráfico de animais - texto
 
Aquario bolsistas 2012
Aquario bolsistas 2012Aquario bolsistas 2012
Aquario bolsistas 2012
 
Sustentabilidade e meio ambiente
Sustentabilidade e meio ambienteSustentabilidade e meio ambiente
Sustentabilidade e meio ambiente
 
Origem do universo
Origem do universoOrigem do universo
Origem do universo
 
Apresentação pinguins bolosistas 2011
Apresentação pinguins bolosistas 2011Apresentação pinguins bolosistas 2011
Apresentação pinguins bolosistas 2011
 
Simulador fúria da natureza
Simulador fúria da naturezaSimulador fúria da natureza
Simulador fúria da natureza
 
Gripe h1 n1
Gripe h1 n1Gripe h1 n1
Gripe h1 n1
 
Formação Pinguinário Sabina
Formação Pinguinário SabinaFormação Pinguinário Sabina
Formação Pinguinário Sabina
 
Cactos e Suculentas
Cactos e SuculentasCactos e Suculentas
Cactos e Suculentas
 
Ecossistemas Marinhos Para Monitores
Ecossistemas Marinhos Para MonitoresEcossistemas Marinhos Para Monitores
Ecossistemas Marinhos Para Monitores
 

Último

4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
LindinhaSilva1
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
aulasgege
 

Último (20)

EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfSistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdfApostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
Apostila-Letramento-e-alfabetização-2.pdf
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdfTestes de avaliação português 6º ano .pdf
Testes de avaliação português 6º ano .pdf
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
bem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animalbem estar animal em proteção integrada componente animal
bem estar animal em proteção integrada componente animal
 
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
4 ano atividade fonema e letra 08.03-1.pdf
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdfAs Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
As Mil Palavras Mais Usadas No Inglês (Robert de Aquino) (Z-Library).pdf
 
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
1. Aula de sociologia - 1º Ano - Émile Durkheim.pdf
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 

Identificando as rochas aula 1

  • 1. Identificando as rochas Por Ana Paula Gonzaga
  • 2. Como iniciar a identificação de rocha? Devemos reconhecer 4 grupos de rochas que são diferenciados quanto à granulação e estrutura. • Granulação: – Finíssima; – Pouco à muito grosseira. • Estrutura: – Maciça; – Em camadas; – Em planos (com minerais orientados).
  • 3. Grupo I – Rochas maciças, com granulação finíssima (não há definição de minerais e nem orientação preferencial dos mesmos) Níveis de dureza: • Riscável pela unha; • Riscável pelo aço; • Não riscável, ou dificilmente riscável pelo aço.
  • 4. Grupo II – Rochas com estrutura maciça, com granulação média a grossa (são observados cristais sem orientação preferencial) Níveis de dureza: • Facilmente riscável pelo aço; • Dificilmente ou não riscável pelo aço: – Textura eqüigranular: – Textura ineqüigranular.
  • 5. Grupo III – Rochas orientadas em planos ou linhas Características da estrutura: • Apresenta orientação gnáissica; • Apresenta xistosidade.
  • 6. Grupo IV – Rochas com camadas próximas a horizontal, estratificadas, clásticas, com granulação variável, friáveis. São rochas que podem apresentar: • Característica laminar; • Estratificação; • Fragmentos, seixos e matéria orgânica; • Grãos de diversos tamanhos; • Fragilidade de sedimentação.
  • 7. Rochas Sedimentares Formada a partir da deposição de sedimentos decompostos de outras rochas e matéria orgânica. Na sua maioria há presença de cimento carbonático. Algumas características: • Presença de camadas e ou seixos; • Dureza baixa; • A cor pode variar no sentido vertical e horizontal; • Estruturas sedimentares típicas: estratificação cruzada, marcas de ondas, animais, chuva, etc.. Fósseis.
  • 8. Rochas Sedimentares Pedreira do Varvito – Itu - SP
  • 11. Rochas Ígneas (magmáticas) Rochas ígneas (derivado do latim ignis – fogo) resultam da consolidação do resfriamento do magma derretido ou parcialmente derretido. Podem ser: • Intrusivas (plutônicas): formadas a partir do resfriamento do magma no interior da crosta sem contato com a superfície. • Extrusiva (vulcânica): formadas a partir do resfriamento da lava.
  • 12. Rochas Ígneas Intrusivas Apresentam resfriamento lento, permitindo a cristalização de todos os seus minerais. Geralmente apresenta estrutura granular com minerais eqüidimensionados. Exemplo: granito (composto por mica, feldspato e quartzo).
  • 14. Rocha Ígnea Extrusiva Formada pelo resfriamento rápido da lava sobre a crosta ou próxima a ela (mares, oceanos). Apresentam coloração escura, muitas vezes com aspecto vítreo ou com presença de vesículas. Não é possível visualizar a olho nu a presença dos minerais. Exemplo: basalto. * Piroclastos.
  • 18. Rocha Metamórfica As rochas metamórficas são aquelas que sofreram ação de pressão e temperatura tendo assim, um rearranjo de seus componentes determinando uma orientação ou um paralelismo de seus minerais. Elas podem ser: • De origem sedimentar: apresentando uma xistosidade ou foliação de camadas; • De origem ígnea: apresentando alinhamento dos minerais (gnaisse): • De origem metamórfica: a rocha apresenta-se friável.
  • 19. Rocha Metamórfica Xistosidade
  • 20. Rocha Metamórfica Xistosidade/clivagem - Ardósia
  • 21. Rocha Metamórfica Foliação
  • 23. Rocha Metamórfica Gnaisse facoidal - foliação
  • 24. Roteiro para identificação de rochas • Cor; • Granulação; • Dureza; • Estrutura (maciça, estratificada, orientada); • Minerais presentes; • Grau de alteração; • Outras observações (fratura, vesículas);
  • 25. Ciclo de formação de rochas
  • 26. Muito obrigada! Agosto/2009